The New Life Mission

Sermões

Assunto 21: O Evangelho segundo MARCOS

[Capítulo 4-2] (Marcos 4:10-20) Que Tipo de Coração é uma Boa Terra?

(Marcos 4:10-20)
“Quando Jesus se achou só, os que estavam junto dele com os doze o interrogaram acerca da parábola. Ele lhes disse: A vós é dado saber os mistérios do reino de Deus, mas aos que estão de fora todas estas coisas se dizem por parábolas, para que
‘Vendo, vejam, e não percebam,
E ouvindo, ouçam, e não entendam;
Para que não se convertam,
E lhes sejam perdoados os pecados.’
Então Jesus lhes disse: ‘Não percebeis esta parábola? Como, pois, entendereis todas as parábolas? O que semeia, semeia a palavra. Os que estão junto ao caminho são aqueles em quem a palavra é semeada. Tendo-a eles ouvido, vem logo Satanás, e tira a palavra que foi semeada nos seus corações. Da mesma sorte os que recebem a semente em solo rochoso, os quais, ouvindo a palavra, logo com prazer a acolhem. Mas não tendo raiz em si mesmos, são de pouca duração. Sobrevindo a tribulação ou a perseguição por causa da palavra, imediatamente se escandalizam. Os outros são os que recebem a semente entre espinhos, os quais ouvem a palavra, mas os cuidados deste mundo, os enganos das riquezas, e as demais ambições, entrando, sufocam a palavra, ficando ela infrutífera. Os que recebem a semente em boa terra são os que ouvem a palavra e a recebem, e dão fruto, um a trinta, outro a sessenta, outro a cem, por um.’”
 
 
A leitura da passagem bíblica de hoje descreve a parábola do semeador. Jesus Nosso Senhor falou essa parábola quando muitos estavam em volta, mas Ele só explicou-a em detalhes aos Seus discípulos depois de todos terem ido embora. Que verdade Jesus queria nos revelar através dessa parábola?
Quatro tipos de solos diferentes onde as sementes foram semeadas apareceram na Palavra do Senhor: o solo à beira da estrada, o campo do solo rochoso, o solo dos espinhos e o solo da boa terra. Todos esses solos representam o coração das pessoas.
Primeiro, o que acontece à semente que cai no solo à beira da estrada? Um pássaro pode vir a qualquer hora e devorar essas sementes que caem nele, já que ela não está bem plantada na terra. Do mesmo modo, quando a Palavra de Deus não é aceita de maneira profunda no coração de alguém, Satanás pode vir a qualquer momento e roubar a Palavra que Deus plantou nele.
Segundo, o que acontece às sementes que caíram em solo rochoso? Primeiramente essas sementes começam a criar raízes, mas essa raiz não consegue se aprofundar no solo por causa das duras pedras e logo secam. Isso representa o tipo de coração que aceita no começo a Palavra de Deus com alegria e resiste por algum tempo, mas logo desiste assim que passa por dificuldades, tribulação ou perseguição, que representam as pedras.
A terceira semente é semeada em um solo espinhoso, que representa o tipo de coração que não pode dar frutos apesar de ter ouvido a Palavra de Deus, mas não consegue manter a fé firme na Palavra quando surgem as ambições carnais, os cuidados deste mundo e a tentação das riquezas.
E por último, nosso Senhor falou sobre a boa terra. Àqueles que têm uma fé sincera o Senhor falou esta importante parábola, e você e eu devemos guardá-la sempre em nossa mente quando ouvirmos sobre o evangelho da água e do Espírito.
 
 
A Semente que Caiu à Beira do Caminho Significa a Perda das Coisas Espirituais
 
Podemos encontrar facilmente cristãos que têm um coração como o campo à beira do caminho. Porque eles não crêem na Palavra de Deus mesmo depois de terem ouvindo-a através dos Seus servos, Satanás vem e tira prontamente a Palavra de Deus do seu coração. Então o que a pessoa deve fazer quando os fiéis servos de Deus testemunharem da Sua Palavra? A pessoa deve ouvir e testemunhar da Palavra, e se achar que confere com o que está escrito na Palavra da Verdade, ela deve rapidamente aceitá-la e crer nela. Você deve crer totalmente nessa verdade da salvação em seu coração para finalmente torná-la sua e não perder essa Palavra da vida para Satanás.
