The New Life Mission

Sermões

Assunto 19: A Epístola do Apóstolo Paulo aos EFÉSIOS

[Capítulo 6-1] (Efésios 6:1-9) Sirvam Uns aos Outros Assim Como Vocês Servem a Cristo

(Efésios 6:1-9)
“Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe - que é o primeiro mandamento com promessa-, para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na disciplina e instrução do Senhor. Vós, servos, obedecei a vossos senhores segundo a carne, com temor e tremor, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo. Não obedeçais a vossos senhores apenas quando estão olhando, só para agradar a homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus. Servi de boa vontade como ao Senhor, e não como a homens. Sabendo que cada um receberá do Senhor todo o bem que fizer, seja escravo, seja livre. E vós, senhores, fazei o mesmo para com eles, deixando as ameaças, sabendo também que o Senhor deles e vosso está no céu, e que para com ele não há acepção de pessoas.”
 
 
Ontem, Myung-bak Lee foi eleito 17 presidente da Coréia do Sul. Mas independente do resultado da eleição, todos nós esperamos e oramos para que Deus fortaleça o novo presidente e lhe dê sabedoria a fim de que ele atue muito bem em todas as áreas para o bem da nação, desde as forças armadas à economia, da diplomacia às políticas culturais. Nós devemos orar pelos líderes do nosso país porque a prosperidade e estabilidade da nação influenciam diretamente nosso ministério da pregação do evangelho.
Nós vimos antes em Efésios 5 que o apóstolo Paulo exorta os que são casados a servir um ao outro, e aprendemos que o sentido espiritual dessa exortação é que a Igreja de Deus deve se submeter a Cristo.
A passagem bíblia deste capítulo, que está em Efésios 6:1-9, Paulo diz nos versos de 1 a 3: “Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe - que é o primeiro mandamento com promessa-, para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra.”
Essa passagem quer dizer que nem o pai nem a mãe não devem permitir que seus filhos se desviem. Espiritualmente falando, o apóstolo Paulo se refere àqueles que são nossos pais na fé, dizendo que nós devemos obedecê-los enquanto eles nos guiarem segundo a fé que há na justiça de Deus. Nós temos que obedecer nossos pais na fé segundo o mandamento que diz: “Sede obedientes a vossos pais no Senhor.” No entanto, se nós não obedecermos a nossos pais na fé, estaremos nos opondo à justiça de Deus e sendo desobedientes a ela.
Paulo diz no texto bíblico deste capítulo que nós devemos honrar nossos pais no Senhor. Espiritualmente falando, isso significa que temos que ser guiados pelos nossos pais na fé e aprender com eles. Se fizermos isso na Igreja de Deus, iremos prosperar nessa terra então.
 
 
O Certo é Seguirmos Nossos Pais na Fé que Creêm na Justiça do Senhor
 
Se seus pais crêem na justiça de Deus e O obedecem, o certo é que você os obedeça. Contanto que seus pais creiam na justiça de Deus, você deve seguir os seus conselhos. Então, se seus pais são justos, vocês tem que crer de todo coração que a vontade de Deus é que você obedeça a eles, siga seus conselhos e ande assim. Você tem que confiar que é assim que Cristo está te guiando. O Senhor disse que assim Ele cuidará de tudo e fará com que você prospere nessa terra.
Nenhum pai espiritual quer que seu filho se desvie. Longe disso, todos os pais espirituais orientam seus filhos para que eles sejam prósperos. Entretanto, os pais que não nasceram de novo não podem dar uma boa orientação espiritual aos filhos de Deus. Isso acontece porque embora eles queiram muito cuidar do bem estar dos seus filhos, no que se refere aos assuntos espirituais, na verdade, eles estão guiando-os por um caminho de destruição.
Foi por isso que o apóstolo Paulo nos disse que devemos obedecer a nossos pais no Senhor. Isso quer dizer que temos que obedecer a nossos pais e seguir sua orientação dependendo se eles têm fé na justiça de Deus ou não. Embora todos nós tenhamos que honrar nossos pais, não devemos obedecê-los incondicionalmente, pois se fizermos isso não dando nenhuma importância à justiça de Deus, nós iremos por um caminho de destruição e acabaremos nos tornando servos de Satanás. Por isso, o certo a fazer é servirmos ao Senhor junto com nossos pais na fé.
Recentemente na Coréia, um navio petroleiro colidiu com um rebocador na costa oeste e uma grande quantidade de óleo bruto foi derramada no mar. Diversos voluntários ainda estão trabalhando duro para tirar o óleo que se espalhou por toda a costa. O dano ambiental foi tão grande que duvida-se muito que a recuperação seja total, mesmo depois de muitos anos.
Embora um novo presidente tenha sido eleito hoje, o presidente atual ainda está no poder. E embora seu mandato já esteja quase no fim, ele tem que cuidar dessa crise e fazer com que seus ministros tomem as medidas necessárias para resolvê-la o mais rápido possível. E os membros do seu gabinete têm que agir rápido segundo as suas orientações.
O mesmo princípio se aplica à Igreja de Deus. Se todos os membros da Igreja obedecerem às instruções de seus líderes espirituais como se elas fossem uma ordem de Cristo, todos os problemas serão facilmente resolvidos então. Mas o que vai acontecer se a cadeia de comando for quebrada? A igreja terá dificuldades em todas as suas áreas.
 
