The New Life Mission

Sermões

Assunto 11: O Tabernáculo

[11-19] (Êxodo 30:1-10) O Altar de Incenso

(Êxodo 30:1-10)
“E FARÁS um altar para queimar o incenso; de madeira de acácia o farás. O seu comprimento será de um côvado, e a sua largura de um côvado; será quadrado, e dois côvados, a sua altura; dele mesmo serão as suas pontas. E com ouro puro o forrarás, o seu teto e as suas paredes ao redor, e as suas pontas; e lhe farás uma coroa de ouro ao redor. Também lhe farás duas argolas de ouro debaixo da sua coroa; nos dois cantos as farás, de ambos os lados; e serão para lugares dos varais, com que será levado. E os varais farás de madeira de acácia, e os forrarás com ouro. E o porás diante do véu que está diante da arca do Testemunho, diante do propiciatório que está sobre o Testemunho, onde me ajuntarei contigo. E Arão sobre ele queimará o incenso das especiarias; cada manhã, quando puser em ordem as lâmpadas, o queimará. E, acendendo Arão as lâmpadas à tarde, o queimará; este será incenso contínuo perante o SENHOR pelas vossas gerações. Não oferecereis sobre ele incenso estranho, nem holocausto, nem oferta; nem tampouco derramareis sobre ele libações. E uma vez no ano Arão fará expiação sobre as suas pontas com o sangue do sacrifício das expiações; uma vez no ano fará expiação sobre ele pelas vossas gerações; santíssimo é ao SENHOR”.
 
 
O Altar de Incenso Era um Lugar de Oração
 
O altar de incenso foi feito de madeira de acácia, e foi feito quadrado, medindo um cúbito (45 cm.) no seu comprimento e largura, e 2 cúbitos em sua altura. Colocado dentro do Santo Lugar, o altar de incenso foi revestido com ouro em sua totalidade, com uma moldura de ouro ao redor dele. Quatro argolas de ouro foram colocadas debaixo de sua moldura para segurar os varais usados para levá-lo. Neste altar de incenso, nada mais do que o santo óleo da unção e o incenso aromático eram usados. (Êxodo 30:22-25). 
O altar de incenso era o local onde o incenso de oração era oferecido a Deus. Mas antes de orarmos no altar de incenso, primeiro é preciso descobrir se somos qualificados para orar a Deus neste altar ou não. Quem busca ser qualificado para orar ao Deus santo deve estar sem pecados, antes precisa ter os seus pecados lavados pela fé verdadeira. Para fazer isso, deve ser limpo de todos os seus pecados pela fé dos holocaustos e da pia. 
Deus não ouve as orações dos pecadores (Isaías 59:1-3). Por quê? Porque Deus somente aceita aqueles que foram lavados de todos os seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. Porque Deus lavou todos os nossos pecados pela verdade manifestada nos fios, azul, púrpura, escarlate e no tecido de linho retorcido. Deus, em outras palavras, está contente por ouvir só as orações dos justos. (Salmos 34:15, 1 Pedro 3:12). 
 
 
A Natureza e a Realidade de Todo Ser Humano
 
Quando olhamos mais perto, podemos ver que todo ser humano, inclusive você e eu, somos fundamentalmente nascidos de uma semente pecadora, e estávamos todos em pecados. Em cada um de nós há uma semente de maldade. Por serem originalmente nascidas com pecados, as pessoas não podem evitar pecar, e vivem as suas vidas praticando ações do mal. Pense sobre você mesmo e veja quem você pode ser. Nós podemos admitir diante de Deus que tínhamos sido maus e que não podíamos evitar pecar, e que, por isso, seríamos lançados no inferno. Acima de tudo, quando julgarmos a nossa atitude diante de Deus, iremos reconhecer que, de acordo com a Lei de Deus, que declara o salário do pecado ser a morte, nós simplesmente não podemos escapar de Seu justo julgamento dos pecados.
Dos corações dos homens saem somente os maus pensamentos, assassinatos, adultérios, orgulhos e tolices, e assim por diante, e sem parar eles fazem estas coisas sempre que recebem uma chance. (Marcos 7:21-23). Como pode, então, o coração do ser humano, que fundamentalmente nasceu como a semente do mal, que não pode evitar os pecados, e, por isso, peca sempre que as circunstâncias permitam ou surjam oportunidades, estar sem vergonha diante de Deus? É impossível por esforços humanos. Mas existe somente uma fé que nos permite não ter nenhuma vergonha diante de Deus, e está aqui. Nós devemos todos conhecer e crer na verdade feita dos fios, azul, púrpura e escarlate e do tecido de linho retorcido, a verdade que nos permite ser lavados de todos os nossos pecados e estar sem nenhuma vergonha diante de Deus. Como tal, todos nós absolutamente precisamos do evangelho da água e do Espírito.
Nenhum de nós poderia negar o fato de que estávamos todos indo rumo ao inferno pelos nossos pecados, nós só podíamos admitir este destino. E para os que reconhecem diante de Deus que estão destinados ao inferno, não é tão difícil crer em seus corações na salvação que Deus lhes deu. Quando nos apresentamos a Deus com veracidade e sinceridade, não podemos enganosamente esconder os nossos corações Dele, e, assim, reconhecemos a justa justiça de Deus. Todos no mundo estão posicionados de um modo em que não podem evitar os pecados, e serão castigados por seus pecados pelo julgamento justo de Deus. 
