The New Life Mission

Sermões

Assunto 9: Romanos

[Capítulo 1-3] (Romanos 1:17) O Justo Viverá por Fé

( Romanos 1:17 )
“Visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé”.
 

Nós devemos viver por Fé
 
Como o justo vive? Pela fé. De fato, a palavra ‘fé’ é muito comum, mas ela é a essência da Bíblia. O justo vive somente pela fé. Eu creio que nós seremos iluminados por este sermão porque nós temos a carne e o Espírito Santo habitando em nós. Nós temos a tendência de interpretar muito das Escrituras segundo nossos próprios pensamentos, não conhecendo o verdadeiro significado escondido na Bíblia, apesar de podermos até entender literalmente o seu conteúdo. Nós possuímos simultaneamente a carne e o Espírito. Portanto, a Bíblia diz que nós, os justos, viveremos pela fé porque nós temos a remissão dos pecados.
 

Mas o problema é que a carne não pode fazer o bem

Mas o problema é que nós também temos a carne. Então, em muitos casos, nós julgamos as coisas segundo a carne. Algumas vezes nós julgamos e discernimos algo com pensamentos da carne, e, portanto, nós não cremos completamente em Sua Palavra quando ela vem pela fé. Contudo, a Bíblia simplesmente diz que o justo viverá por fé. Então o que isso significa? Você pode pensar, “Onde estão os justos que não vivem pela fé? Por que você enfatiza tanto este versículo? Não é simplesmente um dos versículos da Bíblia?”.
Hoje eu quero falar sobre este versículo. Nós devemos viver pela fé. Nós não percebemos nossa ignorância até o momento em que tentamos explicar algo, apesar de pensarmos que sabemos muita coisa. Contra que oponentes um pecador luta? A pessoa que não é nascida de novo luta contra seus próprios pensamentos e contra a sua carne. Contra quem uma pessoa nascida de novo luta? A carne e o Espírito dentro da pessoa lutam um com o outro. Você pode imaginar por que eu estou repetindo o que nós já sabemos, mas eu gostaria de explicar isso novamente, pois é algo muito importante.
Mesmo em um santo nascido de novo, a carne e o Espírito lutam continuamente, porque a pessoa também tem a carne. Há uma parte instintiva na carne, e ela prefere viver exuberantemente, tentando administrar todos os problemas, ao invés de viver pela fé. Há também uma parte instintiva da carne de uma pessoa justa que quer viver de forma exuberante, tentando alcançar a perfeição sem cometer nenhum erro, e que está longe de viver segundo a fé ordenada por Deus.
Então, a carne dos justos também quer alcançar a perfeição mesmo nas obras espirituais, tentando lidar perfeitamente com todos os problemas espirituais e desejando ao mesmo tempo alcançar carnalmente a perfeição. Mas a pessoa pode levar uma vida de fé por meio da carne? Assim como Paulo disse, “Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço”. (Romanos 7:19). Ou seja, a carne nunca faz o bem. Nós temos um instinto na carne que deseja viver majestosamente perante Deus, apesar da carne não poder fazer o bem.
 

