Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 2-3] (João 2:1-11) A Vida e a Alegria Perfeitas

(João 2:1-11)
“No terceiro dia houve um casamento em Caná da Galiléia. A mãe de Jesus estava ali, e Jesus e seus discípulos também haviam sido convidados para o casamento. Tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm mais vinho. Respondeu-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não chegou a minha hora. Sua mãe disse aos serventes: Fazei tudo o que ele vos disser. Estavam ali seis talhas de pedra que os judeus usavam para as purificações, e cada uma levava duas ou três metretas. Disse-lhes Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima. Então lhes disse: Tirai agora, e levai ao mestre-sala. Eles o fizeram, e logo que o mestre-sala provou a água transformada em vinho, não sabendo de onde viera, se bem que sabiam os serventes que tinham tirado a água, chamou o noivo, e disse: Todos põem primeiro o vinho bom e, quando já beberam fartamente, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho. Este, o primeiro dos seus sinais miraculosos, Jesus realizou em Caná da Galiléia. Assim revelou a sua glória, e seus discípulos creram nele.”
 
 
Tudo é pela Graça de Deus
 
Tanto as coisas boas quanto as coisas ruins que acontecem quando servimos ao Senhor vêm da graça de Deus. Tudo que nós enfrentamos em qualquer área da nossa vida vem da graça de Deus. Nós temos que reconhecer Jeová em tudo neste mundo. “Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas” (Provérbios 3:6). É isso que Deus nos fala. Não é justo que nós justos culpemos as pessoas pelas dificuldades que passamos. Quando algo de ruim acontece em nossa vida, nós nos preocupamos e de ficamos de mau humor, descontando em todo mundo. Nós temos o costume de culpar os outros e pensar assim: “Se ele não tivesse feito aquilo, isso não teria acontecido.” Mas com o passar do tempo, quando a pessoa olha para o que aconteceu, ela percebe que tudo aquilo foi algo que Deus quis lhe dizer no silêncio. Ela descobre que aquilo era a voz de Deus.
Portanto, Deus é aquele que controla todas as coisas. E nós temos que reconhecer Jeová em todas as coisas segundo a Palavra de Deus.
 
 
A Alegria na Necessidade
 
Houve uma festa de casamento em Caná da Galiléia e Jesus, Sua mãe e Seus discípulos foram convidados. Mas só que o vinho acabou e, por causa disso, a alegria dos convidados acabou também.
Amados irmãos, o que vocês acham que essa passagem quer dizer exatamente? Metaforicamente, ela quer dizer que há em meio aos que crêem em Jesus, pessoas que não têm alegria como os convidados daquela festa. Como podemos ver, é fácil achar que a Bíblia é o livro dos evangelhos escrito para aqueles que não crêem em Jesus. Mas, na verdade, em muitos aspectos, ele é o livro que apresenta Jesus àqueles que já crêem Nele. E essa passagem da Bíblia é um exemplo claro disso. E ela está falando com crentes como nós, que temos fé em Jesus.
Houve uma festa numa região chamada Caná da Galiléia. Jesus, Sua mãe e Seus discípulos foram até lá. Mas, além deles, havia muitos outros convidados lá. E como em todo lugar onde há uma festa, havia muita alegria entre eles. Mas está escrito que o vinho acabou.
Em outras palavras, o fato de o vinho ter acabado significa exatamente que acabou também a alegria na alma daquelas pessoas. E essa passagem diz respeito ao grande número de cristãos que não receberam a perfeita remissão de pecados ainda e, por isso, não têm alegria, apesar de crerem em Jesus. Através do relato das bodas de Caná da Galiléia em João capítulo 2, vemos como aqueles que ainda não receberam a perfeita salvação, a perfeita alegria e a perfeita vida eterna podem receber tudo isso.
 
