Sermões

Assunto 22: O Evangelho segundo LUCAS

[Capítulo 2-9] (Lucas 2:8-21) Jesus Cristo, Nosso Pastor

(Lucas 2:8-21)
“Ora, havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo, e guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho. E eis que o anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor, e tiveram grande temor. E o anjo lhes disse: ‘Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor. E isto vos será por sinal: Achareis o menino envolto em panos, e deitado numa manjedoura.’ E, no mesmo instante, apareceu com o anjo uma multidão dos exércitos celestiais, louvando a Deus, e dizendo:
‘Glória a Deus nas alturas,
Paz na terra, boa vontade para com os homens.’
E aconteceu que, ausentando-se deles os anjos para o céu, disseram os pastores uns aos outros: ‘Vamos, pois, até Belém, e vejamos isso que aconteceu, e que o Senhor nos fez saber.’ E foram apressadamente, e acharam Maria, e José, e o menino deitado na manjedoura. E, vendo-o, divulgaram a palavra que acerca do menino lhes fora dita; e todos os que a ouviram se maravilharam do que os pastores lhes diziam. Mas Maria guardava todas estas coisas, conferindo-as em seu coração. E voltaram os pastores, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, como lhes havia sido dito. E, quando os oito dias foram cumpridos, para circuncidar o menino, foi-lhe dado o nome de Jesus, que pelo anjo lhe fora posto antes de ser concebido”.
 
 
A Bíblia diz que a vida é como vapor. Mas Deus disse que nossa vida é mais preciosa do que tudo que há debaixo dos céus. A alma do homem é mais valiosa do que tudo neste mundo. Por um lado, a vida parece completamente vã; mas, por outro lado, uma alma é muito valiosa. Deus assim fala sobre a vida de uma forma totalmente diferente. Apesar de dizer que a vida não é nada, ao mesmo tempo ele diz que ela é muito importante. Quando se refere à nossa vida, ele diz que ela é mais valiosa do que o mundo inteiro.
Como é que você se vê? Você se acha mais valioso do que o mundo inteiro? É claro que sim! Nossa vida e nossa alma são mais valiosas do que tudo que há neste mundo, como disse o Senhor: “Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?” Entretanto, quando olhamos para nossos atos e pensamentos, não vemos nada de nobre em nós. Então parece mesmo que não valemos nada.
Mas o que acontece quando temos um encontro com o Senhor? Nós passamos a entender como somos importantes e valiosos. Quando temos um encontro com o Senhor é que nós entendemos nosso verdadeiro valor, como somos importantes e como Deus abençoa seres nobres como nós.
A Bíblia diz que nosso Senhor veio como o Salvador de todo mundo. Isso quer dizer então que ele veio como o Deus da salvação. É por isso que chamamos Jesus de Cristo e nosso Salvador. Por que o Filho de Deus se chama Jesus e Salvador? Porque a relação de Jesus com o homem é uma relação entre o Salvador e os que foram salvos; é por isso que o chamamos de Jesus, o Redentor, e Salvador.
 
  
O fato de Jesus Cristo Ser o Senhor e o Salvador Significa que Ele Veio a essa Terra para Nos Salvar do Pecado e Realizar a Obra da Salvação
 
Embora o homem fosse um ser nobre no começo, nossa condição era miserável antes da vinda do nosso Senhor. Apesar de nossa verdadeira essência ser nobre, nós estávamos envoltos num dilema por causa do pecado. Então, nós precisávamos de alguém para nos salvar, de um Salvador. E Jesus é o Salvador que veio libertar pessoas como nós. É por isso que o chamamos de Salvador. Amados irmãos, é muito importante entendermos corretamente quem é nosso Senhor e Salvador, e por que ele veio a essa terra. Nós também temos que entender como nossos problemas são sérios e como todos nós somos imperfeitos.
Na Coreia, uma certa mosca é usada como uma analogia da vida humana. Nossa vida é como a névoa da manhã que logo desaparece. Mas isso, é claro, se refere somente à nossa vida nessa terra. Há um tipo de mosca que só vive um dia, pois ela morre 24 horas depois de nascer. Quando essa mosca nasce de manhã, ao meio-dia ela já chegou à metade da sua vida, e à noite ela se acaba. Deus também comparou nossa vida com a sombra (Eclesiastes 6:12).
