The New Life Mission

Sermões

Assunto 21: O Evangelho segundo MARCOS

[Capítulo 3] (Marcos 3:7-30) Não Blasfeme Contra o Espírito Santo por se Recusar a Crer no Evangelho Genuíno

(Marcos 3:7-30)
“Retirou-se Jesus com os seus discípulos para o mar, e seguia-o uma grande multidão da Galiléia, da Judéia, de Jerusalém, da Iduméia, dalém do Jordão, de perto de Tiro e de Sidom. Uma grande multidão que, ouvindo quão grandes coisas Jesus fazia, vinha ter com Ele. Então disse aos seus discípulos que lhe tivessem sempre pronto um barquinho junto dele, por causa da multidão, para que não o comprimisse. Pois tinha curado a muitos, de tal maneira que todos quantos sofriam de algum mal se arrojavam a ele, para o tocar. Os espíritos imundos, vendo-o, prostravam-se diante dele, e clamavam: Tu és o Filho de Deus. Mas ele os advertia muito, para que não o manifestassem. Jesus subiu a um monte, e chamou os que ele quis, e vieram a ele. Nomeou doze para que estivessem com ele, e os mandasse a pregar; e tivessem o poder de expulsar demônios. São estes os doze que designou: Simão, a quem deu o nome de Pedro; Tiago, filho de Zebedeu, e João, irmão de Tiago, aos quais deu o nome de Boanerges, que significa filhos do trovão; André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o Zelote, e Judas Iscariotes, que o traiu. Então Jesus entrou numa casa. Afluiu outra vez a multidão, de tal maneira que nem sequer podiam comer. Quando os seus ouviram isto, saíram para o prender, pois diziam: Está fora de si. Os escribas, que tinham descido de Jerusalém, diziam: Está possesso de Belzebu, e pelo príncipe dos demônios expulsa os demônios. Assim Jesus, chamando-os a si, disse-lhes por parábolas: Como pode Satanás expulsar a Satanás? Se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir. Se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir. Se Satanás se levantar contra si mesmo, e for dividido, não pode subsistir; antes tem fim. Ninguém pode roubar os bens do valente, entrando-lhe em casa, se primeiro não amarrá-lo. Então saqueará a sua casa. Na verdade vos digo que todos os pecados serão perdoados aos filhos dos homens, e toda a sorte de blasfêmias, com que blasfemarem. Mas qualquer que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão, mas é réu de eterno pecado. Jesus disse isso porque alguns afirmavam: ‘Está possesso de espírito imundo.’”
 
 
A passagem bíblica de hoje foi tirada de Marcos 3:7-30. Antes disso, Jesus curou um paralítico e um homem com a mão ressequida, e dentre muitas conversas que surgiram durante esses acontecimentos, Ele ensinou aos líderes religiosos daquela época que eles poderiam ser salvos dos seus pecados se mudassem suas mentes. Da mesma forma, enquanto o nosso Senhor esteve nessa terra, Ele não somente operou muitos milagres e sinais curando os doentes e libertando os possuídos por demônios, como também mudou o coração do povo religioso de Seus dias e ensinou-lhes sobre a verdadeira fé. Como resultado disso, várias pessoas passaram a crer em Jesus e a segui-Lo, assim como está escrito na passagem bíblica de hoje: “Uma grande multidão que, ouvindo quão grandes coisas Jesus fazia, vinha ter com Ele” (Marcos 3:8).
Conseguiremos entender por que tantas pessoas estavam seguindo a Jesus assim se olharmos para a situação espiritual e sócio econômica daqueles dias. Naquele tempo, Israel era uma colônia do Império Romano, e tinha que pagar altas taxas para Roma por cada atividade comercial. Porque a maior parte do lucro era consumido pelos impostos, a falta de comida era comum, e os israelitas sofriam de muitas doenças provenientes da desnutrição. Resumindo, o povo de Israel era como um rebanho de ovelhas perdidas que sofriam sem um pastor. Muitos deles estavam esperando pelo Salvador que iria libertá-los de seu sofrimento. E no fim dessa longa espera, Jesus Cristo apareceu na terra de Israel e começou a guiar esse povo. Ele curou muitos enfermos, libertou pessoas endemoniadas, e também providenciou comida abundante para os Seus seguidores, como quando Ele fez o milagre dos cinco pães e dois peixes. Então para as inúmeras pessoas de Israel que passavam por constante repressão do Império Romano, foi natural seguirem a Jesus como seu líder.
Quando os doentes ouviram sobre os milagres e sinais de Jesus, muitos vieram procurá-Lo por todo Israel. Havia tantas pessoas doentes naqueles dias que era muito difícil eles atraírem a atenção de Jesus para serem curados. É claro que Jesus curou não somente a doença física do povo, mas também a doença de seus corações. Ele purficou e salvou até mesmo a alma dos que estavam possuídos por espíritos imundos. Os demônios se curvavam diante de Jesus e imploravam a Ele para que pudessem ir para outro lugar, gritando: “Tu és o Filho de Deus!” Jesus então repreendia os demônios revelando quem Ele era, e os mandava deixar suas vítimas.
Para salvar mais pessoas do pecado, Jesus chamou doze discípulos e confiou-lhes a mesma obra de expulsar demônios, curar os enfermos, e pregar o evangelho a todos. Uma vez, quando Jesus e Seus discípulos estavam em uma casa, muitos O cercaram e disseram para Ele deixar Sua comida para curá-los. Então de repente, os parentes de Jesus chegaram na casa para prendê-Lo, gritando: “Há um homem chamado Jesus nesta casa e Ele está possuído por demônios!” Os parentes de Jesus foram prendê-Lo pois pensavam que Ele estava louco. E os escribas que vieram de Jerusalém se juntaram a esses parentes e denunciaram Jesus, acusando-O de expulsar demônios pelo poder de Belzebu, o príncipe de todos os demônios.
