خطبے

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 1-17] A Razão pela qual Deus Nos Fez à Sua Imagem (Gênesis 1:24-31)

A Razão pela qual Deus Nos Fez à Sua Imagem
(Gênesis 1:24-31)
“E disse Deus: Produza a terra seres viventes conforme a sua espécie; animais domésticos, répteis, e animais selvagens conforme a sua espécie. E assim foi. Deus fez os animais selvagens conforme a sua espécie, e os animais domésticos conforme a sua espécie, e todos os répteis conforme a sua espécie. E viu Deus que isso era bom. Então disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra, e sobre todos os répteis que se arrastam sobre a terra. Assim Deus criou o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou. Deus os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra, e sujeitai-a. Dominai sobre os peixes do mar, sobre todas as aves dos céus e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra. E disse Deus ainda: Tenho-vos dado todas as ervas que produzem semente, e se acham sobre a face de toda a terra, bem como todas as árvores em que há fruto que dá semente. Ser-vos-ão para mantimento. E a todos os animais da terra, a todas as aves do céu e a todos os seres viventes que se arrastam sobre a terra, tenho dado todas as ervas verdes como mantimento. E assim foi. Viu Deus tudo o que tinha feito, e que era muito bom. E houve tarde e manhã - o sexto dia”.
 
 
Depois de criar tudo neste mundo, a última coisa que Deus fez foi o homem. A Bíblia diz que quando Deus criou o homem, Ele o criou à Sua imagem e semelhança. Na passagem de Gênesis acima, podemos descobrir quem é o Deus Triuno.
O Deus em que nós cremos é Deus Pai, o Filho e o Espírito Santo. Quando Deus criou os céus e a terra, essas três Pessoas de Deus – o Pai, o Filho e o Espírito Santo – criaram o homem à imagem de Deus. E pelo que Deus diz aqui: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança”, nós podemos descobrir quem é Deus. Deus criou o homem à Sua imagem. Aquele que criou este mundo e o homem foi o Deus Triuno: Deus Pai, Seu Filho Jesus Cristo e o Espírito Santo. Foi este Deus que criou os céus e a terra, tudo que há neles e o próprio homem.
No sexto dia, o último dia da criação, Deus criou o homem à Sua imagem pela obra do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Deus disse: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança”, e foi assim que Ele o criou.
O que é o homem então? Quem são os seres humanos? Eles são aqueles que possuem a imagem de Deus. Isso quer dizer então que quando Deus criou o homem à Sua imagem, Ele quis que fôssemos seus filhos desde o começo? Sim. Nós temos que entender corretamente o plano de Deus em criar o homem à Sua imagem e desfrutar do Seu poder e da Sua Glória.
Nós temos que entender que o propósito pelo qual Deus criou o homem e a mulher foi estabelecer Sua Igreja. O fato de Deus ter criado a mulher da costela do homem nos mostra que Ele cumpriria Sua vontade através de Jesus Cristo. Isso revela o plano de Deus para Sua Igreja, e foi o Deus Triuno que criou e idealizou este plano.
Deus criou todo mundo à Sua imagem, e Ele planejou isso para cumprir Seu propósito. Bem antes da fundação do mundo, Deus já tinha planejado que Jesus Cristo nos faria Seus filhos. Para cumprir este plano então, Jesus Cristo veio a essa terra, foi batizado por João Batista, levou sobre Si os pecados do mundo, morreu na Cruz, ressuscitou dos mortos, e assim cumpriu a vontade do Pai. O Espírito Santo, por outro lado, nos garante a salvação que Deus Pai e Jesus Cristo realizaram. Jesus Cristo fez a vontade do Pai em obediência a Ele.
 
 

Como a Vontade de Deus foi Cumprida?

 
O Pai, o Filho e o Espírito Santo são o mesmo Deus para nós. A Bíblia declara que Deus Pai nos escolheu e predestinou em Jesus Cristo antes da fundação do mundo, e foi através Dele que Ele cumpriu Seu plano (Efésios 1:3-5). Em outras palavras, Deus predestinou que Sua vontade seria cumprida em nós por meio de Jesus Cristo. Tudo isso significa que em Seu Filho Jesus Cristo, Deus nos criou à Sua imagem como Seus filhos. Melhor dizendo, Deus fez isso consultando o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Deste modo, o Pai, o Filho e o Espírito Santo planejaram nos criar cheios de glória e cumpriram Seu plano.
