Sermões

Assunto 24: Sermões para Aqueles que são Nossos Colaboradores

[24-5] A justiça de Jesus Cristo: Uma necessidade primordial (Romanos 8:1-11)

(Romanos 8:1-11)
“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.”
 
 
Estamos criando homepages missionárias para nossos parceiros em todo o mundo, e eu estou confiante de que eles farão bom uso delas para pregar o evangelho da água e do Espírito com mais eficácia. Nós que somos obreiros de Deus vivemos hoje para pregar fielmente esse evangelho. No entanto, alguns obreiros ainda trabalham e pensam assim: “Se a pregação do evangelho é algo que faz bem, então isso é bom. Se não é, deixe como está então.” Eu me sinto muito mal quando vejo obreiros que pensam assim. Mas estou certo que há muitos obreiros fiéis e dedicados no exterior que se dedicam à pregação do evangelho. E eu louvo a Deus pela sua dedicação. Nós que somos obreiros aqui também os consideramos obreiros de Deus como nós. E sou grato por podermos pregar juntos o evangelho da água e do Espírito a todos neste mundo.
Temos que criar uma homepage missionária nos idiomas mais falados do mundo inteiro. Se fizermos isso, receberemos notícias de diversas almas que serão salvas dos seus pecados todos os dias. Daqui a pouco tempo, receberemos notícias dos nossos parceiros em todos os países de que milhares de pessoas estão acessando nossa homepage por dia. E eles também enviarão o testemunho de salvação dos que nasceram de novo lendo nossos livros sobre o evangelho da água e do Espírito. Também saberemos das lutas espirituais que eles têm travado contra aqueles que são contrários à fé na justiça de Deus. E eu acho que não há melhor remédio do que esse para aqueles que estão espiritualmente estagnados. Também espero que nossa homepage missionária logo esteja pronta em todas as línguas. Deus muito se agradará quando vir todos os nossos obreiros, aqui e no exterior, fazendo sua obra juntos. Eu estou certo que tanto nossos obreiros aqui como no exterior conseguirão fazer a obra de Deus muito mais. O que estou dizendo é que se você foi salvo de todos os seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, você já é um discípulo de Jesus Cristo, não importa quem seja.
Temos que pregar o evangelho da água e do Espírito para aqueles que ainda estão em pecado. Essa é a obra que deve ser feita por nós que cremos nesse verdadeiro evangelho. E digo novamente: os que receberam a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito precisam ser discípulos de Jesus Cristo e fazer a obra de Deus. Se alguém que crê nesse verdadeiro evangelho não fizer a obra de Deus, ele acabará se voltando contra ele. O fato de o Espírito Santo habitar em nós é a prova de que cremos na justiça de Deus. Como podemos deixar de fazer sua obra então? Os que foram salvos dos seus pecados devem ser melhores do que aqueles que não foram. Lembre-se de que se os justos fizerem algo de qualquer jeito, isso em si será um pecado contra Deus. Todos nós esperamos que a obra de Deus seja muito bem sucedida e em breve.
Nós criamos nossa homepage missionária adicionando a ela as iniciais ‘nlm’ – as iniciais da nossa Missão em inglês – antes do nome de cada país. Por exemplo, o nome da nossa homepage no Brasil é www.nlmbrasil.com E nossos parceiros em cada país tem acesso exclusivo a elas. Eu espero que todos que receberam a remissão de pecados em cada país seja um obreiro de Deus e sejam usados para servir fielmente ao evangelho. E também espero que, depois disso, eles administrem nossa homepage em seu país e cuidem das almas que se converterão como bons obreiros de Deus, como fazemos aqui.
 
 

Não havia como ficarmos presos à lei de Deus

 
Meu último sermão foi sobre o capítulo 7 de Romanos. Hoje eu vou pregar no capítulo 8 desse mesmo livro, dos versículos 1 a 11. Nesse texto bíblico, o apóstolo Paulo diz que o Senhor veio a essa terra num corpo carnal para tirar todos os nossos pecados e cumprir a lei.
Amados irmãos, podemos até pensar se é possível haver alguém entre nós que consegue guardar toda a lei de Deus, embora jamais haverá alguém assim na verdade. Ninguém nesse mundo consegue guardar toda a lei santa de Deus. E a razão disso é que o homem é fraco por natureza. Sendo assim, ninguém consegue guardar toda a lei de Deus.
Todos nós somos descendentes de Adão, por isso, desde que nascemos nesse mundo não conhecemos a justiça de Deus. Então, temos que reconhecer que somos uma semente de malignos (Isaías 1:4), que nascemos com doze tipos de pecados (Marcos 7:21-13). Por mais que tente, nenhum de nós tem capacidade de guardar a lei de Deus ao longo da vida e, com certeza, pecará contra ele. Além disso, também não podemos fazer nada que seja bom perante ele. Todo ser humano precisa entender que, por ser descendente de Adão, não temos como fazer o que é realmente bom. Nós pecamos contra Deus por causa dos nossos pecados e devemos receber o castigo por eles.
Por isso que o apóstolo Paulo nos diz que precisamos desesperadamente da justiça de Jesus Cristo, que é o nosso Salvador. Só podemos receber a remissão de pecados conhecendo a justiça de Jesus Cristo e crendo nela. E também só poderemos viver para sempre se recebermos a remissão de todos os nossos pecados crendo na justiça de Jesus Cristo, nosso Salvador. Eu sou muito grato a Deus por ele ser tão justo.
 
