The New Life Mission

Sermões

Assunto 22: O Evangelho segundo LUCAS

[Capítulo 12-1] (Lucas 12:1-10) Aceite a Instrução de Deus

(Lucas 12:1-10)
“Ajuntando-se, entretanto, muitos milhares de pessoas, de sorte que se atropelavam uns aos outros, começou a dizer aos seus discípulos: ‘Acautelai-vos, primeiramente, do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. Mas nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido. Porquanto tudo o que em trevas dissestes à luz será ouvido; e o que falastes ao ouvido no gabinete sobre os telhados será apregoado. E digo-vos, amigos meus: não temais os que matam o corpo e depois não têm mais o que fazer. Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer: temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei. Não se vendem cinco passarinhos por dois ceitis? E nenhum deles está esquecido diante de Deus. E até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais, pois; mais valeis vós do que muitos passarinhos. E digo-vos que todo aquele que me confessar diante dos homens, também o Filho do Homem o confessará diante dos anjos de Deus. Mas quem me negar diante dos homens será negado diante dos anjos de Deus. E a todo aquele que disser uma palavra contra o Filho do Homem ser-lhe-á perdoada, mas ao que blasfemar contra o Espírito Santo não lhe será perdoado’”.
 
 
Deus Revelará Toda a Hipocrisia do Homem
 
Nosso Senhor diz três coisas na passagem bíblica deste capítulo: “Cuidado com o fermento dos fariseus”, “temam a Deus” e “não blasfemem contra o Espírito Santo”.
O Senhor nos disse pessoalmente para ter cuidado com a hipocrisia dos fariseus porque eles eram muito hipócritas. É bem provável que não haja ninguém neste mundo tão hipócrita como eram os fariseus. Se lermos apenas as palavras que nos advertem contra a hipocrisia dos fariseus, vemos o quanto eles eram hipócritas. Todavia, sua aparência era muito santa, pura, limpa. Por isso que o Senhor nos diz que devemos ter cuidado com a aparência. Por mais que a aparência dos hipócritas seja humilde e eles pareçam santos, toda a sua hipocrisia será revelada por Deus.
Amados irmãos, temos que guardar a Palavra do Senhor que nos adverte a ter cuidado com o fermento dos fariseus. E os cristãos atuais precisam mesmo ter cuidado com o fermento dos fariseus. Alguém pode esconder do Senhor o que realmente é? Alguém pode esconder de Deus seu coração, os pecados que há nele e tudo que possui? Ninguém consegue esconder nada de Deus. Mesmo assim os fariseus procuravam de todas as formas se esconder dele.
Amados irmãos, eu não sei se vocês já viram os fariseus em algum filme, mas se vocês olharem para as roupas que eles usavam, a bainha das suas vestes eram muito largas. E eles cobriam o rosto com esta bainha se algum leproso fosse em sua direção. Eles sequer olhavam para ele e gritavam: “Impuro, impuro”. Os fariseus fingiam levar uma vida tão santa que nem olhavam para algo impuro. Deste modo, eles conservavam sua aparência de piedade o máximo que podiam.
No entanto, o Senhor nos disse para ter cuidado com seu fermento. Ele nos disse para ter cuidado porque os fariseus eram hipócritas. Muitas pessoas eram enganadas pelos fariseus quando Jesus esteve nessa terra. Eles eram realmente muito hipócritas. A aparência dos fariseus, seja aquela do passado ou a de hoje, era muito elegante. Eles nunca blasfemavam e até andavam de um modo diferente. Nós sabemos quando estamos levando uma vida religiosa, e eu posso muito bem descrever como uma pessoa é vazia por dentro olhando apenas para sua aparência. Aqueles que levam uma vida religiosa fazem muito mais do que qualquer outra pessoa neste mundo. Seu modo de agir parece tão santo que nós que nascemos de novo nem conseguimos imitá-los. Não há como descrever a maneira que eles juntam as mãos e oram fervorosamente de joelhos quando entram na igreja. Às vezes eles entram na igreja, sentam nos bancos e oram assim: “Por favor, Deus, me ajude”. Geralmente oramos tão rápido que a pessoa ao nosso lado nem percebe se estamos orando ou não. Não há como nos compararmos aos fariseus no que tange à sua aparência e ao seu formalismo.
Eu tenho crido em Jesus por mais de trinta anos, embora eu tenha levado uma vida religiosa dez anos sem saber como nascer de novo. O mesmo acontecia muito tempo atrás. E uma das características de quem não nasceu de novo é que eles são todos hipócritas. Eles são muito hipócritas. Mas como é isso? Sua aparência parece tão pura e santa que ninguém consegue sequer se aproximar deles. Mas quando olhamos para o seu interior, vemos que eles nunca abrem a porta do seu coração. Apenas sua aparência é atraente. Assim como não sabemos o que há no interior do Kremlim, não sabemos também o que há no coração dos fariseus. Sua aparência, como um muro de ferro, é tão forte que não podemos explicar. É algo tão impenetrável que não pode ser descrito por palavras.
Amados irmãos, pessoas simples conversam sobre coisas como se soubessem tudo, mas as coisas não são como parecem. Vocês ficam imaginando por que casais brigam quando vêem isso acontecer, mas acontecerá a mesma coisa quando vocês se casarem. Vocês ficam imaginando como pode uma esposa falar algo ruim do seu marido, mas vocês vão ver quando se casar. Vocês vão fazer o mesmo. Os jovens acham que não vai ser assim, não acham? Mas o mesmo acontece com todo mundo.
Os hipócritas, no entanto, gostam tanto de aparecer que não falam mal das pessoas na sua frente. Na frente delas eles dizem: “Ah, está tudo bem. Eu te entendo”. Mas quando elas são as costas, eles as xingam assim: “Este cara é um filho da p...”. Aí chegam perante Deus e dizem: “Deus, eu xinguei uma pessoa. Eu não consegui me controlar. Por favor, me perdoe!” Quem pode saber o que se passa no seu coração então? As pessoas que são hipócritas assim se fecham para os outros como um muro de ferro e ninguém consegue saber quais são suas verdadeiras intenções quando as encontram e conversam com elas. Sendo assim, não podemos nunca estar com elas, pois sua aparência de santidade é apenas fingimento.
Não podemos ter uma verdadeira comunhão com pessoas que não nasceram de novo porque elas disfarçam muito bem seu coração. E mesmo quando tentamos conversar um pouco com elas sobre a justiça de Deus, nos sentimos como se elas estivessem levando uma vida muito santa e nós, por outro lado, uma vida sem sentido e miserável. Elas parecem ser pessoas santas e especiais. É por isso que não podemos conversar com esse tipo de gente, pois não tem jeito de chegar ao seu coração. As pessoas só podem ter comunhão umas com as outras quando reconhecem suas falhas. E quando alguém tenta encobrir suas falhas e se exalta fingindo que guarda toda a lei de Deus, essa pessoa na verdade não sente nenhuma gratidão pela sua justiça. É por isso que não temos nenhum contato com esse tipo de gente. Elas são a versão moderna dos fariseus, e vemos que hoje o Cristianismo está cheio destes fariseus ao olharmos para sua espiritualidade. Eles pensam que estão levando uma boa vida espiritual apesar de não terem nascido de novo, não creem no evangelho da água e do Espírito e ainda terem pecado no coração. Esse tipo de gente se esconde atrás da sua hipocrisia. Por isso que se conversarmos algum assunto com eles, eles são firmes em suas convicções como se soubessem tudo. Só de ouvir uma frase eles já sabem dez vezes mais sobre o assunto. É por isso que não conseguimos mais conversar com eles. Se dizemos uma coisa, eles dizem duas; se dizermos cinco, eles dizem dez. É por isso que não podemos mais conversar com eles.
Esse tipo de gente engana a si mesmo. Jesus disse que devemos ter cuidado com o fermento dos fariseus. O fermento aqui são seus ensinamentos mundanos, hipócritas e errados. Os fariseus dizem que creem em Deus também. E se existe alguém neste mundo que crê mais em Deus, este alguém é um fariseu. Jesus também os reconheceu e disse: “Se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus”. A justiça dos fariseus era realmente muito grande. Eles procuravam levar uma vida justa, só falavam de coisas boas e viviam de maneira pura e correta. Eles viviam tão bem que nosso Senhor disse que temos que ser mais justos do que a justiça dos fariseus para entrarmos no reino dos céus. Os fariseus criam tanto em Deus que até parecia que entrariam no reino dos céus por si mesmos se tentassem mais um pouco. Mas é óbvio que não podemos fazer o que eles faziam. Qual a questão mais importante aqui então? É que os fariseus não podiam entrar no reino dos céus porque lhes faltava uma coisa.
 