 
Todos Nós que Fazemos Parte da Igreja de Deus Somos Soldados de Cristo
 
Quando olhamos para nossos pais na fé, temos que ver sua força espiritual, mesmo que não haja muito para ser admirado neles em termos carnais. É muito importante você ver o lado bom de seus pais na fé e suportar pacientemente suas fraquezas no amor de Cristo. Já que seus líderes na igreja fazem parte do povo de Deus e estão te orientando para que você sirva ao evangelho da água e do Espírito, você tem que obedecer a estas instruções como se elas fossem do Senhor. Você deve obedecer a seus pais na fé como se obedece a Cristo, para que você seja abençoado. Isso é o certo a fazer.
O problema, contudo, é que poucas pessoas pensam assim e vivem pela fé desse jeito. Há muitos santos que tratam seus pais na fé como seus verdadeiros líderes espirituais. Entretanto, a maioria das pessoas só os vê com seus olhos carnais, e não espirituais, além de não achá-los diferentes dos outros. Sempre que eu lido com vocês eu não sou rude, pois eu os trato como servos de Deus. É bem verdade que às vezes eu os repreendo, mesmo que isso venha a magoar seus sentimentos e machucar seu coração, mas eu só faço isso pelo bem da obra de Deus e para guiá-los pelo caminho certo, não porque eu tenho algo contra vocês ou queira dificultar sua vida. É algo simplesmente inconcebível para mim tentar dominá-los de qualquer maneira que seja. Quanto aos pais na fé, seu dever é alimentar aqueles cuja fé ainda é imatura, a fim de que seus discípulos também possam servir à justiça de Deus. É isso que todo líder da igreja deve fazer.
Nós estamos pregando o evangelho da água e do Espírito no mundo inteiro agora. Até bem pouco tempo, quem acessava nosso website a princípio só podia pedir dois livros. E se eles quisessem pedir mais livros, eles tinham que fazer um cadastro e ser aprovados pelos nossos colaboradores. Mas nós agora resolvemos acabar com essa restrição e permitir que todos que têm um endereço válido possam pedir quantos livros quiserem. Muitas pessoas no mundo todo passaram a crer no evangelho da água e do Espírito após lerem nossos livros. E agora nós também estamos oferecendo um local para que todos os nossos colaboradores no mundo inteiro façam sua homepage, o que lhes permitirá ter comunhão espiritual on line com os outros colaboradores. Estes blogs serão um espaço para que os nossos colaboradores dêem seu testemunho de salvação, façam sua confissão de fé no evangelho da água e do Espírito, dêem sua opinião sobre nossos livros do evangelho e compartilhem todas as bênçãos que eles quiserem com os outros. Deste modo, nossos colaboradores poderão ter comunhão uns com os outros on line através dos seus blogs. Já que nossos colaboradores crêem no evangelho da água e do Espírito e estão servindo a ele junto conosco, nós realmente queremos ter comunhão com todos eles. É justo os tratarmos com respeito e honrá-los assim como fazemos com Cristo, e nunca sermos rudes com eles.
É importante aprendermos na Palavra de Deus que temos que respeitar e amar todos que têm a mesma fé que a nossa e servem ao evangelho conosco. É assim que devemos agir. Mas é claro que às vezes eu repreendo os pastores que trabalham comigo na pregação do evangelho. Entretanto, eu só faço isso quando eles estão indo na direção errada e o que estão tentando fazer não é bom para o ministério do evangelho. Se eu pareço ser autoritário às vezes, é porque há muito trabalho que precisa ser feito para que o evangelho da água e do Espírito seja pregado no mundo todo; e a minha liderança tem que ser firme à frente do nosso ministério do evangelho. É por isso que eu tenho que ser duro às vezes e pareço estar mandando em vocês severamente.
O problema, contudo, é que alguns membros, apesar de entenderem a razão por trás das minhas ordens, hesitam quanto a seguir minha liderança por não terem certeza se alcançarão as metas que eu proponho a eles. A verdade é que a igreja faz muitas coisas para servir ao evangelho, mas algumas delas não dão certo. Até mesmo um líder pode cometer erros. Mas todos nós podemos aprender com as lutas e os erros e ajustá-los para alcançarmos nossos objetivos. E por mais que isso seja difícil para nós, no fim a obra de Deus é realizada, isto é, o evangelho da água e do Espírito é pregado com toda determinação quando unimos nossas forças para pregar este evangelho da verdade no mundo inteiro.
 
