佈道

Assunto 22: O Evangelho segundo LUCAS

[Capítulo 15-1] Almas Perdidas (Lucas 15:1-10)

Almas Perdidas(Lucas 15:1-10)
“E chegavam-se a ele todos os publicanos e pecadores para o ouvir. E os fariseus e os escribas murmuravam, dizendo: ‘Este recebe pecadores e come com eles.’ E ele lhes propôs esta parábola, dizendo: ‘Que homem dentre vós, tendo cem ovelhas e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove e não vai após a perdida até que venha a achá-la? E, achando-a, a põe sobre seus ombros, cheio de júbilo; e, chegando à sua casa, convoca os amigos e vizinhos, dizendo-lhes: ‘Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida.’ Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento. Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar? E, achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: ‘Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida.’ Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.’”
 
 

O Senhor Encontra Aqueles que Se perderam?

 
Há duas parábolas no texto de Lucas 15 que acabamos de ler: a parábola da ovelha perdida e da dracma perdida. Nosso Senhor está falando de duas coisas aqui nestas parábolas: uma delas é como ele se alegra quando encontra a ovelha que se perdeu dentre as outras cem. Ele está falando como é cansativo e difícil para ele encontrar uma ovelha perdida, mas como ele se alegra quando a encontra. Deus é poderoso, porém eu não tenho como descrever o quanto é difícil para ele encontrar uma ovelha que deixou sua casa a seu bel prazer. Amados irmãos, encontrar a ovelha que se perdeu foi algo tão maravilhoso que toda a aldeia fez uma festa para comemorar.
A segunda parábola é a história da dracma perdida. Uma mulher perdeu uma dracma, revirou toda a casa, procurou em todos os cômodos, moveu o guarda-roupa, varreu todos os quartos, fez uma faxina que há muito não fazia. E como ela pensou que a moeda podia estar em algum canto da casa, ela procurou em todos os lugares tentando encontrá-la. Imaginando estar debaixo de algum móvel, ela tirou tudo do lugar. E como podia estar dentro de um bolso também, ela procurou em todas as roupas. Nós não ficamos tristes quando perdemos algo que gostamos muito? Quando perdemos algo que é valioso para nós e não sabemos se está debaixo da geladeira, da televisão ou do guarda-roupa, nós fazemos de tudo para encontrar. É algo tão valioso que fazemos tudo para encontrar, pois não sabemos onde está. E quando isso acontece não varremos a casa toda e procuramos em todos os lugares? É isso que acontece quando perdemos alguma coisa. Também é cansativo e difícil para Deus achar alguém que se perdeu. As pessoas acham que uma moeda é algo simples, mas não somos simples para Deus. E é por isso que ele procura as almas preciosas que ainda não receberam a remissão de pecados e, por isso, estão desviadas e perdidas.
Há muitas pessoas neste mundo. E o Senhor nos pergunta aqui: “Que homem dentre vós, tendo cem ovelhas e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove e não vai após a perdida até que venha a achá-la”? (Lucas 15:4). Entre cem pessoas, nem todas são almas perdidas. O Senhor diz aqui que ele está procurando um dentre estes cem, pois nem todos eles estão perdidos.
 
 

Você Imagina Como é Difícil Encontrar uma Alma Perdida em Meio a Cem?

