คำสอน

Assunto 17: JESUS CRISTO e JOÃO BATISTA

[17-5] Vamos Desfrutar da Maravilhosa Graça de Deus (João 1:1-14)

Vamos Desfrutar da Maravilhosa Graça de Deus
(João 1:1-14)
“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por meio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram sobre ela. Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio como testemunha para testificar a respeito da luz, a fim de que todos cressem por meio dele. Ele não era a luz, mas veio para testificar da luz. A luz verdadeira que ilumina a todos os homens estava vindo ao mundo. Estava no mundo, o mundo foi feito por meio dele mas o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam. Mas a todos os que o receberam, àqueles que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus- filhos nascidos não do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. O Verbo se fez carne, e habitou entre nós. Vimos a sua glória, a glória como do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.”
 
 
O evangelho de João, as epístolas 1, 2 e 3 de João, e o livro do Apocalipse foram tudo o que escreveu o apóstolo João. E através dessas epístolas, nós podermos ver como era a fé do apóstolo João e como era a fé dos discípulos de Jesus também. O apóstolo João cria que Jesus era o próprio Deus que criou todo universo e os seres humanos, e que Ele era Seu Salvador e Salvador de todos os homens. Nós também temos que ter esse tipo de fé.
Algumas pessoas dizem que a Bíblia foi escrita por homens, e por isso negam sua fidelidade e autenticidade. Todavia, os homens que escreveram a Bíblia não foram seus autores, só seus escritores, e por isso eles só transcreveram a Palavra de Deus. Tanto no Antigo quanto no Novo Testamento, a frase “Deus disse” é usada cerca de 3800 vezes. Isso testifica ao longo de toda a Bíblia que seus escritores não escreveram os seus próprios pensamentos ou experiências, mas transcreveram o que Deus disse e só escreveram o que Ele mandou. A Bíblia foi escrita num período de 1600 anos, começando 1500 A.C., que foi por volta de 3500 anos atrás, e acabando em 100 D.C. A Bíblia foi escrita por cerca de 40 escritores de vários lugares incluindo a Península do Sinai, Israel, Babilônia, várias regiões da Ásia Menor, Roma, pequenas ilhas do Mediterrâneo e daí por diante. O nível social dos escritores da Bíblia também era muito diversificado, indo de eruditos a profetas, generais, reis, agricultores, pescadores, um médico, um coletor de impostos, dentre outros. Mas só existe um livro de tudo que foi escrito por estes homens de diversas classes esse tempo todo, a Bíblia. E o mais maravilhoso ainda é que, apesar da Bíblia ter sido escrita por várias pessoas num longo espaço de tempo, todo o seu conteúdo se refere inteiramente a Jesus. Isso prova que a Bíblia é a Palavra de Deus que nos foi dada por Ele, e que ela é a Verdade escrita pelos Seus servos tanto no Antigo quanto no Novo Testamento. Em outras palavras, a Bíblia não é apenas palavras de homens escritas segundo sua própria vontade, mas a Palavra de Deus que nos foi entregue pelas mãos de homens inspirados pelo Espírito Santo. É absolutamente necessário que entendamos muito bem como a Bíblia foi escrita e também creiamos que as Escrituras são a Palavra que nos foi dada por Deus. A verdadeira fé em Deus começa quando cremos que tudo que foi escrito na Bíblia é a Palavra de Deus.
 
 

Jesus Criou os Céus e a Terra

 
Na passagem bíblica deste capítulo, o apóstolo João está falando sobre a fé, citando a Palavra de Deus no capítulo um de Gênesis. Ele está falando sobre a principal essência de Jesus Cristo. “Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por meio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez” (João 1:2-3). No começo, quando Deus resolveu criar o universo, Seu Filho Jesus Cristo já era o Criador. Esse texto escrito pelo apóstolo João diz que Jesus é o próprio Deus desde o começo. É por isso que ele diz que nada poderia vir a existir por si mesmo senão por Jesus. Em outras palavras, Jesus Cristo é o nosso Salvador, e por Ele ser o próprio Deus, Ele também é o Criador do universo e de tudo que nele há. Quando o mundo foi criado, ele veio a existir exatamente segundo o que disse o Criador, Jesus Cristo, o próprio Deus.
Vamos ver Gênesis 1:1-5 agora. “No princípio criou Deus os céus e a terra. A terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz. E houve luz. Viu Deus que a luz era boa, e fez separação entre a luz e as trevas. E chamou Deus à luz dia, e às trevas, noite. E houve tarde e manhã - o primeiro dia”. Foi assim que Jesus criou os céus e a terra. O universo não veio a existir por si só como se pensa e é comumente defendido pela teoria da evolução, mas sim pela poderosa Palavra de Jesus Cristo.
A teoria da evolução é uma hipótese que diz que uma única célula veio a existir um dia por si só, e depois de muito tempo se tornou uma forma de vida. Mas como a vida pode nascer por si só e de repente assim do nada? Apenas Deus pode criar vida.
Vamos voltar para Gênesis 1:2. Antes de Deus criar os céus e a terra, ela era sem forma e vazia, havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas. O “Espírito de Deus” aqui não se refere a nenhum outro a não ser ao Espírito Santo. Isso significa que, já que o coração de cada pecador era sem forma e não havia nada além de confusão e desordem, o Espírito Santo não podia vir sobre ele ainda.
 