Deus Pai planejou nos criar como Seus filhos, e Seu filho Jesus Cristo, em obediência à vontade de Seu Pai, foi batizado por João Batista, morreu na Cruz e ressuscitou dos mortos. Ao ser batizado por João Batista e levar sobre Si os pecados do mundo, assim como ao morrer na Cruz tirando nossos pecados e ressuscitando dos mortos, Jesus Cristo apagou os pecados do homem, cumprindo assim a vontade de Deus. Deus Pai quis nos criar como Seus filhos. Por isso, a todo aquele que crê no Seu Filho, Ele dá o direito de se tornar filho de Deus.
Como foi que Deus restaurou então o homem criado à Sua imagem e o fez Seu filho? Ele fez isso de uma vez só usando a Palavra do evangelho da água e do Espírito. Quando Deus criou os céus e a terra, Ele criou o homem e a mulher, e assim cumpriu Sua vontade. Ele cumpriu Sua vontade nos salvando e nos fazendo Seus filhos através do Seu Filho Jesus Cristo. Foi por isso que Ele criou o homem à Sua imagem.
Deus criou o homem, macho e fêmea, à Sua imagem e disse: “Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão os dois uma só carne” (Gênesis 2:24). Esta é a Sua vontade, e Ele quer que o ser humano seja um com ele crendo no evangelho da água e do Espírito. Foi por isso que quando Deus criou os céus e a terra e o ser humano, Ele criou o homem e a mulher. E ao criá-los, Deus tinha em Sua mente os salvos, os justos, que Ele planejou salvar através de Jesus Cristo.
Graças à Sua vontade, quem crê em Jesus Cristo como seu Salvador pode alcançar seus objetivos na vida pela fé. Nós nascemos de novo como filhos de Deus pelo evangelho da água e do Espírito que Jesus Cristo nos deu. Em outras palavras, os pecadores deste mundo só podem se tornar filhos de Deus quando crêem no evangelho da água e do Espírito que Jesus Cristo nos deu, e assim receber remissão de seus pecados. É de Deus que recebemos o direito de nos tornarmos Seus filhos.
Quando nos tornamos filhos de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito, Deus nos dá tudo que existe nos céus. O próprio Deus se torna o Senhor de todos nós. Portanto, nós não temos mais nenhuma dúvida que somos realmente aqueles que possuem a imagem de Deus.
Como foi que passamos a ter a imagem de Deus? Foi por meio do evangelho da água e do Espírito que o propósito de Deus se cumpriu quando Ele criou o homem à Sua imagem no começo. Desde do início, Deus planejou criar o homem como Seu filho, e este Seu plano se cumpriu totalmente em Jesus Cristo.
Se de alguma forma Deus tivesse criado Seus filhos sem Jesus Cristo, todas as outras criaturas iriam se rebelar então. É claro que isso não significa que Deus ficou com medo das Suas criaturas se rebelarem, e sim que Ele não quis ser um Deus injusto. Como o nome de Deus não pode ser prejudicado, Ele teve um plano justo para nossa salvação em Jesus Cristo desde o início. Sendo assim, a bênção de Deus encontrada em Jesus Cristo é que primeiro nascemos nessa terra como criaturas.
Deus nos fez Seus filhos que estão no mesmo nível do Seu Filho Jesus Cristo. Como foi que Deus nos colocou no mesmo nível de Jesus Cristo, como Seus irmãos e irmãs? Deus deu um jeito de nos tornamos Seus filhos pelo evangelho da água e do Espírito que Jesus realizou. Portanto, temos que entender muito bem o evangelho da água e do Espírito, que é a concretização do amor de Deus.
