Sermões

Assunto 22: O Evangelho segundo LUCAS

[Capítulo 1-11] (Lucas 1:46-50) Jesus Veio ao Encontro da Nossa Alma

(Lucas 1:46-50)
“Disse então Maria:
‘A minha alma engrandece ao Senhor,
E o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador;
Porque atentou na baixeza de sua serva;
Pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurada,
Porque me fez grandes coisas o Poderoso;
E santo é seu nome.
E a sua misericórdia é de geração em geração sobre os que o temem’”.
 
 
Ao celebrarmos o Natal neste fim de ano, sentimos muito forte no coração que algo está faltado. Nós passamos por tantos momentos difíceis ao longo da nossa vida, porém o mais importante é sabermos que não somos apenas o que se vê por fora, mas que há uma alma dentro de cada um de nós. Foi por isso que um dos autores de Salmos disse: “Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deu” (Salmos 42:11).
Todos nós temos nosso homem exterior e interior. Nosso homem interior se comunica com o mundo externo, mas nosso homem interior, ou seja, nossa alma, se sente incapaz e perdida sem a orientação de Deus. Muitas pessoas estão mudando por conta das rápidas mudanças que têm acontecido no mundo. Só que elas não conseguem acompanhar todas estas mudanças, pois estão acontecendo muito rápido. O mundo está mudando tão rápido que quando o custo de vida aumenta, os impostos seguem o mesmo ritmo e crescem os casos de corrupção. A natureza também está sendo devastada e mudando rapidamente também. O mundo em que vivemos hoje é um ambiente muito difícil para nosso homem exterior. E já que as coisas estão assim, nosso homem interior sempre tem um sentimento de perda. Esta é a “era das incertezas”, como disse um famoso economista. E todos são influenciados por essa incerteza. Por essa razão, ficamos em dúvida em relação ao nosso futuro e procuramos nos livrar dessa inquietação de qualquer jeito. Mas não é tão fácil se libertar dela.
Amados irmãos, como está nosso homem interior, ou seja, nossa alma, neste Natal? Será que ela está alegre e feliz pelo nascimento do nosso Salvador? Nossa alma tem paz e se alegra por causa da justiça do Senhor. Mas por quê? Porque ele veio aqui por nós, levou sobre si todos os nossos pecados de uma vez por todas ao ser batizado, acabou completamente com eles e nos deu a verdadeira liberdade. Nós hoje só somos pessoas estruturadas porque ele nos deu o reino dos céus. Nossa alma está sempre alegre porque o Senhor nos deu a verdadeira liberdade.
Amados irmãos, todos nós somos feitos de duas partes. Nós temos nosso homem exterior e interior. Nosso homem interior é a nossa alma. E é ela que louva ao Senhor como fez Maria quando disse: “A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador; porque atentou na baixeza de sua serva” (Lucas 1:46-48). Nós também temos que fazer essa confissão de fé e louvar ao Senhor com a mesma fé de Maria. Quando celebramos o Natal, nosso homem interior se alegra pelo Senhor ter vindo a nós. Os pecados da nossa alma foram totalmente remidos e purificados de uma vez por todas quando o Senhor veio a essa terra. Nossa alma louva nosso Salvador Jesus Cristo porque agora podemos desfrutar da verdadeira liberdade.
A Bíblia diz: “Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia” (2 Coríntios 4:16). Meu homem interior se inquieta ao ver o mundo sombrio em que vivemos hoje, mas eu fico pensando o que seria de mim se não fosse a justiça do Senhor. Eu me considero abençoado por neste Natal celebrar a vinda do nosso Senhor. E é por isso que meu homem interior se alegra e louva o meu Salvador.
O que aconteceria se o Senhor não tivesse vindo para salvar a nossa alma? Nós jamais poderíamos estar diante do Senhor sem temor, adorá-lo e glorificá-lo se ele não tivesse vindo remir todos os pecados da nossa alma de uma vez por todas. Tudo isso vem da graça e da justiça de Deus.
 
 
Se Não Fosse Pelo Espírito Santo de Deus Nossa Alma Não Teria Alegria
 
Amados irmãos, eu quero enfatizar novamente que nossa alma não teria alegria se Deus não estivesse em nós. Nós só temos alegria porque Deus está em nós. Nossa alma só louva a Deus por causa dele. Nós exaltamos a justiça de Deus porque ele fez uma grande obra por nós, a fim de que pudéssemos louvá-lo e adorá-lo.