 

Só podemos receber a remissão de pecados crendo na justiça do nosso Senhor

 
Já que somos fracos, não podemos guardar a lei de Deus. Por isso que Jesus Cristo veio a essa terra, levou sobre si todos os pecados do mundo de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista, foi condenado por todos eles derramando seu sangue na cruz por nós, e assim se tornou nosso Salvador. Por isso, temos que crer nessa verdade: Jesus Cristo tirou todos os pecados do mundo de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista. Por conseguinte, todos nós podemos conhecer a justiça de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito. Também podemos receber uma vida nova e eterna crendo nesse evangelho, que é a justiça de Deus. Esse é o tema central da mensagem do apóstolo Paulo, que disse: “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus” (Romanos 8:1).
Muitos nesse mundo confessam que creem em Jesus como seu Salvador, mas temos que ver como esses cristãos creem nele e se eles conhecem mesmo a sua justiça. A verdade é que ainda há muita gente que ainda não recebeu a remissão de todos os seus pecados. Dentre todos os cristãos, quem você acha que guarda realmente a justiça de Jesus Cristo? Só aqueles que creem no batismo que Jesus recebeu de João Batista, na sua morte na cruz e na sua ressurreição é que guardam de fato a justiça de Deus. Os que creem na justiça de Deus não têm como deixar de reconhecer o evangelho da água e do Espírito. Por isso que devemos ter a fé que nos leva a permanecer em Jesus Cristo. Todos que creem no evangelho da água e do Espírito são aqueles que já aceitaram Jesus Cristo crendo na justiça de Deus. Jesus Cristo levou todos os pecados do mundo sobre seu corpo quando foi batizado por João Batista. E os que creem na sua justiça são os mesmos que creem no batismo que ele recebeu de João Batista. Estes também creem que ele tirou os pecados do mundo, na sua morte na cruz e ressurreição. Só podemos receber a remissão de todos os nossos pecados se tivermos fé nessa verdade.
Agora, jamais haverá pecado no coração dos que creem na justiça de Deus e no evangelho da água e do Espírito, sejam eles quem forem. E estes que não têm pecado são aqueles que creem na justiça de Deus. Não há pecado no coração daquele que crê na justiça de Jesus Cristo, e quando Deus olha para o seu coração, não encontra pecado algum. Portanto, para nós, os que creem no evangelho da água e do Espírito não têm pecado.
Está escrito em Romanos 8:1: “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.” Esse versículo nos mostra que os que têm fé na justiça de Jesus Cristo não têm mais pecado no coração. E crer na justiça de Jesus aqui significa crer no evangelho da água e do Espírito. Todos que creem na justiça de Deus podem ser libertos de todos os seus pecados. E não há mais pecado no coração dos que creem no evangelho da água e do Espírito. Está escrito que “agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus,” então, não há dúvida alguma de que nós que cremos pela fé no evangelho da água e do Espírito e na justiça de Deus fé recebemos a remissão de pecados. Por isso que nunca há pecado no coração de quem crê nesse evangelho. Isso não é verdade, amados irmãos? Sim, é verdade. Nós podemos ser purificados do pecado crendo na justiça de Deus, que de uma vez por todas foi cumprida pelo Senhor. Por isso que jamais haverá pecado no coração de quem crê no evangelho da água e do Espírito. Nós que cremos na justiça de Deus somos aqueles que foram batizados com Jesus Cristo, morremos com ele na cruz e também ressuscitamos com ele (Romanos 6:1-9). Por isso eu digo novamente: jamais haverá pecado no coração de quem crê no evangelho da água e do Espírito.
 
 
Mas ainda há muitos cristãos pecadores
 
Ainda há muitos cristãos que não conhecem a justiça de Jesus e não creem nela. Estes não creem em Jesus para receber a remissão de pecados. Eles creem na sua própria justiça para a salvação, e não na justiça de Jesus.
Quando lemos a Palavra em Mateus capítulo 25, vemos que alguns puderam entrar no céu porque usaram vestes nupciais da justiça de Deus preparadas pelo Senhor quando foram convidados para a festa nos céus, ao passo que os que não usaram essas vestes não puderam participar da festa. A justiça de Deus é totalmente indispensável para se entrar no céu. Como podemos nos vestir com as vestes nupciais então? As vestes nupciais preparadas por Deus são justamente a verdade da salvação recebida através da sua justiça. O Senhor disse que só aqueles que receberam a remissão de pecados é que podem entrar no reino dos céus, pois creem na sua justiça. Por isso que os cristãos nominais que ainda têm pecado no coração são os que não creem na justiça de Deus. E esses cristãos nominais não podem entrar no céu, embora tenham sido convidados.
Não pode haver pecado no coração dos que creem na justiça de Deus pela fé. Amados irmãos, se quiserem saber se creem mesmo na justiça de Deus ou não, vocês têm que olhar para o seu coração e ver se há nele a verdadeira fé que crê no evangelho da água e do Espírito. Jamais pode haver pecado no coração dos que creem nesse evangelho, por mais que queiram. Aquele que crê no evangelho da água e do Espírito é alguém que já crê na justiça de Deus.
Não podemos esquecer que todo ser humano, nascido como descendente de Adão, é um poço de pecados que, por natureza, sempre pecará. Melhor dizendo, todos nós estávamos condenados ao inferno por causa do pecado que herdamos. Mas Deus deu sua lei a seres miseráveis como nós para que pudéssemos conhecer nossos pecados; e ao nos dar o evangelho da salvação pelo qual podemos receber a remissão destes pecados, ele também nos deu uma nova vida.
 