 
A questão aqui é que há uma alma perdida no meio de cem pessoas. É cem para um. Isso é fácil ou difícil então? É muito difícil. Por isso que estamos nos preparando para pregar o evangelho a fim de encontrarmos essas pessoas. Há de fato muitas pessoas neste mundo, e a questão é quem são as almas perdidas entre elas. Deus sabe quem são estas almas perdidas, pois ele sabe de todas as coisas. Quando encontramos pessoas, não sabemos se sua alma está perdida ou não. Todos acham que são justos. De cem pessoas, noventa e nove acham que estão bem. E é isso mesmo que elas dizem, não é verdade? “Eu estou bem. E já que creio da maneira correta, qual é o problema então? Por que você está me tratando assim? Vá conversar com alguém que não crê?”
Deus disse que havia cem ovelhas. Mas ele deixou todas elas no deserto, foi atrás daquela que se perdeu e se alegrou ao encontrá-la. Quem se salvou? Somente uma ovelha, ou seja, aquela que se perdeu é que foi salva. Mas as outras noventa e nove não foram salvas? Não, todas elas morreram. Ele disse que as deixou no deserto. E é bem provável que uma alcateia de lobos deve tê-las devorado.
Todos que creem em Jesus e dizem que receberam a remissão de pecados, embora não a tenham recebido, vão para o inferno. É por isso que Deus procura as ovelhas perdidas com toda dedicação. Ele está nos dizendo aqui que é difícil encontrar a ovelha perdida. Eu não sei dizer como é difícil encontrá-la. Eu só posso dizer que isso dá muito trabalho. O pastor procura em todos os lugares pela ovelha perdida, cruzando rios, montanhas e florestas, indo a todos os lugares. Ele olha para ver se ela está atrás das árvores ou escondida nos arbustos. E quando ele finalmente a encontra, ele a toma em seus braços e volta com ela em seus ombros. Ele volta, come, bebe, se alegra e festeja com os outros.
Amados irmãos, vocês acham que foram escolhidos e receberam a remissão de pecados quando Deus procurou a ovelha perdida entre os homens? Não, de modo algum. Deus procurou por nós o tempo todo e com dedicação até nos encontrar. Quando eu estudei teologia, eu senti que era uma alma perdida perante Deus. Eu sabia que era alguém que nunca tinha tido um encontro com Deus. Eu tentava encontrar o Senhor, mas não conseguia isso de jeito nenhum. Hoje eu sei que minha alma não pode encontrar o Senhor do meu jeito, mas que o Senhor está procurando minha alma. Eu aprendi que estava procurando por ele, mas que na verdade ele é que está procurando por mim. Eu então posso ter um encontro com ele. Eu fui salvo. E às vezes digo que tinha muitos amigos, não digo? Eu tinha muitos amigos quando estava no seminário. Há muitas pessoas famosas que eu conhecia também. Mas dentre todas estas pessoas ao meu redor, Deus escolheu a mim. Há muitas pessoas neste mundo, mas entre todas elas, ele me encontrou.
Eu era alguém que havia me desviado do caminho. E o mesmo aconteceu com você. Você nem deve saber que estava desviado do caminho, mas aos olhos de Deus, você também era uma ovelha que havia se perdido. Foi por isso que ele veio ao nosso encontro. Nós éramos almas perdidas que não podiam encontrar o Senhor, mas ele veio ao nosso encontro com sua Palavra, nos deu sua Igreja e nos fez seus servos. Foi assim que o Senhor nos encontrou, fez uma festa e se alegrou.
Não há como explicar como é difícil Deus encontrar as almas perdidas e como ele se alegra quando as encontra. Nós temos que entender e conhecer o coração de Deus. Como é difícil uma alma perdida encontrar seu mestre! E como é difícil para nós também encontrarmos a Deus! Nós procuramos, naturalmente, encontrar Deus do nosso jeito, crendo em várias religiões. Mas isso não deu certo e sofremos muito por causa disso. A maioria das pessoas que tenta encontrar a Deus não o encontra. E por mais que tentem tudo para conseguir isso, ainda assim será muito difícil. Eu sinto dizer isso, mas temos que entender que o ser humano não vale nada. A primeira coisa que temos que entender é quem de fato somos, que a vida não fará nenhum sentido por mais que creiamos em várias religiões, que procuremos Deus mas raramente conseguiremos encontrá-lo. Não é nada fácil encontrarmos a Deus.
 