Eu quero dizer novamente que cada um de nós tem um homem exterior e interior. E como vocês sabem, o homem interior é mais importante do que o homem exterior. O homem interior é nossa alma. Deus nos fez alma vivente soprando em nossas narinas o fôlego de vida, nos dando uma vida que nunca mais acabaria. Deus fez com que nossa existência fosse eterna, mas a alma que pecar será destruída para sempre.
Nossa alma só cai em pecado porque caímos nas ciladas de Satanás. O que pode ser mais terrível e frustrante do que nossa alma cair em pecado? Então, é maravilhoso saber que o Senhor habita em nosso coração. Jesus Cristo veio para habitar em nosso coração, ou seja, ele veio para nos salvar de todos os nossos pecados. Ele também é o Criador de todo o universo. Jesus Cristo é o verdadeiro Deus que veio para salvar a nossa alma. Por causa disso, nossa alma voltou à vida, se regozijou novamente e passou a louvar a Deus. Nós o louvamos porque recebemos a liberdade, a paz e as bênçãos eternas através da justiça de Deus. Eu sou grato pelo fato de Deus estar vivo, e serei eternamente grato pela graça que recebemos deste Deus vivo que veio a nós.
Se tivéssemos apenas nossa alma, e não nosso corpo, nós não teríamos problema algum. Todas as pessoas deste mundo são oprimidas e vivem inquietas. E a razão disso é que seu homem exterior e interior ainda não tiveram um encontro com o Senhor. Por mais que este mundo seja um lugar inseguro e nós sejamos fracos, nossa alma, nosso homem interior, pode ter alegria por causa do nosso Salvador. É algo emocionante e lindo saber que o Senhor veio para salvar nossa alma, e não há bênção maior do que essa. Há muitas pessoas neste mundo que são abençoadas como nós. E não há pessoas mais felizes do que nós.
 
 
Em Seus Dias Maria Recebeu Uma Graça Especial
 
Maria era parente de Isabel. Um dia, quando ela estava sozinha, um anjo apareceu para ela e disse: “Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres” (Lucas 1:28). Dentre muitas mulheres, Maria recebeu a graça especial da salvação. Amados irmãos, vocês também podem receber a grande bênção que é a graça da salvação. Vocês podem receber o amor especial de Deus.
Será que nosso espírito pode ser como o de Maria, que era sensível a Deus? Será que nosso espírito pode ser como o do apóstolo Paulo e podemos receber a remissão de pecados como ele recebeu? A questão é: será que nosso coração pode ser como o de Maria, que podemos receber a salvação pela Palavra de Deus como ela recebeu e louvar a Deus como ela fez? Sim, nós podemos tudo isso porque recebemos a graça especial da salvação de Deus. Nós somos gratos a Deus, o louvamos e o glorificamos por causa do Espírito Santo. Nossa alma se alegra no nosso Salvador e adora nosso Senhor. Ela louva e adora ao Senhor porque ele nos salvou de todos os nossos pecados, porque ele veio a nós e nos encontrou através do evangelho da água e do Espírito. Ele nos resgatou de todos os nossos pecados e nos purificou totalmente, assim como nos abençoou para que nossa alma pudesse viver no reino dos céus, nos tornando seu povo.
Nós vivemos num mundo sombrio e conturbado. E por vivermos neste mundo hostil e cheio de pecado e iniquidade, nós nos sentimos inseguros e temos muitos problemas. Porém, amados irmãos, eu espero que vocês não se sintam desprezados por causa do seu homem exterior. Nós temos a Palavra de salvação que recebemos de Deus. E nossa verdadeira existência reside no nosso homem interior. Nosso homem exterior não é o que realmente somos.
As larvas que rastejam no chão e parecem criaturas muito feias constroem seus casulos nas árvores, ficam penduradas até que eclodem, saem de suas cascas, se transformam em cigarras e saem cantando sua linda melodia no verão. Nosso homem interior também é assim. Ele é como a cigarra que se desprende de sua pele, não uma larva. Nosso verdadeiro ser é nosso homem interior, não o exterior. Podemos dizer que nosso verdadeiro ser é nosso homem interior, ou seja, nossa alma. Nosso Senhor vestiu nossa alma, nosso homem interior, com a graça da salvação. Ele acabou com nossos pecados de uma vez por todas pela Palavra do evangelho da água e do Espírito.
