The New Life Mission

Sermões

Assunto 8: O Espírito Santo

[8-18] (Josué 4:23) A verdade que leva os crentes a receber o Espírito Santo

( Josué 4:23 )
“Porque o Senhor, o seu Deus, fez secar as águas do Jordão diante de vocês, até que vocês tivessem passado, como o Senhor, o seu Deus, fez com o mar Vermelho, que ele secou diante de nós, até que tivéssemos passado”.
 

O que o evento do Rio
Jordão nos ensina?
Ensina que Jesus Cristo eliminou
completamente a morte causada pelo 
pecado e o subsequente julgamento 
da humanidade

Eu gostaria de falar sobre o belo evangelho da verdade, que nos permite receber a habitação do Espírito Santo. Após a morte de Moisés, Deus instituiu Josué como um líder de Israel. Moisés era o representante da Lei, no Velho Testamento. Se Moisés tivesse cruzado o Rio Jordão com o povo de Israel e chegado a Canaã, não seria necessário para Josué tornar-se líder do povo. Contudo, Deus fez Moisés chegar até a área em frente à terra de Canaã e o impediu de entrar.
 

Nosso Senhor nos deu Moisés e Josué

Moisés, o representante da Lei no Velho Testamento, não podia levar o povo de Israel até Canaã. Se ele tivesse feito isso, estando sob a Lei, seria contra o plano de Deus para a nossa salvação. Ninguém pode ser liberto de seus pecados pela Lei de Deus, porque ninguém pode guardar a Lei. Pois a Lei é apenas para o conhecimento do pecado. (Romanos 3:20).
A razão pela qual Deus deu a Lei ao homem foi para dar-lhe o conhecimento do pecado, para fazer da Lei seu guardião e guiá-lo a Cristo, para que ele pudesse ser justificado pela fé (Gálatas 3:24). Como a Lei não era nada mais do que um guia para encontrar Jesus, e as pessoas precisavam de Jesus, foi por isso que Ele teve que vir ao mundo. O que Deus determinou que Josué fizesse foi ordenar o povo de Israel a cruzar o Rio Jordão e entrar na terra de Canaã.
Deus os guiou a entrar na terra de Canaã com seu líder, Josué, após a morte de Moisés. Josué comandou os oficiais do povo dizendo: “Passem pelo meio do arraial e ordenem ao povo, dizendo: “Preparem a comida, porque, daqui a três dias, vocês vão atravessar este Jordão, para que entrem na terra que o Senhor, seu Deus, lhes dá para que tomem posse dela”. (Josué 1:11).
Deus ordenou a Josué que entrasse em Canaã, após isto ter se tornado impossível para Moisés. Deus comandou Josué, dizendo: “Portanto, você dará uma ordem aos sacerdotes que levam a arca da aliança, dizendo: “Quando chegarem às margens das águas do Jordão, parem ali.” Então Josué disse aos filhos de Israel: — Venham cá e ouçam as palavras do Senhor, seu Deus .Josué continuou: — Nisto vocês saberão que o Deus vivo está no meio de vocês e que sem falta expulsará de diante de vocês os cananeus, os heteus, os heveus, os ferezeus, os girgaseus, os amorreus e os jebuseus”. (Josué 3:8-10).
Após a morte de Moisés, Deus colocou Josué como líder de Israel e ordenou que ele entrasse na terra de Canaã com o povo. O nome Josué significa “o Salvador”, sinônimo de “Jesus” ou “Oséias”. O servo de Deus, Josué, ordenou aos sacerdotes que pegassem a Arca da Aliança e cruzassem o Rio Jordão, enquanto as pessoas eram guiadas. Quando os sacerdotes molharam seus pés na beira das águas (pois o Rio Jordão inundava suas ribanceiras durante o período da colheita), as águas que vinham da nascente do Rio começaram a parar e subiram muito rapidamente em Adã, cidade junto a Sartã. As águas que desciam ao Mar da Arabá, que é o Mar Morto (ou Mar Salgado), foram cortadas e o povo pôde atravessar para Jericó. (Josué 3:15-16).
Por meio deste acontecimento, Deus nos ensina que Ele tinha eliminado completamente a morte causada pelo pecado e o subsequente julgamento da humanidade. Em outras palavras, Jesus Cristo, nosso Salvador, levou todos os pecados da humanidade quando Ele foi batizado por João Batista e foi crucificado. Deste modo, salvou a humanidade de seus pecados, guiando as pessoas à terra de Canaã, que permanece no Reino do Céu.
 

