Sermões

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 1-6] (Gênesis 1:6-8) As Águas Acima do Firmamento e Debaixo Dele

(Gênesis 1:6-8)
“E disse Deus: Haja um firmamento no meio das águas, e haja separação entre águas e águas. Fez Deus o firmamento, e fez separação entre as águas que estavam debaixo do firmamento e as águas que estavam por cima do firmamento. E assim foi. Chamou Deus ao firmamento céu. E houve tarde e manhã - o segundo dia”.
 
 
No primeiro dia da criação, a obra que Deus fez foi salvar almas. Em outras palavras, no primeiro dia Deus tornou justos os pecadores e os separou uns dos outros. No Segundo dia da criação dos céus e da terra, Deus separou as águas que estavam acima do firmamento das águas que estavam embaixo dele. Melhor dizendo, isso significa que Ele separou Sua Palavra das palavras de Satanás.
 
 
As Águas Acima do Firmamento e as Águas que Estão Abaixo Dele
 
O sentido espiritual de “água” na Bíblia se refere à “Palavra de Deus”, assim como ao “batismo” que Jesus recebeu de João Batista, pelo qual Ele aceitou os pecados do homem. Na terra, há aqueles que pregam a Palavra de Deus e também aqueles que pregam as palavras de Satanás. Foi por isso que Deus separou as águas da terra entre aquelas que estão acima do firmamento e as que estão abaixo dele. Deus está dizendo por meio de tudo que Ele fez no terceiro dia da criação: “Há neste mundo aqueles que vivem se alimentando da Minha Palavra pela fé, e outros que vivem se alimentando das palavras de Satanás e as anunciando”. Então, é muito importante sabermos discernir se aqueles que estão pregando a Palavra de Deus são realmente servos Dele ou servos de Satanás.
Toda boa dádiva e todo dom perfeito é lá do alto, descendo do Pai das luzes (Tiago 1:17). Por outro lado, todo tipo de maldade vem do coração humano. Sendo assim, quando a luz de Deus brilha, as verdadeiras cores do pecado são reveladas. As águas abaixo do firmamento – isto é, as águas da terra – se referem às palavras da terra. É por isso que as águas acima do firmamento foram separadas das águas abaixo dele.
As águas dessa terra são basicamente diferentes das águas acima do firmamento. Em outras palavras, Deus está dizendo que toda palavra que saí do coração do homem são as águas abaixo do firmamento, enquanto que a Palavra da Verdade que Ele nos falou são as águas acima do firmamento.
Há falsos profetas nessa terra, mas, ao mesmo tempo, há também os servos de Deus, os verdadeiros profetas. Os falsos profetas são aqueles que dizem tudo que saí do seu coração, sem nem mesmo olhar na Palavra de Deus. Nos dias do Antigo Testamento também, falsos profetas profetizavam tudo que vinha à sua mente. Então, espiritualmente falando, seus ensinos são as palavras da terra, ou seja, as palavras de Satanás.
Sendo assim, as palavras de Satanás ainda trabalham no coração das pessoas. Portanto, quando olhamos para estes que são usados pelo diabo, nós os vemos dizendo aos pecadores para receber o Espírito Santo independente da Palavra de Deus, ou para falar em línguas, o que nada mais é do que balbuciar as palavras que vêm da sua própria mente. Quando ouvimos com muita atenção ao que eles dizem, nós podemos ver que isso não passa de uma voz carnal que vem das suas próprias emoções e pensamentos. É uma bagunça completa. É algo tão impuro que nem dá para continuar ouvindo.
Quando ouvimos o que é dito nos cultos de avivamento nos retiros de oração, nós que somos nascidos de novo podemos entender na hora se o pregador está falando da Palavra de Deus com a Bíblia aberta ou apenas falando o que vem à sua mente. Muitos pregadores como estes só falam o que é irrelevante à Bíblia. Por exemplo, quando dizem à igreja para que ela receba o Espírito Santo, eles usam o microfone para criar um tipo de efeito sonoro e gritam: “Recebam fogo!” Usando um grupo de louvor, eles despertam a emoção das pessoas e as levam a uma hipnose coletiva. Mas as pessoas realmente recebem o Espírito Santo dessa maneira?
Deus diz na Bíblia: “Recebam a remissão dos seus pecados e assim vocês receberão o dom do Espírito Santo” (Atos 2:38). No entanto, quando ouvimos as palavras dos servos de Satanás, eles dizem que é possível receber a remissão de pecados e não receber o Espírito Santo. Eles dizem: “Todos vocês que crêem em Jesus Cristo são santos. Mas, de agora em diante, você tem que receber o Espírito Santo para ser cheio”.
Mas é preciso receber o Espírito Santo mesmo depois de já ter nascido de novo? Isso não passa de palavras de mentirosos. Seus ensinamentos não são as palavras que estão acima do firmamento, mas as palavras que estão embaixo dele, ou seja, palavras que vêm da terra. Melhor dizendo, eles dizem o que Deus nunca disse, inventando tudo por eles mesmos.
As palavras de Satanás são assim. Quando alguém diz algo que é diferente do que diz a Bíblia, tudo isso são palavras de Satanás. Essa é a natureza das palavras de Satanás: o que ele diz nitidamente não é a Palavra de Deus, mas ele afirma que suas palavras é a Palavra de Deus. A natureza das palavras de Satanás não é nada mais do que isso. É o mesmo que fingir pregar a Palavra de Deus, só para no final enganar as pessoas.
Aqueles que pregam a Palavra de Deus têm que fazer isso baseados no que está escrito nas Escrituras. Os servos de Deus são aqueles que pregam exatamente o que a Bíblia diz. Por outro lado, os servos de Satanás dizem o que vem à sua mente independente do que diz a Bíblia, levando à destruição várias pessoas assim. As palavras de Satanás trabalham naqueles que não nasceram de novo. E elas também trabalham naqueles cuja fé ainda é imatura, apesar de eles crerem no evangelho da água e do Espírito.
Como é que as palavras de Satanás chegam até as pessoas então? Como eu disse antes, as palavras de Satanás trabalham naqueles que não nasceram de novo. Os que não nasceram de novo são os mais adequados para serem usados por Satanás. Assim, Satanás faz com que eles sejam devotados, muda o seu coração e faz com que eles trabalhem duro, como se todos eles estivem realmente trabalhando em prol da Verdade, quando, na verdade, eles só estão anunciando mentiras. Satanás faz com que as pessoas creiam nas mentiras dos falsos profetas como se elas fossem a Verdade. É através dessas pessoas que ainda não nasceram de novo que Satanás trabalha. Ele trabalha por meio delas para que, ao invés de seguirem a Verdade, elas sigam a mentira.
É por isso que quando alguém leva sua vida de fé tendo um pastor que ainda não nasceu de novo, ele acaba se tornando um servo de Satanás. E se este pastor não crê no evangelho da água e do Espírito, e por isso ainda não nasceu de novo, por mais que ele creia que está agindo de modo correto, todo o seu ministério no fim não passará de obra de Satanás. Por isso, este pastor primeiro tem que nascer de novo crendo no evangelho da água e do Espírito.
 