 
Temos que compreender isso para alcançar a verdade
 
Deus nos deu a lei antes da sua justiça para entendermos primeiro que somos pecadores. Ele nos levou a ver que tínhamos pecado a fim de entendermos por que não podíamos viver segundo seus mandamentos e iríamos ser condenados. A lei revela a todos nós nossos pecados e transgressões, e que o salário do pecado é a morte (Romanos 6:23). Essa é a função da lei de Deus. Por isso que Deus deu a lei a todos nós. E é por esse motivo também que ninguém pode dizer que não tem pecado perante a lei de Deus. Já que todos são pecadores perante a lei de Deus, não podíamos evitar o juízo e a maldição que nos esperavam. Deste modo, vemos que todo ser humano nasceu debaixo da lei de Deus, ou seja, a lei do pecado e da morte. Nós éramos aqueles que mereciam a ira de Deus.
Por natureza, merecíamos ser condenados por causa dos nossos pecados, pois não tínhamos como guardar a lei de Deus. Por isso que Deus nos deu a lei da salvação pela qual podemos receber a vida eterna. O que é a lei da vida, ou a lei da salvação, que Deus nos deu? Essa lei significa que Deus deu a verdadeira salvação àqueles que creem na sua justiça através de seu Filho Jesus Cristo. Essa é a lei do espírito da vida em nosso Senhor.
Deus cumpriu a lei da vida e da salvação de uma vez por todas em seu Filho. E essa lei diz que Jesus Cristo, o Filho de Deus, veio a essa terra e foi batizado por João Batista para tirar todos os nossos pecados. Diz também que ele fez isso com justiça. A justiça de Deus é que Jesus Cristo nos salvou ao ser batizado, crucificado e ao ressuscitar dos mortos. E quando cremos no evangelho da água e do Espírito, que Jesus Cristo cumpriu por nós, Deus permite que recebamos a remissão de pecados. Deus deu o dom da verdadeira salvação àqueles que creem na sua justiça que foi cumprida por seu Filho Jesus Cristo.
 
 

Em Romanos 8:1, o apóstolo Paulo fala do evangelho da água e do Espírito usando a conjunção ‘portanto’

 
Está escrito em Romanos 8:1-6 que aquele que crer na justiça de Deus em Jesus Cristo será salvo de todos os seus pecados por causa da sua fé. Melhor dizendo, podemos ser salvos de todos os nossos pecados e viver para sempre crendo na justiça de Deus. Por isso que quem crê no evangelho da água e do Espírito pode ser liberto de toda maldição do pecado. Como podemos ser salvos então? Podemos receber a verdadeira salvação crendo na justiça de Deus, que foi cumprida pelo nosso Senhor Jesus Cristo de uma vez por todas. Podemos receber a salvação pela fé crendo na lei da salvação que Deus nos deu. Essa lei do Espírito da vida foi cumprida por Jesus Cristo, que se tornou nosso Salvador ao ser batizado para tirar todos os nossos pecados, foi crucificado e ressuscitou dos mortos. Hoje podemos ser salvos de todos os nossos pecados crendo de coração no evangelho da água e do Espírito que Deus nos deu. É desse evangelho que o apóstolo Paulo está falando, e essa é a lei da salvação que temos hoje.
 
 
Romanos 8:3-4 nos diz como o Senhor nos salvou da lei do pecado e da morte e também dos pecados do mundo
 