A justa Lei de Deus que declara o salário do pecado ser a morte não é uma lei que todos os pecadores podem rodeá-la com os seus próprios pensamentos ou fés religiosas. A Lei de Deus é detalhada, exata, e somente Ele faz com que aqueles que ficam diante Dele admitam que estejam destinados ao inferno por seus pecados. Todos os pecadores percebem que não podem escapar do julgamento de Deus nem pelos menores de seus pecados. 
Então, estamos todos carentes de um Salvador que nos liberte de nossos pecados, e nós temos que descobrir quem este Salvador seja. Este é Jesus Cristo, o Salvador da humanidade inteira. Ele é o Salvador que veio a esta terra, que foi batizado por João Batista para receber todos os pecados do mundo, que carregou o castigo das iniquidades de todos os pecadores sendo crucificado e derramando o Seu sangue, e que nos salvou de todos os nossos pecados. 
Todos nós estávamos compreendendo mal que para receber a remissão dos pecados seria extremamente difícil. De fato, nós pensamos que podíamos ser salvos somente se soubéssemos a Bíblia em sua totalidade, ou que a nossa salvação exigiria algum tanto de boas ações e obras. Mas a verdade de salvação dada por Deus é diferente. Esta verdade de salvação nos abriu e mostrou o modo para sermos salvos de todos os nossos pecados examinando as nossas consciências diante da Lei de Deus, reconhecendo todos os pecados que são encontrados em nossos corações, e crendo no evangelho da água e do Espírito. Esta verdade foi pressagiada na entrada do Tabernáculo.
A remissão dos pecados da humanidade veio pela verdade da salvação preciosa cumprida pelos fios, azul, púrpura, escarlate e pelo tecido de linho retorcido. É crendo nesta verdade que todos podem receber a remissão eterna de todos os pecados de uma vez por todas. Para fazer isso, todos no mundo devem reconhecer que estão indo rumo ao inferno por seus pecados e crer urgentemente no evangelho manifestado nos fios, azul, púrpura e escarlate, recebendo, assim, a remissão de todos os seus pecados de uma vez por todas. O evangelho que Deus nos deu é o evangelho encontrado na verdade segura dos fios azul, púrpura, escarlate e do tecido de linho retorcido.
Todos devem crer neste evangelho de verdade, pois se não crerem na verdade firmada neste evangelho, não poderão ser livres de seus pecados. Mas os que creem nesta verdade de salvação que Deus cumpriu com o evangelho da água e do Espírito são merecedores suficientes para serem salvos de todos os seus pecados e se tornarem os próprios filhos de Deus. Como tal, se tornaram as pessoas que podem ir diante de Deus e orar a Ele. Assim todos nós devemos primeiro crer na verdade da água e do Espírito, o evangelho da remissão de pecados. Quando somos salvos de todos os nossos pecados conhecendo o verdadeiro evangelho e crendo verdadeiramente em nossos corações, estaremos qualificados para orar a Deus. A fé que nos permite orar a Deus é alcançada quando cremos em nossos corações no evangelho da água e do Espírito, o evangelho de Deus.
É errado tentar orar a Deus sem a fé que conhece e crê na verdade dos fios, azul, púrpura e escarlate manifestados na entrada de cortina do Tabernáculo. Tal fé é similar a cometer os pecados de blasfêmia e escárnio contra Deus. Como nós podíamos nos tornar inimigos de Deus recusando crer na verdade manifestada no Tabernáculo em nossos corações? 
Quando você se recusar a crer em Jesus Cristo que veio da verdade dos fios, azul, púrpura e escarlate, será um atalho para você armazenar a inimizade de Deus. Isto é um ato de incredulidade horrenda que permanece contra Deus. As almas que continuam cometendo o pecado de menosprezar a santidade de Deus são as que não creem na salvação que Deus cumpriu, mas creem de acordo com seus próprios pensamentos e sozinhos. Tais almas são pessoas que, cobrindo a eles mesmos de artigos de vestuário de folhas de figo chamados “hipocrisia,” menosprezam o amor e a misericórdia de Deus. 
Mas você deve perceber que apesar dessas pessoas serem capazes de enganar aos seus próprios corações, não poderão escapar do julgamento de Deus. Estes com tais incredulidades serão condenados ao terrível sofrimento do castigo dos pecados previsto na justa Lei de Deus. Por quê? Porque eles não buscaram conhecer o evangelho da água e do Espírito com que o Senhor Jesus Cristo eliminou todos os seus pecados, e nem sequer creram neste evangelho. 
Quando as nossas consciências estão imundas até aos nossos próprios olhos, como poderemos esconder os nossos pecados do Deus santo? É simplesmente impossível! Qualquer um que buscar esconder os seus pecados será omitido do amor e misericórdia de Deus. Aqueles que iludem os seus próprios corações são como os servos do maligno diabo que tentam enganar a Deus e aos seus companheiros da mesma forma. A falsa ideia de que podem de alguma maneira enganar a Deus só vendando os seus próprios olhos é uma reflexão das suas arrogâncias oriundas dos seus pensamentos convencidos. De fato, os que confiam nos seus próprios pensamentos são as pessoas que desafiam o evangelho da água e do Espírito, e que buscam se tornar servos de Satanás por suas próprias vontades.