Antes de tudo, temos que entender o plano de Deus. Deus Pai planejou nossa salvação em Jesus Cristo antes da fundação do mundo, e realizou isso de uma vez por todas com a Verdade da água e do Espírito. Efésios 1:4-5 declara isso de modo bem claro. “Pois nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele. Em amor nos predestinou para sermos filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito da sua vontade”. O plano de Deus era que alcançássemos a salvação. Este é o plano de Deus revelado em Efésios capítulo 1. É assim que nós passamos a ter totalmente a imagem de Deus em Jesus Cristo. Em outras palavras, Deus criou o homem nessa terra para que possuíssemos a Sua imagem.
De um modo geral, os chamados fundadores das religiões deste mundo tentem deificar a si mesmos. Nós podemos ver vários deles tentando chegar a um estado divino, tudo em vão. Todavia, somente quando alguém tem um encontro com Jesus por meio do evangelho da água e do Espírito é que ele pode receber a graça da remissão dos seus pecados e se tornar filho de Deus; e isso vale para todos. Foi este o próprio objetivo pelo qual Deus fez com que o homem nascesse neste mundo. E essa é a Verdade que é cumprida por completo em todo aquele que crê em Deus e segue a Sua Palavra.
Nascer neste mundo e ter um encontro com Jesus Cristo, que veio pelo evangelho da água e do Espírito, é uma bênção tão tremenda que não precisamos de mais nada. Isso quer dizer que o propósito pelo qual nascemos neste mundo foi cumprido agora que a vontade de Deus também se cumpriu. É assim que nós desfrutamos do verdadeiro descanso no plano de Deus e descobrimos o verdadeiro significado do nosso nascimento. É no evangelho da água e do Espírito que nós encontramos o propósito pelo qual nascemos neste mundo e a razão da nossa existência.
 
 

Quando Deus Criou o Ser Humano, Por Que Ele Fez o Homem e a Mulher?

 
Deus primeiro criou Adão. Depois, Ele o fez cair no sono, tirou uma de suas costelas e dela criou a mulher. Foi assim que Deus criou o homem, macho e fêmea. Mas com que propósito Ele os criou? Para abençoá-los em Jesus Cristo. Deus quis nos tornar Seus filhos, nós que cremos no evangelho da água e do Espírito, através de Jesus Cristo que estava no Pai. Já que Deus Pai deu Seu único Filho Jesus Cristo àqueles que Ele amava, Jesus Cristo, o Filho de Deus, veio a essa terra, foi batizado por João Batista, e por causa disso Ele tirou os pecados do mundo. Já que Jesus Cristo recebeu os pecados do mundo, Ele teve que derramar Seu sangue e morrer na Cruz, cumprindo a vontade do Pai ao ressuscitar dos mortos. Melhor dizendo, foi através de Seu Filho que Deus Pai nos criou como Seus filhos.
Em outras palavras, Deus Pai nos criou deste Homem, Seu Filho. Com a costela que tirou de Adão, Deus criou a mulher – isto é, Ele nos criou em Jesus Cristo. E o Homem (Jesus Cristo) amou muito a mulher (nós). Foi por isso que Adão disse isso quando foi presenteado com Eva:
“Esta é agora osso dos meus ossos,
E carne da minha carne;
Ela será chamada mulher,
Pois do homem foi tomada” (Gênesis 2:23).
Quando nós cremos em Jesus Cristo como nosso Salvador, e quando recebemos a remissão dos nossos pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, nós podemos nascer de novo como filho de Deus. Quando Jesus Cristo foi batizado por João Batista, Deus Pai disse: “Este é o meu Filho amando, em quem me comprazo” (Mateus 3:17). Melhor dizendo, Deus Pai amou Jesus Cristo mais do que qualquer outra criatura neste mundo.
Nós nos tornamos filhos de Deus porque Jesus Cristo veio pelo evangelho da água e do Espírito. Quem enviou Jesus Cristo a este mundo? Foi Deus Pai quem enviou Seu único Filho, mostrando assim que Ele havia decidido salvar os crentes no evangelho da água e do Espírito. Para nos salvar dos nossos pecados, Deus enviou Seu Filho mais amado, Seu único Filho, como uma criatura.
