Sermões

Assunto 21: O Evangelho segundo MARCOS

[Capítulo 10-2] (Marcos 10:23-31) A Bênção Abundante que Recebem Aqueles que São Perseguidos

(Marcos 10:23-31)
“Então Jesus, olhando ao redor, disse aos seus discípulos: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! Os discípulos se admiraram destas palavras. Mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é para os que confiam nas riquezas, entrar no reino de Deus! É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus. Eles se admiraram ainda mais, dizendo entre si: Então quem poderá salvar-se? Jesus, porém, olhando para eles, disse: Para os homens é impossível, mas não para Deus; para Deus todas as coisas são possíveis. Então Pedro começou a dizer-lhe: Nós tudo deixamos, e te seguimos. Respondeu Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, que não receba cem vezes tanto, já no presente, em casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições, e no mundo por vir a vida eterna. Porém muitos primeiros serão derradeiros, e os derradeiros, primeiros.’”
 
 
O tempo tem estado muito quente e úmido ultimamente e eu aconselho vocês todos a enfrentarem o tempo quente e continuarem vindo à igreja para ouvir a Palavra do Senhor. Está tão quente aqui que está difícil até respirar, e por isso vou encurtar o sermão de hoje.
A passagem bíblica que lemos hoje fala sobre as riquezas. Aqui Jesus está falando aos discípulos que é mais difícil um rico entrar no Reino de Deus do que um camelo passar pelo buraco de uma agulha. Ou seja, Jesus estava dizendo que é impossível o rico ser abençoado por Deus para entrar nos Céus. Surpresos com essas palavras, os discípulos perguntaram a Jesus: “Então isso significa que o rico será excluído dos Céus? Isso não é injusto? Então quem pode ser salvo?” Jesus então respondendo, disse-lhes: “Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis” (Marcos 10:27).
Como vocês bem sabem, o Céu é o Reino de Deus. O Senhor disse aqui que aqueles que têm seu coração nas riquezas não podem entrar no Céu. O que esse texto realmente significa? Ele significa que todos os ricos deste mundo estão destinados a ir para o inferno? Não, não é isso que ele significa. Pelo contrário, esse texto significa que se o coração de alguém estiver nesta terra—ou seja, nas riquezas visíveis deste mundo temporal—então a alma dele está cheia de pecado e, portanto, ele não pode entrar no Reino de Deus.
 
 
Quem Pode Receber Essa Fé que Permite Alguém Entrar no Céu?
 
Respondendo a essa pergunta, Jesus disse o seguinte: “Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis” (Marcos 10:27). Como Jesus Cristo disse aqui, nosso Senhor nos salvou ao levar todos os pecados da raça humana através de Seu batismo e ao ser condenado por todos eles na cruz, por isso é que Ele disse aqui que a salvação só é possível com Deus. Isso significa que todos devem entender e crer na obra da salvação do Senhor. Através da passagem bíblica de hoje o Senhor está nos ensinando que não devemos pôr nosso coração nas coisas físicas e visíveis deste mundo.
Não é somente nosso corpo que foi feito à imagem de Deus. Nossa alma também foi feita à imagem de Deus. No começo quando Deus criou o homem, Ele fez primeiro seu corpo, então soprou o fôlego de vida em suas narinas. Esse fôlego de vida indica o Espírito vivo de Deus. E é porque temos esse espírito que a bíblia diz que o homem foi criado à imagem de Deus. Portanto, assim como Deus vive para sempre, o ser humano também vive para sempre como ser espiritual. Então, se você realmente quer entrar no Reino dos Céus pela fé e viver ali para sempre, então você não deve permitir que seu coração seja guiado somente pelas coisas deste mundo e ambicione suas riquezas. Se isso acontecer, é inevitável que a pessoa perca a visão do Reino dos Céus, e é por isso que nosso Senhor disse aqui que é mais difícil um rico entrar no Céu do que um camelo passar pelo buraco de uma agulha.
O Senhor deu o evangelho da água e do Espírito a todos para que possam entrar no Reino de Deus, tanto ricos quanto pobres, pois Ele quer salvar a todos do pecado. Ele quer que todos os pecados daqueles que ouvem a Palavra de Deus sejam remidos ao invés de eles porem seus corações somente nas coisas deste mundo, tanto nas coisas carnais quanto materiais. Foi por isso que Ele nos salvou perfeitamente de todos os nossos pecados através de Sua obra da salvação, sendo batizado e crucificado até a morte. Deus assim tornou possível entrarmos em Seu Reino através de nossa fé nessa salvação a qual foi cumprida por Jesus Cristo.