 
A Obra de Satanás Se Manifesta Não pela Fé na Verdade, Mas pela Devoção ao Homem
 
Para falar a verdade, há muitos pastores neste mundo que estão fazendo a obra de Satanás sem nem mesmo perceber. E eles estão fazendo uma obra muito falsa por serem servos de Satanás. Apesar de essa obra de Satanás poder curar doenças e expulsar demônios, eles continuam pecadores, porque os seus seguidores ainda têm pecado no coração. E seu próximo passo nessa obra é fazer com que os membros de sua igreja se tornem crentes legalistas, levando-os a fazer tudo para guardar a Lei.
Antes de o apóstolo Paulo ter um encontro com Jesus no caminho de Damasco, ele se dedicava totalmente à Lei. Como os fariseus e saduceus, ele era extremamente devotado. E sua devoção o levou a perseguir e a matar os cristãos. Antes de o apóstolo Paulo nascer de novo, quando ele ainda era jovem, ele segurou a roupa das pessoas que apedrejaram o servo de Deus Estevão até a morte. Foi ele quem disse: “Eu vou guardar suas roupas; vão em frente e podem apedrejá-lo à vontade”. Naquela época, uma devoção assim era encontrada nas igrejas e casas onde Satanás operava. Deus faz Seus servos trabalharem em silêncio. Satanás, ao contrário, usa seus servos para fazer sua obra com todo tipo de clamor, incitando seu desejo de glória.
Tornar as pessoas zelosas é uma das características da obra de Satanás. Quando nós olhamos para as pessoas usadas por Satanás, vemos como todos elas trabalham com muito zelo. Elas vão ao culto matinal 70 dias direto e aos cultos de oração 40 dias direto também, fazem campanha dia e noite para ler a Bíblia toda em uma semana, e estão em constante luta para que possam fazer a obra, pois ela exige demais delas. Sua vida de fé se resume ao tema de uma campanha, uma após a outra, de lutarem para fazer algo por si mesmas. Mas tudo que nós temos a fazer é apenas orar a Deus colocando nossa fé na Sua justiça, confiando nele de todo o coração. Nós precisamos jejuar por 40 dias para agradar a Deus? É claro que não!
Entretanto, por sermos pessoas que crêem na Verdade e a buscamos, e por elas não confiarem na Palavra de Deus, elas vivem buscando algo especial. Elas pensam que se tiverem zelo em sua carne, Deus acabará as abençoando. Elas procuram ser muito zelosas, mas nós os crentes no evangelho da água e do Espírito não devemos ter o zelo dessas pessoas que ainda não nasceram de novo.
Antes de conhecer o evangelho da água e do Espírito e crer nele, eu também era zeloso demais. Eu costumava reunir os jovens para limparmos a igreja por dentro e por fora, saía com eles para evangelizar, e à noite me reunia com eles novamente para ensaiarmos no coral. Aqueles que ainda não nasceram de novo são tão zelosos que é muito importante considerarmos sua devoção errada aqui.
Só porque um cristão é dedicado, isso não significa que ele está necessariamente fazendo a vontade de Deus. Em outras palavras, quando levamos uma vida de fé, primeiro temos que ter um entendimento correto do que é a Verdade do evangelho da água e do Espírito, e o que é uma vida que agrada a Deus. Para nós, confiar na Palavra de Deus, buscar sua orientação e nos achegar a Deus é o mesmo que fazer Sua vontade. Buscar a Verdade é o mesmo que marchar confiando na justiça de Deus; não é algo que alcançamos com nossa devoção humana.
Gênesis 1:2 diz que “o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas”. Isso significa que o Espírito de Deus trabalha com a Palavra de Deus. Tudo que temos a fazer é entender o que a Palavra de Deus diz e seguir isso. Deus trabalha na nossa vida quando nós buscamos Seu conselho, confiamos Nele e O seguimos, mas a devoção do homem, ao contrário, é como uma maratona sem linha de chegada. Por mais que alguém continue se dedicando, isso não tem fim. É algo muito extenuante ficar tentando cada vez mais se tornar um crente dedicado, pois essa é uma luta infindável.
O motivo da devoção do homem também é satisfazer seus próprios desejos. Se alguém parar de pedalar a bicicleta ele vai cair; do mesmo modo, a piedade do homem requer que ele a busque constantemente. Este zelo atormenta e deixa as pessoas exaustas. Mas Satanás as incentiva a ser zelosas e depois acaba levando-as para o inferno. É por isso que muita gente segue as palavras de Satanás tendo mais zelo por elas do que pela Palavra de Deus.
O zelo de uma pessoa não a liberta, mas só faz com que ela fique mais cansada. Deus nos diz: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. Por outro lado, Satanás diz às pessoas: “Vocês precisam entender melhor a Palavra de Deus; vocês precisam realmente ser piedosos”. O conceito de Satanás é que, se formos totalmente piedosos perante Deus, Ele vai ser tocado assim como a “sinceridade move os Céus”. É por causa disso que as pessoas pensam assim: “Apesar de ser pecador, se eu orar fervorosamente Deus vai me ouvir”. Mas pensar assim é um grande erro.
O que podemos receber realmente se orarmos a Deus com zelo? Nós não podemos dar ênfase somente a nossa devoção. Isso é algo diabólico. Ao invés de vivermos segundo o nosso próprio zelo, devemos procurar entender a vontade de Deus e viver segundo a Sua vontade.
Porém, os servos de Satanás nos incitam para que tenhamos zelo pela obra dessa terra. E depois de nos elogiar pela nossa devoção, eles tentam nos fazer totalmente ignorantes, levando-nos para o inferno como se não fôssemos nada. É por isso que Deus diz em 1 Timóteo 3:6-7: “Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; que aprendem sempre, mas nunca podem chegar ao conhecimento da verdade”.
Em outras palavras, Satanás tenta nos levar à ignorância. Ele tenta nos confundir. Deus diz que Satanás torna as pessoas ignorantes para que elas continuem totalmente cegas, fazendo com que elas estejam sempre aprendendo, mas nunca cheguem ao conhecimento da Verdade. Satanás faz com que elas sejam ignorantes e teimosas, e essa ignorância e teimosia as impedem de alcançar o conhecimento da Verdade. É uma estratégia de Satanás tornar as pessoas ignorantes.
Muitos cristãos são muito zelosos no que se refere a dar testemunho e pregar para que os outros creiam em Jesus Cristo. Mas os servos de Satanás também são muito dedicados quando se esforçam para converter os outros, pois seu zelo é muito grande e eles seduzem aqueles que são fracos. Melhor dizendo, Satanás diz que as pessoas vão prosperar se crerem em Jesus Cristo, serão curadas das suas enfermidades e terão sucesso em seus negócios. E ao fazer essas afirmações, Ele desperta seus desejos e luxúria conforme sua estratégia. Mas isso nada mais é do que resultado da ignorância das pessoas. É por isso que a Palavra de Deus diz que o zelo dos ignorantes jamais poderá conhecer a Verdade. Ela diz que mesmo aqueles que se opõem à justiça de Deus estão sempre aprendendo, mas que eles não alcançarão o conhecimento da Verdade. Melhor dizendo, por mais que aprendam com os servos de Satanás, os ignorantes que não nasceram de novo não podem conhecer a Verdade. Eles podem até ensinar os outros todos os dias, mas os seus seguidores continuarão pecadores mesmo depois que os seus ensinamentos acabarem, assim como eram pecadores quando começaram a ser ensinados.
O Senhor diz em João 8:32: “Então conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Portanto, Deus está nos dizendo que devemos conhecer a verdade. Contudo, enquanto Deus nos diz para conhecermos a verdade, Satanás, por outro lado, nos diz para sermos zelosos.
O que é a justiça de Deus? É a Verdade. O que é a grande Verdade? A grande Verdade é a Palavra do evangelho da água e do Espírito que salva a vida das pessoas. Deste modo, quando alguém conhecer o evangelho da água e do Espírito, ele pode receber a vida eterna. Satanás, ao contrário, impede as pessoas de receber a vida eterna levando-as à ignorância. Ele procura aprisioná-las como pecadoras até o fim, para que elas também sejam castigadas para sempre. É por essa razão que os servos de Satanás continuam pregando palavras de ignorância, para impedir que as pessoas não tenham conhecimento da justiça de Deus.
A fé satânica age assim: “Tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder” (2 Timóteo 3:5). O poder da piedade se refere ao evangelho de poder pelo qual alguém pode se tornar justo crendo na justiça de Deus. Portanto, o que Satanás faz é com que as pessoas não creiam na justiça de Deus, mas na sua própria justiça, enquanto fingem crer na justiça de Deus. Os que são de Satanás podem até fingir que crêem na justiça de Deus, mas pela fé eles não podem receber o verdadeiro poder da piedade. O diabo tenta impedir que conheçamos a Verdade pela qual Deus apagou todos os nossos pecados. Ele tenta nos impedir de entender que agora estamos totalmente sem pecado. Tudo que Satanás faz é levar as pessoas a terem aparência de piedade, como se elas cressem em Jesus Cristo. É isso que ele faz, faz com que as pessoas creiam em Jesus Cristo mas sem um entendimento correto, e as impede de receber a remissão de seus pecados.
Em outras palavras, Satanás encoraja as pessoas a ter zelo, fazendo como que seja impossível elas conhecerem a Verdade. Ao fazer isso, ele leva muitos cristãos à ignorância para que no fim eles morram em sua própria fraqueza. A obra de Satanás é essa, se assegurar de que as pessoas continuarão com todos os seus pecados no coração, apesar de crerem em Jesus Cristo. E o mais trágico é que estes ensinamentos de Satanás estão se propalando no Cristianismo hoje em dia.
 
