The New Life Mission

Sermões

Assunto 8: O Espírito Santo

[8-11] (Efésios 5:6-18) Mantenha sua vida cheia do Espírito Santo

( Efésios 5:6-18 )
“Ninguém vos engane com palavras vãs; porque, por essas coisas, vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais participantes com eles.
Pois, outrora, éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz (porque o fruto da luz consiste em toda bondade, e justiça, e verdade),
provando sempre o que é agradável ao Senhor.
E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as. Porque o que eles fazem em oculto, o só referir é vergonha. Mas todas as coisas, quando reprovadas pela luz, se tornam manifestas; porque tudo que se manifesta é luz. Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus. Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito”.
 

O que devemos fazer para manter nossas 
vidas cheias do Espírito Santo?
Devemos nos abandonar, pegar a Cruz 
e negar os nossos pensamentos maus, nos 
dedicando a pregar o evangelho.

Para “manter a vida cheia do Espírito Santo”, devemos nos dedicar a pregar o evangelho, mas devemos, antes, receber a bênção que faz o Espírito Santo habitar em nossos corações. Para receber a Sua habitação, devemos ter este tipo de fé, ou seja, devemos crer no evangelho da água e do Espírito que Deus nos deu. Tendo esta fé, iremos receber a bênção que faz o Espírito Santo habitar em nós.
Aqueles que têm a habitação do Espírito Santo querem uma vida cheia do Espírito Santo? Claro que querem, mas por que alguns não conseguem viver esta vida? A razão é que seus próprios problemas precedem as obras de Deus, significando que não podem andar com Ele. Para manter uma vida cheia do Espírito Santo, devemos aprender e crer na Palavra de Deus. Antes de tudo, vamos consultar a Bíblia para encontrar que tipo de vida e fé nós devemos ter.
 

Qual é a razão pela qual algumas pessoas não conseguem viver uma vida cheia do Espírito Santo?

Primeiro, podemos dizer que é porque elas não conseguem abandonar a si mesmas. A Bíblia diz que apenas aqueles que abandonam a si mesmos podem andar com o Senhor Jesus. Como alcançar uma vida cheia do Espírito Santo não é possível por meio de poder próprio, todos devem ter a fé na habitação do Espírito Santo, a fim de abandonarem-se a si mesmos. Mesmo para aqueles, que têm a habitação do Espírito Santo, é difícil abandonarem-se a si mesmos sem ter alguma preocupação com o Reino de Deus. Portanto, para ter uma vida cheia do Espírito Santo, devemos servir ao evangelho da água e do Espírito. Apenas assim uma pessoa pode abandonar-se a si mesmo e viver como um servo da justiça.
Mateus 16:24-26 diz: “Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me. Porquanto, quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por minha causa achá-la-á. Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou que dará o homem em troca da sua alma?”.
A razão pela qual algumas pessoas que nascem de novo não podem viver uma vida cheia do Espírito Santo é porque elas falharam em negar a cobiça de sua carne. Mesmo as pessoas que têm a habitação do Espírito Santo só podem seguir o Espírito Santo quando desistem de sua cobiça carnal. Existem muitos aspectos da vida da carne que devemos abandonar a fim de seguir o Senhor Jesus. O Senhor Jesus disse: “a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me”.
Ter uma mente carnal é morte, mas ter uma mente espiritual é vida e paz. As pessoas que desejam andar no Espírito devem abandonar a vida da carne. Apenas aqueles que ousam fazer este sacrifício podem manter uma vida cheia do Espírito Santo. Esta é a verdade da plenitude do Espírito Santo.
O que você deseja seguir, o Senhor ou o mundo? Conforme a sua escolha, uma vida cheia do Espírito Santo ou uma vida de cobiça será sua. Se você realmente quer viver uma vida cheia do Espírito Santo, a escolha é sua. Deus nos salvou de todos os nossos pecados e nos deu o dom da habitação do Espírito Santo, mas cabe a você decidir se quer, ou não, viver uma vida cheia do Espírito Santo. Em outras palavras, a vida cheia do Espírito Santo não é predestinada ou determinada por Deus. Uma vida assim depende apenas da vontade daqueles que creem no belo evangelho da água e do Espírito.
 