Na verdade, toda a Palavra de Deus incluindo a obra da salvação do Senhor está contida no evangelho da água e do Espírito. Mas infelizmente muitos cristãos neste mundo ainda estão interessados somente na prosperidade material, mesmo dizendo que creem na justiça de Deus e que fazem Sua obra. Embora a Palavra de Deus não tenha nada a ver com coisas carnais, essas pessoas não conseguem deixar de lado sua ambição por este mundo. Mesmo essas pessoas desconhecendo completamente a justiça de Deus, elas ambicionam a prosperidade carnal e material. Já que esses “cristãos nominais” estão interessados somente em sua própria prosperidade, sua fé não está na justiça de Deus, mas ela não passa de uma simples ganância. Portanto, você deve ter cuidado quando alguém pregar: “Você só pode ir para o Céu se servir a Jesus fielmente e der muito dinheiro a Ele. Somente assim você será salvo por Deus”. Esses sermões não são os verdadeiros ensinamentos baseados na pura Palavra de Deus. Esses sermões só servem para roubar o dinheiro do povo. Nosso Senhor é o Senhor da justiça que não tem nada a ver com esses falsos pregadores. O Senhor não fez somente esse mundo que é visível aos nossos olhos, mas também o domínio invisível dos Céus. Portanto, a Palavra da bíblia está completamente distante dos nossos assuntos carnais.
 
 
Que Fé é Carnal e Materialista?
 
São as pessoas carnais que fazem um deus de acordo com seus próprios pensamentos e oram a esse deus que fizeram para abençoá-los, tentando assegurar sua prosperidade através disso. Em outras palavras, eles criam religiões para sua própria prosperidade material, como resultado de seu desejo de desfrutar uma vida próspera. Essa é a principal motivação das pessoas religiosas deste mundo. Decididamente, esses religiosos só buscam sua própria prosperidade. Para esses que só estão interessados nas riquezas desta terra ao invés da justiça de Deus, é totalmente impossível eles entrarem em Seu Reino.
Portanto, todos os que pensam ou dizem que você receberá muitas recompensas de Deus se juntar tesouros no Reino de Deus dando muito dinheiro para a igreja são mentirosos. Esses pregadores enfatizam que você deve ofertar muito dinheiro para entrar nos Céus, ao invés de orientar sua congregação a crer e a pregar a justiça de Jesus. Em uma igreja guiada por um líder assim, a qualquer que der muito dinheiro é automaticamente dado a ele honra, sendo chamado de diácono ou até de presbítero. Os cristãos mundanos adoram quando lhes é dado um título e são chamados de presbítero tal ou diácono tal. E assim que recebem esses títulos, eles se tornam arrogantes e tentam se meter nos assuntos da igreja, dizendo com altivez: “Essa igreja não funcionaria se não fosse meu dízimo. Se eu não tivesse dado cem mil dólares, como a igreja poderia ter comprado aquele ônibus?” A fé desses cristãos nominais não é verdadeira, mas religiosa, e seu principio é o próprio dinheiro. Essas pessoas não conseguem descobrir a justiça de Deus mesmo que abram a bíblia e leiam a Sua Palavra.
Nosso Senhor não se interessa por essas pessoas superficiais. Não é desse mundo temporal que nosso Senhor fala, mas do governo da justiça de Deus. Na passagem bíblica de hoje, o Senhor disse que aqueles que só estão interessados em sua própria prosperidade, que confiam em seu próprio dinheiro e que tentam chegar ao Céu oferecendo seus bens materiais jamais poderão entrar em Seu Reino. Ele disse claramente aqui que a pessoa chega ao Reino dos Céus somente por acreditar na justiça de Deus e não por ofertar as riquezas deste mundo.