 

Deus Fez Brilhar a Luz da Vida sobre Este Mundo Caótico

 
Está escrito: “E disse Deus: Haja luz. E houve luz. Viu Deus que a luz era boa” (Gênesis 1:3-4). Embora esse texto explique como o universo foi formado e o resultado disso, ele também nos mostra como Jesus Cristo viria a essa terra para salvar você e a mim dos pecados do mundo. No começo, Jesus Cristo fez com que a luz da bênção brilhasse sobre as trevas e prevalecesse nessa terra. Por uma simples ordem de Deus, a luz veio a existir quando Ele disse que houvesse luz sobre este mundo caótico.
A terra sem forma e vazia aqui se refere ao próprio planeta terra em que você e eu vivemos. Espiritualmente falando, isso se refere ao seu e ao meu coração. Significa que desde que nós nascemos neste mundo, nosso coração era sem forma, vazio e totalmente obscuro. Em outras palavras, todos nós nascemos pecadores. Embora nosso Senhor tenha criado este universo tão lindo, o coração do ser humano se tornou confuso e vazio por causa de Satanás. O universo não tinha estrelas e não havia nada no planeta terra – nem plantas, árvores ou frutos, nada. Só havia completa escuridão e confusão. E essa escuridão se refere a todos nós que nascemos em pecado por sermos descendentes de Adão. O coração humano e este mundo estavam cheios de confusão e escuridão, mas quando Deus disse: “Haja luz”, a luz da salvação entrou no coração do homem e Deus viu que a luz era boa.
Deus fez divisão entre luz e trevas, e chamou de luz o dia e de noite a escuridão. E como houve manhã e noite, este foi o primeiro dia. Deus levou seis dias ao todo para criar o universo, e toda Sua obra foi feita juntamente com Seu Filho Jesus Cristo. E este Jesus Cristo é Aquele mesmo que veio a essa terra como um Homem para nos salvar dos pecados do mundo: Ele aceitou nossos pecados sobre o Seu corpo ao ser batizado por João Batista, foi condenado pelos nossos pecados em nosso lugar, ressuscitou dos mortos e assim iluminou nosso coração com a verdadeira luz da salvação. Através do evangelho da água e do Espírito, Jesus Cristo fez com que aqueles que Nele crêem se tornassem Seu próprio povo. Ele criou os céus e a terra e também nos salvou. Ele é o Rei dos reis e o nosso Salvador. Este mundo foi salvo do pecado por Jesus Cristo.
 
 

Você Tem que Ter a Fé Correta Sabendo que Jesus Cristo é o Próprio Deus

 
Você e eu não podemos achar que este Jesus Cristo é uma criatura como nós, nem compará-Lo com alguns sábios como Buda, Confúcio, Mêncio ou Sócrates que viveram pouco tempo neste mundo. É totalmente imprescindível que você entenda e creia que Jesus Cristo é o próprio Deus que criou o universo e tudo que nele há. Aquele que criou você e a mim, que nos fez nascer do ventre de nossas mães e nos fez crescer, que tem poder sobre a vida e a morte, que é o Alfa e o Omega, que nos deu a bênção da remissão de pecados e que nos fará desfrutar da alegria da vida eterna no Céu – Ele não é outro a não ser Jesus, o próprio Deus. Nossa fé está firmada no conhecimento correto que nós temos de que o Senhor é o próprio Deus que tem o controle da bênção e da maldição sobre o homem.
A fé do apóstolo João era tanta que ele entendia e cria em Jesus corretamente. Ele cria que Jesus Cristo estava com Deus Pai desde o início, que o universo e tudo que nele há foi criado através de Jesus, e que todos os pecadores poderiam receber a remissão de pecados crendo Nele, que veio pelo evangelho da água e do Espírito. Essa fé do apóstolo João é absolutamente indispensável para você e para mim hoje também. Jesus Cristo é o próprio Deus que criou o universo e tudo que nele há, e Ele é o seu e o meu Senhor. O que você tem que entender muito bem aqui é que foi Jesus Cristo quem fez com que todos nós nascêssemos nessa terra. Você também tem que entender que, por sua causa, Ele levou sobre Si seus pecados ao ser batizado por João Batista, ao morrer na Cruz, ao ressuscitar dos mortos, remindo assim nossos pecados.
A verdadeira fé é saber e crer que Jesus Cristo é o Criador e o Salvador do homem. É assim que podemos saber quem é o Senhor e como devemos crer Nele de todo o coração.
Já existiram muitos sábios nessa terra. Alguns deles tinham grandes visões e muitos entregaram sua própria vida a fim de alcançar seus nobres ideais. Entretanto, estes homens não eram divinos e muito menos salvadores. E por mais que tenha sido grandioso o que eles fizeram, isso não trouxe nenhum benefício para sua alma, porque aos olhos de Deus eles não passavam de criaturas que foram feitas por Ele. Eles podem até ter trazido alguma satisfação temporária às pessoas deste mundo, mas eles não trouxeram a bênção eterna da salvação nem puderam nos dar as gloriosas riquezas do Reino dos Céus. O apóstolo João nos mostra claramente que Jesus Cristo é o único Salvador do homem. Jesus Cristo criou o mundo e sem Ele nada teria sido feito. A Bíblia nos mostra mais uma vez que a fé perfeita para nós é reconhecermos que Jesus Cristo é o Salvador e crermos nisso.
 
