Sermões

Assunto 19: A Epístola do Apóstolo Paulo aos EFÉSIOS

[Capítulo 5-2] (Efésios 5:1-14) Não Cometam os Pecados do Mundo

(Efésios 5:1-14)
“Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados, e andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave. Mas a prostituição, e toda a sorte de impureza ou cobiça, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; nem torpeza, nem conversa tola, nem chocarrices, que não convêm, mas antes ações de graças. Pois bem sabeis isto: Nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs, pois por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto não sejais participantes com eles. Pois outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor. Andai como filhos da luz (pois o fruto da luz consiste em toda a bondade, e justiça e verdade), descobrindo o que é agradável ao Senhor. E não vos associeis com as obras infrutuosas das trevas, antes, porém, condenai-as. Pois o que eles fazem em oculto, até dizê-lo é vergonhoso. Mas todas as coisas manifestas pela luz tornam-se visíveis, pois é a luz que a tudo manifesta. Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te iluminará.”
 
 
A passagem acima mostra o apóstolo Paulo ministrando aos santos da igreja de Éfeso. Ele está falando como eles devem manter o conhecimento e a fé no evangelho da água e do Espírito, com o que eles devem ter cuidado, e por que e como eles devem viver. Para alimentar seu rebanho ali, Paulo disse aos santos de Éfeso: “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados” (Efésios 5:1).
 
 
Sejam Imitadores de Deus como Filhos Amados
 
Efésios 5:1 é um versículo pequeno, porém crucial. “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados.” Isso porque este versículo nos mostra claramente como devemos viver. E já que Deus nos diz aqui para sermos Seus imitadores, a primeira coisa que temos que examinar é o que Deus realmente é e quais são seus atributos.
O Senhor é o Filho de Deus celestial. E mesmo sendo o próprio Deus, Jesus nos amou tanto que veio a essa terra e entregou Sua vida por nós. E ao se sacrificar, Ele remiu todos os nossos pecados. Por essa razão, o Senhor é o nosso Salvador que nos tornou justos.
Além disso, o Senhor nos salvou não apenas dos pecados do mundo, mas também da condenação por causa dos nossos pecados e da destruição. Ele veio a essa terra para nos libertar de todos os nossos pecados e, ao oferecer a si mesmo a Deus, apagou todos eles; foi assim que o Senhor nos livrou de toda condenação, maldição e destruição que iríamos enfrentar por causa dos nossos pecados. E como nós recebemos a remissão de pecados e fomos libertos da destruição, da maldição e da condenação assim graças ao Senhor, nós nos tornamos filhos de Deus agora e recebemos todas as bênçãos espirituais para que desfrutemos delas como filhos de Deus. Resumindo, nosso Senhor nos adotou como filhos de Deus para que recebêssemos as bênçãos espirituais nas regiões celestiais e desfrutássemos delas.
Lembre-se do que o apóstolo Paulo disse aos santos de Éfeso. Ele disse que eles deveriam ser imitadores de Deus. Mas o que significa ser imitador de Deus em nossa vida e fazer o mesmo que Ele fez por nós nessa terra? Significa uma coisa só: Paulo está nos exortando para que preguemos o evangelho da água e do Espírito em nossa vida.
Houve um servo de Deus antes de nós que viveu somente para pregar o evangelho imitando Jesus Cristo, e este servo de Deus não é outro senão o apóstolo Paulo, que escreveu o texto bíblico deste capítulo. Isso significa então que se imitarmos o apóstolo Paulo, nós estaremos imitando o próprio Jesus Cristo. Paulo dedicou sua vida toda para pregar o legítimo evangelho da água e do Espírito às nações conhecidas do mundo até então. E imitando Paulo, todos nós temos que nos dedicar e empenhar nosso coração para pregar o evangelho da água e do Espírito dia e noite.
O que nosso Senhor quis fazer por nós quando veio a essa terra? Ele quis apagar todos os seus e os meus pecados. O que Ele fez para conseguir isso então? Ele se sacrificou por nós. Deus se sacrificou para nos dar as bênçãos celestiais. Portanto, todos nós que recebemos a remissão de pecados também temos que nos sacrificar para pregarmos o evangelho da água e do Espírito àqueles que ainda não foram remidos dos seus pecados.