Contudo, o que acontecerá se alguém disser: “Eu acho que essa é a verdadeira Palavra de Deus, mas eu tenho que pensar mais nisso porque ela não confere com os ensinamentos do meu pastor”, ou “Essa é definitivamente a Palavra de Deus, mas só vou crer nela depois de procurar na bíblia um pouco mais” mesmo sabendo que o que os servos de Deus testemunharam confere com a Palavra de Deus? Nesse meio tempo, Satanás vai até você e planta dúvida em seu coração, dizendo: “Não, aquilo não é verdade. O que você está dizendo? Você quer dizer que todos os principais do Cristianismo estavam errados? Isto está errado. Você não deve crer dessa forma. Você estará em uma terrível enrascada!” E aqueles que forem enganados por Satanás não poderão tornar sua a Palavra de Deus, e eventualmente perderão essa preciosa Palavra.
Então, quando você encontrar a Palavra de Deus, você deve abrir o seu coração e ouvi-la pela fé. Isso significa que você deve ouvir a Palavra com seus ouvidos e crer nela com o coração. Você tem que saber que Satanás está sempre buscando uma oportunidade para fazer com que você não creia no evangelho da água e do Espírito que o Senhor está pregando.
Nosso Senhor falou essa Verdade claramente para nós. Essa Verdade é a prova de que o Senhor salvou de maneira perfeita a você e a mim de todos os nossos pecados através do evangelho da água e do Espírito. Quando ouvimos a Palavra do evangelho da água e do Espírito que é a Verdade, devemos primeiro passar pelo processo de examinar em nosso coração se esse evangelho é verdadeiro ou não. Devemos examiná-lo na Palavra de Deus, perguntando: “Qual é o verdadeiro evangelho? Eu sou mesmo alguém que pode receber a salvação dos pecados do mundo crendo nesse evangelho da água e do Espírito? Ou eu posso receber a salvação mesmo não crendo nesse evangelho da água e do Espírito? Que tipo de pessoa eu sou realmente diante da presença de Deus?” E se você achar que o evangelho da água e do Espírito é verdadeiro, não deve mais hesitar em crer nele e aceitá-lo em seu coração.
Quando buscamos crer no evangelho da água e do Espírito que é a Palavra de Deus, devemos crer nele baseados mais ainda em Sua Palavra. O nosso coração sincero que busca aprender a verdade na Palavra de Deus nos torna na boa terra que aparece na passagem bíblica de hoje. Quando a boa terra é cultivada em nosso coração, podemos entender claramente a verdade que Deus quer nos dar quando ouvimos a Sua Palavra e temos a firme convicção dela em nosso coração, e não a perdemos para Satanás.
Mesmo depois de crer no evangelho da água e do Espírito, nós devemos ter uma atitude de fé de desejar aprender e depender da Palavra de Deus continuamente. O que acontecerá se pensarmos que não precisamos mais da Palavra de Deus e nos afastarmos dela só porque já cremos no evangelho da água e do Espírito? O que acontecerá se alguém simplesmente viver uma vida espiritual com um limitado conhecimento do evangelho da água e do Espírito sem ter raízes da fé firmemente plantadas na Palavra de Deus, como a semente que não criou raízes por causa do solo pedregoso? Indubitavelmente perderemos a nossa fé que crê nessa preciosa Palavra de Deus, que é mais preciosa que a nossa vida.
Por que isso acontece?
As dificuldades vêm sobre nós enquanto levamos nossa vida espiritual, como está escrito na Palavra de Deus. Eu estou dizendo que as dificuldades, as perseguições, as tentações e os inimigos vêm sobre nós que queremos seguir o Senhor. Nós não poderemos vencer essas dificuldades e até deixaremos a Deus quando passarmos por essas situações, se não tivermos fé e um profundo conhecimento da Palavra, especialmente se nós não tivermos um profundo conhecimento do evangelho da água e do Espírito, que é a Verdade. Conseqüentemente, perderemos nossa fé que crê na justiça de Deus. O Senhor se refere a essas pessoas como aqueles que são como o solo pedregoso ou o campo à beira do caminho. Eu sei que você e eu não devemos nos tornar como essas pessoas. E devemos também tomar cuidado e ser cautelosos com relação às pessoas que têm esse coração.
Apesar de agora você e eu crermos no evangelho da água e do Espírito, existem ainda muitas pessoas que não conhecem o evangelho da água e do Espírito nesse mundo. Para pregarmos corretamente o evangelho da água e do Espírito para essas pessoas, devemos gravar mais profundamente em nosso coração a Palavra que o Senhor nos disse. Você e eu devemos nos tornar em pessoas de fé cujas raízes têm se enraizado profundamente em nosso coração. Através da Palavra de Deus devemos crer com um profundo entendimento sobre a nossa natureza pecaminosa, a justiça de Deus e sobre o Seu julgamento (João 16:8-11). Nós sabemos claramente que tipo de pecadores nós éramos diante da presença de Deus, como Deus amou e salvou a nós que éramos pecadores, de todos os pecados do mundo pelo evangelho da água e do Espírito e nos fez Seus filhos perfeitos, e temos que pregar isso da maneira certa às pessoas do mundo.
