Sermões

Assunto 14: A Primeira Epístola de JOÃO

[Capítulo 1-1] (1 João 1:1-10) Jesus Cristo é Deus

(1 João 1:1-10)
“O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos, e as nossas mãos tocaram, isto proclamamos com respeito ao Verbo da vida (pois a vida foi manifestada, e nós a vimos, e testificamos dela, e vos anunciamos a vida eterna, que estava com o Pai, e nos foi manifestada). O que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco. E a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo. Estas coisas vos escrevemos, para a nossa alegria seja completa. Esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e nele não há treva nenhuma. Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos nas trevas, mentimos, e não praticamos a verdade. Mas se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. Se dissermos que não temos pecado nenhum, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda injustiça. Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.”
 
  
Por que o Apóstolo João falou que Jesus Cristo Era Desde o Princípio?
  
Você conhece Jesus corretamente?
Nós devemos saber e crer que Jesus é o próprio Deus.
 
Para entendermos 1 João, todos nós devemos primeiro conhecer Jesus corretamente, saber que Ele é o próprio Deus.
Todos nós devemos ficar firmes na rocha da fé que realmente conhece e crê em Jesus Cristo como Deus. Conhecer e crer em Jesus como nosso Deus e Salvador significa basicamente que reconhecemos que Ele é o Deus que nos criou. Para todos nós, Jesus Cristo é de fato o Deus Criador e nosso perfeito Salvador. E em relação a Deus Pai, Jesus é o Seu único Filho, enquanto que para nós, Ele se tornou nosso verdadeiro Salvador. É quando todos nós reconhecemos Jesus Cristo como Deus que podemos encontrar a verdadeira luz da salvação e crer nela também.
Por outro lado, se você não reconhece a Jesus Cristo como Deus, você então só encontrará confusão espiritual. Nós devemos, portanto, ficar firmes na Verdade que Jesus Cristo é verdadeiramente o próprio Deus, Aquele que nos deu a vida eterna.
Em 1 João 5:20, o Apóstolo João testifica que Jesus Cristo é o verdadeiro Deus, dizendo: “Também sabemos que o Filho já veio, e nos deu entendimento para conhecermos aquele que é verdadeiro. E estamos naquele que é verdadeiro, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.” Para todos nós, em outras palavras, é Jesus Cristo que é Deus, e é Ele que nos deu a vida eterna. Sendo assim, colocando nossa fé em Jesus como Deus e crendo nEle como Salvador, nós podemos ser purificados de todos os nossos pecados e nos tornar filhos de Deus. Nós devemos ser salvos de todos os nossos pecados conhecendo e crendo em Jesus corretamente como o Deus que nos deu a salvação através do evangelho da água e do Espírito.
 
 
A Passagem das Escrituras de 1 João Aqui está nos Dizendo de Onde Vem a Verdadeira Comunhão
  
De onde vem a verdadeira comunhão com Deus?
Esta verdadeira comunhão só se consegue quando reconhecemos que Jesus é Deus para nós e cremos no evangelho da água e do Espírito.
 