Quando ministrou nessa terra, o apóstolo Paulo exortou seu rebanho a imitar Jesus Cristo para que sua fé crescesse. Em outras palavras, Paulo está nos ensinando aqui que já que Jesus Cristo nos salvou de todos os pecados do mundo e nos deu as bênçãos celestiais ao se sacrificar por nós, nós também temos que nos sacrificar para imitarmos o Senhor e salvarmos outras almas.
Agora que você e eu recebemos a remissão de pecados, seria um erro não vivermos para pregar o evangelho da água e do Espírito. Se você e eu realmente recebemos a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, nada mais justo do que vivermos para o evangelho então. E como nós que somos crentes no evangelho da água e do Espírito recebemos a graça e o amor de Deus gratuitamente, devemos então oferecer gratuitamente também este genuíno evangelho da salvação a todos que ainda não o conhecem. Se realmente fomos salvos de todos os nossos pecados, é algo natural dedicarmos nossa vida a ele.
 
 
Nós Não Devemos Seguir os Passos das Pessoas deste Mundo Corrompido
 
O apóstolo também disse as seguintes palavras aos santos de Éfeso e a nós: “Mas a prostituição, e toda a sorte de impureza ou cobiça, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; nem torpeza, nem conversa tola, nem chocarrices, que não convêm, mas antes ações de graças” (Efésios 5:3-4). Nessa passagem, o apóstolo Paulo nos exorta a evitar a impureza e não cobiçar nada. Este é o comportamento daqueles que ainda não foram remidos dos seus pecados, mas nada mais natural do que nós os remidos não fazermos isso. No entanto, ainda havia alguns santos que cometiam estes pecados em meio àqueles que haviam se tornado filhos de Deus nos dias de Paulo. É por isso que ele está nos dizendo na passagem bíblica deste capítulo que, já que cremos no evangelho da água e do Espírito, nenhum de nós deve cometer os pecados que aqueles que ainda não nasceram de novo cometem.
Obviamente, não há nenhuma garantia de que nós santos jamais viveremos como as pessoas do mundo, porque apesar de crermos no evangelho da água e do Espírito, nossa natureza carnal ainda está intacta. Por isso, pode acontecer de vivermos como as pessoas do mundo. Entretanto, sempre que nós formos tentados a viver assim, temos que nos lembrar do que Deus diz na passagem bíblica deste capítulo: “Mas a prostituição, e toda a sorte de impureza ou cobiça, nem ainda se nomeie entre vós” (Efésios 5:3).
Essa passagem nos mostra claramente como é importante não cometermos esses pecados, pois eles são tão vis que Deus disse que não devem nem se nomear entre nós. Deus está nos exortando para que nunca baixemos a guarda, sejamos sempre vigilantes, nos afastemos destes pecados e eles jamais sejam mencionados entre nós. Melhor dizendo, Ele está no advertindo que se formos descuidados e não nos preocuparmos com estes pecados, nós acabaremos cometendo-os.
Algo muito importante é que entendamos essa passagem e a consideremos em termos espirituais. Apesar de todos nós crermos no evangelho da água e do Espírito agora, às vezes nós vemos coisas impuras como fotos e filmes pornográficos. No entanto, se tivermos estes desejos e cedemos a essas tentações, nós estaremos cometendo idolatria.
Quando lemos o Antigo Testamento, encontramos um rei chamado Jeroboão que fez de Israel uma nação idólatra. Este homem só buscou três coisas em sua vida: fama, poder e prazer sexual. E qual foi o resultado da sua conduta? Antes de tudo, ele substituiu Deus pelos bezerros de ouro que ele mesmo criou. E ele foi muito além de substituir Deus por estes bezerros de ouro, mas também se dobrou diante deles e até ensinou o povo que foram eles que o haviam livrado da escravidão no Egito. Jeroboão deixou a lei de Deus. E ao fazer isso, ele buscou fama e poder para si como se fosse o próprio Deus. Ele também se relacionou com todas as mulheres gentias que lhe agradava.