A humanidade foi purificada no Rio Jordão

Os eventos históricos que envolvem a travessia do Rio Jordão, como registrados no Velho e Novo Testamento, foram tremendamente importantes, pois mostram a salvação das maldições e do julgamento dos pecados da humanidade.
O Rio Jordão foi referido como um rio de morte e o seu término é no Mar Morto. A palavra Jordão significa “um rio que só flui para baixo, em direção à morte” ou “ser imerso, suprimido, forçar para baixo, cair”. Isto indica claramente a história dos pecados da humanidade. Neste rio, Jesus, por meio de Seu batismo, recebeu todos os pecados que não podiam ser cancelados por nenhum outro ser humano, e, mais tarde, recebendo o julgamento por estes pecados, substituindo toda a humanidade, morreu na Cruz.
Para onde estamos nós, descendentes de Adão e Eva, sendo conduzidos? Como todas as criaturas nascem com pecado, elas cometem pecados e, como salário por esses pecados, continuamos em direção à morte. Ao longo da história da humanidade, todas as criaturas caminharam para a destruição desde o seu nascimento. Embora tentem controlar sua natureza pecaminosa, eles não conseguem, e é por isso que estão se dirigindo para o julgamento final por seus pecados.
No entanto, Deus cancelou o pecado e o julgamento. Deus guiou Josué para liderar o povo de Israel à terra de Canaã, do outro lado do rio Jordão. Esta foi a vontade de Deus para Josué. Essa história sugere que, para sermos libertos do pecado, devemos pagar o salário do pecado, que é a morte, e que, por meio desse preço, somos limpos de todos os nossos pecados e podemos entrar no Céu. 
No Antigo Testamento, o fluxo do Rio Jordão foi interrompido e se transformou em terra seca quando os sacerdotes que carregavam a Arca da Aliança entraram na água. Isso permitiu que o povo de Israel cruzasse o rio. Assim foi a remissão dos pecados, dada apenas àqueles que creram no belo evangelho. Foi o evangelho da água e do Espírito que pagou o salário do pecado pela humanidade e nós temos que receber a habitação do Espírito Santo, crendo neste belo evangelho.
 

General Naamã

Naamã, que aparece no capítulo 5 de II Reis, foi um grande e honrado comandante do exército da Síria, que havia salvado seu país de seus inimigos. Ele também era um leproso, que estava destinado a perder tudo em razão da maldição. Mas, mais tarde, ouviu as boas novas de que poderia ser salvo de sua maldição. Foi dito que poderia ser curado, se fosse ver um servo de Deus que vivia em Israel. Foi uma pequena menina, sua serva, que trouxe esta notícia. Ela disse: “Tomara o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria; ele o restauraria da sua lepra”. (II Reis 5:3).
Ele creu nesta notícia e foi para Israel. Quando chegou diante da casa de Eliseu, este enviou um mensageiro para ele dizendo: “Vai, lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne será restaurada, e ficarás limpo”. (II Reis 5:10). Esperando por uma cura miraculosa, Naamã ficou furioso e decidiu voltar para seu país. Contudo, por causa do pedido de sua serva e de seus oficiais, obedeceu a Eliseu e mergulhou seu corpo inteiro por sete vezes no Rio Jordão. Lá, sua carne foi restaurada, tornando-se mais uma vez como a pele de uma criança.
Da mesma forma, sabemos que, para sermos perdoados por todos os nossos pecados, devemos renegar nossos próprios pensamentos e aceitar o que está escrito na Bíblia, então receberemos as bênçãos. Quem quiser ser salvo, deve obedecer a Palavra de Deus e acreditar completamente nela.
A Bíblia diz que todos os pecados do mundo foram lavados pelo evangelho do batismo de Jesus e Seu sangue. Não devemos pensar da mesma forma que o desobediente Naamã. Não podemos ser limpos de nossos pecados sem o evangelho da água e do Espírito. Portanto, a fim de sermos perdoados de todos os nossos pecados, devemos crer nesse evangelho. Assim como Naamã tornou-se limpo, mergulhando seu corpo sete vezes na água, nós cremos que podemos ser limpos de nossos pecados, crendo no belo evangelho do batismo de Jesus, crucificação e ressurreição. Nós devemos crer neste belo evangelho assim como nos foi dado por Jesus.
Este milagre no Rio Jordão presenteou todos os descendentes de Adão com a bênção que cortou todos os pecados e o julgamento. Toda a humanidade foi expulsa do Jardim do Éden porque Adão e Eva pecaram, após serem tentados por Satanás. Contudo, o evento do Jordão foi o belo evangelho, que leva toda a humanidade a retornar ao Jardim do Éden.
 