1 João 1:3 nos diz que para termos verdadeira comunhão com Jesus Cristo, o próprio Deus, devemos primeiro começar a reconhecê-Lo e crer nEle como nosso Salvador.
Segundo o entendimento divino que os Apóstolos tinham de Jesus, em outras palavras, Ele não tinha nenhuma imperfeição. E o Apóstolo João também disse em 1 João 1:6-7, “Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos nas trevas, mentimos, e não praticamos a verdade. Mas se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.”
Essa passagem nos diz que se nós realmente crermos em Jesus como nosso salvador, nós poderemos então ter uma verdadeira comunhão com Ele por crermos no evangelho da água e do Espírito que Ele nos deu. O Apóstolo João está testificando aqui que ter essa verdadeira comunhão com Deus é o mesmo que ser purificado de todos os nossos pecados por crermos que Jesus é o próprio Deus e o Filho de Deus Pai, e também por crermos que Jesus Cristo levou sobre Si os pecados do mundo através do batismo que Ele recebeu de João Batista no rio Jordão e ao derramar Seu precioso sangue na Cruz. Isso porque a verdade do evangelho da água e do Espírito, através do qual Jesus Cristo, o próprio Deus, nos salvou de todos os nossos pecados, dura para sempre.
A passagem, onde é dito, “o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo o pecado,” significa o seguinte: pelo fato de Jesus ter sido batizado por João Batista, Ele pôde levar sobre Si os pecados do mundo; sendo assim, quando Jesus foi crucificado e derramou Seu precioso sangue na Cruz isso como conseqüência se tornou o ato expiatório pelo qual Ele purificou os pecados das pessoas. Nosso Divino Senhor foi batizado por João batista para levar todos os nossos pecados, e Ele foi crucificado e derramou Seu sangue na Cruz para receber a condenação do pecado. Portanto, a passagem das Escrituras aqui nos diz que esse sangue que Jesus derramou na Cruz se tornou nossa salvação que expiou também todos os pecados e as iniqüidades dos pecadores.
Foi mesmo pelo sangue de Jesus que fomos purificados de todos os nossos pecados pela fé. Devemos crer que Jesus Cristo, o próprio Deus, veio a essa terra como o Salvador no corpo de um homem; que para apagar nossos pecados, Ele levou sobre Si os pecados do mundo ao ser batizado por João Batista, foi crucificado e derramou Seu sangue na Cruz, e ressuscitou dos mortos; e que ao fazer todas essas coisas Ele nos deu uma nova vida (Mateus 3:13-17, João 19:30). Já que Jesus Cristo realizou assim a perfeita salvação, para conhecermos esse Senhor Jesus Cristo como nosso Deus e Salvador, nós primeiro temos que entender Seu batismo e Seu sangue derramado, e ao colocarmos nossa fé neles, recebemos a remissão dos nossos pecados que nos purifica de todos eles de uma vez por todas.
1 João 1:9 testifica: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda injustiça.” Essa passagem nos diz que se confessarmos que somos um poço de pecados e que somos pecadores desde o dia do nosso nascimento (Marcos 7:21-22), e se confessarmos nossas deficiências que nos levam a pecar o tempo todo, nós podemos receber a remissão dos nossos pecados crendo no verdadeiro evangelho – pelo qual nosso Senhor já purificou todos os nossos pecados com o batismo que Ele recebeu de João Batista, e pelo qual Ele suportou a condenação do pecado ao derramar Seu sangue na Cruz. Em outras palavras, mesmo que nós sejamos como aqueles que não têm como evitar de ir para o inferno, quando admitimos que somos seres pecadores e quando cremos na Verdade que Jesus Cristo já purificou todos os nossos pecados com Seu batismo e Seu sangue na Cruz, Deus então nos purifica de todos os nossos pecados. Isso se tornou possível porque nosso Divino Senhor é o verdadeiro Deus que foi mais do que capaz de purificar todos os nossos pecados com Seu batismo e com Seu sangue derramado.