Porque o ser humano nasceu em pecado, todas as pessoas deste mundo devem receber a remissão dos pecados de seu coração crendo no evangelho da água e do Espírito dado por Deus. Se não crermos nesse evangelho da água e do Espírito na presença de Deus, teremos que viver com nossos pecados e seremos condenados por eles. Somente aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito é que podem receber a remissão dos seus pecados, as bênçãos eternas do Senhor e se tornarem filhos perfeitos de Deus. É por isso que você e eu temos que conhecer a vontade de Deus, aplicá-la em nossa vida e segui-la pela fé no evangelho da água e do Espírito com humildade no coração. E por essa fé, temos que lutar contra o diabo que tenta nos vencer e nos fazer tropeçar crendo nas mentiras e na falsa fé criada por ele. Nós temos que nos humilhar diante da Palavra de Deus que declara que o evangelho da água e do Espírito é a única verdade; e também temos que seguir o Senhor tendo fé somente nessa Palavra. Além disso, temos que ser crentes que saibam reconhecer com toda coragem “que o que é certo, é certo” e “o que é errado, é errado” segundo a Palavra de Deus. As Escrituras recomendam que os crentes sejam “nobres de caráter” (Atos 17:11).
Você e eu que cremos no evangelho da água e do Espírito temos que fazer com que nossa fé seja muito mais formidável nos apegando somente à Palavra de Deus e tendo essa Palavra como a força que nos guia. Nós não podemos entender a vontade e a verdade de Deus e segui-Lo fielmente só porque não conhecemos este evangelho. A fé que não depende da Palavra de Deus não é uma fé madura, mas imatura. Se você ainda tem uma fé imatura e enfrenta muitas dificuldades por causa dela, você tem que saber que precisa ter um conhecimento e um entendimento claro da Palavra de Deus, ainda mais nesses dias. Se sua fé não estiver enraizada corretamente, você acabará caindo espiritualmente no final. É por isso que a minha e a sua fé tem que crescer, assim como o nosso conhecimento e entendimento da Palavra de Deus.
 
 
Algumas Sementes Caíram no Solo Espinhoso
 
Aqueles que têm um coração como um solo espinhoso não podem colher frutos, apesar de crerem na Palavra de Deus, pois os cuidados deste mundo, as tentações materiais e a ganância carnal entraram no seu coração e os impediram de ter fé na Palavra de Deus. Em outras palavras, isso significa que eles não podem crer na Palavra do Senhor corretamente, pois estão muito preocupados com o mundo. Apesar de ouvirem a Palavra de Deus e crerem nela, essas pessoas não fazem isso corretamente porque seu coração está nas coisas do mundo e elas estão muito preocupadas com sua vida. Por causa do seu coração enganoso que está voltado para as coisas do mundo, elas não aceitam a Palavra de Deus corretamente e não se apegam ao Senhor com firmeza.
É claro, nossa ganância carnal luta contra a nossa fé, e embora tenhamos fé na Palavra de Deus, nós somos seres imperfeitos e carnais. Quando esses desejos surgem dentro de nós é que começamos a pensar: “Por que não há muitas pessoas que conhecem esse evangelho da água e do Espírito? Será que isso quer dizer que todas as pessoas que vivem neste mundo não conhecem o evangelho da água e do Espírito? Será que eu faço parte de um grupo pequeno de pessoas que crê no evangelho da água e do Espírito? Se isso é verdade, eu então serei perseguido por aqueles que não crêem neste evangelho e até serei chamado de herético. Assim eu estaria perdendo, não é verdade?” No entanto, eu sei que essa não é a fé correta, O Senhor disse que um coração assim é como um solo espinhoso, não uma boa terra. O estado do seu coração será como um solo espinhoso se você se afastar da Palavra de Deus por pensar assim: “Como é que eu posso viver neste mundo crendo no evangelho da água e do Espírito? Meu relacionamento com as outras pessoas não será rompido se eu crer neste evangelho? Será que eu terei perdas materiais neste mundo e algo terrível acontecerá comigo por causa da minha fé? A Palavra do evangelho da água e do Espírito parece ser a verdade, mas será que eu não estarei perdendo se crer nela?” Se isso acontecer com alguém, essa pessoa estará numa condição em que não poderá aceitar a Palavra de Deus em seu coração.