O Evento do Rio Jordão

A Bíblia guarda as boas novas de que Jesus levou todos os pecados no Rio Jordão. “Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça. Então, ele o admitiu”. (Mateus 3:15). A Bíblia afirma que todos os pecados foram passados para Jesus, quando Ele foi batizado no Rio Jordão. Em outras palavras, o batismo de Jesus foi o evento que cortou as correntes do pecado que prendiam toda a humanidade. Foi assim que Jesus colocou um fim no pecado e mais tarde nos ofereceu a salvação, com Seu sangue na Cruz.
O Rio Jordão foi o rio do batismo que limpou todos os pecados. Nós fomos capazes de cumprir a Lei de Deus que diz: “Porque o salário do pecado é a morte”. (Romanos 6:23).  Mas cumprimos porque Jesus pagou o salário, sendo batizado no Rio Jordão e morrendo na Cruz. Este é o belo evangelho que nosso Senhor Jesus deu à humanidade.
Todos os pecados da humanidade continuaram desde Adão, mas pararam com o batismo de Jesus no Rio Jordão e com o Seu sangue na Cruz. Nenhum pecado restou graças ao batismo de Jesus. Que bênçãos maravilhosas são estas boas novas! Crendo neste belo evangelho, somos salvos do pecado, somos purificados de todos os nossos pecados e nos tornamos santificados na Lei redentora de Deus. O batismo de Jesus e o sangue na Cruz são o evangelho que salva a humanidade. Nós devemos realmente crer nisto. Diz o Senhor: “e tudo o que não provém de fé é pecado”. (Romanos 14:23). Da mesma forma, só somos abençoados quando cremos no belo evangelho.
Você ainda tem pecados em seu coração, apesar de todos terem sido passados para Jesus, quando foi batizado por João? Jesus levou todos os pecados do mundo. Você deve aceitar o que está escrito na Bíblia. Apenas o evangelho do batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz podem tirar os seus pecados, te salvar da morte e de todas as outras maldições. Batizar significa “ser lavado, ser imerso, ser enterrado, transferir, ser transferido”.
Toda a humanidade pode ser perdoada por seus pecados, crendo neste belo evangelho dado por Jesus. É por isso que Jesus denominou-se “o caminho para o Céu”. Nós só podemos entrar no Céu e ter a vida eterna crendo Nele. Ele é o nosso Senhor, que nos deu a habitação do Espírito Santo. Nós estamos isentos de todo o julgamento por nossos pecados, crendo em Seu batismo e sangue.
A maldição terminou e o rio se tornou seco, porque os sacerdotes que carregavam a Arca da Aliança pisaram na água pela fé. Este foi o plano de Deus, que foi cumprido pelo batismo de Jesus e Seu sangue. Este é um belo evangelho. Esta foi a Lei da salvação e sem isso a nossa salvação seria impossível. Aqueles que creem no belo evangelho podem agora cruzar o Rio Jordão e entrar na terra de Canaã. A água completamente seca significa que todos os pecados do mundo foram transferidos para Jesus e Ele foi julgado por nós. Este é o evangelho que nos dá a habitação do Espírito Santo.
 Deus, que criou a humanidade, sabe que a média do QI das pessoas está entre 110 e 130 pontos. Portanto, Ele não poderia complicar a verdade sobre receber o Espírito Santo. Deus levou todos os pecados da humanidade por meio do batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz. Ele tornou possível receber o Espírito Santo por meio da fé no evangelho da água e do Espírito, para que todos pudessem conhecê-Lo. Você também receberá a habitação do Espírito Santo, crendo neste belo evangelho da água e do Espírito.
Segundo o que está escrito na Bíblia, não podemos receber o Espírito Santo apenas por meio de orações de arrependimento. As pessoas pensam que Ele é algo dado quando fazemos muitos tipos de orações. Contudo, isto simplesmente não é verdade. O Espírito Santo é dado para aqueles que creem no belo evangelho, para fazê-los filhos de Deus. Este dá o Espírito Santo àqueles que creem no belo evangelho, para assegurar que são Seus filhos.
Se as pessoas creem em Jesus, mas não conhecem ou creem neste evangelho, não podem estar confiantes no fato de que todos os seus pecados foram passados para Ele. Portanto, todas as pessoas devem conhecer e crer que o batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz é o belo evangelho que levou os seus pecados.
Quem deu testemunho de que Jesus levou todos os pecados do mundo? João Batista deu testemunho. Jesus foi batizado por João e levou todos os pecados do mundo, sendo este o plano de Deus. (Levítico 4:13-21, 16:1-30). Quem cumpriu este plano? Jesus cumpriu. Quem finalmente garantiu o cumprimento deste plano? O Espírito Santo. Deus, na Trindade, completou a remissão dos pecados com o batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz, para nos fazer Seus filhos. O Espírito Santo habita dentro de nós e garante que fomos salvos de todos os nossos pecados, quando Jesus cumpriu o plano de Deus.
As coisas deste mundo parecem estar complicadas? E quão confusos estão os seus pensamentos? Não se pode crer neste belo evangelho, a menos que a pessoa desista de seus próprios pensamentos. As doutrinas do Cristianismo de hoje, que muitas pessoas creem, é que “o pecado original foi transferido, mas os pecados atuais e diários são perdoados quando oramos em arrependimento”. Contudo, isto está bem longe de ser completamente verdadeiro; na verdade, este é um falso evangelho. Se você crer assim, não poderá entender a Bíblia do início ao fim e, com o passar do tempo, experimentará cada vez mais dificuldades em seguir a Jesus. É por isso que, entre os cristãos, muitos são aqueles que creem em diferentes evangelhos e em um Deus diferente.
Algumas pessoas dizem que recebem a habitação do Espírito Santo pela “oração”. Parece plausível, mas a Bíblia afirma que o Espírito Santo veio sobre Jesus como uma pomba, quando Ele foi batizado e saiu da água. Este é o verdadeiro evangelho e o Espírito Santo vem sobre aqueles que creem nele.
Além disso, algumas pessoas dizem que recebem o Espírito Santo oferecendo orações de arrependimento. O Espírito Santo é dado quando as pessoas simplesmente imploram por perdão? Deus é justiça. O Espírito Santo não vem apenas porque Ele tem pena das pessoas. Não importa o quanto a pessoa chore ou ore, o Espírito Santo não pode vir sobre eles. Ele vem sobre aqueles que creem que Deus, que cumpriu Seu plano para salvá-los. Você deve ter em mente que não pode receber o Espírito Santo apenas clamando ou orando. O Espírito Santo é independente da vontade humana. 
Mesmo as decisões históricas da humanidade neste mundo podem ser mudadas, mas o belo evangelho e a lei da habitação do Espírito Santo são imutáveis; por isso, elas nunca poderão ser mudadas. Se as pessoas não entendem o belo evangelho, é muito difícil para elas voltarem para a verdadeira prática de fé. É por esta razão que muitas pessoas não podem receber a habitação do Espírito Santo. Quão humilhado você ficaria se acreditasse em Jesus, mas fosse destruído só porque não conhece o belo evangelho da água e do Espírito? A Bíblia diz que, para algumas pessoas, o belo evangelho de Jesus é uma pedra de tropeço e uma rocha de ofensa.
Se você entender o mistério do batismo de Jesus por João, também pode ser perdoado de seus pecados e ter a habitação do Espírito Santo. Ele salvou todos os pecadores ao ser batizado e morrer na Cruz. A redenção que Jesus nos deu foi um método justo de salvação. Ele tornou-se o verdadeiro Salvador de todos os pecadores e confirmou a habitação do Espírito Santo.
 