 
 
O Senhor Nos Leva a Fazer a Linda e Importante Obra de Deus
 
Essa obra é pregar pela fé que Jesus levou todos os nossos pecados e derramou seu sangue. Nosso Senhor não levou em conta nosso estado inferior. Ele fez conosco o mesmo que fez com Maria. Cheia do Espírito Santo, Maria disse: “Pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurada” (Lucas 1:48). Maria foi alguém abençoada por Deus? Sim, foi. Ela foi uma mulher abençoada.
A Igreja Católica chama Maria de “cheia de graça”. E o significado somente dessas palavras está correto. Os católicos começam a orar assim: “Ave Maria, cheia de graça”. Isso quer dizer que ela recebeu a plenitude da graça. E eles continuam orando assim: “Bendita sois vós entre as mulheres e o fruto do vosso ventre”. As palavras contidas nessa oração não estão erradas, mas então é que surge o problema. A última parte da oração a Maria diz assim: “Santa Maria, mãe de Deus, rogai por nós agora e na hora da nossa morte”. O que vocês acham dessa frase? A prova de que eles deificam Maria está nessa oração. Eles chamam Maria de “Santa e mãe de Deus”. Isso é um absurdo.
Maria de fato foi uma mulher abençoada. Mas ela só foi abençoada assim porque reconheceu que, sem a graça de Deus, ela seria uma mulher miserável condenada ao inferno. Ela era apenas um ser humano, que só recebeu as bênçãos de Deus pela fé porque tinha um coração humilde. E que tipo de pessoas nós somos perante Deus? Você e eu também somos pessoas abençoadas. Por isso, temos que entender muito bem quem somos realmente para Deus. Nós recebemos algo muito valioso de Deus. Então, é errado não entendermos isso e também nos preocuparmos demais com nosso corpo físico. O apóstolo João disse: “Desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma” (3 João 1:2).
Nós devemos buscar o melhor para nosso homem interior, não para o exterior. E também temos que saber quais são as bênçãos que recebemos de Deus. João está nos dizendo que seu desejo é que conheçamos todas as bênçãos que recebemos de Deus e como é grande a bênção da salvação que recebemos também.
Amados irmãos, eu espero que, ao olhar para si mesmos, vocês não sejam pessimistas e vejam apenas a obscuridade do seu homem exterior. Nós não nos interessamos muito por este mundo porque somos pessoas que foram muito abençoadas por Deus. Maria recebeu a bênção da salvação muito tempo atrás, e todos os nossos pais na fé que creram na justiça do Senhor também receberam a mesma bênção. Eu espero que vocês não tenham dúvida alguma que somos uma geração abençoada por Deus e que recebeu a bênção da sua salvação. Vocês entendem isso? Nós recebemos a grande bênção da salvação de Deus. E a prova dessa grande bênção é que nosso homem interior não tem mais pecado, pois recebemos a remissão de pecados, não é verdade?
Por mais que nosso homem exterior nos limite, o Senhor nos levará para o reino dos céus quando chegar a hora e nos fará ter uma vida gloriosa, pois ele veio justamente para salvar nosso homem interior, purificou todos os nossos pecados e nos tornou um povo abençoado. Ninguém jamais recebeu bênçãos tão grandes como a bênção da salvação que recebemos. E algo que devemos lembrar neste Natal é que Deus está vivo e veio para salvar nossa alma. Devemos ser gratos pela fé por ele ter purificado todos os nossos pecados de uma vez por todas com a verdade do evangelho da água e do Espírito. Ao fazer isso, o Senhor trouxe santidade à nossa alma, ao nosso homem interior, e teve um encontro pessoal conosco. Não há nada maior do que isso. Ninguém jamais recebeu bênção maior do que a graça da salvação do Senhor. E nós que tivemos um encontro com o Senhor é que recebemos essa grande bênção.
O Senhor veio ao nosso encontro e purificou todos os nossos pecados, assim como purificou todos os pecados da alma de Maria. Neste Natal, temos que louvar ao Senhor e ser gratos a ele pela fé. Nosso Senhor veio a nós, purificou os nossos pecados e se tornou nosso Salvador. Ele veio a nós por meio do evangelho da água e do Espírito. Foi assim que o Senhor nasceu em nosso coração e nossa fé nele tem crescido a cada dia. Amados irmãos, vocês sabem que Jesus entrou em nosso coração, purificou nossos pecados e faz com que nossa fé cresça a cada dia? Vocês sabem que o Senhor está vivo em nosso coração e sempre nos abençoa?