 
Não Provoque a Ira dos Filhos de Deus
 
Para entendermos o que eu quero dizer com isso, vamos ler Efésios 6:4 agora: “E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na disciplina e instrução do Senhor.” Se você é líder da igreja, você tem que orientar seus membros para que eles façam a obra de Deus, mas quando eles não entendem as suas instruções, você deve ensiná-los com a Palavra do Senhor. O apóstolo Paulo diz aqui que nós devemos criar nossos filhos na disciplina e na instrução do Senhor, e que essa é a Sua vontade. Por isso, é muito importante ensinarmos nossos filhos espirituais e nutri-los para que eles saibam como fazer a vontade do Senhor. Como líder da igreja, você tem que fazer o melhor para explicar de modo bem claro aos seus filhos espirituais por que eles devem obedecer às decisões que você toma, e pedir humildemente a eles que sigam suas orientações, mesmo que eles não as entendam por agora. Como discípulo, por outro lado, você tem que obedecer às orientações dos seus pais na fé e considerá-las como se fossem de Cristo. A parte complicada disso tudo é que, por sermos muito emocionais, às vezes o líder da igreja pode deixar que suas emoções venham a influenciar seu julgamento e isso desvie seus seguidores. Mas lembre-se de que nosso Senhor nos avisou para não seguirmos nossas emoções e irmos por este caminho.
Deus nos disse para não provocarmos a ira dos nossos filhos. E isso significa que os líderes da igreja podem até fazer com que seus filhos trabalhem duro na obra de Deus, mas que eles jamais devem pedir algo a eles que não tenha a ver com ela, muito menos descarregar suas frustrações e sua ira neles por algum motivo pessoal. A Bíblia diz claramente que todo pai na fé tem que criar seus filhos na disciplina e instrução do Senhor. E os filhos espirituais, da sua parte, devem ser obedientes aos líderes da sua igreja como a Cristo, assim como diz a Bíblia: “Vós, servos, obedecei a vossos senhores segundo a carne, com temor e tremor, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo. Não obedeçais a vossos senhores apenas quando estão olhando, só para agradar a homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus.” (Efésios 6:5-6).
Todos nós temos que obedecer a nossos líderes na igreja então. Eles passam por muitos problemas e dificuldades ao liderar vocês. Mas já que eles receberam a remissão de pecados antes de vocês, eles têm a árdua tarefa de fortalecer sua fé, de alimentá-los espiritualmente, guiá-los para que vocês recebam as bênçãos de Deus e para que a obra que vocês fizerem não seja vã. Eles têm que guiá-los com todo o cuidado para terem certeza de que o trabalho duro que vocês estão fazendo é para a justiça de Deus realmente. Somente quando todo líder da igreja se assegurar disso é que vocês e seus irmãos no mundo inteiro serão abençoados.
 