Apenas se você crer nisso!

Está gravado no Velho Testamento que, quando os sacerdotes molharam seus pés na beira das águas do Rio Jordão, o rio tornou-se terra seca. Já era maravilhoso o suficiente que a água tivesse parado, mas outros milagres estavam para acontecer. O que é mais incrível é que o rio se tornou terra seca. O incidente serviu como uma garantia da salvação de Deus, que leva à remissão dos pecados por meio do batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz. A terra seca representa o modo como todos os pecados do mundo seriam perdoados, graças ao batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz. Todos os pecados vieram de Adão para toda a humanidade, mas a maldição do julgamento foi quebrada com o batismo de Jesus. Agora, tudo que precisamos fazer é ser perdoados por nossos pecados, tendo fé e recebendo a habitação do Espírito Santo. Você crê na bela verdade, que Jesus levou todos os pecados por meio de Seu batismo no Rio Jordão?
Você deve crer que Jesus Cristo foi batizado para levar todos os pecados do mundo. Além disso, deve também conhecer, entender e crer na importância do batismo de Jesus. Se os sacerdotes não tivessem atravessado o Rio Jordão, o povo de Israel não seria capaz de realizar uma entrada bem sucedida na terra de Canaã. O primeiro passo para entrar em Canaã foi a travessia do Rio Jordão. Portanto, apenas quando nós cruzamos o Rio Jordão com a Arca da Aliança, podemos entrar na terra de Canaã. Isto nos ensina que uma pessoa só pode ser perdoada de seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito.
A Bíblia diz que o batismo de Jesus foi obra de Deus. Isto também aconteceu em relação aos sacerdotes. Assim como a água do Rio Jordão parou quando os sacerdotes pisaram na água, as pessoas do mundo são salvas de seus pecados crendo neste evangelho.
A habitação do Espírito Santo é baseada na fé neste belo evangelho. O batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz irão te levar a receber o perdão dos pecados e o Espírito Santo. Este belo evangelho da água e do Espírito é indispensável para se obter a habitação do Espírito Santo.