 

Você e Eu Podemos Ter um Encontro com Deus Através do Evangelho da Água e do Espírito

 
Isso é algo maravilhoso, mas temos que ler a Bíblia para entender que essa não é uma tarefa muito fácil. Muitos dizem que estão procurando Deus e querem ter um encontro com ele, embora não tenham conseguido. Eles creem que estão agindo da maneira correta e estão perto de encontrá-lo. Há muitos que acham que encontrarão o Senhor facilmente em breve. Só que eles ainda não receberam a remissão de pecados. Aqueles que creem numa religião e estão satisfeitos com ela, embora ainda não tenham tido um encontro com o Senhor, de fato não se esforçaram muito. Eles ainda têm um longo caminho a seguir. Eles precisam sofrer mais. Amados irmãos, temos que entender como é difícil uma alma perdida encontrar o Senhor. Isso é muito difícil. Há muitas pessoas que não encontraram o Senhor, embora tenham procurado por ele sua vida toda. As pessoas sofrem muito quando veem que não há chance alguma de terem um encontro com o Senhor; e é mesmo difícil para aqueles que acham que podem fazer tudo à sua maneira encontrarem o Senhor. Essas pessoas não creem no evangelho quando pregamos para elas, mesmo quando estão sofrendo muito. Várias vezes elas ficam à beira da morte, acabam morrendo e vão para o inferno por não crer no evangelho. O Senhor diz na sua Palavra: “Foi assim que eu os salvei”, e dizemos quando ele estende sua mão para nós: “Obrigado, Mestre”, e a seguramos bem forte. Porém, por mais que o Senhor estenda sua mão carinhosamente para nós, nós cremos nele não como ovelhas tolas e perguntamos: “Será que essa é mesmo a mão do Senhor?” Por sabermos que é mesmo a mão do Senhor, nos apegaremos a ele até o fim.
Amados irmãos, temos aqui hoje muitos jovens e pessoas de idade avançada. Se você é jovem ou adulto, eu estou certo que você já sofreu muito e procurou a Deus. É por isso que estamos aqui para louvar ao Senhor. Vocês estão entendendo? As coisas não acontecem por acaso só porque buscamos muito ao Senhor. Nós sofremos com muitas coisas. Tudo que fizemos em nossa vida até agora foi para encontrarmos a Deus. Nosso Senhor estendeu sua mão e segurou todas as mãos que se estenderam para ele. Isso é salvação.
Eu percebi que as pessoas não aceitam o evangelho da água e do Espírito mesmo quando estão sofrendo. Se você não sofreu muito até hoje, recebeu o evangelho e agora faz parte da igreja, você tem que ser muito grato. Mas se você ainda não conheceu o evangelho, você vai sofrer sua vida toda. Você está entendendo? Ninguém fica rico por acaso. E mesmo que alguém seja feliz por ter conseguido conquistar muitas coisas em sua vida, isso tudo pode ser perdido num momento quando algo ruim acontece. Isso é tão estranho. Por mais que alguém saiba guardar dinheiro, nunca será o suficiente. E mesmo que ele tente ganhar uma fortuna, tudo se perde quando algum ruim acontece. A vida é assim; nós perdemos tudo de várias formas. Antes de juntarmos o que queremos, perdemos tudo. Mas em meio a tudo isso, nós encontramos o Senhor. A vida de muitos é assim. Então, se você teve um encontro com o Senhor não pelo sofrimento, você tem que viver aos seus pés e ser muito grato a ele. Agora, se você sofreu muito até encontrar o Senhor, você sabe muito bem como é precioso este evangelho.