Vamos ler juntos essa passagem: “Porquanto o que fora impossível à lei, no que estava enferma pela carne, isso fez Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança de carne pecaminosa e no tocante ao pecado; e, com efeito, condenou Deus, na carne, o pecado, a fim de que o preceito da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito” (Romanos 8:3-4 – ARA).
Esse texto nos mostra que Deus fez o que a lei não podia fazer por causa da nossa fraqueza carnal. Deus deu a lei a todos, mas ela não pôde ser cumprida por causa da nossa fraqueza carnal. Sim, está escrito que “fez Deus” o que a lei não podia fazer. Em outras palavras, o Senhor cumpriu a lei ao ser batizado e derramou seu sangue para apagar todos os nossos pecados. Desse modo, nosso Senhor nos livrou do inferno. Deus enviou seu Filho a essa terra num corpo carnal para ser batizado e assim tirar todos os nossos pecados. E ao fazer isso, ele passou todos os nossos pecados para o corpo do seu Filho. Isso significa que João Batista, o representante de todos, passou os pecados de todo mundo para Jesus Cristo ao batizá-lo. Jesus Cristo levou sobre si os pecados do mundo, foi pregado na cruz, nela derramou seu sangue e morreu por nós, depois ressuscitou e assim se tornou o Salvador de todos que creem nessa verdade. Portanto, todos os nossos pecados são purificados quando cremos nessa verdade. Através do seu Filho Jesus Cristo, Deus apagou todos os nossos pecados de uma vez por todas e nos livrou da morte eterna.
Foi assim também que Deus fez com que todos que creem na justiça da salvação, que ele nos deu através do seu Filho, fossem salvos de todos os seus pecados e maldições, da morte e da destruição de um modo perfeito. Deus passou todos os pecados do homem para seu Filho quando ele foi batizado e o fez levar todos eles sobre seu corpo. Ele também fez com que seu Filho morresse e depois o ressuscitou. Tudo isso foi feito para nos dar a vida aos que creem no evangelho da água e do Espírito. Portanto, temos que crer esse evangelho e crer nele para sermos libertos dos nossos pecados, da morte e do juízo.
Você hoje crê no evangelho da água e do Espírito? Você crê que Deus enviou seu Filho a essa terra para ser batizado e assim nos livrar da morte e da condenação? Deus passou todos os nossos pecados para o corpo do seu Filho quando ele foi batizado? Você crê nessa verdade? Você também crê que João Batista, que batizou Jesus, é o representante de toda humanidade, ou seja, o maior dentre os nascidos de mulher? Jesus Cristo levou nossos pecados de uma vez por todas quando foi batizado por João Batista, obedecendo à vontade de Deus. Se você hoje reconhece que é pecador através da lei, a lei do pecado e da morte, você precisa receber a remissão de pecados e uma nova vida crendo no evangelho da água e do Espírito que nosso Senhor nos deu.
Deus fez com que seu Filho Jesus Cristo levasse todos os nossos pecados por meio de João Batista e fosse condenado por todos eles em nosso lugar. Nós seres humanos tínhamos que morrer por causa dos nossos pecados. Mas Deus nos deu seu Filho, e depois de fazê-lo levar todos os nossos pecados ao ser batizado, também fez com que ele morresse por nós e assim se tornasse o eterno Salvador de toda a humanidade. Deus libertou dos pecados do mundo os que creem na justiça do seu Filho. Ele nos salvou dos pecados do mundo, da maldição da lei e do juízo de uma vez por todas, e nos deu a vida eterna.
O evangelho da água e do Espírito é a verdade da salvação que foi cumprida de um modo perfeito por Jesus Cristo. E Deus salva de todos os seus pecados aqueles que creem nesse verdadeiro evangelho. A exigência da lei já foi cumprida na vida dos que creem nessa salvação, como está escrito: “Para que a justiça da lei se cumprisse em nós”. Deus passou os pecados do homem para seu Filho porque o amou muito. Por isso que ele permitiu que seu Filho fosse condenado por todos os seus pecados. Por nos amar tanto, Deus permite que todo crente no evangelho da água e do Espírito receba a verdadeira salvação. Por isso que precisamos conhecer a justiça de Deus e crer nela. Se ainda há alguém que não crê na justiça da salvação dada por Deus, ele será amaldiçoado por ele conforme está na lei. Deus nos deu a salvação assim de uma vez por todas para que ninguém dissesse: “Deus é injusto.” No entanto, ele só permite que os verdadeiros crentes sejam salvos.
Nós só podemos ser salvos de todos os nossos pecados se crermos na justiça de Deus. Não podemos conseguir isso agindo por nós mesmos ou com nosso próprio esforço. Deus nos falou sobre a obra realizada por seu Filho Jesus Cristo e permite que recebamos a salvação conhecendo o evangelho e crendo nele. Portanto, não podemos esquecer que o evangelho da água e do Espírito nos salvou de todos os pecados do mundo. O apóstolo Paulo diz que foi por causa dos nossos pecados que Jesus Cristo foi batizado por João Batista e morreu por nós. Por isso que ele disse: “Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito” (Romanos 8:4).
 
 

O que significa ‘andar segundo a carne’?

 
O livro de Romanos 8:5-8 nos diz: “Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.”
Deus disse que “os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.” Em outras palavras, viver segundo a carne significa confiar na própria carne e segui-la; mas viver segundo o Espírito, por sua vez, significa crer na Palavra de Deus e na obra que ele fez. Se crermos na Palavra de Deus e a seguirmos, seremos salvos de todos os nossos pecados, como está escrito: “Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz” (Romanos 8:6). Melhor dizendo, quem crê no evangelho encontrado nas Escrituras é salvo de todos os seus pecados e recebe uma nova vida. Estes também têm paz no coração e, no futuro, entrarão no reino de Deus e ali viverão. Só que hoje há muitos cristãos nominais. Eles confessam crer em Jesus como seu Salvador, mas apenas com sua mente carnal. Eles receberam a perfeita remissão de pecados então? Alguns não aceitam que Jesus nos salvou com o evangelho da água e do Espírito que ele mesmo nos deu. Mas eles não podem esquecer que todos que não se renderem a esse evangelho certamente serão condenados por seus pecados.
Quem são aqueles que seguem sua mente carnal então? Os que seguem as doutrinas cristãs criadas pelo homem e creem nelas. Quem crê nas doutrinas cristãs ainda têm pecado no coração, mesmo crendo em Jesus Cristo. Os cristãos em todo o mundo hoje creem em Jesus como seu Salvador, mas ainda têm pecado no coração porque não foram apagados. O que estou dizendo é que são estes que andam segundo a carne.
 