Você deve ter o desejo de viver uma vida cheia do Espírito Santo

Se você tem o desejo de viver uma vida cheia do Espírito Santo, Deus vai permitir. Ele irá te ajudar e te abençoar. Mas se você não quer, deve desistir de viver uma vida cheia do Espírito Santo.
Você só pode receber a habitação do Espírito Santo pela fé no evangelho da água e do Espírito e não por sua vontade. Mas viver e manter uma vida cheia do Espírito Santo depende totalmente de você.
Portanto, se quiser uma vida cheia do Espírito, você deve examinar sua própria vontade e pedir a ajuda de Deus. Se realmente quisermos viver cheios do Espírito Santo, Deus irá nos abençoar e cumprir nossos desejos, mas para atingir nosso objetivo, devemos negar as cobiças da carne.
Em segundo lugar, para viver uma vida cheia do Espírito Santo, nós devemos pegar nossa Cruz. Devemos viver e andar pela vontade de Deus, mesmo nas situações difíceis. Isto é o que significa viver uma vida justa no Espírito Santo.
E em terceiro lugar, o Senhor Jesus diz: “Porquanto, quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por minha causa achá-la-á. Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou que dará o homem em troca da sua alma?”.  Isto significa que seguir o Senhor Jesus é relevante para nossas vidas. Com certeza, se nós O seguirmos, nosso espírito e carne irão prosperar, mas se nós não O seguirmos e escolhermos viver nossas próprias vidas, nosso espírito e carne irão perecer.
Por que não conseguimos ter vidas cheias do Espírito Santo? A razão é que nós não negamos nossos pensamentos, que são cobiças da carne. Quando seguimos a Jesus, o Espírito fortalece o nosso interior e, portanto, Ele pode nos guiar com grande força. 
Em Efésios 5:11-13 está dito: “E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as.
Porque o que eles fazem em oculto, o só referir é vergonha.
Mas todas as coisas, quando reprovadas pela luz, se tornam manifestas; porque tudo que se manifesta é luz”. Os Cristãos não devem ser cúmplices nas obras infrutíferas das trevas, mas quando nos envolvemos nas obras infrutíferas das trevas, Deus diz para manifestá-las. Nós devemos ser reprovados por nossas obras das trevas, pois é vergonhoso até mesmo falar aquelas coisas que são feitas em segredo, mas todas as coisas que são expostas são manifestas pela luz.
Quem é capaz de expor e falar sobre todas estas coisas vergonhosas? Se os outros, seus irmãos ou irmãs e os servos de Deus não podem expor, você deve expor por si mesmo. Está dito que todas as coisas que se manifestam são manifestas pela luz. Portanto, devemos admitir nossas obras malignas e sermos guiados pelo Espírito Santo, para, assim, manifestar as obras infrutíferas das trevas por nós mesmos ou por nosso líder.
Neste mundo, todas as coisas que se manifestam terminam da mesma forma como são censuradas, mas, no mundo de Deus, todas as coisas expostas são manifestas pela luz, pois tudo que se manifesta é luz. Como estamos longe da perfeição, inconscientemente cometemos muitos pecados neste mundo. Contudo, quando derramamos a luz da Palavra de Deus em nós mesmos, nos tornamos conscientes de certos pecados e ficamos aptos a admiti-los, e damos eternas graças a Deus.
Por Jesus ter levado todos os nossos pecados e iniquidades, e por toda justiça de Deus ter sido cumprida quando Ele foi batizado no Rio Jordão, nós estamos aptos a manifestar a luz por meio da justiça de Deus. Os bilhões de pecados que a humanidade cometeu foram transferidos para Jesus quando João O batizou. Ele é o Cordeiro de Deus que tirou os pecados do mundo, morreu na Cruz sendo julgado por eles e ressuscitou. Jesus perdoou todos os pecados da humanidade, e quando disse: “Está consumado!”. (João 19:30), toda a humanidade foi salva. Nós nos tornamos santificados por meio de nossa fé no que Ele fez. Como nossos pecados foram perdoados, nós podemos retornar à luz e seguir a Deus corretamente.
 