Sendo assim, devemos primeiro nos confessar ao Senhor Deus dizendo: “nós somos pessoas malignas que de fato pecam o tempo todo.” E devemos reconhecer e crer na Verdade que esse Senhor já apagou todos os nossos pecados de uma vez por todas com o batismo que Ele recebeu de João e no precioso sangue que Ele derramou na Cruz. Essa purificação perfeita do pecado foi possível porque Jesus Cristo é o verdadeiro Salvador e o verdadeiro Deus para todos nós. Nosso Divino Senhor é o Deus que tornou possível a todos nós reconhecer e conhecer a verdadeira purificação do pecado através da verdade do evangelho da água e do Espírito. Foi Jesus nosso Deus quem tornou possível para nós conhecer e crer na verdadeira remissão dos nossos pecados por meio do evangelho da água e do Espírito. Agora, tudo que nós temos que fazer é apenas reconhecer e crer que nosso Senhor purificou todos os nossos pecados de uma vez por todas com Seu batismo e com Seu sangue na Cruz. Este Divino Jesus é o verdadeiro Deus e o verdadeiro Salvador para nós.
O Apóstolo João disse em 1 João 1:10, “Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.” Nós somos um tipo de pessoas que não conseguem deixar de pecar o tempo todo. Nós precisamos entender que se dissermos a Jesus Cristo nosso Deus que não temos pecado em nossa carne, nós estaremos na verdade cometendo o pecado do desprezo e nos colocando contra a obra da salvação que Deus realizou por nós. Todavia, esses pecados que nós cometemos o tempo todo conforme continuamos vivendo estão incluídos nos pecados do mundo, e portanto, isso significa que o Senhor Deus já purificou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito que Ele nos deu. Devemos também entender que nosso Senhor nos disse isso para que aqueles que não conhecem nem crêem na verdade do evangelho da água e do Espírito não possam receber o dom da verdadeira purificação de pecados a não ser que eles creiam nessa Verdade.
Se você agora reconhece e crê realmente que Jesus é Deus e o Filho de Deus, então você poderá crer que o Senhor nos libertou a todos dos nossos pecados vindo a essa terra, sendo batizado por João Batista, e derramando Seu sangue. De fato, somente quando começamos primeiro a conhecer a Jesus nosso Deus é que se torna mais fácil para todos nós crer no evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu. Não é uma coisa muito difícil que todos creiam nesse verdadeiro evangelho, porque a Bíblia diz claramente que Jesus Cristo, o verdadeiro Deus, cumpriu essa Verdade. Se isso é algo que Jesus o verdadeiro Deus realizou, então isso deve ser algo verdadeiro e perfeito. Isso não pode ser uma mentira ou um erro, ou que Ele tenha se arrependido, porque em Números 23:19 está escrito:
Deus não é homem para que minta,
Nem filho do homem para que se arrependa.
Porventura tendo ele dito não o fará,
Ou tendo falado não o realizará?
Jesus, nosso verdadeiro Deus, salvou toda a humanidade dos seus pecados por meio do Seu batismo e do Seu sangue derramado na Cruz. Ele também ressuscitou dentre os mortos, ascendeu aos Céus para assumir sua essência original como verdadeiro Deus, e se tornar o verdadeiro Salvador para os crentes no evangelho da água e do Espírito. Na verdade, é pela fé em Jesus Cristo, o Deus que veio por meio do evangelho da água e do Espírito, que podemos ter uma fé inabalável nesse verdadeiro evangelho.
 