Para nos moldar à Sua imagem e semelhança, Deus enviou Seu Filho a essa terra e, através do evangelho da água e do Espírito trazido por Ele, Ele apagou todos os pecados do mundo. Ele decidiu salvar todos que crêem no evangelho da água e do Espírito. Esta é a salvação do homem que Deus realizou através de Seu Filho Jesus Cristo, e o mistério da salvação que Ele revelou à Sua Igreja.
 
 

Aqueles que Ainda Não Receberam a Remissão dos Seus Pecados Não Podem Entender o Plano de Deus

 
Deus sabe tudo sobre nós, e ao enviar Seu Filho a esta terra, Ele fez cumpriu a obra de nos salvar dos pecados deste mundo. Melhor dizendo, Deus já sabia o que Satanás iria fazer mais tarde, e foi por isso que Ele o criou segundo Seu plano. Antes da fundação do mundo, Deus Pai nos escolheu em Jesus Cristo, e Ele já tinha desenhado a nossa salvação muito antes de nós nascermos neste mundo, antes mesmo do universo ser criado. E Deus cumpriu o plano da salvação que Ele havia idealizado em Jesus Cristo. Em outras palavras, Ele cumpriu este Seu plano e realizou a nossa salvação de uma vez por todas por meio do evangelho da água e do Espírito.
Deus criou o homem, macho e fêmea, à Sua imagem. Isso significa que Ele quis revelar a Sua vontade através do Homem (Jesus) e da mulher (nós) que Ele colocou neste mundo. O plano de Deus era tornar possível que todos os pecadores deste mundo se tornassem Seus filhos por meio de Jesus Cristo. Por isso, somente quando entendemos a vontade de Deus para nós através do evangelho da água e do Espírito é que podemos entender a Santa Trindade.
Deus disse: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança”. Assim, Ele criou o homem e a mulher, e confiou toda a criação a eles para que eles reinassem sobre ela.
Deus nos fez mesmo à Sua imagem? O apóstolo João viu a imagem de Jesus Cristo e O descreveu como tendo “olhos como chama de fogo, e os pés semelhantes a latão reluzente” (Apocalipse 2:18). O termo “a imagem de Deus” não significa a fisionomia nem a aparência de Deus, pois Deus é Espírito. Ao contrário, esse termo se refere aos Seus atributos divinos e significa que Ele criou Seus filhos para que eles fossem participantes da Sua natureza divina (2 Pedro 1:4).
O povo de Deus são aqueles que em meio à humanidade receberam a remissão de seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. Eles se tornaram participantes da natureza divina agora.
Qual a natureza de Deus? Antes de tudo, Ele é amor. Nosso Deus é um Deus misericordioso que nos deu Seu abundante amor. Deus teve compaixão da alma dos pecadores e também misericórdia por ver sua fraqueza. Quem crê no evangelho da água e do Espírito, que recebeu a remissão dos seus pecados, também possui os atributos de Deus.
Não há maldade em Deus. E um aspecto em que Deus é diferente do homem é que Ele não pode mentir. Deus é justo. E a justiça de Deus está no coração dos nascidos de novo. Deus é perfeito. Ele não tem nenhum defeito. E Ele tornou os nascidos de novo perfeitos em Cristo. É pela fé que o homem se torna perfeito como Deus. Foi por isso que Deus disse a Abraão: “Anda na minha presença e sê perfeito” (Gênesis 17:1). Os justos não têm culpa no coração.
Deus planejou tudo isso e cumpriu Seu plano por meio de Seu Filho. Então, por meio de Jesus Cristo e do evangelho da água e do Espírito, Deus nos salvou dos nossos pecados. Ao cumprir toda a nossa salvação, Jesus ascendeu para se sentar à direita do trono de Deus e voltará como o Senhor na segunda vinda. Deus Pai planejou nossa salvação e Jesus Cristo nos salvou dos nossos pecados pela água e pelo sangue. E quando aceitamos essa Verdade da salvação em nosso coração, Deus o Espírito Santo aprova nossa fé e nos sela dizendo: “Vocês estão certos. Eu sou o seu Deus. Vocês são Meus filhos”. Portanto, existe um Deus Triuno – o Pai, o Filho e o Espírito Santo – e todas essas três Pessoas de Deus são o mesmo Deus para nós, que nos criou à Sua imagem e semelhança.