As pessoas devem perceber que, ainda que possam ser capazes de enganar aos seus próprios corações, nunca poderão enganar a Deus. Elas deveriam mudar as suas mentes para crerem de acordo com a Palavra de Deus. Como todos no mundo poderiam lavar os seus pecados sem crer no evangelho da água e do Espírito? Como está escrito que o salário do pecado é a morte, nenhum pecador que tente enganar o seu coração diante de Deus não poderá jamais escapar do julgamento de Deus. Sem reconhecermos a Lei de Deus, é claro que estaremos todos indo rumo ao inferno por nossos pecados. Como tal, todos os que buscam vir a Deus devem ser salvos crendo na verdade do evangelho manifestada na entrada do Tabernáculo. 
Porém, porque muitos falharam em perceber o fato de que estavam para ser condenados por seus pecados, também falharam em aceitar nos seus corações o evangelho da salvação que veio da verdade dos fios, azul, púrpura e escarlate, e, como resultado disso, estavam sendo direcionados para o inferno. Não importando se já são cristãos ou não, os que não creem no evangelho da água e do Espírito enfrentarão o mesmo castigo. Como tal, nós não podemos enganar as nossas próprias consciências diante de nosso Deus, mas devemos render os nossos corações para o evangelho da água e do Espírito, e reconhecer e crer neste evangelho da verdade eterna. 
 
 
Devemos Limpar os Nossos Pecados crendo na Palavra da Verdade
 
As pessoas têm duas consciências: uma é a consciência da carne, e a outra é a consciência da fé com respeito ao evangelho verdadeiro. Nós devemos ser honestos para com estas características, mas destas duas, nós podemos falhar em ter, particularmente, a consciência pela fé que reconhece o evangelho da verdade eterna. Nós devemos examinar a consciência de nossa fé diante da Palavra de Deus; crer que Jesus aceitou os nossos pecados sendo batizado, foi condenado na Cruz, e, assim, nos salvou; e lavou, por esta fé, os pecados de nossas consciências. Irrita-me porque isto é a verdade que certamente é definitiva, mas ainda existem pessoas que não creem no evangelho da verdade eterna.
Existe uma sequência pela fé para limparmos as nossas consciências. Primeiro, devemos reconhecer e confirmar o fato de que estamos destinados ao inferno; segundo, devemos crer em nossos corações que o nosso Salvador veio a esta Terra, foi batizado por João Batista e recebeu os nossos pecados, morreu na Cruz, ressuscitou de entre os mortos e, assim, nos salvou de todos os pecados. Os pecadores devem ser salvos de suas iniquidades e receber a vida eterna pela sua fé no evangelho da água e do Espírito que foi maravilhosamente manifestado nos fios, azul, púrpura e escarlate.
Apesar do fato de que devemos ser salvos de nossos pecados, algumas pessoas ainda não creem e se recusam a entender sobre a remissão dos pecados cumprida pelos fios, azul, púrpura e escarlate. Como podem fazer isto? Seguramente, eles devem ser responsáveis por todas as consequências de suas próprias incredulidades. Se conhecemos a verdade manifestada nos fios, azul, púrpura e escarlate, mas não cremos, ainda permanecemos pecadores, e se continuamos pecadores, então, não teríamos que ser julgados por nossos pecados de acordo com a Lei de Deus? Cada um de nós, homens ou mulheres, têm a necessidade de ser salvo dos pecados crendo de coração na verdade de salvação que Deus cumpriu pelos fios, azul, púrpura e escarlate. 
As pessoas devem ter o tipo de fé que os salve de seus pecados. Eles devem ter a fé que só crê no evangelho da água e do Espírito. Você crê no evangelho manifestado nos fios, azul, púrpura e escarlate, em que o Senhor Jesus carregou todos os nossos pecados sendo batizado e nos salvou com a Sua morte na Cruz? Pensando propriamente em si mesmo, você admite o fato de que estava realmente destinado ao inferno? Você percebe que mesmo estando destinados ao inferno, o Senhor Jesus, todavia, nos salvou de nossos pecados com a verdade manifestada nos fios, azul, púrpura e escarlate? 
Você deve realmente crer que foi para cuidar de todos os nossos pecados que o Senhor Jesus veio a esta Terra, foi batizado, e derramou o Seu sangue. Para desfazer os seus e os meus pecados, nosso Senhor Jesus veio a esta Terra em semelhança de homem, levou de uma vez só todos os pecados da humanidade inteira sobre o Seu próprio corpo sendo batizado de João no Rio de Jordão com a idade de 30 anos, e levou a condenação dos pecados de uma vez por todas sendo crucificado e derramando o Seu sangue. Tudo de uma vez, Deus redimiu todos os pecados dos que creem.
Nós podemos ser salvos de todos os nossos pecados crendo na verdade manifestada nos fios, azul, púrpura e escarlate. Nós devemos examinar e confirmar se ou não nós fomos verdadeiramente salvos de todos os nossos pecados por esta verdade. Nós devemos ter a fé que crê em Jesus Cristo que veio dos fios, azul, púrpura e escarlate como o nosso Salvador. Como a Bíblia diz, “Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação”. (Romanos 10:10). Romanos 10:17 também declara, “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus”. 