Como Deus cumpriu Sua justiça? A bíblia diz em João 3:16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. Como diz esse texto, Deus Pai salvou toda a raça humana de seus pecados ao enviar Seu Filho a esta terra e fazê-lo aceitar todos esses pecados ao ser batizado por João Batista, ao morrer na cruz e ao ressuscitar dos mortos em três dias. Esse é o evangelho da água e do Espírito, a própria obra da justiça que Deus cumpriu por nós. Ele proclama que Jesus Cristo apagou todos os nossos pecados ao vir a esta terra, ser batizado, morrer na cruz e ressuscitar dos mortos. E Deus nos faz entrar no Reino dos Céus pela nossa fé nesse evangelho.
 
 
Nós Deixamos Tudo para Servir ao Senhor?
 
Está escrito em Marcos 10:28, “E Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós tudo deixamos, e te seguimos”. Na verdade Pedro era pescador por profissão. Naqueles dias, pescar era considerado uma boa ocupação sendo uma forma estável de rendimento. Além disso, um barco devidamente equipado para a pesca requeria pelo menos cinco ou seis homens para fazê-lo funcionar, e ele também gerava trabalho suficiente para sustentar uma família inteira, e às vezes até mesmo parentes ou vizinhos. Resumindo, Pedro tinha um emprego seguro que lhe permitia sustentar sua família e viver uma vida confortável.
Mas um dia, enquanto caminhava pela costa do Mar da Galileia, Jesus viu Pedro e disse-lhe: “Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens” (Mateus 4:19). Naquele tempo, Jesus tinha trinta anos e Pedro era um homem de meia idade já com seus cabelos grisalhos. Mas ao ouvir essas palavras do jovem Mestre dizendo para segui-Lo, Pedro não abandonou somente seu barco, mas também sua família para ir após Ele. Pedro deixou tudo para trás para seguir Jesus. Por isso ele podia dizer com ousadia ao Senhor: “Todos os seus doze discípulos incluindo eu, abandonaram tudo para segui-Lo”. Isso era mesmo verdade, mas Pedro disse isso porque ele pensou que Jesus asseguraria a Seus discípulos que pelo menos eles entrariam nos Céus se mais ninguém entrasse.
Então Jesus disse a Pedro: “Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho. Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna.” (Marcos 10:29-30). Quando o Senhor ouviu Pedro dizendo que ele abandonou tudo neste mundo por Ele, o Senhor respondeu-lhe dizendo que quem quer que deixasse tudo pelo Senhor receberia cem vezes mais neste tempo junto com perseguição e a vida eterna no futuro. Ao dizer isso o Senhor revelou Seus sentimentos para confortá-lo, mas essa passagem contém um significado ainda mais importante. A verdade que é revelada nesta passagem é a mesma que a revelada na passagem anterior onde o Senhor disse que é mais difícil um rico entrar no Reino de Deus do que um camelo passar pelo buraco de uma agulha. O que o Senhor citou aqui—seu pai, sua mãe, irmãos e irmãs que são sua família mais próxima, sua casa e terras que simbolizam seu negócio ou emprego—são os exemplos concretos da prosperidade material que muitos buscam. Em outras palavras, o Senhor estava dizendo que quem deixasse todas essas coisas do mundo para seguir Seu evangelho não receberia somente cem vezes mais neste tempo, mas também a vida eterna no futuro.
Nosso Senhor nos salvou de uma vez por todas ao ser batizado e crucificado até a morte nesta terra. Não importa que tipo de pecado possamos ter cometido, todos eles passaram para Jesus através de Seu batismo. E graças a isso, ao crer nessa verdade da salvação, nós fomos purificados de todos os nossos pecados. Qualquer que crer no batismo de Jesus e em Seu sangue na cruz pode agora ser salvo de todos os seus pecados pela fé porque o Senhor apagou todos os pecados que cometemos e ainda cometeremos. Foi por isso que o Senhor disse na passagem bíblica de hoje: “Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis.” (Marcos 10:27). Contudo, todos os que ainda buscarem somente a prosperidade material para satisfazer seus desejos carnais ao invés de crerem nesse evangelho da água e do Espírito que o Senhor deu-lhes, não poderão nem receber a bênção de entrar nos Céus e nem alcançar sua salvação. O que o Senhor disse a Pedro aqui foi dito para lembrar-nos dessa verdade da salvação.