Deus nos disse para usar bem o tempo

Paulo disse que se quisermos viver uma vida cheia do Espírito Santo, devemos usar bem o tempo. Efésios 5:16-17 diz: “remindo o tempo, porque os dias são maus.
Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor”. Se quisermos viver uma vida cheia do Espírito Santo, devemos aproveitar o tempo e não ser insensatos. Devemos entender que a vontade do Senhor Jesus é essa. Devemos decidir o que vale mais a pena: a vida fiel à nossa carne ou a vida devotada e fiel a Deus.
Depois que nascemos de novo, o Espírito Santo habita em nós. Se recebemos a habitação do Espírito Santo, significa que o nosso Mestre é o Senhor Jesus e Ele é o nosso Rei. Apenas Ele é o nosso Salvador e devemos admitir que Ele é o nosso Deus. Ele é o nosso único Mestre, o Mestre que me fez, perdoou todos os meus pecados e me abençoou. Ele é o Rei que tem domínio sobre minha vida e morte, bênçãos ou maldições. Nós devemos admitir que o Senhor Jesus é Mestre e Deus, e, por isso, devemos obedecê-Lo por toda a nossa vida.
Vamos ver o que está dito em Filipenses 2:5-11: “Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz.
Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai”.
Paulo disse: “Tende em vós o mesmo sentimento”. Ele quis dizer que isso era também conforme o coração de Jesus. O que Paulo disse é que este “mesmo sentimento” também houve em Jesus, que é o Deus Criador, que veio a este mundo para salvar Seu povo de seus pecados segundo a vontade de Seu Pai. O Senhor Jesus veio a este mundo e levou todos os pecados por meio de Seu batismo por João, e quando Ele morreu na Cruz, os pecados do mundo foram extirpados com Ele. Assim Ele foi ressuscitado no terceiro dia após Sua morte e tornou-se O nosso salvador.
A razão de Jesus Cristo, o Criador, ter vindo a este mundo, foi para nos salvar. Ele mostrou o Seu amor por nós por meio de Seu batismo e sangue na Cruz. Toda criação deve ajoelhar-se diante Dele e apreciar o Seu amor, Ele nos deu o perdão dos pecados, rebaixando-Se a si mesmo como uma criatura, apesar de ser Ele o Criador. É por isso que todas as criaturas devem confessar que Ele é seu verdadeiro salvador. Ele nos leva a confessar que não é apenas o Senhor de toda criação, mas, também, o Senhor da máxima justiça para nós.
Nós, que cremos em Deus e temos a habitação do Espírito Santo, devemos crer que “Deus é o único verdadeiro Mestre para nós” e ter o amor de Jesus Cristo em nossos corações. Devemos ter fé e saber que nossos mestres não somos nós mesmos, mas Jesus Cristo, que nos criou e nos salvou de todos os pecados. E também devemos ter fé e saber que Ele é o Mestre que nos faz viver uma nova vida abençoada e prepara tudo para nós, trabalhando para nós.
Existem muitas pessoas que não querem trocar de mestres após nascerem de novo. Existem muitos que têm a habitação do Espírito Santo, mas insistem que são os mestres de si mesmos. Uma vida cheia do Espírito Santo é uma vida que segue a Deus. Este tipo de vida não se ganha em um dia, mas só é possível quando cremos que Jesus é o Mestre de nossas vidas e que Ele é aquele que nos criou e criou também todas as coisas no Universo. Nós precisamos ter fé para servir a Jesus como o nosso Senhor, Mestre e Deus, que nos salvou de todos os nossos pecados e nos deu a vida eterna no Reino do Céu.
Precisamos guardar a verdade em nossas mentes. Muitas pessoas vivem suas vidas como mestres de si mesmas. Elas protegem e mantêm o domínio sobre suas próprias vidas. Mas agora é o tempo de mudar os mestres, agora nos tornamos aqueles que conhecem a Deus e o nosso Mestre é o Senhor Jesus.
Todos nós temos pecados no coração e deveríamos ser condenados ao inferno por nossas iniquidades. Mas nós encontramos a Deus por meio de nossa fé no evangelho da água e do Espírito. Ele nos ama tanto que veio a este mundo e levou todos os nossos pecados, e, tendo sido batizado por João e morrido na Cruz, tornou-se o nosso verdadeiro Salvador. E por meio de nossa fé em Deus, fomos libertos de todos os nossos pecados. Em outras palavras, nós recebemos a habitação do Espírito Santo.
A Bíblia diz: “E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele”. (Romanos 8:9). Quando nós recebemos Sua redenção, qual seja a habitação do Espírito Santo, nos tornamos filhos de Deus. O Espírito Santo é Deus para nós, e devemos andar na justiça de Deus, sob a instrução do Espírito Santo. Para viver dessa forma, devemos desistir de ser mestres de nós mesmos. Após encontrarmos Jesus e sermos libertos por Ele, devemos fazê-Lo nosso único Mestre.
 