 
Os Fariseus Eram tão Soberbos que Contenderam com Jesus
 
Lucas 7:36-50 conta a história de uma mulher que levou um vaso de alabastro com unguento. Ela entrou na casa de um fariseu onde Jesus estava e chorou aos seus pés. Ela começou então a lavar seus pés com suas lágrimas, as secou com seus cabelos, os beijou e os ungiu com unguento. O que o fariseu que convidou Jesus disse a si mesmo quando viu aquela cena? Ele não fez nada quando a mulher pecadora entrou e lavou os pés de Jesus. Ele então disse a si mesmo: “Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, pois é uma pecadora”. Vemos assim que os fariseus achavam que levavam uma vida mais justa que Jesus. Eles eram muito pretensiosos, não eram? Eu fico sem saber o que dizer diante disso.
As tradições destes fariseus eram os que eles haviam herdado. E todos eles viviam segundo suas próprias tradições. Eles davam mais importância aos preceitos do homem que haviam herdado pela sua tradição do que à Palavra de Deus. E eles criam mais nas palavras e pensamentos do homem que foram ensinados a eles pelos anciãos e seus antepassados do que nos ensinamentos da Palavra de Deus. E algo parecido acontece hoje também. Os cristãos modernos confiam mais nas referências das passagens bíblicas do que na Palavra de Deus. Eles dão mais ênfase às notas de rodapé que há na Bíblia. Eles creem totalmente nessas notas e dão mais importância a elas do que à Palavra de Deus. Eles não se importam com o que a Bíblia diz. O mais importante para eles é o que está escrito nas notas. É assim que muitos hoje em dia realmente creem.
Estes fariseus fingem ser santos. Por isso que Jesus disse: “Cuidado como seu fermento. Cuidado com suas tradições. Tenham muito cuidado com seus ensinamentos. Vocês também morrerão se aceitá-los. Cuidado com sua hipocrisia”. O Deus Todo-Poderoso vê tudo que há dentro deles, embora tentem esconder. É por isso que a Bíblia diz que “nada há encoberto que não venha a ser revelado; e oculto que não venha a ser conhecido. Porque tudo o que dissestes às escuras será ouvido em plena luz; e o que dissestes aos ouvidos no interior da casa será proclamado dos eirados” (Lucas 12:2-3).
É verdade. O Senhor sabe tudo sobre nós. Ele conhece as palavras doces dos homens cujos lábios são suaves, como se houvesse mel neles; ele conhece os desejos e pensamentos do porto do seu coração; ele conhece os pecados que cometemos em segredo; ele sabe no que cremos e tudo que fazemos em nossa vida como se tivesse um microscópico. Quando vemos um peixe no aquário, tudo é muito claro, não é verdade? Nós podemos ver tudo que o peixe faz: como ele se move, como a água balança conforme ele nada, o que acontece quando ele se esconde em meio às pedras do aquário, como ele bebe água, como são seus olhos, qual a sua cor e como ele move sua cauda de um lado para o outro. Com Deus é a mesma coisa. Ele não apenas conhece os fariseus, mas sabe tudo sobre ele.
Existe algo oculto que não será revelado por Deus? Tudo será descoberto, por mais que esteja oculto. E é claro que existe pecado no coração dos fariseus. Estes hipócritas até parecem crer por fora, mas o que há no seu interior? Só há pecados ali. Portanto, não há nada oculto que não será revelado por Deus.
 
 
O Homem Pode Esconder Algo de Deus? Ele Pode Ocultar Seus Pecados?
 
As pessoas conversam sobre tudo nessa terra, menos sobre seus pecados vergonhosos. Mas o fato de escondermos nossos pecados instintivamente assim também é pecado. Mentir para os outros e enganar a própria consciência é algo que também será revelado por Deus. Nosso Senhor sabe tudo. Ele diz em Lucas 12:4: “E digo-vos, amigos meus: não temais os que matam o corpo e depois não têm mais o que fazer”. E o que isso quer dizer? Que tudo que podemos fazer aos outros é matar seu corpo. Depois disso não há mais nada a fazer. O que podemos fazer a uma pessoa que já está morta? O homem jamais poderá mandar alguém para o inferno.
Mas o Senhor diz em Lucas 12:5: “Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer: temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei”. O que o Senhor está dizendo aqui é que devemos temer a Deus, pois é ele quem julgará nossa alma. E é isso mesmo. Todos têm que temer a Deus. Deus obviamente existe, apesar de não podermos vê-lo com nossos olhos. E é ele quem lançará no fogo eterno no inferno a alma daqueles que não receber a remissão de pecados e não obedecer à sua Palavra da verdade. Nós temos que entender que este juízo terrível virá sobre todos os pecadores. Também temos que entender que Deus criou o inferno e enviará mesmo aqueles que tiverem que ir para lá. É por isso que devemos temê-lo. Esta é a única razão pela qual devemos temê-lo.
Há pessoas que não temem mesmo a Deus. Mas quem não teme a Deus irá para o inferno quando morrer, por mais que tenha sido valente como um leão quando estava vivo. Temos que pensar bastante nisso. A maioria das pessoas não se importa em temer a Deus, mesmo sabendo que irá para o inferno por causa dos seus pecados. É por isso que todas elas precisam temer a Deus.
Os que não receberam a remissão de pecados Deus não podem mesmo temer a ele. Por isso que é algo muito comum para os que não receberam a remissão de pecados tentar ocultar seus pecados. Mas se eles temerem a Deus realmente, eles poderão receber a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. Muitos entre nós tentam desesperadamente ser purificado dos seus pecados. No entanto, eles só receberão a remissão de pecados realmente se ela vier de Deus. Muitos fazem de tudo ao longo da sua vida para receber a remissão de pecados. E se há algo que as pessoas de fato devem fazer de tudo para receber é a remissão de pecados. Aqueles que não querem receber a remissão de pecados, mas somente gozar a vida todos os dias, são tolos. Quem é mais tolo do que aquele que não sabe que irá para o inferno ou aqueles que sabem que vão para lá mas não fazem nada para evitar isso? Todo aquele que se importa com sua vida após a morte certamente receberá a remissão de pecados. Alguém que se importa o mínimo com o problema do pecado pode receber de Deus a remissão de pecados.
 
 
Por que as Pessoas Não Creem na Graça de Deus e Até Procuram Evitá-la?
 
