Sermões

Assunto 14: A Primeira Epístola de JOÃO

[Capítulo 4-1] (1 João 4:1-6) Provai Se os Espíritos Vêm de Deus

(1 João 4:1-6)
“Amados, não creias em todo espírito, mas provai se os espíritos vêm de Deus, porque já muitos profetas têm surgido no mundo. Nisto conheceis o Espírito de Deus: Todo aquele que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus, mas todo espírito que não confessa a Jesus Cristo não é de Deus. Este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e agora já está no mundo. Filhinhos, vós sois de Deus, e já os vencestes, porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo. Eles são do mundo, por isso falam do mundo, e o mundo os ouve. Nós somos de Deus, e quem conhece a Deus nos ouve; mas aqueles que não são de Deus não nos ouve. Nisto reconhecemos o Espírito da verdade e o espírito do erro.”
 
 
Devemos Ter Cuidado com os Falsos Profetas
 
O Senhor está nos dizendo: “Amados, não creias em todo espírito, mas provai se os espíritos vêm de Deus, porque já muitos profetas têm surgido no mundo” (1 João 4:1).
Uma pessoa é composta de três elementos: do seu espírito, alma, e corpo. A alma, que está na pessoa, é diferente da dos animais. É por isso que as Escrituras nos dizem para provarmos se os espíritos vêm de Deus ou de Satanás. Nós temos que provar se o espírito de alguém pertence a Jesus Cristo ou não testando se essa pessoa crê no evangelho da água e do Espírito. Para fazermos isso, também temos que testar se essa pessoa reconhece realmente Jesus Cristo como Deus.
Esses espíritos, que não são de Deus, não aceitam a Verdade do evangelho da água e do Espírito em seu coração. E como resultado, eles são dominados por espíritos malignos pois não foram purificados dos seus pecados. Isto é, já que eles rejeitaram e não creram na Verdade do amor do evangelho da água e do Espírito dado por Deus, eles não podem ver os espíritos que pertencem a Deus.
Embora a princípio pareça que aqueles cujo espírito é dominado pelo inimigo não gostam de ter seus pecados purificados, na verdade eles odeiam mesmo que seus pecados sejam perdoados. Eles odeiam ser lavados dos seus pecados porque se recusam a crer no evangelho da água e do Espírito dado por Deus, embora isso fosse limpá-los de todos os seus pecados. Infelizmente, esse tipo de pessoas pertence a Satanás, o diabo. Esse tipo de pessoas continua sendo líderes cristãos, ministrando aos outros.
1 João 4:2 nos diz: “Nisto conheceis o Espírito de Deus: Todo aquele que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus.”
Essa passagem das Escrituras descreve uma pessoa que pertence a Deus. Essa pessoa crê na Verdade que Jesus Cristo veio a este mundo no corpo de um homem, recebeu o batismo de João Batista para levar sobre Si os pecados do mundo, e recebeu a condenação por causa do pecado em nosso lugar quando derramou Seu sangue na Cruz.
Jesus Cristo é o nosso Salvador que veio a essa terra no corpo de um homem para apagar todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista e ao derramar Seu sangue. Aqueles que crêem nessa Verdade do evangelho pertencem a Deus.
Na passagem das Escrituras aqui, os que “são de Deus” são aqueles que crêem em seu coração que Jesus Cristo veio a este mundo e os libertou de todos os pecados deste mundo através da Verdade do evangelho da água e do Espírito. Jesus Cristo, Ele é o verdadeiro Salvador de todos nós.
Portanto, “todo aquele que confessa que Jesus Cristo veio em carne” é alguém que crê que Jesus Cristo é Deus, que Ele veio a este mundo em carne, levou sobre Si os pecados do mundo ao receber o batismo de João Batista, e que Ele suportou a condenação por todos os nossos pecados ao derramar Seu sangue na Cruz. Sendo assim, nossa verdadeira fé está em crer no evangelho da água e do Espírito.
Jesus, o eterno Salvador da humanidade, é o Sumo Sacerdote celestial, o Rei dos reis, e o Profeta que havia de vir. Jesus Cristo na totalidade dessas Suas três funções nos libertou de todos os pecados deste mundo de uma só vez.