 
Nós Temos Separar a Verdade do que é Falso Segundo a Palavra de Deus
 
O que Deus fez no segundo dia da criação foi separar o firmamento segundo Sua Palavra. Deus ordenou que as águas que estavam acima do firmamento fossem separadas as águas que estavam embaixo dele; e tudo que Deus diz se cumpre conforme Ele diz. Vamos pensar aqui então o que significa essa “divisão” segundo a Palavra de Deus.
Deus separou Sua Palavra das palavras de Satanás. Qual foi o critério que Deus usou para separar a Verdade do que é falso? Como Ele mesmo disso em Gênesis 1:2 que o “o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas”, Ele pôde dividir com Sua Palavra os que nasceram de novo dos que não nasceram de novo.
Quando refletimos sobre algum ensinamento da Palavra de Deus, e vemos que segundo a Palavra ele não está correto, nós podemos concluir então que isso são palavras de Satanás. Em outras palavras, por ouvirmos, crermos e guardarmos em nosso coração a Palavra da justiça de Deus, quando refletimos no que as pessoas nos dizem baseados na Palavra de Deus, se elas não estiverem corretas, podemos dizer que são palavras de Satanás. Por outro lado, se elas estiverem corretas quando refletimos sobre elas segundo a Palavra de Deus, elas então são a Palavra da Verdade que manifestam a justiça de Deus.
Em outras palavras, todos os ensinamentos que os justos tiverem podem ser divididos entre a Palavra que está acima do firmamento e a palavra que está abaixo dele. Os ensinamentos que vêm dos lábios dos pregadores também são a Palavra de Deus ou as palavras de Satanás. Mas se estes ensinamentos não estiverem em total acordo com a Palavra da justiça de Deus, nós temos que rejeitá-los então, por mais sutis e sistemáticos que eles sejam, por mais famoso e com autoridade seja quem está passando estes ensinamentos. Palavras que não contém a justiça de Deus podem ser definidas como palavras de Satanás, não a Palavra de Deus; e nós temos que nos afastar delas, por mais que elas estejam sendo pregadas como a Palavra de Deus em uma respeitável denominação.
O padrão que usamos para separar um certo ensinamento da Palavra que está acima do firmamento e da palavra abaixo dele é a Palavra de Justiça de Deus. Quando as pessoas deste mundo ouvem alguém falar, elas não a julgam baseadas na vara de medir da Palavra de Deus, mas olhando somente para o que ela contém, tipo poder, riqueza, fama ou conhecimento. No entanto, baseado nesse tipo de padrão, não é possível separar a Palavra que está acima do firmamento da palavra que está abaixo dele – ou seja, a Palavra de Deus das palavras de Satanás. Quando ouvimos as palavras de alguém, se abrirmos a Bíblia, que é a Palavra de Deus, e as ouvirmos baseados nessa Palavra, nós certamente distinguiremos as palavras de Satanás da Palavra de Deus.
Portanto, nós temos que deixar de lado o padrão do mundo, e com base na Palavra de Deus – isto é, a Bíblia – nós devemos separar a Palavra que está acima do firmamento das que estão abaixo dele no mundo. Você também tem que se libertar dessa confusão através da Palavra da Verdade.
 