 

Quem Criou o Universo e Tudo que Nele Há?

 
Quem foi que criou você e a mim, quem nos gerou no ventre de nossas mães e nos fez nascer neste mundo, quem tem em Suas mãos a vida eterna? Quem nos deu a bênção da salvação e determina nosso futuro? Jesus. Jesus Cristo é o Salvador do homem. O nome Jesus Cristo significa o Salvador e o Reis dos reis. Jesus Cristo é o Senhor e Rei de tudo que há no universo, de todos os seus exércitos. Ele é o único Deus que apagou todos os nossos pecados e transgressões, que nos deu uma vida humana e uma vida eterna à nossa alma. Nós temos que reconhecer que Jesus Cristo é o Deus da criação e o Salvador do homem; é nisso que nós temos que crer.
O apóstolo João sabia que Jesus Cristo era o próprio Deus, o Salvador e o Filho de Deus, e cria nisso também. Nós cremos assim também? Se você até agora não sabia que Jesus Cristo é o único Deus criador e o Salvador, daqui por diante então você tem que entender e crer nisso. Não apenas você, mas as pessoas no mundo todo têm que entender isso. O apóstolo João diz em João 1:4: “Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens”. Quando Deus ordenou que houvesse luz neste mundo de trevas, essa luz veio à existência e a misteriosa obra da vida surgiu neste planeta. Se o sol desaparecesse e não houvesse mais luz, todo ser vivo morreria pouco tempo depois de ficar tudo escuro. Você pode perguntar então: “As criaturas no fundo do mar não conseguem viver sem luz?” Mas a questão não é essa. Estas criaturas não conseguem viver sem a vasta cadeia alimentar do seu ecossistema, que é nutrida pela energia solar. E todas estas criaturas não existiriam se não fosse a Palavra de Jesus Cristo. Onde a luz e as trevas recuam ante a ordem da Palavra de Jesus Cristo, surge uma nova vida, mas onde a luz de Jesus Cristo recua e só as trevas permanecem, não há nada mais além da morte.
Então, quando Jesus Cristo, o próprio Deus, fez o universo e todos os seus exércitos, Ele ordenou que houvesse luz. A luz então surgiu em meio às trevas e uma nova vida nasceu através dessa bênção. Assim como Jesus Cristo trouxe vida criando luz onde só havia trevas, Ele também nos deu o evangelho da água e do Espírito e fez com que viéssemos a receber a verdadeira salvação. Portanto, já que a luz que Deus criou em Gênesis se refere à primeira luz criada na fundação do mundo, ela também se refere à luz da salvação que recebemos crendo no evangelho da água e do Espírito.
 
 

Você Sabe a Verdadeira Razão Pela Qual a Bíblia foi Escrita?

 
Embora a Bíblia realmente contenha verdades científicas e fatos históricos, eles não são o seu tema central. A verdadeira razão de a Bíblia ter sido escrita foi mostrar o pecado da alma, explicar a Palavra do evangelho da água e do Espírito, e assim trazer a verdadeira salvação àqueles que crêem na Verdade e fazer deles povo de Deus. Está escrito: “A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram sobre ela” (João 1:5). Jesus disse a Verdade ontem, está dizendo-a hoje e continuará dizendo-a no futuro. Apesar disso, muitos ainda não conhecem Deus corretamente. Eles desconversam com seus ‘mas’ e ‘se’, dizendo: “Bom, Deus existe realmente, mas…” Eles sabem que existe um Criador, mas não conhecem a Ele nem a Verdade que Ele lhes deu. E eles fazem isso mesmo sabendo que Jesus está vivo, que Ele faz brilhar a luz do evangelho da salvação e reina sobre a ordem natural de todas as coisas. Isso porque Deus provê tudo naturalmente e governa sobre tudo que existe e está vivo no universo. Mas muitos não sabem quem é este Deus e qual é exatamente a relação que eles devem ter com Ele. Por este motivo, eles não apenas são incapazes de compreender a Verdade da salvação que veio pelo evangelho da água e do Espírito, mas também tentam julgar a Deus baseados nos seus pensamentos humanos, dizendo que tudo veio da água.
Todavia, amados irmãos, a verdade da salvação que Jesus Cristo nos deu é muito clara. Todas as coisas vieram de Jesus Cristo e tudo irá retornar para o Criador no fim para ser julgado ou salvo por Ele, para ser abençoado ou amaldiçoado por Ele. Mas as pessoas não entendem isso. Elas não têm idéia de como é grande a salvação do evangelho da água e do Espírito que Jesus cumpriu, como Seu amor já nos foi dado em abundância através da Verdade deste evangelho, e como Cristo nos salvou e nos vestiu com Seu amor. Então, é necessário que haja alguns mestres que possam ensinar a Verdade do evangelho da água e do Espírito àqueles que ainda não a conhecem. Moisés ouviu a voz de Deus, foi levantado por Ele e ensinou Sua Verdade ao povo de Israel. Da mesma forma, nós também precisamos de um mestre assim.
Seis meses antes de Jesus nascer nessa terra, Deus enviou um homem chamado João Batista a fim de que as pessoas pudessem entender por meio dele quem era Jesus e o que Ele fez por eles. Mesmo não sabendo que Jesus Cristo era o próprio Deus, nós passamos a entender essa Verdade através de João Batista dessa maneira: “Ah, Jesus Cristo é isso então! Foi isso que Ele fez nessa terra. Ele revelou o amor de Deus e a Sua misericórdia, e trouxe salvação a todos aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito”.
 
