Sermons

< Êxodo 25:31-40 > Os Botões do Evangelho da Água e do Espírito



< Êxodo 25:31-40 >

“Farás também um candelabro de ouro puro, de ouro batido se fará o candelabro, o seu pedestal, a sua haste, os seus cálices, os seus botões e as suas flores formarão com ele uma só peça. Dos seus lados sairão seis hastes: três de um lado e três do outro. Numa haste haverá três cálices com formato de amêndoas, um botão e uma flor; três cálices com formato de amêndoas na outra haste, um botão e uma flor; assim serão as seis hastes que saem do candelabro. Mas no candelabro mesmo haverá quatro cálices com formato de amêndoas, com seus botões e suas flores. Haverá um botão debaixo do primeiro par de hastes que sai dele, um segundo botão debaixo do segundo par, um terceiro botão debaixo do terceiro par – seis hastes ao todo. Os botões e suas hastes formarão uma só peça com o candelabro, obra batida de ouro puro. Também lhe farás sete lâmpadas, as quais se acenderão para iluminar defronte dele. Os seus espevitadores e os seus apagadores serão de ouro puro. De um talento de ouro puro se fará o candelabro, com todos estes utensílios. Vê que os faças conforme o modelo que te foi mostrado no monte”.



Esta passagem descreve o candelabro do Tabernáculo. Eu quero explicar agora o significado espiritual deste ornamento, suas maçãs e suas flores. Deus ordenou a Moisés que primeiro fizesse um pedestal de ouro para apoiar suas hastes também de ouro. Então, primeiro foi feito o pedestal e depois as hastes foram acrescentadas. Três hastes saíam de cada lado do candelabro, e em cada uma delas havia três cálices com formato de amêndoas, além de uma maçã e flores. Então, havia sete lâmpadas anexadas ao pedestal. Estas sete lâmpadas recebiam óleo que as mantinham iluminadas. Tanto o candelabro quanto todos os utensílios dentro de Lugar Santo brilhavam muito.

Por você e por mim, nosso Senhor Jesus, o Rei do Reino dos Céus, veio a esta Terra como um simples ser humano. E aqui Jesus realizou a obra da salvação revelada nos tecidos, azul e carmesim. Esta obra de salvação foi realizada por Jesus, que nasceu nesta Terra, foi batizado por João Batista aos 30 anos de idade no Rio Jordão, e depois foi condenado na cruz. Ao ser batizado na forma de imposição de mãos, Jesus levou sobre Si todos os pecados de todos os homens deste mundo. (Mateus 3:15). Jesus, que se tornou homem, levou todos os pecados dos homens quando foi batizado; e foi por isso que Ele derramou todo o Seu sangue ao ser crucificado e assim cumpriu a sua função de nos salvar como é expresso pelos tecidos, azul e carmesim. Esta é a verdade na qual a Igreja de Deus está fundamentada.

Nosso Senhor Jesus se tornou o botão da Igreja. Deus é a base da salvação para nós que recebemos a remissão de pecados. Por isso, nós agora somos parte da Igreja de Deus por crermos que o Senhor Jesus nos salvou de todos os nossos pecados cumprindo a obra da salvação como é revelado nos tecidos, azul, púrpura e carmesim. Nós fomos vestidos da Graça de Deus através do evangelho da água e do Espírito. É por isso que a palavra Igreja em grego é “έκκλησία” (Ekklesia), e significa “os que foram chamados deste mundo pecaminoso”. Aquele que faz com que as pessoas deste mundo sejam libertas dos pecados não é outro senão Jesus Cristo. Ele é o Senhor que veio pelo evangelho da água e do Espírito e purificou todas as iniquidades dos pecadores. E já que cremos no batismo do Senhor Jesus e no Seu sangue derramado, nós fomos salvos dos pecados e nos tornamos perfeitamente justos. Nós nos tornamos justos pela fé na verdade de que o Senhor Jesus veio a esta Terra e realizou a obra da salvação revelada nos tecidos, azul e púrpura. Esta é a fé revelada nos tecidos, azul, púrpura e carmesim. 

Ao ser batizado quando veio a esta Terra, Jesus levou sobre Si todos os nossos pecados. (Mateus 3:13-17). Esta é a fé e a verdade encontradas nos tecidos, azul, púrpura e carmesim. Jesus apagou todos os nossos pecados de uma vez por todas ao ser condenado pelos pecados do mundo na cruz, depois de ter sido batizado por João Batista. Em outras palavras, Jesus, que levou todos os nossos pecados sobre Si, nos livrou de todos eles. Deste modo, com a Sua obra de salvação revelada nos tecidos, azul, púrpura e carmesim, o Senhor Jesus nos salvou de todos os pecados do mundo. E a verdadeira fé da salvação significa que temos que conhecer e crer nesta verdade de modo correto. 