É por isso que temos que preservar este evangelho. Temos que pregá-lo com dedicação às almas perdidas. Não podemos pregá-lo de qualquer jeito, como se ele fosse algo comum. Eu nem sei dizer quantas pessoas são contra este evangelho. Mas elas fazem isso porque ainda não sofreram muito. Você já sofreu muito? Eu quase morri por causa do pecado. Eu estive perto da morte por causa de enfermidades e outras coisas. Eu quase morri por causa dos meus pecados. É por isso que eu amo muito o Senhor e sou muito grato a ele.
Você já desejou morrer por causa da agonia que o pecado te causava antes de ouvir o evangelho? Ou você antes disso ouviu o evangelho e recebeu a remissão de pecados? Seja como for, o Senhor usou todo o seu poder para nos encontrar e pagou um alto preço, preço de morte, para nos salvar. Você tem que entender isso. Você não deve dar muito valor à salvação por ouvir há tanto tempo que foi salvo pela graça, mas o preço que o Senhor pagou por isso foi muito alto. Nós recebemos de graça, mas Deus pagou um alto preço.
Amados irmãos, vocês jamais devem se esquecer da maravilhosa graça pela qual Deus nos salvou. Tem muito gente que conhece o coração de Deus e como devem buscá-lo. Eles sabem que precisam de Deus. Quem acha que não precisa de Deus ainda não sofreu o bastante. Eles ainda passarão por muitas crises. Aí então eles poderão dizer: “Oh, Senhor, por favor, me salve”, e ser alguém que busca sua ajuda.
No entanto, aqueles que acham que podem confiar nas suas próprias forças dizem: “Eu só confio em mim mesmo. Eu só creio nas minhas próprias forças.” Eu era assim muito tempo atrás, e você também. Nós só críamos em nós mesmos. Mas muitos dizem isso porque ainda não perderam todas as suas forças. Não tenha pressa de pregar o evangelho para essas pessoas. Ao invés disso, ensine a elas e profetize que elas ainda vão sofrer muito. Diga a elas: “Vocês sofrerão tudo isso no futuro e quase morrerão por causa do pecado. E caso vocês sofram muito e venham a falecer por causa disso, vocês irão para o inferno e sofrerão por toda a eternidade.”
As pessoas têm que sofrer. Elas têm que entender como sua própria existência é miserável. E vocês têm que explicar isso muito bem a elas. Elas devem estar tratando mal vocês porque vocês estão sendo muito gentis com elas. Vocês estão entendendo? Vocês sabem por que Deus faz as pessoas para quem estamos pregando o evangelho passar por lutas? Vocês sabem por que ele faz com que seus projetos não deem certo, mas, por outro lado, faz com elas tenham muitos problemas? Ele faz tudo isso para que elas tenham um encontro com ele.
Vamos ver agora o que o texto bíblico deste capítulo fala dos fariseus e escribas.
“E chegavam-se a ele todos os publicanos e pecadores para o ouvir. E os fariseus e os escribas murmuravam, dizendo: ‘Este recebe pecadores e come com eles.’ E ele lhes propôs esta parábola, dizendo: ‘Que homem dentre vós, tendo cem ovelhas e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove e não vai após a perdida até que venha a achá-la?”’ (Lucas 15:4).
O que isso quer dizer? Que se as noventa e nove ovelhas não são aquelas que o Senhor está procurando, ele lança todas elas no inferno e sai à procura da ovelha perdida. O Senhor não se importa se as noventa e nove forem para o inferno. Pelo contrário, ele prepara o caminho para que elas vão mesmo para o inferno. O Senhor não se importa com as noventa e nove. Ele só se importa com uma. Quem é a ovelha perdida? É aquela com quem o Senhor se importa.