Um coração assim é como um solo espinhoso, um solo pedregoso, um solo à beira do caminho que não aceitará a Palavra de Deus exatamente como ela é quando ouvi-la, mas somente como uma teoria. O coração que é como um solo espinhoso é aquele que acha que não tem nada mais a aprender sobre o evangelho da água e do Espírito, por já tê-lo aceitado em seu coração. Há pessoas neste mundo que só estão interessadas na prosperidade material, apesar de crerem no evangelho da água e do Espírito. Essa palavra se aplica àqueles cujo coração é um solo espinhoso. Eles não podem ser salvos dos seus pecados, pois não têm uma fé firmada na Palavra de Deus. Eles ouvem a Palavra de Deus como as outras pessoas, mas não podem escapar totalmente dos seus pecados e receber a salvação porque ouvem a Palavra de Deus, mas não se apegam a ela da maneira correta em seu coração.
Você precisa receber a remissão de pecados no seu coração crendo no evangelho da água e do Espírito, que é a justiça do Senhor. Isso se você quiser crer no Senhor que te salvou dos pecados do mundo e segui-Lo. E mesmo que você já creia nele, você não deve se sentir orgulhoso por isso, mas sim, continuar sempre afirmando que recebeu a remissão dos seus pecados através da Palavra de Deus. Você não pode seguir o Senhor fielmente sem ter fé no evangelho da água e do Espírito e ter também uma forte convicção dessa fé.
Além disso, para seguir o Senhor fielmente, você e eu não podemos permitir que nada deste mundo interfira na nossa fé em Deus, e sim rejeitar tudo isso. Quando Jesus disse a Pedro e ao seu irmão André: “Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens” (Mateus 4:19), ambos deixaram suas redes e O seguiram. Para estes dois homens que eram pescadores, as redes eram algo muito valioso que estava diretamente ligado ao seu meio de sobrevivência, mas eles as deixaram porque tinham plena convicção de que Jesus tinha algo muito mais valioso para eles do que suas redes. Amados irmãos, vocês têm que agir assim também. Mesmo que percamos nossa família ou até mesmo o que temos de mais valioso, nós os nascidos de novo que cremos no evangelho da água e do Espírito temos que seguir o Senhor com toda a certeza do nosso coração.
Alguns crentes nascidos de novo podem até pensar assim: “Eu vou receber a remissão de pecados e ir para o Céu crendo na justiça do Senhor sem ter perda alguma. Eu só vou crer no Senhor, receber tudo o que há de melhor, somente bênçãos, e ir para o Céu feliz sem ter nenhuma perda material”. O coração desse tipo de gente é como aquele em que a Palavra de Deus não está bem enraizada. Apesar de possuírem o evangelho da verdade por algum tempo, eles acabam perdendo-o, tropeçando espiritualmente e desperdiçando a Palavra da verdade.
 
 
Você Tem que Ser um Obreiro que Semeia a Semente em Boa Terra
 
O Senhor nos disse que não devemos lançar sementes num solo à beira do caminho, pedregoso e espinhoso. Que tipo de pessoas temos que ser diante de Deus então? Como a boa terra da passagem bíblica de hoje, nós temos que ser pessoas cujo coração é como a boa terra. Como você sabe, a boa terra neste mundo se refere àquela da qual o fazendeiro retirou todas as pedras. Ele então cobriu essa boa terra de sementes para que elas não fossem espalhadas pelo vento forte. Se interpretarmos espiritualmente, isso significa que o coração das pessoas tem que ser preparado de uma maneira perfeita para que elas ouçam a Palavra de Deus.
Confúcio disse que não teremos arrependimento algum se morrermos à noite entendendo o caminho da manhã. Isso significa que se um pecador conhecer o caminho do Reino dos Céus, ele não terá nenhuma ganância nas coisas deste mundo e não se importará de perder tudo o que possui aqui. Nós temos que ser pessoas que consideram preciosas as coisas de Deus e não se apegam às coisas deste mundo. Somente pessoas assim é que podem plantar sementes em uma boa terra e colher preciosos frutos. Somente pessoas assim é que podem realmente ser salvos dos seus pecados e entrar no Reino de Deus aceitando a Sua Palavra de uma maneira perfeita em seu coração.
Como eu já expliquei antes, o solo espinhoso se refere àquele que é ganancioso e só se preocupa com as riquezas materiais: o solo pedregoso se refere àquele que tropeçou espiritualmente porque a raiz da sua fé não estava bem fincada: e o campo à beira do caminho se refere àquele no qual Satanás veio e devorou a Palavra que foi dada a ele. Quem planta a semente no nosso coração, ou seja, Aquele que semeia a Palavra é o Filho do homem e este Filho do homem é Jesus Cristo. Jesus Cristo é o Senhor que veio a esta terra como Filho de Deus e também como o nosso Salvador para nos salvar. Aquele que aceita a Palavra de Deus e a recebe em seu coração é salvo pelo Senhor, mas aquele que não faz isso não pode ser salvo. Hoje, Jesus quer nos ensinar essa verdade através da parábola do semeador.