O Senhor fez tantos milagres nessa terra, curando muitos enfermos e expulsando demônios, e ainda assim os escribas acusaram Jesus dizendo que Ele estava expulsando os demônios pelo poder de Belzebu, o príncipe dos demônios. Então Jesus respondeu-lhes: “Como pode Satanás expulsar a Satanás? Se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir. Se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir. Se Satanás se levantar contra si mesmo, e for dividido, não pode subsistir; antes tem fim.” (Marcos 3:23-26). Isso mostra que ninguém pode na verdade expulsar um demônio com o poder de outro demônio.
 
 
O Senhor Salva Aqueles que são Oprimidos por Satanás
 
Na leitura do texto de hoje em Marcos 3:27, Jesus disse: “Ninguém pode roubar os bens do valente, entrando-lhe em casa, se primeiro não amarrá-lo. Então saqueará a sua casa”. O que esse texto significa? Significa que por mais que um ladrão seja forte, ele não pode roubar uma casa se não dominar completamente seus moradores. Do mesmo modo, já que Jesus veio a esta terra como o Deus Todo-poderoso que criou o mundo e tudo o que nele há para salvar as pessoas dos pecados do mundo, Ele primeiro dominou os demônios e os expulsou. No entanto, as pessoas naqueles dias desprezaram essas obras do Senhor que foram feitas para a sua salvação, acusando-O de expulsar demônios pelo poder do príncipe dos demônios. Essa acusação insultou muito o Senhor, assim como ela nos ofende muito também. Mas embora Jesus tenha tolerado muitos insultos das pessoas naqueles dias, Ele não pôde se conter quando O acusaram de estar endemoninhado e de expulsar demônios porque confiava no príncipe deles.
Nosso Senhor então disse àqueles que O acusavam de estar endemoninhado: “Na verdade vos digo que todos os pecados serão perdoados aos filhos dos homens, e toda a sorte de blasfêmias, com que blasfemarem. Mas qualquer que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão, mas é réu de eterno pecado. Jesus disse isso porque alguns afirmavam: ‘Está possesso de espírito imundo’” (Marcos 3:28-30). Jesus Cristo veio a esta terra em forma humana e fez obras maravilhosas com o Espírito Santo. Mas muitos foram contra o Seu ministério, acusando-O de estar endemoninhado de um espírito imundo. Referindo-se a estas pessoas, nosso Senhor disse que eram elas mesmas que blasfemavam contra a obra do Espírito Santo. E Ele também disse que todo aquele que blasfema contra o Espírito Santo jamais será remido desse pecado e estará sujeito à condenação eterna. Embora qualquer outro pecado possa ser perdoado, o pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo – nesse caso, acusar de Jesus de estar endemoninhado e expulsar demônios confiando no príncipe deles – jamais pode ser perdoado. Tudo que o Senhor fez nessa terra foi a gloriosa obra de Deus. Portanto, é certo que o pecado de blasfemar contra essa obra da justiça de Deus jamais pode ser perdoado, e aquele que o comete enfrentará a condenação eterna.
Quando estava nessa terra, Jesus expulsou muitos demônios. E até hoje em dia há muitos cristãos expulsando demônios em nome de Jesus. Mas a questão é: “Isso que eles estão fazendo é a obra de Deus assim como a obra que o Senhor fez?” Mas eu não quero falar sobre isso agora. Na época do Novo Testamento, o Senhor veio a esta terra pelo evangelho da água e do Espírito e remiu todos os nossos pecados. E como nós podemos ver na passagem bíblica de hoje, Ele disse que não devemos blasfemar contra o Espírito Santo, Ele nos ensinou a não blasfemar contra a Sua obra.
Mas infelizmente, muitos cristãos hoje em dia estão cometendo o pecado de blasfemar contra o Espírito Santo. E apesar de Jesus ter salvado toda a humanidade do juízo e da destruição quando foi batizado por João Batista, morreu na cruz e ressuscitou dos mortos, os cristãos pecadores de hoje não reconhecem essa obra da salvação que o Senhor nosso Salvador fez por eles. É por isso que eu estou dizendo aqui que eles caíram por causa do pecado de blasfemar contra o Espírito Santo. E para falar a verdade, muitos pastores estão contra o evangelho da água e do Espírito do Senhor apesar de saberem muito bem que Ele salvou toda a humanidade dos seus pecados através deste genuíno evangelho. Este é que é o pecado de blasfemar contra o Espírito Santo. O pecado de blasfemar contra o Espírito Santo não é nada mais do que se recusar a crer no ministério do evangelho da água e do Espírito que Jesus realizou para a nossa salvação. E nosso Senhor diz claramente aqui que este pecado de blasfemar contra o Espírito Santo não pode ser perdoado.