Parte da letra de um dos nossos hinos diz assim: “Não resista a ela, não resista a ela”. Estas palavras significam que “o Senhor veio a nós para nos dar a graça da salvação através do evangelho da água e do Espírito”. Mas por que as pessoas não o aceitam então? Será que elas rejeitam a salvação do Senhor por causa dos pecados que cometeram? Nosso Senhor já levou todos os nossos pecados de uma vez. Ele sabe tudo sobre nós. Guarde isso em sua mente. Jesus Cristo veio a nós trazendo a justiça de Deus para nos salvar de todos os nossos pecados.
Nós temos que conhecer a justiça de Deus. Deus não é apenas um cara legal. Você está entendendo? Deixe-me te contar uma história que aconteceu muito tempo atrás. Há muito tempo havia um cara legal. Ele tinha um amigo, mas seu amigo não tinha uma boa índole. Um dia eles estavam andando juntos e seu amigo começou a pensar assim: “Eu vou pegar no pé do meu amigo só porque ele é um cara legal”. Ele então pegou o braço do rapaz e o torceu para trás. Se alguém fizer isso com força o braço pode até quebrar. Mesmo assim ele continuou torcendo o braço do seu amigo. O rapaz que era um cara legal pediu a ele para parar de fazer aquilo, mas ele continuou torcendo seu braço ainda mais. E ele estava puxando com vontade. Isso então acabou machucando muito seu amigo. O rapaz disse então: “Você vai acabar quebrando meu braço se continuar fazendo isso”. Mas o outro continuou torcendo seu braço. De repente ouvi-se um barulho como de algo quebrando. O rapaz disse então: “Eu disse que você ia quebrar meu braço!” Só então o outro soltou um pouco, mas aí o braço já estava quebrado. E você sabe o que o rapaz que era um cara legal disse depois? Ele disse: “Olhe, você quebrou meu braço”. Será que existe alguém que reagiria como este rapaz? Se existe alguém assim, ele é mesmo um cara legal. Mas Deus não é apenas um cara legal.
Deus fala conosco de modo bem claro. Ele nos diz que devemos receber a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. E se tiver que esperar por nós um, dez ou cem anos, nosso Senhor esperará. Deus é misericordioso. E o que mais ele nos diz? Ele diz: “Eu vou enviá-los para o inferno se vocês não receberem a remissão até mesmo do menor dos seus pecados. Ainda há uma chance para vocês nessa terra. Receberam a remissão de pecados. Pelo menos me ouçam um pouco. Separem algum tempo para mim. Recebam a remissão de pecados e me conheçam um pouco. Ouçam o que eu digo”. Deus nos exorta a receber a remissão de pecados.
E é isso mesmo. Deus nos exorta todos os dias através do evangelho da água e do Espírito. Ele nos exorta, mas se isso não funcionar, ele permite que os problemas nos assolem para que venhamos a buscá-lo. Deus na verdade faz de tudo para nos salvar. Ele às vezes leva até algumas pessoas para que elas não percam a salvação. Mas ele também leva outros tirando sua vida quando eles se levantam contra sua igreja. E o que Deus faz quando tira a vida deles? Como eu disse, Deus não é apenas um cara legal. Quando está irado, ele diz aos seus anjos: “Eu vou lançar este cara no fogo eterno do inferno. Eu o lançarei no fogo que nunca se apaga. Vá e traga-o”. Então o anjo da morte vai e traz a alma desta pessoa. O corpo de todo mundo fenece quando morre. Não dá nem para dizer como é difícil mover um corpo assim. Se não pegarmos com jeito, ele pode até partir em pedaços. De todo modo, o anjo de Deus leva a alma para ele e diz: “Deus, aqui está ele”. Deus diz então: “Seu miserável. Eu disse a você para receber a remissão de pecados, mas você não quis, não foi? Agora eu só posso te enviar para um lugar. Anjos, abram a porta. Abram a porta daquele lugar fervendo e enviem este cara para lá”. O Senhor disse aos seus discípulos para temer a Deus porque nosso Deus trará estes corpos mortos de volta à vida e no último dia os lançará junto com sua alma no fogo que nunca se apaga. Esta é a verdade. Não há duvida de que o juízo de Deus espera por todos os pecadores, como diz a Bíblia: “E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo” (Hebreus 9:27).
Embora nosso Deus seja cheio de amor, há um limite para ele. Todo poder pertence ao Deus que criou este mundo. Ele tem poder para nos enviar para o reino dos céus e também para nos enviar para o inferno. Temos que entender isso muito bem em nossa vida. Temos que entender muito bem que Deus tem poder. Já que não somos como os animais que perecem, temos que entender pelo menos isso: temos que temer a Deus, pois ele deve ser temido, e temos que honrar a Deus, pois ele deve ser honrado. Temos que entender bem isso enquanto vivemos neste mundo. Meus amados irmãos, eu espero que vocês sempre se lembrem de servir a Deus em sua vida.
 
 
Vamos Ler Lucas 12:8-10
 
O Senhor disse: “E digo-vos que todo aquele que me confessar diante dos homens, também o Filho do Homem o confessará diante dos anjos de Deus. Mas quem me negar diante dos homens será negado diante dos anjos de Deus. E a todo aquele que disser uma palavra contra o Filho do Homem ser-lhe-á perdoada, mas ao que blasfemar contra o Espírito Santo não lhe será perdoado” (Lucas 12:8-10).
O Senhor está falando aqui dos que o confessam perante os outros e dos que o negam. Mas o que isso significa? Se uma pessoa reconhece perante os outros o que Jesus fez, Deus dirá pessoalmente que ela é alguém que faz parte do seu povo e que ela foi salva. E quando ela estiver diante do trono do juízo de Deus, ele dirá aos seus anjos: “Esta faz parte do meu povo”. Mas o que acontecerá com aquele que não confessar perante os outros que Jesus o salvou? O que acontecerá com aqueles que o negarem? Se alguém negar o que o Senhor fez por ele e disser: “Jesus não levou todos os meus pecados. Ele levou somente o pecado original, não os meus pecados pessoais”, o Senhor o amaldiçoará e lhe dirá: “Eu o negarei diante dos meus anjos”.
Ele diz: “Vá buscá-lo”. Então o anjo da morte busca quem o Senhor mandou. Depois ele diz: “Deus, eis aqui fulano, beltrano e sicrano”.
Deus então olha para eles e diz: “Vocês me conhecem?”
Aí eles dizem: “Claro Senhor. Nós criamos em ti lá na terra. Nós estamos tão felizes de vê-lo em pessoa”.
Mas Deus pergunta a eles: “Vocês me conhecem mesmo?”
No que eles respondem: “Claro que sim. Nós cremos em ti desde que tínhamos 30 anos; como poderíamos não conhecê-lo?” Eu clamei a ti por 30 anos; o Senhor não me escutou?”
Deus então dirá: “Afinal, vocês me conhecem ou não?”
E eles dirão: “Senhor, nós te conhecemos muito bem”.
Mas Deus lhes dirá: “Eu não os conheço”.
Aí então eles dirão: “O que o Senhor está falando?” Nós clamamos pelo seu nome por 30 anos e vivemos este tempo todo para ti; como tu não nos conheces?”
Deus então dirá: “O que eu fiz por vocês? Eu acabei com todos os seus pecados ou não?”
Eles então dirão: “Tu acabastes com todos eles”.
E Deus perguntará a eles: “Como seus pecados sumiram?”
E eles responderão: “Tu levaste nosso pecado original quando morrestes na cruz e perdoaste nossos pecados pessoais quando fazíamos orações de arrependimento todos os dias.”
Deus dirá a eles então: “Foi assim que eu eliminei todos os seus pecados? Vocês diziam às pessoas que eu tirei todos os seus pecados ou que eu não tirei todos eles? Vocês diziam que eu tirei seus pecados, mas tinham pecado porque os cometiam de novo? Isso não é o mesmo que dizem então que eu não pude tirar todos os seus pecados?”
Eles então dirão: “De modo algum, Senhor. Nós tivemos uma vida santa, críamos em ti de acordo com a doutrina da santificação e agora estamos aqui diante de ti. Do que o Senhor está falando?”
Por fim Deus dirá: “Eu não os conheço. Anjos, abram a porta. Levem estes para o inferno porque eu não os conheço”.
Amados irmãos, o que significa isso? Significa que os que negam o Senhor diante dos outros também serão negados por ele. Pode passar os céus e a terra, mas nem um jota ou til das palavras que o Senhor diz aqui passarão até que sejam todas cumpridas. Vocês creem nisso? Deus cumprirá todas elas com certeza. Então, os que receberam a remissão de pecados vivem sem medo algum perante seus inimigos. Isso porque nós que somos justos sabemos que Deus tratará os que rejeitam seu amor e lutam contra ele segundo a sua promessa, mesmo que não façamos nada a respeito. Assim, podemos viver felizes neste mundo porque não temos nada a ver com eles. O que é ligado na terra será ligado no céu. Aquele que nega Deus nessa terra será negado no céu.
O Senhor disse: “E a todo aquele que disser uma palavra contra o Filho do Homem ser-lhe-á perdoada, mas ao que blasfemar contra o Espírito Santo não lhe será perdoado” (Lucas 12:10). Você sabe o que isso quer dizer? Que aqueles que blasfemam contra o Espírito Santo jamais serão perdoados, pois o pecado de blasfemar contra o Espírito é aquele que sem dúvida alguma leva a pessoa para o inferno.
Eu creio em tudo que Deus fez. Eu creio que Jesus é o Filho de Deus. Eu creio que foi ele que criou tudo neste mundo. Eu creio que ele é o nosso Deus. Eu creio que ele é o Filho de Deus e o Criador que nos criou. Eu creio que Deus veio a essa terra, levou todos os nossos pecados e acabou com todos eles. Você crê nisso também?
 
