The New Life Mission

Sermões

Assunto 21: O Evangelho segundo MARCOS

[Capítulo 5-1] (Marcos 5:1-20) Um Homem Miserável Condenado à Destruição por Causa de sua Luxúria foi Salvo

(Marcos 5:1-20)
“Chegaram ao outro lado do mar, à província dos gerasenos. Descendo ele do barco, saiu-lhe ao encontro, dos sepulcros, um homem possesso de espírito imundo, o qual morava nos sepulcros, e nem ainda com cadeias o podia alguém prender. Pois tendo sido muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram por ele feitas em pedaços, e os grilhões em migalhas, e ninguém podia subjugá-lo. Andava sempre, de dia e de noite, clamando pelos montes, e pelos sepulcros, ferindo-se com pedras. Quando ele viu a Jesus de longe, correu e adorou-o, clamando em alta voz: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Conjuro-te por Deus que não me atormentes. Pois Jesus lhe dissera: Sai deste homem, espírito imundo. Então Jesus lhe perguntou: Qual é o teu nome? Respondeu ele: Legião é o meu nome, pois somos muitos. E rogou-lhe muito que não os enviasse para fora daquela província. Ora, andava ali pastando pelo monte uma grande manada de porcos. Os espíritos imundos rogaram a Jesus: Manda-nos para aqueles porcos, para que entremos neles. Jesus o permitiu. Saindo aqueles espíritos imundos, entraram nos porcos, e a manada (que era cerca de dois mil), precipitou-se por um despenhadeiro no mar, onde se afogaram. Os que apascentavam os porcos fugiram, e o anunciaram na cidade e pelos campos. Muitos saíram para ver o que havia acontecido. Indo ter com Jesus, viram o endemoninhado, o que tivera a legião, assentado, vestido, em perfeito juízo; e temeram. Os que aquilo tinham visto contaram-lhes o que acontecera ao endemoninhado, e acerca dos porcos. E começaram a rogar-lhe que saísse da terra deles. Ao entrar Jesus no barco, rogava-lhe o que fora endemoninhado que o deixasse estar com ele. Jesus, porém, não permitiu, mas lhe disse: Vai para tua casa, para os teus, e anuncia-lhes quão grandes coisas o Senhor te fez, e como teve misericórdia de ti. Então ele foi, e começou a anunciar em Decápolis quão grandes coisas Jesus lhe fizera. E todos se maravilhavam.”
 
 
Saudações a todos!
Na passagem bíblica que todos lemos juntos hoje está escrito que um certo homem que estava possesso de um espírito imundo foi curado e salvo quando se encontrou com Jesus. Quando Jesus cruzou o mar em um barco e chegou à província dos gerasenos, Ele foi até um homem que andava no meio dos sepulcros. Ele estava morando em meio aos sepulcros porque ele estava possesso por um espírito imundo. Embora ele tivesse sido preso com grilhões e cadeias muitas vezes, ele sempre as quebrava e ninguém conseguia mais prendê-lo. Sem a proteção de alguém, esse homem vivia clamando e cortando a si mesmo com pedras por causa dos espíritos imundos que o possuíam, mas essa alma foi curada quando se encontrou com Jesus. Nosso Senhor expulsou os demônios dele e restaurou a sua sanidade, tornando possível ele ter uma vida normal novamente. Esse episódio não mostra somente o poder miraculoso de Jesus em expulsar demônios, mas Jesus nos fala através disso sobre a nossa própria natureza humana.
 
 
Como Era a Nossa Natureza Anterior?
 
