The New Life Mission

Sermões

Assunto 19: A Epístola do Apóstolo Paulo aos EFÉSIOS

[Capítulo 1-3] (Efésios 1:1-14) Quem é Espiritual aos Olhos de Deus?

(Efésios 1:1-14)
“Paulo, apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, aos santos que estão em Éfeso, e fiéis em Cristo Jesus: A vós outros graça, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo. Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo. Pois nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele. Em amor nos predestinou para sermos filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito da sua vontade, para louvor e glória da sua graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado. Nele temos a redenção pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo as riquezas da sua graça, que ele derramou profundamente sobre nós em toda a sabedoria e entendimento. E desvendou-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito que propusera em Cristo, de fazer convergir em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra. Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade, a fim de sermos para louvor da sua glória, nós, os que de antemão esperamos em Cristo. É também nele que vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação. Tendo nele crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa, o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da propriedade de Deus, em louvor da sua glória.”
 
 
A passagem bíblica acima diz que o Deus e Pai do nosso Senhor Jesus Cristo nos abençoou com todas as bênçãos nas regiões celestiais em Cristo. Mas o que exatamente são essas bênçãos espirituais? Algumas coisas neste mundo são carnais e outras, espirituais. Nós sempre consideramos algumas pessoas carnais. Melhor dizendo, as coisas do mundo como os lindos apartamentos e os ótimos restaurantes é que despertam em nós a concupiscência dos olhos e da carne. Aqueles que valorizam muito essas coisas e vivem para as coisas deste mundo como os filmes, as artes, a cultura e a beleza é que são considerados carnais. São estes que só olham para dentro de si mesmos e só se preocupam em fazer sua vontade. As pessoas do mundo não vivem para fazer a vontade de Deus. Elas não buscam crer no evangelho da água e do Espírito para receber a remissão de pecados, mas fazem de tudo pelos prazeres mundanos. Mas a palavra ‘espiritual’ na passagem bíblica acima tem um sentido totalmente diferente.
 
 
Paulo, Apóstolo de Jesus Cristo pela Vontade de Deus
 
O Livro de Efésios começa com a seguinte frase:
“Paulo, apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, aos santos que estão em Éfeso, e fiéis em Cristo Jesus.”
O apóstolo Paulo escreveu essa epístola especificamente para os santos fiéis de Éfeso. Ele não enviou sua epístola às pessoas carnais deste mundo, mas àqueles que receberam a remissão de pecados crendo no Filho de Deus, Jesus Cristo. E seu propósito foi compartilhar com eles as bênçãos espirituais.
Quem são os ‘santos’ aqui então? Os santos são os justos que fazem a vontade de Deus. São aqueles que se tornaram completos, santos e sem pecado porque receberam a remissão dos seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. A passagem acima também fala dos ‘fiéis’, que são aqueles que não têm prazer com as coisas deste mundo, mas vivem para as coisas celestiais. Melhor dizendo, são aqueles que receberam a remissão dos seus pecados pela fé no evangelho da água e do Espírito e agora estão fazendo a obra celestial.
Há dois tipos de pessoas entre aquelas que afirmam crer em Jesus como seu Salvador. Um deles são os cristãos que nasceram de novo livres de todos os seus pecados, enquanto que o outro tipo permanece em pecado. Aqueles que não foram libertos do pecado mesmo depois de terem fé em Jesus são pecadores.
Por outro lado, aqueles que receberam a remissão dos seus pecados por crerem no evangelho da água e do Espírito são os santos que entrarão o Reino dos Céus. Você já é um santo de Deus por ter aceitado no seu coração o evangelho da água e do Espírito? Entre aqueles que receberam a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, nós encontramos dois tipos de santos. Um tipo são aqueles que buscam as coisas carnais, e o outro são aqueles que buscam a justiça de Deus.
Entre os chamados cristãos hoje em dia, há muitos que são apenas freqüentadores de igreja e ainda estão cativos aos seus pecados. E por mais que sirvam a Deus com toda sinceridade, Ele simplesmente os considera pecadores, pois não conhecem a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Deus então não os considera santos. Embora sejam pastores, presbíteros, diáconos, evangelistas ou simples membros, o Espírito Santo não habita no seu coração porque eles não aceitaram o evangelho da água e do Espírito e não foram libertos dos seus pecados.
Até mesmo aqueles que ostentam o título de ‘pastor’ de uma denominação cristã não passam de pecadores aos olhos de Deus se ainda têm pecado. Eles só trabalham para ganhar seu sustento e são meros assalariados. Eles vivem do seu trabalho como se ele fosse uma simples profissão do mundo. É por isso que Deus os chamada de ‘assalariados’. O título de pastor têm o sentido de cuidar e guiar o rebanho ao caminho da salvação e da bênção de Deus. Portanto, se algum pastor só se preocupar consigo mesmo, ele não é um servo de Deus, mais um simples assalariado.
Por este motivo, os pecados dos pastores têm que ser totalmente apagados antes que eles assumam a função pastoral. Em meio aos pastores, há aqueles que nem são santos, quanto mais líderes espirituais. Eles são apenas assalariados que nunca receberam a remissão de pecados. Independe da posição que alguém ocupa na igreja, ele só poderá se tornar um santo se crer de coração no evangelho da água e do Espírito. Os cristãos precisam ter seus pecados purificados aceitando o evangelho da água e do Espírito de coração; só assim eles poderão se tornar santos e se preparar para entrar no Reino dos Céus. Se você quiser ter a certeza de que é realmente santo, você tem que ter uma fé poderosa no evangelho da água e do Espírito. O alvo dessa epístola era um grupo de santos que cria no evangelho da água e do Espírito diante de Deus.
 