Há um tipo de mosca que só vive um dia nessa terra, mas elas também enfrentam muitas lutas e dificuldades. Seria muito bom se elas nascessem num dia lindo, mas o que aconteceria se sua vida começasse num dia chuvoso? A chuva não as deixaria cansadas e as atrapalharia muito? Elas não poderiam voar por todos os lugares por causa da chuva, e se tentassem achar um lugar para se abrigar, elas encontrariam aranhas e insetos que as fariam presas fáceis. Portanto, por mais que essas moscas vivam um só dia, elas enfrentam muitas dificuldades enquanto estão vivas.
Nossa vida é como dessas moscas. Somos como a névoa da manhã. A mais densa névoa desaparece quando surge o sol da manhã.
O Senhor disse que nossa vida é como as flores silvestres que florescem, mas logo desaparecem. As flores são lindas quando florescem, mas em pouco tempo murcham. O Senhor disse que nossa vida é como as flores, como a névoa, como a mosca que vive um dia. Ele compara nossa vida com todas estas coisas, e embora a razão da nossa existência seja nobre, ainda assim temos muito problemas. Quantos problemas nós enfrentamos dia a dia? Com quantos problemas e mudanças nos deparamos durante a nossa vida? Nós enfrentamos muitos problemas ao longo da nossa vida.
Eu sempre olho para mim mesmo. E quanto mais eu faço isso, mais eu vejo o quanto preciso do evangelho da água e do Espírito, que sem a graça do Senhor eu não poderia ter uma vida decente nem um dia sequer. Eu fico imaginando quantos dias eu vivi realmente como um ser humano decente ao longo de todos estes dias, meses, anos e décadas da minha vida. Eu reconheço que, sem o Senhor, eu nunca poderia ter uma vida honrada e decente. Meus vários pensamentos errados, diversos problemas, inúmeros inimigos confundiriam minha mente e corromperiam meus valores, assim como as coisas do mundo me fariam desviar. Então, quando eu olho para trás, eu vejo que não posso viver um dia sequer sem o Senhor.
É por isso que temos que viver pela fé no Senhor. Como poderíamos ter uma nova vida sem o Senhor? O Senhor nos tornou novas criaturas. Ele disse que nos renova a cada dia. Mas como nossa vida é renovada todos os dias? Como é que podemos esquecer todo o nosso passado e começar uma nova vida, tanto psicológica como espiritualmente? Quando eu olho para trás, para tudo que já vivi, eu percebo que se não fosse o Senhor, meu corpo já teria caído no lamaçal do pecado. Sem o Senhor, como eu poderia escapar de tudo isso e começar uma nova vida? É justamente o Senhor que nos leva a viver uma nova vida. É ele quem renova nossa vida todos os dias.
Está escrito que “as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”. Amados irmãos, nós hoje só podemos ter uma vida vitoriosa, diferente da nossa vida no passado, porque o Senhor renova nossas forças a cada dia. Apesar de não mudarmos, como as moscas, nosso corpo ainda é fraco, nossa vida nessa terra ainda é curta, e ainda enfrentaremos diversos problemas enquanto vivemos neste mundo. O Senhor resolve todos os problemas que enfrentamos dia a dia, como as moscas, a fim de que possamos viver bem. Nós, como as moscas, também enfrentamos muitos problemas, mas o Senhor resolve todos eles. Ele alivia o fardo da nossa vida, como faz com as moscas, e cuida de todos os nossos problemas por completo.
Meus amados irmãos, nós enfrentamos muitos problemas ao longo da nossa vida. E apesar de crermos em Jesus, ainda assim enfrentamos problemas. Até os que não creem em Jesus enfrentam seus problemas. Nós, seres humanos, vivemos em meio a muitas dificuldades. Todavia, os que creem no Senhor podem ter uma nova vida porque suas forças são renovadas por ele a cada dia. Mas os que não creem nele, ao contrário, ficam presos ao passado e vivem em desespero. Esta é a diferença entre os que tiveram um encontro com o Senhor e os que não tiveram.
O texto bíblico deste capítulo diz assim: “Ora, havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo, e guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho. E eis que o anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor, e tiveram grande temor”. Todo rebanho precisa de um pastor para cuidar dele, pois sem um pastor ele certamente morrria.