Jesus contou essa parábola aos Seus discípulos em detalhes, e também nos contou a verdade que vem do Céu. O Senhor disse que aquele que planta a semente na boa terra, colhe o fruto a 30, 60, 100 vezes mais. Mas para que o solo seja bom, nós não devemos nos preocupar com o lucro e com as perdas quando ouvimos a Palavra de Deus, e sim aceitá-la simplesmente em nosso coração.
Aqueles que receberam a remissão de todos os seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito são muito diferentes daqueles que não crêem na Palavra de Deus. Eles têm um coração que crê e segue a Palavra de Deus da maneira certa. Nunca poderemos receber a salvação dos nossos pecados se a nossa fé não for pura como o evangelho da água e do Espírito. Você e eu não somos nada se não pudermos entender a Palavra de Deus que veio pelo evangelho da água e do Espírito. A fim de que creiamos em Deus corretamente e recebamos a salvação, primeiro devemos ouvir a correta Palavra de Deus dos Seus servos que conhecem o evangelho e pregam devidamente essa Palavra. Veja se o pregador que você conhece está pregando a Palavra de Deus dessa forma. E se o pregador prega o evangelho da água e do Espírito, a Palavra de Deus, exatamente como ela é, sem buscar seus interesses próprios, então você deve crer nele na hora com seu coração.
Você não deve tentar entender a Palavra de Deus só de uma maneira religiosa e nem aceitá-la como forma de conhecimento. Alguém assim é como um solo rochoso ou um solo à beira da estrada. Definitivamente a pessoa deve conhecer o evangelho da água e do Espírito se quiser se tornar numa boa terra e colher preciosos frutos, isto é, se alguém quiser receber a verdadeira salvação em seu coração ao crer na Palavra do Senhor. Somente então poderemos conhecer e crer em Deus como o nosso verdadeiro Salvador. Você e eu devemos estar munidos do conhecimento certo da Palavra, crendo nela através do evangelho da água e do Espírito a fim de nos tornarmos pessoas de fé. Devemos continuar com a Palavra do Senhor e deixá-la criar raízes profundas da fé em nosso coração baseados no conhecimento do evangelho da água e do Espírito.
Está escrito nas Escrituras: “O Verbo se fez carne, e habitou entre nós” (João 1:14). Como diz o texto, devemos consolidar a Palavra em nosso coração aplicando-a em nossas vidas, ao invés de simplesmente conhecê-la. Devemos sempre conhecer a Palavra de Deus enquanto vivermos nesse mundo através da constante leitura e de sua aplicação em nossas vidas.
 
 
Devemos nos Tornar no Povo que Crê no Evangelho da Água e do Espírito
 
O que devemos fazer para nos unirmos espiritualmente com Jesus Cristo e nos tornarmos um só com Ele? Você deve oferecer o sacrifício da fé que é agradável ao Senhor. As pessoas do Antigo Testamento ofereciam esse sacrifício a Deus pelo método de imposição de mãos sobre a cabeça da oferta de sacrifício e o ofereciam queimando sua carne. Isso era chamado de oferta queimada, e Deus se agradava em receber esses sacrifícios da fé.
Contudo, o motivo desse sacrifício ser realmente importante era “o plano da salvação pelo qual Deus decidiu nos salvar em Jesus Cristo”. Em outras palavras, o sacrifício do Antigo Testamento era o prenúncio de que Jesus voltaria no futuro. Deus enviou Seu Filho Jesus Cristo a este mundo para nos salvar, e esse Jesus nos salvou tomando todos os nossos pecados sobre Si através do batismo de João Batista, ao morrer na cruz e ao ressuscitar dos mortos. Como eu disse antes, todos esses ministérios da salvação que o Senhor realizou foram profetizados através dos sacrifícios oferecidos a Deus no Antigo Testamento.
A passagem sobre os sacrifícios do Antigo Testamento estão descritos em detalhes no livro de Levítico capítulo 16. Através dessa Palavra, veremos como esses sacrifícios oferecidos a Deus eram feitos no Antigo Testamento. Naquele tempo, a pessoa que era responsável pelo sacrifício do Dia da Expiação era chamada de sumo sacerdote, e para ele entrar no Lugar Santo para receber a remissão de seus pecados e dos pecados de sua família, ele primeiro tinha que lavar seu corpo totalmente e colocar vestes de linho e as vestes sagradas do sumo sacerdote. E então ele oferecia o sacrifício de expiação pelos seus pecados e pelos pecados de sua família ao oferecer um touro como oferta de sacrifício. Ele tinha que fazer isso indo até o Lugar Santo com o sangue da oferta de sacrifício e queimar incenso. Ele tinha que pegar uma parte sangue do touro e aspergi-lo com seus dedos sobre o propiciatório do lado oriente, e diante do propiciatório ele tinha que aspergir um pouco de sangue com seus dedos por sete vezes. Para apagar os seus pecados e os da sua família ele tinha que passar esses pecados para a oferta de sacrifício e oferecê-la a Deus. No princípio, nós que cometíamos pecado teríamos que morrer, mas quando o touro recebia a imposição de mãos e morria em nosso lugar, Deus aprovava esse sacrifício e recebia o pagamento pelos pecados do homem através do touro.