Jesus abandonou por algum tempo a glória do Céu para completar a obra da remissão de pecadores por meio do evangelho da água e do Espírito. O Senhor, de uma vez por todas, transferiu os pecados do mundo para Si mesmo ao receber o batismo de João Batista. E, entregando Seu corpo para ser pregado na Cruz, Ele nos salvou de todos os pecados do mundo ao receber o castigo pelos nossos pecados.
Dessa maneira, Ele salvou completamente aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito de todos os pecados deste mundo de uma vez por todas. Ele mesmo disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida” (João 14:6).
Jesus Cristo é o Salvador, que nos deu a Verdade que nos guia à verdadeira remissão de pecados através da fé no evangelho da água e do Espírito. Por isso, ‘confessarmos que Jesus Cristo veio a essa terra em carne’ significa crermos em nosso coração na Verdade que Ele nos libertou de todos os nossos pecados ao receber o batismo de João Batista e ao derramar Seu sangue na Cruz. Em suma, todo aquele que é de Deus crê no presente que nos foi dado por Deus que é o evangelho da água e do Espírito. Para todos nós que cremos na Verdade do evangelho da água e do Espírito, Jesus é o Filho de Deus que veio a essa terra como nosso verdadeiro Salvador. Jesus cumpriu totalmente a função de Sumo Sacerdote eterno ao oferecer Seu próprio corpo como propiciação a Deus Pai, permitindo assim que entrássemos no Céu.
O Apóstolo João agora proclama que Jesus Cristo é o Salvador que veio nos salvar dos pecados deste mundo através do evangelho da água e do Espírito (1 João 5:4-7). O que eu quero saber é se vocês crêem nessa Verdade. Aqueles que pertencem a Jesus Cristo crêem na Verdade que dá testemunho de Jesus Cristo, que veio a este mundo em carne, nos salvou dos nossos pecados ao receber o batismo de João Batista e ao derramar Seu sangue na Cruz por nós.
 
 
Aqueles que Não Confessam que Jesus Cristo Veio em Carne para Salvar os Pecadores de Todos os Seus Pecados
 
Essas são as pessoas que não crêem que Jesus é o verdadeiro Deus e o Filho de Deus, e que Ele levou sobre Si os pecados do mundo ao receber o batismo de João Batista e derramar Seu sangue na Cruz. As pessoas que duvidam da divindade de Jesus não crêem na Palavra do evangelho da água e do Espírito, e por isso, não podemos dizer que elas pertencem a Deus.
Meus amados irmãos, há muitos cristãos em todo o mundo que não vêem o batismo e o sangue de Jesus como a Verdade da salvação dos pecadores. Eles vivem com dúvidas, questionando até mesmo se Jesus é realmente Filho de Deus e o próprio Deus. Todavia, Jesus é o Filho de Deus. Ele também é completamente Deus. Então, Ele é o Deus Todo Poderoso, capaz de livrar todos os pecadores dos seus pecados. Jesus Cristo é o Rei dos reis, que estabeleceu o Reino de Deus. Por essa razão, nós temos que crer no evangelho da água e do Espírito como sendo a Verdade para a salvação. A não ser que façamos isso, não existe um homem sequer nessa terra que possa alcançar a salvação dos seus pecados.
Jesus é realmente o Deus Criador, que criou o universo. A Bíblia diz: “No princípio criou Deus os céus e a terra.” Quando Jesus, que em Sua essência é Deus, disse: “Haja luz,” então houve luz (Gênesis 1:3). Conseqüentemente, está relatado na Bíblia que “o mundo foi feito por meio dele” (João 1:10). O mundo passou a existir por meio de Jesus, que é Deus. Embora Jesus seja o Filho de Deus, Sua divindade é essencialmente idêntica a de Deus Pai. Jesus é também nosso Salvador, que veio pelo evangelho da água e do Espírito. Só para ilustrar, se seus pais são humanos, vocês também são humanos por herança. Da mesma forma, porque o Pai de Jesus Cristo é Deus, Jesus nosso Salvador também é Deus.
Mesmo sendo Jesus o Filho unigênito de Deus, Ele foi desprezado por algum tempo. No entanto, Deus Pai na Sua intenção de nos adotar como Seus filhos e fazer dos outros Seus filhos também, enviou Seu único Filho pelo evangelho da água e do Espírito. Qualquer um que crê nesse verdadeiro evangelho também se torna um filho de Deus.