Nós não podemos viver uma vida de Fé com a carne

Falando especificamente, tentar viver uma vida devota com a carne está longe de ser uma fé correta. Nós temos pensamentos e instintos contraditórios sobre Deus, de um ponto de vista bíblico. Ser perfeito na carne e levar uma vida de fé sem nenhum problema na carne é impossível. A carne humana é como pó. A Bíblia diz, “Pois ele conhece a nossa estrutura e sabe que somos pó” (Salmos 103:14). É como um vapor que aparece por um tempo e então some porque ele é incompleto.
A carne de um nascido de novo e de uma pessoa que não é nascida de novo tem a habilidade de não pecar? Uma pessoa que nasceu de novo pode evitar pecar? Nós não precisaríamos viver pela fé se a carne pudesse sobreviver sem pecar. Então nós poderíamos viver pela força da carne? Certamente sabemos que isto não é possível. O problema é se nós reconhecemos que, não importando se somos nascidos de novo ou não, a carne é tão fraca que continua a pecar.
O quanto nós conhecemos sobre nossa carne? O quanto nós conhecemos de nós mesmos? Você deve imaginar que você conhece a si mesmo 100%, mas a sua autoidentidade está longe de ser a sua personalidade verdadeira, porque você realmente não acredita que é um pecador. Em que porcentagem você acha que se conhece? Talvez 50% seja muito. As pessoas normalmente conhecem cerca de 10 a 20% de si mesmas. Na realidade, elas conhecem 10 a 20% e pensam que conhecem 100%. Quando elas pensam que fizeram coisas terrivelmente más, elas se envergonham e param de seguir ao Senhor Jesus. Então, elas questionam se podem ou não manter a sua fé até o final, e concluem que isso é impossível.
Lixo e água podre vêm aos montes do cano da mente carnal. Parece impossível para as pessoas viverem vidas devotas pela fé. “Oh! Eu acho que não é mais possível seguir ao Senhor Jesus. Eu pensei que a minha carne fosse melhorar depois que meus pecados foram levados de uma vez por todas, mas a minha carne ainda é fraca e eu estou longe da perfeição, apesar de ter muito tempo que eu nasci de novo. A carne é inútil e feia”. Nós não conhecemos a nós mesmos completamente e nós não queremos admitir os erros da nossa carne. Então o resultado é que nós não podemos viver vidas fiéis quando nós vemos que muitos pensamentos carnais continuam surgindo. Nós nunca podemos viver vidas de fé pela carne. O que é a carne de um ser humano? A carne do ser humano será santificada e viverá uma vida perfeita perante Deus se for bem treinada? É absolutamente impossível, e a carne não pode evitar pecar até o seu último suspiro.
 

Então, como o justo vive?