 
A Palavra que Diz que Jesus Foi Concebido pelo Espírito Santo Significa que Ele se Tornou Homem
 
Os que creem em Jesus somente como Filho de Deus podem ter a chance de receber a remissão de pecados, como está escrito aqui: “E a todo aquele que disser uma palavra contra o Filho do Homem ser-lhe-á perdoada” (Lucas 12:10). E eles terão essa chance quando conhecerem o evangelho da água e do Espírito que ainda não conheceram. E alguns até já sabem muito bem que ‘Jesus é o Filho de Deus, e que ele acabou com todos os nossos pecados’. Mas o que acontece com aqueles que blasfemam contra o Espírito Santo, embora saibam disso também? O que é blasfêmia? Vamos dizer que um cão pudesse falar, chegasse até mim e me chamasse assim: “Papai, papai”. O que eu diria a ele? Isso é totalmente ridículo. Este é o pecado de blasfêmia. Como eu poderia ser pai de um cão?
Amados irmãos, jamais se esqueçam disso: aqueles que blasfemam contra o Espírito Santo perante Deus nunca poderão ser perdoados por ele. Eu não estou falando isso pela emoção agora. Então, pensem bem nisso e ouçam atentamente. Aqueles que blasfemam contra o Espírito Santo jamais poderão ser perdoados por Deus. Que tipo de pecado então é o pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo? Quem comete este pecado são aqueles que conhecem o evangelho da água e do Espírito. Algumas pessoas, embora conheçam o evangelho da água e do Espírito, se levantam contra Deus e sua Palavra e dizem: “Deus não acabou com todos os meus pecados. Senhor, eu creio em ti. Mas tu não acabaste com todos os meus pecados. Então Senhor, por favor, me perdoe pelos meus pecados pessoais sempre que eu fizer orações de arrependimento todos os dias”. Este é o pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo.
O fato de alguém confessar ou negar o Senhor é o mesmo que confessar ou negar que ele é o nosso verdadeiro Salvador. Todo aquele que blasfema do Espírito Santo perante os outros jamais poderá ser perdoado por Deus. Por mais que haja um versículo na Bíblia que não entendemos muito bem, temos que saber o que ele significa antes de seguirmos em frente lendo a Palavra. Nós temos que entendê-lo antes de prosseguirmos. É assim que teremos as respostas corretas na Bíblia.
Você acha é algo bom ler muito a Bíblia ou lê-la toda em uma semana? Não, não é. É até inútil ler a Bíblia todos os dias se alguém não sabe o que ela quer dizer. Há muitos na prisão que recitam um livro todo da Bíblia sem nem mesmo abri-la. Alguém pede: “Por favor, recite 1 Coríntios”. Eles então a recitam muito bem como se fossem um gravador: “1 Coríntios: Paulo, chamado apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus...” E quando alguém quer pregar um sermão para eles, eles dizem: “Ah, esta palavra está em tal versículo de tal capítulo da Bíblia”. Eu na verdade não sou muito bom em guardar versículos bíblicos. Eu sei até alguns, mas não consigo decorar. Mas estas pessoas decoram a Bíblia melhor do que um computador.
Por falar nisso, nunca se esqueçam de uma coisa: jamais blasfemem contra o Espírito Santo. O Senhor eliminou todos os seus pecados ou não? O Senhor Jesus veio a essa terra e acabou com todos os pecados do homem e do mundo de uma vez só ou não? Sim, acabou. A verdadeira fé é crer nisso. Mas quem são aqueles que dizem: “Jesus não acabou com todos os pecados deste mundo”? São justamente estes que blasfemam contra o Espírito Santo. O pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo se aplica aos que não recebem a remissão de pecados porque não querem; aos que não creem totalmente na obra que o Senhor fez quando veio a essa terra, mas acrescentam a isso suas próprias opiniões; aos que têm o fermento dos fariseus; aos que dizem que o Senhor levou o pecado original, não seus pecados pessoais; e até aos que aprovam a fé destas pessoas. Deus fala várias vezes em Provérbios que não devemos ser fiadores de ninguém, pois só os tolos fazem isso. E é verdade. Algo dá errado quando fazemos isso. Se vermos as pessoas que perderam tudo nessa terra, quase todas elas cometeram este erro; quase 100% delas. É por isso que o Senhor diz inúmeras vezes em Provérbios que não devemos ser fiadores de ninguém.
O que isso quer dizer? Quando os outros dizem: “Eu tenho pecados. É por isso que eu recebo a remissão deles diariamente fazendo orações de arrependimento”, jamais devemos dizer: “É verdade, você recebeu a remissão de pecados”. Não podemos concordar com sua fé. Isso também é o mesmo que cometer o pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo. Nós temos que discernir bem os que receberam a remissão de pecados e os que não a receberam. Nossa postura diante de Deus deve ser “sim” ou “não”. E isso não é algo que eu inventei. O que eu estou dizendo a vocês está na Bíblia. O Senhor disse: “Seja, porém, o vosso falar: ‘Sim’, ‘sim’; ‘não’, ‘não’, porque o que passa disso é de procedência maligna” (Mateus 5:37). Nunca devemos esquecer a Palavra dita pelo Senhor. Pode haver alguns entre nós que pensam assim: “Eu acho que isso está errado. A meu ver, num sentido humano, temos que aceitar essas pessoas. É óbvio que alguém assim não recebeu a remissão de pecados, mas eu tenho que aceitá-las porque elas têm uma fé boa e piedosa”. Se há alguns entre nós que pensa assim, ele precisa se arrepender perante Deus. Ele precisa resolver seus próprios problemas antes de se preocupar com os dos outros.
 
 
Defenda a Justiça de Deus Sempre que For Preciso
 
Amados irmãos, esta é uma exortação da Palavra de Deus ou não? Claro que é. Tudo acontecerá conforme diz a Palavra de Deus. É por isso que nós que vivemos nessa terra temos que falar o que é certo. Temos que tomar muito cuidado com tudo que formos falar. Quanto tempo dura nossa vida nessa terra? Nós vivemos 70 anos, 80 se formos saudáveis. Mas a vida é muito curta e logo se acaba. É por isso que devemos sempre lembrar da Palavra de Deus e guardá-lo no coração. Temos que receber a remissão dos nossos pecados e tomar cuidado para nunca sermos fiadores de ninguém. Isso é o certo a fazer. Todos nós temos que receber a remissão de pecados antes de estarmos perante Deus. Não devemos blasfemar contra o que o Espírito Santo fez. Ao contrário, temos que ser salvos honrando a obra que o Senhor fez e sendo gratos a ele pela fé. Só assim a glória de Deus será revelada a este mundo.
Vamos ler a Palavra um pouco mais. Vamos ler juntos Lucas 12:15-21.
“E disse-lhes: ‘Acautelai-vos e guardai-vos da avareza, porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.’ E propôs-lhes uma parábola, dizendo: ‘a herdade de um homem rico tinha produzido com abundância. E arrazoava ele entre si, dizendo: ‘Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos.’ E disse: ‘Farei isto: derribarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens; e direi à minha alma: alma, tens em depósito muitos bens, para muitos anos; descansa, come, bebe e folga.’’ Mas Deus lhe disse: ‘Louco, esta noite te pedirão a tua alma, e o que tens preparado para quem será?’ Assim é aquele que para si ajunta tesouros e não é rico para com Deus’”.
Esse texto nos adverte sobre a avareza. A ganância de se ter muito nessa terra é o desejo que as pessoas mais buscam realizar. Há muitos que até acham que se tiverem muitos bens materiais nessa terra, isso os ajudará a ir para ao céu. Mas o que o Senhor disse a respeito disso? Ele disse: “Acautelai-vos e guardai-vos da avareza” (Lucas 12:15). E ele também disse: “Assim é aquele que para si ajunta tesouros e não é rico para com Deus” (Lucas 12:21). A verdadeira vida não consiste nos nossos bens materiais ou naquilo que possuímos. Nossa vida só tem valor quando recebemos a graça da remissão de pecados dada pelo nosso Senhor Jesus Cristo. A vida eterna do homem está em Jesus Cristo.
Nosso Senhor sempre explica a Palavra da verdade através de parábolas. No texto bíblico deste capítulo, ele também usa uma parábola para explicar a ganância exagerada do homem porque o coração das pessoas está preso a este mundo e às coisas que nele há. E ele disse isso para recebermos a remissão de pecados e irmos para o céu, já imaginando sabiamente que nosso destino seria o inferno por causa dos nossos pecados.
“E propôs-lhes uma parábola, dizendo: ‘a herdade de um homem rico tinha produzido com abundância. E arrazoava ele entre si, dizendo: ‘Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos.’ E disse: ‘Farei isto: derribarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens’” (Lucas 12:16-18).
Vemos um homem rico aqui. E ele tinha muitos campos e muitos bens materiais. A colheita durante o ano foi muito farta. Ela foi mesmo abundante. Ao ver isso, ele pensou: “Eu não tenho lugar para guardar todos os meus grãos”. O celeiro que ele havia construído já estava tão cheio que não havia lugar para pôr mais nada. Então ele pensou: “Eu vou fazer o seguinte: vou derrubar este celeiro e construir outro ainda maior. Assim haverá espaço para colocar meus bens e minha colheita”. E ele também pensou: “Minha alma tem provisão para muitos anos; descansa, come, bebe e folga então”.
A maioria das pessoas pensa assim também. E muitos confiam nos bens materiais porque têm inclinação para a carne e não são espirituais. Mas aqueles que confiam nos seus bens materiais são realmente tolos. Podemos até ter prosperidade material hoje, mas amanhã tudo estará acabado. Nosso Senhor falou especificamente sobre isso. Mas o que ele disse: Ele disse: “Podemos dizer: ‘minha alma, não se preocupe com o futuro. Descansa, come, bebe e folga. Por que se preocupar já que tens tantos bens? Minha alma tem depósito por muitos anos’. Mas o que faremos se o Senhor pedir nossa alma de repente?”
Muitos dizem isso à sua alma, ao seu corpo e ao seu coração. Eles dizem: “Vocês estão preocupados? Não fiquem. Não há mais nada com que se preocupar agora. Todos os seus netos viverão bem por dez gerações. Por mais que seus netos cheguem a 500 nas próximas dez gerações, eles viverão bem. Descanse então. Não tenha medo. Descanse. Não se preocupe. Descansa, come e folga. Fique tranquilo”. É assim que eles se confortam. Eles dizem à sua alma: “Alma, tens em depósito muitos bens, para muitos anos; descansa, come, bebe e folga” (Lucas 12:19). Mas vamos ver o que o Senhor diz sobre esse tipo de gente. Ele diz: “Louco, esta noite te pedirão a tua alma, e o que tens preparado para quem será?” (Lucas 12:20).
Amados irmãos, quem é mais sábio aqui? Quem é mais forte? O homem disse: “Alma, tens em depósito para muitos anos; descansa, come, bebe e folga então”. Mas naquela mesma noite o Senhor disse àqueles que pensam assim: “Esta noite te pedirão a tua alma, e o que tens preparado para quem será?” A quem pertence a alma de todas as pessoas? A Deus.
Os bens materiais só são importantes nessa terra. Nós não podemos nos apegar muito a eles. Você não se sente bem por não ter bens materiais. Você terá tudo que precisa para viver se orar a Deus, pedir tudo a ele e se esforçar. Nós coreanos de fato vivemos muito bem. E já que temos o bastante para vivermos bem, temos que aprender o verdadeiro valor dos bens materiais. Mas o problema é que há pessoas que não sabem. Aqueles que possuem muito parecem imaturos, outros parecem miseráveis por não terem quase nada. Há muita coisa injusta neste mundo.
 