João 1:10 afirma: “O mundo foi feito por meio dele mas o mundo não o conheceu.” O pronome “Ele” significa que o mundo foi criado única e exclusivamente por Jesus Cristo e por mais ninguém. Isto é, Jesus criou o mundo e todo o universo com Sua Palavra.
Entretanto, esse Ser magnífico em obediência à vontade de Seu Pai veio a este mundo no corpo de um homem como nosso Salvador. Jesus Cristo veio a este mundo revestido de um corpo humano a fim de salvar a humanidade dos seus pecados. Ele recebeu o batismo de João Batista e, recebendo os pecados deste mundo, derramou Seu sangue na Cruz até a morte. Contudo, três dias após Sua morte, Ele ressuscitou dos mortos, e libertou os crentes de todos os pecados deste mundo.
Apesar disso, há aqueles que crêem em meias verdades, não dando crédito à salvação composta pelo batismo de Cristo e Seu sangue na Cruz. Essas pessoas têm que considerar novamente porque Jesus recebeu o batismo de João Batista e crer na única Verdade. Somente se fizerem isso Deus ficará satisfeito. Neste momento, há muitos cristãos que ainda não crêem no Salvador, que nos concede a salvação dos pecados deste mundo por meio da Verdade do evangelho da água e do Espírito. Mesmo nos tempos da Igreja Primitiva, havia pessoas patologicamente céticas.
“Jesus é realmente Deus?” “Ele é simplesmente o Filho de Deus?” “Ou Ele é apenas uma criatura?” Ao fazerem essas três perguntas, alguns creram nos falsos ensinamentos dos infiéis e acabaram perecendo. Já que eles não tinham a Verdade do evangelho da água e do Espírito em seu coração, eles não reconheceram nem creram em Jesus como Deus. Eles eram como aqueles que zombaram de Jesus quando Ele estava na Cruz dizendo: “É rei de Israel! Desça agora da Cruz e creremos nele” (Mateus 27:42). Até mesmo agora, inúmeras pessoas não crêem em Jesus Cristo como o seu verdadeiro Salvador, que veio pelo evangelho da água e do Espírito. Eu não posso esconder meu espanto com respeito ao fato de que ainda há muitos céticos em relação à divindade de Jesus, mesmo entre os cristãos do mundo inteiro.
Nós temos que crer que Jesus nasceu nessa terra, revestido de um corpo humano abandonando por algum tempo Seu trono no Céu, para que Ele pudesse salvar toda a humanidade de uma vez por todas de todos os seus pecados. Para nos salvar dos pecados deste mundo, Jesus Cristo deixou Seu trono e veio a este mundo, revestido por algum tempo de um corpo humano. Por isso, a Bíblia afirma: “A virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamarão pelo nome de Emanuel, que quer dizer: Deus conosco” (Mateus 1:23).
Este é o cumprimento da profecia feita pelo profeta Isaías (Isaías 7:14), que foi proferida mais de 700 anos antes do nascimento de Jesus Cristo. O nascimento de Jesus Cristo aconteceu de acordo com a providência da promessa de Deus. Quando chegou o tempo da profecia se cumprir, Deus tomou emprestado o corpo de uma virgem chamada Maria para gerar Seu Filho, que foi chamando Emanuel.
Então, quem são as pessoas que não crêem em Jesus Cristo como Salvador? O que as pessoas acham de Jesus e como crêem nEle? Há pessoas que não crêem que Jesus Cristo é o verdadeiro Deus. A diferença lógica entre aqueles que confessam que Jesus Cristo veio a essa terra no corpo de um homem e aqueles que não é se eles têm pecado em seu coração ou não. Isto é, o coração das pessoas, que crêem que Jesus veio a este mundo pelo evangelho da água e do Espírito, estão purificados dos seus pecados. Por outro lado, os pecados ainda continuam no coração daqueles que não crêem dessa forma.
A Verdade da salvação é essa: que Jesus veio a este mundo no corpo de um homem e levou os pecados do mundo sobre o Seu corpo ao receber o batismo de João Batista. E Ele de fato se tornou nosso Salvador derramando Seu sangue na Cruz e ressuscitando dos mortos. No entanto, essas pessoas, que não crêem nessa Verdade da salvação, nunca poderão ser limpas dos seus pecados. Portanto, ninguém pode ser de Deus se não tiver em seu coração a fé em Jesus que veio pelo evangelho da água e do Espírito.