O que os atos de Jeroboão ensinam a nós que cremos no evangelho da água e do Espírito hoje em dia? Nos ensina que todo aquele que pratica a fornicação não tem nada a ver com o Reino de Deus, e que as pessoas que fazem isso são iguais a Jeroboão, que substituiu Deus pelos bezerros de ouro nos dias do Antigo Testamento.
Embora eu sabia muito bem que o mundo atualmente está cheio de pecados, eu não consigo me acostumar com os tipos de pecado que têm sido cometidos hoje em dia. Algum tempo atrás, eu pedi a um evangelista nosso do leste europeu para me explicar a situação do seu país para que pudesse entender um pouco mais os pecados de hoje. Ao me responder, ele escreveu em detalhes as coisas malignas que são feitas em seu país, e eu quero compartilhar sua carta com vocês agora. Foi isso o que nosso evangelista escreveu:
“Querido pastor, eu espero que isso seja de grande ajuda para o senhor. Muitas coisas que eu vou escrever aqui não são toleradas em alguns países da Europa, mas contanto que não sejam feitas às claras, tudo é válido. Especialmente aqui na Holanda, não há praticamente nenhum lei contra o pecado.
O homossexualismo é até encorajado e os gays e lésbicas podem se casar oficialmente. E até as igrejas arrumaram uma forma de abençoar seu casamento. Eles dizem que já que são casados legalmente, segundo a lei dos homens, os sacerdotes podem abençoar seu casamento, porque é isso que diz a Bíblia.
O governo holandês é dirigido por um partido cristão que têm homossexuais em sua liderança; e este governo também determina o que deve ser feito nas igrejas, determinando o que é permitido e o que não é, o que pode ser dito e o que não pode ser dito. Até os casais de gays e lésbicas podem adotar filhos aqui.
A prostituição é legal e as prostitutas têm até contadores que as ajudam a pagar seus impostos. E o dinheiro que nosso governo recebe de seus impostos vai para a secretária de fazenda e é usado para a educação, saúde e etc. Ele também é usado para pagar os funcionários públicos.
Sexo com animais também não é algo ilegal; só é ilegal se alguém provar que o animal sofreu maus tratos. Há alguns lugares onde as pessoas fazem isso em Amsterdam, Den Haag e Rotterdam. Mas é ilegal colocar fotos disso na internet.
O uso de drogas é legal. E os bares onde as drogas são legalmente vendidas também pagam imposto de renda. Eu acho que não existe nenhuma cidade ou vilarejo na Holanda onde não haja um bar. As crianças aqui ficam viciadas aos 12 anos. E a lei em relação ao alcoolismo é a mesma; há muitas crianças alcoólatras aqui.
O aberto também é legal. A Holanda possui um navio e se orgulha muito dele. Ele viaja o mundo inteiro oferecendo aborto de graça a países onde isso é proibido, ancorado a 12 milhas da costa, em águas internacionais, onde fazem estes abortos. Isso também é financiado com os impostos recebidos pelo governo da Holanda e aprovado por ele.
A pornografia é legal, e isso dá muito lucro ao governo.
A eutanásia é legal. Onde minha filha Cláudia trabalha, ela tem que dar injeções para matar por misericórdia. Só que ela se recusa a fazer isso por causa da sua fé. Porém, ela está pagando um alto preço por isso, porque eles a impedem de crescer em sua carreira.
Os casamentos normais são feitos em lugares públicos como os cartórios, e a primeira coisa que é informada aos casais são os procedimentos para o divórcio; e existe até uma companhia de seguro onde você pode se segurar contra o divórcio. Aqui você pode fazer um contrato que permite legalmente aos casais viver juntos mas sem se casarem, a fim de que quando eles se separarem não se preciso se divorciar.
Mas talvez o maior pecado de todos é o fato de a igreja fazer vista grossa a tudo isso. As igrejas aqui têm medo de falar contra essas aberrações, e por todas essas coisas serem legais e aprovadas pelo governo, tudo que é dito contra isso é considerado discriminação. E discriminação é algo ilegal aqui.
Quando tentamos mostrar na Palavra de Deus que estes pecados são uma abominação para o Senhor, somos acusados de discriminação. Nesse caso então, o governo tem o direito legal de fechar a igreja que fez a ofensa.