 
O Trabalho dos Seus Líderes na Igreja Não é Fácil
 
Não é fácil ser um líder da igreja. Isso porque todos eles têm que seguir a justiça de Deus. Está escrito no texto bíblico deste capítulo: “E vós, senhores, fazei o mesmo para com eles, deixando as ameaças, sabendo também que o Senhor deles e vosso está no céu, e que para com ele não há acepção de pessoas” (Efésios 6:9). Esse versículo quer dizer que os pais na fé também têm que servir a seus discípulos com sinceridade de coração no Senhor, assim como os seus discípulos têm que obedecer às suas instruções como se elas fossem de Cristo. Em suma, todos os membros da igreja têm que obedecer aos mandamentos do Senhor, independente se eles são discípulos ou líderes.
O que o apóstolo Paulo diz nessa passagem bíblica é um mandamento do Senhor. É por isso que está escrito na Bíblia. Deus não olha para a aparência. Ao contrário, Ele olha para o que há no fundo do coração para ver se tratamos uns aos outros como a Cristo. Essa é a chave da mensagem do texto bíblico deste capítulo. O que o Senhor quer ver, em outras palavras, é se estamos tratando nossos líderes na igreja como a Cristo ou não, e se eles estão tratando seus discípulos com sinceridade como a Cristo ou não. É assim que nós temos que tratar uns aos outros, edificando nossos irmãos com sinceridade de coração, obedecendo a nossos líderes na igreja com um coração sincero e vivendo pela fé com o mesmo coração.
É muito difícil seus líderes na igreja agir de modo correto diante de vocês. Alguns de vocês podem até pensar: “Bom, o reverendo Jong é nosso líder, mas já que não há ninguém para repreendê-lo, isso não significa que ele é melhor do que nós?” Mas eu não sou diferente de vocês; assim como vocês passam por dificuldades, o mesmo acontece comigo. Aos seus olhos, pode parecer que eu não faço outra coisa a não ser ficar dando ordens a todo mundo, mas, na verdade, sempre que eu peço a vocês para fazer alguma coisa, eu tenho que analisar isso sob vários aspectos e discutir sobre isso com a minha equipe antes de tomar a decisão final. Como seu líder, eu tenho que ter uma visão geral antes de tomar alguma decisão. E sempre que eu peço a vocês para fazer algo, eu só faço isso depois de analisar bem todas as opções e avaliá-las com todo cuidado.
Por isso, eu aconselho todos vocês a entender isso e servir aos seus líderes e aos seus discípulos como se vocês estivessem servindo a Cristo, confiando na justiça de Deus. É isso que todos nós devemos fazer. Só então nós poderemos estar juntos, servir ao Senhor fielmente e trabalhar juntos para sermos bem sucedidos na obra do evangelho. Mas se, por outro lado, não respeitarmos as regras da igreja, fizermos a obra sem nenhum respeito pelos nossos pais na fé e não amarmos uns aos outros, todo o nosso trabalho então será em vão.
Nós estamos cultivando cogumelos shiitakes no Centro de Treinamento e Discipulado em Inje, mas como é a primeira vez que estamos fazendo isso, nós tivemos muitas dificuldades e cometemos muito erros ao longo do caminho. Mas como agora já temos alguma experiência, nossas habilidades na produção de cogumelos aumentaram bastante. Foi por isso que há pouco tempo nos alegramos com uma grande colheita. Quando eu decidi cultivar cogumelos shiitake, eu não tinha idéia de que isso iria requerer muitos cuidados e achava que eles iriam simplesmente nascer depois de plantados. Mas eu vi que não era bem assim. Para se cultivar cogumelos shiitake de uma maneira sustentável, a terra tem que ficar enterrada e descansar por uma semana antes deles serem plantados. Eu não conheço todos os detalhes técnicos e nem sei por que isso precisa ser feito, mas, aparentemente, este é um processo imprescindível para que os cogumelos cresçam.