Tem gente que diz assim: “Espera aí! Há muitas pessoas que morreram crendo no Senhor; e você está dizendo que elas foram para o inferno mesmo crendo nele?” Sim, estou. Deus não se importa com muita gente porque eles creem nele da sua maneira. Por quê? Porque eles pensam erradamente que são justos. Eles vão para o inferno. É como diz um verso de um famoso poema coreano: “Eu deixarei você partir sem dizer uma palavra.” O Senhor diz para as noventa a nove: “Adeus! Vão para o lago de fogo.” Para ele isso não é perda alguma.
Amados irmãos, você precisam conhecer o coração do Senhor. Se olharmos para os números, é noventa e nove para um. Porém quem vale mais? Não seria melhor se somente uma morresse? Não. Uma ovelha é mais valiosa para o Senhor do que as soberbas noventa e nove. Isso significa que o Senhor salva aqueles que dizem: “Deus, por favor, me salve, pois eu sou tão pecador e imperfeito que vou para o inferno. Eu sou fraco e incapaz. Eu não sou nada. Eu sou um grande pecador.” Nós que somos justos às vezes pensamos errado assim: “Tem muita gente que diz que crê no Senhor, e eu fico pensando se não são eles que estão certo e nós, errados. Eu acho que talvez nós é que estamos errados.” Nós não pensamos assim de propósito, mas às vezes esse pensamento vem à nossa mente.
No entanto, amados irmãos, o Senhor veio para salvar almas perdidas como eu e vocês. Ele não veio para salvar as noventa e nove soberbas que dizem que são justas. O Senhor é aquele que veio para salvar um pecador perdido. Nós só temos que reconhecer nossas falhas e ser sinceros com Deus. Vocês estão entendendo o que eu estou dizendo?
Não tenha pena deles. É a lei de Deus que está sobre eles. Se você quiser ter compaixão de alguém, demonstre isso pelas ovelhas perdidas. As ovelhas perdidas são aqueles que ainda são pecadores e não têm conhecimento de nada. Eles não sabem que são pecadores e seguem qualquer um que os lidere, embora seus líderes sejam uma fraude. Estes pecadores são as ovelhas perdidas. São deles que você tem que ter compaixão. Não tenha compaixão dos que acham que conhecem bem o Senhor e suas doutrinas, e também acham que são boas pessoas. E é isso que você deve dizer a essas pessoas sempre que tiver oportunidade: “Se você continuar crendo assim, você com certeza vai para o inferno.” E dizer algo assim para as almas perdidas é melhor do que pregar o evangelho. Não é preciso dizer que elas irão para o reino dos céus se elas aceitarem Jesus. O que todos precisam ouvir é isso: “Parabéns! Você vai para o inferno se crer assim. Saiba que se você morrer num acidente de trânsito, num piscar de olhos você vai estar no fogo do inferno. Durma bem à noite toda, pois você não sabe o que vai acontecer durante o sono. Mas saiba que você vai direto para o inferno se morrer.” Este é o evangelho que temos que pregar para essas pessoas. Dizer algo terrível para aqueles que não sabem que vão para o inferno é melhor do que dizer milhares de coisas lindas do evangelho.
Não há como explicar como é cansativo para Deus nos procurar. Amados irmãos, vocês também deve se sentir assim quando pregam o evangelho. Nós estamos realizando encontros de avivamento na cidade de Chuncheon para salvar a ovelha perdida. E não devemos fazer isso apenas uma vez, mas várias. Mas isso não funciona com as noventa e nove que se acham justas. Deus trabalha duro para encontrar a ovelha perdida. Ele deixa as noventa e nove que se acham justas no deserto e sai à procura daquela que se perdeu.