Já que tudo isso que eu disse acima é permitido, as igrejas são forçadas a se dobrar diante da lei dos homens e aceitá-la, além de permitir que estes pecados entrem nela.
Eu espero que isso seja de grande ajuda para o Senhor e que o Senhor expulse essas pessoas devassas de Sua Igreja, pois isso é uma abominação para Ele.
Se o senhor precisar de mais alguma informação, é só me dizer.
Em Cristo,
Seu colaborador na Holanda”.
O que vocês acham dessa carta? Como vocês se sentiriam se fosse permitido em nosso país as pessoas portarem armas de fogo? Como vocês se sentiriam se a maconha e outras drogas fossem legalizadas em nosso país? Como vocês se sentiriam se nosso país reconhecesse casamentos do mesmo sexo e tornasse legal essas bestialidades? Eu tenho certeza que muitos de vocês ficariam escandalizados.
É claro que para nós não é algo totalmente inconcebível achar que não haveria problema em se legalizar alguns pecados que hoje são discriminados. Afinal de contas, todos nós temos liberdade de pensamento. Mas a maioria de nós acha que se estes pecados forem legalizados, a maldade que foi contida até hoje crescerá tanto que tomará conta do mundo, trazendo mais confusão ainda, fazendo com que as pessoas se tornem mais insensíveis ao pecado e, conseqüentemente, coloquem mais barreiras para que a Palavra de Deus entre em seu coração.
Alguns dias atrás, eu li no jornal sobre mulheres de meia idade, de 40 e até mesmo 50 anos, que se prostituem em parques freqüentados por idosos na Coréia. Essas mulheres, chamadas de “titias do refrigerante” pela mídia, por abordarem seus clientes em potencial oferecendo refrigerante para eles, procuram os idosos solitários que vão passar algum tempo no parque. Num parque em particular em Seul, estima-se que há mais de 100 “titias do refrigerante”. Embora a prostituição seja ilegal na Coréia, ela é legal na Holanda. Na verdade, estes pecados estão crescendo no mundo inteiro, sejam eles legais ou não.
 
 
Se Você Procurar Satisfazer Seus Desejos Carnais, Você Não Será um Imitador de Deus
 
Jesus Cristo nos salvou de todos os nossos pecados ao se sacrificar. E depois de completar toda a obra da salvação, Ele foi para Reino de Deus prometendo que voltaria algum dia. E nós agora somos seus embaixadores porque obedecemos à Sua Grande Comissão nessa terra. E já que agora estamos fazendo a obra do Senhor, nós devemos ser imitadores de Deus.
Se você e eu dermos lugar aos nossos desejos carnais e seguirmos por este caminho apenas, acabaremos substituindo Deus pelos bezerros de ouro e voltaremos a ser idólatras. E se isso acontecer, até os nascidos de novo acabarão perecendo. Já que nos tornamos luz do mundo por crermos no evangelho da água e do Espírito, não seria uma tragédia se voltássemos para trás e fôssemos envolvidos pelas trevas novamente? É muito importante nos lembrarmos sempre o que o apóstolo Paulo nos disse, que nós devemos descobrir o que é agradável ao Senhor (Efésios 5:10). Nós temos que guardar no coração o que Paulo nos exorta no seguinte versículo: “E não vos associeis com as obras infrutuosas das trevas, antes, porém, condenai-as” (Efésios 5:11).
Existe alguém que pode ter uma vida perfeita neste mundo sem falha alguma? Existe alguém aqui que nunca cometeu um pecado porque em Sua Lei Deus lhe disse para não pecar? Não, não existe ninguém assim. Mas isso não significa que podemos sair por aí cometendo todo tipo de pecado. O que aconteceria se parássemos de servir a Deus e, ao contrário, seguíssemos os nossos desejos impuros e gananciosos? Nós não teríamos mais a graça de Deus. Quando o apóstolo Paulo escreveu o texto bíblico deste capítulo, o mundo já estava cheio de todo tipo de pecado, mas hoje em dia a maldade é ainda maior. Portanto, através do apóstolo Paulo, Deus está falando não somente aos santos de Éfeso, mas também a você e a mim que hoje fazemos parte da Sua igreja.