 
As Doutrinas Enganosas Criadas por Satanás
 
Algumas pessoas dizem que é possível alguém ser salvo somente se santificando depois de aceitar a Jesus Cristo. No Cristianismo, essa doutrina é conhecida como a Doutrina da Santificação Contínua. Na Verdade, junto com a Doutrina da Justificação, este é um dos mais ortodoxos ensinamentos que foram oficialmente ratificados pelas chamadas correntes do Cristianismo. Todavia, ele não tem um fundamento bíblico que vem da Palavra da Verdade.
Os argumentos criados pelos que defendem essa doutrina tão infundada são os seguintes. Antes de tudo, eles também citam a Palavra: “Sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Pois os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, a estes também chamou; aos que chamou, a estes também justificou; aos que justificou, a estes também glorificou” (Romanos 8:28-30). Com base nesta passagem, eles inventaram a Doutrina da Santificação e falam dela como sendo “os sete passos para a maturidade espiritual”. Referindo-se ao versículo 29 da passagem acima – pois os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos – eles dizem que quando os cristãos ficam mais velhos, eles são santificados na carne conforme se tornam mais parecidos com Jesus Cristo.
Mas não é isso que a passagem quer dizer. Quando a Bíblia diz que Deus nos fez à imagem de Seu filho, isso não significa que temos que ter a aparência do Senhor. Deus nos predestinou e nos chamou para nos dar a Palavra do evangelho da água e do Espírito e nos fazer crer nele de coração, para que tivéssemos a imagem do Filho de Deus pela fé de uma vez por todas.
O Espírito Santo habita agora no coração de todo aquele que recebeu a remissão dos seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. É no coração dos justos que o Espírito Santo habita. Assim, aqueles em cujo coração o Espírito Santo habita é que são à imagem do Filho de Deus. Foi assim que Deus nos predestinou e nos chamou em Jesus Cristo, para que recebêssemos a remissão dos nossos pecados de uma vez por todas.
Por isso, aqueles que receberam a remissão de seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, e onde o Espírito Santo habita, são filhos de Deus; mas aqueles que não têm o Espírito Santo não são filhos de Deus. Apesar disso, muitos entendem de forma errada a passagem de Romanos 9:28-30 e, como conseqüência, passaram a crer e a afirmar que alguém pode ser santificado depois de aceitar Jesus Cristo para que seja totalmente salvo. A doutrina da santificação leva as pessoas a ter seu foco em seus atributos carnais, dizendo que nós temos que ser mansos e humildes como o próprio Jesus Cristo. Então, citando a passagem de Romanos, os que não nasceram de novo descrevem os sete passos da santificação.
Romanos 8:30 diz: “E aos que predestinou, a estes também chamou; aos que chamou, a estes também justificou; aos que justificou, a estes também glorificou”. Baseados nesse texto, alguns também defendem a doutrina da predestinação. Todavia, o verdadeiro significa dessa passagem é totalmente diferente da doutrina da predestinação, que não passa de algo criado pelo homem. O fato de Deus ter chamado aqueles que predestinou significa que Ele elegeu toda população do mundo em Jesus Cristo. Quando Adão pecou, Deus sacrificou um animal e o vestiu com sua pele; do mesmo modo, Deus decidiu que nós seríamos completamente remidos de todos os nossos pecados em Jesus Cristo, o descendente da mulher e nossa oferta para o sacrifício. Portanto, a frase “e aos que predestinou” se refere a Jesus Cristo e aos pecadores, descendentes de Adão – ou seja, todos que recebem a remissão dos seus pecados crendo em Jesus Cristo.
Então, quando a Bíblia diz: “E aos que predestinou, a estes também chamou; aos que chamou, a estes também justificou; aos que justificou, a estes também glorificou”, isso quer dizer que nosso Deus predestinou todos os pecadores deste mundo para serem chamados em Jesus Cristo a fim de que recebessem Dele a remissão de seus pecados. E Deus chamou aqueles que receberam a remissão de seus pecados como justos, e fez deles Seus próprios filhos vestindo-os de toda glória de Jesus Cristo. Tudo isso fazia parte do plano de Deus de tornar os pecadores Seus filhos. Esta é a Lei de Deus.
Quando a Bíblia diz: “E aos que predestinou, a estes também chamou; aos que chamou, a estes também justificou; aos que justificou”, isso quer dizer que Deus chamou o homem e apagou totalmente os seus pecados em Jesus Cristo. Ele nos tornou completamente justos. E aos que chamou, Ele também santificou. Você entende isso agora? Tudo isso aconteceu ao mesmo tempo e de uma vez por todas.
Do ponto de vista de Deus, isto exigia um plano elaborado e de longo prazo para ser implementado, porém quando nós aceitamos o que Jesus Cristo fez por nós, nós recebemos todas as bênçãos na mesma hora: Deus chamou a nós pecadores. E já que Ele nos chamou, Jesus Cristo apagou todos os nossos pecados. Já que recebemos a remissão dos nossos pecados, nós nos tornamos justos, nos tornamos filhos de Deus. Foi assim que fomos glorificados. O fato de nós termos sido glorificados significa que, já que Deus deu aos pecadores o Espírito Santo e Sua imagem, os pecadores agora se tornaram nada mais do que filhos de Deus. Se tornar filho de Deus é a própria glória de estar com Ele através de Jesus Cristo.
Tudo isso aconteceu num instante. E já que isso aconteceu assim, afirmar que alguém alcança a salvação através dos sete passos da santificação é o mesmo que usar palavras de Satanás. Os que crêem nessa doutrina insistem que se alguém crê em Jesus Cristo e anda corretamente pelo caminho da santificação enquanto está neste mundo, ele de repente será transformado e será santo como Deus quando morrer. Esta nada mais é do que uma idéia da mente humana e palavras de Satanás. As palavras de Satanás só trazem confusão e tornam as pessoas ignorantes.
