The New Life Mission

Sermões

Assunto 17: JESUS CRISTO e JOÃO BATISTA

[17-4] (Lucas 1:17-23, 1:67-80) Veja o Ministério de João Batista!

(Lucas 1:17-23)
“Irá adiante dele no espírito e poder de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, converter os rebeldes à prudência dos justos, e preparar ao Senhor um povo bem disposto. Perguntou Zacarias ao anjo: Como saberei isto? Eu sou velho, e minha mulher é avançada em idade. Respondeu-lhe o anjo: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado para falar-te e dar-te estas alegres novas. E agora ficarás mudo, e não poderás falar até o dia em que estas coisas aconteçam, porque não creste nas minhas palavras, que a seu tempo se cumprirão. O povo estava esperando a Zacarias, e maravilhava-se de que tanto se demorasse no templo. Saindo ele, não lhes podia falar. Então entenderam que tinha visto uma visão no templo. Falava-lhes por sinais, e ficou mudo. Terminados os dias de seu ministério, voltou para sua casa.”
 
(Lucas 1:67-80)
“Zacarias, seu pai, cheio do Espírito Santo, profetizou: Bendito seja o Senhor Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo, e nos levantou uma poderosa salvação na casa de Davi, seu servo. Como falou pela boca dos seus santos profetas, desde o princípio do mundo, para nos livrar dos nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam; para manifestar misericórdia a nossos pais, e lembrar-se da sua santa aliança, e do juramento que fez a Abraão nosso pai, de conceder-nos que, libertados da mão de nossos inimigos, o servíssemos sem temor, em santidade e justiça perante ele, todos os dias da nossa vida. E tu, ó menino, serás chamado profeta do Altíssimo; pois irás adiante da face do Senhor, e prepararás os seus caminhos, para dar ao seu povo conhecimento da salvação, na remissão dos seus pecados, por causa da entranhável misericórdia do nosso Deus, pela qual o sol nascente das alturas nos visitará, para iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte, e dirigir os nossos pés pelo caminho da paz. E o menino crescia e se fortalecia em espírito; e viveu nos desertos até o dia em que havia de mostrar-se a Israel.”
 
 
Qual foi a Obra que João Batista Fez?
 
