Sermões

Assunto 21: O Evangelho segundo MARCOS

[Capítulo 7-1] (Marcos 7:1-23) Olhe para Seu Verdadeiro Eu e Creia no Evangelho da Água e do Espírito

(Marcos 7:1-23)
“Ajuntaram-se a Jesus os fariseus e alguns escribas que tinham vindo de Jerusalém. E, vendo que alguns dos seus discípulos comiam pão com as mãos impuras, isto é, por lavar, os repreendiam. Os fariseus, e todos os judeus, conservando a tradição dos antigos, não comem sem lavar as mãos muitas vezes. Quando voltam da praça, se não se lavarem não comem. E muitas outras coisas há que receberam para observar, como lavar os copos, os jarros, os vasos de metal e as camas. Depois perguntaram-lhe os fariseus e os escribas: Por que não andam os teus discípulos conforme a tradição dos antigos, mas comem com as mãos por lavar? Respondeu-lhes Jesus: Bem profetizou Isaías a respeito de vós, hipócritas, como está escrito:
‘Este povo honra-me com os lábios,
Mas o seu coração está longe de mim.
Em vão, porém, me adoram,
Ensinando doutrinas que são preceitos de homens.’
Deixando o mandamento de Deus, guardais a tradição dos homens, como o lavar dos jarros e dos copos, e muitas outras coisas semelhantes a estas. E disse-lhes: Jeitosamente rejeitais o mandamento de Deus para guardardes a vossa própria tradição. Pois Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe, e quem maldisser a seu pai ou a sua mãe, seja punido de morte. Vós, porém, dizeis: Se alguém disser a seu pai ou a sua mãe: Aquilo que poderias aproveitar de mim é Corbã, isto é, oferta ao Senhor, nada mais lhe deixais fazer por seu pai ou por sua mãe. Invalidais, assim, a palavra de Deus pela vossa própria tradição, que vós mesmos transmitistes. E fazeis muitas coisas semelhantes a estas. Chamando outra vez a multidão, disse-lhes: Ouvi-me vós todos, e compreendei. Nada há, fora do homem que, entrando nele, o possa contaminar. Mas é o que sai dele que o contamina. Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça. Depois, quando deixou a multidão, e entrou em casa, os seus discípulos o interrogaram acerca desta parábola. Ele lhes disse: Também vós não entendeis? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode contaminar, pois não lhe entra no coração, mas no ventre, e é lançado fora? Ao dizer isto, Jesus considerou puros todos os alimentos. E dizia: O que sai do homem é o que o contamina. Pois do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, e a loucura. Todos estes males procedem de dentro, e contaminam o homem.’”
 
 
Amados irmãos, temos que ler a Palavra de Deus todos os dias e analisarmos que tipo de pessoa nós somos. Que tipo de pessoa você é na verdade? Nascemos como descendentes pecadores de Adão que herdaram todos os pecados de nossos pais. Em outras palavras, somos “uma raça de malignos” (Isaías 1:4) que não podem evitar de cometer pecado; somos todos pessoas que não podem fazer nada justo mesmo que queiramos. Contudo, para salvar a todos nós, nosso Deus veio e nos salvou de todos os pecados do mundo de uma vez por todas através do evangelho da água e do Espírito. Temos que conhecer esse evangelho da água e do Espírito. Quando pensamos nesse evangelho da verdadeira salvação que Deus nos deu, nós passamos a dar graças e louvor ao nosso Senhor.
 
 
Não Se Tornem Hipócritas
 
Podemos ver na passagem bíblica de hoje que os fariseus e escribas estavam cheios de hipocrisia. Ser hipócrita diante da presença de Deus significa que o seu coração e comportamento eram bem incomuns. Esses hipócritas espirituais cuidavam de sua aparência exterior embora seu interior estivesse sujo. Essa é a vida dos hipócritas espirituais. E quando olhamos todos esses religiosos desse mundo que vivem como fariseus, vemos que todos eles abdicaram de algo maior para se tornarem prósperos materialmente. Eles simplesmente lavam suas mãos e pés e cuidam de sua aparência externa quando vão para a presença de Deus. Eles limpam-se por fora e acham que ficam limpos por completo. Alguns olham para eles e acham que estão bem puros. Contudo, ninguém se torna uma pessoa pura diante da presença de Deus só porque o seu exterior está limpo. Ninguém está verdadeiramente puro só porque o seu exterior está limpo.
Os fariseus mostrados aqui diziam que criam em Deus, mas eles na verdade eram pessoas que criam nos anciãos de suas denominações e não em Deus. Assim, eles criam que os ensinamentos dos homens tinham mais autoridade do que Deus e Sua Palavra. Então, eles seguiam essas tradições ao invés da Palavra de Deus.