A doutrina da Trindade é o assunto mais importante da teologia. Contudo, os pecadores cujos pecados do coração não foram purificados não entendem este conceito espiritual se o Espírito Santo não lhes der este entendimento. Sem o Espírito Santo nós não podemos reconhecer Jesus Cristo como nosso Salvador. Se não fosse o Espírito Santo, nós não poderíamos ter Jesus Cristo como nosso Salvador em nosso coração, e não poderíamos chamar Deus também de “Aba, Pai”. Portanto, se não tivermos fé no evangelho da água e do Espírito, nós nunca poderemos ter o entendimento correto da Santa Trindade.
É claro que você também pode dizer com suas palavras que Jesus Cristo é o seu Salvador. Mas sem o evangelho da água e do Espírito você não pode fazer a verdadeira confissão da fé, que Jesus Cristo é o seu Salvador. Melhor dizendo, é através das Escrituras que Deus nos fala sobre o plano do Pai e sobre a salvação de Jesus Cristo que nos salvou. Deus nos selou com o Espírito Santo para confirmar que Ele nos tornou justos.
Tendo nos salvado e nos tornado justos pelo evangelho da água e do Espírito, Deus está nos dizendo: “Vocês não têm pecado. Vocês são Meus filhos. Vocês são filhos de Deus”. Por isso, ao nos salvar dos pecados do mundo, Deus fez com que nós entendêssemos este plano do Deus Triuno. Ele disse que planejou nossa salvação pelo evangelho da água e do Espírito, que Ele a realizou com perfeição através de Jesus Cristo, e que Ele mesmo selou com o Espírito Santo todo aquele que crê nisso. Deus disse que nunca nos deixaria, nós que fomos salvos em Jesus Cristo através do evangelho da água e do Espírito.
O apóstolo Paulo disse: “Pois estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor” (Romanos 8:38-39). Deus nos salvou e de modo perfeito fez de nós Seus filhos. Nada além disso é a vontade de Deus que Ele cumpriu ao nos salvar do pecado. Em outras palavras, é pela perfeita Palavra da Verdade de Deus que nossa salvação foi realizada e nos tornamos filhos de Deus.
Essa Verdade da salvação não pode ser aprendida com o homem. Ela não é do homem nem para o homem. Só é possível receber a salvação crendo na Palavra do evangelho da água e do Espírito de Jesus Cristo. A Bíblia diz que é pela providência de Deus Pai, pelo sacrifício no nosso Senhor Jesus Cristo e pela atuação do Espírito Santo que nos tornamos filhos de Deus.
Se Deus não tivesse planejado nossa salvação em Jesus Cristo, Ele não teria vindo a essa terra então. Ele não teria sido batizado por João Batista por nós e não haveria nenhuma razão para Ele ser crucificado e derramar Seu sangue até a morte levando os pecados do mundo, e muito menos ressuscitar dos mortos. E é claro que não haveria razão para Ele ascender para se sentar à direita do trono de Deus, nem para Ele voltar. Jesus Cristo, o Filho de Deus, realmente veio a essa terra para nos salvar dos pecados do mundo e, ao nos libertar deles através do evangelho da água e do Espírito, Ele de fato nos tornou povo de Deus.
Já que Jesus Cristo nos salvou dos pecados do mundo e está nos dizendo agora para crermos nisso, se nós não crermos no evangelho da água e do Espírito, o Espírito Santo não nos dará o selo de aprovação final. Portanto, se nossa fé não for perfeita no evangelho da água e do Espírito, tudo será em vão. Quando pregamos o evangelho da água e do Espírito para os outros e quando cremos, o Espírito Santo sela seu coração na mesma hora. É por que isso que eles também são chamados de filhos de Deus. Melhor dizendo, o Espírito Santo e a Palavra de Deus aprovam quem recebe a remissão dos seus pecados dizendo: “Vocês estão certos! Vocês não têm pecado!”
Apesar de não termos feito nada mais do que apenas aceitar o evangelho da água e do Espírito, o Espírito Santo habita em nosso coração agora. A salvação é alcançada no Deus Triuno. O Pai, o Filho e o Espírito Santo são o mesmo Deus, e este Deus é o mesmo e único Deus para nós.