Nosso Senhor disse que aqueles que abandonarem sua prosperidade material para segui-Lo—isto é, aqueles que deixarem de lado sua ligação com seus familiares, emprego e riquezas—receberão a vida eterna, mas ao mesmo tempo Ele também diz que eles passarão por perseguição ao longo do caminho. Isso significa que será inevitável nós passarmos por perseguição quando crermos e seguirmos a justiça do Senhor.
De fato, muitos sacrifícios devem ser feitos por nós para crer no evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu e também para seguirmos Sua justiça. Jesus nos salvou de todos os nossos pecados de uma vez por todas ao vir a esta terra, ao ser batizado, ao morrer na cruz e ao ressuscitar dos mortos, e se realmente queremos crer nesssa verdade da salvação, então temos que pagar um preço de fé. Para nós que temos a fé da justiça e a seguimos, às vezes devemos abandonar toda a ligação que temos com nossos familiares, e às vezes devemos perder todos os nossos bens materiais para crer na verdade da salvação dada por Deus e segui-Lo totalmente, em outras palavras, devemos desejar perder todas essas coisas.
Por exemplo, vamos dizer que existe uma família onde cada membro é de uma região diferente. Alguns deles são cristãos e vão a diferentes igrejas de diferentes denominações, e alguns deles são budistas. Vamos dizer agora que um deles ouve o evangelho da água e do Espírito, a verdadeira Palavra de Deus, e essa pessoa entende e crê neste evangelho. Mas quando esse homem olha em volta e ele não somente vê sua mãe, seu pai, sua esposa e filhos ligados a alguma fé deste mundo, mas também seus amigos e colegas de trabalho aprisionados pelas falsas religiões. Já que a verdade da salvação é o evangelho da água e do Espírito e ainda todos aqueles a sua volta creem em algo totalmente errado, esse homem lamentará e sentirá pena deles.
Todavia, ao invés de ouvi-lo, essas pessoas rejeitam o evangelho da água e do Espírito. Seus próprios familiares ficam contra ele, dizendo-lhe: “Se você insistir em crer neste evangelho do qual você está falando, não se preocupe em voltar para casa! Vamos simplesmente acabar com nosso relacionamento familiar aqui e agora!” Como resultado, esse homem é excluído de sua própria família, quer explícita ou implicitamente. Dentre os que estão a caminho do Céu e de todo o coração creem na justiça de Jesus, existem muitos que perderam seus bens materiais como este homem. De forma especial, muitos de nós temos nos distanciado de nossos pais, irmãos, irmãs e parentes; e alguns de nós também temos passado por perdas financeiras. Por causa desses que se opõem ao evangelho da água e do Espírito, se continuarmos ligados a eles, não conseguiremos seguir o Senhor pela fé de forma completa, e é por isso que não podemos estar com eles. Se ficarmos com eles, será impossível defendermos o evangelho da água e do Espírito dado por Deus e aplicá-lo em nossas vidas.
O Apóstolo João disse: “Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele” (1 João 2:15). Em outras palavras, o mundo ou as coisas do mundo—ou seja, nossa própria família ou dinheiro—pode às vezes ser um obstáculo que nos impede de viver nossa fé e crer na verdade do Senhor. Mas o Senhor nos disse para abandonarmos tudo por Ele e também para suportarmos toda a perseguição que vem do mundo por causa da nossa dedicação a Deus. Ele disse então que somente assim podemos crer totalmente e seguir a verdade da salvação proclamando que Jesus nos salvou através de Seu batismo e de Seu sangue na cruz. Nosso Senhor está nos dizendo que mesmo que percamos tudo neste mundo, quanto mais nos agarrarmos à verdade da salvação e guardarmos nossa salvação, nós seremos abençoados por Deus cem vezes mais daquilo que perdemos. Melhor dizendo, o Senhor nos prometeu que se sofrêssemos alguma perda por crer e seguir Sua justiça, Ele nos recompensaria cem vezes mais. Se alguém se afastar de sua própria família carnal por causa de sua fé no evangelho da água e do Espírito de Jesus, então ele certamente encontrará uma nova família em Cristo e será recompensado cem vezes mais do que perdeu. Essa é a verdade que o Senhor está nos ensinando aqui na passagem bíblica de hoje.