O sumo sacerdote também preparava dois bodes como oferta de sacrifício para o Dia da Expiação a fim de apagar todos os pecados dos israelitas. Eles recebiam a remissão de pecados quando o sumo sacerdote oferecia um bode diante da presença de Deus e o outro diante do povo. O sumo sacerdote pegava o primeiro bode e o oferecia como oferta queimada, igual como o fazia com o touro: ele impunha as mãos sobre a cabeça do bode, cortava sua garganta e tirava o seu sangue. Segundo o cerimonial de sacrifício descrito no livro de Levítico no Dia da Expiação, o sumo sacerdote acendia o incenso e aspergia o sangue do bode sobre a tampa do propiciatório no Lugar Santo dos Santos. Então ele saía e iniciava o ritual para apagar os pecados de todo o povo de Israel.
Depois ele trazia o segundo bode e impunha as mãos sobre sua cabeça diante de todo o povo para passar todos os pecados dos israelitas para o bode expiatório. Após passar os pecados para o bode expiatório, ele entregava o bode para uma pessoa designada que o levava para longe no deserto e o deixava lá. O bode expiatório que era deixado no deserto sem água nem grama, eventualmente morria perambulando por um tempo com todos os pecados do povo de Israel sobre si. Um ano inteiro de pecado de todos os israelitas eram completamente passados para a oferta de sacrifício pelo sumo sacerdote através desse método de oferecer oferta queimada.
Eu falei para vocês sobre esse complexo método de sacrifício do Antigo Testamento por causa da seguinte razão: o sacrifício do Dia da Expiação no Antigo Testamento é o mesmo do evangelho da água e do Espírito que cremos agora. Deus apagava um ano de pecado dos israelitas através do sacrifício do Dia da Expiação durante o Antigo Testamento, e da mesma forma Deus deu eternamente a remissão de todos os nossos pecados na época do Novo Testamento ao receber Jesus Cristo que veio a este mundo em forma humana como o Cordeiro de Deus. Deus falou sobre isso no livro de Hebreus capítulo 9, versículos 11-12, como está escrito: “Mas Cristo, tendo vindo como sumo sacerdote dos bens já realizados, por meio de um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação, e não por meio de sangue de bodes e bezerros, mas pelo seu próprio sangue, entrou no Santo dos Santos, uma vez por todas, havendo obtido uma eterna redenção.” Hebreus capítulo 10 também fala que o sacrifício do Dia da Expiação era o prenúncio das boas novas que viriam, isto é, do sacrifício eterno pelos pecados por Jesus Cristo. Assim a bíblia diz: “Nessa vontade é que temos sido santificados pela oferta do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez por todas” (Hebreus 10:10).
Jesus que veio a este mundo e salvou a você e a mim do pecado foi profetizado desde o seu nascimento no Antigo Testamento. Leia em Isaías 7:14. Está escrito: “Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: A virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel”. Jesus que veio a este mundo assim para a predestinada salvação de Deus levou os pecados do mundo recebendo o batismo de João Batista, derramando Seu sangue e morrendo na cruz assim como a oferta de sacrifício recebia os pecados por imposição de mãos no Antigo Testamento.
Na hora que Jesus recebeu o batismo, a voz de Deus foi ouvida, dizendo: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mateus 3:17). Essa Palavra significa: “Aquele que recebeu o batismo de João Batista é o Meu Filho, e Ele levou todos os seus pecados de uma só vez. E o Meu Filho levará os seus pecados para a cruz, derramará Seu sangue e morrerá na cruz. Então Ele ressuscitará dos mortos e viverá novamente. Meu Filho os salvou de maneira perfeita”. Todos os pecados do mundo passaram para Jesus através do batismo de João Batista. Como João Batista que batizou Jesus sabia disso, ele pôde dizer: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (João 1:29).