Sendo assim, os justos e os pecadores são distinguidos pelo evangelho da água e do Espírito. Uma pessoa é tida como justa ou pecadora dependendo se ela crê que nosso Salvador Jesus Cristo é realmente Deus, que veio a este mundo para nos salvar de todos os nossos pecados. Isto é, as pessoas que reconhecem isso, através da Verdade do evangelho da água e do Espírito, são absolvidas por Jesus Cristo de todos os seus pecados e possuem o Espírito da Verdade, enquanto que aquelas que o negam não têm o Espírito da Verdade.
 
 
Quem são os inimigos de Deus?
 
1 João 4:3 afirma: “Todo aquele que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus, mas todo espírito que não confessa a Jesus Cristo não é de Deus. Este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e agora já está no mundo.” A afirmação “todo espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus,” se refere às pessoas que não crêem que Jesus Cristo veio a este mundo pelo evangelho da água e do Espírito.
O que significa a frase “cada espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus?” Essa frase da Bíblia se refere àqueles que falharam em crer na Verdade que Jesus Cristo se tornou nosso verdadeiro Salvador vindo a este mundo no corpo de um homem, recebendo o batismo de João Batista, redimindo os pecados do mundo de uma vez por todas através da Sua morte na Cruz, e ressuscitando dentre os mortos.
O nome de Jesus traz em si o significado “Salvador”. Como o significado do Seu nome sugere, Jesus, nosso verdadeiro Salvador, salvou todos os pecadores dos seus pecados deste mundo através do evangelho da água e do Espírito. E como resultado, aqueles que não reconhecem nem crêem na Verdade da água e do Espírito serão condenados por Deus. Essas pessoas, que falharam em reconhecer Jesus como nosso verdadeiro Salvador e também como Deus perfeito, possuem mais o espírito do anticristo do que o Espírito de Deus.
Aqui, o anticristo se refere ao inimigo que se coloca contra Deus. Infelizmente, muitos cristãos estão vivendo como inimigos de Deus. Até mesmo entre aqueles que reconhecem e aceitam Jesus como seu Senhor e Salvador, há pessoas que possuem o espírito do anticristo, que se recusam a crer no evangelho da água e do Espírito.
1 João 4:3 também declara que “ouvimos [que o anticristo] a de vir, e que já está no mundo.”
Nestes dias, muitas pessoas não reconhecem Jesus como Deus, embora Ele de fato seja Deus. Muitos acreditam mesmo que podem reconhecer Jesus como seu Salvador. No entanto, essas mesmas pessoas não reconhecem Jesus, nosso Deus, como verdadeiro Deus. Além disso, há poucas pessoas que estão cientes do fato de que há muitas pessoas neste mundo que não crêem no evangelho da água e do Espírito, e que não crêem que Jesus é o Filho de Deus e o nosso próprio Deus. Nosso Senhor declarou que todo espírito que não confessa a Jesus não é de Deus.
Nossa confissão de Jesus como Salvador significa que nós também reconhecemos que Ele é realmente Deus, e que Ele veio a essa terra pelo evangelho da água e do Espírito e apagou completamente todos os nossos pecados de uma vez por todas com esse verdadeiro evangelho. Portanto, aqueles que não aceitam essa Verdade são anticristos. Muitas pessoas hoje em dia, embora creiam em Jesus como seu Salvador, não crêem em Jesus Cristo que veio através do evangelho da água e do Espírito. E o que é pior, muitas dessas pessoas não entendem quão grande pecado é não crer em Jesus Cristo que veio através do evangelho da água e do Espírito.
Há muitas pessoas neste mundo que não reconhecem nem crêem em Jesus Cristo que veio pelo evangelho da água e do Espírito. Por outro lado, muitos cristãos estão seguindo os dogmas religiosos deste mundo crendo somente no sangue de Jesus para sua salvação. Eles não admitem a Verdade que Jesus veio a este mundo pelo evangelho da água e do Espírito para salvá-los de todos os seus pecados (1 João 5:6-8, João 3:5). O que eu estou tentando dizer é isso: há muitos crentes em Jesus, o Salvador, mas eles se tornaram inimigos de Deus porque não conhecem a Jesus que veio pelo evangelho da água e do Espírito. Entretanto, até mesmo eles são incapazes de negar o evangelho da água e do Espírito quando o vêem descrito na Bíblia.