No evangelho de Marcos capítulo 7 versículo de 1 a 2 está escrito: “Ajuntaram-se a Jesus os fariseus e alguns escribas que tinham vindo de Jerusalém. E, vendo que alguns dos seus discípulos comiam pão com as mãos impuras, isto é, por lavar, os repreendiam”. Os fariseus naquele tempo seguiam o costume de lavar mãos e pés quando entravam em suas casas. A prática de espirrar água no jardim, lavar os copos, os jarros e os vasos de cobre antes de comer quando voltam do mercado ainda continua sendo uma forte tradição.
Agora, qual é o problema desse costume dos fariseus? Há algo de errado com ele? Não há nada de errado do ponto de vista humano. Eles eram pessoas que viviam uma vida muito comum, lavando suas mãos e pés antes de comer quando entravam em casa. E até mesmo espirrar água no jardim e lavar as coisas sujas da casa antes de comer não parece um comportamento nada especial.
Então vamos ver qual o problema que havia com essas tradições dos fariseus que levou Jesus a repreender sua fé daquele jeito. Os fariseus pensavam que essas coisas comuns que as pessoas normalmente faziam era algo importante com relação a crer e a servir a Deus. Esse era o problema espiritual. Melhor dizendo, aqueles fariseus pensavam que tinham que tomar um banho, lavar muito bem a louça, e jogar água no jardim antes de comer quando voltavam do mercado para serem consideradas pessoas de fé diante de Deus. Esse era o problema. O problema era que eles só aprovavam aqueles de mesma fé como se eles fossem puros e dignos diante da presença de Deus. Por causa disso, a vida religiosa de todos os fariseus se tornou mais e mais hipócrita e foi se distanciando cada vez mais no sentido de crer e seguir a Deus com um coração sincero. Eles eram respeitados enquanto pareciam corretos com roupas, mãos, pés e seus corpos limpos.
Vamos ler o que o Senhor disse a esses fariseus. Então Jesus disse aos fariseus: “Jeitosamente rejeitais o mandamento de Deus para guardardes a vossa própria tradição. Pois Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe, e quem maldisser a seu pai ou a sua mãe, seja punido de morte. Vós, porém, dizeis: Se alguém disser a seu pai ou a sua mãe: Aquilo que poderias aproveitar de mim é Corbã, isto é, oferta ao Senhor, nada mais lhe deixais fazer por seu pai ou por sua mãe. Invalidais, assim, a palavra de Deus pela vossa própria tradição, que vós mesmos transmitistes. E fazeis muitas coisas semelhantes a estas” (Marcos 7:9-13).
O que Jesus disse aos fariseus? Ele disse: “Pois Moisés disse: ‘Honra a teu pai e a tua mãe’; e: ‘Quem maldisser a seu pai ou a sua mãe, seja punido de morte’”. Foi assim que Jesus repreendeu os fariseus. Quando eles tivessem algo valioso para dar aos seus pais, deveriam fazê-lo com alegria. Todavia, os fariseus disseram que não o dariam aos seus pais e a ninguém mais, pois já o tinham dado a Deus. Por isso, não importava o que de maravilhoso tivessem, eles não usavam isso para honrar seus pais pois diziam já tê-lo dado em oferta para Deus.
Vamos comparar isso com algum negócio de um crente. Um certo cristão estava trabalhando como corretor de imóveis. E tinha uma bíblia e um hinário na mesa do seu escritório. Era um costume dos cristãos coreanos fazerem isso em seu lugar de trabalho. Por que você acha que eles fazem isso? Quando há uma bíblia e um hinário na mesa do escritório, isso faz as pessoas pensarem: “Ah! Essa pessoa crê em Deus. Ele deve ser justo e honesto.”
Todavia, as pessoas pensavam assim antes, mas isso não acontece mais hoje em dia. Hoje, quando alguém tem uma bíblia e um hinário na sua mesa de trabalho as pessoas olham e pensam: “Ele deve ser um ‘ladrão’”. Hoje o pensamento das pessoas mudou. Há algumas décadas atrás, as pessoas pelo menos pensavam que os cristãos eram justos e honestos. Mas a fé em Deus não faz mais parte das transações comercias. Antigamente, até em lugares como o supermercado, as coisas iam bem quando eles tinham uma bíblia e um hinário nos caixas.