 
Devemos Reconhecer que Jesus, o Verdadeiro Deus, Nos Salvou com o Evangelho da Água e do Espírito
 
Se os cristãos de hoje tivessem começado sua jornada de fé a partir de uma crença e um conhecimento correto em Jesus que é o verdadeiro Deus, eles poderiam aceitar naturalmente o fato dEle ter levado sobre Si os pecados da humanidade ao ser batizado por João Batista (Mateus 3:15). Contudo, pelo fato de muitas pessoas não crerem que Jesus é o verdadeiro Deus, como resultado disso, eles ainda não receberam a graça da salvação que se cumpriu com o batismo e o sangue derramado.
Por essa razão, para você e eu termos uma verdadeira comunhão com Deus, devemos começar tendo a fé que crê em Jesus como o verdadeiro Deus. Deixe-me repetir isso mais uma vez. Se todos nós não começarmos tendo essa fé que reconhece e crê em Jesus como Deus, nossa fé se tornará algo completamente inútil. Se você tem essa fé na divindade de Jesus, então será mais fácil para você crer no evangelho da água e do Espírito. E é pela nossa fé nesse verdadeiro evangelho que nós podemos ser aperfeiçoados. Ao cremos em Jesus Cristo, o Deus que nos salvou de todos os nossos pecados, todos nós podemos ser purificados dos nossos pecados de uma por todas pela fé.
Se nós nem entendemos que Jesus é Deus, o que adianta crermos nEle como nosso Salvador? E se você não crer no evangelho da água e do Espírito dado por este Divino Jesus, de maneira alguma haverá algum beneficio para você. Mas se você tiver essa fé em Jesus como Salvador e Deus, então por crer no evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor, você poderá receber a purificação dos pecados e a vida eterna em seu coração.
Jesus Cristo, o próprio Deus, veio a essa terra para salvar você e a mim dos nossos pecados, e ao ser batizado por João Batista, ao ser crucificado e ao morrer na Cruz, e ressuscitando dentre os mortos, ele realmente nos salvou de uma maneira perfeita. Minha oração e mais sincero desejo é que todos vocês creiam neste Jesus Cristo que sendo Filho de Deus e o próprio Deus permitiu a vocês serem salvos de todos os seus pecados.
O problema, no entanto, é que muitos cristãos hoje não conhecem a Jesus corretamente. Os falsos mestres do Cristianismo confundiram a Verdade espiritual desde os tempos da Igreja Primitiva (Atos 15:24), porque eles não conheciam o evangelho da água e do Espírito. Para livrar dos seus pecados aqueles cuja fé está como um carretel de linha todo embaraçado e que crêem em Jesus Cristo como seu Deus apenas vagamente, nós temos que crer em Jesus o verdadeiro Deus como nosso Salvador ainda mais fervorosamente. Sendo assim, nós temos o dever de testemunhar da verdade do evangelho da água e do Espírito a todas as pessoas. Você e eu agora sabemos e cremos que Jesus Cristo nosso Deus é o Criador que fez o universo e todas as coisas que nele há, e que Ele é o verdadeiro salvador.
 