Além dos cogumelos, também cultivamos outros vegetais no Centro de Treinamento e Discipulado em Inje. Havia uma grande fazenda ali no passado, mas agora nós diminuímos seu tamanho. Mas a fazenda ainda é grande o bastante para que nós cultivemos o suficiente para distribuir a todos os pastores das nossas igrejas sempre que eles se reúnem em Inje. E tudo que cultivamos é muito precioso para nós. Verduras não são muito caras; nossos pastores podem comprá-las com pouco dinheiro em qualquer quitanda. Com dez dólares eles podem comprar muitas verduras. Então, já que é assim, muitos de vocês devem ficar imaginando por que eu acho tão bom e importante dar uma sacola com nossas verduras para cada pastor. Isso alegra meu coração porque esses produtos foram cultivados com as nossas próprias mãos. Embora nossa produção não seja muito grande para que possamos distribuir em abundância, mesmo assim nós distribuímos para as nossas igrejas na Coréia tudo aquilo que produzimos. É claro que algumas igrejas que estão perto do Centro de Treinamento e Discipulado em Inje, como a Igreja de Chungcheon ou a Igreja de Sokcho, provavelmente recebem uma quantidade maior porque estão mais próximas dali. Mas nós fazemos o melhor para distribuir toda a nossa produção a cada uma de nossas igrejas.
Nós gostamos muito do Centro de Inje não por causa das coisas materiais que conseguimos através dele, mas porque nós podemos distribuir os produtos orgânicos que são os frutos do nosso trabalho. O importante é a distribuição. Embora nossa produção de cogumelos shiitake ainda seja bem pequena, todos os santos das nossas igrejas já receberam um pouco deles pelo menos uma vez. Todos estes cogumelos são muito preciosos para nós, pois os cultivamos com todo carinho e dedicação. Eu mesmo dou muito valor a tudo que produzimos na fazenda em Inje. Mas é claro que o Centro de Treinamento e Discipulado em Inje não é apenas uma fazenda; ele é um lugar onde nossos pastores e irmãos de todo o país geralmente se reúnem. Nossos pastores precisam de um lugar para se reunir de vez em quando, seja para trabalhar ou para descansar.
Alguns de vocês podem achar que poderíamos nos reunir na Igreja de Chuncheon ao invés de fazermos isso no Centro de Treinamento e Discipulado em Inje. De fato, nós poderíamos mesmo nos reunir na Igreja de Chuncheon algumas vezes, mas ela não poderia comportar os servos vindos de todas as igrejas da Coréia de uma vez. Isso era possível no passado, mas não agora que nosso número de membros aumentou. Precisamos de um lugar grande o bastante que possa suprir todas as nossas necessidades. Por exemplo, nós precisamos de um campo de futebol para relaxar o corpo e a mente do estresse acumulado com a pregação do evangelho da água e do Espírito. É por isso que eu gosto tanto do Centro de Treinamento e Discipulado em Inje. É um lugar onde todos nós podemos nos reunir e desfrutar da sua comodidade, um lugar que foi construído com nossas contribuições. É por isso que eu valorizo muito o Centro de Treinamento e Discipulado em Inje.
Alguns pastores acham que o Centro de Treinamento em Inje não é importante. Eles não vêem nenhuma razão para nós investirmos nele, pois acham que não vale a pena. Mas essa questão é muito simples: nós construímos este Centro para nós mesmos. Vocês podem até dizer que só vão ao nosso Centro em Inje uma vez por ano, mas independe de quantas vezes os santos e servos de Deus se reúnem ali, nós o construímos para que todos nós tivéssemos um lugar para relaxar. E eu gosto muito quando nos reunimos assim. Sempre que alguém vem ao nosso Centro em Inje, sejam eles pastores ou novos membros que ouviram o evangelho pela primeira vez, todos eles não são nossa família?
Vamos supor que os membros de sua família viessem aqui para ouvir o evangelho da água e do Espírito e tivéssemos que dar a aula sobre o evangelho num local precário por não termos um local decente. Quem iria ali para ouvir o evangelho da água e do Espírito? No início dos anos 90, quando as nossas aulas eram numa estufa coberta com telhas de zinco, mesmo no inverno as pessoas ouviam o evangelho e dormiam bem, apesar do frio. Mas hoje em dia, ninguém viria se fizéssemos isso. E é por isso que precisamos das facilidades que temos no Centro de Treinamento em Inje para acolhermos todos bem. É por isso que o Centro em Inje é tão importante. E é por isso também que nos dedicamos de coração a ele. Não importa o que nos façamos, temos que colocar nosso coração nisso, como se estivéssemos servindo ao Senhor.
Nós temos alguns negócios para mantermos o ministério do evangelho, e como isso também é uma forma de servirmos ao evangelho da água e do Espírito, nós nos dedicamos a isso. Servir ao Senhor é o mesmo que pregar o evangelho da água e do Espírito a todos neste mundo, e é por isso que fazemos isso com toda dedicação e ação de graças. Isso é o certo a fazer. E nós ainda seremos recompensados por isso.