“Quando errardes e não cumprirdes todos estes mandamentos que o Senhor falou a Moisés, sim, tudo quanto o Senhor vos tem mandado por Moisés, desde o dia em que o Senhor ordenou e daí em diante, nas vossas gerações,
será que, quando se fizer alguma coisa por ignorância e for encoberta aos olhos da congregação, toda a congregação oferecerá um novilho, para holocausto de aroma agradável ao Senhor, com a sua oferta de manjares e libação, segundo o rito, e um bode, para oferta pelo pecado. O sacerdote fará expiação por toda a congregação dos filhos de Israel, e lhes será perdoado, porquanto foi erro, e trouxeram a sua oferta, oferta queimada ao Senhor, e a sua oferta pelo pecado perante o Senhor, por causa do seu erro. Será, pois, perdoado a toda a congregação dos filhos de Israel e mais ao estrangeiro que habita no meio deles, pois no erro foi envolvido todo o povo. Se alguma pessoa pecar por ignorância, apresentará uma cabra de um ano como oferta pelo pecado. O sacerdote fará expiação pela pessoa que errou, quando pecar por ignorância perante o Senhor, fazendo expiação por ela, e lhe será perdoado. Para o natural dos filhos de Israel e para o estrangeiro que no meio deles habita, tereis a mesma lei para aquele que isso fizer por ignorância”.  (Números 15:22-29).
“Quando errardes e não cumprirdes todos estes mandamentos que o Senhor falou a Moisés”. Existem muitas expressões como “errar por ignorância” na Bíblia. A carne peca por ignorância e faz o que não deveria ser feito. Eu perguntei a vocês se seria possível a carne se tornar perfeita, mas ela não pode se tornar perfeita, mesmo depois que temos a remissão dos pecados. A carne parece ser perfeitamente justa no início, logo depois que alcançamos à redenção. Mas, na verdade, a carne não nos ajuda a nos conhecermos, pelo contrário, ela nos esconde. A carne derrama lixo e pecado o tempo todo. A carne sempre comete pecados que Deus odeia. A carne não peca um número incontável de vezes? A carne vive sempre como Deus quer? A carne sempre faz o que Deus não quer. A carne sempre peca incontrolavelmente.
A Lei de Deus consiste dos Dez Mandamentos e têm 613 tipos de artigos detalhados. “Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos Céus, nem embaixo na Terra, nem nas águas debaixo da Terra. Não tomarás o nome do Senhor, teu Deus, em vão. Lembra-te do dia de sábado, para o santificar. Honra teu pai e tua mãe. Não matarás. Não adulterarás. Não furtarás. Não dirás falso testemunho contra o teu próximo. Não cobiçarás a casa do teu próximo”. Os primeiros quatro mandamentos são aqueles que devem ser guardados em nossas relações com Deus. O resto dos mandamentos, do quarto ao décimo, são mandamentos que devem ser guardados entre os seres humanos. Mas a carne tem prazer em obedecer à Lei?
Existem faixas brancas nas ruas para os pedestres atravessarem com segurança. Mas a carne nunca quer obedecer às leis de trânsito. As pessoas cruzam as ruas na faixa por medo de outras pessoas estarem olhando. De fato, elas não querem obedecer à lei. Elas cruzam a rua desobedecendo aos sinais quando ninguém está por perto.
A carne peca automaticamente. Se fôssemos bem educados, obedeceríamos às regras de trânsito, estando outras pessoas olhando ou não. Contudo, seria um reconhecimento meramente pela carne. Nós odiamos cruzar as ruas de acordo com a sinalização e tentamos obedecer ao menos possível.
Então, qual é o propósito de Deus ter nos dado à Lei? A Lei nos dá o conhecimento do pecado. (Romanos 3:20). Pela Lei, nós tomamos conhecimento que somos pecadores que sempre desobedecem aos Dez mandamentos. Nós sempre pecamos. A Lei sempre requer que façamos o bem e não o mal. Todavia, nossa carne sempre peca porque é muito difícil guardar à Lei. A Bíblia diz que o justo viverá por fé. Contudo, como o justo, que tem esta carne, vive por fé? Eles também não podem viver pela carne, então, como eles vivem? O justo vive pela fé em Deus.
O Espírito quer seguir a vontade de Deus, mas a carne sempre comete pecados, desobedecendo todos os artigos dos Dez mandamentos. A carne peca o tempo todo, cometendo pecados todos os dias. Existem pecados que a carne prefere cometer, mais do que outros. A carne do ser humano peca durante toda a sua vida. Isto está correto ou não?
Vamos observar o quinto mandamento. “Honra a teu pai e a tua mãe”. É completamente razoável, e as pessoas tentam respeitá-lo, ainda que não consigam fazê-lo o tempo todo. Então vamos pular este mandamento. O próximo é “não matarás”. Todos nós matamos os outros em nossas mentes, enquanto poucas pessoas matam os outros na carne. Contudo, vamos pular este também porque matar é um pecado muito grave. Os próximos são “Não cometerás adultério” e “Não roubarás”. Estes pecados são facilmente cometidos no nosso dia a dia. Algumas pessoas têm um talento inato para roubar e cometer adultério. Elas têm feito destes pecados um hábito em suas vidas. Elas não cobiçam também? (Bíblia diz que cobiçar também é um pecado). Elas também são boas em pegar as coisas das outras pessoas (roubar). A carne faz estes tipos de obras más sempre que quer fazer.
Vamos presumir que nós cometemos apenas um ou dois tipos de pecados entre os dez tipos. Isto nos faz justos perante Deus? - Não, não faz -. Nós não somos justos pela carne diante de Deus porque mesmo o menor resquício de pecado é um pecado. A carne peca repetidamente, pecando todos os dias, até morrer. A carne não pode evitar pecar perante Deus até morrer. Portanto, você já foi limpo e santificado perante Deus mesmo que por um dia? Vamos olhar para a carne, separando-a do Espírito. Você nunca pecou diante de Deus, sendo perfeito na carne? A pessoa peca mesmo quando está dormindo. Ela gosta de ver imagens vulgares mesmo enquanto está sonhando, pensando em mulheres belas na sua imaginação. Todos nós cometemos pecados.
A carne faz o que Deus nos fala para não fazer, e não faz o que Deus quer que façamos. A carne é sempre a mesma, mesmo depois que nossos pecados são perdoados. Como nós podemos nos tornar perfeitos? Qual é o caminho da santificação se a nossa carne não pode ser completa? Contudo, isto não é possível através de Jesus Cristo?
Nós somos aqueles que têm cometido tais pecados. Nós temos pecados perante Deus? - Sim, nós temos pecados -. Nós pecamos agora ou não? - Sim, nós pecamos -. Nós continuamos pecando? - Sim, nós continuamos -. Nós iremos pecar até à morte enquanto estivermos na carne. Nós somos seres pecadores que não podem evitar o pecado até morrermos. Então, como nós podemos ser libertos de todos os nossos pecados? Primeiro, se você ainda não nasceu de novo, você deve admitir que é um pecador perante Deus, para que Ele destrua os seus pecados. Após sermos libertos, não precisamos confessar que somos pecadores, mas precisamos admitir que temos pecados. Nós devemos admitir nossos pecados após refletirmos em nós mesmos por meio da Lei, mesmo que algumas vezes possamos fazer coisas boas com a carne sobre o pretexto de estar sendo bons. Nós temos que admitir que um pecado seja um pecado.
 