Nós agora estamos pregando o evangelho da água e do Espírito no mundo inteiro porque cremos de todo o coração neste verdadeiro evangelho. Ao mesmo tempo, enquanto fazemos isso nós enfrentamos muitos obstáculos das principais denominações cristãs que nos chamam de heréticos. Esse pecado jamais pode ser perdoado e todo aquele que o comete será condenado para sempre por causa dele. O Senhor hoje chamou os Seus discípulos para pregar o evangelho da água e do Espírito, e através deste verdadeiro evangelho, ele remiu todos os pecados da humanidade e salvou a todos que crêem nele. Nós que estamos reunidos aqui hoje somos os discípulos do Senhor que estão trabalhando junto com Ele. Se alguém nos acusar de estarmos endemoninhados ou sermos heréticos porque pregamos o evangelho da água e do Espírito, Deus certamente julgará todos eles por causa do pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo. E já que não há nenhuma maneira de eles serem remidos deste pecado de blasfêmia, tudo o que os aguarda é um castigo terrível. Deste modo, todo aquele que se volta contra o evangelho da água e do Espírito ao invés de crer nele não tem como receber a salvação.
Não crer no evangelho da água e do Espírito é o mesmo que não crer na obra da salvação que o Senhor fez por nós. Este é o pecado de blasfemar contra o Espírito Santo, e por isso, todo aquele que não crê no evangelho da água e do Espírito não tem outra escolha senão ser lançado no fogo eterno do inferno. Se existe alguém que ainda está blasfemando contra a obra de Deus, ele tem que se arrepender imediatamente, ouvir o evangelho da água e do Espírito dos servos de Deus e crer neste evangelho, porque o castigo que é dado por causa do pecado de blasfemar contra o Espírito Santo não é algo momentâneo, mas um castigo eterno. Apesar disso, se alguém se acusar a se arrepender e deixar a teimosia do seu coração, somente uma coisa acontecerá com ele: ele jamais receberá a remissão dos seus pecados, mas enfrentará a condenação eterna por causa deles. Todos nós temos que entender aqui como é grave esse pecado de não crer no evangelho da água e do Espírito, e como é grande o castigo por causa disso.
O Senhor diz claramente na passagem bíblica de hoje: “Mas qualquer que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão, mas é réu de eterno pecado” (Marcos 3:29). Lembre-se muito bem dessa passagem, pois ela não foi dita por uma mera criatura como nós, mas sim pelo próprio Deus Todo-poderoso. Toda Palavra do Senhor é verdadeira e eterna. Embora as bênçãos da Palavra de Deus sejam ilimitadas, sua condenação por causa do pecado também traz maldições infinitas. Sendo assim, você e eu temos que considerar a Palavra dita por Deus com muito cuidado e meditar sempre nela. Em outras palavras, você tem que entender claramente o que é o pecado de blasfemar contra o Espírito Santo, para que não cometa esse pecado que te levará a ser condenado para sempre.
Nosso Senhor é o próprio Deus, mas mesmo assim Ele veio a esta terra em um corpo carnal como o nosso. Aí então, Ele levou sobre Si todos os pecados do homem ao ser batizado por João Batista, e morreu crucificado em nosso lugar sendo condenado pelos nossos pecados. E ao ressuscitar dos mortos, Ele salvou você e a mim de uma maneira perfeita. Deste modo, Jesus Cristo apagou todos os pecados do homem ao vir a essa terra pelo evangelho da água e do Espírito. E todos nós que cremos nessa obra da salvação não somente fomos salvos pelo Senhor por causa da nossa fé, mas também recebemos o dom do Espírito Santo. O Senhor misericordioso nos salvou de todos os nossos pecados e fez o abençoado Espírito Santo habitar em nosso coração. Portanto, todo aquele que não crê no evangelho da água e do Espírito, que é a própria obra da salvação do Senhor, ou blasfema do ministério que proclama este verdadeiro evangelho, é alguém que se opõe à obra da salvação de Deus. E já que você e eu estamos pregando o evangelho da água e do Espírito hoje em dia, aqueles que tentam impedir o nosso ministério é que estão blasfemando contra o Espírito Santo.
Nós estamos pregando o evangelho da água e do Espírito em todo o mundo agora através do nosso ministério de literatura, fazendo uso de publicações em papel e eletrônicas. Mas alguns pastores que visitaram o nosso site estão nos acusando de heresia e advertindo suas igrejas para que não leiam os nossos livros. Esses pastores não estão apenas nos insultando nos chamando de heréticos, mas também estão dizendo isso a todos que conhecem. Mas essa com certeza é uma atitude muito tola. Se o evangelho da água e do Espírito fosse errado como eles dizem, isso significa então que Jesus Cristo, que cumpriu este evangelho, também é falso. Por isso, quando eles dizem aos seus membros para não crer no evangelho da água e do Espírito, eles na verdade estão dizendo a eles para não crer no Senhor, o Mestre deste verdadeiro evangelho e nosso Senhor. Mas é claro que muitos que ganharam os nossos livros receberam a remissão de pecados através do evangelho da água e do Espírito e agora estão vivendo uma vida de gratidão a este evangelho que é biblicamente correto e fácil de entender. Mas há algumas pessoas que se aliaram ao maligno Satanás para se oporem ao evangelho da água e do Espírito que cremos e proclamamos de todo o nosso coração.
Deus diz a todas essas pessoas que elas estão cometendo o pecado de blasfemar contra o Espírito Santo não somente porque elas se recusam a crer no evangelho da água e do Espírito, mas também porque estão impedindo que os seus pregadores tornem possível a outros crerem nele. Deus também está nos advertindo que jamais devemos cometer o pecado de blasfemar contra o Espírito Santo, porque ele jamais poderá ser perdoado. Entretanto, o problema não são os pecados que nós cometemos diante de Deus por causa das nossas falhas e fraquezas. Graças ao Senhor, todos esses pecados já foram remidos porque cremos no evangelho da água e do Espírito. Mas existe um pecado que jamais pode ser perdoado: o pecado de blasfemar contra o Espírito Santo. Todo aquele que comete esse pecado jamais será perdoado, mas enfrentará a condenação eterna.