Devemos entregar o trono de nossos corações para Jesus

Não podemos seguir o Senhor Jesus considerando-nos mestres de nossas próprias vidas. Quando Deus nos ordenar servi-Lo, diremos “Sim”, e sem demora, se não formos nossos próprios mestres. Do contrário, sendo nossos próprios mestres, poderíamos dizer: “Por que eu devo fazer isto por você?”. A pessoa que é seu próprio mestre irá se recusar a fazer o que Deus quer que ela faça, pensando: “Ele deveria me pedir como um favor para fazer o que Ele quer”. Para tal pessoa, as instruções de Deus não são nada além de palavras irritantes e sem fundamento.
Contudo, para que sejamos cheios do Espírito Santo, devemos obedecer às Suas ordens. Não podemos ser como vacas que são levadas ao matadouro, pelo contrário, devemos ser voluntários para seguir a Jesus. Nós devemos seguir a Deus, nosso Salvador, que nos leva pelo justo caminho. Deus é o Senhor Jesus, que nos abençoou com a salvação. Se nós O servimos como nosso Mestre e seguimos Seus ensinamentos, podemos ser cheios do Espírito Santo. Se você e os membros de sua família entregar sua majestade a Jesus e colocá-Lo sobre todas as coisas, vocês terão Graça e bênçãos em suas vidas.
Você já deve ter visto figuras, como a de um homem que está navegando contra uma forte tempestade e Jesus está logo atrás dele. Quando parece que estamos conseguindo lidar com os desafios das nossas vidas e fazendo a obra de Deus, na verdade, é o nosso Senhor Jesus Cristo que está nos guiando e segurando nossas mãos. É o Deus Todo-Poderoso que dirige nossas vidas. Ele nos salvou e nos protege de Satanás, nos guia e tem domínio sobre nossas vidas.
Como se tornou nosso Mestre, Ele é capaz de nos guiar e nos abençoar. Mas se nós não O reconhecermos como Mestre, Ele não poderá desempenhar este papel. Como Ele é o Deus da personalidade, Ele não nos força a obedecer à sua vontade. Apesar de ser o Deus Todo-Poderoso, Ele não faz nada por nós, a menos que sejamos voluntários para servi-Lo como nosso Mestre e Lhe pedirmos ajuda.
 