Amados irmãos, vocês já devem ter visto algum filme onde uma ovelha caía do penhasco e o pastor a pegava pelos chifres e a salvava. Por pensarem do mesmo modo que Deus, os obreiros da nossa igreja se dedicam para pregar o evangelho nessa terra. As almas perdidas que ainda não encontraram Jesus estão sofrendo muito, mas Deus nos mostra na sua Palavra como é difícil salvar essas almas.
O Senhor disse: “Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento” (Lucas 15:7). Isso é uma parábola. E nós estamos entre estes noventa e nove justos. Neste caso, os noventa e nove dizem respeito àqueles que já foram salvos. Deus se alegra quando um pecador se arrepende e recebe a remissão de pecados; ele se alegra mais com este do que com os noventa e nove. Nós que somos justos passamos muitas dificuldades porque servimos ao Senhor e ao evangelho, e hoje o coração de Deus está voltado totalmente para aquele que recebe a remissão de pecados. Quando as ovelhas perdidas que achavam natural ter pecados aceitam a Deus, ele pergunta se elas têm pecado ou não e elas respondem que não, pois ele já tirou todos eles. Então, já que elas respondem assim, ele as coloca sobre seus ombros, volta para casa, dá uma festa e se alegra.
Amados irmãos, assim é o coração de Deus. Quando pregamos o evangelho para alguém e ele recebe a remissão de pecados, nós esquecemos todo o trabalho duro que fizemos no escritório, produzindo literatura, digitando no computador e tudo o mais. Nossa única alegria é que esta alma foi salva. Nós ficamos tão felizes que dizemos: “Você tem pecados ou não? Você não tem pecados, não é? Vamos celebrar então!” Deus se alegra muito quando fazemos isso. Se você quiser saber como é o coração de Deus, você tem que se alegrar e festejar por um pecador que se arrepende.
Amados irmãos, todos nós éramos pecadores. Também éramos pecadores antes de encontrarmos Jesus. Só que nós recebemos a remissão dos nossos pecados. E como Deus se sentiu quando isso aconteceu? Ele se alegrou muito. Aqueles que recebem a remissão de pecados devem achar que Deus se alegra com isso porque eles são seres maravilhosos, mas não é isso. O Senhor se alegra porque as almas que se desviaram foram novamente envolvidas pelo seu amor e voltaram para o seu aprisco. Não há um clima de festa na igreja quando alguém recebe a remissão de pecados? Quando alguém recebe a remissão de pecados na Igreja de Deus, não importa quem seja, há um clima de festa em toda a igreja. E este clima de festa dura um mês ou dois. Quando perguntamos a alguém se ele ainda tem pecado e ele responde: “Eu não tenho pecado”, nós nos alegramos novamente. Nós fazemos esta pergunta e nos alegramos todos os dias. Mas quem deve se alegrar de fato é aquele que recebeu a remissão de pecados; mas quem fica feliz com isso de verdade somos nós e Deus. Nosso coração de fato se alegra muito com isso, pois é algo lindo aos olhos de Deus. Amados irmãos, vocês entendem o coração de Deus? O Senhor disse: “Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento” (Lucas 15:7).
Você pode imaginar como Deus se alegra quando recebemos a remissão de pecados? Está escrito: “Regozijar-se-á em ti com júbilo” (Sofonias 3:17). Amados irmãos, o Senhor disse que se alegra quando estamos felizes. É assim que Deus nos ama. Ele se alegra conosco, mas se regozija ainda mais quando um pecador volta para ele. Nós também não nos alegramos quando alguém recebe a remissão de pecados? Nosso coração se alegra porque Deus se alegra muito nos céus. Se vocês lerem a Bíblia, vocês conhecerão um pouco o coração de Deus. E também saberão como o Espírito Santo age em nosso coração.
 