Deus nos chamou com um plano em Jesus Cristo, e aos que atenderam a este Seu chamado Ele os tornou justos de uma vez por todas e os santificou a todos através do evangelho da água e do Espírito. Deus nos glorificou para que pudéssemos nos tornar Seus filhos crendo na Sua justiça. Nada mais do que isso é a obra da salvação e santificação realizada por Deus de uma vez por todas. Portanto, não é pelo seu próprio esforço que o homem se torna santo.
Amados irmãos, as pessoas têm mesmo que buscar ser mais santas depois de receber a remissão de pecados? Não, elas não podem se tornar mais santas. Apesar de o nosso coração já ter sido santificado pela justiça de Deus, nossa carne continuará sendo imperfeita até quando nós morrermos. Foi por isso que o apóstolo Pedro disse que só porque temos a certeza da salvação crendo no batismo de Jesus Cristo, isso não quer dizer que a impureza da nossa carne desapareceu, mas que temos que nos vestir da justiça de Deus pela fé e procurar fazer Sua vontade de agora em diante (1 Pedro 3:21).
Sendo assim, somente pela fé na justiça de Deus é que nós entramos no Reino dos Céus. Quando nós cremos em Deus e O seguimos, nós fazemos isso durante nossa vida porque temos o Espírito Santo em nosso coração. Somente seguindo a Verdade da Palavra de Deus que habita em nosso coração pelo Espírito Santo é que somos transformados. E nós só podemos seguir a Verdade crendo na salvação que Deus realizou. Não podemos mudar nada em nós através do nosso esforço carnal.
Isso tudo aconteceu conosco porque Jesus Cristo, o próprio Deus, já nos santificou e glorificou, porque em nossa fé nós cremos em tudo isso. Por isso, os que não são filhos de Deus, que ainda não nasceram de novo, foram separados dos nascidos de novo, e, portanto, nós agora vivemos uma vida diferente da deles. Aqueles que ainda não nasceram de novo falam dos sete passos da santificação e afirmam que um dia serão como Jesus Cristo. É por isso que eles suportam toda luta e dificuldade. Eles podem suportar tudo que quiserem, mas a verdade é que ninguém se torna santo crendo em Jesus Cristo e é santificado com o passar do tempo. Já que a paciência do ser humano tem limite, ao invés de ser santificado, ele acaba perdendo-a e explodindo, se tornando mais egoísta e teimoso no final. O conceito de que alguém é santificado na carne nada mais é do que um pensamento enganoso do homem.
Então, quando nós meditamos na doutrina da santificação contínua baseados na Palavra da Verdade, ela nos revela que este é realmente um ensinamento de Satanás. Quanto mais uma pessoa crê em Jesus Cristo sem nascer de novo, mais ela se torna teimosa e hipócrita. Alguém assim pode até parecer justo aparentemente, mas seu coração é totalmente impuro. E mesmo que em sua consciência, que ainda não nasceu de novo, ele está sempre buscando o pecado, ele finge o contrário. Isso é muito mais maligno ainda! Pessoas assim são como sepulcros caiados cheios de hipocrisia para terem boa aparência, mas por dentro as trevas estão sobre a face do abismo e elas estão afundando no pecado e apodrecendo. Sendo assim, o que elas fazem para enganar e ludibriar as pessoas é ainda mais sujo e maligno. Por isso que Jesus Cristo as repreendeu chamado-as de sepulcro caiado.
 
 
Tudo que Satanás Diz é Mentira, e Quanto Mais Seguimos Suas Palavras, Mais Somos Enganados
 
Aqueles que confessam crer em Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador com uma fé errada só possuem aparência de piedade; sua fé não tem nenhum poder e a Bíblia os repreende dizendo que eles têm “aparência de piedade, mas negando-lhe o poder” (2 Timóteo 3:5). Os pecadores não podem ser mesmo santos. Tudo que eles têm é uma aparência de que levam uma vida de fé. Eles se ajoelham quando adoram e oram de mãos juntas. Eles são bons nessas coisas. Eles invocam a presença de Deus com seus lábios o tempo todo, mas seu coração está cheio de avareza e ganância, guiado por todo tipo de desejos. Ao ver isso o Senhor lhes diz que eles “têm aparência de piedade, mas negando-lhe o poder”.
O coração daqueles que ainda não nasceram de novo não seguem a Deus, mas o mundo. Eles buscam ser aprovados pelo mundo e aumentar os seus bens materiais. Como conseqüência disso, seu coração se torna totalmente corrompido. Em outras palavras, eles hoje em dia são mais impuros do que quando eles aceitaram Jesus Cristo. Nosso Senhor deixa bem claro para todos aqueles que confessam crer em Deus, mas que ainda não nasceram de novo, que seu fim será ainda mais impuro do que no começo. Ele diz também que seu fim será ainda mais triste. Deste modo, as palavras de Satanás podem ser discernidas com mais clareza quando as defrontamos com a Palavra.
Os que ainda têm pecado em seu coração, apesar de crerem em Jesus Cristo, na verdade crêem nas palavras de Satanás. Quando um cristão não consegue mais obedecer à Palavra de Deus com sinceridade, apesar de ele confessar que crê em Jesus Cristo, isso acontece porque todo esse tempo ele creu nas palavras de Satanás. Se alguém crê de fato na Palavra de Jesus Cristo, é impossível ele não segui-Lo então. Nós seguimos o Senhor porque sabemos que Sua Palavra é infalível. É claro que isso é difícil para nós também, mas nós não temos outra escolha senão segui-Lo, pois quando obedecemos à Palavra do Senhor nosso coração é fortalecido e revitalizado.
Por outro lado, quanto mais alguém segue as palavras de Satanás, mais ele se torna confuso e mais impura se torna a sua consciência. Pessoas assim dizem que seguem o Senhor, mas criaram suas doutrinas com muito zelo, que nada mais são do que palavras de Satanás. E já que essas doutrinas endurecem seu coração, seus seguidores se tornam cada vez mais impuros. Mesmo assim, eles fingem levar uma vida reta em cada atitude sua. Eles enganam a si mesmos dizendo que, contanto que suas atitudes sejam boas, eles não serão impuros, apesar de haver todo tipo de sujeira em seu coração.
 