Você conhece o temperamento de uma ovelha? Embora sejam muito dóceis, elas são animais muito teimosos. Elas são mais teimosas do que uma mula. E por serem teimosas assim, às vezes elas vão aonde querem. Elas são tão teimosas que atravessam direto a rua, sem se importar se vão ser atropeladas e morrer. A ovelha é um animal muito teimoso que vive em rebanho. Mas embora as ovelhas vivam em grandes bandos, elas não podem se proteger. Por mais que muitas delas estejam juntas, elas sempre serão ovelhas. Sem um pastor, todas elas morreriam. Se um lobo viesse e levasse uma ovelha por dia, mil ovelhas seriam mortas em mil dias. E mesmo que houvesse duas mil ovelhas, um simples lobo poderia dizimar todas elas e não deixar nenhuma viva. Se fossem cinco lobos, em apenas poucos dias todo o rebanho seria massacrado. É por isso que toda ovelha precisa de um pastor.
No texto bíblico deste capítulo, vemos que os pastores estavam cuidando de suas ovelhas no campo quando uma luz brilhou no céu e ele se abriu. E então, eu mensageiro de Deus se aproximou deles cantando: “Glória a Deus nas alturas”.
Antigamente, os anjos sempre apareciam para os servos de Deus e seus profetas para revelar a vontade do Senhor. E eles também apareceram para os pastores aqui para revelar a Palavra de Deus. Este mensageiro de Deus disse aos pastores: “Não temam, pois eu trago boas novas de grande alegria para todo mundo. Ouçam a adoração dos exércitos celestiais. Seu Salvador nasceu em Belém, e ele é o Cristo. Seu Pastor nasceu hoje na cidade de Belém. O Pastor de todos nasceu nessa terra”. O Anjo disse a eles que Aquele que seria seu Pastor havia nascido como um bebê chamado Jesus, e que este bebê estava deitado numa manjedoura. Depois que ouviram isso do anjo, os pastores foram procurar Jesus então e o encontraram.
Ovelhas são animais muito teimosos e fracos. Elas são como as moscas que vivem um só dia. Elas são tão frágeis que não conseguem enfrentar seus predadores. Algumas ovelhas têm chifres. Mas estes chifres não dão a elas nenhuma proteção. Assim, podemos ver como estes animais são presas fáceis.
O Senhor disse que somos como ovelhas. Ele compara a teimosia e rebeldia do homem com as da ovelha. Ele também usou várias formas de vida insignificantes para comparar a nós, seres humanos, com elas. Ele disse que somos como as moscas que vivem só um dia, pois o homem também envelhece muito rápido. Comigo acontece a mesma coisa, pois embora pareça que foi ontem que eu corria pelos campos e brincava com meus amigos, eu já estou com mais de 50 anos. Eu nunca imaginei que envelheceria tão rápido. A minha carne já espera pelo firmamento. Mas, espiritualmente falando, faz muito tempo que eu comecei a viver.
Como as ovelhas de Deus são teimosas e rabugentas, e como seus olhos espirituais são míopes! Elas não conseguem ver o que está na sua frente. Ao invés disso, elas só olham para a grama que está no chão. E apesar de estar perto do penhasco, elas não conseguem ver isso e só ficam olhando para a grama que está na beira dele.
É por isso que nós, seres humanos, que somos como as ovelhas, precisamos de um verdadeiro pastor. E Jesus veio a essa terra como nosso Pastor. Ao deixar seu trono celestial, ele veio a essa terra para nos salvar, nos dar vida, perdoar todos os nossos pecados e nos conceder a vida eterna. Você acha que Jesus veio a essa terra para que as pessoas fizessem obras de caridade do Natal e dessem ofertas para o Exército da Salvação.
Todos podem sobreviver se suas necessidades básicas como vestimenta, alimento e abrigo forem supridas. Mas isso não é tudo que precisamos. Nossa alma precisa do Salvador e nosso coração, do pão espiritual. Todos precisam de um Pastor, o Salvador que resolveu todos os problemas dos pecados que cometemos em nosso coração e em nossos atos, da fraqueza da nossa carne e todos os outros problemas. Se alguém estiver passando fome por não ter nada para comer, é um dever moral dos mais abastados ajudar essa pessoa. Mas nós só podemos receber o pão espiritual de Jesus, nosso Pastor e Salvador.