 
Devemos Ter Cuidado com a Avareza
 
Amados irmãos, onde podemos encontrar o verdadeiro gozo e a felicidade? Só podemos encontrá-los em Deus. Vocês creem nisso? O interessante é guardar um pouquinho a cada dia. E isso é mais do que interessante.
Quem então não pode ser rico para com Deus? Os que não estão interessados nele e não se preocupam com tudo que diz respeito a ele também; os que não conhecem muito da Palavra de Deus e não têm muito sabedoria e conhecimento. Esse tipo de gente leva uma vida vazia e depois morre. Muitas pessoas foram ricas na história da humanidade porque tinham muitos bens. Mas acabaram morrendo mesmo sendo ricas. E ainda há muitos assim hoje em dia também. É destas pessoas que nosso Senhor está falando no texto bíblico deste capítulo.
Alguém é feliz só porque se mata de trabalhar e é rico? Nosso coração deve estar em Deus, pois só assim poderemos ter a verdadeira alegria e felicidade. Eu sou muito feliz. Eu não sei o que vocês pensam de mim, mas eu sou muito feliz. Eu me alegro muito no Senhor. E minha alegria é maior a cada dia. E todos os dias ela se torna maior e maior.
A jovem que acabou de dar seu testemunho de salvação disse que no começo não sabia por que havia sido salva, mas descobriu que seu coração mudou quando voltou para a escola no outro semestre. Ela disse que seu coração mudou só um pouco quando ouviu a Palavra de Deus na Igreja, e que ela nem percebeu esta mudança a princípio. Isso deve ter acontecido com você também. No entanto, conforme o tempo foi passando depois que ela se converteu e começou a vir aos cultos, sua alegria foi aumentando aos poucos. Você e eu somos muito privilegiados. E somos gratos porque embora tenhamos pouco conhecimento de Deus, ele nos deu sua paz quando recebemos a remissão de pecados. Nós somos muito gratos a Deus por ele ter nos abençoado; e somos muito felizes por podermos receber estas bênçãos.
Deus está nos dizendo para escolher entre duas coisas. “Eu posso te abençoar ou amaldiçoar. O que vai ser? Eu devo castigá-lo ou abençoá-lo?” Ele nos deu a liberdade de escolher. Então ele nos dá uma escolha entre duas coisas. Deus dá às pessoas exatamente o que elas querem. Se alguém quer ser punido, ele fará isso; se alguém quiser ser abençoado, ele o abençoará. O que determina a bênção ou a maldição de Deus é a maneira em que cremos, o que sabemos e cremos, se somos ricos para com ele, e se temos fé nele ou não. Conhecer a Deus corretamente e crer nele é o que define se seremos abençoados ou amaldiçoados.
Vamos ler juntos Lucas versículo 12, a partir do versículo 54. “E dizia também à multidão: ‘Quando vedes a nuvem que vem do ocidente, logo dizeis: ‘Lá vem chuva;’ e assim sucede. E, quando assopra o vento sul, dizeis: ‘Haverá calma;’ e assim sucede. Hipócritas, sabeis discernir a face da terra e do céu; como não sabeis, então, discernir este tempo? E por que não julgais também por vós mesmos o que é justo? Quando, pois, vais com o teu adversário ao magistrado, procura livrar-te dele no caminho; para que não suceda que te conduza ao juiz, e o juiz te entregue ao meirinho, e o meirinho te encerre na prisão. Digo-te que não sairás dali enquanto não pagares o derradeiro ceitil’” (Lucas 12:54-59).
  