 
A Justiça de Deus é Revelada através dos Crentes no Evangelho da Água e do Espírito
 
Por outro lado, quando o coração dos cristãos nascidos de novo está errado, o Espírito Santo lhe mostra isso muito antes. Tem vezes que até o coração dos nascidos de novo se desviam e, se não voltarmos atrás, nós entristecemos o Espírito Santo. Portanto, nosso coração não está livre disso. Ele até que tenta fazer sua vontade, mas logo é confrontado de novo. E nossas atitudes erradas não são cometidas tão facilmente justamente porque ele é confrontado. Quando os nascidos de novo seguem por um caminho, eles só continuam nele se seu coração estiver à vontade. Melhor dizendo, nós não seguimos por um caminho errado justamente porque o Espírito Santo guia nosso coração, pois caso contrário ele se sentiria constrangido e infeliz. É isso que acontece com os nascidos de novo.
Por outro lado, os que não receberam a remissão dos seus pecados, e em cujo coração não habita o Espírito Santo então, continuam seguindo as palavras de Satanás. E os que seguem as palavras de Satanás de todo coração agem de acordo com sua ganância; por isso não são guiados pela Palavra de Deus. Já que os cristãos que não nasceram de novo estão bebendo agora as águas que estão abaixo do firmamento, que são as palavras de Satanás, eles na verdade não são diferentes das pessoas do mundo que não crêem em Jesus Cristo. É por isso que é quase impossível discernir hoje os cristãos dos não-cristãos.
Os que seguem as palavras de Satanás vivem segundo os desejos do mundo. Os que seguem as palavras de Satanás não são diferentes das pessoas do mundo. Ao contrário, eles são até mais impuros do que elas. Já que os que crêem em Jesus Cristo sem ter nascido de novo crêem nas palavras de Satanás, eles não dão frutos espirituais. Eles continuam pecadores e não há ninguém que tenha recebido a remissão de pecados por meio deles. As próprias pessoas a quem eles pregaram o evangelho continuam pecadoras. É por isso que os que crêem nas palavras do homem e seguem as palavras de Satanás, mesmo que eles confessem crer em Jesus Cristo, não dão nenhum fruto que agrada a Deus. Todas estas pessoas têm que entender, através da Palavra, que elas têm seguido as palavras de Satanás todo esse tempo.
Se você crê realmente que a Bíblia é a Palavra de Deus, você tem que analisar sua fé mediante a Palavra de Deus então. Você está seguindo a Palavra de Deus? Todo aquele que não segue a Bíblia está seguindo a Satanás. Seus mestres foram enganados por Satanás, assim como ele está sendo enganado também. E, diante da Palavra de Deus, ninguém pode negar isso.
Se alguém entender agora que ele vem seguindo as palavras de Satanás, ele poderá ser liberto então. Se alguém entender que não tem seguido a Verdade, a primeira coisa que ele tem que fazer é deixar a falsa igreja que está pregando as palavras de Satanás. Quando ele deixar de freqüentar essa igreja falsa, ele poderá voltar na mesma hora para a justiça de Deus.
Nós precisamos conhecer a Palavra de Deus de todo jeito e a seguirmos tendo um entendimento correto dela. O que espera por aqueles que continuam cegos, que não percebem que estão se alimentando com as palavras de Satanás, e que continuam freqüentando a igreja dos que não nasceram de novo é apenas a destruição. Deus nitidamente separou as águas que estavam acima do firmamento das que estavam embaixo dele. Por isso, se as pessoas continuarem seguindo as palavras de Satanás e bebendo apenas as águas que estão abaixo do firmamento, elas certamente serão separadas de Deus. Assim sendo, se elas não voltarem para Deus, mas, por outro lado, continuarem bebendo as águas que estão abaixo do firmamento até o fim, acabarão sendo destruídas; e a culpa disso não será de Deus.
Considerando isso, se um cristão não tem frutos do Espírito apesar de crer em Deus por muito tempo, ele tem que entender então que está crendo nas palavras de Satanás, e deve buscar a Palavra de Deus. Deus terá um encontro com ele quando ele procurá-Lo. Entretanto, os membros da igreja de Satanás que não nasceram de novo continuam dando honra a ele na igreja, prendendo-o assim para que ele não vá a nenhum lugar. Em algumas igrejas, os pastores permitem que os que não nasceram de novo sejam diáconos e presbíteros, mesmo que eles não freqüentem a igreja assiduamente. Deste modo, eles distribuem cargos como o diaconato e o presbiterato à sua igreja, tudo isso na tentativa de satisfazer seu coração com honras, já que sua liderança não traz nenhuma mudança, alegria ou satisfação a ela. Quando os pastores que não podem liderar corretamente os santos vêem a insatisfação da sua igreja, eles começam a dar honras aos seus membros, porque eles não podem satisfazê-los espiritualmente. Por isso, se alguém quiser te dar algum título na igreja, mesmo sua fé não estando bem firme ainda, você tem que entender que este é um falso pastor.
Quando a Igreja dos nascidos de novo elegem seus oficiais, ela fez isso se os santos tiverem fé na justiça de Deus e o dom para servir, não baseada em outros critérios. A igreja dos nascidos de novo não concede um título de oficial na igreja a qualquer um só porque ele a freqüenta há muito tempo ou para agradá-lo. Ao contrário, a Igreja de Deus só confia um cargo a essa pessoa se ela crê na justiça de Deus, e só se ela estiver apta a servir.
No entanto, os que não nasceram de novo são guiados pelas palavras de Satanás, e por isso tentam agradar as pessoas lhes oferecendo cargos na igreja. Portanto, se algum pastor quiser te colocar numa certa posição na igreja e te honrar, mesmo ainda havendo pecado em seu coração, e que por isso você se sinta incapaz de fazer alguma coisa, você tem que entender então que Satanás está te enganando. Você tem que entender bem que este pastor não é um servo de Deus e deve fugir de pessoas assim. Só então você poderá se salvar. Isso nada mais é do que separar as águas que estão acima do firmamento das que estão abaixo dele. Nós temos que entender bem isso.
 