O evangelho de Lucas, capítulo 1 versículo 17, fala que João Batista veio no espírito e no poder de Elias, e sua obra foi trazer as pessoas de volta à presença do Senhor. Desde o seu nascimento, João Batista era diferente das outras pessoas. Nós, que somos pessoas comuns, com o passar do tempo acabamos nos casando e tendo filhos. Mas João Batista era alguém cujo nascimento havia sido profetizado e determinado no Antigo Testamento. Está escrito que João Batista viria até nós no espírito e no poder de Elias.
O nascimento de João Batista é narrado em detalhes no capítulo 1 do evangelho de Lucas. Está escrito: “Zacarias, seu pai, cheio do Espírito Santo, profetizou:Bendito seja o Senhor Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo, e nos levantou uma poderosa salvação na casa de Davi, seu servo. Como falou pela boca dos seus santos profetas, desde o princípio do mundo, para nos livrar dos nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam; para manifestar misericórdia a nossos pais, e lembrar-se da sua santa aliança, e do juramento que fez a Abraão nosso pai, de conceder-nos que, libertados da mão de nossos inimigos, o servíssemos sem temor, em santidade e justiça perante ele, todos os dias da nossa vida” (Lucas 1:67-75). O que está descrito aqui na Palavra é a profecia de Zacarias. Cheio do Espírito Santo, ele profetizou sobre Jesus que viria como nosso Salvador e sobre João Batista, um parente carnal de Jesus que viria com o representante da humanidade. Isso significa que João Batista veio a este mundo e nos salvou das mãos do nosso inimigo, das mãos do diabo, através do testemunho do seu ministério, e nos fez viver sem medo para sempre em retidão e santidade. O Senhor levou todos os nossos pecados sobre Si e nos fez servir a Deus nos tornando realmente santos. Ele nos vestiu com a justiça de Deus e nos fez servir a Ele eternamente sem pecado. Jesus veio a este mundo, foi batizado por João Batista, morreu na Cruz, ressuscitou dos mortos e nos deu a graça da salvação que nos leva a todos a crer nessa justa Verdade. O evangelho de Lucas capítulo 1 fala sobre a obra de João Batista, que teve um papel importante em relação à graça e à salvação do Senhor.
Nós temos que entender o significado da Palavra que está no evangelho de Lucas, capítulo 1 versículos 76 a 79. Está escrito: “E tu, ó menino, serás chamado profeta do Altíssimo; pois irás adiante da face do Senhor, e prepararás os seus caminhos, para dar ao seu povo conhecimento da salvação, na remissão dos seus pecados, por causa da entranhável misericórdia do nosso Deus, pela qual o sol nascente das alturas nos visitará, para iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte, e dirigir os nossos pés pelo caminho da paz”. Quem fez essa obra? João Batista. Aqui diz que João Batista seria chamado profeta do Altíssimo que iria adiante da face do Senhor, a fim de que o povo recebesse a salvação pela remissão de pecados. Nos diz que João Batista mostraria ao povo de Deus o caminho da remissão de pecados que traz a salvação. É por isso que está escrito: “pela qual o sol nascente das alturas nos visitará, para iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte”. A luz da Verdade que nos capacita a servir a Deus viria sobre o nosso coração por meio do batismo que Jesus recebeu de João Batista, que transferiu todos os pecados do mundo para Ele. Ele fez com que a luz da salvação de Deus brilhasse sobre aqueles que viviam neste mundo de trevas e os guiou a esta luz. As pessoas são guiadas pelo ministério e o testemunho de João Batista. De quem então João Batista deu testemunho? Ele deu testemunho da obra de Jesus Cristo. O versículo 76 diz: “E tu, ó menino, serás chamado profeta do Altíssimo”. Isso quer dizer que João Batista seria de fato reconhecido como um grande profeta por todas as pessoas. As Escrituras destacam o nascimento de Jesus e de João Batista como uma profecia, e nós podemos ver que essa profecia de fato se cumpriu.