 
O Apóstolo Paulo Escreveu essa Carta aos Fiéis
 
Os fiéis aqui são aqueles que aceitaram o evangelho da água e do Espírito, receberam a remissão de pecados e fazem a obra de Deus; eles não seguem suas emoções nem vivem como bem entendem, ao contrário, levam uma vida de obediência à vontade de Deus e têm fé na Sua Palavra.
Você sabe qual é um dos pré-requisitos para aqueles que querem viver pela fé neste mundo? Por mais que alguém seja sincero em suas emoções ou confie na sua fé, isso não o leva a conhecer a Verdade do evangelho da água e do Espírito. É por isso que, sem dúvida alguma, a Palavra de Cristo ocupa o lugar mais importante neste evangelho. Por essa razão, aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito têm que ser fiéis em sua vida de fé e viver segundo a vontade do Senhor. Somente quem vive assim é que conhece a Deus.
Efésios 1:2 diz: “A vós outros graça, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.” A paz entra no coração daqueles que receberam a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. Aqueles que receberam a remissão de pecados crêem que o Pai de Jesus Cristo também é o seu Pai. Eles têm certeza de que Deus é o Pai de todo aquele que recebeu a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. Todos neste mundo nascem de pais carnais. Do mesmo modo, nós nascemos espiritualmente de Deus Pai quando temos fé no evangelho da água e do Espírito. E já que nos tornarmos filhos de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito, isso significa que somos muito abençoados quando estamos na Sua presença.
Outros, entretanto, nascem de Satanás. Eles têm o pior de todos os pais. Se tornar filho de Deus ou do diabo só depende de uma coisa: se você recebeu ou não a remissão de todos os seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito.
O apóstolo Paulo chamou Deus de “Deus nosso Pai.” Mas somente os crentes no evangelho da água e do Espírito que receberam a remissão de todos os seus pecados é que podem fazer essa confissão. Aqueles que não nasceram de novo e não conhecem o evangelho da água e do Espírito, e cujos pecados ainda não foram remidos, não podem chamar Deus de “nosso Pai.” Deus ainda não é o Pai dos cristãos pecadores que não crêem no evangelho da água e do Espírito. Estes não recebem nenhuma resposta de Deus, por mais que eles O chamem de Pai com todo o fervor. Eles nunca estão certos se Deus ouviu sua oração ou não. É por isso que os pecadores são frustrados.
Mas aqueles que se tornaram santos crendo no evangelho da água e do Espírito têm a verdadeira graça e a paz que vem de Jesus Cristo e de Deus Pai. Nós temos a graça da salvação e verdadeira paz no coração porque cremos em Deus segundo a justiça de Jesus Cristo. Por outro lado, os pecadores não podem chamar Deus de “aba, Pai.” Mas por quê? Por eles nunca terem aceitado em seu coração o evangelho da água e do Espírito, que é a justiça de Deus, eles vivem como pecadores que jamais nasceram de novo em espírito.
Somente aqueles que receberam a remissão de pecados pelo evangelho da água e do Espírito é que podem chamar Deus de Pai. Nós temos certeza que Deus nosso Pai se agrada das nossas orações, já que Ele sempre ouve Seus filhos quando eles oram por estar passando por alguma necessidade. Os justos contam a Deus suas necessidades através das Suas orações. E sempre que oram, os santos fazem isso segundo a vontade de Deus. Os justos oram assim: “Amado Deus, nosso Pai, por favor, faça isso por nós.” Nós, que não temos pecado porque cremos no evangelho da água e do Espírito, fazemos com que nossas petições sejam conhecidas de modo bem claro diante de Deus e com toda confiança. É por isso que Deus Pai responde nossas orações segundo a Sua vontade.
Quem nasce de novo crendo no evangelho da água e do Espírito tem a Palavra de Deus em seu coração, suas orações são respondidas quando eles oram a Ele com fé no evangelho da água e do Espírito, e eles têm uma vida abençoada fazendo a vontade de Deus. Eles oram tendo fé de que Deus responde a oração dos justos. Seu coração se enche de paz graças à Palavra da água e do Espírito. Portanto, aqueles que oram a Deus têm certeza da Sua resposta e esperam por ela, pois suas orações sempre são respondidas.
 