Nosso Senhor veio a essa terra como o meu e o seu Pastor. Está escrito: “‘E isto vos será por sinal: Achareis o menino envolto em panos, e deitado numa manjedoura.’ E, no mesmo instante, apareceu com o anjo uma multidão dos exércitos celestiais, louvando a Deus, e dizendo: ‘Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens’”. O anjo disse que jesus estava envolto em panos e deitado numa manjedoura. Este anjo teve a função de um pastor.
O anjo falou aos pastores. Estes pastores eram os guias do seu rebanho. E eles acreditaram no que o anjo disse, foram à procura do menino Jesus e o encontraram. Eles então deram a todos a notícia de que o Salvador, o Messias, o Rei dos judeus, o Deus Criador dos céus e da terra tinha vindo a este mundo.
Nós reconhemos Jesus como nosso Salvador e é assim que o chamamos. É muito importante crermos em Jesus de modo correto e reconhecê-lo como nosso Salvador assim também. Já que cremos em Jesus, é muito importante sabermos quem ele é. Também é imprescindível analisarmos tudo antes de crermos em Jesus para vermos se ele é apenas um ser humano ou divino. Embora todos possam crer em Jesus, é muito importante conhecê-lo corretamente antes disso.
 
 
Jesus é o Próprio Deus
 
Jesus é o Mestre que criou o universo e tudo que nele há. A Bíblia diz que “o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (João 1:14).
No começo, Deus criou os céus e a terra. E quando ele disse que houvesse luz, houve luz. Quem é o Deus que criou a luz com sua Palavra? Nenhum outro senão Jesus Cristo. A luz passou a existir quando Jesus, o próprio Deus, disse para ela existir. Foi Jesus Cristo que criou a luz. E este Jesus, em quem todos nós cremos, e o próprio Criador do universo e de tudo que nele há. Foi Jesus quem criou a nós, a terra e o universo, tudo que é visível e invisível, e tudo que há nos céus e na terra.
Nosso Senhor, o próprio Deus e nosso Pastor, nasceu nessa terra. E que tipo de poder Ele possui? É muito importante entendermos quem é nosso Pastor. Nosso Salvador é mesmo o próprio Deus, e somente ele é o nosso Verdadeiro Pastor. Se Jesus fosse apenas humano, ele não seria diferente de nós então. Mas embora tenha vindo a essa terra encarnado como homem, ele é o próprio Deus. Por isso, ele é ao mesmo tempo homem e divino. Jesus possui esses dois atributos.
Por que o Senhor foi concebido no corpo de uma virgem? Porque ele tinha que vir a essa terra como um homem. Para nos salvar de todos os nossos pecados, lutas e problemas, Jesus veio pessoalmente encarnado como um homem, apesar de ser Deus, e levou sobre si todos os pecados da humanidade. Só assim ele poderia se tornar nosso verdadeiro Salvador. Foi por isso que Jesus teve que nascer como um homem.
Quem é nosso Senhor? Ele é o próprio Deus. Jesus é o próprio Deus. Ele é o próprio Deus que criou o universo e tudo que nele há, que soprou o fôlego de vida nas narinas de Adão e Eva. Deus existe na Pessoa do Pai, do Filho e do Espírito Santo, e essas três Pessoas de Deus disseram: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança” (Gênesis 1:26). Nessa Trindade, Jesus é o Filho de Deus. E foi ele quem se tornou nosso Pastor. Todos nós temos que crer nisso e também entender corretamente. Só assim poderemos viver pela fé em Deus.
O Salvador nasceu nessa terra. Jesus é o nosso Mestre. Ele é o Criador que nos fez e também nosso Pastor. O próprio Deus veio a essa terra encarnado como um homem e se tornou nosso Pastor para nos salvar. Isaías 40:5 diz: “E a glória do SENHOR se manifestará, e toda a carne juntamente a verá, pois a boca do SENHOR o disse”. E a Bíblia também diz em Isaías 9:6-7:
“Porque um menino nos nasceu,
Um filho se nos deu,
E o principado está sobre os seus ombros,
E se chamará o seu nome:
Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte,
Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.