Nós temos que aceitar em nosso coração que Jesus Cristo nos salvou com o evangelho da água e do Espírito segundo o plano que Deus preparou para nós. É assim que nos tornamos filhos de Deus. Nós sabemos e cremos que, já que Deus é Triuno, o Pai de Jesus Cristo é o nosso Pai e que Ele é o nosso Pastor também. Se crermos que Deus Pai planejou enviar Jesus Cristo a essa terra num corpo carnal, e que Ele nos salvou pela água e pelo sangue, nós nos tornaremos filhos de Deus então.
Nós os crentes no evangelho da água e do Espírito cremos tranqüilamente no Deus Triuno e falamos Dele sem nenhum problema. Na verdade, para os justos, a Verdade sobre Deus não é nada difícil. “Deus nos ama”. Foi por isso que Ele enviou Seu Filho a nós, por causa do Seu amor por nós. Deus nos salvou do pecado através do Seu único e mais amado Filho. Por isso, quando cremos na água e no sangue de Jesus Cristo, nós somos salvos. E nós não somente fomos salvos do pecado, mas também nos tornamos filhos de Deus”.
O princípio da nossa salvação é como o do casamento. Assim como uma criança nasce quando um homem ama uma mulher neste mundo, Deus nos fez Seus filhos através do Seu próprio Filho. É por isso que o apóstolo Paulo comenta sobre o casamento: “Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e se unirá a sua mulher, e serão os dois uma só carne. Grande é este mistério, mas eu me refiro a Cristo e à igreja” (Efésios 5:31-32). Nossa salvação é como o casamento: o casamento entre um homem e uma mulher é igual ao casamento de Deus conosco. Já que Deus fez de nós Seus filhos, Ele se tornou um só corpo conosco.
Entretanto, não há como explicar para os pecadores sobre o Deus Triuno. Se não recebermos a remissão dos nossos pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, não poderemos entender a Santa Trindade. Se alguém receber a remissão dos seus pecados e o conceito sobre o Espírito Santo for explicado de uma forma complicada para ele, ele vai acabar com dor de cabeça. Esse conceito só pode ser entendido quando é facilmente explicado, porque se ele for explicado de modo complicado será difícil entendê-lo.
O coração humano é muito insensível às vezes. Até mesmo os nascidos de novo podem ser rudes de vez em quando, mas na verdade eles são muito gentis. Os justos não sentem prazer em prejudicar ninguém. Isso porque nascemos de novo como novas criaturas à imagem e semelhança de Deus (2 Coríntios 5:17). Nós que recebemos a remissão de todos os nossos pecados temos o coração de Deus.
No sexto dia da criação, o último dia, Deus criou o homem e nos fez à Sua imagem. Por seis dias Deus criou o universo e tudo que nele há, e no sétimo dia Ele descansou. O fato de Deus ter descansado no sétimo dia revela que Ele completou a salvação de uma vez por todas. O número sete expressa a perfeição de Deus, significa que Ele planejou nossa salvação e implementou seu projeto como um sólido concreto. Foi assim, então, que Deus criou o homem à Sua imagem. Nós somos a obra prima que Deus Pai, o Filho e o Espírito Santo criaram juntos.
Aqueles que não crêem em Jesus Cristo de fato não crêem no Deus Triuno. Eles não crêem que Jesus Cristo é o Filho de Deus, nem que Ele é o próprio Deus. Eles nem conseguem entender este conceito espiritual. É por isso que eles querem saber onde está o fundamento bíblico para o Espírito Santo.
Mas a essência do Espírito Santo é encontrada bem aqui, em Gênesis 1:26: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança”. Deus Pai, Jeová, diz aqui: “Eu mesmo vou fazer o homem à minha imagem e semelhança?” Não. Ele diz: “Façamos o homem à nossa imagem”. Este plural aqui nos mostra que Deus é Triuno.