As pessoas hoje em dia estão tão feridas por esses hipócritas, que não são mais enganadas por esses falsos cristãos. Existem muitos cristãos hoje em dia que vão à igreja para fazer negócio. Na verdade, existem muitos que creem em Deus mas não têm nada a ver com Deus. Eles não creem na Palavra de Deus. Eles só acreditam nas falsas doutrinas que suas igrejas ensinam e abriram mão de si mesmos para buscar somente as coisas materiais desse mundo. Assim, eles deveriam aprender agora mesmo sobre o evangelho da água e do Espírito e crer em Deus através de Sua Palavra.
Todavia, eles estão tentando viver sua fé sem conhecerem a vontade de Deus. Portanto, eles na verdade não conhecem a justiça de Deus ou creem nEle, embora digam que creem. Eles acreditam nos ensinamentos dos líderes de suas denominações como se isso fosse a Palavra de Deus, ao invés de crerem em Deus ou em Sua Palavra. Os ensinamentos humanos desses chamados grandes pastores de hoje se tornaram a base da sua fé. Então eles dizem que creem na Palavra de Deus, mas eles creem mesmo é em seus próprios pensamentos carnais e nas falsas doutrinas ao invés de crerem na justiça de Deus.
A fé da maioria dos cristãos de hoje é assim. A Igreja Presbiteriana segue as doutrinas cristãs que foram criadas por João Calvino há tempos atrás. Em outras palavras, as doutrinas cristãs proclamadas por João Calvino se tornaram a base das doutrinas da Igreja Presbiteriana. Então aqueles das gerações posteriores pensavam que a teologia de Calvino tinha descoberto muitas coisas da bíblia e assim passaram a considerar os seus ensinamentos mais importantes do que os que constam na Palavra de Deus. Todos esses que defendem a doutrina cristã de Calvino hoje em dia consideram que ele disse coisas mais importantes do que as registradas na Palavra de Deus.
Então, eles estão cometendo um grave erro porque eles nem tentam conhecer sobre o evangelho da água e do Espírito. Eles consideram os ensinamentos dos teólogos pecadores mais importantes do que o evangelho da água e do Espírito, o qual é o evangelho da justiça de Deus. É um problema pensar que as palavras ditas por esses teólogos têm mais autoridade do que a Palavra de Deus. Então, com sua fé errônea eles se opõem à justiça de Deus. Esse é o erro e o equívoco dos fariseus de hoje.
 
  
No Passado os Fariseus se Equivocaram Pensando que Somente Eles Criam em Deus Corretamente
 
Eles não puderam pregar o evangelho da justiça de Deus como descrito na bíblia porque eles não conheciam essa verdade. E não é somente isso, mas eles também ensinaram a várias outras pessoas as doutrinas teológicas que eles aprenderam. Assim a situação se tornou ainda pior, aumentando ainda mais o número de pessoas que aprenderam essas doutrinas teológicas ao invés de se confrontarem com o evangelho da justiça de Deus. Então, esse fermento ruim dos fariseus foi passado de geração a geração de cristãos. A bíblia se refere a esses ensinamentos que foram passados por gerações como a “tradição” dos anciãos. Portanto, o âmago do evangelho da remissão dos pecados que está na Palavra de Deus, depois o evangelho da água e do Espírito desapareceu e somente essas afirmações acadêmicas dos teólogos tomaram conta. Por causa disso Jesus os censurou citando a Palavra em Isaías:
“Este povo honra-me com os lábios;
O seu coração, porém, está longe de mim.
Mas em vão me adoram,
ensinando doutrinas que são preceitos de homem” (Mateus 15:8-9).
Da mesma forma, os cristãos de hoje consideram essas doutrinas teológicas mencionadas aqui mais importantes do que o evangelho da água e do Espírito, que é a Palavra de Deus.
A fé da maioria dos cristãos do mundo inteiro se tornou assim. Os cristãos de hoje se tornaram hipócritas assim como esses teólogos. A Igreja Metodista da Coreia crê totalmente nos ensinamentos de João Wesley. E as doutrinas de Calvino são de suma importância para os cristãos presbiterianos. Eles dizem que creem e seguem os ensinamentos de Calvino não porque eles são importantes, mas porque ele interpretou a Palavra de Deus corretamente. Eles abrem a bíblia e leem a Palavra de Deus ensinando que João Calvino disse isso, que João Wesley disse aquilo e que outro teólogo disse aquilo outro. Eles abrem as Escrituras e ensinam o que alguns teólogos disseram sobre isso e aquilo, ao invés de ensinarem a pura Palavra de Deus da forma que é.