Do aumento deste principado e da paz não haverá fim,
Sobre o trono de Davi e no seu reino,
Para o firmar e o fortificar com juizo e com justiça,
Desde agora e para sempre;
O zelo do SENHOR dos Exércitos fará isto”.
Está escrito que um menino nos nasceria, que o principado estaria sobre seus ombros e seu nome seria Maravilhoso, Deus forte e Conselheiro. Deus profetizou por meio do profeta Isaías no Antigo Testamento: “Um Filho nascerá entre vocês. Eu mesmo farei Jesus nascer para se tornar seu Pastor”. Um filho nos nasceu e o principado estava sobre os seus ombros. Quem tem poder pare reinar sobre os céus e a terra? Só Deus tem esse poder. Esse poder pertence ao Senhor, que se tornou nosso Pastor e Salvador. O principado aqui se refere ao poder de reinar. E quem possui todo este poder? Nosso Senhor o possui. Jesus mesmo disse: “É-me dado todo o poder no céu e na terra” (Mateus 28:18). Isso nos mostra claramente que todo o poder pertence ao Senhor. Seu nome é Maravilhoso e Conselheiro. A Palavra maravilhoso se refere a algo incrível e extraordinário. E o próprio fato de o Criador ter se tornado uma criatura é algo incrível e extraordinário.
Vamos dizer que você eu criamos uma mosca e, por isso, nos apegamos muito a ela. Só que essa mosca tem muitas falhas. Mas como não há nenhum pecado em nós, não podemos tolerar mais nenhum pecado. A mosca, ao contrário, tem muitos pecados. E, além disso, ela adora outra coisa ao invés de crer em nós. Vamos dizer que embora tenhamos criado essa mosca sem nenhum pecado, sua natureza mudou e ela agora está cometendo vários pecados. Então, por amarmos muito essa mosca, nós mesmos nos tornamos moscas para salvá-la. Não seria algo incrível e extraordinário se pudéssemos nos tornar moscas?
Amados irmãos, por mais que amassemos uma mosca que criamos, nós poderíamos nos tornar moscas? Deus precisava se tornar uma criatura? Como um ser tão perfeito pôde se tornar um ser imperfeito? Isso é o mesmo que o ser humano se tornar uma larva. Isso é algo incrível e extraordinário. O fato de Deus ter se tornado nosso Pastor é algo fabuloso. Foi assim que ele amou os pecadores. Deus é de fato um Deus de amor.
Foi assim que Deus amou o mundo. A Bíblia também chama Jesus de Conselheiro; e Conselheiro aqui diz respeito à sabedoria. O que Deus teve que fazer então para nos salvar de todos os nossos pecados? Há um ditado coreano que diz que para se pegar um tigre, é preciso entrar na sua toca. Como diz o ditado então, o próprio Criador teve que se tornar um homem para salvar a humanidade. Em outras palavras, ao ser tornar homem, o próprio Deus levou todas as maldições do homem, todos os seus problemas, suas preocupações, suas falhas, sendo condenado por todos nós para nos salvar. Esta é a sabedoria de Deus. Conselheiro é aquele que tenta encontrar solução para o problema de alguém.
Mas qual é o seu e o meu problema? Nosso problema é a fraqueza. Nosso problema é o pecado. Nosso problema é que somos muitos fracos. Nosso problema é o pecado, como os maus pensamentos e nossas falhas. Apesar de conhecermos a vontade de Deus, somos fracos demais para viver segundo ela. Nossa linhagem, nossa espécie humana, também é o problema. Espécies não mudam. Mesmo que alguém comece a agir como um chipanzé, ele nunca se tornará um símio. Gorilas e símios são parecidos, mas gorila é gorila, chipanzé é chipanzé. Apesar de haver muitas raças no mundo, africanos, asiáticos, europeus, o homem sempre vai ser homem.
Já que o homem foi criado por Deus como uma espécie cheia de falhas, Jesus, o próprio Deus, teve que se tornar homem e vir pessoalmente para resolver esse problema. “Eu amo todos que criei; por isso, eu tenho que resolver todos os seus problemas”. Deus se tornou homem por ter nos amado de tal maneira. E ele não ficou apenas nas palavras, mas de fato se tornou homem e nos salvou. Por isso que Jesus foi concebido no corpo de uma virgem. “Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel”. Deus foi concebido no corpo de uma virgem, foi gerado no seu ventre por noves meses, se formou e então nasceu para estar conosco. Nosso Senhor teve que nascer como um homem para ter o mesmo corpo que o nosso.