Nesse mundo de hoje, há muitas pessoas que não foram salvas dos seus pecados por não crerem na palavra do evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor. Como seu coração permanece cheio de pecado, eles são governados pelos espíritos maus ao invés de serem guiados pelo Espírito Santo, e por causa disso eles também passam por muito sofrimento. Como o homem endemoninhado da passagem bíblica de hoje, eles fazem o mal contra sua própria vontade por causa dos demônios que estão em seu coração, e também estão presos pelos falsos ensinamentos das muitas religiões deste mundo e por isso sua alma está ainda mais empobrecida. Mas nenhuma doutrina de qualquer religião neste mundo pode expulsar esses demônios e os pecados que estão em seu coração. Nenhuma crença, independente de qual seja, pode tirar os pecados de alguém ou restaurar a sua alma. Hoje o Senhor está nos dizendo que somente o evangelho da água e do Espírito dado por Ele pode quebrar a cadeia do pecado. O homem endemoninhado que por causa da sua loucura se batia entre os sepulcros é o reflexo da velha criatura que éramos antes, nos mostrando como nós éramos antes de receber a remissão dos nossos pecados, e esse relato também mostra que o caminho para recebermos a remissão de pecados é crendo no evangelho da água e do Espírito.
Enquanto Jesus estava nessa terra, os fariseus daquela época não criam que Ele era o Filho de Deus, mas os demônios sabiam exatamente quem Jesus era. Dê uma olhada na passagem bíblica de hoje. Quando o Senhor ordenou que os demônios saíssem do homem, eles O chamaram de “Filho do Deus Altíssimo” e imploraram para que Ele não os enviasse para fora daquela província, mas para que os mandasse entrar nos porcos. Então assim que Jesus deu-lhes permissão, eles entraram nos porcos e a manada lançou-se no mar na mesma hora e todos eles se afogaram. E graças a Jesus, o homem louco possuído por espíritos imundos foi curado e sua alma restaurada. Isso mostra que todas as pessoas deste mundo que sofrem por causa do seu coração pecador podem ser salvas e receber a remissão dos seus pecados se tiverem um encontro com Jesus.
Todos aqueles que vivem neste planeta Terra, incluindo você e eu, já nascemos com um coração pecador. Tendo nascido com um coração cheio de pecado e ambição igual a um porco, todos nós éramos destinados a viver como porcos somente para no fim, entrarmos no caminho da destruição. Como nos mostra a passagem bíblica de hoje, os porcos que se lançaram no mar pereceram junto com os demônios que os possuíam. O mesmo acontece conosco também. A menos que recebamos a remissão dos pecados através do evangelho da água e do Espírito, nós também nos agarraremos a todos os pecados da carne e sua cobiça, sendo incapazes de deixá-los, mesmo que pereçamos por causa deles. Aqueles cujo coração é pecador estão cheios de ganância, e embora eles continuem pedindo por mais e mais, seu coração nunca está satisfeito. Um animal se satisfaz quando ele come, mas nós humanos não ficamos satisfeitos nem quando vivemos segundo as nossas cobiças. A pessoa não se satisfaz porque sua alma é regida por um espírito maligno. E porque essas pessoas não receberam a verdadeira salvação de Deus e ao invés disso são dominadas por um espírito maligno, elas se prendem aos seus pecados somente para serem destruídas por eles no final. Você precisa compreender aqui que a manada de porcos que se lançou no mar com todos os demônios dentro deles mostra tão somente a velha criatura que éramos antes de sermos salvos do pecado.
O homem possuído por demônios que o nosso Senhor encontrou na província dos gerasenos é o seu e o meu retrato. Na verdade, desde o momento em que nascemos, nossas vidas têm sido guiadas pela ganância da carne. Além disso, nós críamos em muitas religiões diferentes, levando a nós mesmos para uma causa perdida e uma vida de sofrimento, incapazes de acabar com a nossa busca espiritual. Assim como a manada de porcos se lançou ao mar perecendo junto com os demônios, era da nossa natureza humana vivermos uma vida pecadora e sermos amaldiçoados pelos nossos pecados, condenados a perecer junto com eles.
O mesmo se aplica a todas as pessoas deste mundo. Nascidos aqui, eles continuam a viver uma vida egoísta e vazia só para satisfazer a sua própria ganância. E porque elas são guiadas constantemente por sua própria luxúria, elas não têm nenhuma satisfação e não têm nada além de dor em suas vidas. Embora muitas delas conheçam a Deus, longe de glorificá-Lo, elas na verdade se opõem a Ele, e tendo assim rejeitado o Seu amor, elas buscam somente sua própria ganância. Qual você acha que será o fim delas? Assim como a manada de porcos saltou para a morte juntos com os demônios que estavam dentro deles, essas pessoas também serão lançadas no fogo eterno do inferno junto com seus pecados e ganância. Esse é o resultado merecido para todos que não receberam do Senhor a remissão dos pecados.
 