 
A Maneira de Termos a Perfeita Alegria
 
A passagem bíblica nos diz assim: “Tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm mais vinho. Respondeu-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não chegou a minha hora. Sua mãe disse aos serventes: Fazei tudo o que ele vos disser. Estavam ali seis talhas de pedra que os judeus usavam para as purificações, e cada uma levava duas ou três metretas. Disse-lhes Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima. Então lhes disse: Tirai agora, e levai ao mestre-sala. Eles o fizeram, e logo que o mestre-sala provou a água transformada em vinho, não sabendo de onde viera, se bem que sabiam os serventes que tinham tirado a água.”
Havia muitos convidados na festa de casamento que Jesus, Sua mãe e Seus discípulos foram em Caná da Galiléia, só que o vinho acabou. O vinho para eles é como o licor na Coréia; mas voltando à Galiléia, eles também tinham o costume de beber água. Mas dizem que até hoje o vinho é bebido como água no Oriente Médio. Portanto, o fato de o vinho ter acabado, como vemos na passagem acima, pode ser interpretado como se a própria água tivesse acabado.
Vamos meditar nisso um pouco. O que aconteceria se não houvesse água numa festa? Tantos convidados presentes e de repente acaba a água. O fato de “não haver água na torneira e em nenhum outro lugar” significa que algo terrível aconteceu. Se não tivesse pão ou manteiga, alguém poderia sair e comprar, mas se a água que abastece toda a cidade acabasse, não haveria como tirá-la de outro lugar.
Eu disse agora há pouco que o vinho é como a alegria no coração. Por isso, seria um problema se não houvesse água no dia da festa. Do mesmo modo, seria um problema se não houvesse alegria no seu coração, apesar de você crer em Jesus. Se há pecado no seu coração apesar de você crer em Jesus, isso é algo terrível então. Infelizmente, isso acontece com a maioria dos cristãos. O problema não são aqueles que não crêem em Jesus, ao contrário, são justamente os que crêem Nele que são o grande problema. E já que os que crêem Nele não têm alegria no coração nem a certeza da salvação, isso não significa que eles são como os que não crêem? Quando alguém passa a crer em Jesus, ele pode parar de fumar e beber, guardar a Palavra de Deus em seu coração e crer Nele com todo fervor, porém, por mais que ele tente, se ele não nascer de novo da forma perfeita e não tiver a verdadeira alegria, isso é o mesmo que não crer. Isso significa que uma pessoa assim tinha pecados quando não cria em Jesus e que estes pecados continuam intactos no seu coração mesmo depois que ela creu Nele.
Deus fala conosco através da Bíblia. Se todas as pessoas conhecessem o amor do Salvador, elas seriam aliviadas do seu fardo, viveriam felizes e alcançariam a verdadeira realização, a verdadeira alegria, a verdadeira vida. Mas por elas não saberem como podem nascer de novo pelo perfeito amor do Salvador, e por não aceitarem isso, elas não têm alegria alguma. Que problema poderia ser maior do que não poder ter alegria, apesar de crer em Jesus? Isso é o mesmo que “viver sempre internado mas nunca ficar curado.” Antes de ir para o hospital, a pessoa pelo menos tem esperança de que será curado quando lá chegar. E essa esperança é que a faz ter alegria em sua vida. Do mesmo modo, uma pessoa que não tem alegria e paz no coração, mas, ao contrário, vive em agonia por causa do pecado, tem um grande problema na sua vida de fé. No entanto, o Senhor, que é o nosso Deus, já resolveu este problema para nós.
Quando a mãe de Jesus disse: “Meu Filho, eles não têm mais vinho”, Ele respondeu: “Mulher, que tenho Eu contigo?” ‘Mulher’ aqui era uma palavra de respeito dirigida às mães naquela época. “Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não chegou a minha hora.” Jesus disse que não havia chegado Sua hora apesar de não haver vinho algum naquela festa.
Meus amados irmãos, o que significa “a hora de Jesus” mencionada aqui? A mãe de Jesus disse aos servos: “Fazei tudo o que ele vos disser.” Isso quer dizer que se alguém não tem a verdadeira alegria ou realização e não pode receber a verdadeira salvação, assim como não havia vinha na festa, a única maneira de resolver este problema é crer na Palavra de Deus como ela é, não importa o que ela diz. As palavras ‘Minha hora’ ditas por Jesus significam exatamente o momento em que todos passariam a obedecer a Deus. E a mãe de Jesus, Maria, sabia disso. Apesar de ela ter gerado Jesus no seu ventre, pelo fato de o anjo ter dito antes do Seu nascimento: “Aquele que tu conceberás não é nenhum outro senão o Filho de Deus. Ele é o Salvador que nascerá de ti”, ela sabia muito bem que Ele era Deus. O fato é que Jesus, que é o Salvador, é quem dará a todos a verdadeira realização e a verdadeira alegria. “Fazei tudo o que ele vos disser.” Na verdade, essas palavras são a maneira pela qual alguém pode resolver os problemas carnais, a falta de alegria e a agonia da sua alma, caso ele creia em Jesus. Para nós, viver pela Palavra é o mesmo que aceitar as palavras ditas por Jesus: “Minha hora”; e é nesse momento que temos a verdadeira felicidade.
 
 
“Fazei Tudo o que Ele Vos Disser”
 
Se crermos em tudo que Deus diz e O obedecermos, nós alcançaremos a verdadeira realização, a verdadeira alegria e a verdadeira salvação. Maria, que cria em Jesus e obedecia à Sua Palavra, disse aos servos para crer nela e obedecê-la também.
“Estavam ali seis talhas de pedra que os judeus usavam para as purificações, e cada uma levava duas ou três metretas. Disse-lhes Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima. Então lhes disse: Tirai agora, e levai ao mestre-sala. Eles o fizeram, e logo que o mestre-sala provou a água transformada em vinho, não sabendo de onde viera, se bem que sabiam os serventes que tinham tirado a água.”
Como você pode ver nessa passagem, os servos creram nas palavras de Jesus e fizeram o que Ele disse, por mais que aquilo parecesse estranho para eles. E com essa Palavra, Deus está nos dizendo que temos que obedecer a tudo que Ele fala se quisermos realmente receber a salvação, a remissão de pecados, a vida eterna e a verdadeira paz; se quisermos nos tornar justos e filhos de Deus. Meus amados irmãos, nós temos que aceitar a Palavra de Deus como ela é. Isso significa que se a aceitarmos com sinceridade, a verdadeira alegria e realização entrará no nosso coração. Significa também que nos tornaremos justos, que receberemos a verdadeira remissão de pecados em nossa alma como os servos de Deus Pedro e João, Elias e Eliseu, Moisés e Ezequiel. E também significa que todos nós seremos abençoados como discípulos de Jesus Cristo. “Fazei tudo o que ele vos disser.” Eu espero que vocês entendam a importância dessa Palavra em seu coração e, deste modo, se tornem crentes que sempre obedecerão à Palavra de Deus.
 