 
Jesus o Verdadeiro Deus é o Criador que Fez os Céus e a Terra, e o Senhor do Universo
 
Em Gênesis 1:1-3, está escrito: “No princípio criou Deus os céus e a terra. A terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o espírito de Deus pairava sobre a face das águas. E disse Deus: haja luz, e houve luz.” Este mesmo Deus que disse aqui, “haja luz,” não é outro senão Jesus Cristo.
Vamos voltar para João 1:1-3: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Todas as coisas foram feitas por meio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez.” Essa passagem nos fala que no começo, Deus criou a universo com a Palavra. Assim Deus criou todas as coisas, e se alguém perguntar quem Ele é, a resposta é que Ele é Jesus Cristo, o próprio Deus.
João 1:10 também diz: “Estava no mundo, o mundo foi feito por meio dele mas o mundo não o conheceu.” O pronome “Ele” usado aqui se refere a Jesus Cristo, o único Deus. Jesus veio a essa terra no corpo de um homem para salvar os pecadores.
Jesus Cristo é Aquele que criou o universo e todas as coisas que nele há. Em outras palavras, Ele é o próprio Deus. Jesus Cristo é o Deus que nos livrou de todos os nossos pecados e da morte ao vir a essa terra no corpo de um homem, sendo batizado por João Batista, levando sobre Si os pecados do mundo e sendo crucificado, e ressuscitando dos mortos. Este Divino Jesus é o Filho de Deus, e Ele se tornou o Messias, nosso Salvador. Foi por Jesus Cristo, o verdadeiro Deus, que este mundo foi criado.
Por isso, como cremos em Jesus Cristo, o verdadeiro Deus, embora nós nunca tenhamos visto a Deus com nossos próprios olhos, ainda assim nós podemos encontrá-Lo através de Jesus Cristo (João 1:18). Deus Pai enviou seu único Filho a essa terra no corpo de um homem, e através de Jesus, o Filho de Deus, Ele nos permitiu descobrir quem é o Salvador. É a partir do conhecimento de que – “Jesus é Deus” – que nossa caminhada de fé deve começar. Nossa caminhada só pode começar então a partir da fé que conhece a Verdade da salvação. Todos nós devemos conhecer a Verdade que Jesus Cristo, o próprio Deus, veio a essa terra e nos salvou de todos os nossos pecados do mundo com a verdade do evangelho da água e do Espírito.
Devemos ter esse conhecimento e a fé que o Divino Jesus é o próprio Deus. É Ele que é Deus, é Ele que é o Criador que fez o universo, que veio a essa terra como nosso Salvador e nos salvou dos pecados do mundo. O próprio Deus, em outras palavras, veio a este mundo no corpo de um homem, levou sobre Si os pecados do mundo ao ser batizado, foi crucificado e derramou Seu sangue até a morte, ressuscitou dentre os mortos, e assim nos salvou dos pecados do mundo de uma vez por todas. O que você precisa entender aqui é o quanto Jesus se sacrificou para te salvar dos pecados do mundo. Mesmo Jesus sendo Deus, Ele teve que se tornar uma criatura para nos livrar dos nossos pecados e fazer de nós povo de Deus. Ele teve que levar sobre Si os pecados de todos ao ser batizado por João Batista, e teve que se sacrificar derramando o sangue da Sua própria carne na Cruz. Ao ressuscitar dentre os mortos, Ele concedeu Sua misericórdia a todos aqueles que crêem nessa verdade que Ele os tornou filhos de Deus. É por crermos em Jesus, o verdadeiro Deus, que nós, que cremos no Seu batismo e no Seu sacrifício na Cruz, recebemos o verdadeiro poder da salvação. É assim que todos os seres humanos que crêem em Jesus, o verdadeiro Deus, agora podem ser salvos de forma perfeita por meio da verdade do evangelho da água e do Espírito.
Nosso senhor é, em outras palavras, o Deus que veio para nos libertar dos pecados deste mundo. Por outro lado, contudo, todos os grandes homens do mundo e os fundadores das religiões que vieram e se foram deste mundo não passam de meras criaturas. Mas o divino Jesus é realmente o próprio Deus. É Jesus que é nosso Deus e nosso criador também, e nós somos Sua criação. Todos os seres humanos são criaturas feitas por Jesus Cristo. Foi porque Jesus Cristo, o verdadeiro Deus, criou os céus e a terra é que tudo existe. Foi porque esse divino Jesus disse, “haja luz,” é que essa luz ainda existe neste mundo. Foi por isso que Paulo disse que o mais importante é a excelência do conhecimento de Jesus Cristo (Filipenses 3:8).
 