 
Nosso Senhor Disse para Discernirmos o Tempo
 
Amados irmãos, temos que discernir este tempo. O Senhor disse: “Hipócritas, sabeis discernir a face da terra e do céu; como não sabeis, então, discernir este tempo?” (Lucas 12:56). Quando vemos o noticiário sobre o tempo e sentimos o clima, podemos discernir o tempo: “Ah, é outono. As folhas estão caindo e meu coração está alegre”. E depois que o outono acaba e todas as folhas caíram, nós pensamos assim: “O tempo está começando a esfriar. Ah, já é inverno. Está nevando. É inverno. O chão vai ficar todo coberto por neve, gelo, mas logo irão derreter. Aí então chegará a primavera, quando chove bastante e podemos ouvir o som dos riachos”. É assim que nós podemos discernir o tempo.
Mas Deus repreende quem não sabe discernir o tempo. Ele pergunta: “Você não sabe quanto tempo falta para acabar este tempo em que estamos vivendo? Você não está vendo como o mundo está? Quanto tempo ainda resta a este mundo?” É claro que Deus não disse o dia e o mês em que voltará a essa terra. Mas o Senhor, que é o primeiro e o último, o Alfa e o Ômega, foi bem duro ao dizer que destruirá este mundo e criará novos céus e nova terra, não disse? Ele disse isso de modo bem claro na Bíblia. Ele disse: “O tempo está próximo ou não está? Por que você não discerne o tempo? Você conseguiria fazer isso se tivesse o mínimo interesse em fazê-lo. Mas por que você não está interessado nisso? Por que você não pode discernir isso?”
Você e eu temos que discernir o tempo muito bem. Temos que conhecer a história. Por mais que não saibamos nada sobre a história, temos que conhecê-la. Ficamos mais sábios quando conhecemos a história. Há muitos erros na história que têm sido repetidos até os dias de hoje. A Bíblia diz que não há nada novo debaixo dos céus, e é justamente por isso que as coisas se repetem tanto neste mundo. E estamos vivendo estes dias hoje. Mas se conhecermos bem a história, saberemos bem a história do universo, deste mundo e do homem segundo diz a Bíblia, e assim também saberemos que tipo de vida devemos levar. Nós ficamos imaginando em que tempos temos vivido. A Bíblia diz que no final dos tempos muitos correrão de um lado para o outro e o conhecimento se multiplicará (Daniel 12:4). Também diz que as pessoas amarão mais o dinheiro e a si mesmas, serão desobedientes aos pais, não crerão em Deus e o rejeitarão nos últimos dias. E isso é verdade. A Bíblia diz que eles amarão mais o dinheiro e a si mesmos do que a Deus. Mas Deus diz que esta é a última geração pecadora. Nós temos que aprender a discernir o tempo corretamente entendendo a Palavra de Deus.
Noé viveu com seu pai por muito tempo. A média de idade das pessoas do Novo Testamento era de 900 anos. Então, se um pai tivesse um filho com 300 anos, ele ainda viveria mais 600 anos. Mas o que acontecia quando o filho tinha um filho com 300 anos? O pai, o filho e o avô viviam todos juntos por 300 anos.
O pai de Noé, com quem ele viveu 600 anos, disse a ele: “Deus trará juízo a essa terra, e ele disse que fará isso pela água. Lembre-se disso”. Então Noé disse: “Está bem, eu vou me lembrar”. E seu pai disse: “Não guarde isso somente para você. Diga aos seus filhos também. E Noé disse: “Está bem, eu vou dizer a eles”. Então seu pai disse: “Não somente creia nisso, mas se prepare para isso também”. Noé disse: “Está bem, eu vou me preparar”. Seu pai disse: “Eu quero que você se prepare mesmo. Você crê realmente no que eu estou te dizendo?” Noé respondeu: “Sim, eu creio”. Seu pai disse então: “Seu coração está no mundo, você está comprando terras, pretende negociá-las e ainda me diz que crê? Ande logo e se prepare!” Então Noé disse: “Está bem, eu vou me preparar”. Seu pai disse: “Você diz que vai se preparar, mas suas atitudes dizem o contrário. Por que você está planejando comprar um campo em outra região? Você precisa mais do que já tem? Você quer que eu te dê toda terra que possuo? Você não sabe que a única coisa que precisa fazer agora é dizer às pessoas do iminente juízo que virá a essa terra?” E Noé disse: “Está bem, eu entendo”. Disse então seu pai: “Não fique aí só falando, vá rápido e conte a todo mundo sobre isso. Agora!” Foi isso o que o pai de Noé disse a ele.
E o juízo de Deus veio realmente a este mundo depois que o pai de Noé morreu. Mas Noé já sabia que ele viria, pois seu pai havia lhe contado tudo. Quando Deus falou com Noé então, ele se lembrou do que seu pai havia dito a ele e construiu uma arca. No fim o que acabou acontecendo? Toda a sua família não entrou na arca e foi salva?
 
 
Não Podemos Viver pela Carne
 
Amados irmãos, nós temos que discernir este tempo. Nós coreanos dizemos que o mundo é maravilhoso porque somos uma grande potência econômica mundial e temos muitas casas, carros e até uma companhia aérea. Mas a verdade é que não há nada bom neste mundo. Nosso país tem a 12ª maior economia do mundo. No entanto, quando mais o mundo se desenvolve, mais as coisas se complicam. A vida do homem está cada vez mais difícil aqui, e o coração das pessoas, muito duro. Hoje em dia as pessoas amam mais o dinheiro, mas não vivem muito tempo porque estão acabando com o meio ambiente.
Você e eu temos que discernir bem este tempo. E temos que entender que o fim está próximo. Mas entender isso não significa que sabemos o dia e o mês em que Jesus virá. Só que temos que entender bem que ele com certeza virá a qualquer hora. Temos que discernir o tempo corretamente em nossa vida até o dia da volta do Senhor. Não se preocupe muito com as outras coisas então. Preguem o evangelho para os seus filhos. Preguem o evangelho de modo correto para os seus pais e para os seus familiares antes de pregá-los aos outros. Não fiquem se matando em vão para ganhar dinheiro. Vivam em paz uns com os outros. “Amor, qual o problema em não se ter muito dinheiro? Nós temos alimento para viver, e podemos viver bem com o dinheiro que ganhamos todo mês. E também podemos servir à Igreja e ao evangelho. Eu sempre estarei aqui com você; não há com o que se preocupar”. Nós só temos que apoiar uns aos outros em nossa vida.
Mas será que quem pensa assim é ridículo e tolo? Idiotas são aqueles que pensam que este mundo é eterno e vivem para conseguir tudo aqui, achando que assim serão felizes. Pessoas que pensam assim são mesmo idiotas e ridículas: “Amor, ande logo e vá ganhar dinheiro. Eu disse ande logo e ganhe dinheiro. Será que você não entendeu?” Se este mundo fosse eterno, nós teríamos que viver com muita determinação aqui. Mas temos que entender que este mundo não é eterno. Você e eu temos que entender quando será o fim deste mundo. Nós temos que viver discernindo o tempo.
Vamos ler novamente o versículo 57 até o fim do capítulo. “Por que não julgais também por vós mesmos o que é justo? Quando, pois, vais com o teu adversário ao magistrado, procura livrar-te dele no caminho; para que não suceda que te conduza ao juiz, e o juiz te entregue ao meirinho, e o meirinho te encerre na prisão” (Lucas 12:57-58).
O Senhor diz aqui: “Por que não julgais também por vós mesmos o que é justo?”(Lucas 12:57). O que isso quer dizer? Que devemos julgar a nós mesmos. Temos que conhecer Deus, saber o que é a verdade e julgar corretamente o que é certo ou errado. Todos que vivem neste mundo devem por si mesmos julgar o que é certo e evitar o que é errado. Quem não julga por si mesmo as coisas, ou seja, quem é indeciso perante Deus está propenso a cair no pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo quando cometem um simples erro. Temos que julgar por nós mesmos o que é certo. E não somente nós temos que fazer isso, mas nossos pais e nossos filhos também.