 
Deus Derramou Sua Grande Misericórdia e Amor Sobre Pessoas Miseráveis como Nós e nos Libertou Através do Evangelho da Água e do Espírito
 
Era o nosso destino como seres humanos entrar no caminho da destruição por causa dos nossos pecados natos e nossa ganância. Contudo, Jesus Cristo que é cheio de amor, veio a esta terra pelo evangelho da água e do Espírito a fim de salvar a nós miseráveis de todos os nossos pecados. Através do evangelho da água e do Espírito, o Senhor pessoalmente nos encontrou, expulsou todos os pecados do nosso coração e de forma perfeita nos salvou deles todos. O Deus Todo-poderoso derramou essa misericórdia imensa da salvação sobre pecadores como nós. Ele libertou você e eu de todos os nossos pecados, do poço da destruição e dos espíritos maus, e Ele nos conduziu ao Seu grande amor e misericórdia. Nosso Senhor veio a esta terra em forma humana, tomou os nossos pecados ao ser batizado, morreu na cruz, ressuscitou dos mortos e assim nos salvou de todos os nossos pecados. Ele nos deu a vida eterna. Por causa da nossa fé nesse Senhor, nossas almas foram salvas e nós nos tornamos perfeitos filhos de Deus, apesar de antes sermos como o homem possuído por demônios. Você e eu tínhamos que ser destruídos pelos nossos pecados, mas agora podemos entrar no Reino dos Céus como fiéis filhos de Deus.
Infelizmente muitas pessoas ainda não aceitaram em seu coração que o Senhor veio pelo evangelho da água e do Espírito. O que acontecerá a essas pessoas? Como elas não foram salvas do pecado, elas estão na mesma condição do homem possuído por espíritos malignos da passagem bíblica de hoje. Guiados pelos demônios, eles são levados a continuar buscando a ganância da carne. E não importa quanta ganância eles tenham, nada os satisfaz e não há nada além de um constante sofrimento em suas vidas. É óbvio que essas pessoas não conseguem ter uma vida decente como seres humanos, e por isso eles continuarão sendo amaldiçoados e destruídos por causa do seu pecado e ganância.
 