Eu na verdade creio que nosso Senhor veio a essa terra pelo evangelho da água e do Espírito para livrar todos os pecadores de todos os seus pecados deste mundo. É por isso que eu tenho pregado o evangelho da água e do Espírito. É uma vergonha que muitas pessoas ainda confessem a Jesus como seu Salvador com sua boca mas não consigam entender a grande verdade do evangelho da água e do Espírito.
O Apóstolo Paulo disse que todo espírito que não é de Deus, na verdade, é o espírito do anticristo. Anticristo é aquele que anda como inimigo de Deus. Em Apocalipse, o Apóstolo João disse que o anticristo vai aparecer e perseguirá os santos. Mas na passagem das Escrituras que vimos aqui, ele define os anticristos como aqueles que não reconhecem Jesus como Deus nem como seu Salvador, e não reconhecem o evangelho da água e do Espírito como a Verdade da genuína salvação. Por esse motivo, aqueles que não reconhecem que Jesus veio a nós pela Verdade do evangelho da água e do Espírito e nos livrou dos nossos pecados se tornam inimigos de Deus. Eles fizeram de Deus seu inimigo.
Nós às vezes também dizemos para aqueles que tornam nossas vidas miseráveis: “Vocês não são diferentes do meu inimigo.” Isso não é verdade? Nós não devemos nos tornar inimigos de Deus por não crermos em Jesus Cristo, que é nosso Deus e Salvador. Jesus já levou os pecados do mundo sobre Si através do batismo que Ele recebeu de João Batista. Nós não devemos nos tornar inimigos de Deus. E para que isso não aconteça, temos que crer no batismo de Jesus e no Seu sangue derramado na Cruz como a verdadeira remissão dos nossos pecados.
Os crentes em Jesus Cristo devem se tornar inimigos de Deus? Claro não. Contudo, infelizmente até agora, muitos cristãos estão andando como inimigos de Deus. Eles são aqueles que não crêem que Jesus é Deus, e nem reconhecem a importância do batismo que Jesus recebeu de João Batista (Mateus 3:15). Eles ainda não receberam a remissão de pecados porque eles só crêem no sangue de Jesus na Cruz. Eles são os religiosos que de alguma forma conhecem Jesus mas não O conhecem como o seu Salvador que veio pelo evangelho da água e do Espírito. Por isso, a salvação de Deus que está no evangelho da água e do Espírito não habita em seus corações.
Eles pertencem ao mundo, e por isso, falam do mundo, como está escrito em 1 João 4:5: “Eles são do mundo, por isso falam do mundo, e o mundo os ouve.” Embora eles confessem Jesus como seu Salvador, eles não estão interessados em nascer de novo pelo evangelho da água e do Espírito. Ao contrário, eles estão interessados somente na santificação da carne, e por isso andam dizendo: “Seja gentil.” “Não beba.” “Pare de fumar.” “Tenha uma vida virtuosa.” “Está tudo bem se você se santificar, mesmo que ainda haja pecado em seu coração.” Porque eles não pertencem a Cristo, eles falam da carne que é deste mundo.
Mas o evangelho da água e do Espírito está dizendo que Deus Pai enviou Seu Filho a este mundo para salvar todos os pecadores dos seus pecados, e todo aquele que crê nesse verdadeiro evangelho será purificado de todos os seus pecados. Entretanto, no coração daqueles que não crêem nessa verdade há um conceito errado de que não cometer pecado na carne é uma marca do verdadeiro crente, independente da remissão de pecados em seu coração. O objetivo da sua fé é que eles se tornem pessoas transformadas exteriormente: alguém que amaldiçoa vários crentes para diminuir sua maldição; alguém que está perto de um alcoólatra e crê pode se abster do álcool; alguém que fuma sem parar e crê que pode parar de fumar. Quando eles alcançam seus objetivos que é a mudança de comportamento, eles têm a ilusão de que se tornaram bons cristãos. Essas pessoas também acreditam de modo errado que serão perfeitamente santificadas quando morrerem, mas tal fé não é o tipo de fé que leva as pessoas à salvação crendo em Jesus Cristo que veio pelo evangelho da água e do Espírito.
A passagem das Escrituras que estamos vendo aqui diz: “Eles são do mundo, por isso falam do mundo, e o mundo os ouve” (1 João 4:5).