 
O que Deus Fez no Segundo Dia da Criação?
 
No segundo dia, Deus separou as águas que estão acima do firmamento das que estão abaixo dele. Da mesma forma, nós também temos que discernir as palavras de Satanás da Palavra de Deus. Mas como podemos separá-las então? Nós separamos as águas que estão acima do firmamento das que estão abaixo dele com base na Palavra de Deus. Nós temos que ver muito bem se nós estamos bebendo agora as águas que estão abaixo do firmamento e nossa vida está sendo controlada pelo diabo. Se você ainda não se tornou justo apesar de crer sinceramente em Jesus Cristo, isso só significa então que você está bebendo as águas que estão abaixo do firmamento, ou seja, as águas da terra. Você tem que entender que os que se tornaram justos sem pecado crendo em Jesus, e estão vivendo segundo a Palavra, são os que estão bebendo as águas acima do firmamento. As duas têm que ser separadas de qualquer maneira então.
Se alguém continua sendo pecador mesmo depois de crer em Jesus por meio século, isso só significa então que ele creu nas palavras do diabo esse tempo todo. Por outro lado, os que conhecem corretamente o evangelho da água e do Espírito, e que receberam a remissão completa dos seus pecados aceitando a luz da Palavra, é que são de fato guiados por Deus. Estes são os filhos de Deus que estão a caminho do Reino dos Céus. Os cristãos têm que saber muito bem se são justos ou pecadores, se estão fadados a ir para o inferno ou para o Céu, se são filhos de Deus ou filhos do diabo. Quando examinamos a nós mesmos com base na Palavra de Deus, se formos justos em pecado nós entraremos no Reino dos Céus, mas se tivermos pecado, nós seremos lançados no inferno então como servos de Satanás. Foi assim que Deus nos separou. Deus fez isso de modo bem claro. Deus não falhou ao fazer isso. Mas apesar de Deus ter nos separado e permitido que nós entendêssemos isso claramente, alguns de nós ainda enganam a si mesmos.
Quando alguém olha para sua consciência, ele pode ver claramente se é justo ou pecador. Se nós ouvimos o evangelho e nascemos de novo ou não, se somos santos ou simplesmente religiosos, se nosso coração tem pecado ou não, e se damos os frutos do Espírito Santo ou não – todos nós somos justos ou pecadores. Nós temos que compreender de modo bem claro se estamos enganando nosso coração ou não, e nós temos que ter discernimento para vermos se pertencemos à Igreja de Deus ou ao diabo e ao mundo. Todo aquele que ouve a Palavra de Deus pode conhecer a si mesmo muito bem, e é por isso que aqueles que ainda enganam a si mesmos com as palavras de Satanás, permanecem nas águas abaixo do firmamento e bebem delas, merecem ser destruídos por Deus.
 
 
Um Pecador Tem que Confessar que é um Grande Pecador
 
Nós temos que entender que Deus separou de modo bem claro a luz das trevas e as águas acima do firmamento das que estavam abaixo dele. Você consegue ver que, apesar de Deus ter feito essa separação, as pessoas continuam enganando a si mesmas e perecendo por causa disso? Elas não podem culpar a Deus por lançá-las no inferno. S elas se fossem sinceras e reconhecessem os pecados do seu coração, e procurassem a Deus e a Sua Verdade com afinco, Ele faria então com que elas encontrassem a Verdade.
A luz está aqui no mundo agora. Nós nitidamente temos a Palavra da Verdade. Todo aquele que ouve esta Palavra de uma forma correta, a entende e têm convicção da sua veracidade, podem nascer de novo. Até mesmo as águas que estão abaixo do firmamento podem ser transformadas nas águas que estão acima dele. Assim como as águas do mar evaporam, sobem aos céus e depois descem como chuva, as águas que estão abaixo do firmamento podem subir e também ser como as águas que estão acima dele. Mas apesar de isso ser possível, as pessoas continuam enganando a si mesmas, e é por isso que elas serão lançadas no inferno e sofrerão para sempre. Nós temos que nos voltar para Deus e encontrar a luz. A confissão nada mais é do que isso.
O Senhor certamente terá um encontro com aqueles que buscarem a Deus e disserem: “Deus, eu sou um pecador que bebe das águas abaixo do firmamento. Por favor, Senhor, me salve”. Aqueles que ainda têm pecado em seu coração devem procurar os servos de Deus na Igreja dos nascidos de novo, ouvir a Palavra e receber a remissão dos seus pecados.
Deus dividiu de modo bem claro no coração das pessoas a Verdade do que é falso. Os pecadores que bebem das águas que estão acima do firmamento não podem esquecer isso. Eles têm que procurar a igreja dos nascidos de novo e, de uma forma ou de outra, ser todos transformados. Apesar de Deus ter feito essa separação, se alguém ainda assim enganar a si mesmo com os ensinamentos de Satanás que diz: “Se você crê em Jesus Cristo, Deus te considera justo mesmo que você ainda tenha pecado”, e for lançado no inferno por causa disso, você tem que entender que a culpa toda é dele.
Nós temos que entender qual o significado da passagem na Bíblia que diz que Deus separou as águas que estavam acima do firmamento das águas que estavam abaixo dele no segundo dia. Deus separou todos os ensinamentos que há na Sua Palavra das palavras de Satanás; e agora, nossas bênçãos e maldições serão determinadas pelas palavras que cremos. A felicidade ou infelicidade de alguém é determinada pelo que ele bebe.
 