Sim! Nosso Senhor tomou todos os pecados do mundo sobre Si ao receber o batismo de João Batista, que era o representante de toda a humanidade e um dos descendentes de Arão, o sumo sacerdote. Todos os nossos pecados passaram para Jesus quando Ele recebeu o batismo de João Batista e o Senhor levou todos esses pecados para a cruz. Um pouco antes de morrer na cruz, o Senhor disse: “Está consumado!” O que Ele consumou? Isso significa que o Senhor cumpriu todas as promessas de tomar nossos pecados sobre Si através do batismo, do derramar da água e do sangue na cruz ao morrer em nosso lugar, e ao ressuscitar dos mortos e se tornar nosso Salvador.
Porque Jesus pagou completamente todo o preço por nossos pecados pelo evangelho da água e do Espírito em nosso lugar, Deus disse: “Ora, onde há remissão destes, não há mais oferta pelo pecado” (Hebreus 10:18). Você e eu devemos compreender inteiramente essa Palavra. Agora nós devemos tentar nos tornar pessoas justas guardando a lei, reconhecendo os nossos pecados e a nossa natureza pecadora através dessa lei, sabendo que tipo de pessoa nós somos diante da presença de Deus. Eu estou dizendo que devemos primeiro admitir quem somos através da lei de Deus, e também saber o que Jesus Cristo fez por nós e o quanto Ele nos ama porque cremos nEle.
Embora tenhamos nascido como pecadores devido ao pecado que Adão cometeu no começo, nos tornamos justos novamente por causa da obediência de Jesus como propiciação por toda a humanidade, como está escrito: “Pois como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos” (Romanos 5:19). Isso significa que nunca nos tornaremos pecadores novamente se crermos em Jesus Cristo como nosso verdadeiro Salvador. Não somos mais pecadores, porque todos os nossos pecados passaram para Jesus Cristo. Você precisa entender e crer profundamente na salvação que o salvou de todos os seus pecados. Devemos aceitar a Palavra de Deus exatamente como ela é em nossos corações. Devemos cultivar um solo limpo, puro e bom como o evangelho da água e do Espírito do Senhor, o qual apagou todos os nossos pecados e recebeu o julgamento em nosso lugar, e plantar a Palavra do Senhor nesse solo.
É absolutamente impossível negarmos os nossos pensamentos carnais com nossa própria força. Devemos depender somente da fé que crê na Palavra de Deus a fim de vencer a vaidade da carne. Conseqüentemente teremos uma mudança em nosso coração egoísta quando ouvirmos a Palavra de Deus e pensarmos: “Isto está certo ou errado? Essa é a Palavra de Deus ou não?” e então aceitarmos a Palavra de Deus se ela for verdadeira, pensando: “Eu também devo seguir a Palavra”. O coração carnal que é egoísta não pode ser quebrado só porque a pessoa tenta fazê-lo com sua própria vontade. Sabendo disso, o Senhor disse: “Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-Me” (Mateus 16:24). Devemos seguir essa Palavra para seguirmos ao Senhor porque essa é a verdadeira Palavra de Deus e aquilo que o Senhor requer que nós creiamos. Além disso, devemos mesmo fazer isso porque essa é a coisa certa a fazer. Embora pareça algo pequeno, nós passamos a receber a bênção e o amor do Senhor quando aceitamos a Palavra de Deus pela fé. Você também poderá saber que Deus dá a fé e o Espírito Santo e ensina a verdade da purificação dos pecados pelo evangelho da água e do Espírito enquanto você leva uma vida espiritual segundo a Palavra de Deus. O Espírito Santo lhe dá forças e alegria quando você vence esse coração egoísta pela Palavra de Deus. O Espírito Santo então dá força e encorajamento a sua alma por você fazer a coisa certa.
As pessoas que amam cães os abraçam, os beijam e brincam com eles. E durante esse processo o cão sente que o dono o ama e por isso ele é leal a ele e deseja sempre estar com ele. Uma pessoa que sente surgirem suas fraquezas e dificuldades, mas também experimenta a alegria abundante e a felicidade através do evangelho da água e do Espírito em sua vida espiritual também é assim. Ela que conhece e crê no evangelho da água e do Espírito pode sentir sua fé crescendo gradativamente enquanto se compara com alguém que tem fé mas desconhece esse verdadeiro evangelho, e pode também avaliar qual fé é a correta. Isso significa que a fé dessa pessoa que segue ao Senhor se torna ainda mais excelente através dos vários tipos de experiências, inclusive a de negar seus próprios pensamentos com a Palavra de Deus quando eles surgem em seu coração, depois elas quebram esse coração e se unem a Deus novamente, e assim por diante.