Quem está em nossa alma? O Senhor. E nossa alma está em quem? No Senhor. Nós agora somos um só corpo; ele come conosco e nós comemos com ele. E este é um relacionamento glorioso. Queridos irmãos, nós recebemos a preciosa bênção da salvação de Deus. Nossa alma recebeu bênçãos tão grandiosas de Deus que palavras não podem expressar. Nosso Senhor veio de encontro à nossa alma e realizou a grande obra da salvação. Ele purificou todos os nossos pecados de uma só vez. Ele nos livrou do juízo do pecado. Por isso, nossa alma irá para o reino do Senhor e viverá ali quando chegar a hora.
É por isso que nosso homem interior tem que crescer, ser grato a Deus e adorá-lo cada vez mais. Mas há pessoas que às vezes se deixam levar pelas coisas do mundo por causa do seu homem exterior e sua alma enfraquece. Eu espero que todos vocês usem o poder que Deus lhes deu para fortalecer a fé do seu homem interior. E se a fé do seu homem interior crescer, seu homem exterior crescerá naturalmente. Já que nós estamos comemorando o Natal, vamos lembrar da grande bênção que recebemos do Senhor, adorá-lo e ser gratos a ele por ter nos dado sua graça e uma bênção tão grandiosa.
O tempo está frio e viver neste mundo tem sido muito difícil ultimamente. E eu sei que seu coração está preocupado por várias razões. Mas nunca devemos esquecer que o Senhor veio de encontro a nós, purificou todos os nossos pecados e abençoou a nossa alma. Temos que ser gratos por tudo isso e viver sempre ao lado do Senhor. Maria foi grata por toda a sua vida e jamais esqueceu que o Senhor veio ao seu encontro. Ela disse quando teve um encontro com o Senhor:
“A minha alma engrandece ao Senhor,
E o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador;
Porque atentou na baixeza de sua serva;
Pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurada,
Porque me fez grandes coisas o Poderoso;
E santo é seu nome.
E a sua misericórdia é de geração em geração sobre os que o temem” (Lucas 1:46-50).
Maria louvou ao Senhor em seu espírito no momento que teve um encontro com ele. E sua adoração e confissão de fé também se tornaram nossas agora. O Senhor teve um encontro conosco e nos deu grandes bênçãos, a fim de que pudéssemos adorá-lo e fazer essa confissão. O fato de alguém ter tido um encontro com o Senhor é o que define se ele será abençoado ou não.
Todos nós temos que nos lembrar do Senhor e adorá-lo sempre que lermos a confissão de fé de Maria. Assim como Maria fez sua confissão de fé quando teve um encontro com o Senhor e disse: “A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador; porque atentou na baixeza de sua serva; pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurada, porque me fez grandes coisas o Poderoso; E santo é seu nome. E a sua misericórdia é de geração em geração Sobre os que o temem” (Lucas 1:46-48), temos que louvar ao Senhor em nossa alma. Já que estamos comemorando o Natal, temos que ser gratos a ele em nosso coração. Jamais podemos nos esquecer disso e devemos ser sempre gratos e louvar o Senhor pelo que ele fez por nós.
O coração das pessoas se enche de alegria quando chega o Natal. E como este mundo vive uma atmosfera de confusão, Satanás está cada vez mais agitado, pois sabe que seu tempo está próximo. Quando lemos o livro de Daniel, vemos que ele fala dos sinais dos últimos dias e que o conhecimento muito aumentaria. O conhecimento não tem crescido muito hoje em dia? Nós somos a geração da computação. Eu ouvi dizer que já existe um chip de computador do tamanho de um grão de arroz, cuja memória tem capacidade para guardar milhões de dados. No futuro, os trens não mais andarão sobre trilhos, como hoje em dia. Já foram construídos trens-bala que praticamente voam sobre os trilhos à velocidade de 500 km/hora (313mph). Eles são mais rápidos do que um avião. Eu também já ouvi que já que as viagens de aviões são lentas, cansativas e incômodas, motores supersônicos serão instalados nos jatos para que eles fiquem bem mais rápidos. É difícil para nós acompanhar tudo isso porque o mundo tem mudado muito rápido. E as pessoas que tentam acompanhar tudo isso hoje em dia são tolas, porque nunca conseguirão. Se alguém deixar seus projetos para se adequar às mudanças deste mundo, fracassará em menos de um ano. E isso acontecerá porque as coisas hoje em dia acontecem dez vezes mais rápido do que no tempo em que estudávamos. Nós não conseguimos acompanhar as mudanças do mundo. Até procuramos ficar a par de tudo que está acontecendo, mas não conseguimos. Se tentarmos acompanhar tudo que acontece neste mundo ficaremos estressados e, na pior das hipóteses, acabaremos até ficando loucos.