Esta Palavra de Cristo nos diz que nós somos salvos crendo na salvação cumprida com os fios, azul, púrpura e escarlate. A remissão dos pecados não é algo que se alcança crendo com os nossos próprios pensamentos, mas é algo que se recebe crendo em nossos corações na salvação que resultou dos fios azul, púrpura e escarlate. A fé que verdadeiramente pode nos libertar dos pecados é a fé que crê no evangelho da água e do Espírito. 
Nós devemos orar a Deus colocando a nossa fé nesta verdade? Claro! Nós sempre temos que fazer todas as orações e súplicas no Espírito, tendo cingido as nossas cinturas com a verdade. (Efésios 6:14,18). Mas o que, então, é esta verdade? 
É o evangelho que nos diz que o nosso Senhor Jesus veio a esta Terra para nos salvar, foi batizado por João Batista na idade de 30 anos, levou todos os pecados do mundo, foi crucificado pelos seus pés e mãos, foi cuspido, derramou o Seu sangue, e, assim, lavou os nossos pecados. Nós devemos confessar que é por nossa fé nesta verdade que a nossa remissão dos pecados foi cumprida. Nosso Senhor Jesus nos salvou de nossos pecados sendo condenado pelos pecados do mundo por meio do Seu batismo e do Seu sangue vertido na Cruz. 
“Senhor, Você me amou tanto que Você me fez o próprio filho de Deus”. Assim é como nós devemos confessar a nossa fé. Quando tudo que nós tínhamos eram apenas pecados, nosso Senhor Jesus nos deu a permissão para entrarmos no Reino do Céu eliminando todos os nossos pecados por Seu batismo e crucificação. Todos nós devemos crer nesta verdade e receber a vida eterna. 
Que razão existe para você não crer nesta verdade? Eu não teria nada a dizer se o Senhor Jesus não fosse batizado para me salvar de meus pecados, e, ainda, por minha própria causa, além de ser batizado, derramou o Seu sangue e me salvou completamente de meus pecados. Então eu creio! Não existe nenhuma razão pela qual todos nós não devêssemos crer neste evangelho. É claro que se os pecadores não crerem na verdade do evangelho da água e do Espírito, seguramente serão lançados no inferno. Mas eu quero que cada um e todos entre vocês sejam salvos agora dos pecados crendo no evangelho dos fios, azul, púrpura e escarlate.
Existiu um tempo quando eu mesmo permanecia como um pecador ainda que professando crer em Jesus. Querendo ser um bom cristão tentava arduamente não ter nenhuma vergonha debaixo do Céu. Mas, ao contrário de meus desejos, eu continuava pecando repetidas vezes; a única consolação era quando me comparava aos outros e pensava erradamente ser pelo menos um pouco melhor do que eles. Porém, a minha consciência continuava me dizendo que ainda tinha pecados, e como o salário do pecado é morte de acordo com a Lei de Deus, eu era alguém que iria para o inferno por minhas iniquidades.
Depois de uma década de minha cansada e legalista vida, eu quase morri espiritualmente. Porém, Deus me acordou pela graça de que Jesus Cristo foi batizado por mim e recebeu todos os meus próprios pecados. Ele não recebeu somente os meus pecados, mas, também, todos os pecados de todas as pessoas do mundo inteiro. Ele carregou a condenação destes pecados levando-os até à Cruz, sendo crucificado e morrendo nela, após ressuscitou de entre os mortos, e se tornou o meu verdadeiro Salvador que vive até agora. Quando entendi e cri neste evangelho da verdade eterna, eu não podia evitar pecar, mas cria nele. E crendo que Jesus Cristo se tornou o meu Deus e Salvador por Seu batismo e Sua morte na Cruz, todos os meus pecados foram lavados. Eu recebi a remissão dos pecados em meu coração pela fé. 
Não foi por conhecer bem sobre toda a Palavra de Deus que recebi a remissão de meus pecados, eu fui redimido de meus pecados porque soube dos pecados de minha própria consciência. Estes pecados foram todos passados para Jesus Cristo por Seu batismo, e tendo crido em meu coração que Jesus Cristo foi condenado à morte na Cruz para pagar o salário de meus pecados, foi como eu recebi esta remissão de pecados e, agora, estou vivendo a minha vida pregando o evangelho verdadeiro da água e do Espírito. Você e eu somos os mesmos; não existe nenhuma diferença entre nós na realidade. 
Tão qual você, eu também tinha sido destinado ao inferno, e do mesmo modo, eu também recebi a remissão dos pecados crendo no mesmo evangelho da água e do Espírito. Crendo no evangelho com que o Senhor Jesus eliminou os nossos pecados, você e eu, semelhantemente, fomos salvos pela fé. Então, eu dou a minha gratidão ao Senhor Jesus. Foi por este modo que nós agora temos a consciência limpa pela fé e recebemos, também, a remissão perfeita de nossos pecados pela água e pelo Espírito, como também, agora, somos capazes de ir a Deus e orar como os Seus próprios filhos que receberam a remissão dos pecados.
Como a Bíblia nos diz que a fragrância para o altar de incenso foi feita do santo óleo ungido e do incenso aromático, Jesus Cristo nos limpou lavando todos os nossos pecados com o evangelho santo da verdade. Na época do Antigo Testamento, o povo de Israel teve que fazer este incenso e o queimar no Altar exatamente como Deus ordenou. Então, dentro do Santo Lugar, o incenso era queimado e o seu aroma levantava-se diariamente. Este incenso significa oração a Deus.