 

João Batista, um Homem Enviado por Deus

 
Está escrito em João 1:6-7: “Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio como testemunha para testificar a respeito da luz, a fim de que todos cressem por meio dele”. Como você sabe, o apóstolo João e João Batista têm o mesmo nome mas são pessoas diferentes. João era um nome muito comum naqueles dias, e nós até podemos ver que o nome de Marcos, que escreveu um dos evangelhos, era João (Atos 12:12). É muito comum duas pessoas terem o mesmo nome, tais como: João, Roberto, Júlia e daí por diante. Mas embora tenham o mesmo nome, a Bíblia chama o segundo de João Batista porque foi ele quem batizou Jesus. Apesar de terem o mesmo nome, João Batista e o apóstolo João não são a mesma pessoa, pois este último foi chamado por Jesus como um dos Seus discípulos para dar testemunho do evangelho da água e do Espírito.
Está escrito: “Este veio como testemunha para testificar a respeito da luz, a fim de que todos cressem por meio dele” (João 1:7). João Batista foi enviado a essa terra antes de Jesus e deu testemunho da luz. O que essa luz significa? Assim como a luz do sol é indispensável para que todo ser vivo cresça, Jesus Cristo é a própria luz que governa a vida e salva a todos. A função de João Batista era dar testemunho dessa luz. Embora Jesus Cristo realmente seja o próprio Deus, Ele veio a esta terra pessoalmente e apagou os pecados de todos nós que vivíamos em pecado. E já que Ele aceitou todos os nossos pecados de uma vez por todas através do Seu batismo, e morreu em nosso lugar na Cruz por causa desses pecados, Ele é a luz que nos deu uma nova vida. A função de João Batista era dar testemunho do ministério de Jesus. Ele testificou toda a obra da salvação que Jesus Cristo realizou, dando testemunho de como Ele levou sobre Si todos os pecados através do Seu batismo e como Ele morreu na Cruz levando estes pecados. Sendo assim, já que nós aceitamos Jesus Cristo como nosso Salvador, se desprezarmos a função de João Batista, nós jamais teremos a verdadeira fé.
No entanto, muitos pensam erradamente que João Batista foi um fracasso. Eles pensam: “Ora, ele apenas veio seis meses antes de Jesus Cristo”. Mas com esse tipo de pensamento você não pode ter um encontro verdadeiro com Jesus Cristo que veio pela água e pelo Espírito. Você deve ouvir o testemunho sobre o batismo dado por João Batista, para que você creia de modo correto em Jesus Cristo que veio pela água e pelo Espírito. E se esse testemunho é verdadeiro, você deve crer nele então. Por isso, João Batista é uma figura muito importante. O apóstolo João, que escreveu o evangelho de João, pôde conhecer Jesus Cristo por causa do testemunho de João Batista também. Ele pôde entender que Jesus Cristo era o Messias esperado pelo seu povo, e também compreender o verdadeiro significado do Seu batismo e da Sua morte na Cruz. Já que até mesmo o apóstolo João, um discípulo de Jesus, teve um encontro com Ele e veio a crer Nele por causa do testemunho de João Batista, então este testemunho é muito mais importante para você e para mim! Se ignorarmos o papel de João Batista, é simplesmente impossível termos um encontro com o Senhor que veio pelo evangelho da água e do Espírito. Se nós não crermos no testemunho que João Batista deu, a salvação se torna mais difícil de alcançar do que um camelo passar pelo buraco de uma agulha ou um rico entrar no Reino de Deus. Todos aqueles não crêem no testemunho de João Batista não podem encontrar o evangelho da água e do Espírito.
 