 
Você Deve Conhecer o Seu Fim
 
Se você não compreender o fim que terá e só buscar a ganância da carne que está dentro de você, você não poderá encontrar o evangelho da água e do Espírito, a única Verdade para a sua vida. O que acontecerá com alguém se ele não conhecer o verdadeiro evangelho da água e do Espírito? Ele não terá escolha a não ser enfrentar um fim miserável em sofrimento e confusão. Portanto, todos nós devemos saber o que nos aguarda no fim de nossas vidas, encontrar Jesus Cristo através do evangelho da água e do Espírito, e estar prontos para segui-Lo no Reino da felicidade. Jesus o Filho de Deus veio a esta terra para salvar você e eu de todos os pecados do mundo e da condenação eterna, e nos dar o evangelho da água e do Espírito que traz vida para as nossas almas. E ao ser batizado, crucificado até a morte, e ressuscitado, Ele na hora, salvou a todos nós que cremos no evangelho da água e do Espírito. Todos que vivem neste mundo devem crer nesta Verdade. Jesus Cristo teve tanta compaixão de nós pecadores que Ele mesmo veio nos ver. E através do evangelho da água e do Espírito, Ele salvou a você e a mim dos nossos pecados de forma perfeita. Nosso Senhor se tornou o nosso único Salvador através do evangelho da água e do Espírito. Enquanto estivermos vivos devemos crer em nenhuma outra Verdade além dessa. Você deve entender que o evangelho da água e do Espírito é o próprio amor de Deus e o evangelho da salvação.
Todos nós devemos entender que éramos pecadores possuídos por demônios. Essa é a verdade não somente para mim, mas também para você. Para Deus, todos neste mundo não passam de pecadores. Uma vez, um certo filósofo disse que os seres humanos são seres imperfeitos, e tudo o que eles fazem é em vão. Mas a filosofia só pode identificar as falhas humanas. Em outras palavras, ela só pode mostrar que o ser humano é pecador por natureza, mas é incapaz de resolver o problema do pecado. Somente o evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor pode nos fazer ver que somos pecadores e ao mesmo tempo, resolver o problema dos nossos pecados e nos fazer perfeitos. Portanto, ao invés de nos ligarmos em algumas conjecturas filosóficas sobre a vida, devemos conhecer nosso verdadeiro eu através do evangelho da água e do Espírito e crer em nosso coração no real amor da salvação de Deus.
O homem endemoninhado da passagem bíblica de hoje perambulava pelas montanhas e sepulcros, clamando e ferindo a todo o momento seu próprio corpo com pedras. Do mesmo modo, pôr a sua fé na religião errada irá machucar seu coração e alma. É claro que o que irá destruir a sua alma não é somente você pôr sua fé na religião errada. Se você acreditar no dinheiro, você será machucado por ele, e se você acreditar em suas próprias habilidades, você também será machucado por elas. Independente do que cause isso, se você tem pecado em seu coração, então definitivamente você irá destruir-se. Você e eu éramos por natureza pessoas miseráveis assim. Nós éramos pessoas endemoninhadas, clamando nas montanhas e nos sepulcros, maltratando nossos próprios corpos, vivendo como loucos espumando pela boca, somente aguardando sermos lançados no inferno. Todos nós devemos entender que esse é o nosso retrato natural. Devemos todos entender que o homem possuído por demônios da passagem bíblica de hoje se refere a nós.
O evangelho da água e do Espírito traz vida a nossa alma, e não devemos nunca considerá-lo como simplesmente uma dentre tantas doutrinas cristãs. Isso porque as doutrinas cristãs existentes não têm nada do evangelho da água e do Espírito. O evangelho da água e do Espírito não é uma mera doutrina cristã. Ele é a verdade da salvação com a qual o Senhor nos salvou de todos os pecados do mundo, e ele é a própria obra da salvação. Assim como Jesus Cristo encontrou o homem possuído por demônios na passagem bíblica de hoje e expulsou os espíritos malignos dele, do mesmo modo o Senhor salvou perfeitamente e de uma vez por todas através do evangelho da água e do Espírito aqueles que estavam aprisionados por espírito malignos, pelas maldições de Satanás, pela destruição e por todos os pecados do mundo. Por isso é que chamamos Jesus de nosso Salvador.