Jesus é o próprio Deus. Ele é o Salvador cheio de amor que veio nos salvar dos nossos pecados neste mundo revestido de um corpo carnal como Sua criação, apesar de ser Deus. E João Batista foi aquele cujo ministério foi como o de Elias, como está registrado no Antigo Testamento no livro de Malaquias. Eles eram servos que foram preparados na presença de Deus. Eles eram os justos servos de Deus que foram profetizados nas Escrituras. Eu não estou dizendo “servo” num sentido negativo, mas o que eu quero dizer é que Jesus, sendo Filho de Deus, fez a obra de justiça aos olhos de Seu Pai.
Houve muitos outros profetas como Moisés e Isaías, mas a vinda de alguns deles foi profetizada nas Escrituras como foi profetizada a vinda de João Batista? Não, não foi. Todos estes homens nasceram de seus pais carnais como pessoas simples, mas Deus se manifestou a eles e os usou nos seus dias segundo a vontade do Senhor. Mas João Batista, que aparece no Novo Testamento e que batizou Jesus, é o profeta de Deus que foi profetizado no Antigo Testamento.
E nós podemos ver na Palavra de Deus que João Batista era como Elias no Antigo Testamento. Vamos ver agora a Palavra no livro de Malaquias no Antigo Testamento. Está escrito:
“Certamente aquele dia vem;
Arderá como fornalha.
Todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade, serão como o restolho,
E o dia que está para vir os abrasará,
Diz o Senhor dos Exércitos,
de sorte que não lhes deixará nem raiz nem ramo.
Mas para vós, que temeis o meu nome,
Nascerá o sol da justiça,
Trazendo salvação debaixo das suas asas.
E saireis, e saltareis como bezerros libertos da estrebaria.
Pisareis os ímpios,
Porque se farão cinza debaixo das plantas de vossos pés
Naquele dia que prepararei, diz o Senhor dos Exércitos.
Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo,
A qual lhe mandei em Horebe para todo o Israel,
Os estatutos e os juízos.
Vede, eu vos enviarei o profeta Elias,
Antes que venha o dia grande e terrível do Senhor.
Ele converterá o coração dos pais aos filhos,
E o coração dos filhos aos pais,
para que eu não venha e fira a terra com maldição” (Malaquias 4:1-6).
 
 
João Batista é o Elias que Deus Prometeu Enviar
 
A Bíblia diz assim: “Vede, eu vos enviarei o profeta Elias” (Malaquias 4:5), e o Elias que é citado aqui é João Batista, que deu testemunho de Jesus. Vamos ver a Palavra que Jesus disse em Mateus 11:14. Está escrito: “E, se quiserdes dar crédito, ele é o Elias que havia de vir”. Nós podemos ver neste texto que o próprio Jesus deu testemunho de João Batista. Ele deu testemunho pessoalmente que Elias, aquele que em Malaquias Deus havia prometido enviar, era de fato João Batista que veio na época do Novo Testamento. Melhor dizendo, João Batista, o Elias que havia de vir, fez com que todos nós voltássemos para Deus no Novo Testamento, segundo a Palavra que dizia que ele viria e faria com que os filhos voltassem seu coração para seus pais, e os pais voltassem seu coração para os seus filhos.
O evangelho de Mateus 11:14 diz assim: “E, se quiserdes dar crédito, ele é o Elias que havia de vir”. Quem é este Elias? Jeová disse no livro da Malaquias que enviaria o profeta Elias antes do fim do mundo e que todo aquele que obedecesse à Sua Palavra receberia a salvação, mas os que a rejeitassem seriam destruídos. A Bíblia diz que Deus enviou João Batista, que é este profeta que havia de vir a todos os pecadores, porque o dia do Senhor que viria seria terrível, e inevitavelmente traria o fim do mundo e o juízo.
Contudo, muitos não sabiam que o profeta Elias do Antigo Testamento já estava aqui na pessoa de João Batista. É por isso que os escribas, os fariseus e o povo de Israel perguntaram a Jesus: “As Escrituras dizem que Elias viria antes de Jesus. Este Elias, quem é então? O povo de Israel de fato esperava por este Elias que Deus prometera enviar. O Senhor disse então: “E, se quiserdes dar crédito, ele é o Elias que havia de vir” (Mateus 11:14). Quem é este Elias então? Ele é João Batista que batizou Jesus. O evangelho de Mateus, capítulo 11 verso 10 diz: “João é aquele de quem está escrito: Adiante da tua face envio o meu anjo, que preparará diante de ti o teu caminho”. Essa Palavra foi citada no Antigo Testamento em Malaquias 3:1. É a Palavra sobre esta profecia que já havia sido dita no Antigo Testamento. Jesus citou a Palavra que já havia sido profetizada no Antigo Testamento e disse que ela se referia a João Batista.
 