Nós somos santificados pela Fé

Então, como nós lidamos com o problema dos pecados após admiti-los? Nós somos santificados crendo que Jesus levou todos os nossos pecados sendo batizado por João Batista e julgado na Cruz para nos redimir? - Sim -. Nós somos santificados crendo que todos os pecados cometidos pela carne foram passados para Jesus quando Ele foi batizado. Então, o que a passagem, “O justo viverá por fé” significa?
Ter fé é crer no Espírito, e não na carne. Apenas crendo em Deus, na Sua Palavra, na Sua Lei e na Sua redenção nós podemos ser santificados, e nós podemos ser perfeitos após nos tornarmos justos tendo fé Nele. Isto é verdade ou não? A carne ainda é fraca e está longe da perfeição, mesmo quando nos tornamos justos pela remissão dos pecados. A Bíblia diz, “Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação”. (Romanos 10:10). Mas a carne é sempre fraca e imperfeita, assim como a do Apóstolo Paulo. Portanto, nós não podemos nos tornar justos e nem alcançar a Justiça pela carne. A carne não pode viver uma vida justa.
O único caminho no qual o justo pode viver é crer em Deus e aceitar a remissão dos pecados e as bênçãos que Deus nos deu. Nós podemos ser santificados e permanecer justos, enquanto dependermos eternamente da Justiça que recebemos de Deus, e vivermos vidas eternas pela fé no Senhor Jesus. Nossas vidas dependem da fé em Deus. Então a Bíblia diz que o justo viverá por fé. Nós somos santificados pela fé e mantemos a Justiça de Deus tendo fé e vivendo por ela. Mesmo que a carne não seja justa, é tolice tentar ser santificado gradualmente porque é impossível. Nós só podemos viver quando nós recebemos a ajuda de Deus, crendo que Ele é o nosso Deus, Senhor e o nosso Pastor.
O Apóstolo Paulo diz, “O justo viverá por fé”, citando Habacuque, do Antigo Testamento. Ele também diz, “visto que a justiça de Deus se revela no evangelho”. O que é a Justiça de Deus? É a mesma justiça dos seres humanos? Reduzir os pecados aos poucos vai nos santificar? Nós somos perfeitos porque nós não pecamos mais depois que passamos a ter fé e cremos em Jesus?
Apenas no evangelho, a Justiça de Deus é revelada, e ela só nos santifica perfeitamente por meio da remissão dos pecados, porque nós nunca poderemos ser justos pela carne. “Visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé”. Isto significa que nós só nos tornamos justos pela fé. O justo vive pela fé em Deus após se tornar justo. O justo se torna justo, mantém a Justiça de Deus, e recebe todas as Suas bênçãos pela fé.
 