Às vezes encontramos pessoas que estão dentro da igreja, mas que não crêem na Palavra de Deus. Por isso que elas ainda não conhecem o seu próprio eu. Se elas reconhecessem que o homem possuído por demônios da passagem bíblica de hoje se refere a nenhum outro além de seu ser não redimido, elas poderiam crer na Palavra de Deus exatamente como ela é.
Quando as crianças da nossa Escola Dominical chegam na quinta série, nós as matriculamos na classe evangélica durante o Acampamento para Treinamento de Discípulos para ensiná-las em detalhes sobre o evangelho da água e do Espírito. Nós fazemos isso para que elas venham a reconhecer que são grandes pecadoras diante de Deus, e também para conhecer a Verdade do evangelho da água e do Espírito. E quanto a você que está sentado aqui hoje? Você percebe que o homem possuído por demônios é ninguém além de você mesmo? Quem não receber a remissão de pecados – ou seja, quem não crer no evangelho da água e do Espírito – é louco como esse homem endemoninhado. Apesar de agora eu estar pregando o evangelho da água e do Espírito, se eu não tivesse encontrado o Senhor, então sem dúvida eu teria ficado louco como ele. A mesma desgraça também teria acontecido comigo. Ninguém teria conseguido me prender na minha mocidade. Afinal de contas, a não ser que eu estivesse endemoninhado, como eu poderia ter feito tantas coisas más abomináveis a Deus?
Todo ser humano é igual diante de Deus. As pessoas desejam arriscar até suas próprias vidas por qualquer coisa que as faça ricas ou famosas. É da sua natureza humana ter ambição e buscar a fama como um louco sem perceber que nesse processo, seu próprio corpo e alma são prejudicados. E como conseqüência disso, elas vivem insensatamente até acabarem no inferno, e essa é a verdadeira natureza do ser humano. Todos nós devemos conhecer nosso próprio eu. Devemos entender que por causa da queda do primeiro homem Adão, não somente ele se tornou um pecador, mas todo ser humano também se tornou pecador. Todos nós nascemos em iniqüidade, todos vivemos em iniqüidade, e todos nós pereceremos em iniqüidade.
Contudo, Deus nosso Criador não nos abandona para perecermos desse jeito. Pelo contrário, o Senhor nos ensina que existe um caminho para escapar dos nossos pecados, assim como está escrito na bíblia: “Pela obediência de um muitos serão feitos justos” (Romanos 5:19), e “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16). Qual é esse caminho então? É crer no amor de Deus, na verdade que por Sua compaixão por nós, Deus nos salvou de todos os nossos pecados de uma vez por todas através do evangelho da água e do Espírito. Mesmo uma aparente criança inocente é como um homem possuído por demônios se ela não conhecer essa Verdade.
Olhe para si mesmo agora. Veja se você não está vivendo sem fé na Verdade de Deus, se você não está arriscando sua vida em coisas inúteis somente para ser machucada por elas, e se você não está se maltratando com essas feridas.
O Senhor nos amou tanto que quando nós não poderíamos evitar de viver em pecado, Ele nos salvou de forma perfeita através do evangelho da água e do Espírito. Jesus que é o próprio Deus veio a esta terra, levou os nossos pecados ao ser batizado por João Batista, foi crucificado até a morte em nosso lugar, ressuscitou dos mortos e assim nos salvou perfeitamente. Isso é algo banal para você? Não, esse é o maior amor de todos.
Você seria batizado e derramaria seu próprio sangue por outra pessoa? Você deixaria tudo o que tivesse pelos outros? Isso é absolutamente impossível para qualquer ser humano. Mesmo assim o Filho do Deus Pai Todo-poderoso veio a esta terra em forma humana e Ele não poupou nem Sua carne nem Seu sangue para nos salvar de todos os nossos pecados de uma vez por todas. Esse ato de amor não foi tão fácil assim. Essa foi a personificação do amor do Senhor por nós que nos trouxe a verdadeira remissão de pecados e nos salvou, algo pelo qual nunca poderemos ser gratos o suficiente.
Qualquer um que não crer nessa Verdade mesmo já tendo ouvido-a, é alguém que não percebeu ainda que é um endemoninhado. Essas pessoas não sabem que estão na verdade machucando seu próprio corpo e alma e não entendem que estão destinadas a ir para o inferno. Pelo contrário, elas estão enganando a si mesmas pensando que só porque elas não fizeram nada de mal aos outros, elas são mesmo boas e virtuosas.