 
 
Qual é o Pecado de Blasfemar Contra o Espírito Santo?
 
Não é outro senão blasfemar contra a justiça e Deus e se opor a ela. Isso porque o Espírito Santo é o próprio Deus. Nosso Senhor veio a este mundo e foi concebido pelo Espírito Santo para remir todos os nossos pecados através do evangelho da água e do Espírito. Ao via a essa terra, Ele tirou todos os nossos pecados quando foi batizado, morreu na cruz em nosso lugar, ressuscitou dos mortos ao terceiro dia e ascendeu aos Céus. Ele nos deu a remissão de pecados e o Espírito Santo. O Senhor selou com o Espírito Santo o coração de todo aquele que crê na verdade do evangelho da água e do Espírito através da Palavra de Deus; Ele nos deu a remissão de todos os nossos pecados e o dom do Espírito Santo. O Senhor disse a todos nós: “Convém a vocês nascer de novo pela fé no evangelho da água e do Espírito”. O Senhor que veio a essa terra para nos salvar de todos os nossos pecados entrou no coração de todos nós que cremos no evangelho da água e do Espírito agora, e nos selou com o Espírito Santo. Em outras palavras, o Espírito Santo que agora habita em nosso coração não é nenhum outro senão o Espírito de Jesus Cristo, nosso Salvador.
A triste realidade dos cristãos de hoje é que muitos deles estão mesmo cometendo o pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo, que é igual a blasfemar contra Deus. Nesse tempo do Novo Testamento, aqueles que blasfemam contra o Espírito Santo são aqueles dificultam o ministério dos crentes e pregadores do evangelho da água e do Espírito. Essas pessoas dizem que o evangelho da água e do Espírito é falso e nos acusam de heresia, e elas são iguais aos escribas da passagem bíblica de hoje que acusaram Jesus de estar possuído por demônio e disseram que Seus milagres eram feitos pelo poder demoníaco. Aqueles que hoje acusam os crentes e pregadores do evangelho da água e do Espírito são os hereges que caíram no pecado de blasfêmia contra a obra do Espírito Santo, e estou absolutamente certo que eles nunca serão perdoados, mas enfrentarão a condenação eterna no inferno por cauda de seus pecados. Todos nós reunidos aqui devemos compreender isso claramente e sermos muito cuidadosos para nunca cair nesse pecado.
 
 
Examine de Perto o Evangelho da Água e do Espírito Baseado em Ambos os Testamentos
 
O Senhor veio a esta terra em forma humana por nenhuma outra razão além de salvar toda a raça humana através do evangelho da água e do Espírito. Se você analisar atentamente o evangelho da água e do Espírito baseado na Palavra de Deus, então você perceberá que o próprio Deus Todo-poderoso libertou pessoalmente a raça humana com esse evangelho. O evangelho da água e do Espírito se constitui na obra da salvação do Senhor, e ele é totalmente certo e a perfeita verdade.
Mas apesar disso, muitos ainda não crêem no evangelho da água e do Espírito, e isso acontece porque eles ainda não têm um claro entendimento dele. E também é por causa de razões históricas que muitos cristãos são ignorantes quanto ao evangelho da água e do Espírito. Embora esse evangelho da água e do Espírito tenha sido pregado em sua forma mais pura durante a era da Igreja Primitiva, depois que esse período passou, ninguém mais o conhecia e por isso não o pregavam mais. Isso aconteceu porque os cristãos que vieram depois proclamaram um evangelho corrompido que fala somente do sangue da cruz. Como resultado disso, os cristãos de hoje também ignoram o evangelho da água e do Espírito. Mas sua ignorância não torna a verdade menos verdadeira. O evangelho da água e do Espírito é a verdadeira Palavra de Deus. O fato de o Senhor ter apagado todos os pecados do homem de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista nessa terra é uma verdade inegável. O fato de o Senhor ter vindo a esta terra em forma humana, ter apagado todos os pecados da humanidade ao ser batizado por João Batista, ter derramado Seu sangue até a morte na cruz para pagar o preço por esses pecados, ressuscitado dos mortos e assim ter salvo a você e a mim – essa é a obra da água e do Espírito, e essa é a mesma obra do Deus majestoso e Todo-poderoso.
Mas longe de crerem nessa obra indiscutível da salvação que Jesus fez para nos salvar dos pecados do mundo e ter apagado todos os nossos pecados, muitos cristãos na verdade blasfemam contra a Sua obra. Então o que acontecerá a todas essas pessoas? Assim como Deus disse aqui na passagem bíblica de hoje, elas nunca serão perdoadas por esse pecado de blasfemar contra o Espírito Santo, mas enfrentarão a condenação eterna. É esse o destino que aguarda por todos aqueles que não crêem no evangelho da água e do Espírito mesmo conhecendo-o; e o mesmo destino aguarda a todos que abandonam esse evangelho depois de crerem nele por um tempo. Nenhum deles poderá escapar da condenação eterna do pecado.