E é isso mesmo. Você e eu temos que ter entendimento correto de Deus e da salvação para recebermos a remissão de pecados e sermos felizes. Mas é claro que para julgarmos tudo corretamente, temos que ter muita informação a respeito. Nós temos ter colher todas as informações para julgar uma situação corretamente. Temos que julgar por nós mesmos, como disse o Senhor: “Por que não julgais também por vós mesmos o que é justo?” (Lucas 12:57). Você e eu temos que julgar corretamente. Temos que julgar perante Deus o que é certo e o que não é, se vamos crer em Jesus Cristo ou não, se ele tirou nossos pecados ou não, e se ele de fato os tirou, quantos ele tirou.
Alguns dizem assim: “O Senhor tirou todos os pecados do homem. Então eu não tenho mais pecado. É claro que o homem tem suas fraquezas, mas aqueles que creem em Jesus Cristo já receberam a remissão de todos os seus pecados e iniquidades neste mundo independente destas fraquezas. Portanto, aqueles que creem nesta verdade são justos. Eles vão para o reino dos céus. Eles são imperfeitos e ainda pecam, mas irão para o reino dos céus”. Mas o que os outros dizem? Eles dizem: “Não, o Senhor só tirou o pecado original. Nós recebemos a remissão dos pecados pessoais fazendo orações de arrependimento. É por isso que não poderemos ser justos, só quando morrermos. Mas podemos ser totalmente santificados pela graça de Deus quando morrermos se perseverarmos em vida para isso”.
Nós temos que julgar entre estes dois tipos de pessoas e escolher de que lado estamos. Temos que julgar qual deles está certo. E o que precisamos para julgarmos isso? Precisamos ter um padrão elevado de valores para medir tudo isso, não é verdade? A Bíblia também é chamado de “Cânon”. A palavra grega “cânon” significa régua ou vara de medir. A Bíblia é a vara de medir da salvação, do reino de Deus e do inferno, da sabedoria e da felicidade.
E é isso mesmo. Temos que usar a Bíblia como vara de medir para analisarmos se algo é certo ou errado. E temos que verificar detalhadamente cada versículo da Bíblia. Temos que analisar o que as pessoas deste mundo dizem e verificar se é o mesmo que diz a Palavra de Deus. E se alguém disser algo que é a verdade bíblica, temos que crer no que ele diz. Todos nós temos que decidir se vamos para o reino dos céus e ou para o inferno discernindo bem ambos. Amados irmãos, vocês estão entendendo? Vocês têm que tomar uma decisão. Ninguém pode fazer isso por nós. No que se refere a ir para o reino dos céus ou para o inferno, ninguém pode decidir por nós.
Podemos até dar água para um cavalo, mas não podemos forçá-lo a beber; e ele quem decide. O mesmo acontece com todos neste mundo. Por exemplo, se alguém recebe uma bebida na rua, ele tem que ler bem o rótulo antes de beber. E a decisão de beber ou não cabe unicamente a ele, de acordo com o seu julgamento. A remissão de pecados é a mesma coisa. “Eu creio mesmo no evangelho da água e do Espírito ou não? Eu preciso ou não fazer parte da Igreja e levar uma vida de fé depois de receber a remissão de pecados? Deus me dará mesmo as suas bênçãos ou não?” Todos nós temos que tomar a decisão correta julgando tudo isso com base na Palavra de Deus. Quem faz isso é realmente sábio.
Ninguém pode fazer isso por nós. Temos que julgar por nós mesmos. Você já fez isso? Será que há alguém entre nós que ainda não sabe se recebeu ou não a remissão de pecados? Se há, faça isso agora então. Pense nisso por um momento. Você acha difícil fazer isso em meio a muitas pessoas? Vá para uma sala lá em cima então e pense a respeito. Não fale sobre isso com seus amigos; medite nisso sozinho. Se você não puder julgar o que é certo por si mesmo, procure quem você confia e crê em Deus e peça seu conselho. E eu espero sinceramente que você ouça seu conselho e viva com sabedoria tomando as decisões corretas segundo a sua fé. Aqueles que não julgam por si mesmos são os que ainda não foram salvos. Por mais que as coisas sejam difíceis, há sempre algo bom quando pensamos nelas. Mas aqueles que não têm certeza se foram salvos ou não nunca fizeram isso; e a verdade é que eles nunca foram salvos. Eles não podem ser salvos. Mas por quê? Eles não podem ser salvos porque ainda não escolheram o que é bom.
Há alguém entre nós que ainda não tomou uma decisão? Se há, você precisa fazer isso. As pessoas deste mundo gostam de quem é indeciso. Este mundo honra os indecisos e até os considera sábios. Mas temos que dizer “sim” ou “não” perante Deus. E sua resposta a estas pessoas que são indecisas e não julgam por si mesmas é “não”. E ele envia todas elas para o inferno, não é verdade? Sim, é verdade. Então, todos nós temos que tomar uma decisão perante Deus. Todos precisam julgar por si mesmos usando a vara de medir que é o Cânon, ou seja, a Palavra de Deus, como base. Aqueles que fazem isso são os mais sábios e os que constroem sua casa na rocha.
Vamos ler os versículos 58 e 59 juntos. “Quando, pois, vais com o teu adversário ao magistrado, procura livrar-te dele no caminho; para que não suceda que te conduza ao juiz, e o juiz te entregue ao meirinho, e o meirinho te encerre na prisão. Digo-te que não sairás dali enquanto não pagares o derradeiro ceitil” (Lucas 12:58-59).
Amados irmãos, só há uma coisa nessa terra que devemos nos esforçar o máximo para alcançar. A primeira coisa que devemos receber de Deus é a completa remissão de pecados. E temos que ajudar nossos pais e parentes para que eles a recebam também. Além disso, temos que trabalhar duro para que outros recebam a remissão de pecados.
O Senhor disse: “Quando algum de vocês estiver indo com seu adversário para o magistrado, faça tudo para se reconciliar com ele no caminho” (Lucas 12:58 – NVI). A Bíblia diz “vocês”. O Senhor disse: “Quando algum de vocês estiver indo com seu adversário para o magistrado, faça tudo para se reconciliar com ele no caminho” (Lucas 12:58 – NVI). E o que isso quer dizer? Que as pessoas deste mundo vivem processando umas as outras. Assim como a lei nos acusa de sermos pecadores, nós também acusamos uns aos outros. Deus é o único juiz deste mundo. Só Deus pode fazer um julgamento justo e aplicar a lei corretamente. E é isso mesmo. Todos nós um dia compareceremos diante do Juiz; todos nós estaremos diante de Deus um dia.
Há dois caminhos que levam a Deus: o caminho largo e o caminho estreito. O caminho largo é aquele que muitas pessoas percorrem ao mesmo tempo como se tivessem correndo uma maratona. E o caminho estreito? Este caminho é como uma estrada ao lado de um penhasco um só pode passar um de cada vez. Aquele que está à frente diz: “Pisem exatamente onde eu pisar para que vocês não caiam no precipício, está bem?” E o que está atrás responde: “Tudo bem, eu entendi”. O caminho estreito é aquele onde é preciso pisar exatamente onde a pessoa que vai à frente pisou. Há então dois grupos de pessoas: as que seguem pelo caminho largo e os que seguem pelo caminho estreito. Só que seu destino é o mesmo. Todos estarão diante do Juiz; todos estarão diante de Deus.
E é isso mesmo. Todos nós teremos que comparecer diante do Juiz, tenhamos ou não recebido a remissão de pecados. Mas os que não receberam a remissão de pecados ainda podem tentar resolver seu problema com o pecado antes de chegar no tribunal. E eles precisam resolver isso rápido. Eles precisam resolver rápido seus problemas exatamente como o Juiz exige que eles façam. Ele diz: “Ei, vocês! Prestem bem atenção ao que eu vou dizer. Eu vou enviá-los para a prisão se vocês não resolverem logo esta questão”. As pessoas dizem então: “Meu Deus, é mesmo? Eu vou dar um jeito nisso logo”. E elas têm que fazer isso bem rápido mesmo. Essas pessoas precisam resolver logo seus problemas, como exige o Juiz. Quando elas fizerem isso e disserem ao Juiz: “Eu fiz isso. Está bom assim?” ele lhes dirá: “Sim, está bom assim”.
 