Mais uma vez, Deus disse: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança”. Isso diz respeito ao Deus Triuno, ou seja, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. É por isso que aqueles que crêem em Jesus Cristo como seu Salvador dizem que Ele é seu Senhor. Eles dizem que o Senhor é o Deus que os criou e os salvou do pecado. E o Espírito Santo então? Eles também O consideram o Deus santo. E já que o Espírito Santo sempre habita em nós, Ele nos guia e nos guarda. Assim, a Bíblia diz que sem o Espírito de Jesus não somos Seu povo.
É por isso que dizemos que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são o mesmo Deus para nós. Estas três Pessoas de Deus nos salvou perfeitamente. Jesus Cristo não realizou nossa salvação por conta própria, mas segundo a vontade do Pai. Quando Jesus Cristo estava nessa terra, Ele fazia tudo conforme a vontade do Pai. Ele disse: “Mas a todos os que o receberam, àqueles que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus”.
Foi assim que Deus nos criou como Seus filhos. Deus Pai planejou apagar nossos pecados e nos fez Seus filhos através do Seu próprio Filho Jesus Cristo. E para realizar Seu plano, Jesus Cristo veio a essa terra, foi batizado, morreu na Cruz, ressuscitou dos mortos no terceiro dia, e assim apagou todos os nossos pecados por completo. Agora, aqueles que crêem neste Jesus Cristo como seu Salvador são aprovados por Deus que lhes diz: “Vocês são Meus filhos. Todos os outros são apenas criaturas, mas vocês são Meus próprios Filhos”.
Deus na verdade quer aceitar a todos como Seus filhos (1 Timóteo 2:4). Mas pelo fato de muitos ouvirem as palavras de Satanás, não aceitarem a salvação de Deus e se recusarem a crer que Deus os salvou através do Seu Filho para que eles não tivessem mais nenhum pecado, eles não podem se tornar filhos de Deus, e no fundo acabam se tornando filhos do diabo.
Agora você pode entender o Deus Triuno. Com certeza, a nossa salvação do pecado não aconteceu por acidente. A nossa salvação foi toda planejada e executada pelo Deus Triuno e, sendo assim, tudo que temos a fazer é crer nessa Verdade. Pelo fato de o Espírito Santo garantir nossa salvação ao nos dizer: “Vocês são meus filhos”, nós podemos chamá-Lo de Ajudador, Aquele que cuida de nós.
Quando alguém vai à falência, quem assume suas dívidas deve pegar todas elas; contudo, no nosso caso, não é nenhum outro que garante a nossa salvação senão o Espírito Santo. Não importa quais sejam nossas imperfeições e o quanto Satanás nos acuse por causa do pecado, o Espírito Santo garante nossa salvação dizendo: “Eu serei seu fiador. Vocês com certeza são Meus filhos. Vocês não têm pecado”. O plano de Deus era nos tornar justos, e Ele cumpriu isso pelo evangelho da água e do Espírito. Foi esta obra que Deus fez no sexto dia da criação.
Deus nos disse: “Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra, e sujeitai-a. Dominai sobre os peixes do mar, sobre todas as aves dos céus e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra”. Como é que nós podemos frutificar e multiplicar? Só se casarmos com Jesus Cristo.
Deus nos disse: “Enchei a terra”. O homem está enchendo a terra agora? Sim, e considerando que a população mundial hoje passa de 6 bilhões de pessoas, não é óbvio que o homem está enchendo a terra? A Palavra de Deus não está se cumprindo? Sim, tudo está acontecendo segundo Sua Palavra.
Deus também disse: “Dominai sobre todo ser vivente?” O homem não tem domínio sobre toda criatura viva? Por maior que seja um animal, ainda assim ele é dominado pelo homem. Não existe nenhum animal que o homem não possa dominar. Um animal pode até dominar o homem momentaneamente com sua força bruta, mas nenhum pode vencê-lo totalmente, pois o homem é sábio e sabe usar todas os recursos que possui. É por isso que Deus disse que ele foi feito conforme a Sua imagem.