 
A Escolha é Sua!
 
Deus separou as águas que estavam acima do firmamento das águas que estavam abaixo dele. Na verdade, nós podemos beber as águas que estão acima do firmamento ou as águas que estão abaixo dele. O direito de escolher qual água quer beber é totalmente seu. A escolha é toda sua. Aqueles que preferirem beber as águas que estão abaixo do firmamento a beberão, mas, como conseqüência, perecerão e serão destruídos. Por outro lado, aqueles que quiserem beber as águas que estão acima do firmamento a beberão e nascerão de novo, recebendo assim a vida eterna. Tudo acontecerá exatamente como escolhermos.
Depende da escolha de cada um ir para o Céu ou para o inferno. Jesus Cristo já preparou o Céu, assim como Ele já fez o inferno. Jesus Cristo já fez tudo para que todos sejam justos. O resto depende da nossa escolha: se alguém quiser continuar sendo pecador então, é só ele acreditar nas palavras de Satanás, mas se ele quiser ser um justo então, é só ele crer na Palavra de Deus. Melhor dizendo, ir para o Céu ou para o inferno depende do julgamento e da escolha de cada um. A escolha de ir para o Céu ou para o inferno é toda nossa.
Deus já preparou tudo. A única questão que nos resta é que escolha vamos fazer. Se quisermos ir para o Céu, tudo que nós temos a fazer é escolher a Palavra de Deus, beber as águas que estão acima do firmamento e buscar os servos de Jesus Cristo; mas se, por outro lado, quisermos ir para o inferno, é só nós escolhermos as palavras de Satanás, bebermos as águas abaixo do firmamento e seguirmos os servos de Satanás confiando em suas palavras. Com certeza, tudo será cumprido perante Deus exatamente como nós cremos.
Sentado no trono do juízo no último dia, Deus irá dizer aos pecadores: “Desde o começo Eu disse a vocês que Eu separei as águas que estavam acima do firmamento das que estavam abaixo dele. Contudo, ao seguir as palavras de Satanás, vocês escolheram crer em suas mentiras e ir para o inferno; seja feito assim então. O justo é que, segundo a sua fé, vocês vão viver onde Satanás está agora”. Assim, estes condenados ao inferno não terão nada o que dizer. Eles podem até ter língua, mas não poderão dizer uma palavra”.
Deus nos deu o evangelho da água e do Espírito, a Palavra que nos permite nascer de novo, a Verdade, a salvação, a vida eterna, e todas as bênçãos celestiais gratuitamente. Depois de nos dar tudo isso, Ele nos deu a opção de termos Suas bênçãos ou maldições. Deus separou Sua verdadeira Palavra dos falsos ensinamentos. Assim como Deus separou o dia da noite neste planeta, Ele também separou as águas que estavam acima do firmamento das águas abaixo dele. Ao fazer essa divisão para que todo ser humano entrasse no Seu reino e recebesse a vida eterna depois que vivesse nessa terra, Deus permitiu que eles escolhessem seu próprio destino.
Deus não separou o dia da noite à toa. Ele fez isso para nos mostrar o brilho do reino da luz e o reino de densas trevas. Em outras palavras, Deus separou claramente o reino dos justos e o reino dos pecadores. E Ele fez essa separação para que se alguém quisesse ir para o inferno era apenas crer nas trevas, e se alguém quisesse ir para o Céu era apenas crer na luz. O que Deus separou nenhum homem pode mudar. Por mais que o homem seja habilidoso, ele não pode fazer o dia se tornar noite, nem a noite se tornar dia. Da mesma maneira, ninguém pode mudar o que Deus fez.
Aquele que tem uma consciência sincera crê totalmente no que Deus separou. E quando olhamos para a luz e a aceitamos, quando aceitamos as águas que estão acima do firmamento, a Palavra de Deus vem do alto e nós recebemos a vida eterna.
As águas da terra – isto é, os ensinamentos de Satanás, nos levam a lutar para termos atitudes virtuosas. Essas águas, que são debaixo do firmamento, nos ensinam que temos que nos tornar justos e ser salvos através do nosso esforço carnal. Estas não são nada mais do que as palavras de Satanás. Se alguém te ensinar que é possível você se tornar justo e ser salvo através do seu próprio esforço, se santificando a fim de levar uma vida santa, lembre-se de que essas são as próprias palavras de Satanás. A Palavra de Deus diz que nos tornamos justos crendo de coração em tudo que Deus fez e também aceitando a Sua Palavra. O fato de nos tornarmos justos não tem nada a ver com nossas atitudes, e nós só alcançamos isso quando cremos na Palavra de Deus que vem do alto. É crendo na Palavra que está acima do firmamento, na Palavra da Verdade de Deus, na Sua perfeita Palavra que jamais pode ser superada por nenhum ato humano, que recebemos a remissão dos nossos pecados, nos tornamos justos e alcançamos a vida eterna.
Amados irmãos, a Palavra de Deus vem do alto, dá frutos nessa terra sem falhar e volta para cima. Se você crê na Palavra de Deus, a felicidade virá até você, mas se você beber as águas abaixo do firmamento, você será amaldiçoado. Deus não quer que você sofra e seja amaldiçoado. Foi por isso que Ele nos deu Sua Palavra, separando as águas acima do firmamento das águas embaixo dele. Quem prova as águas que estão acima do firmamento nunca mais deve beber as águas que estão embaixo dele.
Aqueles que até hoje só beberam as águas que estão abaixo do firmamento têm que voltar para a Palavra de Deus. Aqueles que só provaram as águas abaixo do firmamento devem buscar as águas que estão acima dele; eles têm que voltar agora para a Palavra da justiça de Deus, para a verdadeira fé.