Tudo que vem do nosso Centro em Inje alegra meu coração. Por isso, eu não desisto e mostro a cada uma de nossas igrejas o que podemos fazer juntos lá no Centro. Cada igreja pode facilmente cultivar alguns produtos num pequeno campo, mas nós não fazemos isso. Quando nos reunimos tendo um só coração para plantarmos as sementes e depois também fazemos a colheita juntos é que realmente podemos desfrutar do fruto do nosso trabalho. Mas se cada um de nós cultivasse a terra por si mesmo, como nós poderíamos desfrutar do que plantamos no Centro de Treinamento em Inje? Nós não desfrutaríamos do que nossos irmãos fazem lá. Se agíssemos assim, nós teríamos que levar todos os nossos obreiros para o Centro em Inje para trabalhar em outra coisa além do evangelho, fecharíamos nossa igreja na cidade e iríamos lá somente uma ou duas vezes ao ano.
O Centro de Treinamento em Inje é algo que alegra muito meu coração e eu gosto muito de tudo que fazemos lá. Por isso, eu não pretendo mudar a maneira que estamos dirigindo nosso Centro em Inje pelo bem de todos nós. Tudo tem que ser feito em união, mesmo que algumas coisas tenham que ser feitas individualmente. Por exemplo, nós estamos criando coelhos no Centro em Inje. As crianças amam coelhos. Então, se dermos alguns deles para nossos pastores que tem filhos, eles ficarão muito felizes. Eles ficariam tão felizes que talvez quisessem até ficar com eles no seu quarto. Mas estes coelhos não podem ser criados como animais de estimação, embora seria bom se isso fosse possível. Mas eles são criados no nosso Centro em Inje para que possamos dá-los aos pastores de todas as nossas igrejas no país. Não há muito a fazer no Centro de Inje então? Como seria maravilhoso se pudéssemos criar outros animais no nosso Centro em Inje para dá-los aos nossos pastores!
Nós temos que nos dedicar de coração a tudo que fazemos e trabalhar juntos para o bem da Igreja. Quer comamos ou bebamos, tanto em tempo de alegria ou sofrimento, temos que fazer tudo para a glória de Deus. Isso é o certo a fazer. E é isso que o apóstolo Paulo está nos ensinando no capítulo seis de Efésios.
Se você é um discípulo, você tem que obedecer aos líderes da sua igreja como se estivessem obedecendo a Jesus Cristo e confiando em Deus. Se você é um líder, você tem que orientar seus discípulos com humildade para que sua fé cresça e eles sejam abençoados no corpo e na alma. É assim que todos os santos da igreja devem tratar uns aos outros. Somente quando cada um de nós fizer isso é que a Igreja crescerá em unidade como o corpo de Cristo. É isso que o apóstolo Paulo procura nos ensinar em Efésios capítulo 5 e 6, usando a relação entre marido e mulher, pais e filhos, servos e senhores para ilustrar e explicar sua mensagem a todos na igreja. Portanto, nós temos que crer neste ensinamento da Palavra e segui-lo.
Nós precisamos olhar para trás e examinar a nós mesmos para vermos se não fomos muito rudes com nossos discípulos e ferimos tanto seus sentimentos a ponto de eles não estarem vivendo pela fé agora. Todo líder da igreja tem o dever de edificar seus membros com ensinamentos corretos da Palavra e tratá-los com amor. Como líder da igreja, você tem que mostrar aos seus membros que você os ama de todo o coração e ajudá-los a entender que a única razão de você repreendê-los e para que eles não se afastem e seu espírito pereça. Como discípulo, você tem que obedecer aos seus pais na fé de bom grado. Deste modo, você será abençoado e a vontade de Deus será cumprida.
O que aconteceria se, como líder da igreja, eu fosse muito radical com seus membros? Alguns irmãos teriam dificuldade de se relacionar comigo. Mas vocês não precisam ter medo de mim. Se vocês tiverem medo de mim, como vocês iriam me seguir como seu líder? Você tem que confiar nos seus líderes na igreja e ter fé suficiente neles. Embora eles pareçam radicais às vezes, ainda assim eles amam vocês de todo coração, fazem o melhor para entender vocês, oram incansavelmente por vocês e trabalham dia e noite para guiá-los pelo caminho certo, a fim de que seu trabalho jamais seja em vão.
Sendo assim, vocês têm que confiar nos seus líderes da igreja, mesmo que a princípio não entendam suas orientações totalmente. Vocês só poderão fazer a obra de Deus quando obedecerem aos seus líderes espirituais. Eu oro para que Deus nos torne esse tipo de santos, confiáveis.