 
Se Ainda Tivermos Pecado Nessa Terra, Certamente Hesitaremos Quando Estivermos na Presença de Deus
 
Deus com certeza derramará sua ira sobre aqueles que têm pecado. E eles sabem disso. Quem tem pecado tem medo por causa deles. A Bíblia faz uma lista dos covardes e diz que eles são tímidos, incrédulos, abomináveis, homicidas, fornicadores, feiticeiros, idólatras e todos mentirosos, cuja parte será no lago que arde com fogo e enxofre (Apocalipse 21:8). Também está escrito em 1 João: “Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor” (1 João 4:18). Aqueles que têm medo de Deus porque têm pecado no coração são os que no fim não poderão se reconciliar com ele.
E é isso mesmo. Os que têm pecado não podem ser um com Deus porque não creem no seu amor. E eles têm medo de Deus porque já pressentem o castigo pelos seus pecados. É por isso que aqueles que têm medo de Deus precisam resolver logo seu problema com o pecado. E eles precisam fazer isso antes de estar na presença do Juiz, pois depois que estiverem perante ele será tarde demais. Quando o Juiz der a sentença, ele os enviará para um lugar muito quente ou de refrigério; e só há estes dois lugares. Você crê nisso? Para onde você quer ir? Há um lugar bom e agradável, onde você não ficará doente; um lugar lindo e maravilhoso onde é muito bom viver. É provável que Deus dê uma constituição física melhor aos que forem para o reino dos céus. Parece mesmo que ele mudará o corpo que tínhamos antes para que tenhamos uma vida saudável quando formos para o reino dos céus. A Bíblia não diz que haverá banheiros no reino dos céus. Mas ela diz que quem for lançado no fogo do inferno queimará. Parece que Deus também vai melhorar a constituição física dos que foram enviados para o inferno. Deus é cheio de graça, não é?
Amados irmãos, vamos tentar resolver nossos problemas. Se há alguém aqui que está magoado comigo, por favor, me perdoe. Por favor, não se sinta assim a meu respeito e vamos nos reconciliar de uma vez com Deus, por mais que você não consiga fazer isso com as outras pessoas. Basta acertarmos tudo entre nós e nos reconciliarmos com Deus. Nós temos que tomar decisões. O que devemos realmente buscar enquanto vivemos neste mundo? Antes de tudo, temos que procurar receber de Deus a remissão de pecados.
Você já recebeu a remissão de pecados? Se você já a recebeu, isso é uma bênção. Como foi que você recebeu a valiosa remissão de pecados? Isso é um milagre. Nós que de fato recebemos a remissão de pecados somos um povo muito precioso. Você também já recebeu a remissão dos seus pecados e percebeu como isso é valioso ao longo do tempo, não foi?
Isso é algo de que devemos ser muito gratos a Deus. É algo que deve nos levar a glorificá-lo e adorá-lo ainda mais. É algo para agradecermos sempre a ele. “Obrigado, Deus. Tu nos salvaste assim. Nós éramos falhos, mas obrigado por nos salvar. Obrigado por nos salvar quando ainda éramos fracos. Obrigado por nos salvar quando ainda mentíamos. Muito obrigado”. Por mais que agradeçamos a Deus pelo que ele fez por nós, isso nunca será suficiente.
Um verso de um dos nossos hinos diz assim: “♪Oh, milhares de línguas louvem meu grande Redentor, as glórias do meu Deus e Rei, as vitórias da sua graça!♪” Isso significa que, por mais que tivéssemos milhares de bocas, jamais poderíamos ser gratos a Deus pela salvação que ele nos deu. O verso em seguida diz o seguinte: “♪Meu Deus e Mestre cheio de graça, ajude-me para que eu te exalte♪” O Senhor de fato nos salvou pela sua graça. Deus nos fez seus filhos a nos deu a sua graça. Ele nos vestiu de glória como seus filhos. E isso é verdade. Nós fomos vestidos da glória de Deus nessa terra. Nós somos reis. Nós somos os mestres deste mundo.
“♪Princípe, príncipe, príncipe, eu sou um príncipe no reino dos céus. Princesas, princesas, princesas, eu sou uma princesa no reino dos céus♪” Este é um dos hinos de nossas crianças. Amados irmãos, os príncipes não são filhos de Deus? Eles não são seus filhos? Sim, todos eles são seus filhos. Mas talvez não haja distinção de sexo no reino dos céus. Eu não tenho certeza, mas é isso que eu acho.
No entanto, por mais que haja coisas que não saibamos, um coisa temos que saber: nós temos que fazer de tudo para recebermos de Deus a remissão de pecados. Os mais sábios deste mundo são aqueles que fazem de tudo para receber a remissão de pecados. Ninguém é mais sábio do que estes. O que acontece com as pessoas que são duras de coração, mesmo sabendo que vão para o inferno? Elas jamais conseguirão escapar do fogo que arde para sempre, por mais que clamem por toda a eternidade. O momento de clamar por sua alma é agora.
Por isso que o Senhor disse: “Filhas de Jerusalém, não choreis por mim; chorai, antes, por vós mesmas e por vossos filhos” (Lucas 23:28). Quando o Senhor carregava a cruz e subia ao Gólgota, muitos dos seus discípulos e pessoas que criam nele choravam enquanto o seguiam. Eles choravam de tristeza pela dor que ele estava sentindo e pela morte que ele teria na cruz. Mas o que nosso Senhor disse a estas pessoas? Ele disse: “Filhas de Jerusalém, não choreis por mim; chorai, antes, por vós mesmas e por vossos filhos” (Lucas 23:28). E é isso mesmo. Assim como o Senhor disse, temos que chorar por nós mesmos. A primeira coisa que temos que fazer é buscar a remissão de pecados. Temos que fazer isso enquanto vivemos nessa terra. Você está entendendo?
O Senhor diz no texto bíblico deste capítulo: “Quando, pois, vais com o teu adversário ao magistrado, procura livrar-te dele no caminho; para que não suceda que te conduza ao juiz, e o juiz te entregue ao meirinho, e o meirinho te encerre na prisão. Digo-te que não sairás dali enquanto não pagares o derradeiro ceitil” (Lucas 12:58-59).
Ele diz: “Digo-te que não sairás dali enquanto não pagares o derradeiro ceitil” (Lucas 12:59). O que isso quer dizer? Que o Senhor tirou até o menor dos nossos pecados para nos enviar ao reino dos céus. O Senhor é o nosso verdadeiro Salvador. Ele por acaso deixou um pequeno pecado em nosso coração? Será que ainda resta algum pequeno pecado em nosso coração porque pecamos depois que recebemos a remissão de pecados? Claro que não.
Você crê na Palavra do Senhor? Você na Palavra que te salvou? Você não tem pecado algum então. Alguns dizem assim: “Como pode não termos pecado, já que pecamos sempre?” Mas você e eu não temos pecado algum. Já que o Senhor tirou todos eles, por que ele deixaria algum? Devemos mesmo zombar do que as pessoas dizem hoje em dia porque é ridículo. Por mais que alguém diga o contrário, a verdade é eterna.
Os que possuem a fé correta são aqueles que louvam o Senhor e creem no seu amor, pelo qual ele eliminou todos os nossos pecados. Nós não zombamos das pessoas porque elas tentam acusar os justos sempre que podem. Zombamos delas quando vemos a opressão no seu rosto por causa dos inúmeros pecados do seu coração. Elas são como os cães e porcos que perecem. Elas são mesmo patéticas.
O Senhor disse: “Digo-te que não sairás dali enquanto não pagares o derradeiro ceitil” (Lucas 12:58-59). De onde ele disse que as pessoas não poderiam sair? Do inferno. Amados irmãos, o inferno existe mesmo? Sim, existe. Mas o inferno não é algo que existe na terra como rios de lava. O Deus Todo-Poderoso poderia ou não criar o inferno se quisesse? Já que muitos não receberam a remissão de pecados, o inferno vai ficar cheio ou não? Se Deus disse que será assim, é isso que vai acontecer. Então, já que Deus decidiu criar o inferno, ele com certeza o criou. E ele também fez uma porta lá e lançará todos que não receberam a remissão de pecados, dizendo a eles: “Entrem”.
Ninguém sabe o que acontece depois que morremos nessa terra. Mas no fim Deus trará todos os mortos de volta à vida. Se lermos Apocalipse, está escrito que Deus trará todos de volta à vida, sejam os que morreram afogados ou queimados. Ele trará todos de volta à vida e os porá diante do trono do juízo. Ele os levará diante de Jesus, o Juiz, e pessoalmente os julgará. Neste dia, o Livro da Vida e o Livro das Obras estarão diante de Jesus. É bem provável que haverá muitos Livros das Obras, mas o Livro da Vida será pequeno. Isso porque é muito pequeno o número de nascidos de novo que receberam a remissão de pecados.
Jesus perguntará: “Qual o seu nome?” E a pessoa dirá: “Meu nome é fulano de tal”. E Jesus dirá: “Anjo, veja se o nome dele está no Livro da Vida”. Este anjo será um perito. E quando a pessoa disser como se chama, o anjo começará a procurar na seção da letra que inicia seu nome. O anjo então dirá: “Seu nome está aqui, Senhor”. E por mais que haja muitas pessoas com o mesmo nome, o anjo sabe de todas as coisas, assim como o Senhor. E ele dirá: “Anjo, leve este homem para a eternidade porque ele é seu senhor”. Ele então irá para o reino dos céus.
A pessoa que estava atrás dele se aproxima então e diz: “Eu sou fulano de tal”. Mas o rosto do anjo que procura seu nome começa a se fechar de repente. Ele diz: “Seu nome não está aqui”. Então o Senhor diz: “Abra aqueles livros grossos ali, os Livros da Obras”. No que o anjo diz: “Aqui está seu nome”. E o Senhor então pergunta: “Você cria em mim quando vivia na terra?” E ele responde: “Eu cria em Ti e não sei por que meu nome não está no Livro da Vida”. O Senhor pergunta: “Bom, você tem pecados ou não?” E ele responde: “Sim, eu tenho pecados”. Eu fiz isso e isso”. Amados irmãos, a Bíblia diz que todos dirão a verdade quando estiverem perante Deus. E quando ele mandar alguém confessar seus pecados, todos os pecados que ele cometeu neste mundo aparecerão na hora. E depois que ele contar a verdade, Deus dirá: “Anjo, veja este nome. Veja se ele está mentindo ou não”. Tudo está registrado no Livro das Obras. Tudo está registrado por ordem, tudo que lembramos e até o que não lembramos mais. O anjo então verá todos os registros e dirá: “Tudo que ele está dizendo é verdade”. É isso o que ele vai dizer. Então esta pessoa irá para o inferno, não irá?
E quando o outro que estava na frente dele vir isso, ele dirá: “Cara, que coisa chata! Você parecia muito mais espero do que eu quando vivíamos na terra, mas agora você vai para o inferno e eu, para o céu. Eu irei para lá por causa da minha fé no Senhor, e você vai para onde deve ir mesmo. Você e eu vamos para lugares diferentes, e não há nada que você possa fazer”. O juízo do Senhor é mais perfeito do que qualquer outra coisa neste mundo. Aleluia! Eu louvo Senhor por isso.
Amados irmãos, não se esqueçam disso. Vocês precisam receber a remissão até do menor dos seus pecados. E fazer isso é o mesmo que receber o poder da verdadeira remissão de pecados e do evangelho. Vocês creem nisso? Vamos parar aqui hoje.