 
Uma História Engraçada
 
Tem uma história muito engraçada que se chama “Deus nosso Pai.” Era uma vez dois irmãos. Mas o irmão mais velho faleceu e deixou seu filho aos cuidados do irmão mais novo. Ele então cuidou do seu sobrinho. Mas apesar de ter seu tio, o menino se sentia solitário e deprimido. Ele então começou a freqüentar a igreja e encontrou conforto na Palavra de Deus. Ele sempre se sentia grato por seu tio cuidar dele como se fosse seu filho.
Então, para agradar seu tio, ele lhe fez um convite: “Tio, vamos à minha igreja. Eu quero muito que você vá comigo hoje e ouça a Palavra de Deus. Deixe-me te levar lá, por favor, tio.” E já que ele insistiu muito, seu tio acabou aceitando e indo com ele à igreja. Ele foi à igreja de mãos dadas com seu tio e começou a orar assim que chegou. Ele orou assim: “Deus Pai, meu tio está aqui hoje. Por favor, ajude-o a ouvir a Tua Palavra e a ter fé no evangelho.”
O que você esperaria de um visitante como o seu tio? Ele não estava se sentindo bem na igreja, mas ouviu atentamente a oração do seu sobrinho. Quando ele ouviu seu sobrinho dizer: “Deus Pai”, ele começou a pensar: “Já que Deus é pai do meu sobrinho, Ele deve ser meu irmão. O que eu devo fazer então? Como é que eu devo me dirigir a Ele? Já que meu sobrinho o chama de Pai, eu tenho que chamá-lo de irmão.” Na mesma hora sua árvore genealógica veio à sua mente. E, finalmente, ele chegou à conclusão de como deveria se dirigir a Deus. Ele então orou assim: “Deus Pai e irmão, eu vim aqui hoje. Eu vim com o Seu filho, meu sobrinho. Deus e irmão, abençoe a mim e ao meu sobrinho.” Eu ri muito quando ouvi essa história pela primeira vez.
Como nessa história, tratar Deus como se Ele fosse um ser humano resulta em coisas absurdas. Está errado alguém que não nasceu de novo chamar Deus de ‘Pai’ só porque alguém O chama assim também. Se você chama Deus de Pai sem ter fé no evangelho da água e do Espírito, ou se você chama Jesus Cristo de irmão achando que você está no mesmo nível que Ele, você está redondamente enganado.
 
 
Em que Nós Temos que Crer para Reconhecermos Jesus como Salvador?
 