Tudo que há na terra á uma sombra do Céu. Ao nos criar, Deus nos mandou reinar sobre a criação. Ele também nos fez reinar sobre o Reino dos Céus, desfrutarmos da sua grandiosa, linda e eterna extensão, tão fabulosa que me fogem as palavras. Através de Jesus Cristo, Seu único Filho, Deus criou o homem à Sua imagem e fez deles Seus filhos. E Ele povoará Seu Reino como estes filhos para que eles desfrutem de tudo que nele há. Este é o plano de Deus. Este é Seu plano eterno. Por isso que Jesus Cristo disse: “Na casa de meu Pai há muitas moradas, vou preparar-vos lugar, e virei outra vez”(João14:1-3). Esta é a promessa que Ele fez de que viveria conosco.
Foi para desfrutarmos da bênção da vida eterna no Reino dos Céus que Deus nos criou e nos salvou. Portanto, crer em Jesus é o mesmo que receber tremendas bênçãos.
Quem planejaria nos salvar, sacrificar a si mesmo para nos libertar, deixar seu trono de glória e nos salvar pela água e pelo sangue, e nos dar a mesma glória e autoridade que Ele? Que Deus ou criatura faria isso? Só Deus fez isso porque Ele nos ama. É por isso que somos muito felizes por termos recebido a remissão dos nossos pecados. Ninguém é mais feliz do que os que receberam a remissão dos seus pecados. Tendo guardado todos os tesouros celestiais para nós, Deus agora está à nossa espera. Foi para nos dar todos os tesouros celestiais, todo o Seu Reino, que Deus nos fez nascer nessa terra. E através de Jesus Cristo Ele nos fez Seus filhos.
Crer em Jesus Cristo é ser abençoado. Enquanto vivermos neste mundo, sempre haverá diferentes estações, primavera e verão, outono e inverno. Todavia, Deus nos abençoou em todas as áreas da nossa vida. Nós já recebemos as bênçãos celestiais. Deus nos deu todas as bênçãos espirituais do Céu, algo que não temos nem como descrever. Todos vocês as receberam. Todo aquele que crê no evangelho da água e do Espírito agora já recebeu bênçãos maravilhosas.
Não há diferença de sexo no Reino dos Céus. Nós filhos de Deus, homens e mulheres, reinaremos para todo sempre. Nós seremos filhos de Deus por toda eternidade. Nós reinaremos até sobre os anjos. Os anjos dirão: “Bem-vindo, mestre”, e nós lhes diremos: “Ponha-me sobre você e me leve para dar uma volta”. Essas são as bênçãos que receberemos.
Além disso, Deus nos chamou como Suas testemunhas. Nós somos as testemunhas do evangelho chamados por Deus para receber as bênçãos eternas, e para fazer a preciosa obra de Deus nessa terra.
Nós cremos na justiça de Deus e somos muito gratos a Ele. Quando Deus nos criou, Ele fez isso com o propósito de fazer de nós Seus filhos. Se Deus tivesse nos criado como simples criaturas e parado por ali, nós não valeríamos nada então. Deus tinha um grande plano para nós, Ele faz grandes coisas, confiou tudo a nós, e nos deu autoridade e o direito de reinarmos sobre tudo. Ele nos deu tudo isso através de Jesus Cristo e da Igreja. O fato de Deus ter nos dado essas bênçãos através da Igreja significa que é por meio de Jesus Cristo e de Seus servos que crêem Nele que Deus está concedendo cada bênção espiritual aos seus crentes.
O apóstolo Paulo nos descreve “como desconhecidos, porém bem conhecidos; como morrendo, porém vivemos; como castigados, porém não mortos; como entristecidos, porém sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; nada tendo, mas possuindo tudo” (2 Coríntios 6:9-10).
Nós somos assim. Pode até parecer que não somos nada, mas somos magníficos. Não fique triste se algo no mundo te faz sofrer. A vida de todos vocês é muito valiosa. Não há mais ninguém neste mundo que tenha recebido a remissão dos seus pecados a não ser nós. E essa bênção veio a nós não porque a merecemos, mas só por causa de Jesus Cristo.
Pelo fato de crermos no evangelho da água e do Espírito, e pelo fato de pregarmos este evangelho, nós é que fomos salvos, que somos amados por Deus e que somos Seus servos valiosos. Nós é que somos o povo amado por Deus, ninguém mais.
Eu dou graças ao Deus Triuno que nos salvou dos nossos pecados.