Queridos irmãos, abandonamos na verdade muitas coisas para seguir a Jesus de todo o coração. Por causa de nossa fé em Jesus, nós perdemos nossos próprios familiares e riquezas. Contudo, também ganhamos novos irmãos e irmãs na igreja. Nós ganhamos a verdadeira família de Deus no Senhor. Essa família que ganhamos no Reino de Deus está numa dimensão totalmente diferente da família terrena. Ninguém além de você e eu somos os membros dessa família do Reino dos Céus; e somos os irmãos uns dos outros. Se por outro lado, ainda estamos ligados aos nossos bens materiais ou aos laços familiares, então será mais difícil para nós entrarmos no Reino dos Céus do que um camelo passar pelo buraco de uma agulha. Como vocês sabem muito bem, o buraco de uma agulha é um pequeno orifício no qual entra a linha para fazer a costura. Como pode um animal tão grande como um camelo passar por esse pequeno buraco de agulha? Isso é obviamente impossível. Mas alguns pregadores interpretam erroneamente essa passagem de uma forma estranha, dizendo: “A palavra ‘camelo’ (gamla em grego antigo) é uma má interpretação da palavra ‘corda’ (gamta). Aqueles que transcreveram a bíblia cometeram um erro ao interpretar erroneamente a palavra ‘gamta’ do texto original. Então, essa passagem bíblica deveria ser corrigida assim: ‘É mais fácil uma corda passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus’. Então isso significa que isso é muito difícil, mas não impossível o rico entrar nos Céus. Então se você é rico, não se preocupe. Tudo o que você tem a fazer é ofertar mais dinheiro para a sua igreja, fazer mais obras de caridade e também mais orações de arrependimento. Isso é tudo o que é preciso para você entrar no Reino dos Céus”.
Essa é uma interpretação ridícula que fica ainda mais absurda quanto mais se ouve. Na essência, a Palavra de Jesus é espiritual, mas o que Ele disse na passagem bíblica de hoje é claro e óbvio mesmo em termos humanos. Jamais pense em escrever a Palavra do Senhor segundo seus pensamentos humanos para chegar na sua interpretação preferida. Alguns de vocês podem pensar que não podem confiar em nenhuma tradução e insistirem em ver o texto original, mas o mesmo está escrito no texto original. Ao que exatamente se refere a palavra camelo na passagem bíblica de hoje não é o que realmente importa. O Senhor está falando de como é difícil um rico entrar nos Céus. Ele também está dizendo que ninguém recebe a bênção de entrar nos Céus através de seus bens materiais, mas somente por crer no que Deus fez por ele, e esse é o fundamento da passagem bíblica de hoje.
O Senhor disse que todos os que crerem em Sua justiça seriam abençoados, mas sofreriam perseguição. Consequentemente seria só uma questão de tempo para perdermos as coisas deste mundo se fôssemos crer na justiça do Senhor de todo o coração, receber a remissão de pecados e segui-Lo. É algo natural para nós sofrermos perdas pelo Senhor. Mesmo quando isso vem dos próprios membros da nossa família, se eles não creem no evangelho da água e do Espírito nem seguem a justiça de Deus, então eles não serão somente inimigos de Deus, mas também nossos inimigos. Assim como os que receberam a remissão de pecados são inimigos dos que não receberam, aqueles que não seguem essa verdade também são inimigos daqueles que a seguem fielmente. Já que essas pessoas são nossos inimigos, o que acontecerá com eles? No fim, eles ficarão perdidos e abandonados. Em outras palavras, aqueles que não seguem a verdade serão lançados no inferno junto com cada inimigo de Deus, enquanto os que a seguem viverão junto com todos os seus amados santos no Reino de Deus.
É perdendo as coisas do mundo que nós os remidos recebemos as bênçãos do Senhor junto com as perseguições. Não pense de maneira tão superficial sobre essa verdade da salvação que lhe trouxe a remissão de pecados e a vida eterna. Mesmo que você creia no Senhor de todo o coração e tenha recebido a remissão dos pecados, se você se render à sua família que é contra a verdade, então logo você perderá a vida eterna.
Mas isso não significa que você deve expulsar ou abandonar sua própria família sem hesitação. Pelo contrário, isso quer dizer que se você crer na verdade do Senhor e continuar seguindo-O, naturalmente você irá se afastar de sua família que é contra essa verdade, mesmo que não o faça intencionalmente. O que estou dizendo é que você não deve perder sua coragem de crer na verdade, mas se agarrar e segui-la por causa daqueles à sua volta que não receberam a remissão dos pecados.