Os pecados daqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito foram todos remidos. Foi por isso que o apóstolo Paulo pôde abençoar os outros chamando Deus de “nosso Pai.” Todos nós podemos chamar Deus de “nosso Pai” sem termos fé no evangelho da água e do Espírito? O Senhor orou assim no Novo Testamento:
“Pai nosso que estás nos céus,
Santificado seja o teu nome,
Venha o teu reino,
Seja feita a tua vontade,
Assim na terra como no céu” (Mateus 6:9-10).
Deus também é chamado de nosso Pai nessa oração.
Deus Pai nos amou tanto que passou todos os nossos pecados de uma vez por todas para o Seu Filho, Jesus Cristo, por meio do Seu batismo. Foi assim que Ele fez de nós crentes verdadeiros e sem pecado. Ele remiu todos os nossos pecados de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito através do Seu Filho. Apesar disso, ainda há muitos que não têm fé para chamar Deus de Pai porque não conhecem o evangelho da água e do Espírito. Isso é uma pena. Eles não sabem que Jesus Cristo já cuidou de todos os seus pecados de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito. E, por causa disso, vivem sofrendo por causa deles. É por isso que eles não podem chamar Deus de “nosso Pai” em espírito e em verdade. Eles podem até dizer: “Nosso Pai amado” ou “Nosso Senhor” em suas orações, mas, na verdade, eles estão levando uma vida ilícita sem Jesus Cristo por causa dos seus pecados. E já que eles não têm fé no evangelho da água e do Espírito, eles vivem com medo e têm vergonha de chamar Deus de Pai ou orar a Ele diante das outras pessoas.
Todo aquele que crê em Jesus como o seu Salvador tem que entender e crer que Deus já os salvou de todos os seus pecados com o evangelho da água e do Espírito. Como cristão, você pode confessar que crê realmente na verdade de que Jesus remiu todos os pecados do mundo com o evangelho da água e do Espírito? Se você ainda não conhece a verdade que veio pela água e pelo espírito, de um modo ou de outro você tem que aprendê-la para ser salvo. Essa é a fé daqueles que foram salvos de todos os seus pecados crendo em Jesus como o seu Salvador. Jesus veio a essa terra e salvou toda a raça humana com o evangelho da água e do Espírito. Nós precisamos pregar essa fé no evangelho da salvação até os confins da terra. Você tem que receber a remissão de pecados no coração crendo no evangelho da água e do Espírito.
Quando você entender Jesus através do evangelho da água e do Espírito, aí é que você poderá crer Nele realmente como o seu Salvador. Mas se você disser: “Eu creio apenas em Jesus”, sem entender corretamente que Ele nos libertou de todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito, você continuará sendo pecador. Uma fé assim não está baseada na Palavra, mas é uma fé cega e não passa de uma superstição. Se você ainda tem pecado no seu coração, Deus não se torna seu Pai, por mais que você freqüente a igreja. Deus, nosso Pai, só considera Seus filhos aqueles que não têm pecado. Ele não considera como filho nenhum pecador só porque ele O chama de seu Pai. Por mais que um pecador clame o nome do Senhor Deus, Sua única resposta não será outra senão o evangelho da água e do Espírito.
Você sabe por que nós chamamos Jesus de “Senhor Jesus”, e não apenas Jesus? Porque foi Ele quem nos criou e purificou todos os nossos pecados. Nós O chamamos de “Senhor” porque Ele nos criou e se tornou nosso Mestre por ter apagado todos os pecados do homem com o evangelho da água e do Espírito.
Embora tenha usado palavras tão significativas, podemos ver que o apóstolo Paulo pregou a verdade de maneira muito simples. Tanto os mais ignorantes quanto os mais educados, como os doutores em divindade, acham que entendem a Bíblia. Todavia, o termo “Jesus Cristo nosso Senhor” de fato é algo muito difícil de ser entendido pelos que não nasceram de novo. Aqueles que crêem em Jesus de qualquer jeito não sabem quem é Jesus Cristo ou o que Ele fez ao vir a essa terra. É por isso que eles não entendem o que esse termo significa realmente. Então, quando nós perguntamos o que significa o nome Jesus àqueles que confessam com toda certeza que crêem em Jesus, eles dizem: “Eu não sei, mas isso importa mesmo?” Quando eles começam a orar, eles clamam três vezes: “Senhor, Senhor, Senhor!” Além disso, enquanto estão orando, eles criam uma comoção muito grande com sua música e seus instrumentos; os mais fanáticos até choram com toda a força dos seus pulmões quando fazem orações de arrependimento. Eles acreditam que Deus irá respondê-los se clamarem “com todo fervor” assim e confessarem seus pecados. Muitos cristãos têm em sua mente que podem receber a remissão de pecados fazendo orações de arrependimento assim, mesmo não sabendo o que significa o nome Jesus. Eles acham que Deus irá ouvi-los se eles orarem a Deus com toda a sua força, mesmo não sabendo o que significa o nome “Jesus Cristo.”