 
João Batista é o Representante da Humanidade
 
O Senhor testemunhou: “Em verdade vos digo que, entre os que de mulher têm nascido, não apareceu alguém maior do que João Batista” (Mateus 11:11). Portanto, a Bíblia diz que o homem que chamamos de João Batista é o representante de toda a humanidade.
Alguém pode me perguntar: “Onde está escrito na Bíblia a expressão ‘João Batista é representante da humanidade?’” Mas Jesus disse: “Em verdade vos digo que, entre os que de mulher têm nascido, não apareceu alguém maior do que João Batista; contudo, o menor no reino dos céus é maior do que ele.” (Mateus 11:11). É por isso que dizemos que João Batista é o representante da humanidade. O representante da humanidade transferiu os pecados do homem para Jesus Cristo e cumpriu a justiça de Deus ao batizá-Lo.
A Bíblia continua dizendo: “Desde os dias de João Batista até agora, faz-se violência ao reino dos céus, e pela força apoderam-se dele. Pois todos os profetas e a lei profetizaram até João. E, se quiserdes dar crédito, ele é o Elias que havia de vir”. O que a Palavra está dizendo aqui é que a autoridade que os justos terão no Céu é tão grande que até o representante da humanidade não será nada no Céu.
João Batista já havia sido profetizado há muito tempo. Eu vou repetir isso de novo. A profecia em Malaquias 1:3 afirma: “Vede, eu envio o meu mensageiro”. Este mensageiro se refere a João Batista, que havia de vir no futuro. Como podemos ver na Palavra de Deus que diz: “Eu envio o meu mensageiro que preparará o caminho diante de mim. De repente virá ao seu templo o Senhor, a quem buscais” (Malaquias 3:1), Deus já tinha prometido que enviaria Elias, o servo de Deus, para fazer brilhar Seu caminho antes da vinda de Jesus Cristo, e que Ele falaria da função de João Batista que seria transferir todos os pecados do homem para Si.
Quem foi a pessoa que Deus disse que enviaria? Foi o Elias espiritual, João Batista, que tinha o espírito de Elias. É por isso que está escrito no evangelho de Lucas capítulo 1 versículo 76-77: “E tu, ó menino, serás chamado profeta do Altíssimo; pois irás adiante da face do Senhor, e prepararás os seus caminhos, para dar ao seu povo conhecimento da salvação, na remissão dos seus pecados”. Ele disse “para dar conhecimento ao seu povo da salvação, na remissão dos seus pecados” para se referir ao ministério e ao testemunho de João Batista. E quando Ele diz: “E tu, ó menino” aqui, isso aponta para João Batista, que é o representante de toda a humanidade no universo inteiro. Aqui está dizendo que João Batista é o sumo sacerdote espiritual que representa toda a humanidade. Isso quer dizer que essa criança tornaria conhecido a nós, povo de Deus, a salvação através da remissão de pecados.
Não apenas os pecados dos israelitas, mas também todos os pecados do mundo foram apagados quando João Batista passou todos eles a Jesus Cristo, batizando-O quando Ele veio a este mundo para expiá-los. E ele deu testemunho disso. Ele disse: “Eis o Cordeiro de Deus!” (João 1:36). João Batista fez com que as pessoas que queriam crer na justiça de Deus cressem em Deus levando-os a entender que Jesus já havia levado todos os pecados do homem de uma só vez ao batizá-Lo. Isso nos diz como o Senhor fez com que recebêssemos a salvação de todos os nossos pecados, deixando claro como nós, que desejamos crer em Jesus como nosso Salvador, podemos fazer isso. Nós, que cremos em Jesus como Salvador, recebemos a remissão de pecados crendo no Seu batismo e no Seu sangue porque João Batista transferiu todos os nossos pecados para Ele ministrando sobre Sua cabeça o batismo.
Esta é a fé que crê no evangelho da água e do Espírito que é citado nas Escrituras. Está escrito que João Batista viria “para dar ao seu povo conhecimento”. Nós, seres humanos, pudemos encontrar o verdadeiro caminho da salvação, Jesus Cristo, por meio do testemunho de João Batista, da obra pela qual João transferiu todos os pecados da humanidade para Jesus, e por ele ter cumprido a função de sumo sacerdote neste mundo. Nós passamos a crer em Jesus como nosso Salvador por causa do seu ministério. Pudemos crer que Ele é o Cordeiro de Deus que levou sobre Si todos os pecados do mundo. João Batista deu testemunho que Jesus levou os pecados de toda a humanidade sobre Si através do batismo que recebeu de João Batista. E tudo isso aconteceu exatamente de acordo com o que foi prometido no Antigo Testamento. Deus prometeu enviar João Batista a este mundo e Malaquias capítulo 4 declara:
“Ele converterá o coração dos pais aos filhos,
E o coração dos filhos aos pais”.