Amados irmãos, nosso homem exterior não consegue acompanhar tudo que está acontecendo neste mundo, mas nosso homem interior pode se alegrar em Deus e adorá-lo. Nós podemos viver eternamente louvando ao Senhor. Nós estamos vivos hoje, viveremos amanhã, depois de amanhã e para todo o sempre louvando o Senhor eterno, mesmo depois que formos para o seu reino, que também é um reino eterno. Neste Natal, devemos louvar ao Senhor de toda a nossa alma. E não podemos esquecer que ele veio ao nosso encontro para salvar nossa alma. Amados irmãos, vocês sabem por que eu digo as mesmas coisas várias vezes, apesar de conhecer bem tudo isso? Porque eu jamais posso esquecer dessa verdade sublime. Nós nos alegraremos sempre no Senhor? Sim, com certeza. Nossa alma se alegra no Senhor porque viveremos para sempre. Se não fosse o Senhor, nós não teríamos nenhuma alegria nem a vida eterna. Portanto, temos que ser gratos por ele existir e ter vindo ao nosso encontro.
Temos que pensar sempre no nosso espírito. O homem é um ser eterno. O mundo físico que vemos não é tudo. Nosso Senhor nos tornou seres eternos e imortais. Ele nos tornou alma vivente ao soprar em nossas narinas o fôlego de vida, e, deste modo, nos tornou seres que nunca morrerão. Nós louvamos ao Senhor por ele ter vindo ao encontro da nossa alma e ter nos tornado seres eternos. Nós nos alegramos e regozijamos nele. Nós louvamos ao Senhor por ter resgatado nossa pobre alma e somos imensamente gratos a ele por isso.
Nosso homem interior, ou seja, nossa alma louva a Deus, é grata a ele e o glorifica. Louvamos ao Senhor por ele ter nos dado grandes bênçãos, assim como deu a Maria. Quando nos lembramos que o Senhor veio de encontro à nossa alma, nós o louvamos na mesma hora, e nosso coração se sente em paz e grato, mesmo nosso homem exterior sendo tão imperfeito e o mundo, tão desolador. Se não fosse assim, ou seja, se o Senhor não tivesse vindo ao nosso encontro, ou se ele não existisse, toda a nossa vida seria muito difícil porque viveríamos tristes. Ma felizmente o Senhor existe, e ele veio de encontro à nossa alma. Então, temos paz em nossa alma mesmo vivendo tempos muito incertos. É claro que às vezes nos sentimos mal, mas na maior parte do tempo temos paz. Sua alma está em paz? Eu posso ver que sim. E eu espero que vocês não esqueçam que só temos paz porque o Senhor veio ao nosso encontro. A bênção da salvação que recebemos é muito grande. Embora o mundo hoje seja muito atribulado e incerto, temos alegria em nossa alma.
Nós nos alegramos porque o Senhor é eterno e viveremos para sempre com ele. Isso porque ele veio ao nosso encontro. Quando nos convertemos a Jesus, não tínhamos ideia da grande bênção que recebemos ou por que nossa alma foi revestida de tamanha glória. Mas com o passar do tempo, depois que nós tivemos um encontro com o Senhor, nos surpreendemos e nos tornamos gratos por termos recebido dele essas bênçãos. Meus amados irmãos, vejam a alma das pessoas que vivem neste mundo. Olhem bem para elas e vejam se elas receberam em sua alma as bênçãos do Senhor que nós recebemos. Sua alma está em desespero. Onde está seu louvor a Deus? Onde está sua gratidão a ele? Onde está a alegria que elas deveriam ter por tudo que receberam? Tudo que há em seu coração é angústia e preocupação. Mas os que tiveram um encontro com o Senhor se alegram em Deus. E a razão disso é justamente este encontro que eles tiveram com o Senhor.