 
Obediência
 
Vamos voltar para a passagem bíblica agora. Jesus disse aos servos para encher as talhas de água. Eram essas talhas que antes estavam com vinho. Todo o vinho que estava nelas foi levado para os convidados, mas eles tomaram tudo e elas então ficaram vazias. Os servos que ouviram as palavras de Jesus pensaram: “Será que Ele nos mandou encher as talhas de água para limpá-las?” Mas é claro que não era para isso. Jesus disse a eles para fazer aquilo para resolver o problema naquela festa; e o problema é que todos estavam preocupados porque o vinho tinha acabado. Maria disse aos servos: “Façam tudo que Ele disser a vocês. Mesmo que vocês não entendam, façam o que Ele está dizendo”, pois ela sabia como era complicado acabar o vinho numa festa. As palavras de Jesus, mandando encher as talhas de água, eram simplesmente incompreensíveis para a razão humana. Na verdade, mesmo que um ser humano enchesse algumas talhas com água, orasse fervorosamente e dissesse: “Transformem-se em vinho”, isso jamais aconteceria. Você também tem que meditar sobre isso. Por mais que você ore para qualquer deus, como é que a água pode se transformar em vinho e, assim, resolver o problema das pessoas dando-lhes a verdadeira felicidade e a verdadeira realização? É por isso que a ordem de Jesus não faz sentido algum se a considerarmos pela lógica deste mundo.
No entanto, Maria disse aos servos para fazer o que Ele dissesse, independente do que fosse. Pela boca de Maria, Deus está nos dizendo que a única maneira de resolver um problema é obedecendo à Palavra de Jesus, seja ela qual for. Segundo a Palavra de Jesus então, os servos encheram de água as talhas de pedra. E depois que eles as encheram até a boca, Jesus disse: “Tirai agora, e levai ao mestre-sala”, e os servos fizeram isso e levaram o vinho para os convidados também, obedecendo à Sua Palavra. A água foi colocada nas talhas, mas quando foi servida aos convidados, ela se tornou vinho. E era um vinho melhor do que o anterior. Seu sabor era muito melhor e ele era abundante. Era um vinho tão bom que o mestre de cerimônia o elogiou. Por isso, todos naquela festa se alegraram com aquele vinho. No fim, todos que participavam da festa ficaram muito satisfeitos. Isso nos mostra que pela obediência à Palavra de Deus, todos os crentes têm a verdadeira realização no coração.
 