Nós devemos viver por Fé
    
Isto é viver pela fé. Se não tiver fé, um ser humano irá desabar mais rápido que um castelo de areia, não importa quão forte ele seja. Alguém poderia dizer, “Eu farei isso e aquilo, Senhor”. Contudo, a carne não pode fazer isso. Nós vivemos pela fé no Senhor Jesus e na Palavra da redenção dos pecados e da Lei, depois que recebemos à remissão dos pecados. A carne muda e se torna boa e esperta se nós vivermos uma vida de fé por um longo tempo? Nunca. Então, viver por fé é crer absolutamente em Deus. Nós nos tornamos justos tendo absoluta fé no evangelho da água e do Espírito e vivemos para receber todas as bênçãos de Deus pela nossa fé Nele.
O justo viverá por fé. Nós vivemos pela nossa fé em Deus. Você crê nisso? - Sim -. Você ainda tem muitas expectativas em relação à sua carne? Você pensa, “Eu espero cerca de 20%, minha carne ainda é boa nesta parte, apesar de não ser boa em outras partes?”. Contudo, a Bíblia diz que o justo viverá por fé. Deus diz que uma pessoa não pode viver pela carne; nem mesmo 0.1%. Você tem o desejo de guardar a fé no Senhor Jesus até que Ele volte, sem pecar, e tendo uma mínima expectativa na carne?
Nós somos justos pela fé em Jesus, apesar de termos cometido muitos pecados. Nós somos pecadores na carne se não crermos em Jesus, não importa quão bom sejamos. Nós nos santificamos quando nós cremos 100% em Jesus, mas nós nos tornamos pecadores quando não cremos Nele 100%. Deus está satisfeito não importando quantos pecados nós temos cometido? Deus se agrada se nós somos justos pela carne?
 