 
Aqueles que têm uma fé carnal nos perguntam para nos refutar: “Como vocês podem dizer que não têm pecado se não deixam de pecar desde que nascem até a morte?”
 
São estes que não creem na Palavra de Deus, mas, por sua vez, seguem sua mente carnal. Certa vez conheci um pastor que não cria no evangelho da água e do Espírito e conversei com ele. Eu disse a ele: “Eu creio que Jesus Cristo veio a essa terra, levou todos os pecados do homem ao ser batizado por João Batista, morreu na cruz por nós, ressuscitou dos mortos, e assim se tornou nosso Salvador de uma vez por todas. Então posso dizer que todos que creem em Jesus assim podem ser remidos de todos os seus pecados pela fé no evangelho da água e do Espírito.” Mas o pastor, que não cria nesse evangelho, me disse: “Bem, considerando que nunca deixaremos de pecar, como Senhor pode ter levado até os meus pecados futuros, que ainda nem cometi?”
Eu estou dizendo isso para mostrar que os que não creem no evangelho da água e do Espírito têm uma mente carnal. Você precisa entender que Deus transcende o tempo e o espaço. Nós agora estamos em 2014, e os cientistas dizem que Deus criou a terra há seis bilhões de anos. Independente de Deus ter criado a terra há seis bilhões de anos ou até mesmo antes disso, não podemos nos esquecer que ele estava lá antes disso e viverá por toda a eternidade, pois ele é um ser eterno. Isso também significa que a salvação do pecado que Deus nos deu é eterna e transcende o tempo e o espaço. Deus tem tanto poder que apagou os pecados que seriam cometidos em seis bilhões de anos.
Temos que entender como Deus cuidou de todos os nossos pecados e crer nisso. Deus disse que “os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.” Os que seguem seu mente carnal serão destruídos. Mas nós que cremos na obra do Espírito somos aqueles que creem em Deus da forma correta.
Deus apagou todos os nossos pecados de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito através do seu Filho. O verdadeiro evangelho diz que Jesus Cristo, o Filho de Deus, tirou todos os pecados do homem ao ser batizado por João Batista, morreu sendo pregado na cruz, foi trazido de volta à vida, assim se tornou o Salvador daqueles que creem no evangelho da água e do Espírito. Por conseguinte, todos que creem que Jesus Cristo salvou toda a humanidade com o evangelho da água e do Espírito podem receber a remissão de pecados. Deus faz com que todos que creem no evangelho da água e do Espírito recebam a remissão de pecados de uma vez por todas. Sendo assim, todo aquele que crê que Jesus Cristo nos livrou de todos os pecados e do juízo não tem mais pecado, se tornou filho de Deus e está com o Senhor agora.
Mas como é a mente carnal do homem? É assim que a mente carnal do homem o leva a pensar: “Como o Senhor pode ter levado todos os meus pecados se continuarei sempre pecando?” Mas esse tipo de pensamento que vem de uma mente carnal não é a verdadeira fé que crê na Palavra de Deus, ou seja, não é a justiça de Deus. Aqueles que seguem seus pensamentos carnais e creem neles ainda não receberam a remissão dos seus pecados.
 