 
Nosso Coração Deve Estar Cheio da Palavra de Deus
 
Deus nos deu este exemplo porque alguns que crêem no Senhor Jesus não podem ter a verdadeira realização, apesar de terem fé Nele. Ele diz que isso acontece porque eles só ouvem da Palavra aquilo que satisfaz seu coração, e não aceitam toda a Palavra de Deus. Isso significa que eles só ouvem a Palavra de Deus que agrada o seu coração e só crêem nas doutrinas e nos ensinamentos da sua denominação. Entretanto, Deus nos diz que mesmo a Palavra de Deus não possa ser entendida pela mente de alguém e não agrade o seu coração, se ela é a Palavra de Deus, ele deve aceitá-la e deixar que ela encha seu coração para ter a verdadeira alegria e realização. O fato de não haver realização no coração de alguém, embora ele creia em Jesus, é o mesmo que não encher as talhas com água e não ter fé Nele. E isso acontece porque seu coração não está cheio da Palavra, apesar de tudo que o Senhor disse a ele.
Os convidados para a festa mencionados na passagem bíblica deste capítulo se referem a todas as pessoas do mundo que crêem em Jesus. Se há 1 milhão de pessoas neste mundo que dizem crer em Jesus, isso significa então que 1 milhão de cristãos estão convidados para as bodas. Por isso, todos estão convidados para participar se crerem em Jesus e O seguirem. Apesar de nosso início na fé ser muito bom, com o passar do tempo a felicidade, a bênção e a verdadeira realização acabam, assim como acabou o vinho na festa de casamento.
Mas aqueles que enchem suas talhas com as palavras de Jesus provam o vinho mais doce. Eles alcançam a verdadeira realização. Por outro lado, aqueles que não seguem as palavras de Jesus não enchem suas talhas com água e jamais alcançam a verdadeira felicidade. Até hoje há muitos assim entre aqueles que fazem a obra de Deus. Mas Deus fala com eles e lhes diz tudo que o Senhor diz, que eles têm que encher seu coração com Suas palavras para que seus problemas sejam resolvidos e eles alcancem a verdadeira realização. Você pode entender o que quer dizer exatamente as palavras “seu coração deve estar cheio da Palavra de Deus?”
Mas ainda há pessoas que não entendem o sentido dessas palavras. Elas não têm a menor idéia do que significam as palavras “peguem água e encham as talhas com ela.” A água aqui significa a Palavra de Deus, enquanto que as seis talhas de pedra representam o ser humano. Mas o que é o vinho então? Como eu já disse antes, ele é a nossa salvação, a nossa vida e a verdadeira felicidade. Melhor dizendo, ele significa que temos que encher nosso coração com a Palavra de Deus, que ela se tornará nossa vida e nossa felicidade. Assim, ela nos levará a receber a verdadeira salvação. Se nós lermos as Escrituras sem entendermos seu verdadeiro significado, se crermos em Jesus sem entendermos Suas palavras, ou seja, se nós não enchermos nosso coração com tudo isso, então não poderemos receber a salvação, a realização e a felicidade dadas por Deus. Isso quer dizer que apesar de crermos em Jesus e fazermos a obra como Seus discípulos, não poderemos ter a verdadeira realização e a verdadeira felicidade. Portanto, eu espero que vocês entendam que seu coração precisa ser cheio da Palavra de Deus.
Há muitos cristãos que não conhecem o evangelho da água e do Espírito. Isso significa que embora eles creiam em Jesus e digam que são Seus discípulos, há muitos que não se sentem realizados. E foi por saber que haveria tantos cristãos nominais assim que nosso Senhor nos deu a Palavra que vimos aqui. Ele está dizendo a essas pessoas: “Vocês não puderam obter a verdadeira salvação e não se sentem realizados apesar de crerem em Mim porque seu coração não está cheio da Palavra de Deus.” Amados irmãos, a Palavra de Deus não é como as palavras que podem ser interpretadas de uma maneira comum. Todavia, quando as pessoas a lêem, eles crêem no que elas conseguem entender, mas não dão importância àqueles que são incompreensíveis para elas. E isso acontece tanto com os que acabaram de se converter quanto com aqueles que já crêem em Jesus por muito tempo. Eles crêem somente naquilo que conseguem entender, mas não crêem no que não entendem.
Você tem que entender uma coisa: você não pode ter a verdadeira realização nem a verdadeira salvação se fizer isso. Mesmo que você não entenda, se está bem claro que Deus disse isso, então, antes de mais nada, você tem que aceitar isso em seu coração. E depois de fazer isso, se ainda assim você não conseguir digerir isso em seu coração, você vai ter que sair e procurar remédio para indigestão. Quando você fizer isso, você verá que assim como há pessoas que vendem remédios para a indigestão, como os farmacêuticos, certamente você encontrará algum servo de Deus nascido de novo. O que eu quero dizer com isso é que você acabará encontrando alguém como Maria, que cria em Jesus e O conhecia da maneira correta.
Amados irmãos, tudo que vocês têm a fazer é aceitar a Palavra e encher seu coração com ela. O Cristianismo hoje em dia é encontrado no mundo inteiro, mas o número de pessoas que crêem em Jesus, que veio pelo evangelho da água e do Espírito, não está mais crescendo. Por que você acha que isso está acontecendo? As pessoas não querem mais crer em Jesus porque não se sentem realizadas e não têm alegria, apesar de terem procurado crer em Jesus e sido convidadas para a festa de casamento. A verdade é que até quem crê no evangelho da água e do Espírito não está pregando o evangelho. O evangelho não está sendo pregado porque muita gente pensa assim: “Eu até que procurei crer, mas tudo que senti foi agonia, não amor. Eu era feliz quando não cria em Jesus. Eu pensei que se cresse em Jesus, de alguma forma eu seria mais feliz e realizado. Mas embora eu tenha tido alguma satisfação no início, no fim tudo que eu senti foi agonia. Por isso, teria sido muito melhor se eu não fosse cristão desde o início.” É assim que aqueles que já foram discípulos de Jesus estão deixando-O. E ainda haverá muitos outros que O deixarão no futuro. Tudo isso é resultado de não se ter o coração cheio da Palavra de Deus. É o resultado de não se aceitar a Palavra de Deus de modo correto.
 