Eu sou muito grato ao Senhor por ter vindo ao nosso encontro. Como você e eu poderíamos viver se ele não tivesse feito isso? Vivemos tempos complicados e o mundo hoje está muito agitado; como poderíamos adorar a Deus em paz se o Senhor não tivesse vindo ao nosso encontro? As pessoas desta geração não vivem em paz. Por mais que as pessoas se matem de trabalhar, esta é uma geração difícil de se viver.
Até para os alunos é muito difícil estudar hoje em dia. Eles geralmente não se acham bons o bastante, por mais que estudem de meio-dia a uma da manhã. Quando eu estava no ensino médio, muito tempo atrás, eu tinha que estudar usando um lampião, e quando a luz ficava fraca, eu saía de casa para estudar sob a luz da lua. E assim que acabávamos de estudar, nós tínhamos que ir logo para a cama. E os professores usavam até uma vara para nos corrigir quando íamos à escola. A coisa era assim. Então, muitos alunos se formaram no ensino médio sem nem saber bem o alfabeto coreano. E todos continuavam sua vida normalmente naquela época apesar disso. Muitos se formavam no ensino médio sem nem mesmo saber ler direito. Todos que iam à escola se formavam. Mas hoje em dia isso não acontece mais. Pessoas de todas as idades atualmente sofrem de transtornos obsessivos em sua vida, pois o tempo é curto e a pressão é muito grande. E quanto mais essa geração vive assim, mais difícil e estressante se torna viver sem o Senhor.
E isso não acontece apenas com alguns, mas todos vivem afligidos pela instabilidade dessa geração. As pessoas em nosso país também sofrem com isso. A situação sócio-política do nosso país é muito instável: os políticos vivem preocupados, e agora todos os fazendeiros também estão preocupados com a RUN (Rodada Uruguai de Negociações) promovida pela OMC. Os políticos que representam o governo também estão muito preocupados. Todos envolvidos nas negociações, nos negócios, os trabalhadores, e até os donos de pequenos negócios estão preocupados. Não há uma pessoa sequer que esteja tranquila. Até o presidente da república está muito preocupado agora.
Mas como é que você e eu estamos agora? Nosso homem exterior também está preocupado, mas isso é por pouco tempo. Nós até que ficamos preocupados quando somos afetados pela inquietação deste mundo, mas isso é por pouco tempo, pois logo nosso coração fica em paz novamente. E podemos viver em paz assim porque o Senhor cuida de nós.
O Senhor teve um encontro conosco. Ele veio de encontro à nossa alma. Se não fosse por ele, como poderíamos ter uma vida feliz? Nós não poderíamos ter uma vida normal neste mundo tão caótico. Será que essa geração pode viver em paz no coração? Não, essa é uma geração onde as pessoas não podem ter paz no coração. Desastres e tragédias acontecerão em breve neste mundo. Dizem que até as mais simples criaturas se preparam ou se abrigam quando sentem que um furacão está vindo. Nós, que somos criaturas superiores, só enfrentaríamos essas catástrofes com paz no coração se fôssemos loucos, não é verdade?
Todavia, nossa alma está em paz porque o Senhor teve um encontro conosco. Nossa alma está em paz porque o Senhor habita em nós. Ele fez uma grande obra por nós, nos salvou da destruição e da maldição deste mundo e nos resgatou. Amados irmãos, nós somos os únicos que não perecerão quando este mundo for destruído.
Amados irmãos, nosso homem interior não se preocupa porque o Senhor teve um encontro com ele, e não com nosso homem exterior. Se vocês estão preocupados, meditem nessas palavras:
“Por que estás abatida, ó minha alma?
E por que te perturbas em mim?
Espera em Deus,
Pois ainda o louvarei pela salvação da sua face” (Salmos 42:5).
Vocês não ficarão preocupados se buscarem o Senhor. Amados irmãos, quanto menos buscamos o Senhor, mais este mundo se torna perigoso para nós. Busque-o em oração. Peça sua ajuda. Assim, vocês poderão vivem em paz e adorá-lo pela fé.
Nossa amada irmã Maria profetizou:
“Porque me fez grandes coisas o Poderoso;
E santo é seu nome.
E a sua misericórdia é de geração em geração sobre os que o temem” (Lucas 1:49-50).
Maria era uma mulher temente a Deus. Há pessoas hoje em dia que temem ao Senhor também? Deus vai ao encontro de pessoas que temem a ele. Mas é bem provável que mesmo em meio a dez mil pessoas não possamos encontrar uma sequer que teme a Deus. A maioria das pessoas deste mundo não quer dar ouvidos à Palavra de Deus porque são muito cheias de si mesmas, e, por essa razão, não temem a ele. É por isso que somos gratos porque tivemos um encontro com o Senhor, passamos a temê-lo e somos muito abençoados hoje em dia.