Essas pessoas consideram a si mesmas virtuosas mesmo não crendo no Senhor como o seu Salvador; mas elas são mesmo virtuosas? Elas são mesmo justas? Não, é claro que não! Quando seus próprios interesses estão ameaçados, elas agem com tanta ira e há tanta amargura em seu coração que elas são até capazes de matar. Essa é uma realidade até para os jovens adolescentes que assistem a esse treinamento de discípulos de inverno. Quando alguém pede para eles fazerem a obra de Deus, alguns deles a rejeitam e se recusam a fazê-la mesmo dizendo que crêem no evangelho da água e do Espírito. Embora tenham o corpo dado por Deus, eles não o usam em prol da Sua obra. Devido ao fato de os jovens não estarem tão contaminados pela sociedade, não há nem necessidade de falar dos adultos.
Os seres humanos são honrados e dignos porque eles foram feitos seres espirituais à imagem de Deus, mas apesar disso, eles estão sempre preocupados com sua própria carne, embora ela não seja nada além de uma concha. É claro que está em nossa fraca natureza humana nos rendermos ao dinheiro e poder. Está em nossa natureza humana nos ajoelharmos diante de nossa própria ganância e também nos ajoelharmos covardemente diante de alguém que seja mais forte que nós. Mas o Deus Todo-poderoso já sabia disso tudo. Foi por isso que pelo bem de pessoas miseráveis e completamente inúteis como nós, o próprio Deus veio a esta humilde terra e nos salvou. E graças ao amor do Senhor e à Sua salvação, todos nós que não tínhamos alternativa a não ser viver uma vida inútil e covarde podemos nascer de novo como Seus filhos perfeitos.
Se você reconhecer que é alguém que nasceu em pecado e que era destinado a destruição e também que Deus o salvou de todos os seus pecados, então você poderá fazer a obra do Senhor e seguir a Sua justiça apesar de ser um ser humano cheio de falhas. Você nunca achará que isso irá contra os seus próprios interesses. Seguir ao Senhor parecerá ir contra os seus interesses somente se você não reconhecer quem você realmente é. Mas uma vez que você admita o quanto é inútil e pecador, ao invés de pensar que isso é um fardo, você ficará extremamente grato pelo fato de você ser usado na obra de Deus. O próprio fato de o Senhor estar protegendo você do mal já é considerado uma grande bênção.
Que glória teríamos se fôssemos deixar a Igreja de Deus para irmos para o mundo? Mesmo se trabalhássemos até a morte, teríamos sorte se conseguíssemos cumprir com nossos compromissos, e mesmo se conseguíssemos juntar uma fortuna, ainda assim não conseguiríamos encontrar a verdadeira paz de espírito. Fora da Igreja de Deus, nós somos destinados a viver uma vida miserável, covarde e inútil.
Mas Deus é cheio de amor, e Ele não despreza nenhum de nós que cremos evangelho da água e do Espírito. Pelo contrário, Ele nos ama como Seus filhos muito preciosos e derrama Seu grande amor em nós. A prova desse amor de Deus não é nada além da obra da salvação que Ele cumpriu para nos salvar de todos os pecados do mundo. Portanto, todos nós devemos servir ao Senhor com gratidão, agradecendo por Ele nos ter salvado de uma vez por todas através do evangelho da água e do Espírito. Aqueles que não são gratos ao Senhor se ofendem quando a obra de Deus é confiada a eles ao invés de se alegrarem com isso, eles não reconhecem a salvação do Senhor. Eles ainda não admitem que são como um homem endemoninhado.
Como você viu na passagem bíblica de hoje, o homem possuído por espíritos malignos foi liberto graças à salvação do Senhor. Quando a loucura passou, ele pôde falar e agir como uma pessoa normal. Quando Jesus estava prestes a partir para outra região depois de curar esse homem endemoninhado, ele disse que também queria seguir o Senhor. Mas Jesus disse a ele para falar a todos o que Ele tinha feito por ele, ao invés de segui-Lo. Em outras palavras, Jesus mandou esse homem proclamar quem Ele realmente era e também pregar o evangelho da água e do Espírito. Eu não tenho dúvida nenhuma que é isso também que Jesus está dizendo a mim e a você. Resumindo, se você agora reconheceu o seu verdadeiro eu através de Jesus, e se você foi salvo por crer no evangelho da água e do Espírito graças a Jesus, então é hora de você pregar esse evangelho verdadeiro da água e do Espírito a todas as pessoas.
 