 

Nós Lutamos para Ter um Encontro com o Senhor da Justiça

 
Foi difícil para nós encontrar o Senhor, não foi? Foi mesmo difícil encontrarmos o Senhor. Nós quase morremos seguindo falsos pastores. Então tivemos que nos reunir senão seríamos devorados por eles. Se o Senhor não tivesse nos livrado da boca de Satanás, ele teria nos devorado. Pense nisso por um momento. Seria algo muito terrível. Imagine a cena, Satanás nos pegando, nos colocando num espeto e nos girando num fogo que nunca se apaga. Isso teria acontecido conosco se tivéssemos cometido algum erro. Foi nessa situação que o Senhor veio a nós e nos disse como ele nos salvou. E somos tão gratos por isso que não podemos dizer outra coisa senão “aleluia!” O Senhor nos disse que nos salvou, estendeu sua mão para nós e nós a agarramos. Ninguém mais poderia fazer isso senão ele. Não importa o quanto procuremos nessa terra, não há ninguém ao lado do Senhor que possa apagar nossos pecados. Não existe ninguém ao lado de Deus.
Amados irmãos, se não tivéssemos deixado nossa teimosia e egoísmo e aceitado a salvação de Deus, nós não teríamos sérios problemas? O que aconteceria se o Senhor, que é o nosso Pastor, nos abandonasse e deixasse no deserto? Para onde nós iríamos? Nós nos juntaríamos às outras ovelhas perdidas. Mas o Senhor encontrou a ovelha perdida. Ele primeiro espera que ela volte para o rebanho, mas o que acontece se ela não voltar? Ela não ficará no deserto e acabará morrendo? Isso certamente teria acontecido conosco.
Amados irmãos, foi maravilhoso Deus ter nos encontrado e estendido sua mão sobre nós quando estamos sofrendo em meio às lutas. O que aconteceria se fôssemos ricos e Deus dissesse quando nos encontrasse: “Eu apaguei todos os seus pecados?” Nós diríamos: “Eu não preciso de Deus. O que ele fez por mim? Deus não é tão especial assim. Eu só vou precisar de Deus quando estiver no leito de morte. Por que procuraria por ele, já que vivo bem neste mundo?” Não afastaríamos sua mão se fizéssemos isso? Nós não teríamos encontrado o Senhor se nossa vida fosse feliz e perfeita neste mundo. Porém ele fez com que tivéssemos lutas e dificuldades para nos salvar, e então veio ao nosso encontro.
Está escrito: “Convertei-vos, ó filhos rebeldes, diz o SENHOR; porque eu sou o vosso esposo e vos tomarei, um de cada cidade e dois de cada família, e vos levarei a Sião. Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com conhecimento e com inteligência” (Jeremias 3:14-15). Foi este milagre que aconteceu quando recebemos a remissão de pecados; um de uma família e dois de outra o receberam. Foi assim que fomos salvos. E para ser sincero, a possibilidade de isso acontecer era muito pequena. Dentre todas as pessoas do mundo, Deus nos encontrou, seu pequeno rebanho. Eu espero que vocês entendam que fomos escolhidos entre muitas pessoas.
Até hoje há almas que Deus está procurando e desejam muito encontrá-lo. Amados irmãos, nós também temos que ir ao encontro dessas almas. Nossa obra é encontrar essas almas e ajudá-las a ter um encontro com o Senhor, sentar com elas e fazê-las ouvir a Palavra. A obra que temos que fazer é procurar essas pessoas que estão entre nós e resgatá-las. É isso que nós pequenos pastores temos que fazer. Nós somos os justos que receberam a remissão de pecados. Você já viu como há almas perdidas ao nosso redor? Temos que encontrá-la então. Muita gente lê nossos livros e ouve a Palavra, mas somente um dentre cem recebe a remissão de pecados.
Mas não precisamos ficar decepcionados por causa disso. Apenas duas entre cem pessoas recebem a remissão de pecados quando pregamos para elas. No entanto, não há motivo para ficarmos decepcionados. Nós analisamos bem o texto bíblico deste capítulo e o entendemos, não é verdade? O Senhor disse que entre cem pessoas só uma delas é salva, mas nós salvamos duas. Nós somos muito abençoados pelo Senhor porque geralmente salvamos uma ou mais pessoas quando pregamos o evangelho para dez delas. Isso é maravilhoso. Nem mesmo o apóstolo Paulo foi tão abençoado quando pregou o evangelho nessa terra. Se lermos atentamente as cartas paulinas, vemos que não foram muitos que receberam a remissão de pecados, considerando até a igreja em Roma e em Corinto. E mais, se estudarmos a história da Igreja, veremos que milhares de pessoas receberam a remissão de pecados nos dias dos apóstolos e da igreja primitiva, embora os que a receberam depois foram poucos.
Foi muito difícil para nós ter um encontro com Deus, mas não podemos esquecer que ele procurou por nós o tempo todo e somos gratos por ele ter nos encontrado. Nós temos quer ser mesmo muito gratos a Deus por ele ter nos encontrado. Eu espero que vocês sejam sempre gratos ao Senhor. Como é grande esta bênção! Embora sejam seres imperfeitos, somos os que receberam a bênção de ter encontrado o Senhor. Por mais que sejamos imperfeitos, fazemos parte da Igreja de Deus. Nós somos o povo que recebeu as bênçãos de Deus. De todas as infinitas estrelas do céu, nós somos milhares ou dezenas de milhares que foram escolhidas por Deus.
Nós não temos palavras para agradecer. Eu espero que sejamos pessoas que agradecem, se alegram, seguem o Senhor na Igreja de Deus, que é o seu corpo, sirvam a ele, levem a cabo a missão de pregar o evangelho e procurem com afinco as ovelhas perdidas do Senhor por toda a sua vida. Eu espero que você seja um irmão assim.