Lance todas as coisas sobre Ele
    
Lance todas as coisas sobre Ele para que Ele possa cumprir seu domínio sobre nós. Sirva-O e admita que Ele é o nosso Mestre. Como estamos longe da perfeição, devemos lançar todas as coisas sobre Ele e também todas as nossas responsabilidades. Uma vez que lancemos nossas famílias, nossas vidas diárias e tudo mais sobre Ele, iremos receber sabedoria de Deus e seremos aptos a viver como Ele quer, administrando todos os problemas com a fé e o poder que Deus nos deu.
Nossos problemas então se tornam os do nosso Mestre, o que significa que, se nós simplesmente seguirmos a Jesus, o Deus Todo-Poderoso, Ele terá responsabilidade por nós. Nós estaremos aptos a viver uma vida cheia do Espírito Santo e a aproveitar a Paz que reside Nele. Como Cristãos fiéis, devemos nos ajoelhar diante de Deus, admiti-Lo e servi-Lo como nosso Mestre.
Vamos ver o que está dito em Filipenses 3:3 sobre que tipo de fé nós devemos ter para viver uma vida cheia do Espírito Santo. “Porque nós é que somos a circuncisão, nós que adoramos a Deus no Espírito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne”. O que ele quer dizer com “somos a circuncisão”, é que somos aqueles que adoram a Deus no Espírito, que se alegram em Jesus Cristo e não confiam na carne.
Viver como circuncisos significa tirar todos os pecados de nossos corações e passá-lo para Jesus, que foi batizado por João. Aqueles que são guiados pelo Espírito devem suas vidas ao Espírito. Eles servem a Deus e se alegram em Jesus Cristo dizendo: “Jesus me guiou para viver uma vida gloriosa. Fez-me justo e me abençoou. Ele me deu toda Graça que eu precisava para servi-Lo”. Nós precisamos viver dessa forma, esta é a vida cheia do Espírito Santo. Paulo disse: “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”. (1 Coríntios 10:31).
Em Filipenses 3:13-14 está escrito: “Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”. Deus nos falou para esquecer aquelas coisas que ficaram para trás e alcançar as coisas que estão à frente. Nós devemos nos impelir rumo ao nosso objetivo, sem nos importarmos com nossas obras justas ou iniquidades, nós devemos apenas esquecer aquelas coisas que estão atrás e tentar alcançar aquelas que estão adiante, sempre caminhando rumo ao nosso objetivo. Este objetivo é servir a Sua vontade, abraçando-se a Jesus Cristo e crendo Nele.
Nós estamos longe da perfeição e, por isso, corremos o risco de cair quando sentimos a concupiscência da carne. Contudo, olhando para Deus e tendo fé, podemos nos despojar de toda nossa fraqueza e iniquidade. Quando Jesus Cristo foi batizado por João e morreu na Cruz, todos os nossos pecados foram transferidos para Ele. Quando Se tornou O nosso Salvador, por meio da Sua ressurreição, Ele nos deu uma nova vida, graças à nossa fé Nele. Portanto, devemos nos livrar de todas as coisas que ficaram para trás, alcançar as coisas que estão adiante e nos empenharmos rumo ao nosso objetivo.
 

Mantenha uma vida cheia do Espírito Santo

Nós devemos alcançar aquelas coisas que estão adiante e buscar o grande objetivo. Eu espero que você possa esquecer todas as coisas passadas o mais rápido possível, se elas te incomodam. Há muitas coisas que não podem ser feitas, em razão da nossa fraqueza, mas elas não são importantes, porque o importante reside no futuro. Como o futuro é mais importante, devemos entregar a nossa majestade a Jesus Cristo por meio da fé e descansar Nele. Devemos deixar Jesus decidir como iremos viver no futuro e fazer tudo o que é agradável a Ele.
 