Na era do Novo Testamento, para você queimar este incenso no Santo Lugar, deveria, primeiro, crer no evangelho de verdade e receber a remissão de pecados em seu coração. Em outras palavras, é crendo no evangelho de verdade que se pode queimar o incenso de oração. Como, além disso, nós poderíamos queimar incenso da mesma maneira como era queimado durante o tempo do Antigo Testamento? Hoje, quando os utensílios do Tabernáculo, como o altar de holocaustos e o altar de incenso, não estão mais diante de nós, como poderemos fazer o incenso e queimá-lo no altar? Nós poderemos queimar o incenso de oração pela fé, pois Jesus Cristo eliminou os nossos pecados e nos salvou. Porque nossos corações foram limpos pela fé quando nós recebemos a remissão de pecados, nós podemos, agora, queimar incenso levantando-o para Deus com as nossas fervorosas orações.
Nós cremos que por nossa sincera fé no evangelho da água e do Espírito todos os nossos pecados foram passados para Jesus Cristo, e que, vicariamente, Ele carregou a condenação de nossos pecados em nosso lugar. Assim os seus corações e o meu se tornaram totalmente limpos. Desde que todos os pecados de nossos corações foram passados para Jesus Cristo, os nossos corações se tornaram, pela fé, completamente limpos de uma vez por todas. Se todos os seus pecados foram passados para Jesus pelo batismo que Ele recebeu de João Batista, então, todos os seus pecados foram lavados e, de uma vez por todas, eliminados, não existindo mais quaisquer pecados em seus corações. Porque os nossos pecados foram eliminados e limpos crendo no evangelho, podemos, agora, ir ao Deus santo e pedir a Sua ajuda. Podemos orar ao Deus que é a primícia de nossa fé e que nos deu a remissão de pecados definitivamente, porque cremos no evangelho, que, agora, está no fundo de nossos corações sinceros.
Irmãos e irmãs vão ao altar de incenso e incessantemente oram. “Pai, por favor, me ajude. Esta é a situação que eu estou enfrentando, e isto é o que eu preciso. Eu quero propagar o evangelho verdadeiro e viver justamente, Pai. Eu quero viver uma vida virtuosa junto com alguém que foi verdadeiramente redimido dos pecados. E eu quero gerar frutos de justiça. Dê-me fé em Você. Eu quero viver a minha vida de acordo com a Sua vontade”. Como isto, pedir por algumas necessidades, é a oração. A oração é pedir o socorro de Deus de acordo com Sua justiça.
Você provavelmente tem várias paixões e desejos, também. Por sermos justificados pela nossa fé no evangelho da água e do Espírito, que nos justifica, agora, nos é possível pedir a Deus por todas as coisas com a nossa oração. Aqueles que podem orar a Deus por Seu socorro são felizes. Agora que todos nós recebemos a remissão de nossos pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, não existe mais nenhuma dúvida de que todos nós podemos orar a Deus. 
Aqueles que, pela sua fé em Deus e no evangelho da água e do Espírito, já receberam a remissão de pecados em seus corações, foram qualificados a poder ir ao Deus santo e pedir por Seu socorro. Todos os crentes nascidos de novo, inevitavelmente e instintivamente, oram pelo socorro do Pai em suas vidas, tão qual uma criança dá um grito de socorro para seus pais quando está em apuros. A fé que lhes trouxe a remissão de pecados é a única fé que lhes permite clamar a Deus como a um Pai, é também a fé que lhes permite orar pelo socorro do Pai a toda hora como os Seus próprios filhos e filhas. Porque Deus realmente se tornou o nosso próprio Pai, pela nossa fé, agora, estamos unidos para pedir por Seu socorro em nossas orações quanto às nossas necessidades. 
Eu não sei claramente o que as suas orações pessoais têm sido ou como são recebidas por Deus depois que você recebeu a sua remissão de pecados. Mas o que eu sei é que quando oramos para Deus nos habilitar a propagar o evangelho em união com a Sua Igreja, Ele, seguramente, responde às nossas orações. E neste processo inclua-se que também devemos orar pelos outros. Primeiramente, quase todos oram somente pelas suas próprias necessidades e interesses. Mas a obra do Espírito Santo nos faz perceber que estamos em necessidade urgente de orar pelos outros, e, deste modo, dedicamos orações contínuas pela salvação de outras almas e pela propagação do evangelho da água e do Espírito ao redor do mundo inteiro. Por quê? Porque as orações dos santos nascidos de novo são levadas pelo Espírito Santo. O Senhor Jesus nos disse, “Mas, buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça...”. (Mateus 6:33).
Entre os nascidos de novo, aqueles ainda espiritualmente imaturos não sabem como orar pelas coisas certas, eles ainda não experimentaram as respostas de Deus para as suas orações. Isto porque ainda não sabem o quanto poderosa é a fé na justiça de Deus. Estes de pequena fé não somente não sabem se suas orações serão respondidas ou não, mas, além disso, eles estão assombrados pelas dúvidas. 