O que aconteceria se nós que nos tornamos filhos de Deus pecássemos como todos neste mundo? O que aconteceria se nós cometêssemos os mesmo pecados que todos neste mundo cometem e continuássemos pecando junto com eles? Nós nos tornaríamos idólatras, amaríamos as paixões carnais mais do que a Deus, acabaríamos nos afastando Dele e sendo destruídos. É por isso que é muito importante nos lembrarmos do que Deus nos diz no texto bíblico deste capítulo: todos nós temos que ser imitadores de Jesus e jamais caminhar com aqueles que ainda não foram remidos. Nós temos que entender aqui por que o Senhor nos exorta para que nunca pequemos como o mundo.
Nenhum de nós deve cometer os pecados impuros que as pessoas deste mundo cometem. Ninguém entre nós, homens e mulheres, jovens ou adultos, deve cometer estes pecados. Todos nós fazemos parte da Igreja de Deus, mas ainda temos que lidar com os ímpios diariamente, e é por isso que podemos ser tentados com as atitudes dos nossos amigos e parentes neste mundo. Contudo, não podemos cair nessas tentações e pecar como eles. Se você cometer estes pecados e se desviar, você vai acabar pecando muito mais. Tanto sua mente quanto seu coração ficarão tão insensíveis que você nem vai perceber que a impureza é algo imundo de fato. Você jamais deve se tornar uma pessoa insensível a ponto de concordar com a impureza e todo tipo de imundícia que agrada nossa carne. Você jamais deve cometer estes pecados como as pessoas deste mundo.
Eu sei que pergunto isso sempre, mas o que aconteceria se os cristãos cometessem os pecados que as pessoas deste mundo cometem, se desviassem e seguissem pelo mesmo caminho que elas? Seu coração ficaria tão endurecido e insensível que até se eles fossem repreendidos, ao invés de voltarem atrás, eles iriam querer saber que pecado cometeram e também o que fizeram de errado. Um enganador não sabe o que fez de errado mesmo depois de enganar alguém. Isso pode até parecer estranho para nós, mas essas pessoas não sabem o que fizeram de errado porque seu coração foi endurecido pelos seus pecados. Alguém só pode discernir o certo do errado se seu coração estiver limpo e puro. Mas o coração de todos os pecadores está endurecido, e é por isso que eles são tão insensíveis.
A verdade é que até mesmo nós que recebemos a remissão de pecados podemos pecar como as pessoas do mundo. Porém, somos muito diferentes deles, pois mesmo quando cometemos algum pecado, nós reconhecemos nossos erros, voltamos atrás e cremos na Palavra de Deus novamente. As pessoas do mundo quando pecam, ao contrário, fazem isso continuamente e sem vergonha alguma porque não têm consciência disso. E quando seu coração está endurecido, sua mente fica do mesmo jeito. Pior ainda, algumas pessoas até se orgulham dos seus pecados. Sendo assim, nenhum de nós jamais deve cometer os pecados que as pessoas deste mundo cometem.
Além disso, o apóstolo Paulo também disse que “todas as coisas manifestas pela luz tornam-se visíveis, pois é a luz que a tudo manifesta” (Efésios 5:13). Este versículo quer dizer que quando nós não percebemos que estamos andando nas trevas, a Igreja expõe isso para nós, e, como resultado, nós admitimos que estamos desviados. E por admitirmos isso, podemos voltar para a luz e para Cristo confiando no evangelho da Verdade, dizendo: “Senhor, obrigado por ter apagado todos os meus pecados!” Nós podemos voltar para a presença do Senhor pela fé justamente porque nossas falhas são expostas e as admitimos.
O Senhor mandou que tanto os santos de Éfeso quanto os crentes de hoje não cometessem os pecados das pessoas deste mundo. Nós temos que obedecer ao Senhor então e evitar os pecados do mundo. É claro, já que todos somos humanos, nós temos muitas falhas e ainda podemos pecar, mas quando isso acontece, temos que reconhecer nossas transgressões quando elas forem expostas pela luz.