 

João Batista Deu Testemunho da Luz

 
O que é a luz? É Jesus Cristo que veio pela água e pelo Espírito. Quem é a verdadeira luz da salvação para a sua alma? Novamente, é Jesus Cristo que veio pela água e pelo Espírito. Foi desse Jesus Cristo que João Batista deu testemunho. Mas o povo de Israel naquela época não creu nisso. Embora o mundo tenha sido criado por Jesus, Seu povo não O recebeu quando Ele veio a essa terra. Eles estavam esperando o Messias, mas quando o Salvador Jesus veio de fato, eles não creram Nele porque não O reconheceram. João Batista testificou a eles: “Nenhum outro além deste é o Cordeiro de Deus”. Ele é o Filho de Deus que levou nossos pecados como o cordeiro do sacrifício do Antigo Testamento, os apagou a todos, e assim nos fez povo de Deus e nos trouxe Seu Reino. Ele é o Salvador do homem. Ele é o Messias que vocês estavam esperando. Ele é o descendente de Abraão que veio da tribo de Judá, um dos doze filhos de Jacó. Ele é o Rei que veio na plenitude dos tempos”.
Ainda assim, o povo de Israel não creu. Mas por que eles não creram? Porque eles olharam para Jesus com olhos carnais e viram apenas Seu lado humano. Como raiz de uma terra seca, Ele não tinha parecer nem formosura. Jesus era visto como raiz de uma terra seca (Isaías 53:2). Como devia ser Sua aparência então? Primeiro, Ele devia ser alto, e segundo, Ele deve ter sido muito magro. Se você olhar para algumas pinturas de Jesus Cristo sendo interrogado por Pilatos, você vai ficar surpreso de ver como Seu rosto estava fino. Alguém que de tão esquelético não tinha nada de atrativo em Sua aparência – assim era Jesus Cristo.
Nascido em Belém, como havia sido profetizado, e criado em Nazaré, Jesus levou sobre Si os pecados do homem de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista com 30 anos, a fim de cumprir a justiça de Deus segundo a Sua Palavra.
Mas o povo de Israel não creu em Jesus. E eles não creram mesmo João Batista tendo testificado a eles, dizendo: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (João 1:29). Jesus veio pessoalmente a essa terra, porém o povo de Israel, Seu próprio povo, não O recebeu.
Contudo, o apóstolo João continuou dizendo: “Mas a todos os que o receberam, àqueles que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus - filhos nascidos não do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus” (João 1:12-13). Este é um dos versículos que os cristãos mais gostam de decorar: “Mas a todos os que o receberam, àqueles que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus” (João 1:12). João Batista deu testemunho de que Jesus, a luz, veio a essa terra, tirou todos os nossos pecados de uma vez por todas ao ser batizado, levou todos os seus e os meus pecados mundanos à Cruz, derramou Seu sangue, ressuscitou dos mortos e assim nos salvou de todos os pecados do mundo. O apóstolo João também disse que todos aqueles que receberam em seu coração Jesus Cristo, que veio pelo evangelho da água e do Espírito, Deus deu a eles o direito de se tornarem Seus filhos. Melhor dizendo, Deus deu alguns direitos àqueles que crêem em Jesus Cristo, que veio através do evangelho da água e do Espírito.
Nós temos que crer que o Senhor não é apenas o Salvador da nação de Israel, mas o Salvador de toda a raça humana. João Batista deu testemunho do batismo de Jesus Cristo, do Seu sangue na Cruz, da Sua morte e da Sua ressurreição. Portanto, pela fé, todos neste mundo devem aceitar isso em seu coração. O direito de se tornar filho de Deus é dado a todo aquele que crê em Jesus Cristo, que foi crucificado levando os pecados do mundo que Ele recebeu através do Seu batismo. Sendo assim, temos que aceitar essa Verdade da salvação.
Jesus Cristo aceitou os nossos pecados ao ser batizado por João Batista. O batismo de Jesus descrito em Mateus 3:13-17 foi o que passou seus pecados a Jesus Cristo, e foi assim que Ele os levou à Cruz. Você tem que entender e crer que Jesus foi batizado no rio Jordão antes de ser crucificado a fim de levar os nossos pecados. Foi depois que Jesus levou sobre Si os pecados do mundo ao ser batizado que Ele derramou o Seu precioso sangue na Cruz e ressuscitou dos mortos, sendo dessa maneira condenado por causa dos nossos pecados em nosso lugar. Por isso, você só pode receber a salvação se você crer no evangelho da água e do Espírito e que Jesus te salvou assim. Você deve receber Jesus Cristo, a luz da salvação, em seu coração tendo um entendimento correto do evangelho da água e do Espírito. Você tem que aceitá-Lo em seu coração. Lembre-se de que são àqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito que Deus deu o direito de se tornarem Seus filhos.
 
 

Você Já Aceitou Jesus Cristo como Seu Salvador?