O coração de todo ser humano é fraco, mas haverá um dia em que as pessoas o dominarão completamente. As pessoas precisam decidir se vão para o mundo ou vão ficar com o Senhor e segui-Lo. E mesmo que o Senhor não nos obrigue a fazer isso, haverá um dia em que teremos que tomar essa decisão. Mas é claro que a decisão que temos que tomar é a de seguir ao Senhor. O que acontece quando seguimos o Senhor? Nós temos que analisar isso na Palavra de Deus e tomar uma decisão sábia, ou seja, escolher o caminho que nos leva a seguir o Senhor. Às vezes nós enfrentamos muitas dificuldades quando procuramos viver tendo uma fé correta. Todavia, passar por essa situação difícil é algo totalmente necessário para mim e para você. Nós só aprendemos como nossa força é insuficiente para nos manter no justo caminho quando estamos em dificuldade; é aí que dependemos mais ainda da Palavra do Senhor. Pois assim nossa fé em Deus é mais fortalecida do que antes. Assim como o pó se acumula nos móveis, o mesmo acontece com a nossa fé. Nós temos que desfrutar do prazer que é viver em Cristo assim.
Nós temos que ser uma boa terra para que possamos seguir o Senhor corretamente. A atitude do nosso coração deve ser aquela que aceita a Palavra exatamente como ela é, a verdadeira Palavra de Deus, sem querer ganhar nada em troca. O resto então fica por conta de Deus. Nós só temos que crer que a Palavra de Deus é verdadeira e aceitá-la de todo o coração. Quando fazemos isso, a Palavra de Deus toma conta de nós, nos ensina e nos guia pelo justo caminho. Deus nos guia pelo caminho que Lhe agrada.
Amados irmãos, o Senhor está nos dizendo que essa é a hora que devemos nos tornar uma boa terra. Você e eu temos que preparar nosso coração para aceitar a Palavra de Deus corretamente, nós temos que ser pessoas que aceitam a Palavra de Deus imediatamente, quer ela esteja de acordo com nossos pensamentos ou não. Aí então o Deus Todo-poderoso nos guiará pelo caminho que é mais correto. Ele pode conduzir tudo em nossa vida – nosso coração, nossos pensamentos e as circunstâncias – porque Ele é o Deus Todo-poderoso e a verdade.
Mas o que acontecerá se o nosso coração não estiver preparado? Nosso Senhor não pode fazer nada por nós se não estivermos preparados para aceitarmos a Palavra de Deus no coração e também não quisermos fazer isso. O justo Senhor não pode nos obrigar a fazer isso porque Ele é nobre de caráter. No entanto, o mínimo que temos que fazer é preparar o nosso coração para receber a Palavra de Deus. Se nos prepararmos para receber a Palavra de Deus em nosso coração, Deus fará de nós os justos que receberão as bênçãos de Abraão.
Você e eu não temos com que nos preocupar em relação ao Senhor. Ele cumprirá tudo quando chegar a hora. Deus criou a luz no primeiro dia, separou o firmamento da águas no segundo dia e separou a terra do mar no terceiro dia. A obra do primeiro dia significa receber a remissão de pecados; a obra do segundo dia significa que os nascidos de novo têm que entender a Palavra de Deus e a palavra de Satanás; e a obra de Deus no terceiro dia significa que nossas fraquezas têm que ser reveladas para que possamos dar frutos espirituais.
Segundo essa Palavra, nossas fraquezas não são reveladas no momento que recebemos a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito de coração. Logo depois que recebemos a remissão de pecados, nossos desejos carnais começam a vir à tona como a sujeira que fica no fundo da água, e, conseqüentemente, acabamos vendo que somos esse tipo de gente. Mas apesar de sermos pessoas imperfeitas, nós podemos seguir o Senhor porque temos fé no evangelho da água e do Espírito e cremos nele de coração. Nós somos pessoas de fé que dão frutos espirituais porque crêem em Deus. Como disse o Senhor no quinto dia: “Voem as aves acima da terra, no firmamento do céu”, nós podemos ser os justos que seguem o Senhor pela fé crendo no evangelho da água e do Espírito, apesar de sermos fracos. Você e eu fomos criados conforme a imagem e semelhança de Deus. Portanto, temos que ser iguais a Deus pela fé, pessoas que crêem no evangelho da água e do Espírito.
Amados irmãos, vocês têm que ser essa boa terra do Senhor. Vocês não poderão ser salvos de todos os seus pecados se não se tornarem essa boa terra na qual a Palavra do Senhor pode se enraizar profundamente. Os campos que não são uma boa terra têm que se arrepender. Você já se tornou uma boa terra? Seu coração está pronto para receber a palavra de Deus? Mesmo que você se sinta despreparado, isso não importa. Você só tem que depender de Deus segundo Sua Palavra e fazer parte da Sua igreja. Aí então o Senhor te guiará em todas as áreas da sua vida.