Todos podem ter seus pecados passados para Jesus Cristo uma vez que compreendam a função de João Batista e creiam nela. A única coisa que eles têm que fazer é simplesmente entender e crer no maravilhoso sacrifício de Jesus Cristo para nos salvar, manifestado pelo evangelho da água e do Espírito. Assim, eles poderão encontrar a Verdade que nos concede a remissão de todos os nossos pecados. Deus prometeu enviar João Batista, que é o Elias espiritual, a fim de cumprir toda a salvação.
João Batista nasceu da família de Zacarias, descendente do sumo sacerdote Arão, seis meses antes de Jesus vir a este mundo. Isabel, a esposa de Zacarias, já era idosa e não tinha mais idade para conceber um filho. Como é que você acha que seu marido Zacarias se sentiu então? Ele ficou tão perplexo e sem palavras que não pôde acreditar na Palavra de Deus. Ele não contemplou a face de Deus com fé. E está escrito que foi por isso que Zacarias ficou mudo e só pôde falar depois que a profecia de Deus se cumpriu bem mais tarde. Deus fez com que ele ficasse mudo até que Sua obra fosse completada, e foi por isso que ele não pôde falar por algum tempo.
Deus então enviou o anjo Gabriel 6 meses depois e através dele enviou Sua Palavra a Maria, que se tornaria a esperança para toda humanidade. E esta Palavra dizia que ela conceberia Jesus Cristo. João Batista nasceu na família de Arão e Jesus nasceu humanamente na família de Davi.
Deus quis cumprir todas as suas promessas ditas no Antigo Testamento. Portanto, um anjo veio a Zacarias, descendente de Arão, enquanto ele exercia o sacerdócio na ordem do seu turno. Está escrito: “Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João”.
E o arcanjo Gabriel também apareceu a Maria, uma virgem da família real, 6 meses depois e disse: “Conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai. Ele reinará eternamente sobre a casa de Jacó, e o seu reinado não terá fim” (Lucas 1:31-33). Maria então disse ao anjo: “Como se fará isto, visto que não tenho relação com homem algum? Respondeu-lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso o ente santo que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus” (Lucas 1:34-35). Mas o anjo continuou dizendo: “Até Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice, sendo este o sexto mês para aquela que era considerada estéril. Pois para Deus nada é impossível. Disse, então, Maria: Eu sou a serva do Senhor. Cumpra-se em mim segundo a tua palavra” (Lucas 1:36-38).
Maria confessou assim então: “Eu sou a serva do Senhor. Cumpra-se em mim segundo a tua palavra”. Isso nos mostra que a Palavra de Deus se cumpriu em Maria justamente quando ela a aceitou. Jesus Cristo foi concebido no ventre de Maria pela fé, exatamente como foi dito pelo anjo Gabriel e a Palavra profética do Antigo Testamento. Deste modo, nós podemos ver que Jesus e João Batista já haviam sido separados segundo a providência de Deus para salvar toda a humanidade do pecado mesmo antes de nascerem.
João Batista ensinou que ele transferiu pessoalmente todos os nossos pecados a Jesus a fim que viéssemos a crer em Jesus como nosso Salvador no futuro. O evangelho de Mateus 3:15 diz: “Deixa por agora, pois assim nos convém cumprir toda a justiça. Então João consentiu”, e isso significa que Jesus foi batizado por João Batista. Jesus foi batizado por João Batista a fim de cumprir a obra da justiça de Deus que apagou todos os nossos pecados. Nós somos aqueles que receberam a remissão de pecados de Deus, e foi João Batista que fez a obra de passar os pecados do mundo completamente para Jesus.
Quem transferiu nossos pecados para Jesus? João Batista transferiu nossos pecados para Jesus. E Jesus cumpriu toda a justiça de Deus ao ser batizado por João Batista. João Batista fez a obra de transferir todos os nossos pecados para Jesus por meio do Seu batismo. Jesus recebeu os pecados do homem de uma vez ao ser batizado por João Batista. Essa é a Verdade do evangelho da água e do Espírito que nos concede a remissão de pecados.
Jesus apagou todos os pecados do homem. Mas Como foi que Ele realizou essa obra? Jesus era o Cordeiro do sacrifício de Deus que foi à Cruz levando todos os pecados do homem sobre Si de uma vez por todas, por meio do batismo que Ele recebeu de João Batista, e que ressuscitou dos mortos. Portanto, aqueles que agora crêem na justiça de Jesus confessam esta fé em Deus. Alguns dizem que foram salvos de todos os pecados do mundo crendo de coração na remissão de pecados que João Batista e Jesus realizaram. Por causa da Sua obra, o sol passou a brilhar sobre nós e passamos a habitar na luz, isto é, na justiça de Deus. Nós recebemos a salvação do pecado crendo no amor de Deus e entendendo que Ele remiu os pecados do mundo através do batismo que recebeu de João Batista. Sendo assim, você e eu que cremos nisso nos tornamos pessoas que não têm mais nenhum pecado.
 