 
Você crê de coração que Jesus é realmente o Rei dos reis e o seu Salvador? Ele é Rei e Profeta ao mesmo tempo, e o Sumo Sacerdote do Reino dos Céus também. O Senhor veio a essa terra num corpo carnal, levou os pecados do homem, mas não como o animal do sacrifício, mas no Seu próprio corpo, morreu na Cruz, ressuscitou dos mortos, e dessa forma se tornou nosso verdadeiro Salvador. Ele se tornou o Salvador de todos aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito. O Senhor deu o direito de se tornarem filhos de Deus àqueles que crêem. Eu creio nessa Verdade. Você também crê no evangelho da água e do Espírito? Você já aceitou o evangelho da água e do Espírito em seu coração?
Quem são aqueles, então, que aceitaram de todo o coração o evangelho da água e do Espírito? Aqueles que receberam este evangelho em seu coração são os que reconheceram na mesma hora a corrupção do seu coração e aceitaram a infalível Palavra de Jesus Cristo. Nós temos que crer que Jesus Cristo nos salvou através do evangelho da água e do Espírito quando veio a essa terra; que Ele é o próprio Deus e o Senhor da vida que criou o universo e todos os seus exércitos; que Ele nos gerou no ventre de nossas mães e nos fez nascer nessa terra, que Ele nos livrou da morte levando nossos pecados através do batismo que Ele recebeu de João Batista e morrendo na Cruz. Se há alguém que não reconhece isso e não deseja isso de todo o coração, ele não crê na Verdade então. Algumas pessoas só ouvem com os seus ouvidos e vêem com os seus olhos, mas nunca com seu coração.
Se você ainda não consegue crer no evangelho da água e do Espírito, mesmo ele sendo definitivamente claro, você tem um grande problema então. Pessoas assim não podem receber de Deus a purificação do pecado, e por isso serão amaldiçoadas. Existe alguém entre vocês que acha que ser amaldiçoado por Deus não é nada demais? Na língua portuguesa, uma expressão das mais profanas é esta: “Maldito seja isso ou aquilo”. Que esperança haveria para alguém que foi amaldiçoado por Deus? Nenhuma. Se alguém é amaldiçoado por Deus ele é um homem miserável que não pode mais viver neste mundo. Todo mundo precisa ser abençoado por Deus para viver. Você pode até ser odiado pelos outros, mas você não vai para o inferno por causa disso. Entretanto, se você for amaldiçoado por Deus, você será tão miserável que sua vida neste mundo será insuportável.
Se você for odiado pelos homens por causa de Deus, este ódio então voltará para você como bênçãos, mas se você for exaltado pelos homens e odiado por Deus, você estará então a caminho da sua própria destruição. Você quer ser amaldiçoado e ainda perder o pouco que você tem agora? Se não é isso o que você quer, você tem que crer na Palavra do evangelho da água e do Espírito dada por Deus então. Você tem que crer de todo o coração que Jesus Cristo é a luz, que Ele te ama e que você foi salvo de todos os seus pecados. Você só poderá ser abençoado se aceitar e crer nesta Palavra da Verdade, que Jesus Cristo, que criou o universo e todos os seus exércitos, e que é o seu Senhor, o Messias que te salvou.
A Bíblia diz: “Mas a todos os que o receberam, àqueles que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus” (João 1:12). Mas e você? Você já recebeu o direito de ser chamado filho de Deus através do evangelho da água e do Espírito? Deus te dará este direito assim que você crer de coração na Palavra do evangelho da água e do Espírito. Todo aquele que crê na salvação de Jesus Cristo, no Seu poder e no Seu amor é feito filho de Deus. É pelo poder do evangelho da água e do Espírito que alguém se torna filho de Deus. E quando alguém se torna filho de Deus pela fé, ele então tem poder de Deus. E mesmo no mundo os filhos do Seu poder são exaltados para que desfrutem de grandes privilégios. Já que Deus é nosso Pai, existe algum direito que está além do nosso alcance? É claro que não! Portanto, é muito importante que você aceite Jesus.
Quem você aceitou? Quem você realmente aceitou com alegria? Se uma pessoa estranha te visitasse, você a receberia naturalmente? Não, não receberia. Mas se um parente seu fosse te visitar, você não o receberia de braços abertos? É claro que sim. Jesus apagou todos os seus pecados com o evangelho da água e do Espírito e fez de você filho de Deus, para que você recebesse tanto as bênçãos terrenas quanto as espirituais. Você ainda não aceitou Jesus então? Existe alguma razão para você hesitar tanto para aceitar Jesus em seu coração, já que Ele é o próprio Deus que te ama? O meu conselho a todos vocês é que vocês aceitem Jesus Cristo com alegria por meio do evangelho da água e do Espírito, crendo realmente neste evangelho.
 