Quando se pergunta como as pessoas devem viver então, a resposta é que elas devem viver de toda a Palavra que sai da boca de Deus. Nós temos que viver cuidando da nossa alma. Temos que cuidar muito mais do nosso homem interior do que do exterior. Temos que ser pessoas que meditam nas bênçãos que o Senhor trouxe à nossa alma, são gratas por elas, louvam a Deus, creem nele e dão testemunho deste evangelho.
Já que estamos vivendo os últimos dias, o Senhor tem guardado nossa alma e, dependendo da situação, a envolve com seu amor por uma compaixão que não pode ser expressada por palavras, além de suprir tudo que nosso corpo precisa. Nós, que estamos vivendo os últimos dias, precisamos cuidar da nossa alma. Temos que examinar muito bem nosso homem interior e nos interessar mais por ele. O homem exterior pensa assim: “O que eu vou comer? O que eu vou beber? O que eu vou vestir?” Ele sempre se preocupa com essas coisas triviais, mas só que suas necessidades diárias serão sempre supridas se ele crer na Palavra de Deus. Nosso Senhor nos prometeu: “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33).
Nosso homem interior tem que lembrar sempre da graça que Deus nos deu e se alegrar por isso. Temos que nos alegrar porque Aquele que é poderoso realizou uma grande obra para apagar todos os pecados da nossa alma. E também temos que dar testemunho desta salvação a todos neste mundo. O Senhor veio de encontro ao nosso homem interior. Por isso que temos que nos voltar mais para nosso homem interior.
Se nosso coração for carnal, seremos como Ló. Quem se preocupa muito com seu homem exterior é como Ló, não como Abraão. Ló foi alguém que perdeu tudo porque se preocupou mais com seu homem exterior e só buscava a prosperidade material. Além das duas filhas de Ló, nenhum dos seus filhos recebeu a remissão de pecados. Sua esposa e seus descendentes também não receberam a remissão de pecados. Isso aconteceu porque Ló não pensou no seu homem interior, ou seja, na sua alma.
Nós que vivemos estes últimos dias temos que pensar mais no nosso homem interior. Nosso negócio, nosso trabalho e nossos estudos são coisas comuns com que nos preocupamos no dia a dia. Mas elas não têm tanta importância assim. Então, se nosso homem exterior falar mais alto do que o nosso homem interior, este ficará submisso àquele. Amados irmãos, temos que entender que nosso verdadeiro ser é nossa alma. E temos que entender também quais foram as bênçãos que nossa alma recebeu de Deus. Temos que nos lembrar sempre do nosso Deus e ser gratos a ele. Temos que entender como nossa alma recebeu as bênçãos de Deus.
Nós temos que ser pessoas espirituais. Se procurarmos ser pessoas espirituais, todos os nossos problemas materiais serão resolvidos. No entanto, se formos pessoas carnais, acabaremos como Ló. Você conhece muito bem a história de Ló, sobrinho de Abraão. Quem era mais rico, Ló ou Abraão? Abraão era mais rico. Deus também fez de Isaque, filho de Abraão, o homem mais rico de seus dias.
Se pensarmos nas bênçãos que o Senhor trouxe à nossa alma e o adorarmos, darmos graças a ele e nos alegrarmos em nosso homem interior pela fé, ele nos fará prosperar muito. O que nos leva a ficar preocupados nestes últimos dias então? Geralmente ficamos preocupados quando as coisas que dizem respeito ao nosso homem exterior não vão bem. Só que por mais que tudo vá bem com nosso homem exterior, isso não vai acabar perecendo quando o mundo for destruído? E nosso homem exterior também será destruído. Então, devemos nos preocupar primeiro com nosso homem interior. Só precisamos do nosso homem exterior enquanto vivemos neste mundo; ele não é eterno. Temos que levar uma vida espiritual e conhecer a verdade. E mesmo que tenhamos algum negócio, um emprego ou estejamos estudando, temos que nos lembrar sempre em nossa vida que o Senhor teve um encontro com a nossa alma, que é nosso homem interior, e louvá-lo e adorá-lo como fez Maria.