 
Não Subestime João Batista e Seu Ministério
 
Entre os que afirmam crer em Jesus como seu Salvador, há muitos que tem um bom entendimento de João Batista e seu ministério. As pessoas só conhecem João Batista como alguém que não é muito importante. Mas o evangelho de Lucas diz que João Batista deve ser chamado de grande profeta. João Batista é maior do que Moisés ou Abraão. O próprio Senhor disse: “Em verdade vos digo que, entre os que de mulher têm nascido, não apareceu alguém maior do que João Batista” (Mateus 11:11). E Ele disse também: “E, se quiserdes dar crédito, ele é o Elias que havia de vir” (Mateus 11:14). Um dos ministérios de João Batista perante Deus foi fazer com que os israelitas deixassem de servir aos ídolos dos gentios e retornassem para Deus. Por isso que ele ministrava pessoalmente o batismo nas pessoas. E ele ministrou pessoalmente o batismo que transferiu os pecados do mundo para Jesus. E é por isso que temos que entender bem isso. João Batista veio para ministrar o batismo que cumpriu a justiça de Deus enquanto ele batizava as pessoas no rio Jordão.
Vamos ver a Palavra no evangelho de Mateus capítulo 3. ela diz: “Então veio Jesus da Galiléia ter com João junto do Jordão, para ser batizado por ele. Mas João tentava dissuadi-lo, dizendo: Eu preciso ser batizado por ti, e vens tu a mim? Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por agora, pois assim nos convém cumprir toda a justiça. Então João consentiu. Assim que Jesus foi batizado, saiu logo da água. Nesse instante abriram-se-lhe os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e pousando sobre ele. E uma voz dos céus disse: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mateus 3:13-17). Este é o cenário de Jesus Cristo sendo batizado por João Batista. Mas antes disso acontecer, João Batista clamava no deserto para que as pessoas se arrependessem. Ele clamava a todas as pessoas: “Arrependi-vos, raças de víboras!” Seu status social no mundo não era muito importante para ele. Ele era uma pessoa que pregava o arrependimento independente do seu status social neste mundo porque ele era um servo de Deus. Por essa razão que ele podia clamar: “Arrependei-vos, raças de víboras! Se vocês não se arrependerem vocês serão lançados no fogo do inferno”.
O povo ouviu João Batista pregando e repreendendo-o por causa dos seus pecados, reconheceu os pecados do seu coração e começou a voltá-lo para Deus. Eles voltaram para Deus e se arrependeram, dizendo: “Deus, eu cometi estes pecados”. Eles se arrependeram por estar servindo os deuses gentios, pediram perdão a Deus e foram batizados por João Batista. João Batista clamou: “Vocês devem voltar para Deus e receber a purificação de pecados”, e ministrou o batismo do arrependimento sobre eles. Ele ministrou o batismo do arrependimento que fez com que o povo voltasse para Deus.
E quem foi até ele também no rio Jordão naquela época? Jesus, o Cordeiro de Deus, foi até ele. Jesus Cristo é o Deus verdadeiro que foi em pessoa até João Batista como o Cordeiro de Deus, para levar todos os pecados do mundo sobre Si. Jesus quis mesmo ser batizado por João Batista.
A Bíblia diz: “Então veio Jesus da Galiléia ter com João junto do Jordão, para ser batizado por ele” (Mateus 3:13). Mas João tentou dissuadi-Lo. Ao passo que Ele disse: “João tentou dissuadir-Me, dizendo: eu preciso ser batizado por ti, e vens tu a mim? (Mateus 3:14). Jesus então lhe deu uma ordem: “Deixa por agora, pois assim nos convém cumprir toda a justiça”. Ele batizou Jesus então (Mateus 3:15).
Jesus disse a João Batista para batizá-Lo e foi batizado por ele então. E o que isso significa? Significa a transferência de todos os nossos pecados. João estava transferindo os pecados da humanidade e Jesus estava levando-os. Esta foi a obra que cumpriu a justiça de Deus.
Agora, como foi que Jesus cumpriu a obra de apagar todos os pecados de uma só vez? João Batista batizou Jesus e Ele foi batizado por ele para levar todos os pecados do mundo de uma só vez. João Batista quis purificar os pecados do mundo ao transferi-los para Jesus. Esta foi a obra pela qual Jesus levou todos os pecados do mundo sobre Si ao ser batizado por João Batista. O Senhor disse a João para fazer isso a fim de realizar essa obra.
Jesus lhe disse: “Deixa por agora, pois assim nos convém cumprir toda a justiça” (Mateus 3:15). Está escrito que Jesus veio a João Batista e quis ser batizado por ele. “Pois assim nos convém” quer dizer que o certo era que a reta justiça de Deus fosse cumprida por Jesus ao ser batizado por João. Jesus disse que viria como o Cordeiro de Deus que cumpriria a Sua justiça de modo perfeito ao levar os pecados de toda a humanidade de uma só vez ao ser batizado por João Batista, o representante de toda a humanidade. É por isso que todos nós temos que saber disso.
Se nós quisermos receber a remissão de pecados crendo em Jesus como nosso Salvador, primeiro temos que entender e crer no fato de João Batista ter transferido todos os nossos pecados a Jesus, e que Ele levou todos eles em Seu corpo de uma vez por todas. Está escrito: “pois assim nos convém cumprir toda a justiça”. Jesus levou todos os pecados do homem por meio de João Batista. Jesus estava dizendo que a obra para transferir os pecados de uma vez por todas era mais correta dessa maneira. João Batista batizou Jesus para transferir os pecados do mundo para Ele, e Jesus levou mesmo todos estes pecados. Portanto, nós que cremos nessa Verdade recebemos a remissão pela fé. O sentido de “pois nos convém cumprir toda a justiça” (Mateus 3:15) foi cumprido. Toda a justiça de Deus para o homem dita aqui é a obra de Jesus que apagou todos os pecados de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista e ao derramar Seu sangue. Jesus ter sido batizado é a obra que cumpriu a justiça de Deus.
Você e eu naturalmente não temos como evitar de ir para o inferno por causa do salário do pecado. Não temos como evitar de sermos destruídos por causa dos nossos pecados. Mas Jesus e João Batista trabalharam juntos no batismo, que foi a obra que cumpriu toda a justiça de Deus. Jesus levou sobre Si todos os nossos pecados de uma só vez por meio do batismo. Ele disse: “pois assim nos convém cumprir toda a justiça”. “Pois nos convém” aqui quer dizer que todos os pecadores puderam receber a salvação do pecado pela fé neste método pelo qual Jesus foi batizado por João Batista. A expressão “pois assim nos convém cumprir toda a justiça” significa que o batismo que Jesus recebeu de João Batista era necessário para a nossa salvação. O fato de Jesus ter sido batizado por João Batista nos mostra que sem este método isto não poderia ser feito. Jesus estava dizendo que Ele e João Batista deveriam fazer a obra de remir os pecados de todas as pessoas, e isso aconteceu quando João Batista O batizou para passar todos os pecados do mundo para Ele. O Senhor estava dizendo que Ele deveria levar todos os pecados do homem através de João Batista e se tornar a oferta do sacrifício pelos nossos pecados.
O Cordeiro de Deus e João Batista realizaram juntos a obra de transferir e levar nossos pecados para cumprir a justiça de Deus. Este é o significado do que diz a Palavra: “pois assim nos convém cumprir toda a justiça”. Jesus veio a este mundo e foi batizado por João Batista a fim de se tornar o Cordeiro que levaria todos os nossos pecados. Ele cumpriu toda a justiça de Deus, que apagou todos os pecados do homem de uma só vez, ao vir a este mundo como o eterno sacrifício da redenção e ao ser batizado por João Batista. Isso aconteceu da mesma forma que o pecado era passado para a oferta do sacrifício no Antigo Testamento, quando o sumo sacerdote, através do método da imposição de mãos, colocava as suas mãos sobre a cabeça do cordeiro do sacrifício e transferia para ele todos os pecados anuais do povo de Israel. O Senhor apagou todos os nossos pecados de uma vez aos 33 anos de idade. Ele apagou todos os pecados de todo mundo que crê na justiça de Deus. Você crê nisso?
A Bíblia diz: “Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por agora, pois assim nos convém cumprir toda a justiça. Então João consentiu. Assim que Jesus foi batizado, saiu logo da água. Nesse instante abriram-se-lhe os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e pousando sobre ele. E uma voz dos céus disse: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mateus 3:15-17). Jesus foi batizado por João Batista. E isso unicamente para purificar nossos pecados. Jesus purificou os pecados do homem ao ser batizado por João Batista.
 