 
Planeje Sua Vida Junto com Jesus
 
Enquanto que algumas pessoas possuem um entendimento correto de Jesus neste mundo e O aceitaram de bom grado pelo evangelho da água e do Espírito, há muitas outras que não tem nenhum interesse nessa Verdade e não O aceitam. Existe um provérbio na Coréia que diz: “O sal na mesa da cozinha só tem sabor se for usado na comida”. Do mesmo modo, quando você ouve a Palavra de Deus dizer que Jesus apagou todos os seus pecados com o evangelho da água e do Espírito e nos permitiu ser filhos de Deus, você tem deixar essa Palavra entrar no seu coração e crer nela. Jesus Cristo deu a todos vocês as bênçãos terrenas e celestiais, mas só se vocês O reconhecerem como seu Salvador e O aceitarem em seu coração é que essas bênçãos realmente serão suas. Mas se vocês não aceitarem Jesus em seu coração, vocês nunca receberão essas bênçãos.
Para usar uma ilustração, vamos imaginar que alguém está defendendo seu castelo sozinho. E quando chegam os invasores, por mais que ele tente, ele não tem como derrotá-los porque eles são mais fortes do que ele. Ele acabará sendo expulso do castelo no final, perderá tudo e será destruído. Assim também acontecerá conosco se quisermos viver por nós mesmos. Mas ao contrário, devemos planejar nossa vida junto com Jesus. E para fazermos isso, temos que aceitá-Lo em nosso coração.
Não são as pessoas ignorantes que crêem em Jesus Cristo. Ao contrário, são os inteligentes e sábios que crêem Nele. Por isso, eu aconselho a todos vocês a crer no batismo de Jesus Cristo e no Seu sangue na Cruz, que Ele é o próprio Deus e o seu Salvador, e assim aceitá-Lo em seu coração. Lembrem-se que as bênçãos eternas de Deus esperam por vocês, basta vocês aceitarem a Cristo em seu coração. Todo aquele que não crê nisso é um tolo. O antigo império Inca era famoso pelas suas reservas abundantes de ouro e prata. Era tanto ouro e prata que os europeus ficaram impressionados quando os descobriram. Mas apesar de ostentar tanta riqueza, Império Inca caiu quando os espanhóis chegaram com apenas 200 tropas. Pelo fato de nunca terem estado em contato com a civilização ocidental, os Incas ficaram fascinados com os espanhóis e os receberam de braços abertos. Trilhando o império Inca, os espanhóis viram que ele estava repleto de ouro, prata e outros metais preciosos. Foi algo muito natural seu coração se encher de ganância. E mesmo sendo uma civilização altamente avançada, os incas acabaram caindo ante o poder de fogo dos espanhóis. Este foi o preço que o império Inca pagou por pensar que o ouro que tinham era só deles e não conhecer o seu verdadeiro valor, já que ele é incomensurável. Ouro nada mais é do que uma pedra sem valor se você não conhece seu verdadeiro valor. E mesmo que você tenha ouro suficiente para viver bem o resto da sua vida, isso não adiantará nada se você não souber o seu valor.
O que acontecerá se você descuidar do seu ouro, sem saber o quanto ele é precioso? Você vai acabar perdendo-o para o seu inimigo. Mas você não quer ser amaldiçoado e perecer por causa da sua ignorância, sem diferenciar as tropas amigas das tropas inimigas, assim como os Incas que não conseguiram diferenciar seus amigos dos seus inimigos. Você tem sempre que se lembrar de que se você não cuidar da sua alma, e não entender o quanto o evangelho da água e do Espírito que fala da vida de Jesus Cristo é uma jóia preciosa, você então estará trilhando um caminho de destruição, como o Império Inca que desapareceu da face da terra apesar de ser uma civilização altamente avançada.
Para te salvar do pecado, Jesus Cristo veio a essa terra num corpo carnal, levou sobre Si todos os seus pecados quando foi batizado por João, morreu na Cruz, ressuscitou dos mortos, e assim se tornou seu verdadeiro Salvador. Mas se você não crer e nem aceitar Jesus Cristo em seu coração, Ele que concedeu tantas bênçãos a sua alma, e ao invés disso olhar para Ele como se Ele não tivesse nenhuma importância em sua vida, você só será amaldiçoado. Você tem que entender quem está realmente do seu lado e abrir seu coração para um amigo que está aí para ajudá-lo. Mas se você aceitar qualquer um, de uma hora para outra então você vai acabar descobrindo que ele se tornou seu inimigo, que te apontará uma arma e roubará tudo que você tem. Aqueles que não crêem em Deus são como um bando de serpentes. Mas e você? Você já se tornou um filho de Deus por crer em Jesus de todo o seu coração? É muito importante que você entenda que todos aqueles que não crêem em Deus são seus inimigos, e que você não deve se misturar com eles enquanto prega a Palavra de Deus para eles e espera que eles se convertam.
Quando eu pregava a Palavra de Deus, houve vezes em que eu provoquei a ira dos justos porque há muitos líderes cristãos nessa terra que não crêem em Deus. Estas pessoas se gabam dos seus títulos acadêmicos, do seu status social e dos seus privilégios seculares, mas elas têm a mínima idéia de que seus atos irão perecer no final e que elas são como lixo aos olhos de Deus? Amados irmãos, conhecer Jesus Cristo e crer Nele é a coisa mais nobre que um homem pode fazer. Sem conhecer o evangelho da água e do Espírito, alguém tem algo do que se gabar? Se gabar dos poderes mundanos sem conhecer Jesus nada mais é do que uma grande tolice.
Meus amados irmãos, crer em Jesus Cristo não significa simplesmente reconhecê-Lo e aceitá-Lo como Salvador só para receber bênçãos materiais. A única maneira de recebermos a remissão de pecados e sermos filhos de Deus é aceitando Jesus Cristo, que veio a nós como nosso Salvador pelo evangelho da água e do Espírito. Os que crêem no evangelho da água e do Espírito são aqueles que têm suas orações respondidas nessa terra. Somente eles podem receber as bênçãos dadas por Deus e alcançar Sua graça e poder. Os que receberam Jesus Cristo em seu coração são aqueles que sabem e crêem que Jesus Cristo, que veio pelo evangelho da água e do Espírito, é quem nos dá a salvação. Nós agora temos que entender essa Verdade e aceitar Jesus, o Ser Supremo, em nosso coração.
O direito de se tornar filho de Deus não é algo obtido pela linhagem de sangue. Não é recebido através dos sentimentos humanos nem pela tradição religiosa de uma família, e muito menos dizendo: “já que meus pais crêem em Jesus, eu creio também”. A Bíblia diz que os filhos de Deus são aqueles que nasceram não do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem (João 1:13), mas crendo no evangelho da água e do Espírito (João 3:5).
Você não deve crer no evangelho da água e do Espírito por causa de alguém, mas por sua própria vontade. Você não pode simplesmente dizer: “Tudo bem, eu também vou crer, mas só por causa de você. Minha família é cristã, por isso eu não tenho como não crer em Jesus. Então, eu vou crer em Jesus e ir à igreja só para agradá-los”. Ao contrário, você tem que crer no evangelho da água e do Espírito de coração por conta própria. É por livre e espontânea vontade que você tem que crer em Jesus, que veio pelo evangelho da água e do Espírito, como seu Salvador.
 