A maioria dos cristãos de hoje vai à igreja para primeiro crer em Deus. Enquanto vão à igreja eles aprendem como fazer essas orações de arrependimento, como jejuar e orar, a doutrina da santificação, a doutrina da salvação por crer em Jesus, vários hinos, e eles até vão em vigílias por toda a noite. Eles aprendem todas as doutrinas ensinadas na igreja. Eles dizem “aleluia” quando um pregador sobe ao púlpito e diz “aleluia” e respondem “amém” quando o pregador diz “Vocês creem?” Em outras palavras, desde quando entram na igreja esses crentes aprendem essas doutrinas cristãs que esses teólogos fabricaram ao invés de aprenderem a pura Palavra de Deus. Quanto mais a pessoa vai a igreja mais ela se torna alguém que conhece e defende somente as doutrinas cristãs. Então, o que tudo isso significa? Significa que quanto mais um cristão vai a igreja mais ele conhece apenas essas doutrinas cristãs e não o evangelho da água e do Espírito, que é o que realmente ele deveria conhecer. E para se tornar alguém com uma fé correta que vai por anos a igreja, essa pessoa jejua e ora ainda mais, carrega a bíblia humildemente por todo lugar, tenta louvar com perfeição os hinos e ora hipocritamente só para que os outros possam ver.
Na Coreia, um cristão geralmente recebe o privilégio de votar na igreja quando ele congrega lá por um ano e se batiza naquela igreja, se tornando membro de lá. Então, desse momento em diante, esse leigo recebe o direito de voto em alguns assuntos relativos à igreja. Mas para se tornar membro do presbitério, que é onde se tomam as decisões na Igreja Presbiteriana, esse leigo precisa se tornar um presbítero. Qual é a mais alta posição que um leigo pode chegar na igreja? É o presbiterato. Contudo, um leigo tem que dar muito dinheiro a fim de se tornar um presbítero na igreja. Somente assim aquela pessoa pode se tornar um presbítero na igreja e ser respeitado. Então, os presbíteros devem ser fiéis nos serviços como ir nas consagrações pela manhã; nas vigílias, montes e ofertar em todos os cultos. E eles também devem acatar a todas as determinações dos presbíteros. Mas eles chegaram numa alta posição na igreja com todo tipo de pecado em seu coração e se tornaram prisioneiros do pecado porque não creram no evangelho da água e do Espírito que pode torná-los justos. E como conseqüência disso eles se tornam pessoas religiosas. Eles foram repreendidos por Jesus que disse a eles: “Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas!” Esses são os crentes hipócritas.
Jesus censurou a hipocrisia dos fariseus, dizendo: “Não é o que entra pela boca que contamina o homem; mas o que sai da boca, isso é o que o contamina” (Mateus 15:11). Jesus então criticou a fé hipócrita desses fariseus, dizendo: “Loucos! quem fez o exterior, não fez também o interior? (Lucas 11:40) Você primeiro deve limpar o interior” Hoje o Senhor também está dizendo isso a nós. O Senhor disse para todos os cristãos de hoje para não serem hipócritas.
 
 
Que Tipo de Pecado Há no Coração dos Cristãos de Hoje?
 
Vamos ler novamente o capítulo 7 versículos de 20 a 23 de Marcos: “O que sai do homem é o que o contamina. Pois do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, e a loucura. Todos estes males procedem de dentro, e contaminam o homem.”
Jesus nos disse aqui que essa natureza pecaminosa dentro do coração da pessoa é que faz com que ela cometa pecados. Portanto devemos saber que os maus pensamentos existem no coração de todos. Não é como se esses pensamentos maus estivessem no coração de alguns e de outros não. Isso porque todos nasceram com esses doze pecados no coração. Todos nascem com esses doze pecados. Assim, todos têm maus pensamentos no coração. Portanto, nós somos “uma raça de malignos”. Por causa dessa natureza pecaminosa que há em nós, Deus disse: “Vocês são uma raça de malignos por natureza”. Como raça de malignos, nós nascemos com pecado desde os nossos pais. Então nós cometemos esses doze tipos de pecado enquanto vivemos neste mundo.
Porque o ser humano não tem nenhum escrúpulo, ele comete todos os doze tipos de pecado. Alguém pode cometer até três tipos de pecado em uma única noite. Uma pessoa afobada planeja cometer muitos pecados num dia para cometê-los no outro. A bíblia fala sobre o pecado de adultério. Vocês sabem o que é “lascívia”, não sabem? A lascívia está no coração de cada um de vocês. Não há ninguém nesse mundo que não tenha lascívia no coração.