Devemos viver da mesma forma que os discípulos

Nós só poderemos ter uma vida cheia do Espírito Santo se nos tornarmos fortes em nossa fé na remissão dos pecados. Isto é muito importante. Vamos ler 2 Timóteo 2:1-10: “Tu, pois, filho meu, fortifica-te na graça que está em Cristo Jesus.
E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros. Participa dos meus sofrimentos como bom soldado de Cristo Jesus. Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou. Igualmente, o atleta não é coroado se não lutar segundo as normas. O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a participar dos frutos. Pondera o que acabo de dizer, porque o Senhor te dará compreensão em todas as coisas. Lembra-te de Jesus Cristo, ressuscitado de entre os mortos, descendente de Davi, segundo o meu evangelho; pelo qual estou sofrendo até algemas, como malfeitor; contudo, a palavra de Deus não está algemada. Por esta razão, tudo suporto por causa dos eleitos, para que também eles obtenham a salvação que está em Cristo Jesus, com eterna glória”.
Assim como Paulo disse a Timóteo, o Espírito Santo nos diz: “Fortifica-te na graça que está em Cristo Jesus.
E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros”.  
“Fortifica-te na graça que está em Cristo Jesus”. “Fortifica-te na Graça”, aqui, significa que temos que fortalecer a nossa fé no evangelho da água e do Espírito, crendo e nos apoiando nele. Jesus Cristo veio a este mundo para aceitar todos os nossos pecados por meio de Seu batismo, morreu na Cruz, foi ressuscitado e tornou-se O nosso Salvador. Isto significa que nós devemos ser fortes na Graça de Deus e gratos a Ele. Deus nos salvou e, portanto, devemos aceitar a salvação, por meio da fé, como um presente de Deus. Esta é a salvação da remissão dos pecados, e não tem nada a ver com oferecer orações diárias ou doar dinheiro para a construção de Igrejas. Todas estas coisas causam mais danos do que bem para quem quer receber a salvação.
Nossa salvação, por meio do perdão dos pecados, significa que Jesus Cristo, apesar de nossas obras, foi batizado para levar todos os nossos pecados e morreu na Cruz para pagar por nossas transgressões. Ele ressuscitou a fim de nos salvar de todos os nossos pecados. Pastores são perdoados por todos os seus pecados crendo no evangelho da verdade. Qualquer um que crer em Jesus Cristo dessa forma, de todo o seu coração, receberá o perdão dos pecados. Nós podemos, portanto, ter confiança na Graça da salvação e na força da nossa fé.
Se nós quisermos viver uma vida cheia do Espírito Santo, devemos nos tornar fortes em nossa fé no evangelho da água e do Espírito. Existem áreas em nossas vidas onde falhamos em qualificá-las e ainda temos nossas fraquezas. É por isso que devemos nos tornar fortes na Graça da salvação. Toda vez que nossas falhas aparecerem, deveremos meditar com a nossa fé, dizendo a nós mesmos, assim: “Deus me salvou por meio do evangelho da água e do Espírito. Jesus perdoou todos os meus pecados por meio da água e do Espírito”. Nós nos tornamos justos, tendo a habitação do Espírito Santo. Nós fomos salvos de todos os nossos pecados e nos tornamos fortes crendo no evangelho da água e do Espírito. Tornamo-nos pessoas abençoadas por meio da nossa fé maravilhosa.
Paulo disse: “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”. (1 Coríntios 10:31). Isto é muito importante. Significa que devemos dedicar nossas vidas para Deus. “Quer comais, quer bebais”. Nós devemos comer e beber, e ser fortes para Deus, a fim de fazer a Sua obra. Nós devemos comer coisas boas para a nossa saúde e também para pregar o evangelho.
“Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou”. (2 Timóteo 2:4). Você deve levar uma vida cheia do Espírito Santo, a fim de pregar o evangelho da água e do Espírito. Nós podemos viver uma vida fiel, quando levamos a vida pelo interesse de pregar o evangelho. Todos que vivem uma vida fiel são cheios do Espírito Santo. Nós devemos alcançar vidas cheias do Espírito Santo. Mesmo as ofertas, que você ganhou por meio do seu trabalho duro, devem ser usadas para o evangelho.