Tudo que eles crêem é algo vão. Infelizmente, há muitos pastores que afirmam crer em Jesus, mas não mostram nenhum interesse no evangelho da água e do Espírito e só querem se dedicar ao seu trabalho. Eles dão muito importância à oração, mas quando clamam bem alto: “Senhor, Senhor, Senhor!”, o grupo de louvor com todos os seus instrumentos se une a ele fazendo uma confusão. Então, todos se derramam em lágrimas e começam a confessar seus pecados. Estes pastores os incitam dizendo: “Manda fogo, manda fogo, manda fogo” para tocar seu coração. E quando ele diz: “Vamos orar todos juntos”, as pessoas começam a fazer suas orações de arrependimento ainda mais alto. Seu coração começa a bater mais forte quando elas colocam para fora tudo que há dentro dele e todos começam a gritar com toda a força. Aí então, suas orações, junto com uma música inaudível, se tornam uma loucura incompreensível.
Eles não sabem como receber o dom do Espírito Santo, mas sempre procuram recebê-lo com suas ferventes orações de arrependimento. Essa gente não está interessada em conhecer o evangelho da água e do Espírito, mas só quer conhecer Jesus de qualquer maneira sem ter conhecimento algum. Eles acham que viverão bem pela fé só por darem seu tempo e seu dinheiro a Deus. É por isso que eles não podem ser cristãos nascidos de novo, mas, ao contrário, estão sendo enganados pelo diabo. Aqueles que possuem tal fé não têm nenhum valor diante de Deus. Eles estão tão fascinados pelos seus pensamentos carnais e seguem tanto suas emoções que não conseguem entender que o evangelho da água e do Espírito é a verdade absoluta da salvação. Eles dizem que crêem em Jesus sem conhecer o evangelho da água e do Espírito, mas isso só significa que eles ainda têm pecado no coração.
Alguns dizem que um dia receberam o dom de línguas na igreja. Mas para ser bem sincero, eles estão endemoninhados. A obra de Satanás se manifesta de várias formas; às vezes ele aparece como um espírito maligno e outras vezes como um anjo de luz. Deste modo, Satanás trabalha através dos cristãos pecadores levando-os a falar em línguas e a expulsar demônios. Às vezes até aparece alguém que cura enfermidades.
O que acontecerá conosco se perdermos a fé no evangelho da água e do Espírito e nos deixarmos levar pela emoção? No fim, nós seremos subjugados pelos falsos profetas e pelo diabo. Os pastores mandam que os crentes orem com todo fervor para receber o Espírito Santo em nome de Jesus, mas tudo isso é em vão e eles em pouco tempo acabarão morrendo espiritualmente. Estes pastores se esforçam muito para recolher muitas ofertas. Até quando escolhem um hino, eles tentam criar um clima para despertar a emoção da sua igreja. E os que são iludidos por esta música e se entregam à própria emoção perdem a capacidade de pensar racionalmente e esvaziam seus bolsos nas salvas ou nos envelopes de oferta.
Alguns pastores que não nasceram de novo até pedem aos seus membros para colocar seu nome no envelope e levá-los ao altar toda vez que eles ofertam. Outros pastores oram pelos ofertantes segundo a quantia que levam ao púlpito. Eles dizem aos seus membros que quanto mais eles derem, mais bênçãos eles receberão. Eles até dizem que se eles ofertarem todos os seus bens suas bênçãos serão dobradas, e que é por isso que eles devem ofertar o máximo que puderem. Cuidado! Estes são servos de Satanás. Essas pessoas não têm o que Deus e Jesus Cristo nos deu: o evangelho da água e do Espírito, a graça da salvação e a paz de Deus.
Deus encorajou o apóstolo Paulo a escrever aos santos que criam no evangelho da água e do Espírito. E Paulo escreveu àqueles que nasceram de novo com o evangelho da verdade que foi dado por Deus. E é por isso que aqueles que não crêem no evangelho da água e do Espírito não entendem essa epístola da Palavra de Deus. Aqueles que não nasceram de novo não podem entender o que Paulo quis dizer ao saldar os santos de Éfeso com a paz de Deus nosso Pai e Jesus Cristo. Mas eles dizem que pelo menos sabem o sentido das seguintes palavras: Jesus, salvação, cruz, orações de arrependimento, serviço, santificação, predestinação. Na verdade, eles não podem crer na justiça de Jesus Cristo sem ter conhecimento do evangelho da água e do Espírito. Embora conheçam as doutrina cristãs e creiam em Jesus como seu Salvador, eles não têm nada a ver com a Palavra de Deus. Somente quem crê no evangelho da água e do Espírito é que tem relação com Deus, mas quem não crê não tem nenhuma relação com Sua graça e Sua paz.
O apóstolo Paulo escreve aos santos de Éfeso sobre as “bênçãos espirituais nas regiões celestiais.” Em efésios 1:3 ele diz: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo.” Está escrito que até mesmo antes da fundação do mundo, Deus nos deu bênçãos espirituais em Cristo. Deus Pai, Seu Filho Jesus Cristo e o Espírito Santo tiveram uma reunião no Céu e decidiram nos criar e nos adotar como Seus Filhos. O Deus triuno decidiu conceder bênçãos espirituais antes da criação do universo. Em outras palavras, Deus já determinou dar estas bênçãos celestiais àqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito.
Como é que Deus nos dá todas essas bênçãos espirituais nas regiões celestiais? Nós ficamos imaginando o que passou pela mente de Deus quando Ele decidiu nos salvar de todos os pecados do mundo de uma vez por todas. Vamos pensar como Deus nos deu a salvação e por que Ele nos criou segundo a Sua imagem.
 