 
Não Rejeite a Justiça de Jesus
 
A alma daqueles que não crêem no evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor, é como a daquele homem possuído por demônios. Se você ainda não aceitou o evangelho da água e do Espírito em seu coração e ainda não é grato pelo grande amor da salvação de Deus, então você deve despertar agora. Quem não recebeu ainda a remissão dos pecados tem espíritos imundos e ganância em seu coração, e por isso está sujeito a rejeitar Jesus e denunciar aqueles que crêem nEle. Se eles não reconhecerem isso, será inevitável eles serem amaldiçoados e destruídos para sempre, assim como a manada possuída de demônios se lançou no mar e se afogou. O mar da passagem bíblica de hoje se refere a este mundo que está cheio de iniqüidade. A não ser que você reconheça o seu verdadeiro eu e aceite o evangelho da água e do Espírito em seu coração, você não poderá ir para os braços do Senhor, e não terá outra alternativa a não ser ir para esse mundo sujo somente para ser lançado no inferno junto com todas as pessoas mundanas cheias de maldade.
Quando o Senhor veio a esta terra em forma humana para apagar todos os seus e os meus pecados, Ele levou todos eles ao ser batizado por João Batista, foi crucificado até a morte e ressuscitou dos mortos, nos salvando assim de forma perfeita. O Senhor nos amou tanto que Ele levou os nossos pecados através do Seu batismo e sofreu em nosso lugar o castigo pelos nossos pecados. Todos nós devemos crer nessa Verdade. Como deveríamos crer no Senhor então? Devemos crer no Senhor sendo gratos por Sua maravilhosa salvação, compreendendo totalmente que tipo de pecador nós temos sido e que tipo de amor Ele derramou por nós ao nos salvar. Somente os que crêem nessa Verdade podem evitar a destruição e serem libertos do seu destino. Em outras palavras, somente quando você crê de todo coração no abundante amor do Senhor e em Sua obra da salvação é que você pode viver nessa terra como filho de Deus, fazer Sua justa obra, receber a ajuda e as bênçãos de Deus tanto no corpo como na alma e entrar definitivamente em Seu Reino dos Céus.
Talvez todos nós conheçamos e cremos no evangelho da água e do Espírito, mas se nós fôssemos crer nesse evangelho sem reconhecer nosso eu pecador, então essa fé seria em vão. Por que isso aconteceria? Porque alguém que crê no evangelho da água e do Espírito sem reconhecer que é um grande pecador, não precisa desse evangelho. Essa pessoa que crê no evangelho sem reconhecer que todos os pecadores destinados ao inferno foram salvos através do batismo e do sangue de Seu sacrifício, obviamente ela não está incluída no plano da salvação de Deus. Foi por isso que o Senhor disse: “Não necessitam de médico os sãos, e, sim, os enfermos. Eu não vim chamar os justos, e, sim, os pecadores ao arrependimento” (Lucas 5:31-32). Ele deixou claro que veio para salvar os enfermos e não os sãos. Então você deve admitir que é enfermo e um pecador também. Somente então você poderá receber a verdadeira salvação de Deus, que veio a esta terra para salvar a todos nós. Então primeiro você deve reconhecer que era destinado a ser destruído e lançado no inferno para sofrer para sempre no fogo eterno, para depois receber o Senhor que veio a esta terra para te salvar através do verdadeiro evangelho da água e do Espírito. Somente assim a salvação do Senhor será sua. Se pelo contrário você não reconhecer seu verdadeiro eu e pensar que é alguém justo e totalmente são, então você não poderá receber a perfeita salvação do Senhor.
Mesmo agora eu peço a você que creia no evangelho da água e do Espírito. Não pense que você é muito bom, que você não é essa pessoa má. O homem possuído por demônios, que perambulava nu pelas montanhas e nos sepulcros clamando e cortando a si mesmo com pedras, não é nada além do que o seu e o meu retrato. Mesmo que fôssemos destinados a viver assim, o Senhor teve tanta compaixão de nós e nos amou tanto que nos abençoou com a remissão de pecados e trouxe a Sua perfeita salvação a nós. Com o evangelho da água e do Espírito o Senhor apagou todos os nossos pecados e nos salvou, fazendo de nós filhos abençoados de Deus para entrarmos em Seu Reino eterno. Embora você e eu não pudéssemos evitar de viver possuídos por demônios, Jesus Cristo nos salvou de todos os nossos pecados, de todos os demônios, e de toda a destruição. Essa é verdadeira salvação do amor de Deus que Ele nos garantiu. E nisso é o que todos nós devemos crer com todo nosso coração pelo resto das nossas vidas.
 