Quem está em Jesus Cristo não tem mais pecado

 
Você sabe que nosso Senhor já lhe salvou dos pecados do mundo através da obra da justiça? Como foi que o Senhor nos salvou de todos os pecados do mundo? Ele fez isso de uma vez por todas pela verdade da água e do Espírito.
Muitos cristãos hoje querem estar na presença de Jesus Cristo. E apesar de ter pecado no coração, ainda assim acham que estão em Jesus Cristo porque creem nele como Salvador. Mas eles estão em Jesus Cristo realmente ou estão longe dele? Em outras palavras, eles precisam perguntar a si mesmos se foram realmente salvos? Você tem que entender que a salvação está no fato de se crer ou não no evangelho da água e do Espírito. Mas por quê? Porque Deus cumpriu a obra da salvação com o evangelho da água e do Espírito através do seu Filho. Mas, infelizmente, muitos não creem na justiça de Deus simplesmente porque não a conhecem. Portanto, se você ainda não crê no evangelho da água e do Espírito por não conhecê-lo, você deve crer nele agora e reconhecer que ele é a própria justiça de Deus.
A Bíblia não é um livro de ciência nem de história. Ela contém a verdade absoluta da salvação, que é mais precisa do que qualquer ciência exata. O evangelho da água e do Espírito nos diz de modo preciso como nossos pecados foram remidos. Ele é a Palavra de Deus. E também nos diz que o Senhor nasceu nessa terra num corpo carnal, levou todos os nossos pecados de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista aos trinta anos, e foi condenado por eles de uma vez ao ser crucificado.
Você sabe como fazer kimchi (um tradicional prato coreano) com repolhos. Que recipiente usamos para fazer kimchi? Para fazê-lo, primeiro temos que cortar o repolho ao meio e temperá-lo com sal. Depois de dez horas, temos que lavá-lo bem para tirar o sal e temperá-lo novamente com vários temperos e condimentos, como pimenta vermelha. Depois o colocamos em camadas num pote de barro. Então o repolho começa a fermentar e se misturar com o tempero. E assim temos o kimchi. É isso. Mas ao longo do processo de fermentação, há a ação de várias bactérias benignas. E se elas não fizerem bem seu trabalho, o kimchi não ficará delicioso. É assim também que um embrião é concebido quando um homem se deita com uma mulher. E depois que o fato se desenvolve na barriga da mãe por noves meses, ele nasce e se torna um ser humano. Um bebê só pode sair do ventre de sua mãe se passar por todo esse processo.
Há um propósito imutável para tudo que há nesse mundo. E no que diz respeito a salvação do pecado, como foi exatamente que Deus nos salvou pelo evangelho da água e do Espírito? O Senhor cumpriu de forma meticulosa o evangelho da água e do Espírito quando nos salvou de todos os pecados do mundo. Por isso que todo aquele que crê na justiça de Deus já está em Jesus Cristo. E os que creem na justiça de Deus são aqueles que foram batizados em Jesus Cristo e trazidos de volta à vida. Por isso que está escrito em Gálatas 3:27: “Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo.” Jesus Cristo foi batizado por João Batista para levar todos os nossos pecados sobre seu corpo, e foi pregado na cruz para ser condenado pelos nossos pecados e morrer por nós. E ele ressuscitou para nos fazer ressuscitar também. Jesus recebeu o batismo de João Batista para se tornar nosso Salvador, e morreu na cruz por nós para ser condenado pelos nossos pecados. E sua ressurreição nos deu uma nova vida. Como esse evangelho da água e do Espírito purificou nossos pecados de uma maneira perfeita!
No entanto, alguns não dão valor ao evangelho da água e do Espírito que Jesus cumpriu de uma vez por todas. Ao invés disso, creem em Deus segundo seus próprios pensamentos carnais. Eles se apegam mais à sua própria justiça do que à salvação dada pelo Senhor. Por isso que o Senhor diz que a obra carnal feita por essas pessoas é um caminho de morte. Pessoas carnais só vivem preocupadas e pensam assim: “Já que tantos cristãos não pensam assim, se eu cresse no evangelho da água e do Espírito eles não me considerariam um herege?” Ou pensam assim: “Por mais que a Bíblia diga que todos os nossos pecados foram apagados pelo evangelho da água e do Espírito, as principais correntes do cristianismo pensam o contrário. Então, se eu crer no evangelho da água e do Espírito, que é diferente do que eles creem, essas pessoas podem vir a me odiar.” Pensamentos errados como este surgem em uma mente carnal. Você é uma pessoa carnal ou uma pessoa espiritual? Se você é uma pessoa espiritual, creia na Palavra de Deus como ela é. Apesar de quase todos dizerem que só creem no sangue da cruz para a salvação, já que a Palavra de Deus diz que o Senhor nos salvou de todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito de uma vez por todas, temos que crer exatamente como diz a Palavra então.
A única coisa que não muda nesse mundo é a Palavra de Deus. O Senhor disse: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8:32). A palavra ‘verdade’ aqui se refere ao evangelho da água e do Espírito – o Senhor Jesus, que é o Filho de Deus, nos salvou quando veio a essa terra e recebeu o batismo de João Batista, foi crucificado e ressuscitou dos mortos. O evangelho da água e do Espírito que Deus nos deu é a verdade da salvação que jamais mudará. Por mais que o tempo passe e as pessoas o considerem uma heresia, o evangelho da água e do Espírito não pode mudar.
Havia um pregador que dizia ter lido a Bíblia várias vezes e que a conhecia muito bem. E as pessoas o chamavam ‘doutor da Bíblia.’ Mas é claro que ele era apenas um pastor. Esse ‘doutor da Bíblia’ não conhecia o evangelho da água e do Espírito. Mas até hoje é muito conhecido, apesar de saber apenas sobre a crucificação de Jesus e nada sobre a verdade, ou seja, que ele levou todos os pecados do homem ao ser batizado. Ainda por cima, ele reconhece que é pecador. Diz ele que uma vez orou por um enfermo e que a pessoa ficou curada. Ele se orgulha muito desse caso de cura, mas não de salvar a alma dos pecadores.
No entanto, temos que concentrar nossos esforços em pregar o evangelho da água e do Espírito para as pessoas. O Senhor disse que “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16). Deus nos amou de tal maneira que nos deu seu Filho unigênito para salvar a todos dos pecados do mundo. Por isso que queremos pregar esse amor incondicional de Deus a todas as almas perdidas.
 