Se você quer manter uma vida cheia do Espírito Santo, tem que se dedicar ao Senhor Jesus, estar no Seu serviço, usar seu dinheiro pelo evangelho e compartilhar todas as suas alegrias e tristezas com Deus. Se nós quisermos levar este tipo de vida, devemos viver em fé, com um desejo forte de servir ao evangelho.
Muitas pessoas têm levado suas vidas por si mesmas até hoje, elas têm levantado muros e acumulado suas propriedades para si, sendo seus próprios mestres. Contudo, agora temos que viver para Deus, devemos tê-Lo como nosso único Mestre. O Senhor diz: “Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou”. Viver a vida de um bom soldado significa seguir as regras. O Senhor Jesus solucionará os nossos problemas, nos protegerá e nos guiará, se nós vivermos para Ele como soldados fiéis. Ele nos disse para procurarmos primeiro o Reino de Deus e a Sua justiça. (Mateus 6:33).
Não há nada falso na Palavra de Deus. Se nós O seguirmos, iremos experimentar a verdade da Sua Palavra. Mas lembre-se de que, primeiramente, você deverá ter a habitação do Espírito Santo em seu coração. Uma pessoa sem o Espírito Santo não conseguirá entregar o seu próprio trono para Deus. Contudo, uma pessoa com a habitação do Espírito Santo pode dar o trono de seu coração para Deus e, portanto, experimentar a plenitude do Espírito, tendo felicidade e Paz no coração.
A habitação do Espírito Santo se tornará realidade somente quando você entender e crer no evangelho da água e do Espírito. Se quiser ter a plenitude do Espírito Santo e ter uma vida abençoada, você deverá servir a Deus como o Rei e viver pelo bem do Seu Reino. Então, você será cheio do Espírito Santo, seu coração se tornará abundante e a sua próspera vida será mantida, quando você receber a bênção de ser filho do Reino de Deus.
Eu entreguei a mensagem de que as pessoas que receberam a salvação dos pecados e a habitação do Espírito Santo, crendo no Senhor Jesus, devem levar uma vida cheia do Espírito. Eu defini a vida cheia do Espírito Santo e expliquei como este tipo de vida pode ser mantido. Também expliquei que, pela fé, você deve entregar o seu trono ao Senhor Jesus e, pela fé, você deve servi-Lo e manter uma vida cheia do Espírito Santo.
Mais uma vez, àquele que tem a habitação do Espírito Santo, não bastará ser nascido de novo. Ele tem que continuar levando uma vida cheia do Espírito Santo. Nós devemos saber e crer que nosso espírito e carne só podem ser abençoados se levarmos uma vida assim.
Este tipo de vida não acontece espontaneamente, mas somente acontecerá quando crermos no Senhor Jesus como nosso Mestre e O colocarmos em uma posição especial em nossos corações. Deus nos salvou e já nos deu uma vida cheia do Espírito Santo, uma vida para servir ao evangelho. Ele também nos deu a Sua obra e a condição para fazê-la, para que pudéssemos manter uma vida cheia do Espírito Santo.
Você deve dedicar-se a Ele e viver uma vida para Ele. Sirva-O pregando este belo evangelho. Seu coração irá se tornar cheio do Espírito Santo, a felicidade e a Graça irão fluir de você. No dia do seu retorno, você será abençoado, orgulhosamente colocado diante de Deus, e receberá a sua recompensa. Você e eu devemos admirar a vida cheia do Espírito Santo e devemos nos empenhar para viver este tipo de vida, por meio da fé. Essa é a forma como uma vida cheia do Espírito Santo é mantida.
Você abdicou do trono em seu coração para viver uma vida cheia do Espírito Santo? Eu espero que O deixe assumir a posição principal em seu coração. Você deve ter a vontade de viver uma vida cheia do Espírito Santo, então, Ele irá te abençoar, para que possa viver uma vida cheia Dele.