A Justiça de Deus nos faz justos

Vejamos Romanos 3:1-8. “Qual é, pois, a vantagem do judeu? Ou qual a utilidade da circuncisão? Muita, sob todos os aspectos. Principalmente porque aos judeus foram confiados os oráculos de Deus. E daí? Se alguns não creram, a incredulidade deles virá desfazer a fidelidade de Deus?
De maneira nenhuma! Seja Deus verdadeiro, e mentiroso, todo homem, segundo está escrito: Para seres justificado nas tuas palavras e venhas a vencer quando fores julgado.
Mas, se a nossa injustiça traz a lume a justiça de Deus, que diremos? Porventura, será Deus injusto por aplicar a sua ira? (Falo como homem.) Certo que não. Do contrário, como julgará Deus o mundo? E, se por causa da minha mentira, fica em relevo a verdade de Deus para a sua glória, por que sou eu ainda condenado como pecador? E por que não dizemos, como alguns, caluniosamente, afirmam que o fazemos: Pratiquemos males para que venham bens? A condenação destes é justa”.
O Apóstolo Paulo disse, “Mas, se a nossa injustiça traz a lume a justiça de Deus, que diremos? Porventura, será Deus injusto por aplicar a sua ira?”.  Deus é injusto e está errado se Ele salva pela Sua Graça um ser humano cuja carne peca até à morte? O que o Apóstolo Paulo perguntou em resposta àqueles que o tinham ridicularizado?  “Quanto mais a nossa fraqueza se manifesta, maior será a Justiça de Deus que nos salva de todo o pecado”. Paulo fala para aqueles que se perguntavam como um ser humano que peca por toda a vida pode se tornar santificado. Ele diz que a fraqueza humana serve para revelar a Justiça de Deus. Os seres humanos, cujas carnes não podem evitar os pecados até seus últimos suspiros, demonstram à Justiça de Deus por meio da sua fraqueza.
A Justiça de Deus não significa nada se alguém pode ser justo por seus próprios esforços, ou seja, se alguém pode ser salvo 97% pela ajuda de Deus e 3% por si próprio. Paulo diz que Deus sozinho salvou àqueles que continuam pecando por toda vida, através de Jesus. Então, a nossa justiça revela as riquezas da Justiça de Deus. A carne não pode evitar o pecado dia após dia, ela não é capaz de ser perfeita nem mesmo por um dia. O fato é que Jesus salvou estes pecadores imperfeitos de suas faltas revelando a Justiça de Deus. Assim, o Apóstolo Paulo diz, “E por que não dizemos, como alguns, caluniosamente, afirmam que o fazemos: Pratiquemos males para que venham bens? A condenação destes é justa”. (Romanos 3:8).
Nós podemos nos tornar justos pela carne? Nossa carne pode se tornar perfeita após receber o perdão dos pecados? A carne não pode. Eu e você, deixando todas as outras pessoas do mundo fora de questão, podemos nos tornar justos pela carne?  - Não -. Deus nos salvou perfeitamente? - Sim -. O Senhor Jesus nos salvou de todos os nossos pecados. Nós temos pecados se cremos em Jesus de coração? - Não -. Nós não temos pecados, todavia, nós ainda podemos ser injustos.
O Senhor Jesus disse, “Também ouvistes que foi dito aos antigos: Não jurarás falso, mas cumprirás rigorosamente para com o Senhor os teus juramentos. Eu, porém, vos digo: de modo algum jureis; nem pelo céu, por ser o trono de Deus;
nem pela terra, por ser estrado de seus pés; nem por Jerusalém, por ser cidade do grande Rei; nem jures pela tua cabeça, porque não podes tornar um cabelo branco ou preto.
Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não. O que disto passar vem do maligno”. (Mateus 5:33-37). Jurar é um pecado porque você não pode cumprir o que você jura. Então, não jure e nem garanta que vai fazer algo mais tarde. Apenas creia em Suas Palavras, e, então, você viverá. Você pode se tornar justo se você crer na Sua Justiça e o Senhor Jesus te ajudará se você crer Nele.
Existem muitas ilusões. Nós temos o critério da carne e julgamos segundo este critério porque nós temos a carne. Portanto, existe um juiz dentro de nós que não está associado com a fé na Palavra de Deus. Há dois juízes dentro de nós. Um é a própria pessoa e o outro é Jesus. Ambos tentam reinar dentro de nós. Nós temos a tendência de fazermos às obras da Lei e julgarmos segundo elas porque nós temos a carne. A carne nos diz, “Você é bom, mesmo se continuar pecando. Eu irei te aprovar como justo mesmo você não sendo 100% justo”. O juiz da carne sempre dá a você boas marcas.
Contudo, o Juiz da Justiça de Deus requer que sejamos 100% puros, sem pecados. Ele é Santo. Nós só podemos nos tornar santos recebendo a remissão dos pecados pela fé. Portanto, os crentes no Seu evangelho já alcançaram à Justiça de Deus. Nós já nos tornamos justos. Aqueles que creem em Deus realmente vivem. Eles são abençoados com a ajuda de Deus. O justo viverá por fé. Isto significa que os não crentes e aqueles que vivem pela carne não podem viver. Eu estou contando para vocês apenas uma pequena parte de tudo. Eu estou repetidamente falando para vocês e explicando o significado das coisas em detalhes, assim como nós fervemos ossos várias vezes até que a sopa se torne branca.
 