Nos dias de hoje, os pregadores dizem que crer em Jesus é bom para sua saúde, que bater palmas enquanto louvam é bom para sua saúde, e que orar de manhã é bom para sua saúde psicológica. Da mesma forma, se derramar em lágrimas quando se pensa em Jesus é tido como uma boa fé entre os cristãos. As pessoas são motivadas para fazer orações de arrependimento porque crêem que essas experiências de purificação reduzem seu nível de stress. Embora alguns psiquiatras concordem que chorar é bom para o bem-estar psicológico de uma pessoa, essas atividades estão longe de saber a verdade do evangelho da água e do Espírito. Mesmo que arrependimento e lágrimas do verdadeiro remorso são bons em si, eles podem se tornar facilmente tolos egoístas liberando seu próprio stress que os guia a uma religiosidade tola. Que relação há entre orações de arrependimento e a fé no evangelho da água e do Espírito?
Há muitos líderes cristãos hoje em dia que não são de Deus. Porque eles mesmos não pertencem a Deus, eles ensinam seus membros com o conhecimento do mundo. No final, eles passam a entender Jesus pela religiosidade do mundo, e não pertencem a Deus, mas ao diabo. Já que aqueles que pertencem ao diabo falam do diabo, eles podem ter comunhão uns com os outros.
Todavia, 1 João 4:6 continua dizendo: “Nós somos de Deus, e quem conhece a Deus nos ouve; mas aqueles que não são de Deus não nos ouve. Nisto reconhecemos o Espírito da verdade e o espírito do erro.”
Você tem que entender que você se torna alguém de Deus com sua fé no evangelho da água e do Espírito dado por Deus. Como dizem as Escrituras, aqueles que conhecem e aceitam a Palavra do evangelho da água e do Espírito ouvem as mensagens dos servos de Deus com entendimento. Por outro lado, aqueles que não conhecem esse verdadeiro evangelho não podem ouvir as mensagens proferidas pelos servos de Deus com entendimento, e rejeitam essa mensagem.
1 João 4:6 diz: “Nós somos de Deus, e quem conhece a Deus nos ouve; mas aqueles que não são de Deus não nos ouve.” As pessoas que conhecem a Deus dão ouvidos à mensagem que diz que Jesus veio a essa terra em carne, anulou os nossos pecados de uma vez por todas através do evangelho da água e do Espírito, e recebeu a punição pelos nossos pecados em nosso lugar.
No entanto, aqueles que não pertencem a Deus não podem entender as palavras dos servos de Deus, que crêem no evangelho da água e do Espírito. Quando os servos de Deus pregam o evangelho divino, aqueles que não pertencem a Deus rejeitam a fé nessa verdade. Esse fenômeno nos capacita a discernir quem é de Deus e quem não é pela capacidade de ouvir e compreender a mensagem dos servos de Deus, que crêem no evangelho da água e do Espírito. É por isso que 1 João 4:6 continua dizendo: “Nisto reconhecemos o Espírito da verdade e o espírito do erro.” Esse espírito do erro habita dentro daquele que não crê no evangelho da água e do Espírito.
É fácil confundir as palavras de 1 João 4:2: “Todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus,” que significa que todo aquele que simplesmente crê em Jesus como seu Salvador pode receber a salvação. Contudo, aqueles cujos olhos espirituais são abertos sabem bem que essa passagem diz respeito àqueles que crêem em Jesus como o Salvador que veio pela água e pelo sangue, e pelo Espírito Santo. Eles dizem que a Bíblia é um segredo ou um tesouro escondido. A Verdade do evangelho da água e do Espírito, que foi revelada na Bíblia, não era acessível a quase ninguém. Porém, nós, que cremos no evangelho da água e do Espírito, podemos entender muito bem o que o Espírito Santo está nos dizendo.
1 João 4:4 afirma: “Vós sois de Deus, e já os vencestes.” Porque pertencemos a Deus, nós podemos vencer o maligno com nossa fé no evangelho da água e do Espírito. Se os justos vivem pela fé no evangelho da água e do Espírito, eles podem viver de uma maneira mais próspera do que aqueles que não crêem nessa Verdade. Os justos podem aproveitar sua vida mais alegremente no seu corpo e no seu espírito se unindo a Jesus ao invés de se unir às pessoas do mundo. Os crentes na Verdade do evangelho da água e do Espírito vencem o mundo. Isso porque o evangelho da água e do Espírito que nós cremos é de fato a Verdade de Deus. Não há ninguém que possa ser derrotado por Satanás entre aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito. Nós podemos até sucumbir diante deles de vez em quando, mas isso não acontece porque nós não temos poder.