Até que idade viveríamos se fôssemos viver por muito tempo? Nós viveríamos por mil anos? Não, nossa vida é curta e efêmera. Estamos aqui nessa terra somente por pouco tempo. Se você não conseguir compreender essa Verdade no curto período de tempo que tem nesta terra, mas ao invés disso se colocar contra ela – isto é, se você se recusar a crer que Deus salvou a humanidade de todos os seus pecados através do evangelho da água e do Espírito – então você estará blasfemando contra o Deus Todo-poderoso. E já que você irá cometer o pecado de blasfemar contra Deus, você nunca será perdoado por esse pecado. Todos nós temos que compreender isso claramente. E temos que nos lembrar dessa lição todo o tempo, e tomarmos cuidado para nunca cometermos esse pecado de blasfemar contra o Espírito Santo. Se você ainda acha difícil crer no evangelho da água e do Espírito, então continue lendo a Palavra de Deus cuidadosamente e ore muito a Deus para lhe dar a verdadeira fé. E acredite simplesmente na Palavra de Deus. O Senhor deixa claro aqui, que não crer nesse evangelho da água e do Espírito é um pecado imperdoável.
Hoje muitos cristãos dizem que fazem milagres e sinais no nome do Senhor mesmo não conhecendo o evangelho da água e do Espírito, confiando somente no sangue da cruz, que é um evangelho pela metade. Mesmo sendo notoriamente pecadores cujo coração permanece em pecado, eles atrapalham o nosso ministério de pregar o evangelho da água e do Espírito dizendo que este evangelho está errado. Embora essas pessoas digam que fazem milagres e descrevem a si mesmas como os verdadeiros seguidores do Senhor, elas não percebem que na verdade estão se opondo a justiça do Senhor.
Foi para salvar a raça humana de todos os seus pecados que o Senhor curou os enfermos e expulsou demônios enquanto estava nessa terra, e foi para isso que Ele foi batizado por João Batista e crucificado até a morte. Ele fez todos esses milagres e maravilhas a fim de nos salvar perfeitamente de todos os nossos pecados; Ele não veio a esta terra somente para curar os enfermos e expulsar demônios. Falando claramente, Ele veio para salvar a todos dos seus pecados, abençoar a todos com a vida eterna e fazer de todos Seus filhos. A obra miraculosa que o Senhor realizou nesta terra foi para nos ensinar que Ele veio pessoalmente para nos salvar dos pecados do mundo através do evangelho da água e do Espírito. Verdadeiramente, é através do evangelho do Senhor – isto é, o evangelho da água e do Espírito – que todos alcançam a salvação. Nisto está o motivo pelo qual todo cristão deve crer no evangelho da água e do Espírito.
Nesse tempo em que vivemos muitos que se dizem “cristãos” o fazem de forma arrogante alegando que têm o poder de curar os doentes e ainda se opõem ao evangelho da água e do Espírito que foi dado pelo Senhor. Por que eles se comportam de maneira tão absurda? É porque essas pessoas não percebem que são ‘falsos profetas’ que nem mesmo receberam a remissão de seus pecados. É ridículo um falso profeta dizer que cura o enfermo. Todos os aparentemente miraculosos sinais manifestos por essas pessoas são falsos, e por isso eles não merecem crédito algum.
Quem não crer no evangelho da água e do Espírito ou atrapalhar e se opor aos pregadores desse verdadeiro evangelho, está destinado a ser destruído. Assim como Deus disse, todas essas pessoas serão amaldiçoadas e enfrentarão um sofrimento inimaginável. E você ainda pensa: “Bem, eu não estou preocupado com a destruição. Já que tantas pessoas vão para o inferno, eu devo também ir junto com elas. Isso não é lá tão grande coisa assim”? Se é assim que você pensa, então você não sabe como Deus é justo. É assim que os tolos pensam. Deus disse claramente que todos que não crerem no evangelho da água e do Espírito e atrapalharem os pregadores desse genuíno evangelho, serão lançados no fogo eterno do inferno. Todos eles serão lançados no ardente fogo eterno do inferno para sofrer por toda a eternidade. O sofrimento será tão grande que a bíblia diz que será como ser salgado com fogo (Marcos 9:49).
Você já esteve em uma sauna? Quando se vai a uma sauna, é tão quente lá dentro que se você ficar até por pouco tempo, na hora você começa a suar pelo corpo todo e sua pele até lateja. Algumas pessoas ficam sentadas na sauna para perder peso, e os que querem resultados rápidos ficam sentados lá até ficarem completamente desidratados. Mas pelo menos eles podem sair da suana a qualquer momento quando não agüentarem mais. Imagine o que aconteceria se você ficasse trancado dentro da sauna e não pudesse sair. Obviamente você teria uma grande perda. Agora imagine que você tivesse que passar por esse sofrimento eternamente. O seu sofrimento seria ainda maior se você quisesse morrer e não pudesse. Esse sofrimento é o que os blasfemadores contra o Espírito Santo devem passar no fogo do inferno.
Ponha-se no lugar deles e pense no que aconteceria a você se fosse lançado no fogo do inferno para ser castigado eternamente por seus pecados. Você acha que de alguma forma seu coração seria confortado se você tivesse algum sofrimento, mesmo se o sofrimento fosse tão grande que fizesse você chorar de dor? Não, é claro que não! Você manteria sua cabeça erguida somente se seu sofrimento fosse pelo menos tolerável. Se a dor fosse tão insuportável que o fizesse ranger os dentes, ela não melhoraria só porque você teria alguém ao seu lado sofrendo com você.
Assim muitos tendem a pensar de forma superficial sobre o castigo que Deus disse que daria aos pecadores. E muitos não reconhecem a bênção maravilhosa que é Deus ter apagado todos os seus pecados com o evangelho da água e do Espírito e tê-los feito Seus próprios filhos. No entanto, pelo menos você e eu que estamos juntos aqui devemos reconhecer a gravidade do castigo de Deus e a grandeza de Suas bênçãos. Embora Deus deseje perdoar todos os outros pecados, Ele nunca perdoa o pecado de alguém de considerar a obra de Jesus como a obra do diabo. Ele disse claramente aqui na passagem bíblica de hoje que quem blasfemar contra o Espírito Santo jamais poderá receber a remissão dos pecados, mas sofrerá por toda a eternidade.