 
Deus Planejou Nos Salvar antes da Fundação do Mundo
 
Deus primeiro criou o universo onde Ele revelaria Sua glória, e só depois Ele nos salvou de todos os pecados. Deus criou Seus filhos para estar com eles por toda eternidade, e nós que cremos no evangelho da água e do Espírito é que somos Seus filhos. O primeiro homem, Adão, foi criado com amor e Deus o convidou para fazer parte do seu grande plano pela fé, para ser amado para sempre. No entanto, Deus já sabia que Satanás iria tentar Adão para que ele pecasse e também sabia que todos os homens seriam pecadores. Então, Ele planejou Sua eterna salvação e a prometeu ao homem.
Deus fez de nós o alvo do Seu amor. Foi por isso que Ele nos salvou no amor de Jesus Cristo. A promessa que foi feita a nós através do amor de Deus e do Seu Filho é a promessa da salvação. Deus nos salvou de todos os nossos pecados e nos fez Seus filhos para que ficássemos orgulhosos com Sua salvação.
Eu disse no início desse sermão que existem dois tipos de pessoas: aquelas que têm uma mente carnal e as que têm uma mente espiritual. As primeiras são aquelas que pertencem a este mundo e nasceram de pais carnais. Elas não conhecem a Deus e morrerão sem conhecer a justiça de Jesus Cristo.
Mas o apóstolo Paulo escreveu aos santos que pertencem ao Céu. O Céu é para aqueles que se tornaram filhos de Deus e são gratos pelo Seu amor.
Então, como podemos nos tornar santos diante de Deus? Como podemos receber Dele a remissão dos nossos pecados? Tudo isso só pode ser feito pelo amor de Deus e pela fé no evangelho da água e do Espírito. Não fomos nós que amamos a Deus, mas foi Ele que nos amou com a verdade do evangelho da água e do Espírito e fez de nós Seu povo.
Deus teve que tirar nossos pecados pessoalmente com o evangelho da água e do Espírito para fazer de nós Seu povo. Essa era a única maneira de habitarmos com Ele. Deus Pai fez algo para nos tornar Seu povo. Ele planejou a salvação pelo evangelho da água e do Espírito antes da fundação do mundo; e Ele cumpriu Seu fabuloso plano de uma vez por todas. Em Seu único Filho Jesus Cristo, Deus nos tornou Seu povo, nós que cremos no evangelho da água e do Espírito.
O Deus triuno nos fez Seu povo por causa do Seu amor. Mas como exatamente Deus nos tornou Seu povo? Ele agiu assim: Jesus Cristo veio a essa terra e eliminou todos os nossos pecados com a água e o sangue. Jesus Cristo, o Filho unigênito de Deus Pai, cuidou de todos os pecados do homem – desde os pecados herdados, ou seja, os pecados que nós herdamos dos nossos ancestrais, que foram enganados por Satanás, até os pecados diários e pessoais que cometemos em nossa mente e em nosso corpo por causa da nossa fraqueza. Jesus Cristo tirou todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista, os purificou e fez de nós, que somos crentes no evangelho da água e do Espírito, Seus filhos. O próprio Jesus veio a essa terra, tirou todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista, e foi condenado por eles na cruz em nosso lugar. Foi assim que o Senhor nos salvou.
Nós nos tornamos herdeiros de todas as bênçãos celestiais graças ao amor de Deus que nos salvou com o evangelho da água e do Espírito. A bênção de se tornar filho de Deus e cidadão do Reino dos Céus está disponível agora a todos que crêem no evangelho da água e do Espírito. Todas as bênçãos espirituais que o apóstolo Paulo fala no livro de Efésios foram dadas àqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito.