 
O Resultado de Obedecer à Palavra de Deus
 
Amados irmãos, o Senhor nos diz de uma maneira muito simples: “Ainda não chegou a minha hora.” Isso significa que quando a hora chegar, Ele vai cuidar de tudo. A hora citada aqui significa exatamente o momento em que nós aceitamos e obedecemos à Palavra de Deus como ela é. O Senhor diz que quando aceitamos a Palavra de Deus e a seguimos de maneira correta, mesmo que a entendamos ou não, é a hora em que Ele nos dá alegria e nos faz 100% perfeitos. Já que Deus diz em Sua Palavra: “Eu apaguei todos os seus pecados,” tudo que temos a fazer então e aceitar Suas palavras e responder: “Sim, eu creio.” Deste modo, Ele cuidará de tudo. Os servos na festa obedeceram à Palavra de Jesus, pela qual Ele mandou que eles enchessem as talhas vazias e cumprisse o que Ele disse. E eles também cumpriram a Palavra de Jesus quando Ele os mandou levar a água para os convidados. Se os servos não tivessem obedecido à Palavra do Senhor, isso não teria acontecido. E ao levarem água para os convidados, que queriam vinho, eles até poderiam ser repreendidos. Porém, eles obedeceram à Palavra de Jesus sem duvidar.
Amados irmãos, os convidados não sabiam de onde vinha aquele vinho tão delicioso, mas a Bíblia diz que os servos que o serviram sabiam. Se nós quisermos alcançar a verdadeira realização e a verdadeira salvação, temos que entender que devemos ser como estes servos. Nós temos que obedecer a Jesus e crer Nele como eles fizeram. Mesmo que você não compreenda a Palavra, se você disser sim, crer nela e obedecer ao Senhor, você verá que todos os seus pecados serão apagados. No Reino de Deus só existe “sim.” Meus amados irmãos, vocês crêem na Palavra que diz que por Deus ter nos amado tanto, Ele fez com que não tivéssemos mais pecados enviando Seu único Filho a fim de que todos os nossos pecados fossem transferidos para Ele? Vocês crêem nisso? Se sua resposta for “sim”, você com certeza se tornou um justo e é um cordeiro abençoado de Deus.
A maioria dos crentes só crê no sangue de Jesus na cruz. O problema é que eles só crêem no que aconteceu na cruz, mas não entendem o ministério anterior de Jesus, que O levou a ser crucificado. Amados irmãos, se as talhas de pedra não tivessem sido enchidas com água, como a água poderia se transformar em vinho? Somente quando as talhas estão cheias, ou seja, quando o coração do homem está totalmente cheio da Palavra de Deus, é que Ele faz Sua obra. Melhor dizendo, quando nós aceitamos toda a Palavra de Deus corretamente, isto é, quando enchemos as talhas vazias com água, Deus opera Seu milagre e traz ao nosso coração Sua salvação, assim como a água se transformou em vinho.
As pessoas não se sentem realizadas mesmo tendo fé em Jesus porque ignoram o processo do ministério da salvação de Jesus e crêem somente na cruz, que é seu estágio final. Está escrito na Bíblia: “Então conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:32). Como diz a Palavra, nós temos que conhecer a Verdade. E a Verdade é que Jesus tirou todos os pecados do mundo quando foi batizado por João Batista. Nós temos que saber disso para fugirmos do pecado e aceitarmos o evento da cruz de maneira correta. Já que cremos em Jesus, nós temos que saber quando nossos pecados foram passados para Ele e como Ele os tirou. Quando soubermos disso, poderemos crer em tudo que diz respeito a Jesus e alcançar a Verdade.
A verdade não é o que pensamos, ao contrário, é toda obra que Jesus fez nessa terra. Tudo que Ele fez é a Verdade. Se os crentes quiserem se sentir realizados, ter a verdadeira vida e fazer a obra de um verdadeiro discípulo, eles têm que aceitar essa Verdade completamente. Mas para fazerem isso, eles têm que crer não somente no que aconteceu na cruz, mas também no batismo de Jesus, pelo qual Ele tirou todos os pecados.
 
 
O Significado do Batista que Jesus Recebeu
 
Por que Jesus veio a essa terra e foi batizado? Alguns pastores dizem que Ele foi batizado porque sempre foi muito humilde. Outros dizem ainda que Jesus foi batizado para servir de exemplo para nós. Amados irmãos, Jesus é o Senhor da vida, Aquele que nos deu a verdadeira vida. Vocês acham então que Ele foi batizado para nos ensinar alguma coisa moral ou como deveríamos nos comportar? Claro que não. Jesus foi batizado por João Batista para nos dar a verdadeira salvação, verdadeira alegria e a verdadeira vida.
A palavra ‘batismo’ significa ‘purificar, transferir, passar e enterrar’. Em outras palavras, Jesus foi batizado por João para purificar todos os nossos pecados. Jesus foi batizado por João Batista e, ao fazer isso, todos os nossos pecados foram passados para Ele. Assim, Jesus cumpriu toda a justiça de Deus. “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mateus 3:17). Deus disse isso quando Jesus foi batizado e saiu da água, e pessoalmente deu testemunho de que Ele foi batizado para tirar nossos pecados.
Por isso, quando ouvimos a Palavra de Deus como ela é testificada na Bíblia, temos que aceitar os seguintes fatos: Jesus veio a essa terra em carne, recebeu o batismo da remissão de pecados no rio Jordão como o primeiro ato da sua vida pública, foi condenado por nós na cruz levando nossos pecados sobre si, ressuscitou ao terceiro dia e depois foi assunto aos Céus, e Sua segunda vinda acontecerá no futuro. Nós temos que guardar no coração tudo isso que diz a Palavra. Somente quando fizermos isso é que receberemos a salvação no coração. Assim como a água se transformou em vinho, nós alcançaremos a verdadeira realização e a verdadeira felicidade. É por isso que Jesus nos diz que já que cremos Nele, se quisermos alcançar a verdadeira realização e a verdadeira alegria, nosso coração deve se encher da Palavra de Deus até transbordar. Amados irmãos, se vocês não encherem seu coração totalmente com a Palavra de Deus, mas, pelo contrário, fizerem isso apenas com algumas palavras do Antigo Testamento e algumas palavras da cruz, vocês mal conseguirão encher de água o fundo das talhas.
Aqueles que ainda não crêem no evangelho da água e do Espírito pregam na sua igreja: “Voltem ao primeiro amor por Jesus.” Mas sem encher totalmente as talhas de água, ninguém poderá ver os milagres da Palavra do Senhor. A pessoa só vai praguejar depois que não receber nenhuma resposta do Senhor e dirá: “Apesar de ter amado muito o Senhor, eu acho mesmo que fui traído.” No fim, ele morrerá sem o Seu amor. E isso é o mesmo que morrer seco no final por não ter enchido as talhas nem com uma gota d´água.
A solução para este problema é só um: nós temos que obedecer a tudo que o Senhor diz. Em outras palavras, temos que aceitar a Palavra de Deus no nosso coração, independente do que ela diz. Só então receberemos a verdadeira felicidade e a verdadeira satisfação em nosso coração.
 