 
 
Não siga o Curso deste Mundo
 
Eu preguei em Efésios 4 hoje à tarde, e neste capítulo o Senhor nos ensina que “quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano” (Efésios 4:22). Jamais devemos seguir o curso deste mundo, mesmo que tenhamos feito isso antes (Efésios 2:2). Se seguirmos o curso deste mundo e suas tendências, acabaremos adorando ídolos como as pessoas fazem. Nós jamais devemos seguir o curso deste mundo; se fizermos isso, nós acabaremos sendo rejeitados por Deus e destruídos. As pessoas do mundo seguem sua ganância como se o único propósito de sua vida fosse pecar, mas jamais devemos concordar com isso. É algo inconcebível e vergonhoso um justo seguir o curso do mundo ao invés de continuar firme no caminho correto. Ao invés de seguir o curso deste mundo, temos que mudar sua direção com a verdade da Palavra de Deus. Nós temos que resistir ao curso deste mundo e levá-lo ao caminho correto.
É muito perigoso seguirmos as tendências deste mundo e o desejo carnal que todos nele possuem. Se nós fizermos isso, nosso coração ficará endurecido como as pessoas do mundo. Mas se você por acaso acabar seguindo um pouco as tendências deste mundo, ainda assim você pode entender seu erro, voltar atrás, mudar seu coração e seguir ao Senhor novamente. Porém, se você andar de mãos dadas com as pessoas deste mundo, será muito difícil você voltar atrás, pois elas jamais permitirão que isso aconteça. Se nós gostarmos do que as pessoas deste mundo gostam e não gostarmos do que elas não gostam, que diferença haverá entre nós que recebemos a remissão de pecados de Deus e os filhos de Satanás? Andar com as pessoas deste mundo é o mesmo que ser como elas. Olhe para as pessoas do mundo. É algo natural para elas não gostar da justiça de Deus, rejeitar o caminho da salvação e desprezar todos aqueles que pregam o evangelho. Como podemos pecar como elas então e seguir seu estilo de vida? Jamais devemos conviver com essas pessoas.
Há muitas coisas para aprendermos na passagem bíblica deste capítulo. Como Paulo nos exorta, temos que pensar no que devemos fazer para agradar a Deus, andar prudentemente como sábios, não como néscios, e remir o tempo. E agora que tivemos um encontro com o Senhor, nós temos que continuar caminhando com Ele até nosso último suspiro. E enquanto nós vivermos nessa terra, temos que remir o tempo para pregarmos o evangelho com toda determinação, a fim de alcançarmos seus quatro cantos. No tempo certo, este mundo será inabitável, mas antes que isso aconteça, temos que pensar em como vamos ter uma vida sábia, remindo o tempo que temos agora.
O Senhor disse em Efésios 5:15-21: “Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus. Pelo que não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, em que há devassidão, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo”.
O que significa realmente viver como sábio? Nos dias do apóstolo Paulo, Éfeso era uma cidade infame e decadente. Essa cidade ficava ao sul da costa da Turquia, era uma cidade muito próspera nos dias de Paulo, famosa pelo templo de Artemis e vários outros templos de deuses gregos (Atos 19:35). Havia muitas sacerdotisas nesses templos que faziam os rituais para o povo de Éfeso adorar seus deuses. Mas essas sacerdotisas na verdade eram prostitutas, pois os homens que iam ao templo oferecer sacrifícios aos deuses pagãos tinham relações sexuais com elas num ritual religioso. A idolatria está quase sempre relacionada à imoralidade sexual. Isso nos mostra como Éfeso era impura e pecadora.
Todavia, mesmo numa época em que praticamente todos em Éfeso estavam envolvidos com a prostituição espiritual, ainda havia algumas pessoas que criam em Jesus. O Senhor ensina a estes filhos de Deus então, através do apóstolo Paulo, como eles devem viver em meio aos pecadores. Deus diz aos santos de Éfeso para não se associar aos pecadores. Ao invés de fazerem o que fazem estes pecadores, Deus diz a eles que eles devem ter uma mente espiritual, remir o tempo e dedicar toda sua energia fazendo que agrada a Ele.
 
 
Nós Não Devemos Levar uma Vida Santa como o Senhor Nos Disse?