 
A Bíblia Diz que João Batista Seria Chamado Profeta do Altíssimo
 
O texto bíblico deste capítulo diz: “E tu, ó menino, serás chamado profeta do Altíssimo” (Lucas 1:76). Depois que João Batista transferiu os pecados do homem para Jesus através do batismo, ele disse: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (João 1:29).
João Batista foi o maior profeta deste mundo. E ele foi o representante da humanidade. Ele foi o maior dentre aqueles nascidos de mulher. Ele foi aquele que cumpriu a função de sumo sacerdote e transferiu todos os pecados dos israelitas para Jesus. E a obra que Jesus fez foi receber o batismo de João e levar todos os pecados do mundo para salvar você e a mim.
Está escrito que Jesus foi batizado por João. O fato de Jesus ter sido batizado por João significa que Ele levou todos os nossos pecados de uma vez. E isso nos diz que Jesus já apagou todos os nossos pecados. A Palavra está dizendo que Jesus purificou nossos pecados e que foi assim que Ele apagou todos eles. Já que você e eu cremos nisso, nós temos pecado? Não, não temos. Jesus foi batizado por João Batista e isso significa que Ele levou todos os pecados de uma vez. E o fato de Jesus ter morrido na Cruz carregando os pecados do mundo nos diz que Ele foi batizado por João e recebeu a pena pelo pecado como a oferta do sacrifício, oferecida por toda a humanidade a fim de nos salvar dos pecados do mundo.
O Senhor foi batizado, ressuscitou dos mortos e voltou para nós. O fato de Jesus ter ressuscitado significa que Ele salvou você e a mim do pecado e trouxe de volta aqueles que estavam mortos, dando a eles uma vida perfeita. O fato de Jesus ter recebido o batismo significa que Ele levou sobre Si os nossos pecados. Isso significa então que todos eles foram transferidos para Jesus através do batismo de João Batista.
Quando Jesus saiu das águas depois de ter sido batizado por João Batista, de repente ouviu-se uma voz do céu dizendo: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo”.
Você agora entende por que Jesus foi batizado por João Batista, não entende? A fim de apagar todos os nossos pecados, João Batista ministrou o batismo em Jesus e passou todos os pecados para Ele. E Jesus foi batizado para receber todos os pecados do homem. Por que João Batista batizou Jesus? Jesus foi batizado por João Batista para nos tornar sem pecado, já que não tínhamos como evitar de ir para o inferno por causa dos nossos pecados. Jesus, o Cordeiro de Deus, foi batizado por João Batista. E o próprio Deus testificou: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo”. Deus estava dizendo que este Jesus, que levou todos os pecados do homem ao ser batizado, era Seu Filho, o Filho de Deus Pai.
Deus é o santo Deus e Pai, Jesus que é o Filho do Pai e o Espírito Santo. Essas três Pessoas são o mesmo Deus para nós. E cada um deles têm responsabilidades diferentes, mas todos eles são uma só Pessoa e um só Deus.
Jesus foi concebido no corpo de Maria pelo Espírito Santo. Portanto, Jesus é o Filho de Deus. Deus Pai foi a Pessoa que enviou o Filho. O Pai, o Filho e o Espírito Santo são o mesmo Deus santo para nós. Cada Pessoa da santa Trindade tem uma responsabilidade diferente, porém todos Eles são um só Deus para nós. Já que um filho nascido de um ser humano é humano também, o Filho nascido de Deus, Jesus, é Deus também. O Espírito Santo é Deus. Nós não devemos olhar para Deus com os olhos da carne porque Ele é Espírito. Ele fez com que Jesus nascesse através da mesma Palavra pela qual Ele criou todo o universo. Jesus, que foi batizado por João Batista, é o Filho de Deus, apesar de Ele ser Deus para nós também. Isso significa que Ele é nosso Salvador. Foi assim que Jesus se tornou nosso Salvador.
Lucas 1:78-79 afirma:
“Por causa da entranhável misericórdia do nosso Deus,
Pela qual o sol nascente das alturas nos visitará,
Para iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte,
E dirigir os nossos pés pelo caminho da paz”.
João Batista veio a nós e testificou que toda a justiça havia sido cumprida com o batismo de Jesus. João Batista testificou de Jesus, que foi batizado dessa maneira.
O evangelho de João, capítulo 1 versículo 29 diz: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” João está nos dizendo aqui que Jesus é o nosso Salvador. Ele cumpriu a profecia: “o sol nascente das alturas nos visitará, para iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte”, testificando que Jesus era Aquele que tiraria todos os nossos pecados, e que Ele é o Salvador que levou todos os nossos pecados em nosso lugar e que sofreu por nós.
Sendo assim, as pessoas se tornam filhos de Deus pela fé através do testemunho de João. Como descendestes de Adão, nós tínhamos que ser destruídos mesmo. Nós éramos pessoas terríveis que viviam à sombra da morte e não tinham como evitá-la. Você e eu e toda a humanidade éramos seres humanos que estavam acostumados a viver envergonhados nas trevas e a morrer no final por causa dos pecados do nosso coração. Mas Deus teve misericórdia de pecadores assim como nós e nos guiou à luz da Verdade enviando João Batista a este mundo, para que ele ministrasse o batismo em Jesus a fim de fazer a obra de transferir os pecados da humanidade para Ele. Jesus fez com que nós, crentes, habitássemos na luz ao recebermos a salvação dos nossos pecados no mundo quando Ele levou todos os pecados do homem sobre Si. Jesus levou todos os pecados do homem com Seu batismo e se tornou nosso Salvador por causa da obra de João Batista. “O sol nascente nas alturas veio a brilhar sobre nós” porque João Batista fez a obra da remissão de pecados transferindo todos os nossos pecados para Jesus. Isso significa que passamos a habitar com a justiça de Deus por crermos nela. Nós recebemos a salvação do pecado porque cremos na justiça de Deus.
É impossível sabermos que Jesus levou todos os nossos pecados sobre Si de uma só vez sem conhecermos a função de João Batista e o batismo que ele ministrou em Jesus. Mesmo se dissermos que conhecemos a Palavra contida nos 66 livros da Bíblia, nós não poderemos falar nada sobre Jesus, que veio pelo evangelho da água e do Espírito, se não conhecermos a função de João Batista. Nós temos que entender bem isso e crer que Deus enviou estes dois servos a este mundo. E nós temos também que receber a remissão de pecados porque a obra de transferir todos os pecados já foi realizada por eles. Nós temos que crer e entender bem por que João Batista apagou todos os nossos pecados transferindo-os para Jesus, já que Ele fez a obra de purificar nossos pecados sendo batizado.