Nós precisamos de Fé

É importante conhecer a Bíblia, mas o quanto nós cremos nela é o mais importante. Algumas pessoas só acreditam na criação de Deus nas Escrituras. Algumas creem que Deus criou o Céu e a Terra e que Jesus apenas lavou o pecado original. Elas creem que seus pecados diários devem ser lavados todos os dias. Elas fazem os seus próprios julgamentos de acordo com a lei da carne. O quanto nós cremos? O justo viverá por fé. A pessoa só pode se tornar justa e viver, se for pela fé. Do início ao fim, nós precisamos da fé em Deus.
Então, o quanto você crê? Acontece de você se pegar em pensamentos carnais, pensando, “Eu estou quase bem, minha carne é boa” ou “Eu sou muito fraco para pensar em Deus?”. Acontece de você dar notas para si mesmo, dando 80% hoje e 95% no outro dia, mas apenas 5% em alguns dias, pensando, “Seria melhor se eu não tivesse nascido”. Você pensa dessa forma? - Sim -. Eu também.
Eu sou assim algumas vezes. Mesmo quando eu estou relembrando algo, eu penso, “Seria melhor se eu não tivesse conhecido a Deus e crido Nele”. Parece ficar mais difícil viver uma vida devota pela fé. Tem sido terrível até agora. Eu estou em um dilema para ver o futuro e relembrar do passado. Eu estou agradecido por ter vivido uma vida de fé até agora. Mas eu não serei capaz de andar com Você de agora em diante, Senhor. Quão sensível ao pecado eu me tornei desde que eu Te encontrei. Muitos pensamentos e opiniões têm vindo até mim desde que eu Te conheci. Eu tenho Te seguido, Senhor, não Te conhecendo exatamente. Mas agora, eu não tenho mais autoconfiança para Te seguir. Por quê? 
Porque eu sei que Deus é Santo e perfeito. Ah! Senhor, eu não posso mais Te seguir. “Eu não tenho confiança”.
Portanto, Deus nos fala para vivermos por fé porque Ele nos conhece bem. Ele diz, “Você deve continuar sendo justo e permanecer abençoado pela fé. Todos os seus pecados foram passados para Jesus Cristo por meio de Seu batismo. Você sempre peca quando eu vejo a sua carne pela Lei. Então admita que você não pode evitar o pecado. Seu Salvador levou todos os seus pecados ou não? - Sim, Ele levou -. Então, Você têm pecados ou não? - Não -. O Senhor Jesus te salvou ou não? - Sim -. Então os dias nublados e escuros irão se tornar dias ensolarados, como as palavras no hino: “Há um brilho de sol no meu coração hoje”.
 

Nós não podemos nos tornar pecadores de novo

Pode ser desanimador pensar no futuro, mas tudo fica claro e brilhante quando nós olhamos para o Senhor Jesus com fé. Portanto, Deus diz que o justo viverá por fé. Você crê nisso? - Sim -. Nós somos salvos pela fé e também vivemos por ela. Em quem nós cremos? Nós vivemos pela fé em Deus. Apenas o justo pode viver por fé. Você crê nisso? - Sim -. Você pode manter a Justiça de Deus tentando treinar a carne para fazer coisas boas? - Não -. A Justiça de Deus é invalidada quando a carne faz o mal? Nós nos tornamos pecadores novamente? - Não -.
O Apóstolo Paulo disse em Gálatas 2:18, “Porque, se torno a edificar aquilo que destruí, a mim mesmo me constituo transgressor”. Uma pessoa que crê que todos os seus pecados foram transferidos para Jesus Cristo por meio do Seu batismo e que Ele foi julgado na Cruz nunca mais pode voltar a ser pecadora. Uma pessoa que não nega a Jesus é santificada de uma vez por todas e se torna sem pecados porque todos eles foram passados para Jesus. Portanto, a pessoa não pode mais se tornar uma pecadora. Você entendeu isso? - Sim -.
Deus, que nos salvou, é sempre o nosso Senhor e nosso Pai. Deus sempre nos ajuda e está conosco até o fim do mundo. Esta é a razão pela qual Ele diz, “Viva por fé. Eu te ajudarei se você crer em Mim. Os anjos irão te servir”. Anjos são os servos que atuam entre nós e Deus. Eles falam para Deus tudo sobre nós. Deus nos fez Seus filhos. Nós éramos pecadores por natureza. Nós nunca poderemos nos tornar justos pelas obras da carne, mas nós temos que nos tornar justos pela fé.
Nós agradecemos ao Senhor. O Senhor Jesus se tornou o nosso Pastor e Pai pela fé.