Já que fomos salvos de todos os nossos pecados pela fé, a salvação dos pecados é um dom para nós. Então, a nossa salvação foi planejada em Cristo Jesus antes da fundação do mundo, por meio do batismo que Ele recebeu e do sangue da cruz. Antes de existir este planeta, antes mesmo de Adão e Eva, os pais da humanidade, serem criados, Deus Pai planejou em Cristo Jesus salvar a todos os pecadores de suas iniquidades com o evangelho da água e do Espírito. E quando chegou a hora, Ele veio a este mundo para fazer isso ao ser batizado e derramar o Seu sangue. Nosso Deus, que criou o homem, remiu todos os pecados do homem como havia prometido. Este cumprimento da promessa foi alcançado quando Jesus Cristo recebeu o batismo de João e derramou o Seu sangue. E a todos que creem nisso, Deus deu o dom da salvação que os livra de todos os pecados do mundo, além de permitir que eles recebam a remissão de pecados e a vida eterna. Os que creem nesta verdade foram perfeitamente salvos por Deus e são o Seu povo. Esta é a verdade da salvação revelada nos tecidos, azul, púrpura e carmesim. 



O Evangelho da Água e do Espírito é o Pedestal do Candelabro


Jesus é a pedra angular da salvação, a pedra indispensável para a salvação de toda a humanidade. E com o evangelho da água e do Espírito, Jesus completou a salvação e se tornou a sua fundação por nós. O candelabro de Deus tinha cálices em forma de amêndoas, maçãs e flores. E também tinha um pedestal. Jesus também é a flor da nossa salvação. E já que a verdade da salvação de Jesus Cristo é uma flor, quem são os botões, então? Obviamente, eles são os servos de Deus e todos os que receberam a remissão de pecados. Melhor dizendo, a flor é Jesus Cristo e nós somos os botões que Dele brotam.

Depois de nos salvar dos nossos pecados, nosso Senhor Jesus fez de todos nós botões do evangelho. Você conhece esta verdade e crê nela? Nossos pastores, presbíteros e irmãos são todos botões. A primeira coisa que o Senhor Jesus edificou foi o pedestal da salvação com o evangelho da água e do Espírito e nos tornou os botões que fazem as flores do evangelho brotar. Somente quando todos nós formos botões é que os pecadores poderão ser salvos dos seus pecados. A única diferença está no tamanho, pois alguns botões podem ser pequenos e outros, maiores, mas o fato é que todos nós temos que ser botões para que o evangelho não sofra nenhuma mudança.

Como Satanás sempre se levanta contra Deus, ele procura nos impedir de crer no evangelho da água e do Espírito para que não sejamos libertos dos nossos pecados. Mas como flores que brotam num campo devastado depois de uma tempestade, todo pecador pode ser liberto dos pecados ouvindo o evangelho da salvação, ou seja, o evangelho da água e do Espírito. Nosso Senhor Jesus quer que salvemos dos pecados as almas perdidas. Em outras palavras, Ele quer que preguemos a verdade da água e do Espírito no mundo inteiro. É por isso que o propósito da Igreja de Deus também é este.

Quando os ministros cristãos não pastoreiam as suas Igrejas crendo que são botões dentro delas, estas Igrejas não conseguem dar nenhum fruto de salvação. Então, se um pastor só busca servir a sua Igreja, ele não passa de alguém que, ao invés de ser um ajudador do evangelho, só o atrapalha. 

A primeira coisa que Satanás quer fazer conosco é roubar a nossa vida e nos matar. Mas nosso Senhor Jesus veio para dar uma vida abundante às suas ovelhas. (João 10:10). E Ele nos salvou deixando tudo que possuía. Se algo é bom para a pregação do evangelho da água e do Espírito, não devemos hesitar em fazer isso, por mais difícil que seja. E não há problema algum de os pastores fazerem coisas simples para servir ao evangelho; é por isso que nossos pastores estão trabalhando duro. E já que mesmo em situações difíceis uma simples alma pode ser salva quando cumprimos o papel de um botão, devemos fazer isso por nossa vida inteira, então. Os pastores são aqueles que têm a fé que os leva a fazer de tudo para que a flor do evangelho brote. Você precisa entender o esforço e o sacrifício que é necessário para que uma simples flor do evangelho da água e do Espírito venha a brotar. Você e eu recebemos a remissão de pecados porque os pais da fé foram martirizados para guardar a Palavra de Deus. 