 
Todos nós somos salvos crendo na justiça de um homem, Jesus Cristo
 
Está escrito em Romanos 5:19 que “como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.” Todo ser humano é pecador e vai para o inferno porque Adão e Eva pecaram contra Deus. Mas Jesus Cristo veio a essa terra por todos os pecadores, tirou todos os pecados do homem de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista, e nos salvou a todos do pecado sendo condenado por ele em nosso lugar. Por isso, todos que creem na obra que Jesus Cristo realizou podem entrar no céu. Pela simples obediência de um homem, todos podem entrar no céu se receberem a remissão de pecados. Pela simples obediência de um homem, todos podem se tornar justos e sem pecado. Jesus Cristo veio a essa terra e nos salvou de todos os nossos pecados segundo a lei da salvação criada por Deus.
Eu estou certo que você agora crê no evangelho da água e do Espírito. Então você ainda tem algum pecado no coração? Não, claro que não! E a base para afirmarmos que não temos mais pecado não se encontra no evangelho da água e do Espírito? Não temos dúvida alguma sobre isso porque a base da nossa fé está firmada no fato de que Deus apagou todos os nossos pecados de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito. E os que creem nesse evangelho não têm mais pecado. A certeza de que não temos mais pecado se encontra no evangelho da água e do Espírito. Você e eu podemos ter certeza da nossa salvação pela fé nesse evangelho. Essa é a razão de termos que pregar em todo o mundo esse verdadeiro evangelho que leva a todos que creem nele a ter a certeza da salvação.
Se você pensar em termos carnais, com certeza achará que é uma loucura afirmar que os que creem no evangelho da água e do Espírito não têm pecado. E assim chegará à conclusão de que é normal ter pecado no coração. Mas se você é espiritual, certamente pensará primeiro na obra da salvação de Deus em seu favor, e verá que é mesmo verdade que não há pecado nos que creem no evangelho da água e do Espírito. Se você olhar para si mesmo aos olhos de Deus e baseado nesse evangelho, você verá que não tem pecado. E a razão disso é que Deus apagou todos os pecados do homem de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito. E já que o Senhor remiu todos os pecados de uma vez por todas, a verdade é que todos que creem nisso não tem mesmo pecado.
 
 
Mas por que muitos continuam vivendo com pecado no coração?
 
Estes serão destruídos porque se recusam a aceitar em seu coração a Palavra do evangelho da água e do Espírito, que foi cumprida pelo Senhor. Deus nos deu esse evangelho para cumprir as exigências da lei, e os que se recusam a aceitar esse dom da graça serão destruídos. Então, os que creem no evangelho da água e do Espírito se tornam filhos de Deus, mas o que não creem nessa verdade serão lançados num lugar de escuridão e ranger de dentes, e chorarão amargamente. Sendo assim, os pecadores que ainda têm pecado no coração serão amaldiçoados no futuro junto com o diabo. A Bíblia diz que os que não creem serão lançados no lago de fogo e enxofre junto com o diabo.
 
 

O Espírito Santo habita em seu coração?