Estamos agora pregando o evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor a todos no mundo inteiro através de nossos livros virtuais e de papel. Recentemente, uma mulher coreana que reside nos Estados Unidos se ofereceu para traduzir os nossos livros. Logo que ela passou no teste para verificar suas habilidades de tradução, nós lhe enviamos um sermão no evangelho de Mateus. Depois de um tempo, ela nos comunicou que tinha acabado de fazer a tradução do sermão, e eu tive a chance de falar com ela pois ela falava coreano. Eu perguntei se ela achou difícil traduzir o sermão, mas ela disse que foi uma alegria trabalhar nisso e que ela mesma gostou do sermão. Ela também disse que esse sermão era muito fácil de entender, e ela gostou mais dele do que os sermões complicados que ela costuma ouvir em sua igreja.
Na verdade, nossos livros de sermão sobre a verdadeira Palavra de Deus estão numa linguagem fácil e direta para que todos no mundo inteiro possam entendê-la. Mas não me incomoda nem um pouco quando algumas pessoas dizem que às vezes os meus sermões são muito grosseiros e sem nenhuma sofisticação. Ninguém deveria se recusar a crer no evangelho que Deus nos faz pregar só porque meus sermões sobre ele são muito diretos. Depois de cumprir o evangelho da água e do Espírito, nosso Senhor deu-o a nós, e Ele nos fez entendê-lo, crer nele, e pregá-lo a todos no mundo. Como nos tornamos discípulos do Senhor, nós estamos pregando esse evangelho da água e do Espírito por todo o mundo. E ainda muitas pessoas se recusam a crer nesse evangelho dizendo que ele é uma farsa, é dogmático e um evangelho herético. Pior ainda, alguns deles não só se recusam a crer no nosso evangelho, mas até o blasfemam acusando-o de heresia para outras pessoas. Todas essas pessoas serão condenadas eternamente como disse a Palavra de Deus na passagem bíblica de hoje. Todos nós aqui devemos compreender isso claramente e fazer o máximo para não cairmos nesse pecado.
 
 
A História da Igreja Atravessou 2.000 Anos
 
Durante a maior parte da história da igreja os cristãos têm servido e pregado sozinhos o evangelho do sangue na cruz. Embora o evangelho da água e do Espírito existisse desde antes de 313 AD, quando o imperador romano emitiu o Édito de Milão declarando o Cristianismo como a religião oficial de Roma, daí em diante o evangelho do sangue da cruz tem sido pregado. E porque a maioria dos cristãos desconhece esse fato, é que eles não podem pregar o evangelho da água e do Espírito; e não porque esse evangelho é um falso evangelho que eles o ignoram. O verdadeiro evangelho é o evangelho da água e do Espírito. Os falsos cristãos são aqueles que ignoram esse verdadeiro evangelho da água e do Espírito e pregam somente o sangue da cruz. E porque só o sangue da cruz tem sido pregado como evangelho todos esses anos, muitos cristãos acham difícil aceitar na hora o evangelho da água e do Espírito que nós estamos pregando. E você é esse cristão, então leia os nossos livros sobre o evangelho da água e do Espírito, vá para a bíblia comparar os nossos ensinamentos com a Palavra de Deus, veja a verdade por si mesmo, e se ficar convencido, creia então de todo o coração. Você não deve se recusar a crer no verdadeiro evangelho por causa da abosluta ignorância ou dificuldade em compreendê-lo, nem deve impedir que outros creiam neste evangelho.
O evangelho da água e do Espírito proclama que Jesus apagou todos os pecados da raça humana de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista, e qualquer evangelho que deixe de fora o batismo de Jesus como um dos elementos indispensáveis à salvação é um falso evangelho. Apesar disso, por cerca de mil anos desde a emissão do Édito de Milão nos tempos medievais, os cristãos creram somente no sangue da cruz como a sua salvação e serviram e pregaram somente esse evangelho. Mesmo quando a Reforma começou, os reformadores protestantes também criam e pregavam somente o sangue da cruz. Não que os católicos da era medieval e os reformadores religiosos daqueles dias cressem que o evangelho da água e do Espírito fosse um falso evangelho. Não foi por isso que eles não o pregavam. Pelo contrário, eles não podiam pregar esse evangelho da água e do Espírito porque eles não o conheciam como o verdadeiro evangelho. Na verdade, eles nem sabiam que existia um evangelho perfeito.
Alguns podem achar estranho que muitos cristãos tenham crido em um falso evangelho por mais de mil anos, e que somente agora o evangelho da água e do Espírito, o verdadeiro evangelho, esteja sendo pregado. Mas primeiro eles devem olhar na bíblia para ver se o nosso evangelho está certo ou errado, e se estiver certo, então eles devem todos crer nele. A bíblia diz que o povo de Beréia “foram mais nobres do que os de Tessalônica, pois de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim” (Atos 17:11). Esse texto mostra que o povo de Beréia examinava os ensinamentos do apóstolo Paulo baseados na Palavra de Deus, e quando eles viam que os ensinamentos de Paulo não condiziam com os da bíblia, eles ficavam com a Palavra. Como esse povo de Beréia, todos devem crer no evangelho da água e do Espírito.