O problema, contudo, é que a maioria das pessoas que enfrenta essa situação tenta racionalizar tudo. Elas permitem serem levadas pelas circunstâncias e deixam que suas vidas sejam regidas por mentiras, pensando que é melhor não causar nenhum problema na família. Quando isso vai longe demais, eles passam a seguir cada vez o que é agradável aos seus olhos, eventualmente sucumbem à sua carne para buscar uma fé religiosa. No final das contas, eles acabam rejeitando a verdade para assegurar a paz na família. O que você deve perceber aqui é que obviamente essas pessaos não podem seguir ao Senhor de todo coração e nem receber a vida eterna.
Então o que devemos fazer quando enfrentarmos essa situação? Acima de tudo devemos ficar com a salvação do Senhor e a vida eterna e segui-Lo, mesmo se formos perder nossa família e as riquezas deste mundo. Depois disso, já que sua fé está firmada, ao invés de abandonar nossa família, devemos pregar o evangelho para eles e guia-los até ele para que eles também possam alcançar a salvação e vir para a verdade. Nenhuma outra além dessa é a bênção que vem junto com as perseguições.
 
 
O que é a Perseguição pela Justiça da qual o Senhor está Falando?
 
Ser odiado, espancado, ameaçado, roubado e desprezado por amor ao Senhor é do que fala a perseguição. Ser perseguido é ouvir o seguinte que os outros dizem de nós: “Esse homem costumava ser uma pessoa decente antes de encontrar Jesus e começar a ir nessa igreja, desde então ele mudou para pior. Tudo que ele faz agora é pregar o evangelho. Ele era tão amigável antes, mas agora está tão distante”. É assim que seremos perseguidos depois de recebermos a remissão de pecados por crer no evangelho da água e do Espírito. Seremos perseguidos por nossos familiares, amigos e por todos ao nosso redor. Todavia, existe algo maravilhoso que recebemos junto com essa perseguição, e não é nada além da salvação da nossa alma—ou seja, a vida eterna.
Não há motivo para você pensar que a vida eterna é muito complicada. Vida eterna significa literalmente viver para sempre, e é isso que está escrito no texto original. É sobre viver eternamente feliz sem nenhuma imperfeição, cheio de alegria eterna. Definitivamente, o que aguarda todos os justos que são perseguidos neste mundo é a vida eterna que receberemos do Senhor. Nós viveremos felizes para sempre no Reino de Deus.
Portanto, como nós cremos na justiça do Senhor não existe necessidade de nos sentirmos desanimados mesmo se formos perseguidos. A bíblia diz que aqueles que tentarem salvar suas vidas morrerão e aqueles que desistirem dela viverão. Às vezes nos sentimos confusos entre a necessidade de seguirmos a verdade e a necessidade de cuidarmos de nossa família, pensando: “Eu sou perseguido por causa do Senhor e de Sua verdade. Eu sei que deveria fazer de tudo para cuidar de minha família, mas tenho negligenciado a isso para seguir a verdade, e meus próprios familiares me desprezam por causa disso. Se eu seguir a verdade, minha família sofrerá, mas se eu cuidar apenas de minha família, a verdade do Senhor será negligenciada”. Confusos entre essas duas escolhas nós sofremos pelo que devemos escolher. E é mesmo verdade que se seguirmos a verdade do Senhor, isso fará alguns de nossos familiares infelizes. Eles dirão com tristeza: “Como você pôde fazer isso conosco? Nossa família era tão tranqüila, mas desde que você começou a crer em Jesus, tudo aquilo que unia essa família foi destruído”.
Mas mesmo sendo perseguido assim, você ainda deve seguir a verdade do Senhor com coragem. Então, o que acontecerá? No final, você salvará sua família terrena. Isso não é abandoná-los. Como Deus é cheio de amor, Ele nunca diria para abandonarmos nossa família. Deus prometeu que se fôssemos salvos e seguíssemos ao Senhor confiando em Sua verdade acima de todas as coisas, então mesmo que fôssemos perseguidos por este mundo Deus nos daria uma nova família e nova terra infinitamente maiores.