Agora, aqueles que receberam a remissão de pecados por crerem no evangelho da água e do Espírito não têm pecados diante de Deus. Por isso, aqueles que receberam a remissão de pecados por crerem neste genuíno evangelho de Jesus Cristo são os mesmos que receberam as bênçãos celestiais. Por essa razão, nós que recebemos a remissão de pecados pela fé no evangelho da água e do Espírito somos filhos de Deus e de fato os justos que receberam em seu coração Jesus Cristo como seu Salvador. Embora nós nascidos de novo vivamos no mesmo mundo que aqueles que não nasceram de novo, nós não somos deste mundo carnal, e sim de Deus. Nós não somos cidadãos dessa terra, mas nos tornamos cidadãos do Reino dos Céus.
Segundo a vontade agradável de Deus nosso Pai, nós nos tornamos Seus filhos por crermos no evangelho da água e do Espírito em Jesus Cristo. E desde que nos tornamos filhos de Deus, nós vivemos ocupados como as abelhas. Nós estamos pregando este lindo evangelho no mundo inteiro porque não podemos guardá-los para nós mesmos. Como o apóstolo Paulo escreveu aos santos de Eféso, nossos obreiros não deixam de distribuir os livros do evangelho da água e do Espírito em todo o mundo. Nós nos dedicamos à pregação deste lindo evangelho através do nosso ministério de literatura. Nossos livros também estão sendo traduzidos em várias línguas e estamos trabalhando cada vez mais para distribuí-los. Nós que nascemos de novo estamos trabalhando juntos para a glória do Senhor que nos deu a salvação gratuitamente.
Quantas bênçãos de paz Deus trouxe ao nosso coração? Ele de fato nos deu muitas bênçãos de paz. Nós somos gratos por todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais e pelas bênçãos terrenas também. Quando meditamos nas bênçãos de Deus, temos paz no nosso coração. Ao contemplar o verdadeiro evangelho da salvação, pelo qual Deus me salvou, eu tenho paz no meu coração. Ao contar as muitas bênçãos que eu já recebi por ter tido fé no evangelho da água e do Espírito, eu me sinto muito grato. Deus nos abençoa não somente financeira, mas espiritualmente também.
Foi uma grande bênção termos sido escolhidos para pregar às pessoas essas grandiosas bênçãos celestiais, embora sejamos imperfeitos. Hoje, muitas pessoas cometem suicídio depois de sofrerem por causa dos seus pecados. Quando nós pregamos o evangelho da água e do Espírito para aqueles que sofrem de depressão, eles são libertos de toda raiz de amargura. E essa é uma graça tão fabulosa que só este evangelho pode dar. Nós ficamos maravilhados com o poder de Deus quando vemos seu rosto brilhando depois que seus pecados são remidos pela fé no evangelho da água e do Espírito. Eu me sinto tocado e muito grato por ser usado para fazer essa obra maravilhosa de Deus. Eu fico muito feliz de ver os pecadores sendo libertos dos seus pecados e tendo uma vida radiante e linda pela fé; eu sou muito grato a Deus por isso. Eu creio firmemente que somos muito abençoados com as bênçãos celestiais.