As sete lâmpadas do candelabro era o lugar onde o valioso óleo de Deus era derramado. E pela fé no evangelho da água e do Espírito, nós também podemos receber este valioso óleo e desfrutar dele; e pela Graça de Deus, nós também nos tornamos botões do evangelho. Quando servimos ao evangelho, vemos que há muita coisa a fazer. Há tantas coisas para fazer que parecem não ter fim. Publicar os nossos livros do evangelho, obter os recursos necessários para os pastores que pregam a Palavra, orar, guiar os nossos irmãos e fazer com que eles sirvam ao Senhor Jesus - tudo isso tem que ser feito por todos que são botões e querem servir ao evangelho - . 

Eu espero que você jamais esqueça que Deus está usando os justos como botões, dos quais brotarão flores do evangelho. 



Cuidar Bem dos Novos Convertidos Também é Fazer a Obra de Deus


A coisa mais linda e, ao mesmo tempo, a mais desafiadora na Igreja de Deus são os irmãos que receberam a remissão de pecados há pouco tempo. Os pastores têm que ser simples com estes irmãos e lidar com eles segundo o nível de conhecimento espiritual que eles possuem. Mas por quê? Porque embora eles tenham recebido a remissão de pecados, seus entendimentos ainda podem ser muito influenciados pelas suas carnes. Portanto, os pais da fé que se converteram antes têm que ser botões na vida destes irmãos para que eles sigam os seus passos. Eles precisam servir aos novos convertidos para que quando eles crescerem na fé reconheçam como foram cuidados quando eram meninos na fé. Então, eles serão gratos pelo carinho que receberam e retribuirão tudo isso aos novos santos que vierem para a Igreja. 

Contudo, você não pode dar carinho demais a eles. Dar carinho demais a alguém de modo carnal não significa que a sua alma vai crescer e ser edificada. A maneira pela qual devemos guiar as pessoas ao bem-estar espiritual é segundo a vontade de Deus e pela fé. Se exagerarmos em nosso carinho com elas, ao invés de ajudá-las, nós estaremos corrompendo-as. Você sabe por que alguns irmãos deixam a Igreja? Eles deixam a Igreja porque não são guiados na direção espiritual pela fé. Assim como o candelabro foi feito de uma peça de ouro puro, aqueles que se tornaram candelabros e botões precisam negar os seus pensamentos carnais e a sua própria justiça. E eles também têm que sujeitar os seus corações e submetê-los à vontade de Deus. Eles precisam ser obreiros na Igreja de Deus se submetendo a Deus da maneira correta.

As pessoas comuns procuram sempre ver como podem ajudar melhor as pessoas. Qual seria a melhor forma de agir? Dar dinheiro aos mendigos ou ajudá-los a ser independentes? Geralmente, muitas pessoas dão dinheiro para eles e acabam prejudicando-os. Mas aquele que tem consciência do seu papel social jamais dá dinheiro para eles. Ao invés disso, eles dão um tipo de ajuda que traz motivação e liberdade aos necessitados, a fim de que eles possam ser independentes. Isso é o que de fato os ajuda. Portanto, ajudar pessoas também requer habilidades técnicas apuradas.

O que chamamos de ministério da pregação do evangelho também é um dom de Deus, pois requer que as almas sejam regadas com a Palavra de Deus e cuidadas para que seus corpos e suas almas cresçam em harmonia. Os pastores, melhor dizendo, precisam fazer com que as almas sigam ao Senhor Jesus; e eles têm que orientá-las também quanto aos assuntos carnais para que elas possam ter uma vida de fé vitoriosa. Os pastores precisam estar muito atentos a isso. Tudo o que importa na nossa vida de fé, como nascidos de novo que somos, é cumprir o papel de botões a cada dia, de todas as formas e em todas as ocasiões. Nosso dever é viver fielmente todos os nossos dias cumprindo a função de botões do evangelho na presença do Senhor Jesus.

Depois de nos salvar, nosso Senhor Jesus fez de nós botões e nos confiou uma função importante para que possamos fazer com que a flor do evangelho venha a brotar. Aqueles que ainda não nasceram de novo neste mundo são autoritários, soberbos, pretensiosos, e sempre querem ser servidos pelos crentes. Mas os servos que Deus separou como pastores na Igreja dos nascidos de novo conhecem bem a sua vontade e são fieis para fazer o que lhes foi designado como botões do evangelho. E é muito importante que estes pastores cumpram muito bem o seu papel como botões. O Senhor Jesus disse: “Mais bem-aventurado é dar que receber”. (Atos 20:35). Isso não é apenas uma hipótese, mas um princípio de fé para as nossas vidas. Aqueles que dão são de fato mais abençoados do que aqueles que recebem. Você já experimentou isso?

Deixe-me te contar uma história. Um casal teve um bebê já com idade avançada e orou para que a criança crescesse e fosse muito amada. Com o passar do tempo, eles descobriram que o seu filho, que eles amavam tanto, seria uma pessoa tão egoísta quando crescesse que não se importaria com ninguém mais a não ser consigo mesmo. Eles viram que o que tinham feito até então não tinha adiantado de nada. E como ele só recebia, ele só queria saber de receber e não dar nada, e isso o tornou uma criança cheia de egoísmo e ganância. O casal de idosos orou então para que o seu filho se tornasse alguém que soubesse amar as pessoas. 