Além disso, não há ninguém que possa ser derrotado por Satanás entre aqueles que crêem no verdadeiro evangelho. Aqueles que são derrotados não crêem em Jesus Cristo como Deus e, por causa disso, basicamente pertencem a Satanás. Mas nós cremos no evangelho da água e do Espírito. E com essa Verdade, podemos vencer também os anticristos e o mundo.
De fato, a fé religiosa das pessoas do mundo não pode se comparar com nossa fé na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Se Deus permitir, nós que cremos nesse verdadeiro evangelho faremos as mesmas obras que os discípulos de Jesus fizeram. Isso porque “maior é o que está em vós do que o que está no mundo.” O Espírito Santo está em nós. O Espírito Santo que está em você e em mim que cremos no evangelho da água e do Espírito é maior do que o mundo. O Espírito Santo que habita em nosso coração também nos capacita a aumentar nosso potencial.
Embora pareça que as pessoas do mundo tenham muito poder, a verdade está longe disso. O mundo não pode competir com as palavras de fé do evangelho da água e do Espírito. Porém, muito mais pessoas têm se tornado povo de Deus por aceitar o evangelho da água e do Espírito. Nós vencemos o mundo crendo na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Nosso Senhor que habita em nosso coração é maior do que o mundo.
O habitar do Espírito Santo em nosso coração é a prova de que os pecados do nosso coração foram apagados através da nossa fé na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Você tem a Palavra do evangelho da água e do Espírito em seu coração? O Espírito Santo habita agora no coração daqueles que receberam a remissão de pecados através da sua fé no evangelho da água e do Espírito. Ao selá-los com o Espírito Santo, Deus protege aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito, porque eles são de Deus. A única maneira de se tornar povo de Deus é crendo de coração na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Se nós nos comportamos bem diante de Deus ou não, isso não tem nada a ver com se tornar um cidadão do Seu Reino.
Seu espírito agora pertence a Deus? Ou você ainda não pertence a Deus? Nós temos em nosso coração o divino amor, que é a Palavra do evangelho da água e do Espírito? Em nós que cremos na Verdade do evangelho da água e do Espírito, o amor de Deus e o Espírito Santo habitam abundantemente. Nosso Senhor apagou todos os nossos pecados através do evangelho da água e do Espírito para que pudéssemos nos tornar filhos de Deus somente através da nossa fé. Agora, nós temos a esperança da vida eterna no Reino de Deus. O amor de Deus nos envolveu através da Palavra da Verdade no evangelho da água e do Espírito.
Deus concedeu a nós, que cremos no evangelho da água e do Espírito, a abundante graça de sermos de Deus. Deus adotou a nós, que cremos no evangelho da água e do Espírito, como Seus filhos eternamente. Deus nos abençoou com prosperidade no Reino eterno que há de vir. Nós temos que ser sempre gratos a Deus por Ele já ter derramado muitas bênçãos sobre nós.
Às vezes, nós nos afastamos de Deus. Mas mesmo assim nós podemos seguir nosso Senhor com fé no evangelho da água e do Espírito. Embora estejamos vivendo neste mundo, é muito importante examinarmos a nós mesmos, para vermos se somos de Deus ou não. Quem são as pessoas mais afortunadas e desafortunadas deste mundo? Aqueles que são de Deus são as pessoas mais afortunadas deste mundo. Por outro lado, as almas que não são de Deus são desafortunadas.
Se quisermos nos tornar o povo de Deus que realmente conhece o Seu amor, primeiro temos que ter uma fé poderosa na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Nós temos que esvaziar nosso coração e crer na Verdade para respondermos ao amor de Deus que atrai nosso coração. Nós temos que viver pela fé até o dia da volta do nosso Senhor em Sua glória. Mesmo que você tenha recebido a remissão de pecados por crer no evangelho da água e do Espírito, você tem que manter fielmente sua fé no evangelho a fim de agradar a Deus.
Eu sou eternamente grato a Deus pela Sua abundante graça e pela misericórdia que Ele preparou para nós através do evangelho da água e do Espírito.
Eu creio que Deus Pai nos concedeu todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo Jesus. Amém.