 
Nossa Salvação é a Glória de Jesus
 
A Bíblia diz o seguinte: “Este, o primeiro dos seus sinais miraculosos, Jesus realizou em Caná da Galiléia. Assim revelou a sua glória, e seus discípulos creram nele” (João 2:11). Qual foi a primeira obra que Jesus realizou depois de vir a essa terra? Não foi nenhuma outra a não ser apagar todos os nossos pecados e nos dar a verdadeira realização. Nós cremos em Jesus para recebermos no coração a remissão de todos os nossos pecados. Nós não fazemos isso para recebermos apenas a remissão do pecado original que há em nosso coração ou simplesmente dos pecados pessoais que cometemos todo dia. Nós cremos em Jesus para recebermos a perfeita remissão de todos os nossos pecados e, assim, deixarmos de ser pecadores e nascermos de novo como justos. Nós também cremos em Jesus para que não haja mais vazio e solidão no nosso coração, e ele possa ser cheio da verdadeira alegria e da verdadeira realização.
Ao enviar Seu Filho Jesus Cristo, Deus nos deu tudo isso, algo que tanto queríamos. Antes de tudo, Ele apagou nossos pecados por completo e nos fez verdadeiramente justos e Seus filhos. Nós não somos mais pecadores. Já que nós cremos no batismo de Jesus e no Seu sangue na cruz, nós não somos mais pecadores.
Obviamente, ainda há aqueles que acham que ainda têm pecado embora tenham fé em Jesus. A estes, Deus convida para as bodas de Caná. As pessoas convidadas para uma festa sem vinho simbolicamente se referem àqueles que não se tornaram justos e não nascerem de novo ainda. Mas aqueles que ficaram na festa até o fim provaram o vinho miraculoso de Jesus e se tornaram justos. Este é o dom de Deus que Ele dá a todos.
Mesmo que alguém creia em Jesus, isso não significa que ele recebeu a remissão de pecados ou vai para o Céu. Isso só é possível quando ele entende que não tem mais pecado, recebe a remissão dos seus pecados e crê de fato no evangelho da água e do Espírito. Nós temos que crer na Palavra de Deus de modo correto e receber a remissão de pecados e a perfeita realização pela Palavra. Só assim poderemos ser discípulos de Jesus. Se você ainda não recebeu a remissão de pecados e também não se sente realizado, apesar de crer em Jesus, então você não será salvo e passará toda a eternidade no inferno por não ter enchido as talhas nem com uma gota d´água.
Deus nos diz que aqueles que falam suas próprias palavras só buscam glória para si, mas aqueles que falam a Palavra que ouviram de Deus ao invés das suas próprias palavras são os que não buscam sua própria glória. Todavia, por não entenderem isso, muitos tentam ter alegria no coração e a glória de Deus com algo além da Sua Palavra. Por não terem tido um encontro com o Senhor de uma maneira correta, alguns pastores ficam se exaltando quando fazem cultos de avivamento. Eles dizem coisas como: “Eu peguei um empréstimo de 1000 reais e dei 900 reais de dízimo.”
Deus não espera de nós somente bens materiais, mas, ao contrário, Ele quer nosso corpo e nosso espírito, assim como tudo que temos. Por isso, não há razão alguma para aqueles que receberam a remissão de seus pecados ficarem se exaltando por darem não apenas 10 por cento, mas 100 por cento do dízimo. Todos nós somos imperfeitos para Deus. A esperança de que teremos alegria no coração simplesmente porque damos mais ofertas não passa de uma ilusão humana.
Mesmo assim, há muitas pessoas que se dedicam a outras coisas para alcançar a felicidade e a realização. Elas te contam histórias de pessoas que foram curadas pela imposição de mãos e tentam ter alegria contando essas histórias. Contudo, amados irmãos, isso realmente traz alegria ao coração? Deus se refere a essas pessoas como aqueles que buscam aprovação dos outros. Pense nisso. Quando alguém tem dúvida sobre alguma coisa e essa pessoa lhe diz o que fazer, ele não se sente aliviado?
Mas isso pode ser algo temporário. A verdade é que nosso coração não se sente aliviado desse jeito. Não é assim que nós alcançamos a verdadeira alegria e realização. Tudo isso não passa de mentiras. Só há uma forma de alcançarmos a glória de Deus que nos dá a verdadeira alegria, a verdadeira satisfação e a verdadeira salvação. E, sem dúvida alguma, isso só acontece quando aceitamos a Palavra de Deus de modo correto, cremos nela de todo o coração e a obedecemos totalmente.
 