 
Para que você e eu cresçamos na fé e levemos uma vida santa até o dia da volta do Senhor, devemos fazer tudo segundo a Sua Palavra. Temos que confiar na Sua Palavra e nos lembrar dela no fundo do nosso coração. Nenhum de nós jamais deve se envolver com os pecados que as pessoas do mundo cometem. A verdade é que o mundo não nos deixa em paz, embora não queiramos tomar parte em seus assuntos. Mas já que estamos vivendo neste mundo, é inevitável não lidarmos com as pessoas daqui de uma forma ou de outra. E toda vez que fazemos isso, é natural sermos influenciados pela sua ganância pecaminosa. Por isso, o mais importante é guardarmos a Palavra de Deus no coração e nos afastarmos de tudo que é pecaminoso. E embora seja difícil resistir às tentações mundanas, todos nós podemos vencê-las pela fé porque tudo é passageiro e nada se compara à esperança que temos do Reino dos Céus.
Os adolescentes devem tomar mais cuidado ainda. Eles estão numa fase em que seu corpo está chegando à maturidade, mas sua mente ainda é imatura e curiosa. E se eles deixarem sua curiosidade dominá-los e acabarem pecando, isso destruirá seu mente e seu coração. As moças e os rapazes têm muito que aprender antes de se casarem e constituírem uma família. E o melhor é que eles esperem o tempo certo para isso. Mas se eles derem lugar aos desejos carnais e pecarem quando jovens, isso vai destruir seu caráter. Se eles deixarem que sua adolescência seja marcada por muitos pecados, eles acabarão descobrindo ao longo da vida que é impossível se controlar e se tornarão maus-caracteres incorrigíveis e sem esperança. Quando alguém peca muito em sua infância, isso destrói seu caráter e sua mente, e, como resultado, ele não sabe como praticar o bem e não tem interesse algum em praticá-lo. Portanto, é muito perigoso os adolescentes cederem às tentações sexuais e cometerem muitos pecados.
Mas este aviso não é só para os adolescentes. Isso vale para todos nós também, pois nenhum de nós jamais deve pecar como fazem as pessoas deste mundo. Eu nem tenho como dizer o quanto é importante evitarmos todos estes pecados. Embora este mundo esteja tomado pelo pecado, nós que somos justos temos que guardar nossa mente, afiar a lâmina da nossa espada da fé e dedicar todo tempo que temos em nossa vida à obra da justiça.
Para vermos como este mundo é imoral, basta somente assistirmos os programas de televisão. A mídia de massa é tão influente que pode mudar a mente das pessoas e o destino do mundo. É por isso que os programas sensacionalistas apelam para o instinto mais básico e cruel fazendo com que todos os jovens queiram se tornar celebridades. No que diz respeito a promover o pecado neste mundo, a televisão é o meio principal.
Se você é jovem, você está na fase mais emocional da sua vida, o que faz de você um poeta todos os dias. Essa é a fase da vida em que tudo parece poético para você, onde você deseja expressar seus sentimentos e se deixa levar pelos mais simples desejos que há em seu coração. Mas apesar de querer agir por impulso, se você já nasceu de novo da água e do Espírito, você não deve deixar que suas ações sejam guiadas pela emoção e te levem a pecar.
O Senhor nos diz claramente que nenhum de nós, jovens ou adultos, deve cometer os mesmos pecados das pessoas deste mundo. As conseqüências são muito óbvias quando cedemos às tentações: nós somos destruídos. As pessoas deste mundo que não nasceram de novo já estão destinadas à destruição, então, não há razão alguma para as criticarmos por cometerem todo tipo de pecado a fim terem prosperidade material. A medida do sucesso para elas é cometer todo tipo de pecado para conseguir a prosperidade material. Mas nosso caminho é completamente diferente do delas. É por isso que se nos deixarmos levar pelo curso deste mundo, acabaremos destruídos. E já que os justos são afastados de Deus quando vão para o mundo, o que mais espera por eles senão a destruição quando isso acontece? Sendo assim, antes de irmos para o mundo, temos que nos lembrar da Palavra de Deus e voltar a seguir Jesus Cristo.