Não devemos nos preocupar com nosso homem exterior. Nossa alma deve vir em primeiro lugar. Amados irmãos, vocês são gratos a Deus? Nosso Deus apagou todos os pecados do nosso homem interior, ou seja, da nossa alma. Vocês são gratos a ele por isso então? Vocês são gratos em sua vida ao Senhor que apagou todos os seus pecados e teve um encontro com sua alma? Temos que ser sempre gratos a ele. Vocês são gratos? Sim, são. O que mais devemos agradecer ao Senhor foi ele ter vindo ao encontro de nossa alma para purificar todos os nossos pecados. Jamais devemos nos esquecer disso; pelo contrário, devemos ser sempre gratos a ele por isso. Nós que vivemos estes últimos dias devemos ser gratos como foi Maria, que disse: “A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador; porque atentou na baixeza de sua serva” (Lucas 1:46-48).
Nosso Senhor nos livrou de todos os nossos pecados ao se preocupar com nossa alma, vir a nós, ter um encontro conosco, levar todos eles e ser condenado em nosso lugar. É por isso que temos que louvá-lo e adorá-lo para sempre. Nós não podemos competir entre nós para ver quem é melhor ou ter ciúmes de quem foi mais abençoado por Deus. Só há uma coisa que temos que dizer neste mundo, e é isso: “Eu sou grato ao Senhor por ter apagado todos os pecados da minha alma”. Nós temos que ser eternamente gratos a ele. E isso tem que estar gravado em nosso coração. Amados irmãos, ninguém entre nós jamais pode esquecer que o Senhor veio como nosso Salvador e purificou todos os pecados da nossa alma, ou não ser grato e esconder que recebeu a remissão de pecados.
Amados irmãos, fiquem atentos e vigilantes nestes últimos dias. Se vocês não fizerem isso, Satanás roubará a salvação de vocês, pois ele está bramando como leão, esperando a chance de tragá-los. Sejam gratos a Deus! Devemos ser gratos por ele ter trazido paz à nossa alma. Se alegrem por isso! Por mais que este mundo seja perigoso, mesmo que a obra de suas mãos não esteja indo muito bem, contrário às suas expectativas, e por mais que vocês estejam vivendo tempos difíceis por causa disso, eu espero que vocês tenham alegria em sua vida. Deus salvou pessoas muito simples como nós.
Meus amados irmãos, sejam gratos por terem encontrado o Senhor. Não sejam gratos somente quando as circunstâncias os levam a isso; sejam gratos por terem encontrado o Senhor. Nós temos que louvar o Senhor por ele ter nos encontrado. Devemos ouvir a Bíblia com toda a atenção; eu espero que vocês a ouçam pela fé
Amados irmãos, é hora de despertarmos do nosso sono. Nós podemos entender muito bem agora os dias que estamos vivendo. Não nos resta mais nada neste mundo. Eu tenho mais de 50 anos, e, seja como for, se eu viver até os 70, o mundo continuará mudando até o fim dos meus dias. Satanás mudará este mundo totalmente, e Deus não fará nada para impedi-lo. É hora de despertarmos do nosso sono. Temos que viver dando graças a Deus com nosso homem interior e adorando o Senhor, pois ele veio ao nosso encontro.
É hora de não nos conformarmos mais com este mundo. Nós somos os passageiros do último trem. O que eu quero dizer é que pegaremos o último trem da salvação. O apito soou e o primeiro trem saiu quando o homem nasceu neste mundo. Outros trens partiram a cada hora depois disso, e agora é meio dia, a hora de o último trem partir. O último trem da salvação está partindo deste mundo, mas ao longo do caminho iremos parar para pegar alguns passageiros. As pessoas que estão aqui hoje são os que irão neste último trem conosco. Os que não o pegaram são os infelizes que o perderam. A eterna destruição está à sua espera. Mas os que estão no último trem desfrutarão do gozo eterno.
Temos que adorar a Deus em nosso espírito nestes últimos dias. Assim como Maria foi cheia do Espírito Santo e adorou o Senhor com uma oração profética, também temos que adorá-lo de todo o coração. Se fizermos isso, nosso homem interior se alegrará todos os dias. Vocês estão entendendo, meus amados irmãos?
Não deixem que seu homem exterior os deprima. Ao contrário, se alegrem no Senhor em seu homem interior. Sejam gratos e se alegrem todos os dias! Eu espero que possamos encontrar o Senhor, entrar junto com ele no seu reino e viver em eterno gozo ao seu lado quando ele voltar.