Deus se tornou homem porque viu que isso era necessário. Foi por isso que ele nasceu nessa terra. Oito dias depois de nascer, nosso Senhor foi circuncidado e seus pais ofereceram sacrifício a Deus segundo a lei. E quando fez 30 anos, ele levou sobre si todos os nossos pecados. Então, depois de levar todos os nossos pecados quando foi batizado, ele teve que morrer na cruz por estes pecados.
A Bíblia diz que “aos homens está ordenado morrer uma vez, vindo depois disso o juízo”. Já que somos falhos, temos que ser julgados por Deus; e já que somos pecadores, temos que morrer. Mas Jesus levou todos os nossos pecados ao ser batizado e morreu por nós. Entretanto, depois de morrer, ele ressuscitou dos mortos. E ao fazer isso, ele fez com que todos que cressem nele nunca mais morressem, mas recebessem a vida eterna. Esta é a própria sabedoria do Senhor.
Amados irmãos, nós precisamos ter um encontro com o verdadeiro Pastor, que é o nosso Salvador. Nós temos que ter um encontro com Jesus, o maravilhoso Deus que também é o nosso sábio Conselheiro, que veio a essa terra encarnado como homem para nos salvar e usou este método de salvação para nos libertar. Já que somos ovelhas, temos que crer na Palavra e buscá-lo para termos um encontro com ele. Quando os pastores foram procurar Jesus, eles criam que ele, embora fosse um bebê, era o Salvador do homem que resolveria todos os seus problemas com o pecado, os salvaria de toda maldição e da destruição, e acabaria com suas fraquezas, preocupações e problemas. Eles foram salvos porque creram no Salvador como seu Pastor.
Quem foi ver o menino Jesus? Quando Jesus nasceu nessa terra, por meio de quem soubemos que ele era o nosso Pastor? Nós soubemos disso pelo que disse os anjos que vieram do céu. Como soubemos que Jesus é o verdadeiro Salvador? Através de profecias que Deus entregou a profetas do Antigo Testamento como Isaías, Ezequiel e Miquéias. Através das profecias destes servos de Deus, nós soubemos que Jesus é o nosso Messias e o nosso Salvador.
O ponto central deste sermão pregado no Natal é que o Senhor nasceu nessa terra para se tornar o Pastor dos pecadores. Nós somos um rebanho que precisa desesperadamente de um Pastor. O Senhor nos toma em seus braços através da obra dos seus servos. Isso significa que os servos de Deus também são pastores de cada um de nós. Então, se seguirmos o Pastor por meio de seus pastores, receberemos a vida eterna, a remissão de pecados, e todos os nossos problema serão resolvidos. Este é o significado do Natal, a razão pela qual o Senhor veio a essa terra.
 
 
Nós Temos que Encontrar o Pastor
 
A Bíblia diz que todos perecem porque não têm Pastor. Por que eles sofrem? Por que eles enfrentam tantos problemas? Porque eles não encontraram o Pastor. Se eles encontrarem o Pastor, todos os seus problemas serão resolvidos um a um. O verdadeiro Pastor guia o rebanho pelo caminho certo, o protege, o alimenta e o guia a águas tranquilas. O verdadeiro Pastor não guia seu rebanho para a beira do precipício, nem as vende ou mata. O verdadeiro Pastor não faz nada disso.
O rebanho só pode sobreviver se encontrar o Pastor. Mas há muitos hoje que andam pelos seus próprios caminhos, como se não tivessem Pastor. Você pode até decidir trabalhar duro para ter sucesso em determinada área da sua vida, mas nunca poderá alcançar seu objetivo se quiser fazer isso sozinho. Um rebanho pode até ficar bem por um ou dois dias sem o pastor, só que, mais cedo ou mais tarde, ele será levado por predadores. Toda ovelha precisa de um pastor. As ovelhas se machucam, sofrem e morrem pela falta de um pastor.