Jesus disse: “O que sai do homem é o que o contamina” (Marcos 7:20). E Ele também disse: “O ser humano é essa descendência do pecado que nasceu com doze destes pecados. O ser humano é descendência do pecado”. Então todos têm um coração mau. Por que o homem tem esse coração mau, ele encontra coisas más e continua a cometer essas coisas más mesmo se ninguém o ensinar. Eles até inventam coisas novas para desfrutar da lascívia ainda mais. Vocês sabem qual é o negócio mais bem sucedido da internet? Existem milhões de sites pornôs com toda uma coleção de fotos e filmes eróticos. Alguém pode ligar seu computador, conectá-lo à internet, e acessar um desses sites pagando uma taxa para ver todas essas coisas imundas. Existe todo o tipo de fotos e filmes libertinos nesses sites. O ser humano faz e vê essas coisas porque ele é uma raça de malignos.
Todos os vegetais se apresentam exatamente como Deus os criou. Você não vê dois tipos de flores em uma árvore. Cada um se apresenta na forma na qual Deus o criou. As flores de azaléia se apresentam exatamente como uma azaléia. Ela não pode apresentar-se sob nenhuma outra forma. Essa azaléia dará azaléia até o fim dos tempos. Ela irá florescer e murchar como uma azaléia. Isso é verdade. Ela não pode gerar outro tipo de flor. É claro que ela parecerá com outro tipo de flor se o homem mudá-la geneticamente. Mas o fato é que ela se apresenta em sua forma original. Isso significa que ela terá sua forma original para sempre. Como será a grama então? Grama será grama até o fim dos tempos. E quanto ao pinheiro? Um pinheiro continuará sendo um pinheiro.
Mas como é o homem? Porque o homem sempre terá doze tipos de pecado em seu coração, esse coração mau irá surgir; os maus pensamentos virão e também se manifestará o comportamento de um ladrão. Portanto, todos são pecadores na presença de Deus. Então todos nós teremos pecado em nosso coração se não recebermos a purificação deles. Por isso o Senhor disse que temos que receber a purificação dos nossos pecados.
Diante da presença de Deus, existem alguns pecados que estão guardados no coração e outros que são manifestos fisicamente. O pecado posto em ação é chamado de transgressão ou pecado pessoal, pois violou os estatutos da lei. E o pecado que fica guardado no coração é chamado de pecado original. O homem tem esse tipo de pecado no coração.
O homem é de descendência maligna por natureza. O ser humano é uma geração de malignos que sempre trama o mau. O homem rouba por natureza. O ser humano é uma espécie que comete homicídio. É uma espécie que comete adultério. É uma espécie que tem inveja. Ele é uma espécie maligna. É uma espécie que tem maldade no olhar. Ele blasfema. Ele é arrogante. Ele é louco.
Se o homem não conhecer sua própria natureza, ele não buscará a salvação de Deus e também não receberá a remissão dos seus pecados porque ele não precisa crer na justiça de Deus, a qual é manifesta no evangelho da água e do Espírito. Por isso nós devemos saber que o homem é nada mais que uma geração de malignos. Deus nos diz: “Vocês são pecadores. O salário do pecado é a morte. Vocês morrerão se tiverem pecado. Vocês irão para o inferno se tiverem pecado”. Se alguém tiver pecado à luz da Palavra de Deus, a consequência disso é a morte. Morte aqui se refere à morte espiritual e eterna, que é ser lançado no inferno.
 
 
Então Como Devemos Crer para Receber a Salvação de Todos os Nossos Pecados?
 
Vamos pensar no evangelho da água e do Espírito que nos fez receber a salvação dos nossos pecados. Vamos pensar em como o Senhor nos salvou e de quais pecados Ele nos salvou. O Senhor nos disse a verdade, ou seja, a palavra da água e do Espírito. E Ele nos ensinou que realmente somos pessoas cheias de pecado. Somos pessoas que cometem pecado com o coração e com nossas ações diante da presença do Senhor. Somos pessoas que cometemos pecado durante toda nossa vida até a hora da morte. Jesus veio para salvar a nós que não podíamos evitar de pecar e de sermos lançados no inferno por causa desses pecados. Portanto, Jesus é o nosso Salvador. O Senhor se tornou o nosso Salvador e apagou todos os nossos pecados por Sua justiça e, portanto, nós recebemos a nossa salvação pela fé.
Jesus disse que devemos purificar completamente os pecados do nosso coração. Mas a purificação de todos os nossos pecados não pode ser alcançada por nossas obras carnais. Isso significa que não podemos fazer isso mesmo se chorarmos e nos esforçarmos muito. Devemos receber a remissão dos pecados somente por crermos na justiça do Senhor. O que a justiça do Senhor significa aqui? Significa que o Senhor apagou todos os nossos pecados pelo evangelho da água e do Espírito.