 
Devemos Agora Seguir o Senhor pela Nossa Fé no Evangelho da Água e do Espírito
 
Como você e eu recebermos a remissão dos pecados através do evangelho da água e do Espírito, todos nós devemos ser gratos ao Senhor por nos permitir entrar na igreja e continuar obedecendo a Ele. Contudo, se você não é grato ao Senhor e não O segue embora tenha recebido a remissão de pecados, então mais demônios ainda irão visitá-lo e atormentá-lo. Se isso acontecer, você irá sofrer ainda mais do que antes. Isso é o que acontece com todos no mundo. Por isso é que devemos sempre ser gratos a Deus pela Sua salvação. Devemos sempre em nossa vida agradecer e louvar a Ele por ter salvado pessoas inúteis e miseráveis como nós. Sem a salvação do Senhor não somos nada. Depois que nascem nessa terra, todos devem encontrar o Senhor, ou do contrário sua vida será inútil. Todos que falharam em encontrar o Senhor estão só destruindo a si mesmos com seus pecados e ganância, e no fim, eles serão amaldiçoados e lançados no inferno junto com esses pecadores. Todavia, o Senhor conhecendo o nosso destino, teve tanto amor e compaixão por nós que derramou Sua abundante misericórdia sobre nós e ao nos salvar totalmente dos pecados com o qual estávamos envolvidos, o Senhor nos deu a bênção de entrar em Seu Reino.
Então agora eu peço a cada um de vocês que creiam no evangelho da água e do Espírito como a sua salvação. Quando você ouvir a Palavra de Deus, não somente a ouça com a sua razão, mas aceite-a em seu coração, reexamine seu coração diante de Deus com essa Palavra e confesse sua fé no evangelho da água e do Espírito. Embora inúmeras pessoas do mundo todo vão à igreja e digam que crêem em Deus, poucas delas realmente aceitaram em seu coração o Seu amor da salvação com um claro entendimento do evangelho da água e do Espírito que foi dado pelo Senhor. Não lhe restam muitas oportunidades ainda. Você pensa que a Igreja de Deus estará para sempre aqui? Você pensa que os servos de Deus que você vê agora estarão sempre com você assim? Não, isso não acontecerá. Por isso eu peço a você que creia na Palavra de Deus agora neste momento, enquanto os Seus servos ainda estão diante dos seus olhos e enquanto a vontade de Deus e Sua Palavra estão sendo pregadas através desses servos.
Agora é o tempo da sua salvação. Creia no evangelho da água e do Espírito agora mesmo. Pode não haver uma outra chance. Se você pensa que não é essa pessoa inútil ou que foi salvo porque não é uma pessoa tão ruim assim, volte atrás agora e olhe para si mesmo com sinceridade. Reconheça que você é um endemoninhado segundo a passagem bíblica de hoje.
Amados irmãos, todos nós somos uma geração de malignos. Nós estávamos condenados a ficar endemoninhados nossa vida inteira, a buscar nossa própria ganância e a andar somente num caminho de destruição. Nós estávamos totalmente despreparados para receber qualquer bênção do Deus santo. Mas apesar disso, Ele teve compaixão de nós e nos deu o Seu amor, nos salvando assim de um modo perfeito de todos os pecados que jamais poderíamos nos livrar por nós mesmos. Nós temos que crer nessa Verdade. Temos que servir ao Senhor nosso Deus e ao evangelho que Ele nos deu. Viver dando graças ao Senhor assim é a única maneira que temos de pagar ao Senhor por Ele ter nos salvado.
Pense nisso. Há alguma coisa de boa em você? Não, não há nada de bom em você. É inútil nos compararmos uns com os outros, pois todos nós somos iguais e não temos nada de bom. É justamente por isso que precisamos ter um encontro com o Senhor. Nós somos tão cheios de pecado que se não tivermos um encontro com o Senhor e não formos salvos por Ele, nós acabaremos sendo destruídos no final. Algum de nós pode ter o luxo de não crer no Senhor? Você ainda vai se recusar a crer na justiça do Senhor pela fé depois de tudo isso?
Por todos nós termos nascido como uma geração de malignos, mesmo que tenhamos recebido a remissão de pecados, se não seguirmos o Senhor e não O servirmos, nós estaremos propensos a agir ferozmente como o homem endemoninhado. Se não servirmos ao evangelho da água e do Espírito nós acabaremos praticando muito mais maldades do que praticávamos antes de receber a remissão de pecados. Está escrito em Lucas 11:24-26: “Quando o espírito imundo sai do homem, anda por lugares secos, buscando repouso, e não o acha. Então diz: Tornarei para minha casa donde saí. Chegando, acha-a varrida e adornada. Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali. E o último estado desse homem é pior do que o primeiro.” Se voltarmos para o mundo depois de termos tido um encontro com o Senhor, outros espíritos malignos entrarão em nós e nós os serviremos mais do que antes e então nós acabaremos vivendo como escravos do diabo. Nosso estado seria muito pior do que antes de crermos em Jesus.
Eu não estou dizendo isso para assustar vocês, mas porque muitas pessoas acabam tendo esse terrível destino. Mas eu tenho certeza que nenhum de nós que estamos reunidos aqui essa noite acabará como esse tipo de gente. Por isso devemos sempre ser gratos ao Senhor por Ele ter vindo pelo evangelho da água e do Espírito para nos salvar. Todos nós devemos viver neste mundo pela fé no Senhor, servindo a Ele e seguindo-O pelo resto de nossas vidas.