Amados irmãos, neste natal, eu quero que todos vocês reconheçam seus pastores, que são servos do Senhor. Salvos ou não, todos nós precisamos de pastores. Nós vamos perecer sem Jesus e seus pastores. Alguns de vocês podem até se perguntar: “Como eu posso confiar no meu pastor se ele é um ser humano como eu?” Mas é Deus quem capacita seus escolhidos. É ele quem capacita seus servos para que façam sua obra e cuidem do seu povo, dando a eles força, poder e bênçãos. Sendo assim, quando ouvimos os servos de Deus e os seguimos, Deus resolve todos os nossos problemas e cumpre em nós toda a sua obra. Nosso Senhor é o Sumo Pastor.
Nosso Deus realiza sua obra através dos seus pastores. Uma ovelha será sempre uma ovelha, por mais dotada e forte que ela seja. Há muitos neste mundo que se dizem pastores. Muitos dizem que são pastores, embora não tenham tido um encontro com o Senhor; e como lobos, eles se aproveitam do rebanho para tirar tudo dele. Este mundo está cheio de falsos pastores. Eles não passam de mercenários inescrupulosos.
Todos nós sabemos que temos que levar uma vida justa, mas será que podemos fazer boas obras como desejamos? Não, porque por mais que tentemos, não conseguimos. O homem sozinho não consegue resolver seus problemas. Um verdadeiro pastor cura as feridas das suas ovelhas e as leva a cumprir toda tarefa que foi designada a elas, fortalecendo e cuidando delas. É um absurdo dizer que as ovelhas que estão morrendo serão recompensadas de fizerem boas obras em meio a essa situação.
Nós temos que ter um encontro com o verdadeiro Pastor. Mas a Bíblia diz que só teremos um encontro com o Senhor se encontrarmos o verdadeiro Pastor e formos guiados por ele. Neste Natal, eu fico pensando na razão pela qual Senhor se tornou o Sumo Pastor e nosso verdadeiro Salvador. Todavia, o mais importante é termos um encontro com o verdadeiro Pastor. Nós só poderemos ter a vida eterna se tivermos em encontro com o verdadeiro Pastor e seus pastores.
Nosso Senhor veio a essa terra para se tornar nosso Pastor. Ele nasceu nessa terra para ser o meu e o seu pastor. E até hoje ele quer ser o Pastor de todas as ovelhas perdidas. Ele quer que suas ovelhinhas, ou seja, seus servos o ouçam e sejam guiados pelo verdadeiro Pastor.
Neste Natal, ao invés de buscarmos o Senhor apenas com palavras, devemos ter um encontro com ele através dos seus servos, dos seus pastores. Também temos que entender que sem estes pastores não poderemos ter um encontro com o Sumo Pastor. Todos nós precisamos ter um encontro com o Sumo Pastor através de seus pastores, pois são eles que nos guiarão ao Senhor. Se há alguém aqui que ainda não teve um encontro com o Senhor, você precisa entender quem é o Pastor que cuida da sua alma e te guia pelo caminho certo. Você também precisa ouvir as palavras deste verdadeiro Pastor. Só assim você poderá, sendo guiado por ele, ter um encontro com o Senhor, que é o verdadeiro Pastor do rebanho, receber as bênçãos da vida eterna e ter todos os seus problemas resolvidos por ele. O verdadeiro propósito e significado do Natal é ter um encontro com o Pastor. Precisamos ter um encontro com o verdadeiro Pastor.
O Senhor é o nosso verdadeiro Sumo Pastor. E seus pastores são aqueles que foram chamados para ser usados por ele nessa terra. É através desses pastores que o Senhor trabalha e cumpre sua vontade. Por meio de um anjo, ele disse aos pastores que cuidava do seu rebanho que o Senhor tinha vindo a essa terra como Sumo Pastor; e por meio destes pastores, ele fez com que todo mundo soubesse disso. O Senhor também nos salvou, resolveu todos os nossos problemas e nos fez saber que ele é o nosso verdadeiro Pastor, além de nos levar a crer em Jesus Cristo.
Então, já que sabemos que essa é a vontade de Deus e a aceitamos pela fé, temos que seguir o Senhor com ações de graças, nos lembrando sempre do que ele nos disse. Todos nós temos que receber e desfrutar de tudo que o Senhor nos deu, a fim de que depois possamos ir para o reino dos céus e ali viver para sempre. Eu espero que todos vocês tenham um encontro com o Senhor e todos os seus problemas sejam resolvidos. E também oro para que o Senhor conceda a você a mim todas as suas bênçãos.