Dar é muito mais lindo do que receber. Como é fabuloso servir ao Senhor Jesus! Como isso é gratificante! Quando eu penso que uma alma pode receber a remissão de pecados quando eu sirvo ao evangelho pela fé, eu só posso me alegrar e me sentir gratificado. O desejo dos crentes que são justos é pregar o evangelho a muitas almas. A função dos botões do evangelho na Igreja de Deus é muito importante. Você e eu temos que entender a posição que Deus nos colocou como botões. E na posição de botões, temos que cumprir a nossa função pela fé. Eu creio que quando servirmos ao evangelho, não com as nossas habilidades ou orgulho carnal, mas pela fé em Deus, Ele fará com que a flor da salvação floresça por completo. Quando nos tornamos botões do evangelho é que suas flores brotam; e é por meio destas flores que muitos são abençoados. 



A Igreja é o Candelabro que Ilumina Este Mundo Com a Luz da Salvação


Quando os justos se reúnem, eles se tornam o candelabro do evangelho que ilumina o mundo. São os justos que fazem brilhar a luz do evangelho da água e do Espírito. Algo que ilumina este mundo sombrio com a brilhante luz do evangelho - assim deve ser a nossa vida - . Quando os justos que receberam a remissão de pecados se tornam os botões do evangelho é que as flores da fé florescem por completo neste mundo; e quando isso acontece o evangelho da água e do Espírito é pregado no mundo inteiro. Não haveria flores, ou até mesmo candelabro, sem estes botões. O pedestal do candelabro tinha quatro cálices no formato de amêndoas, cada uma com seus botões e flores. E é quando nos tornamos estes botões e cumprimos a função que foi designada a cada um de nós que a Igreja de Deus floresce em todos os lugares e muitas almas podem ser salvas dos seus pecados. Quando olhamos para o candelabro, vemos que em cima do botão havia outros botões, e que acima destes botões havia outros ao longo de todo o pedestal. Assim, vemos que, ao servirmos ao evangelho, suas flores brotam abundantemente e ele é pregado em todo o mundo. Você e eu somos estes botões. Por termos ouvido o evangelho da água e do Espírito e também o pregado neste mundo até hoje, nós já fizemos muitas obras como botões. E é assim que você pode receber a remissão de pecados e pregá-la a outros também.

Nós já fizemos muitas obras para cumprir a nossa função como botões. Por exemplo, nós construímos uma Igreja para os nossos treinamentos de discipulado e retiros espirituais há dois anos. Só em um painel nós levamos um mês para construí-lo. E quando acabamos está construção pela fé, nós pensamos: “Nossos irmãos virão a este lugar para um retiro espiritual e muitas pessoas irão assistir as nossas aulas sobre o evangelho, ouvirão a Palavra e receberão a remissão de pecados”. Embora nós tenhamos passado por muitos problemas durante a construção, sempre tivemos isso em mente e enfrentamos as adversidades com esperança e fé. Assim o nosso Centro de Treinamento de Discipulado foi construído, e agora podemos adorar ao Senhor Jesus neste lugar acolhedor e confortável. Mas isso também só foi possível por causa daqueles que cumpriram as suas funções como botões. Você e eu só podemos adorar ao Senhor Jesus neste lugar acolhedor, mesmo no inverno, porque nos tornamos botões. Se não houvesse botões, toda a facilidade que temos agora jamais teria se tornado realidade. Antes deste templo ser construído, este era apenas um lugar desolador. No entanto, você teria vindo conosco se nos reuníssemos num lugar tão árido assim para ouvirmos a Palavra de Deus? Seria um culto tão frio que você provavelmente iria embora para casa.

Nós conseguimos fazer com que as flores do evangelho brotassem não somente agora, mas também no futuro, porque os botões assumiram os seus papéis. Há um poema coreano chamado “Junto ao Crisântemo”, que diz assim: 

“Para que um crisântemo floresça, 

 Um rouxinol deve cantar como na primavera.

Para que um crisântemo floresça,

O trovão tem que aparecer nas nuvens escuras...”

De fato, muitos botões como os servos de Deus e os santos foram enxertados à árvore do evangelho. E para que o evangelho da água e do Espírito floresça, os obreiros que têm a função de botões precisam trabalhar duro em todos os dias. E abaixo destes botões, o Senhor Jesus colocou cálices em forma de amêndoas para que eles cumpram as suas funções como botões de um modo ainda melhor. E Deus também nos deu a Sua Graça no seu tempo, além de óleo para as sete lâmpadas. Já sabendo que nós não conseguiríamos fazer tudo pelas nossas próprias forças, nosso Senhor Jesus nos vestiu com a Sua Graça por meio de sua Igreja a fim de que cumpríssemos as nossas funções como botões e servíssemos ao evangelho. Portanto, você tem que entender que o fato de termos nos tornado botões não significa que temos que pregar o evangelho pelas nossas próprias forças. Ao contrário, nós só pudemos nos tornar botões por causa da Graça de Deus no qual fomos glorificados.