Amados irmãos, não devemos nos esquecer que, apesar de vivermos neste mundo, nós não pertencemos a ele. O mundo está preso às coisas carnais. Só para cuidar do nosso corpo, nós precisamos de muitas coisas: nós temos que ter um lugar para morar, uma geladeira, ar-condicionado, eletricidade e comida. Cuidar de uma só pessoa já é muita coisa. Outra razão de nós vivermos num mundo tão complicado é que ele está repleto de coisas que instigam os nossos desejos carnais. Além disso, há muitos ímpios neste mundo que não estão interessados no evangelho da água e do Espírito.
Nós podemos pedir bênçãos maiores a Deus além das bênçãos espirituais? Sempre que minha mente fica cheia de pensamentos confusos diante de Deus, eu me lembro que eu recebi estas bênçãos espirituais do Senhor. Assim, eu tenho paz em minha mente.
Quando eu medito na passagem bíblica deste capítulo, minha mente fica tranqüila e eu não tenho mais nada a dizer a não ser: “Eu sou realmente abençoado por ter recebido tantas bênçãos de Deus.” Quando eu penso assim eu fico em paz para meditar no evangelho da água e do Espírito e agradecer a Deus. Então, eu rejeito todos os meus pensamentos confusos de uma vez por todas e penso o seguinte: “Eu vou juntar tudo que não presta na minha mente e jogar no lixo; eu vou me lembrar de tudo que o Senhor me deu e viver pela fé. Junto com meus irmãos, eu vou me desfazer das coisas complicadas ao invés de ficar juntando-as; eu só vou me lembrar das bênçãos de Deus e dar glórias a Ele enquanto viver. Viva com alegria pela graça de Deus e tenha paz no coração. Eu vou sempre me alegrar, ser grato a Deus e orar sem cessar porque Deus me deu Sua paz.”
Deixe o passado para trás e resolva seus problemas com fé no evangelho da água e do Espírito. Devemos aprender com os nossos erros do passado e a partir de agora nos preocuparmos como vamos viver pela fé no evangelho da água e do Espírito. Vamos pensar apenas nas bênçãos que recebemos de Deus, no que ainda receberemos Dele e o que vamos fazer com isso. Nós só temos que orar por essas bênçãos e viver pela fé em relação a tudo que precisamos material e espiritualmente. Devemos ter uma vida simples, mas sincera.
Há muitos doentes mentais hoje em dia. Mas por que isso acontece? Porque o mundo é muito complicado. Eu sou uma das pessoas mais complicadas que existe. Por outro lado, eu sou muito simples. Eu tenho muitos pensamentos pessoais, mas eu me torno mais simples quando eu penso na graça de Deus que eu recebi. Há um limite para tudo que podemos pensar. Por isso, temos que confiar em Deus. Além disso, essas bênçãos espirituais de Deus são maiores do que tudo, por isso, devemos confiar apenas Nele.
Já que nos tornamos filhos de Deus, podemos orar a Ele, e quando oramos, Ele responde nossas orações. A maior de todas as repostas de Deus é a Sua paz, não a prosperidade deste mundo. A graça mais fabulosa de Deus e Seu maior dom foi nosso coração ter ficado livre do pecado. A estrofe de um hino diz assim: “Paz, paz, maravilhosa paz, o Pai nos envia do Céu.” A remissão de pecados é o maior dom da paz, a qual ninguém pode substituir. Este é um dom incomparável.
Eu louvo ao Senhor por essas bênçãos espirituais, por Sua paz e por Sua graça. Vamos viver para o resto de nossa vida orando a Deus, louvando-O e recebendo essas bênçãos Dele. Eu espero que vocês meditem de coração na graça de Deus e na paz que Ele nos deu quando remiu todos os nossos pecados. Amados irmãos, vivam em paz pela fé. Eu sempre louvarei a Deus através do Seu Filho Jesus Cristo pela boa obra da salvação que Ele realizou.