  
Começando com a Fé que Jesus é Deus, Devemos Procurar Entender a Palavra da Bíblia
 
Quando nós conhecemos e cremos em Jesus Cristo, o próprio Deus, não há nada difícil sobre a Verdade do evangelho da água do Espírito. O Apóstolo João nos diz que Jesus Cristo, o verdadeiro Deus, salvou os crentes nEle dos pecados do mundo. Se nós cremos nEle como Deus onisciente, não tem como não confessarmos diante dEle que somos seres fracos e deficientes – em outras palavras, que nós somos as sementes do pecado – e passarmos a aceitar o evangelho da água do Espírito. Entretanto, se acharmos que somos crentes em Jesus mesmo não reconhecendo que Ele é Deus nem crendo na verdade do evangelho da água do Espírito, nós acabaremos enganando a nós mesmos e a Deus, e para sempre seremos incapazes de receber a graça da salvação.
Jesus Cristo, o Deus Todo Poderoso, nos salvou dos pecados do mundo com o evangelho da água do Espírito. Devemos reconhecer e crer que para nos salvar dos pecados do mundo, Jesus Cristo, o verdadeiro Deus, veio até nós por meio do evangelho da água do Espírito. Ele nos deu o evangelho da água do Espírito, e Ele tornou possível a todos aqueles que crêem nessa verdade da salvação ter uma verdadeira comunhão com Deus.
Portanto, cada cristão deve reconhecer esse verdadeiro Deus que é Jesus como Salvador e crer dessa maneira.
Aqueles que não crêem em Jesus como Deus são incapazes de entender a Palavra do evangelho da água do Espírito escrita nas Escrituras. Mesmo que esteja escrito nitidamente na Bíblia que Jesus Cristo, o próprio Deus, apagou todos os pecados com o evangelho da água do Espírito, ainda assim eles não reconhecem essa obra de Deus. Porque eles não reconhecem Jesus Cristo como seu Deus e Salvador é que eles não reconhecem toda a Palavra de verdade escrita na Bíblia. Você agora crê em Jesus Cristo como verdadeiro Deus, e como seu Senhor?
Se Jesus é nosso Deus, então Ele também é Deus para toda a humanidade. Também deve ser verdade então que Jesus nos salvou vindo a essa terra, sendo batizado, morrendo na Cruz, e ressuscitando dentre os mortos. Mesmo que Satanás tenha cegado e confundido o entendimento que as pessoas têm de Deus, a Verdade do evangelho é, na verdade, muito simples de acreditar.
Nós precisamos dizer as outras pessoas que elas devem crer em Jesus como Deus. Mesmo quando nós conversamos com muitos cristãos, descobrimos que enquanto eles acreditam que Jesus é o Filho de Deus, muitos deles não reconhecem nem acreditam que Ele é o próprio Deus. É sobre isso que o Apóstolo João está falando. Todos aqueles que não acreditam que Jesus é o próprio Deus fracassaram na sua fé.
A razão pela qual eu estou dizendo isso repetidamente é porque as pessoas no mundo inteiro não conhecem a Verdade do evangelho da água do Espírito, que é a verdade da salvação que Jesus, o próprio Deus, nos deu. Nosso dever na terra é conhecer o verdadeiro Deus e pregar Sua salvação, que Deus redimiu todos os pecados deste mundo com o verdadeiro evangelho da água do Espírito. O que poderia ser mais gratificante do que isso?
Meus amados irmãos, por favor, orem por mim e pelos nossos cooperadores também. Quando aqueles de nós que crêem no evangelho da água do Espírito oram, o Divino Jesus Cristo e Deus Pai nos ouve, porque Jesus Cristo nos salvou e se tornou nosso Deus Salvador, e Ele é o Filho unigênito de Deus Pai. Jesus Cristo nosso Deus ouve as nossas orações e nos responde. Eu peço a vocês que orem agora para que Deus venha salvar as pessoas do mundo todo. E eu desejo que todos vocês orem a Deus colocando sua fé em Jesus, o Deus Todo Poderoso.
Deixe-me reiterar mais uma vez aqui minha exortação a você. Creia que Jesus Cristo é o verdadeiro Salvador e Deus. Daqui por diante, Jesus Cristo, o próprio Deus, te protegerá de todo o perigo. Todavia, se você não crer em Jesus como verdadeiro Deus, Ele não poderá então guiar sua fé pelo caminho certo.
Satanás está tentando corromper sua fé. E isso hoje em dia está ficando cada vez pior. Você então deve crer com mais firmeza ainda que Jesus é Deus, e que Ele veio a essa terra por meio do evangelho da água do Espírito. O que você deve conhecer é a Verdade de que Jesus Cristo é Deus, que Ele veio a essa terra no corpo de um homem para nos libertar dos pecados do mundo, e que Ele nos salvou através do Seu batismo e do Seu sangue na Cruz – é nisso que você deve crer. Eu desejo e oro para que todos vocês reconheçam e creiam em Jesus Cristo na Verdade da água do Espírito.
Nós também devemos entender que se perdermos essa fé no verdadeiro Deus que é Jesus como nosso salvador, nós não seremos nada para Deus. Satanás vai tentar insistentemente corromper nossa fé em Jesus, nosso Deus, e no evangelho da água do Espírito. Mas essa é a própria razão pela qual devemos nos apegar à Verdade do evangelho da água do Espírito que nós cremos ainda mais firmemente.
A imensa onda do ateísmo está inundando o mundo inteiro. Depois que Friedrich W. Nietzsche ousou dizer: “Deus está morto,” as pessoas deste mundo estão publicamente desafiando a Deus, dizendo: “onde está o Deus vivo?” Agindo juntos, eles tentam se colocar contra Deus para ofuscar aqueles que crêem nEle.
No entanto, nós, os crentes fiéis, temos que nadar contra essa corrente ficando firmes na nossa fé em Jesus, o verdadeiro Deus. Seria mesmo uma tragédia se nós fracassássemos em guardar nossa fé. Somente quando crermos que o divino Jesus é o nosso Deus é que realmente creremos nEle; caso contrário, nós não creremos em nada.
Quanto mais o tempo passa, este mundo fica cada vez pior. Mas por crermos em Jesus como nosso Deus, nós ainda estamos pregando o evangelho da água do Espírito em todo o mundo. Eu tenho certeza que Jesus, o verdadeiro Deus, irá nos proteger de todos os espíritos malignos enquanto nós tivermos fé na Sua divindade e no evangelho da água do Espírito.
Eu dedico toda minha gratidão a Deus.