Jesus censurou a hipocrisia dos fariseus. Ele disse: “Esses e aqueles pecados saem do coração do homem e essas coisas o contaminam. Você não pode se tornar puro através de suas obras hipócritas. Seus pecados não são apagados não importa o quanto você lave suas mãos e tome banho. E seus pecados não são purificados não importa que coma uma comida pura com suas mãos limpas. Portanto, você deve receber a remissão dos seus pecados por crer em Jesus Cristo”.
Aqueles que só creem nas doutrinas cristãs, isto é, aqueles que não sabem que têm doze tipos de pecado em seu coração embora creiam em Jesus como seu Salvador, não sabem que Jesus veio a este mundo e apagou todos os nossos pecados ao receber o batismo de João Batista e derramou Seu sangue na cruz. Apesar disso muitos cristãos ainda levam suas bíblias de forma humilde e continuam trocando de cargo na igreja. Então eles ofertam e cuidam de sua aparência externa enquanto aprendem os rituais e formas de adoração. Essas pessoas precisam se voltar para o evangelho da água e do Espírito. Elas precisam se voltar para Jesus Cristo com um coração sincero e ouvir a palavra do evangelho da água e do Espírito do qual Ele falou.
Você realmente tem pecados imundos em seu coração? Você cometeu pecado até o dia de hoje? E pecará novamente no futuro? Você deve perguntar a si mesmo essas perguntas difíceis e olhar com sinceridade para dentro de si. Se você ainda é pecador diante da presença de Deus, você deve reconhecer isso diante dEle e deve saber de verdade o que Deus diz sobre essa genuína salvação. Você deve receber a remissão dos seus pecados ao compreender o evangelho da água e do Espírito e crer realmente nele. Você deve se tornar um crente maravilhoso. As pessoas precisam parar agora de levar uma vida espiritual errada onde só se preocupam em cuidar da aparência exterior enquanto creem no Cristianismo. Espiritualmente essas pessoas são os fariseus de hoje.
Se acontece de alguns de vocês pensar que o Cristianismo é uma das religiões do mundo, então enquanto podem, vocês devem se voltar imediatamente para o evangelho da água e do Espírito. O Cristianismo que passou a adotar vários tipos de rituais deve voltar atrás nessa fé errônea, porque ninguém pode receber a remissão dos pecados só por fazer orações de arrependimento. Devemos nos afastar do Cristianismo que dá importância somente a aparência exterior e voltar para o evangelho da água e do Espírito. Alguns cristãos dizem: “Eu sempre tive pecado em meu coração apesar de ser crente há três anos. E eu cri em Jesus por mais três anos depois disso, e me tornei um pecador ainda mais desprezível”. Eles falam que seus pecados se tornaram mais pesados porque aumentaram muito durante os dez anos que creram em Jesus. Devemos imediatamente deixar essa fé religiosa e crer no evangelho da água e do Espírito se não quisermos ficar lamentando dessa forma. “Jesus disse: ‘Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei’, mas ao invés disso, meus pecados aumentaram ainda mais e o meu coração se tornou mais pesado. Eu cri em Jesus como meu Salvador por dez anos, mas meus pecados foram se acumulando sobre mim. Eles eram muito pesados. Quando eu conheci a Jesus eu tinha esperança e meu coração não estava tão pesado assim. Mas durante esses dez anos os meus pecados iam me oprimindo cada vez mais. Como eu não estaria então se tivesse ficado assim por vinte anos?”
Eu fiz essa pergunta a um cristão que cria em Jesus como seu Salvador durante cinquenta anos: “Você tem pecado? No Antigo Testamento no livro de Isaías, capítulo 1 versículo 18, a Palavra declara:
‘Vinde, pois, e arrazoemos,’
Diz o SENHOR;
Ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata,
Eles se tornarão brancos como a neve;
Ainda que sejam vermelhos como o carmesim,
Se tornarão como a lã.’
Se é assim, então os seus pecados ficaram brancos como a neve?”
A pessoa respondeu: “Como os meus pecados podem ser apagados? Eles aumentaram desde que eu cri há cinquenta anos atrás. Estou tentando receber a purificação deles fazendo essas orações de arrependimento todos os dias! Por isso oro muito para alcançar a santificação.”