O evangelho da água e do Espírito é o verdadeiro evangelho. É claro que o sangue da cruz também se constitui em um elemento do evangelho da água e do Espírito. Mas servir e crer somente nisso é crer em um evangelho falso e pela metade. Mesmo hoje, os cristãos do mundo todo devem desistir de sua fé inútil e retornar para o perfeito evangelho da água e do Espírito. E é por essa razão que estamos agora pregando esse evangelho da Palavra da Verdade para todos do mundo inteiro. O sermão de hoje também será traduzido em muitas línguas para ser pregado ao mundo todo. Então o sermão que estou pregando agora não é somente para você que está aqui. O que eu estou pregando para você agora é na verdade pregado às pessoas do mundo inteiro.
O que está escrito na Palavra de Deus é que é importante; e não a ‘situação da nossa fé’. Então o que Deus está dizendo? Para todos que hoje se opõem aos que pregam o evangelho da água e do Espírito, o Senhor está dizendo que quem blasfemar contra o Espírito Santo jamais será perdoado, mas enfrentará a condenação eterna. Nenhum cristão hoje deve jamais se esquecer desse aviso do Senhor.
Todos nesse mundo devem crer em Jesus Cristo, que veio pelo evangelho da água e do Espírito como seu Salvador, e todos também devem entender e crer que Cristo apagou e remiu todos os pecados da raça humana de uma vez por todas através desse genuíno evangelho. É errado você se opor a este evangelho da água e do Espírito só porque você o desconhece; e também é errado você crer somente no sangue da cruz só porque isso é tudo o que você conhece. O que é absolutamente importante é o bom senso de saber qual é a verdade, e se você crê ou não no evangelho da água e do Espírito. No que os outros crêem não é o que realmente importa. Qual é o verdadeiro evangelho que o Senhor nos deu? O evangelho da água e do Espírito é o verdadeiro evangelho ou somente o sangue da cruz é o verdadeiro evangelho? O mais importante é que quando você levanta tais questionamentos, são desses questionamentos que se passa a compreender qual é o verdadeiro evangelho e também a crer nele. Não dê nenhuma atenção ao que os seus vizinhos crêem e em como eles crêem, e nem ao que os cristãos de hoje crêem. A única coisa que importa aos que verdadeiramente crêem em Deus é conhecer e crer no evangelho da água e do Espírito do qual Deus fala na bíblia. Então eu peço a cada um de vocês que creiam na Palavra do Senhor, creiam no evangelho da água e do Espírito que é nitidamente manifestado na Palavra de Deus, e assim recebam a remissão dos seus pecados. Não cometam o pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo. Eu não quero que nenhum de vocês cometa esse pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo e jamais sejam perdoados e sofram desse modo, uma condenação eterna.
Os dias atuais estão todos contados. Recentemente na França, duas crianças de famílias imigrantes foram eletrocutadas quando tentavam fugir da loja que haviam roubado. Embora muitos imigrantes na França tentem fazer o melhor para dar uma boa educação para seus filhos e prepará-los para o mercado de trabalho, parece que não há muitos empregos disponíveis aos imigrantes deste país. Eles vivem um círculo vicioso de pobreza. Foi por esse motivo que essas duas crianças imigrantes se tornaram ladrões. Um certo membro do gabinete do governo Francês chamou essa segunda e terceira geração de filhos de imigrantes de “lixo”. Como você acha que os filhos desses cidadãos imigrantes reagiram a isso? Foi normal eles reagirem com uma baderna, dizendo: “Então nós não somos cidadãos franceses, mas somente lixo? Nós nascemos na França, falamos francês, fomos educados na França e temos obedecido à lei francesa. Como alguém pde dizer então que não somos cidadãos franceses, mas lixo? Como pode um membro de gabinete dizer uma coisa dessas?” Então, como a segunda e a terceira geração de famílias de imigrantes ficaram enfurecidas, a insegurança tomou conta daquele país até chegar numa situação de crise emergencial de grandes proporções.
É claro que também podemos dizer coisas horríveis quando estamos nervosos, mas obviamente é errado alguém insultar as minorias, sem falar em um ministro. Aquele ministro deveria ter se desculpado na hora e dito: “Vocês são todos cidadãos franceses. Vocês têm os mesmos direitos que os demais cidadãos franceses. Mas não é certo vocês mostrarem sua indignação agindo com violência. Se vocês querem mostrar seu descontentamento ao governo, devem expressá-lo pacificamente e dentro da lei”. De fato, o governo francês não era totalmente inocente por despertar essa situação difícil, já que eles falharam em prover oportunidades de emprego adequadas para os seus cidadãos imigrantes.
Se referindo ao fim dos tempos, a bíblia diz que nações se levantariam contra nações e reinos contra reinos, e me parece que esse dia está bem próximo. O mundo está preparado para os confrontos culturais, raciais e conflitos étnicos, todos lutando por si mesmos. Assim como está escrito na bíblia, diante de nossos próprios olhos veremos nações contra nações, reinos contra reinos, fomes e desastres acontecendo. Essas coisas estão acontecendo em todo o mundo. Estou certo que você já pode senti-las; o mundo em que vivemos está extremamente cruel e caótico. Nosso Senhor disse que quando essas coisas começassem a acontecer, deveríamos saber que Sua volta é eminente. Assim que esses desastres começarem a acontecer, eles crescerão como uma bola de neve. A despeito de todo o esforço para controlá-los, eles se espalharão rapidamente em uma magnitude ainda maior.