O que são as terras aqui? É o lugar onde faríamos a obra de Deus. E esse lugar é encontrado na Igreja de Deus, onde podemos fazer a obra de Deus livremente. Aqueles que deixam todas as coisas do mundo para seguir o Senhor certamente verão sua fé fortalecida como uma rocha, serão revestidos de fé nesse lugar e finalmente salvarão seus familiares que ainda não foram salvos. Eles guiarão seus familiares para o plano da salvação. Além disso, eles guiarão não só seus próprios familiares para receber a remissão dos pecados, mas também outras pessoas.
O Senhor disse que nos daria terras a cem por um. Isso significa que nossas tendas seriam alargadas. Ele também disse que seríamos abençoados tanto no corpo quanto no espírito. Então, não temos que ter medo das perseguições deste mundo. Não existe razão para hesitarmos em receber a remissão dos pecados através da Palavra do Senhor e O seguirmos pela fé porque temos as Suas promessas.
Vamos agora voltar para o último versículo da passagem bíblica de hoje. O Senhor disse aqui no texto de Marcos 10:31, “Porém muitos primeiros serão derradeiros, e muitos derradeiros serão primeiros.”
O que essa passagem significa? Ela significa que aqueles que não se libertarem das amarras de sua família não salva, ficarão para trás em termos de espiritualidade, mesmo que tenham recebido primeiro a remissão de pecados não levando em conta o tempo que creram no Senhor. Por outro lado, os que crerem nessa Palavra da Verdade por último mas a seguirem fielmente, esses ficarão em primeiro lugar no tocante à espiritualidade. Isso é o que essa passagem significa. Aqueles que de todo o coração creem na Palavra de Deus, a verdade da salvação; aqueles que vivem pela fé unidos com a igreja antes de tudo o mais; aqueles que alargam suas tendas pela fé; e aqueles que iniciam uma nova vida pela fé—são essas pessoas que serão as primeiras. Esses são os nossos líderes da fé marchando diante de nós. Por acaso, dentre nossos santos que receberam a remissão de pecados recentemente, existe alguém que, vendo muitos líderes na igreja, quer também estar à frente para guiar outros santos? O meio para isso não é tão difícil. Na verdade é bem simples. Você pode ultrapassar qualquer um em pouco tempo se simplesmente crer na Palavra de Deus e seguir o Senhor com essa fé ao invés de estar ligado aos seus laços mundanos.
Os que creem e seguirem a salvação dada por Deus ao invés de buscarem a prosperidade material, receberão do Senhor a vida eterna junto com as perseguições. Junto dessa perseguição eles têm que vir a igreja e encontrarem um lugar para fazer a obra de Deus. Devemos lembrar aqui que é inevitável a todos aqueles que são abençoados por Deus sofrerem primeiro a perseguição, mesmo eles tendo recebido a remissão dos seus pecados e vindo a igreja e ainda vivendo pela fé debaixo da direção da igreja. E não devemos temer essas perseguições. Mesmo sendo difícil sofrermos perseguição, devemos pensar que elas são para o bem do evangelho de Deus, para ficarmos ainda mais unidos com o Senhor. Em outras palavras, temos que enfrentar as perseguições de bom grado, sabendo que Deus está permitindo sermos perseguidos assim para nos abençoar grandemente.
Se você quer ser imensamente abençoado pelo Senhor, então você deve seguir esta verdade. Sem dúvida, aqueles que receberam a remissão de pecados e proseguem no caminho da fé serão abençoados. Eles receberão não só bênçãos materiais enquanto viverem nesta terra, mas também a bênção da vida eterna. Essa bênção é algo que não deve ser recebida só por você mas também por todos os membros da sua família.
Quem são seus irmãos e irmãs? Seus amados santos que seguem a vontade do Senhor são sua própria família, seus pais, seus irmãos e suas irmãs. Todos nós que cremos na justiça do Senhor somos uma só família. Você crê que somos uma só família?
Igreja de Deus, aqui é o seu lugar. Aqui na Igreja de Deus é aonde você pode viver segundo a lei da fé e ser abundantemente abençoado pela sua fidelidade. Eu oro a Deus para dar essas bênçãos a todos nós. Eu espero e oro de todo meu coração que possamos enfrentar as perseguições pondo totalmente nossa fé no Senhor e sermos abençoados grandemente em meio as nossas provas.