Como tal, estes cujas fés ainda são hesitantes para orar a Deus devem orar juntamente aos que creram antes deles. Do contrário, quando orarem, só pedirão o que querem e necessitam - “dê-me, dê-me, dê-me”. Mas se um jovem na fé se une com a Igreja, mesmo sem ter qualquer grande fé em Deus, poderá aprender o que é a oração verdadeira, porque os seus predecessores, pela fé, na Igreja, estão orando crendo na justiça de Deus. Também, porque o Espírito Santo dá a fé pela oração aos que estão unidos com a Igreja, gradualmente eles vêm para orar com a fé na justiça de Deus. “A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos”. (Tiago 5:16).
As orações dos fiéis nascidos de novo que têm o direito de orar a Deus valem muito. As orações dos que têm a fé em Deus realmente são respondidas por Ele. Quando as pessoas orarem a Deus, para que as suas orações tenham respostas do Pai, devem, primeiramente, acreditar que Deus seja o seu próprio Pai, e que Ele responde as suas orações exatamente de acordo com as suas fés. Como tal, quando os predecessores, pela fé, se unem e oram pelos que tem seguido os seus próprios passos e pelas obras justas da propagação do evangelho, eles experimentam a grande obra. Se você estiver próximo de seus predecessores pela fé que creem em Deus, você será ajudado em sua fé. Porque Deus sabe que precisamos muito de ajuda não apenas com a graça da salvação, mas também em outros aspectos da vida, Ele responde as nossas orações. Isto é por que todos nós precisamos ter a fé que está unida com a Igreja de Deus. 
Quando nós oramos por coisas que agradam a Deus, a nossa fé será muito incentivada. Como filhos espirituais vendo-nos orando, eventualmente, passarão a fazer também as suas próprias orações e, assim, amadurecerão, e nós, também, poderemos orar a Deus, o Pai, por nossos próprios problemas mais tarde. Aqueles que estão verdadeiramente crendo em Deus caminharão pela fé seguindo o caminho da verdade real. Como a Bíblia nos diz que os justos devem viver só pela fé, eles passarão a não viver somente por si mesmos, mas para a salvação de outras almas.
Como nós ganhamos a qualificação para orar a Deus? Nós ganhamos esta qualificação nascendo de novo por nossa fé no evangelho da água e do Espírito dado por Deus. Apenas por isto recebemos a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito e, pela fé, a coragem que nos habilita a orar a Deus, o Pai, também nos é dada. A fé é um presente de Deus. Ganhar a qualificação para orar é receber a grande bênção pela fé de Deus. 
Entre muitos crentes Cristãos neste planeta, quantos deles você pensa estar qualificado para orar com tal fé? Não muitos! Um dos presentes mais santificados de Deus é, em primeiro lugar, que nós viemos para ter a fé que nos salvou de nossos pecados com a verdade manifestada nos fios, azul, púrpura e escarlate; segundo, é que nós recebemos o poder e a qualificação para orarmos a Deus como os Seus próprios filhos; terceiro, que nós viemos a ter a fé que nos permite viver como obreiros de Deus.
 
 
Deus Não Responde as Orações dos Pecadores
 
Alguns pecadores, mesmo professando crer em Jesus, oram a Deus para desfazer seus pecados subindo nos montes e gritando o nome do Senhor Jesus incessantemente. Até nas noites frias e de ventanias, sobem nos montes cobrindo os seus corpos com capas de plástico, mas, entretanto, estão frequentemente temerosos. Eles oram fervorosamente com toda a sua devoção. Mas as suas orações somente soam sem valor no espaço vazio. 
Entretanto eles oram pela noite inteira, mas não têm nenhuma fé de que Deus realmente responderia as suas orações. A razão por que eles oram tão devotamente apesar desta falta de fé é porque oram para se exibirem para os outros, sendo meramente como uma exibição. Suas orações são orações incontestáveis. De fato, sabem em suas consciências que as suas orações não estão chegando a Deus, pois eles ainda têm pecados em seus corações. Por ainda não estarem remidos de seus pecados, não existe nenhuma resposta para as suas muitas orações, não importa o quanto eles orem, gritem e se lamentem gritando com todas as forças de seus pulmões, e ainda façam todos os tipos de coisas para pedir a Deus o que querem. 
O que eles precisam perceber é que a condição prévia para orar a Deus é encontrada somente quando, primeiramente, recebem a remissão de seus pecados. Os pecadores não têm nenhuma alternativa até que venham a crer no evangelho da água e do Espírito, eles podem até tentar, mas continuam vivendo as suas vidas de fés como pecadores. Quando as pessoas não são de uma vez por todas limpas de seus pecados crendo em seus corações no evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor Jesus, as suas orações são, de fato, todas em vão. Sempre que os pecadores tentam orar a Deus, suas consciências gritam: “Você pensa que suas orações alcançarão a Deus? Sonhe! Elas são todas em vão!”. Então, até que continuem orando a Deus, “Dê-me isto, dê-me isto,” as suas orações são realmente inúteis. 