Por que esse cristão disse isso? É porque essa pessoa cria em Jesus como seu Salvador com uma fé legalista! E também porque ele tinha fé sem conhecer a justiça de Deus! Uma pessoa que creu por cinquenta anos e uma que creu por 10 anos são iguais, pois ambas têm pecado já que não conhecem o evangelho da água e do Espírito. É claro que o peso de seus pecados é diferente. Contudo, não podemos dizer que alguém que creu por cinqüenta anos tem mais pecado do que aquela que creu por dez anos. Elas só sentem que tem mais ou menos pecados. Isso mostra que a compreensão delas com relação a quantidade de pecado é de mais ou menos, mas elas são iguais, pois ambas têm pecados.
Por que você ainda é um pecador apesar de crer em Jesus como Salvador? É porque você não crê na Palavra de Deus e também não aceitou o evangelho da água e do Espírito. Jesus veio para nós pecadores pelo evangelho da água e do Espírito a fim de apagar os nossos pecados de uma vez por todas. Embora o Senhor tenha salvo você dos pecados do mundo de uma vez por todas por esse evangelho, você não pode receber a salvação porque não reconhece que é uma raça de malignos, e por isso não pode receber a remissão dos pecados ao crer no evangelho da verdade que o Senhor te deu. Você se tornou pecador porque não creu no amor do Senhor que deu a remissão dos pecados através do evangelho da água e do Espírito, e não porque Deus não deu a salvação a pecadores como você.
Portanto, você deve retornar ao evangelho da água e do Espírito imediatamente e deve aprender o que as Escrituras falam sobre a justiça de Deus. Quando você estuda sobre a justiça de Deus na Sua Palavra, você passa a conhecer a verdade da salvação que veio pelo evangelho da água e do Espírito e também a receber essa liberdade genuína ao crer nesse evangelho. E você também passa a conhecer a si mesmo.
Cada pecador deveria saber primeiro que todos cometem esses doze pecados até a hora da morte. Isto está certo. Os pecados não são purificados não importa o quanto alguém ofereça orações de arrependimento, porque ele continuará a cometer esses pecados. Os seus pecados não podem ser purificados mesmo se você clamar por eles. Seus pecados não podem purificados mesmo se você oferecer dinheiro a Deus pela remissão deles. Seus pecados não podem ser purificados mesmo que você morra como mártir pelo Senhor. Os seus pecados só podem purificados ao crer no evangelho da água e do Espírito pelo qual o Senhor nos salvou de todos eles. Somente assim você pode ter seus pecados purificados de forma perfeita.
Na região do Himalaia, muitos creem no Budismo. Eles creem que devem praticar o asceticismo para apagar os seus pecados e para nasceram numa situação mais favorável quando reencarnarem na outra vida. Para eles há um lugar chamado “a terra santa”. Esse lugar é muito distante de suas casas. Contudo, ao dar alguns passos eles vão para esse santo lugar e se ajoelham com os conhecidos cinco pontos de prostração, e o fazem repetidamente. Eles se dobram em busca desse santo lugar tocando o chão com as cinco partes de seu corpo e se levantam. E novamente caem prostrados. Eles repetem isso até alcançarem esse longínquo lugar chamado santo lugar. Depois de adorar a Buda nesse santo lugar, eles voltam para casa da mesma forma que foram. É assim que eles praticam o asceticismo.
Todas as religiões desse mundo são assim. Eles acham que recebem a remissão dos seus pecados por praticar o asceticismo, por sacrificar e por conhecer muito bem as doutrinas cristãs. Mas eu lhe digo abertamente que você só pode receber a remissão dos seus pecados ao crer no evangelho da água e do Espírito, e não por fazer essas coisas absurdas. Não veja o Cristianismo como uma das religiões deste mundo. As religiões deste mundo são como uma droga viciosa. As pessoas dizem que a primeira vez que usaram drogas se sentiram ótimas. Elas dizem que se sentiram como se fossem donas do mundo. Contudo, o efeito da droga passa rápido. Então seus pés e mãos começam a tremer e elas começam a sofrer dos chamados “sintomas de abstinência”. Então eles a tomam novamente. E quando eles usam drogas por muito tempo, eles têm que injetar essa droga em si mesmos de cinco em cinco minutos. Eles enlouquecem quando param de fazer isso. As religiões do mundo não são diferentes disso. Devemos lançar fora essa fé religiosa que vem das religiões do mundo. E devemos realmente saber como o Senhor nos salvou dos pecados do mundo através da verdade do evangelho da água e do Espírito.