 
Nós Temos que Estar Debaixo da Autoridade de Deus
 
Meus amados irmãos, todos nós somos falhos. Ás vezes nós fazemos o que é certo e às vezes fazemos o que é errado. Mas geralmente, nosso coração, que devia buscar as coisas espirituais, acaba cedendo às coisas carnais. Vocês muitas vezes não acabam sendo levados pelos outros mesmo quando tentam fazer a coisa certa e acabam tendo problema? Por mais que vocês tentem andar pelo caminho espiritual, às vezes seu líder te repreende e os outros crentes te ignoram.
Amados irmãos, a Igreja de Deus é uma oficina onde os servos de Deus dão brilho em vocês e os tornam ferramentas úteis para o uso de Deus. Assim como foices e ancinhos são feitos do ferro bruto, colocando-o no fogo e martelando-o, nós temos que passar por dificuldades e lutas para nascermos de novo e sermos obreiros úteis. Deus nos aceitou pela Sua justiça e transformou a nós, ferro bruto, fazendo-nos passar por várias situações difíceis. Eu espero que todos vocês entendam que as dificuldades e lutas que passamos são justamente o martelo de Deus.
Embora erremos muito e passemos por lutas enquanto nós servimos ao Senhor, no fundo temos um sentimento de alívio. Por sabermos que não temos pecado, nós não temos medo de ir para o inferno. Se nos sentimos de algum modo aliviados, não temos porque nos preocupar. E este sentimento de alívio é algo que não tem fim; é como as talhas que estava cheios até a boca.
Amados irmãos, aceitem a Palavra de Deus como ela é, já que agora vocês se sentem realizados. Se Deus disser algo e seu coração estiver pronto para responder: “Sim, Senhor, eu farei isso”, Ele aparecerá diante de vocês e fará Sua obra então. Deus nos salvou do pecado. Ele também apagou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito, nos deu o poder de sermos chamados filhos de Deus e a vida eterna. E não somente isso, mas Ele também nos deu a verdadeira alegria e satisfação.
Entretanto, amados irmãos, se nosso coração não estiver pronto, nós não poderemos desfrutar de tudo que Deus nos deu. Quando Maria disse a Jesus que o vinho tinha acabado, Ele disse isso claramente: “Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não chegou a minha hora.” O significado dessas palavras é que as pessoas têm que se preparar espiritualmente em seu coração.
Aqueles cujo coração não está preparado não se sentem realizados e acham que ainda têm pecado, embora vão a várias igrejas, saiam de uma e vão para outra, sirvam ao Senhor, creiam fervorosamente e façam vigília no monte para orar a noite toda. Isso acontece porque seu coração ainda não está preparado para aceitar o evangelho da remissão de pecados. Mas se o coração de alguém estiver pronto e ele disser: “Agora, por mais que alguém de alguma seita me diga um monte de coisas sobre a Palavra de Deus, eu não vou aceitar de jeito nenhum. Mas se de fato for a Verdade sobre a remissão de pecados que a igreja me ensinou de maneira correta, eu vou aceitar essa Palavra. E vou aceitá-la.” Só assim Deus fará a obra nessa pessoa.
O que aconteceria se nós, por não estarmos preparados, disséssemos: “Por favor, fale comigo primeiro. Eu vou ouvir tudo, e se isso estiver de acordo com a doutrina da minha seita, eu vou aceitar. Contudo, se não for a Palavra de Deus, se ela não me satisfizer, eu não vou aceitá-la?” Se alguém buscar a Deus tendo uma atitude como essa, Ele lhe dirá que ainda não é tempo de ele receber a salvação. Isso significa que Deus não opera na vida dessas pessoas.
Se você quiser receber a verdadeira remissão de pecados e a verdadeira realização, você tem que abrir mão de tudo, negar a si mesmo e ter uma atitude de fé em relação à Palavra de Deus, dizendo: “Se for a Palavra de Deus, eu crerei nela. Ainda que não esteja de acordo com minha opinião, se for a Palavra de Deus que está escrita nos 66 livros do Antigo e do Novo Testamento, eu vou aceitá-la então.” Deus só realiza a obra da salvação, que é como o milagre da água transformada em vinho, em pessoas assim. Ele nos diz que são estes que recebem a remissão de pecados. Isso quer dizer que a salvação de Deus, o verdadeiro descanso e satisfação só são dados a essas pessoas. Amados irmãos, vocês crêem nisso? Amém.
Se você recebeu a remissão de pecados foi porque você obedeceu a Palavra de Deus e guardou essa Palavra no coração ao invés de fazer tudo conforme os seus pensamentos. É assim que nós recebemos a salvação e nos sentimos realizados por aceitarmos a Palavra de Deus, mesmo que não a entendamos. Nós nos tornamos membros da Igreja de Deus por aceitarmos Sua Palavra. Mas se apesar de ter fé em Jesus você não se sente realizado, isso acontece porque sua fé está errada e você crê segundo seus pensamentos e doutrinas. Meus amados irmãos, vocês entendem isso?