 
Vamos ler juntos Romanos 8:9 agora: “Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.” A frase ‘se é que o Espírito de Deus habita em vós’ significa que o Espírito Santo só habita no coração dos que creem no evangelho da água e do Espírito. Você, que crê nesse evangelho, me ouça, por favor! O Espírito Santo habita em seu coração? Se habita, você não vive mais na carne, e sim no Espírito.
Como é o coração então dos que creem no evangelho da água e do Espírito? Ainda há pecado nele? Não, não há. Se você crê no evangelho da água e do Espírito e não há mais pecado em seu coração, o Espírito Santo habita em você então. Por isso que Deus disse: “Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.” Amados irmãos, se não há mais pecado em seu coração, o Espírito Santo habita nele. Por essa razão e pelo Espírito Santo é que podemos dizer que Jesus é o nosso Salvador. Já que o Espírito Santo habita em nosso coração, por esse Espírito podemos clamar a Deus e dizer ‘Aba Pai.’ Ninguém pode dizer que é filho de Deus se o Espírito Santo não habita nele. Por isso que primeiro temos que receber a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, pois só depois disso é que o Espírito Santo passará a habitar em nosso coração. E a prova de que o Espírito Santo habita em nosso coração é que nele não há mais pecado, e sim a Palavra do evangelho da água e do Espírito.
Está escrito em Romanos 8:10-11: “E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.”
Amém! Isso quer dizer que não há mais pecado no coração dos que foram salvos dos seus pecados crendo na obra que Jesus realizou. Se alguém crê no evangelho da água e do Espírito, o Espírito Santo habita em seu coração; e isso fará com que ele receba a vida eterna. Significa que nunca mais morreremos e viveremos por toda a eternidade, pois não temos mais pecado no coração e o Espírito Santo habita dentro dele. E isso também significa que tomaremos parte na primeira ressurreição.
Mas se ainda há pecado no seu coração e você não tem o Espírito Santo, você será amaldiçoado para sempre. Um cristão pecador não passa de um pecador, e, portanto, Cristo não habita em alguém assim. Melhor dizendo, aquele que crê no evangelho da água e do Espírito tem o Espírito Santo em seu coração; por outro lado, o que não tem o Espírito Santo em seu coração é alguém que não está em Cristo. Por isso que aquele que tem o Espírito Santo de Deus vive para ele. Aquele que está em Jesus Cristo tem o Espírito Santo em seu coração e é guiado por ele.
Deus Pai, o Filho e o Espírito Santo – essas três Pessoas são o mesmo Deus para nós. Por isso que quem tem o Espírito Santo obedece à Palavra de Deus e a aceita como ela é. O que tem o Espírito Santo em seu coração também aceita as ordens e instruções dos líderes da igreja e dos seus irmãos, por mais que ainda não conheçam bem a Palavra de Deus. É claro que alguns podem até ter desobedecido aos seus pais na fé. No entanto, eles precisam deixar de ser teimosos, negar a si mesmos e aceitar a Palavra de Deus, pois não terão paz no coração enquanto não fizerem isso. Aquele que tem o Espírito Santo em seu coração e recebeu a remissão de pecados se sentirá sufocado quando ouvir as pregações dos que não nasceram de novo. Por isso que os que nasceram de novo não devem ficar ouvindo pregações dos que ainda não receberam a remissão de pecados.
O Senhor ouve as orações dos pecadores quando eles clamam assim: “Ah, Senhor, meu Deus”? Está escrito no livro de Isaías: “Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir. Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça” (Isaías 59:1-2). Ouça! Vamos supor que alguém não crê que o Senhor o salvou de todos os seus pecados quando veio a essa terra, foi batizado crucificado e ressuscitou dos mortos. Então ele ora assim: “Senhor amado, ouça minha oração.” Mas será que Deus ouve sua oração? Deus não ouvirá sua oração e ainda vai se sentir incomodado com ela. Por isso que os justos em cujo coração o Espírito Santo passou a habitar depois que receberam a remissão de pecados não podem ouvir pregações dessas pessoas.
O apóstolo Paulo disse que os que foram salvos do pecado crendo nas obras da justiça de Cristo não têm mais pecado. O Senhor cumpriu todas as exigências da lei levando a maldição que havia nele junto com todos os pecados do homem. Ele fez isso quando veio a essa terra e foi batizado por João Batista; ao morrer pregado na cruz para ser condenado pelos nossos pecados; e ao se tornar nosso Salvador quando ressuscitou dos mortos. Portanto, você só precisa crer no evangelho da água e do Espírito para ser salvo. Quem crê nesse evangelho é filho de Deus porque recebeu a perfeita remissão de pecados, crê na Palavra de Deus e a obedece, e é guiado pelo Espírito Santo em tudo que faz em sua vida. Mas os que não creem no evangelho da água e do Espírito têm uma mente carnal e recusam o amor de Deus. É isso o que o apóstolo Paulo quer dizer no texto bíblico desse capítulo.
Está escrito que nosso Senhor trará de volta à vida no último dia os que creem no evangelho da água e do Espírito. Ele veio a essa terra para nos salvar dos pecados do mundo, e mais, cumpriu todas as coisas pelo evangelho da água e do Espírito. A maior graça que o Senhor nos deu é o evangelho da água e do Espírito. Ele deu a remissão de pecados e a vida eterna aos que creem no evangelho da água e do Espírito. Por isso, temos que ser gratos a Deus pela fé nesse verdadeiro evangelho. Também está escrito que Deus trará de volta à vida até os que não receberam a remissão de pecados para que sejam julgados. E ele os lançará no inferno, para a condenação eterna.
Você e eu fomos libertos da lei do pecado e da morte, mas quem foi que nos libertou? Nosso Senhor Jesus Cristo fez isso pelo evangelho da água e do Espírito. Ele é o nosso Libertador. Quem foi que libertou o povo de Israel quando estava cativo no Egito? Moisés. Para ser mais exato, foi Jeová que libertou o povo do cativeiro através de Moisés. Ele nos deu a lei através de Moisés, embora sua graça e verdade tenham vindo a nós por meio de Jesus Cristo. Foi ele quem veio a essa terra e nos libertou da lei do pecado e da morte através da verdade, que é a justiça de Deus. E é assim que nós que cremos nessa verdade somos libertos de todos os nossos pecados pela fé. É assim que somos salvos dos pecados do mundo.
Você e eu somos salvos crendo no evangelho da água e do Espírito; e o que recebemos além da salvação? A remissão de pecados e a vida eterna. Eu desejo e oro que todos nesse mundo conheçam o evangelho da água e do Espírito e creiam nele.
Eu publiquei recentemente um livro de sermões da epístola aos Romanos. E agora eu estou procurando pregar em Romanos de uma forma mais profunda. Você se sentirá melhor e mais calmo enquanto ouve essa mensagem. Mas se você não ouvir essa Palavra, pensamentos carnais surgirão em sua mente e destruirão seu coração.
Todos nós cremos que o Senhor nos salvou com o evangelho da água e do Espírito. Mas ainda há muitos nessa terra que não creem nesse verdadeiro evangelho. E como ainda há inúmeras pessoas que ainda não foram libertas dos pecados do mundo, nós que somos os verdadeiros crentes ainda temos muito trabalho a fazer.
Alguém pode até crer em Jesus, mas se não for salvo dos seus pecados, ele será possuído por demônios. Se alguém não foi salvo dos seus pecados, sua situação será ainda pior, pois o diabo o possuirá. Ele o dominará, o tornará seu servo e fará com que ele cometa atos terríveis e tenha uma vida miserável. Este será o fim daqueles que continuarem sendo pecadores.
O que vocês vão fazer agora então, amados irmãos? Vocês receberão a remissão de pecados aceitando em seu coração o evangelho da água e do Espírito que Deus nos deu e serão seus servos? Ou vocês deixarão do diabo controlar sua vida? Deus já lhes deu a salvação e espera por vocês. Cabe a vocês fazer a escolha certa agora. Ele quer saber se vocês creem ou não no evangelho da água e do Espírito. Mas saibam que a fé na justiça de Jesus Cristo é algo imprescindível a toda humanidade.
Eu desejo de coração que todos vocês tenham fé no evangelho da água e do Espírito.