Tanto quem recebeu a remissão de pecados agora quanto os que a receberam antes são botões que precisam servir ao evangelho. E todos eles são iguais, apesar da diferença que há no seu nível de espiritualidade, mas todos foram chamados como botões. Cada um de nós, sem exceção, é um botão. Mas saiba que somente pregar o evangelho, mesmo que seja de um modo espiritual, e não levantar um dedo para fazer mais nada não é uma vida espiritual correta. Aqueles que são realmente espirituais fazem de tudo em prol do evangelho. “Meu cargo na Igreja é este, então, eu só vou fazer isso. Já que você recebeu a remissão de pecados agora, faça o que você tem que fazer que eu farei o mesmo”. Mas isso não está certo. No que diz respeito a servir ao evangelho, não há nada grande ou pequeno que ninguém possa fazer. Todos nós temos que estar unidos para que sejamos o fertilizante que fará o evangelho brotar e crescer.



Como é que os Santos Nascidos de Novo Podem Seguir a Carne?


“Eu estou tão feliz porque meus pecados foram remidos e agora sou justo. Mas eu seria mais feliz ainda se fosse rico. Não seria maravilhoso se eu tivesse uma vida abundante?”. Há alguém que ainda queira ter sucesso na vida mesmo depois que seus problemas espirituais tenham sido resolvidos? Quando eu tive um encontro com o Senhor Jesus, por não saber que Ele tinha me salvado para que eu me tornasse um botão perfeito para o evangelho, eu pensei que faria a minha parte sendo bem sucedido nos negócios e ganhando muito dinheiro. Eu pensei que iria à Igreja todos os dias, ensinaria na Escola Dominical, pregaria o evangelho da água e do Espírito às crianças, teria um pequeno negócio e trabalharia algumas horas por dia, daria o que eu ganhasse por dia como oferta na Igreja, e a ajudaria a fundar outras Igrejas apoiando-a financeiramente assim. Eu pensei que, fora as horas que eu dedicaria ao meu negócio, o resto do tempo eu passaria com o Senhor Jesus. Mas independente do que eu pensava, quando eu perguntei ao Senhor Jesus qual a função eu deveria desempenhar como um botão, Ele me disse que esta função não era ganhar dinheiro.

Eu estava pensando do modo errado. E o Senhor Jesus não me deixou fazer isso. Agora, eu estou cumprindo a minha função como um verdadeiro botão me dedicando completamente ao ministério da pregação do evangelho da água e do Espírito. Nós temos que fazer tudo o que agrada a Deus, seja o que for. Se Ele nos disser para removermos uma montanha, nós temos que fazer isso, então. Ainda mais se muitas pessoas forem salvas se removermos esta montanha, aí então é que devemos fazer isso. E por mais que alguma tarefa pareça impossível ou sem propósito, se Deus nos mandou fazer isso pela fé, se isso trará algum benefício espiritual, temos que crer que é exatamente isso que vai acontecer mesmo. Se nós começarmos a cavar a montanha com enxadas, nosso começo será modesto, porém, com o tempo, nós a explodiremos com dinamites e tiraremos os escombros com escavadeiras. A montanha então desaparecerá. Por não seguirmos os nossos próprios pensamentos humanos, e sim a vontade do Senhor Jesus, melhor dizendo, nós sempre faremos o papel de botões pela fé em prol do evangelho de Deus. É assim que cumprimos a nossa função como botões de Deus.

O Senhor Jesus nos colocou na sua Igreja para que nos tornemos botões e preguemos o evangelho. O que faz a diferença é onde fomos postos como botões, mas no que diz respeito à pregação do evangelho, nenhum lugar é mais importante do que o outro. Se nós estivermos dispostos a obedecer, o primeiro servirá ao último então, como disse o Senhor Jesus: “Se alguém quer ser o primeiro, será o último e servo de todos”. (Marcos 9:35). É verdade ou não que, ao nos chamar para cumprirmos a função de botões, o Senhor Jesus não quer que façamos as coisas a fim de aparecer ou sejamos soberbos? Quando cumprimos a função de botão muito bem, as obras maravilhosas do Senhor Jesus acontecem como a luz das sete lâmpadas do candelabro que iluminavam o Lugar Santo.