É algo muito importante que todos nós busquemos o que agrada ao Senhor. Nós temos que procurar fazer o que é justo aos olhos de Deus. Temos que continuar nossa caminhada da fé tendo como foco o que o Senhor considera importante. A obra mais perfeita e honrada que você e eu podemos fazer é servir ao evangelho. Não há nada mais verdadeiro do que isso. De fato, não há ninguém neste mundo que esteja fazendo algo tão verdadeiro e correto como a nossa obra.
Mas e você? Agora que você recebeu a remissão dos seus pecados, você está levando realmente uma vida correta? Existe alguém em nossa Igreja levando uma vida totalmente correta, desde as crianças da Escola Dominical aos adolescentes, jovens e adultos, homens e mulheres? Ser educado e gentil não quer dizer necessariamente que alguém está levando uma vida justa. Afinal de contas, quando estamos fazendo a obra da justiça de Deus, freqüentemente temos que ser muito duros e lutar contra os servos de Satanás.
Amados irmãos, embora o mundo esteja sendo levado por correntes incessantes de pecado, nós estamos nos levantando contra elas usando como arma a justiça. Como um salmão que por instinto volta para onde nasceu rio acima, nós que somos justos estamos voltando para Deus. Um salmão nada contra a corrente com toda sua força para voltar ao lugar que nasceu. E isso acontece porque seu instinto o leva a desovar no lugar em que nasceu e depois morrer ali. Para desovar de acordo com a lei natural dada por Deus, cada salmão dá tudo de si para nadar contra a corrente e jamais voltar atrás.
Do mesmo modo, você e eu jamais devemos ser levados pela corrente pecaminosa deste mundo, pois somos os cristãos nascidos de novo. Nós temos que continuar seguindo rumo à nossa morada celestial no Reino de Deus. Mas se por acaso nós percebermos que estamos seguindo as coisas deste mundo e sendo envolvidos pelo seu pecado por causa das nossas falhas e fraquezas, o que todos nós temos que fazer o mais rápido que pudermos é voltar atrás e dedicar nossa vida ao evangelho de novo. Então, vamos imitar Jesus e pregar o evangelho contra o pecado que hoje domina o mundo, como Deus nos mandou. Eu estou exortando vocês assim porque nós estamos vulneráveis e completamente expostos às tentações deste mundo.
Às vezes eu fico com vontade de fazer um filme sobre a jornada dos santos para mostrar o que é a vida realmente, como alguém pode ter um encontro com o Senhor, nascer de novo, ter uma vida justa, e como a Palavra da aliança que Deus nos prometeu foi verdadeiramente cumprida. E se nós fizermos um bom trabalho, eu tenho certeza que não haverá nenhum filme melhor do que o nosso. Por enquanto, nós estamos pregando o evangelho através do nosso ministério de literatura, porém se Deus nos der muito mais e nos permitir pregar o evangelho da água e do Espírito através de filmes, eu acho que não seria uma má idéia reunir pessoas com talento entre nós para produzirmos estes filmes.
De todo modo, eu quero exortar todos vocês a se lembrar o que o Senhor nos diz na passagem bíblica deste capítulo, a fim de que vocês jamais sigam este mundo junto com as outras pessoas. Imitem Jesus Cristo na Igreja de Deus e sejam fiéis à tarefa que foi confiada a vocês. E o que quer que vocês façam, tenham fé, pensem sempre que vocês podem fazer algo melhor, e façam mesmo o melhor para cumprir suas obrigações. Algo muito importante é sermos fiéis às tarefas que nos foram dadas, e isso não somente nos garante o sucesso da obra de Deus e nos leva a seguir Seus mandamentos, mas também controla nossos pensamentos carnais de um modo bem natural.
Por isso, eu peço a vocês que se dediquem totalmente à obra de Deus que foi confiada a vocês, para que vocês estejam ocupados o tempo todo e não tenham tempo algum para seguir as tendências pecaminosas deste mundo. Essa é a coisa mais sábia que os santos devem fazer. Portanto, vamos imitar a Deus, participar da Sua obra ao invés de participar da obra carnal, e ser os santos mais honrados do Reino de Deus que virá.