Devemos conhecer nosso pecado original através da Palavra de Deus. E também devemos saber certas coisas, como por que nós nascemos; com o que nascemos; como vivemos e onde estamos destinados a ir depois de morrermos. Podemos aprender todas essas coisas através da Palavra de Deus. Devemos saber que só receberemos a remissão de pecados ao cremos no evangelho da água e do Espírito. Portanto devemos, sem demora, aprender o verdadeiro evangelho da água e do Espírito. Devemos deixar toda a escravidão da fé formalística do Cristianismo que nos prende tão fortemente. Provavelmente, dentre os que estão aqui hoje há muitos que receberam a remissão dos pecados por crer no evangelho da água e do Espírito, mas eu acho que alguns de vocês ainda não receberam perfeitamente a remissão dos pecados. Mesmo que exista alguém que ainda não recebeu a remissão dos pecados, você pode ser livre de todos eles se aprender passo-a-passo sobre a justiça de Deus e então crer nela.
Você e eu cometeremos pecado até o dia da nossa morte. Esses pecados podem ser apagados pelas orações de arrependimento? O Cristianismo deste mundo entende que as orações de arrependimento são um meio de alcançar a santificação. Contudo, Jesus disse que apagou o nosso pecado original, mas Ele não disse que apagou nossos pecados pessoais e que, portanto, nós temos que purificar nossos pecados pessoais fazendo orações de arrependimento todos os dias? Onde nas Escrituras está escrito isso?
Por um momento, vamos pensar seriamente sobre isso. Isso faz algum sentido? Nós teríamos que purificar os pecados que cometeríamos até o dia da nossa morte através dessas orações de arrependimento, mas isso seria possível? Vamos pensar sobre isso hoje. Teríamos que lembrar de todos os pecados que cometemos desde o momento que acordamos até a hora de irmos dormir. Seria possível fazer orações de arrependimento por todos esses pecados? Entretanto, existem tantos pecados que esquecemos e somente um ou dois que nós realmente lembramos, mas até esses poucos pecados podem ser apagados ao fazer orações de arrependimento? Não, eles não podem ser apagados dessa forma. O pecado não pode ser apagado desse jeito. Todo pecado é completamente apagado por crer no batismo que Jesus recebeu de João Batista e no sangue que Ele derramou na cruz.
Porque adão e Eva pecaram, nós como seus descendentes herdamos esse pecado e não podemos evitar de cometer pecado e sermos destruídos já que nascemos com pecado. Além do mais, o homem comete pecado até o momento de sua morte. Então as pessoas desse mundo criam uma religião e tentam purificar seus pecados somente fazendo orações de arrependimento. Mas os seus pecados são apagados só porque você faz orações de arrependimento? Onde diz na bíblia que somente o nosso pecado original foi apagado? O Senhor não disse que Ele apagaria todos os pecados do mundo?
Jesus disse: “Está consumado!” (João 19:30) enquanto morria na cruz depois de receber Seu batismo. Jesus veio uma vez a este mundo em forma humana, recebeu o batismo para levar todos os pecados do mundo de uma vez por todas, e foi condenado por todos esses pecados ao morrer na cruz. E o Senhor ressuscitou uma só vez e ascendeu ao Reino dos Céus. Assim o Senhor se tornou o Salvador da humanidade e agora descansa à direita do trono de Deus Pai. Agora você pode receber a salvação de todos os seus pecados só por crer em Jesus Cristo que veio pelo evangelho da água e do Espírito. É por isso que Jesus é o seu Salvador.
Amados irmãos, é inútil vocês irem diante da presença de Deus e fazerem essas orações de arrependimento todos os dias, dizendo: “Deus, eu cometi esse e esse pecado. Por favor, me perdoe”. Jesus não vai à cruz e apaga os seus pecados todos os dias por você. Ele cumpriu a obra de apagar todos os seus pecados de uma vez por todas ao receber o batismo de João Batista e ao derramar Seu sangue na cruz cerca de dois mil anos atrás. Devemos conhecer bem esse verdadeiro evangelho da água e do Espírito.
Não devemos crer em Jesus como as pessoas deste mundo creem em sua religião mundana. A religião é como uma droga poderosa. Com toda coragem você deve jogá-la fora. O que você recebeu até agora por crer no Cristianismo como um sistema religioso? Você só ganhou mais pecados e desperdiçou seu tempo e dinheiro.
Não nascemos todos com pecado, pessoas que realmente não podem evitar de cometer pecado até o dia de sua morte? Mas o Senhor veio a este mundo para nos salvar dos pecados do mundo. E o Senhor nos salvou de todos esses pecados pelo batismo que recebeu de João Batista e pelo precioso sangue que Ele derramou na cruz. Nós louvamos o amor de Deus e Sua justiça.
Eu dou mesmo louvor e graças ao Senhor que nos salvou de todos os pecados pelo evangelho da água e do Espírito.