Está escrito na passagem bíblica deste capítulo: “Os seus espevitadores e os seus apagadores serão de ouro puro. De um talento de ouro puro se fará o candelabro, com todos estes utensílios. Vê que os faças conforme o modelo que te foi mostrado no monte”. (Êxodo 25:38-40). Dentre os utensílios do candelabro, havia os espevitadores. O óleo era colocado nos cálices que ficavam no topo de cada lâmpada. E quando os seus pavios eram acesos e as faíscas voavam, os espevitadores eram usados para pegá-las. Estes espevitadores também eram feitos de ouro. Os sacerdotes usavam estes espevitadores para cortar os pavios queimados e os colocavam em bandejas. Estes utensílios eram usados no Lugar Santo também. 

Ao cumprirmos a nossa função como botões depois que recebemos a remissão de pecados, nós podemos passar por momentos difíceis e nosso coração sofrer por nos dedicarmos a apenas uma obra. E isso geralmente acontece quando fazemos o nosso trabalho de modo mecânico, embora de todo o coração. Em tempos como estes, os servos de Deus precisam mudar os pavios do candelabro. Como os pavios queimados que eram cortados, os servos de Deus precisam renovar os seus corações ao mudarem sempre as suas funções que lhes foram confiadas. O Senhor Jesus remove as cinzas do nosso coração a fim de que possamos continuar servindo ao evangelho com um coração renovado, como está escrito: “As coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”. (2 Coríntios 5:17). Sendo assim, os obreiros podem servir ao evangelho com um coração renovado. 

Você se lembra de que tudo o que havia dentro do Lugar Santo era feito de ouro puro? Então, para nos tornarmos botões fiéis pela fé, temos que procurar fazer sempre novos trabalhos para o Senhor Jesus. Só então poderemos viver pela fé. Nós temos que viver pela fé agora e no futuro também. É pela fé que nós cumprimos as novas funções como botões a cada dia. Nós, os obreiros do evangelho de Deus, temos que remover todas as cinzas dos cálices com os espevitadores, cuidar das lâmpadas e fazer com que elas estejam sempre brilhantes para que a sua luz jamais se apague. 

O interior do Lugar Santo era glorioso. O Senhor Jesus chamou os justos e os reuniu na Igreja de Deus para que eles sejam o candelabro que prega o evangelho da remissão de pecados. Deste modo, Deus também separou líderes e deu a todos os justos os dons que os capacitam para servir ao evangelho. E Ele também nos chamou para que possamos servir ao Senhor Jesus nos tornando os botões que brotam como flores do evangelho onde quer que estejam. Assim, Deus nos leva a pregar o evangelho aos pecadores no mundo todo. Esta é a verdadeira “ekklasia”, a Igreja de Deus. Em outras palavras, nós somos o povo da Igreja de Deus onde os chamados e salvos se reúnem. Nosso Deus nos salvou do pecado nos libertando de todos os nossos pecados e iniquidades, e nos tirando deste mundo. Através da salvação do Senhor Jesus, Deus nos salvou nos levando a crer em Jesus; e Ele formou a Sua Igreja para que juntos nós pudéssemos servir ao evangelho. É nesta verdade que creem os santos.


 

A Igreja Existe para Fazer Brilhar a Luz do Evangelho da Água e do Espírito


A razão de haver um candelabro de ouro puro batido é fazer com que a Igreja de Deus seja uma só e faça com que as flores do evangelho venham a brotar. O candelabro simboliza a Igreja de Deus e existe para iluminar toda a escuridão. Este é o verdadeiro propósito da existência da Igreja. A Igreja foi a primeira que se tornou um botão para servir aos nascidos de novo. Mas agora é a nossa vez. Você e eu, e todos aqueles que receberam a remissão de pecados, precisam se tornar botões. Nós também temos que cumprir as funções de botões e sermos como fertilizantes para que as flores do evangelho possam crescer plenamente. Todos os justos que fazem parte da Igreja de Deus têm que cumprir as funções de candelabro que prega a luz do evangelho no mundo inteiro e serve ao Senhor Jesus. 

O que nós queremos não é fundar uma nova denominação. Mas se fôssemos descrever a nossa denominação, teríamos que chamá-la então de “denominação de Jesus”. Nós somos os justos que foram chamados para servir ao Senhor Jesus. Quando nos tornamos botões do candelabro e servimos ao Senhor Jesus, nós passamos a entender que Ele supre todas as nossas necessidades justamente por sermos botões. Embora não façamos nada de específico para suprir as nossas necessidades, o próprio Deus as supre abundantemente. O Senhor Jesus supre tudo no tempo certo, como Ele mesmo diz: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”. (Mateus 6:33). Todas as necessidades dos justos que servem ao Senhor Jesus são supridas por Ele. Quando os obreiros que cumprem a função de botões enfrentam momentos difíceis, o Senhor Jesus lhes dá forças dizendo: “Animem-se! Eu estou sempre com vocês”. E quando um botão não tem fé, Ele lhe dá fé dizendo: “Tenha uma fé poderosa!”. E o Senhor Jesus lhes dá a Sua Graça também. Ele resolve os seus problemas dizendo: “Meu botão, eu vejo que você realmente precisa disso. Eu vou resolver este problema para você”. O Senhor Jesus abençoa os justos porque eles são os botões usados por Ele para fazer a Sua boa obra.