Nós realmente temos que alegrar nosso coração cantando este hino de Natal: “Que o mundo se alegre, o Senhor chegou! Que toda a terra receba o seu Rei”. O Senhor fez com que você e eu não tivéssemos mais pecado separando João Batista e logo depois sendo batizado por ele. Ele levou todos os pecados do homem desse jeito e foi castigado por causa deles em nosso lugar ao ser pregado na Cruz. Mas Ele ressuscitou ao terceiro dia e agora está assentado à destra do trono de Deus. É por isso que temos que ser sinceramente gratos e dar glórias ao Senhor, que veio a este mundo há 2000 mil anos, e salvou dos pecados do mundo todos nós que cremos no evangelho da água e do Espírito.
Eu realmente desejo que você receba a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. É na Palavra de Deus que nós encontramos a remissão dos nossos pecados, não nas nossas emoções. Se seu coração se alegra sozinho, isso não é uma prova da sua salvação. Na Bíblia está escrito que Deus criou os céus e a terra, que a terra era sem forma e vazia e que o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas. Onde e como o Espírito de Deus opera? Ele opera sobre as águas. Ele opera quando cremos na Palavra. Deus nunca opera em uma pessoa que não prega Sua Palavra e que também não crê nela como ela é. Alguém assim não tem o Espírito Santo, mesmo que ele afirme com toda certeza que recebeu a salvação.
Entre os cristãos deste mundo, eu vejo muitos que não têm o Espírito Santo, mesmo quando eles dizem que receberam a remissão de pecados à sua maneira. Quando eu olho para estas pessoas, eu posso distinguir aquelas que têm o Espírito Santo daquelas que não têm. Por mais que elas falem da sua fé de modo bem racional, quando eu converso com elas e as ouço, eu consigo saber tudo sobre elas. As pessoas que têm o Espírito Santo podem dizer tudo sobre as Escrituras, mas aquelas que não têm não podem dizer nada quando não conseguem olhar nas suas anotações. Por quê? Porque elas não têm o Espírito Santo em seu coração. Nós só podemos dizer a verdade quando temos Deus dentro de nós. Você só vai receber a salvação se crer de coração na Palavra. Aí então, o Espírito Santo coloca um selo no seu coração. “Certo! Sua fé está correta. Você está certo. Você é um justo”. É assim que Ele opera.
Amados irmãos, vocês têm que entender bem a função de João Batista. Vocês têm que entender a razão pela qual João Batista nasceu 6 meses antes de Jesus; porque ele batizou Jesus; porque ele disse que Jesus é o Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo; porque Jesus disse: “Deixa por agora, pois assim nos convém cumprir toda a justiça”; e porque Jesus foi batizado. E vocês têm que crer nisso com toda sinceridade.
O Espírito Santo traz aprovação ao seu coração e te diz: “Certo! Sua fé está correta” quando você crê segundo a Palavra, e não segundo suas emoções. Todos podem receber a remissão de pecados, basta que creiam simplesmente nessa Palavra do evangelho da Verdade, independente se eles são brasileiros ou de outro país. E não importa se eles têm muito conhecimento de Deus ou não. O Espírito Santo habitará no seu coração se eles pregaram a Palavra exatamente como ela é e crerem nela do mesmo jeito. Eu já vi isso muitas vezes.
Está escrito que o Espírito Santo veio do alto quando Pedro estava pregando a Palavra; e isso é realmente verdade pois essa é a Palavra da Verdade. A maneira como você crê é importante. Você crê na função de João Batista? Você crê em Jesus? Você crê que Jesus resolveu o problema do pecado de uma vez só ao levar todos eles sendo batizado? Você crê que Deus nos tornou sem pecado através de João Batista, pois ele transferiu nossos pecados a Jesus? A remissão dos nossos pecados foi realizada através da função de João Batista e de Jesus. Nós cremos nisso porque sabemos disso.
Tentar receber a remissão de pecados crendo em Jesus, que nos salvou do pecado, mas omitindo a função de João Batista, é o mesmo que crer apenas na metade do evangelho da água e do Espírito. Nossa fé não pode ser assim. Nós temos que ter a fé que crê no perfeito evangelho da água e do Espírito.
Já que você crê no evangelho da água e do Espírito, você tem pecado? Não, você não tem pecado. Você não tem pecado porque fez alguma coisa boa? Não, você se tornou alguém sem pecado através da obra que João Batista e Jesus realizaram, e crendo nisso também? Nós não pecamos todos os dias? Como somos imperfeitos! Você consegue ver o quanto somos fracos?
O Senhor nos salvou quando nós não tínhamos como evitar o pecado e quando não podíamos evitar de ir para o inferno por causa deles. Como somos gratos por causa disso! Esta é a nossa salvação. Eu dou graças a Deus mais uma vez por isso. Nós podemos nos reunir aqui e oferecer louvores a Deus, ouvir Sua Palavra, servir ao evangelho, servir ao Senhor e segui-Lo na presença de Deus porque Ele nos salvou, porque Ele nos deu a remissão de todos os nossos pecados levando-os por meio de João Batista. Não há motivo algum para crermos no Senhor e O seguirmos se não for por esta salvação. Só porque cremos no Senhor e O seguimos, isso não quer dizer que nós receberemos muito poder neste mundo; e isso também não valeria nada se ainda houvesse pecado em nós.
A economia e todo o meio ambiente deste mundo serão devastados. Mas mesmo que este mundo venha a ruir, a Igreja de Deus seguramente continuará pregando o evangelho da água e do Espírito. Eu creio que ainda haverá muito mais pessoas que serão salvas do pecado crendo no evangelho da água e do Espírito. E eu sou grato a Deus por isso.
O texto bíblico deste capítulo diz: “ E tu, ó menino, serás chamado profeta do Altíssimo; pois irás adiante da face do Senhor, e prepararás os seus caminhos, para dar ao seu povo conhecimento da salvação, na remissão dos seus pecados”. Deus enviou Seu servo João Batista para batizar Jesus e nos ensinar a Verdade da salvação por causa da Sua misericórdia. O Senhor foi batizado por João Batista, pendurado na Cruz e nos deu a remissão de pecados através do Seu precioso sangue.
Nós damos graças a Deus e cremos Nele porque cremos nisso também.