Mas queridos irmãos não temam, pois Deus nos disse: “Então darei a chuva da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas” (Deuteronomio 11:14). As “primeiras” aqui se referem à Igreja Primitiva. Durante a era da Igreja Primitiva quando o Senhor trouxe as primeiras chuvas, a impressionante obra do evangelho da água e do Espírito surgiu em vários lugares, e incontáveis pessoas passaram a crer nesse evangelho e receberam a remissão dos pecados em seus corações.
Então, quando Deus trará essas “últimas chuvas”? Não será em nenhum outro tempo além desse em que estamos vivemos que isso acontecerá. Com o evangelho da água e do Espírito o Senhor está agora trazendo as útlimas chuvas do Espírito Santo. Assim como Ele fez durante a era da Igreja Primitiva, o Senhor também tem levantado crentes no evangelho da água e do Espírito nesse tempo atual, e tem feito Seus servos pregarem esse evangelho por todo o mundo. Esse é o tempo das últimas chuvas. E essas últimas bênçãos cairão através do evangelho da água e do Espírito. Essa é a bênção da salvação e da vida eterna.
Você e eu devemos mergulhar nessa chuva abençoada do evangelho da água e do Espírito que o Senhor está trazendo sobre nós. Agora que o fim dos tempos está cada vez mais perto, todos nós devemos crer no evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu. Se é difícil para você entender esse verdadeiro evangelho, procure na bíblia, pergunte aos servos de Deus os detalhes, e creiam neste evangelho. Você não pode esperar mais; você deve conhecer o evangelho da água e do Espírito agora mesmo, pois Deus disse claramente que você só poderá entrar em Seu Reino se nascer de novo através desse verdadeiro evangelho. Mesmo se seus pais e amigos não crerem no evangelho da água e do Espírito e disserem para você que esse evangelho está errado, não se preocupe com isso. Nada do que os outros dizem tem a ver com a sua salvação. Se existem pecados em seu coração, então você deve ser liberto e salvo desses pecados ao crer no evangelho da água e do Espírito, não importa quem você seja. Através dele você receberá a vida eterna e se tornará um perfeito filho do Senhor. Agora não é a hora de nos preocuparmos como os outros crêem em Jesus. Todo o cristão deve crer no evangelho da água e do Espírito. Todos do mundo inteiro devem crer nesse verdadeiro evangelho. Você deve crer nesse evangelho enquanto ainda pode, nesse momento em que o Senhor está trazendo as últimas chuvas em abundância e que o evangelho está sendo pregado incessantemente.
O evangelho da água e do Espírito é a única verdade, e ao conhecer e crer nesse evangelho, todo o ser humano pode ser completamente liberto do pecado mortal de blasfemar contra o Espírito Santo. O Senhor deixou claro que quem blasfemar contra o Espírito Santo jamais poderá ser remido dos seus pecados. Isso significa que quem blasfemar contra o Espírito Santo estará sujeito à condenação eterna por causa desse pecado. Se você ainda não consegue crer no evangelho da água e do Espírito, então onde e como você receberá a remissão de todos os seus pecados? Você pode receber de Deus a remissão de pecados somente crendo no sangue da cruz? Não, isso é absolutamente impossível!
O Deus Todo-poderoso nos salvou somente através de Seu Filho, ao enviá-Lo a esta terra para a nossa salvação. Deus nos salvou através da obra da salvação que Jesus Cristo cumpriu ao vir a esta terra, ao ser batizado por João Batista, morrer na cruz e ressuscitar dos mortos. Resumindo, o Senhor nos salvou através do evangelho da água e do Espírito. Com esse evangelho da água e do Espírito Deus apagou todos os pecados da raça humana, transcendendo tempo e espaço. Se você ainda não recebeu a remissão de pecados, então deve assumir agora que você é um pecador diante de Deus. E você deve entender e crer que o Senhor remiu todos os seus pecados através do evangelho da água e do Espírito. Essa é única forma de você receber verdadeiramente a salvação do Senhor.
Como você está vivendo agora no final dos tempos, não deve mais vacilar, mas crer no evangelho da água e do Espírito com todo o seu coração. Você deve crer nesse evangelho, e depois que o fizer, você deve pregá-lo a todos ao invés de guardá-lo para si mesmo. Realmente não resta muito tempo para que continuemos a pregar esse evangelho da água e do Espírito. Lembre-se que o mundo todo está mudando da forma que o Senhor profetizou.
Já é novembro e o inverno está às portas. O tempo passa tão rápido que às vezes nem percebemos. Mas embora o tempo pareça estar passando desapercebidamente, pelo menos eu e você cremos no evangelho da água e do Espírito e por isso somos as pessoas mais felizes desta terra. Não teremos nenhum problema não importa quando nem como o Senhor volte. Se há algo que me preocupa é que algumas pessoas não estão somente se opondo ao evangelho da água e do Espírito, mas também levando outros a se oporem a este verdadeiro evangelho.
Minha única preocupação é por essas pessoas enganadas, pois elas estão cometendo o pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo e acabarão enfrentando a condenação eterna, assim como disse o Senhor. Então é nossa responsabilidade orarmos ainda mais por essas pessoas, pregar o evangelho de forma mais arrojada, e ensinar a todos a não cometer esse pecado mortal. Eu tenho total certeza que Deus impedirá que muitas pessoas neste planeta cometam esse pecado de blasfemar contra o Espírito Santo, e Ele as levará a nascer de novo verdadeiramente ao crer no evangelho da água e do Espírito. Então nesta hora, vamos orar intercedendo por cada alma perdida no mundo, para que todas elas possam encontrar o verdadeiro evangelho da água e do Espírito e receber a remissão de todos os seus pecados.