O que quer que nós, justos, façamos, temos que fazê-lo para servir como botões a fim de que o evangelho floresça. Os nossos alunos também têm que ser fiéis em suas vidas como botões do evangelho. E para que nossos leigos ganhem o seu sustento com o seu trabalho secular, eles também têm que ser botões do evangelho. O que quer que façamos, devemos fazer tudo como botões do evangelho do Senhor Jesus. Nós justos temos que viver para cumprir a função de botões do evangelho; é assim que devemos viver pela fé realmente. Os botões são muito importantes para que as flores do evangelho floresçam.

Você tem que entender que nós mesmos não somos flores. A flor do evangelho é Jesus Cristo. E Ele também é a verdadeira Luz. Tudo o que nós fazemos é apenas pregar este Jesus Cristo no mundo todo pela fé crendo na verdade da salvação encontrada nos tecidos, azul, púrpura e carmesim e no tecido de linho fino retorcido. Está escrito em 1 Coríntios 10:31: “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”. O alvo das nossas vidas deve ser pregar este evangelho fielmente cumprindo a função de botões.

O que mais preocupa as pessoas na juventude é o seu futuro. Elas pensam assim: “Como será minha vida no futuro? Onde estará a minha futura esposa agora e o que ela estará fazendo? Como é que ela será?”. Nós temos que entender que o nosso futuro cônjuge está na Igreja de Deus, e ele não é outro senão Jesus Cristo. O que Ele faz então? Ele faz brilhar a sua Luz. Ele é a Luz do evangelho da água e do Espírito. Ele é o Senhor Jesus e todos nós somos a noiva de Cristo. O Senhor Jesus está te dizendo que você deve vir para a Sua Igreja, que Ele quer ter um encontro contigo aqui através da Palavra. Ele está dizendo que vai ter um encontro contigo quando você orar a Deus de todo o seu coração crendo na verdade revelada nos tecidos, azul, púrpura e carmesim e no tecido de linho fino retorcido. Ele está te dizendo que virá e terá um encontro contigo quando você crer Nele. 

Os justos precisam sempre estar atentos a tudo. Quando você enche o seu coração com o evangelho da água e do Espírito, o Espírito Santo te desperta todos os dias. Tudo o que os justos têm que fazer é viver segundo a orientação do Espírito Santo e pregar o evangelho da água e do Espírito. Quando fazemos isso é que podemos entender e discernir os pensamentos carnais dos espirituais. 

Você já deve ter descascado uma cebola antes, camada por camada. Ela tem uma primeira camada, e quando você a tira, logo vem outra com uma tonalidade verde. E quando você tira esta camada verde, outra camada branca aparece. Você tira esta camada, mas então aparece outra, igual a ela. Quando você a tira e a camada branca é exposta, com o tempo ela fica com tom amarelado. E quando você tira esta camada, outra camada branca aparece de novo. Depois de algum tempo, ela fica amarela e você tem que tirá-la novamente.

Nossa carne é como as camadas da cebola, e é por isso que temos que tirar nossos pensamentos carnais todos os dias. Mas você pode pensar: “Eu neguei a mim mesmo quando fui salvo, e agora tenho que continuar fazendo isso, mesmo depois de ter recebido a remissão de pecados? Você tem ideia quantas vezes eu neguei a mim mesmo ano passado? Não bastou eu ter entregado o meu coração, e agora tenho que fazer tudo de novo? Isso é muito difícil!”. Mas, irmãos, a coisa mais certa a fazer é tirar mesmo os nossos pensamentos carnais assim. Nosso Senhor Jesus está nos dizendo que tirar os nossos pensamentos carnais como as camadas da cebola é uma questão de princípios e a coisa certa a fazer.

O desejo do nosso Senhor Jesus é que tenhamos um encontro com Ele através de sua Palavra escrita. Ele quer que venhamos a encontrá-Lo na mesa de pães asmos, no candelabro, no altar de incenso e em frente ao propiciatório. Eu não estou dizendo aqui que você deve negar a si mesmo por obrigação e fingir ter fé quando, de fato, você não a tem, mas que você deve negar a si mesmo de coração pela fé. Você consegue entender isso agora? O Senhor Jesus não está apenas sugerindo que seria melhor se você negasse a si mesmo; Ele está dizendo que você tem que fazer isso. Quando você tem a certeza em sua mente que deve negar a si mesmo de coração, sem perceber a autonegação acontece em sua vida. E isso acontece sem você perceber mesmo: “Ah, é assim que eu posso negar a mim mesmo”. No entanto, se o princípio básico não for ensinado e as pessoas forem forçadas a fazer algo contra a sua vontade, não será apenas impossível que elas consigam isso, mas elas também acabarão perdendo a fé. 