 
Aqueles que Nasceram de Novo da Água e do Espírito Desfrutarão da Glória de Deus
 
Ser nascido de Deus significa o seguinte: Deus Pai amou o mundo de tal maneira que enviou Seu Filho a essa terra. E por meio do evangelho da água e do Espírito, Ele salvou você e a mim dos pecados do mundo; e quando você crê neste Jesus Cristo que veio do Pai como seu Salvador, você nasce de novo como filho de Deus. É assim que você é abençoado por Deus. Jesus Cristo prometeu que viria a essa terra como descendente da mulher e se tornaria nosso Salvador (Gênesis 3:15). E de acordo com essa promessa, Ele realmente veio a essa terra e cumpriu toda Sua Palavra.
O fato de Jesus ter nascido de Deus significa que Ele é o Deus encarnado. Melhor dizendo, o Deus santo nasceu nessa terra no corpo de um homem. Nós encontramos este Jesus na Palavra de Deus e viemos a entender que Ele de fato é o Filho de Deus. E através do Seu Filho, Deus também nos deu o dom da salvação para que nos tornássemos Seus filhos. Tudo isso aconteceu por causa do evangelho da água e do Espírito que salvou você e a mim. Através da Sua Palavra, Deus fez com que entendêssemos que esta salvação não é falsa, mas a grande Verdade, e nos levou a crer nela.
Eu não posso pregar nada além do evangelho da água e do Espírito. O que eu ganharia por pregar algo para você agora que não é verdade? Se fosse isso que eu estivesse fazendo, não haveria algo mais sem sentido e amaldiçoado do que isso. Então você poderia me dizer: “Desça do púlpito agora! Pare de pregar! Eu posso fazer melhor do que você se eu subir aí!” Se eu estivesse pregando algo além da Verdade do evangelho da água e do Espírito, todos vocês poderiam dizer isso para mim.
Amados irmãos, vocês podem ser peritos em tudo, menos na Palavra de Deus. Cada um de vocês é bom em alguma coisa: em cuidar da casa e lecionar, em artes, filosofia, educação, mecânica, dentre outros. Portanto, todos nós somos peritos em alguma área secular. Porém, o mais importante é que você tem que se tornar um perito na fé, que ouve a Palavra de Deus e crê nela, a Palavra que veio pelo evangelho da água e do Espírito.
O meu desejo e a minha oração é que todos vocês aceitem o evangelho da água e do Espírito em seu coração com alegria, recebam as bênçãos de Deus com alegria, e vivam com alegria para que assim estejam diante de Deus no último dia. Em suma, vamos receber a purificação de pecados e com alegria desfrutar da glória de Deus em nossa vida. Vamos receber as bênçãos da salvação que vêm pelo evangelho da água e do Espírito. Vocês crêem neste evangelho, amados irmãos? Eu sou totalmente grato a Deus e coloco a minha fé no evangelho da água e do Espírito.