Na verdade, aceitar a Palavra de Deus de maneira correta neste mundo não é fácil. O mundo não acha que nossa igreja é a Igreja de Deus. Eles acham que somos apenas mais um grupo religioso ao invés de nos verem como a única Igreja de Deus; e o governo e a sociedade nem se importam conosco. Mas isso não vai durar muito tempo. Já que o diabo mantém este mundo cativo, você acha que ele nos deixaria fazer a obra de Deus livremente? Além disso, o mundo vê com bons olhos vocês que vivem segundo a vontade de Deus com alegria? Claro que não. Por essa razão, a obra de servir e obedecer à Palavra de Deus é sempre feita em meio a muitas provações.
Mesmo assim, amados irmãos, temos que crer na Palavra de Deus e aceitá-la de todo o nosso coração, mesmo que nós passemos por provações. Somente quando fizermos isso é que nós poderemos receber a remissão de pecados, ter a verdadeira felicidade e receber a verdadeira salvação. Apesar de sermos perseguidos neste mundo, temos que fazer isso. Uma igreja que quer ter o reconhecimento do mundo e, ao mesmo tempo, o de Deus, não é a verdadeira igreja.
“Você vai à igreja?”
“Sim, eu vou à igreja.”
“Você é um presbítero na sua igreja?”
“Sim, eu sou um presbítero.”
“Bom, você deve ser um homem santo então.” Os cristãos costumam gravar seus títulos na porta do seu gabinete. Todavia, só porque as pessoas deste mundo reconhecem um presbítero assim, isso não significa que isso é algo bom. Amados irmãos, o Espírito de Deus e o espírito do diabo são muito diferentes. Se o diabo reconhece e admira alguém que tem o Espírito de Deus e diz: “Você é mesmo uma boa pessoa. Você é realmente santo. Sua fé de fato está correta”, e essa pessoa gostar desse elogio, com certeza ela está do lado do diabo e não pertence a Deus.
O Cristianismo é reconhecido no mundo todo atualmente, inclusive na Coréia. Mas este Cristianismo que é reconhecido pelo mundo não tem compromisso algum com os fiéis que de fato receberam de Deus a remissão de pecados. As pessoas que de fato receberam a remissão de pecados não são reconhecidas, mas, ao contrário, elas são respeitadas pelo mundo. Eles dizem algo como: “Estes são realmente cristãos. Se eu me convertesse eu gostaria de ser alguém que crê como eles. Eu estou tão mal agora, mas como é que eles vivem alegres todos os dias, como seu rosto me passa uma paz e eles são tão confiantes em sua vida? Eu fico perplexo. Sua aparência é pior do que a minha e seu grau de instrução parece menor também. Eles não possuem tantos bens materiais quanto eu e sua vida modesta não parece ser grande coisa. Mas embora eles pareçam piores do que eu, por que seu rosto brilha assim? Como eles podem ser assim?”
Só existe uma razão pela qual as pessoas deste mundo respeitam os que de fato receberam a remissão de pecados. A verdade é que uma grande alegria, a verdadeira satisfação e a verdadeira vida habitam no seu coração porque eles aceitam o que ouvem, ou seja, aceitam o Espírito de Deus e Sua Palavra, independente do que ambos digam a eles. Meus amados irmãos, vocês crêem assim?
O tempo passa rápido depois que nascemos de novo por crermos em Jesus. Mas após o quinto e o sexto ano, e quando chega o décimo ano, a alegria aumenta mais ainda. Quando o vigésimo ano chega, a alegria se torna maior ainda, e quando chega o trigésimo ano, ela será como nunca antes. No entanto, para aqueles que não crêem em Jesus corretamente e também não receberam a remissão de pecados assim, isto é, para os que não conhecem a Palavra de Deus e o evangelho da remissão de pecados corretamente, quanto mais eles crêem menos alegria eles têm. Essa situação é a mesma comparada à festa onde não tinha mais vinho. Imagine crer em Jesus mas não poder receber a salvação e alcançar a verdadeira felicidade. O que poderia ser mais triste e terrível do que isso?
Meus amados irmãos, eu vou resumir meu sermão agora e terminá-lo. Vocês estão com sono porque ele foi muito longo? Se você olhar bem, o irmão Seung Whan Kim sempre dorme durante meus sermões, mas eu sei de uma coisa, ele não tem mais nenhum pecado. Ele dorme porque está cheio de alegria no seu coração. Amados irmãos, imagine por um momento se vocês não tivessem esse sentimento de satisfação. Vocês nunca conseguiriam dormir à noite se tivessem angustia no coração.
Amados irmãos, Deus nos diz que somente quando nós procuramos crer na Palavra de Deus e obedecê-la de maneira correta é que recebemos a salvação de Deus e alcançamos a verdadeira realização. Ele nos diz que é Ele que faz milagres e a obra da salvação. Os discípulos que viram aquele milagre em Caná creram naquela hora que Ele era o Filho de Deus. Este foi Seu primeiro milagre. Após verem este milagre, “os discípulos creram Nele.” Este foi o primeiro milagre que Jesus realizou depois que veio a essa terra. Transformar a água em vinho foi Seu primeiro milagre.
A primeira obra que Jesus fez ao vir a essa terra foi levar todos os nossos pecados quando foi batizado no rio Jordão. Foi por isso que Ele morreu na cruz em nosso lugar e nos salvou de modo perfeito do pecado e do juízo. Amados irmãos, isso é a glória de Deus. Isso é a justiça de Deus. Isso é o evangelho. Vocês e eu podemos ser aqueles que receberam a salvação se conhecermos a glória de Deus e aceitarmos Sua justiça.