“Antes de você orar a Mim, primeiro receba a remissão de seus pecados”. Esta é a vontade de Deus. Quando os que não receberam a remissão de pecados oram a Deus, eles percebem fora de sua experiência que suas consciências não consentem com a sua razão. Quando os pecadores oram, eles se mantêm afirmando, “Dê-me isto, Senhor, e me dê isso também”, mas não existe nenhuma resposta para as suas orações. Longe disto, suas consciências só dizem a eles, “De forma alguma as Suas orações irão ser respondidas, porque você é um pecador!”. Quando em suas próprias consciências pecaminosas não podem tolerar a fé, como, possivelmente, poderiam enganar a Deus, e como poderiam ser aprovados por Ele, e como poderiam as suas orações ser respondidas? Os pecadores simplesmente não são qualificados para orar a Deus. Longe disto, até os seus próprios corações discordam de suas orações.
 
 
Nossas Orações Começam a ser Respondidas Quando Nós Nos Tornamos Justos pela Fé
 
As orações de muitos que antes tinham sido pecadores, começam a ser respondidas uma vez que recebam a remissão de seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito manifestado nos fios, azul, púrpura e escarlate do Tabernáculo. Aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito no centro de seus corações até podem ser insuficientes sozinhos, mas eles podem ir a Deus pela fé, e, corajosamente, podem orar a Ele, pedindo por suas necessidades. Quando os que receberam a remissão de pecados pela fé oram a Deus de acordo com a Sua vontade, eles oram com coragem e confiança.
Mas quando estão orando pelos seus próprios interesses e carnes, às vezes, se parecem inadequados. Os justos são os mais felizes quando oram pelo propagar do evangelho da água e do Espírito, e pelas almas dos outros. Quando nós oramos para o dinâmico propagar do evangelho, não enganados por nenhum impedimento da carne, então, podemos superar os obstáculos de nossas limitações pelas orações e pela fé. Mas, às vezes, nos sentimos frustrados quando somos incapazes de superar tais obstáculos pela fé. Em tempos como estes tudo que nós podemos fazer é orar e crer que Deus responderá no tempo certo. E com certeza suficiente, na hora certa, testemunharemos que esta oração foi realmente respondida por Deus. 
O que nós devemos fazer é orar e esperar, não se questionando com impaciência por que as nossas orações não são respondidas imediatamente. Deus nos quer orando pela fé, e nós acreditamos que se as nossas orações estiverem em harmonia com a vontade de Deus, Ele as responderá quando o tempo vier. E quando nós recebermos a remissão de pecados pela fé, e quando nós orarmos pela fé em nossas vidas, veremos, em primeira mão, a experiência de que muitas de nossas orações estão realmente sendo respondidas.
Você tem vivido pela fé desse modo? Nesse caso, então, verdadeiramente você pode orar a Deus. Quando propriamente nos examinarmos mais uma vez, perceberemos que estamos destinados ao inferno, como, também, perceberemos mais uma vez que podemos ser qualificados para orar apenas recebendo a remissão de pecados por nossa fé no evangelho da água e do Espírito. Como tal, devemos nos lembrar, com plena certeza, de que os que podem orar são os que receberam a remissão de pecados crendo que o Senhor Jesus tenha eliminado todos os pecados de suas vidas inteiras com o evangelho da água e do Espírito.
Entre os que ainda não nasceram de novo, existem muitas pessoas que são muito orgulhosas de si mesmas. Que tal, você? Você tem qualquer coisa para se orgulhar? Seus braços são fortes? Suas pernas são fortes? Não importa o quanto sejam fortes os nossos corpos, eles não podem resistir a algumas viroses comuns, como, também, não podem resistir a um longo e extenso esforço físico, revelando, assim, a sua verdadeira fraqueza. Você percebe o quão fraco é? Nós podemos morrer da ferroada de um único mosquito, ou morrer acidentalmente por uma pedra que caia sobre nós enquanto caminhamos. Nós não somos nada! Se alguém articular uma única frase que fira o nosso orgulho, nossos corações podem ser tão machucados que nós nos tornamos meio mortos. Isto não é o caso? Claro que é! 
Quantas pessoas morrem durante os 60 anos? Existem incontáveis pessoas que morrem mesmo antes de alcançarem os 30 anos. Tais seres fracos não são nada diferentes disso. A força eterna do ser humano não pode ser encontrada em nenhuma parte. Deviam tais seres fracos, então, ser endurecidos em seus corações e não crer na Palavra de Deus no centro de seus corações? Não tendo nada para se orgulhar, nem deveriam fingir ser fortes. Pois fracos, inegavelmente, são.
Como tal, devemos perceber e reconhecer as nossas próprias fraquezas e pecados, e crer no evangelho verdadeiro cumprido pelos fios, azul, púrpura e escarlate em nossos corações, e, assim, ganhar a qualificação para orar a Deus. Nós devemos ter fé em Deus. Para que tenham esta fé que agrada a Deus no centro dos seus corações, as pessoas devem crer no evangelho da água e do Espírito, mas existem muitos que ainda não creem nisto. Você poderia ter ganhado o direito de orar a Deus por outro evangelho diferente deste evangelho da água e do Espírito? Seus pecados poderiam ter sido eliminados se Jesus Cristo, vindo a esta terra, não tomasse os seus pecados ao ser batizado por você? Você poderia ter passado os pecados de seu coração para Jesus Cristo e os lavar sem crer no batismo que Jesus Cristo recebeu de João Batista? 