O Senhor Jesus se agrada de nós quando submetemos os nossos corações a Ele. E já que Ele se agrada disso, temos que subjugar os nossos pensamentos carnais, então. É claro que há algumas coisas que estão fora do nosso alcance, mas mesmo assim nós tentaremos alcançá-las. Isso não é verdade? Já que o Senhor Jesus nos salvou e fez de nós os Seus obreiros, não há nada que não possamos fazer, como disse o apóstolo Paulo: “Tudo posso naquele que me fortalece”. (Filipenses 4:13). Além disso, no que se refere a fazer com que as flores do evangelho floresçam, mesmo que nos tornemos o menor botão de todos, ainda assim seremos magníficos. Por acaso há alguma coisa que o Senhor Jesus não possa fazer? Já que o Senhor Jesus fará florescer as flores do evangelho e almas serão salvas quando nos tornarmos botões, por menores que sejamos, Ele não nos fará seus botões, então? É claro que fará.

Nós também temos que reconhecer a fé que há em nossos corações. Tudo o que temos a fazer é admitir que o que está certo está certo, dizendo: “Não, meus pensamentos estavam errados. Eu mesmo estava errado”. E é exatamente isso que significa seguir ao Senhor Jesus, negar a si mesmo e subjugar-se à Sua vontade. Quando nós negamos os nossos desejos carnais, o nosso Senhor Jesus nos transforma. Todavia, não podemos transformar a nós mesmos. Nós não podemos ser espirituais com os nossos próprios esforços. O que temos que fazer é olhar para nós mesmos segundo a Palavra de Deus para vermos se estamos certos ou errados. E se estivermos errados, tudo que temos que fazer é reconhecer isso dizendo: “Sim, Senhor! Eu é que estou errado; só Tu é que estás certo”. Assim que fizermos isso, as trevas do nosso coração serão tiradas. Então, o Senhor Jesus nos dirá: “Mesmo você sendo assim, eu apaguei todos os seus pecados. Eu te tornei luz”. O Senhor Jesus nos diz que “todas as coisas, quando reprovadas pela luz, se tornam manifestas; porque tudo que se manifesta é luz”. (Efésios 5:13). 

Não devemos fazer nada por nossa vontade. Tudo o que temos a fazer é viver pela fé segundo o Espírito Santo. Quando fazemos isso é que o Senhor Jesus trabalha em nós. Para nos tornar botões ainda mais dignos, Deus nos concede ainda mais de Sua Graça e nos abençoa muito mais. E já que Ele quer proclamar o evangelho da água e do Espírito, Ele nos dá inúmeras bênçãos. Eu espero que todos vocês creiam nesta verdade e na Palavra de Deus. Vocês creem? Se a sua resposta é “sim” sempre que te perguntam isso, sua fé irá crescer, então. A dimensão da fé é assim, e ninguém pode aprender algo por si mesmo.

Os pastores são botões, assim como todos os nossos irmãos. “Você é um botão muito feio. Mas eu sou um botão bonito”. Eu sei que ninguém entre vocês, de fato, pensa assim, mas quando estes pensamentos lhes assombrarem, vocês têm que parar e ver que estão indo por um caminho totalmente contrário ao de Deus. Se os botões ficarem competindo com os outros santos como se fossem ganhar um prêmio insignificante, como um concurso de beleza, que bem há nisso? Por mais bonitos que os botões possam parecer, algum deles pode ser mais bonito do que a própria flor? Se o botão se destacar mais do que a flor, ele se tornará uma flor sem graça e sem atrativo algum. Assim como tijolos pequenos e grandes são necessários para construir um muro, todos nós, quer sejamos melhores ou piores do que os outros, somos botões importantes para fazer com que a flor do evangelho floresça. 

Portanto, deixemos de ser soberbos e não ignoremos uns aos outros. Ao contrário, vamos cuidar uns dos outros, tendo a certeza que todos nós somos preciosos. Todos são importantes. Assim como Deus ordenou que Moisés fizesse o candelabro de um talento de ouro puro, Ele nos tornou justos e botões que servem ao evangelho da água e do Espírito através da lei da salvação. Deus se agrada de nos usar para pregar o evangelho. E Ele agora está pregando o evangelho da água e do Espírito a toda a humanidade através de Sua Igreja. E pela pregação deste evangelho e de seus botões, Deus quer iluminar o mundo todo com o amor da verdade. Aleluia!