As respostas são não, não, e absolutamente não! Foi por ter carregado todos os pecados do mundo com o batismo recebido de João Batista que o Senhor Jesus Cristo foi crucificado e levou toda a condenação de todos os pecados do mundo com o Seu próprio sangue. Você, então, poderia ter sido salvo sem o batismo de Jesus Cristo e a Sua morte na Cruz? Claro que não! Jesus Cristo foi batizado para receber, em nosso lugar, de uma vez por todas, os nossos pecados e os lavar.  Jesus Cristo limpou todos os nossos pecados com o Seu batismo, e, depois, sendo crucificado, suportou todo o castigo de nossos pecados. É crendo nesta verdade do evangelho da água e do Espírito que somos redimidos de todos os nossos pecados.
Deste modo, corajosamente e a qualquer hora, podemos ir a Deus e confessar em Sua presença, “Senhor, eu sou insuficiente, mas porque Você me salvou com a Sua água e o Seu sangue, eu sou, agora, sem pecados. Você veio a esta Terra, e, de uma vez por todas, tomou todos os pecados do mundo sendo batizado, para que, depois, levasse estes pecados até à Cruz, onde foi castigado com uma morte sangrenta, e, ao terceiro dia, ressuscitou de entre os mortos. Fazendo isso, Senhor, Você verdadeiramente se tornou o Deus da minha salvação. É com a minha fé nesta verdade que eu creio em Você”. Quando mantemos esta fé, em outras palavras, apesar de nossas fraquezas, podemos sempre ir a Deus e orar a Ele. Nós podemos orar pela expansão de Seu Reino, pelos nossos irmãos e irmãs, e orar, incessantemente, para que as outras almas que ainda não receberam a remissão de seus pecados sejam alcançadas pela verdade do puro evangelho da água e do Espírito.
Somente quando as pessoas crerem no evangelho da água e do Espírito é que poderão sempre estar sem qualquer vergonha debaixo dos céus. Mas não tendo esta fé no evangelho da água e do Espírito, algumas pessoas tentam encher o vazio de seus corações com quaisquer outras coisas, mas, antes, deveriam perceber que tais esforços são completamente inúteis. É assim devido aos seus corações permanecerem aflitos e atormentados, tornando as suas vidas insuportáveis. Se na verdade ou na mentira, todos no mundo querem crer em algo. Considerem isso a vocês mesmos. 
Examine-se para ver se você realmente crê no Senhor Jesus com a fé que crê no evangelho da água e do Espírito, ou se você não crê neste evangelho da água e do Espírito. O Senhor Jesus eliminou os seus pecados com a água e o sangue, e se você crê nisto, então, ainda existiriam pecados em seu coração? Se você verdadeiramente crer, no interior de seu coração e alma, neste evangelho da água e do Espírito, então, seguramente não existe mesmo nenhum pecado. Com a sua fé sincera nesta verdade, receba a remissão verdadeira de seus pecados agora.
Deus nos deu a nossa remissão de pecados pela verdade manifestada nos fios, azul, púrpura, escarlate e no tecido de linho retorcido, e, agora, nós temos esta remissão eterna de pecados. E, por causa disto, os que creem nesta verdade, se tornaram os próprios filhos de Deus, vestidos com a graça que lhes permite ir diante de Deus. Então, nós temos que amar uns aos outros, entender as nossas fraquezas, servir às obras de Deus até o fim, e sempre ir até Ele para ficar diante de Sua presença.
Aqueles que receberam a remissão de seus pecados amam a todos os pecadores. Os corações dos justos desejam que todos os pecadores conheçam a verdade manifestada nos fios, azul, púrpura e escarlate, para que, assim, possam nascer de novo. Mas existe certo número de pessoas que atualmente não amam as outras pessoas. Estes são cristãos obstinados e pecadores, que iludidos em suas próprias consciências, pensam que creem em Deus mesmo ainda permanecendo como pecadores. 
Crendo no evangelho da água e do Espírito e recebendo a remissão de pecados em nossos corações, devemos todos defender as nossas consciências pela fé. Vamos correr bem a nossa corrida até o final, mantendo as nossas consciências limpas pela fé e não perdendo jamais a nossa fé. E quando alguém parecer estar indo bem por um bom tempo, e sendo espiritualmente firme, então, que se ajudem uns aos outros e se segurem do mesmo modo firmemente. Não importa o que aconteça, o justo não deve deixar a Igreja. Se os justos deixarem a Igreja de Deus, imediatamente morrerão. Deixar a Igreja de Deus é como perder a sua própria casa. Perdendo a sua casa estará perdendo o seu refúgio, e o seu coração não achará nenhum resto de conforto em qualquer outro lugar, e logo você morrerá no fim. 
A Igreja de Deus é um lugar onde Suas ovelhas são alimentadas e têm descanso e alívio. Como tal, quando a ovelha perde a sua força e se torna muito cansada, a Igreja de Deus as ajuda para que seus corações sejam fortalecidos ouvindo a Palavra. Quando vocês aceitarem a Palavra crendo em seus corações, então, o Espírito Santo, em vocês, se regozijará, seus corações também serão fortalecidos, e, como o resultado final, você receberá a vida eterna. 
Todos nós os justos damos nossas gratidões a Deus. Nós agradecemos ao Senhor Jesus, por nos qualificar a orar, Ele nos deu o evangelho da água e do Espírito. Aleluias! Eu oro ao Deus vivo para que nos habilite a confiar Nele e viver pela fé.