Predigten

Assunto 13: O Evangelho Segundo MATEUS

[Capítulo 21-2] É Glorioso Ser Usado na Obra do Senhor (Mateus 21:1-11)

É Glorioso Ser Usado na Obra do Senhor
(Mateus 21:1-11)
“Quando se aproximaram de Jerusalém e chegaram a Betfagé, ao monte das Oliveiras, enviou Jesus dois discípulos, dizendo-lhes: Ide à aldeia aí em frente, e logo encontrareis uma jumenta presa, e com ela um jumentinho. Desprendei-a e trazei-mos. Se alguém vos disser alguma coisa, dizei-lhe que o Senhor necessita deles, e imediatamente os enviará. Ora, tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Dizei à filha de Sião: Olha, o teu Rei aí te vem, manso, e montado em jumento, num jumentinho, filho de animal de carga. Os discípulos foram e fizeram como Jesus lhes ordenara. Trouxeram a jumenta e o jumentinho, e sobre eles puseram as suas vestes e Jesus assentou-se sobre elas. E grande multidão estendeu as suas vestes pelo caminho, e outros cortavam ramos de árvores e os espalhavam pelo caminho. As multidões que iam adiante, e as que seguiam, clamavam: Hosana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! E, entrando ele em Jerusalém, toda a cidade se alvoroçou, e perguntavam: Quem é este? E as multidões responderam: Este é Jesus, o profeta de Nazaré da Galiléia.’”
 
 
Eu estive no Centro para Treinamento de Discípulos em In-Jae. O Centro em In-Jae é um ótimo lugar para se passar as férias e é um refúgio muito bom se não quisermos trabalhar por um tempo. Mesmo fazendo os preparativos para o Acampamento para Treinamento de Discípulos de Verão, nossos esforços pareceram ínfimos diante de tanto trabalho que fizemos. Primeiro, nós esterilizamos os cobertores que vocês iriam usar. Depois, lavamos os tapetes, aramos e nivelamos o terreno.
Nesse ano, nós finalmente fizemos a piscina, o que tem sido nosso tão acalentado desejo. A piscina foi feita exatamente segundo as nossas especificações. Seu tamanho é de 60 m² e dá tanto para os adultos quanto para as crianças. Nós instalamos um reservatório na parte superior que armazena muita água. A água desce sempre que abrimos a válvula. Nós também fizemos um banheiro ao lado da piscina. Dois dias se passaram rápido enquanto fizemos essas coisas. O tempo estava quente. O calor não deu trégua. Eu mal podia andar debaixo do sol mesmo com meu chapéu de palha. Mas, provavelmente aqui estava bem pior. A temperatura de lá é bem melhor comparada com a daqui, provavelmente por causa das montanhas e vales que tem lá. No entanto, trabalhar debaixo de sol forte ainda foi muito difícil para mim, porque estava muito quente.
Após terminarmos de fazer a piscina, nós fizemos uma cerimônia aberta. Não guardamos a água, mas abrimos a válvula e deixamos a água encher a piscina. Eu me refresquei bastante sentado no lugar onde a água caía. Eu me senti melhor assim do que se estivesse mergulhado na água. Toda vez que estávamos trabalhando e ficávamos com calor, nos lançávamos na piscina com roupa e tudo. E toda vez que isso acontecia, saíamos da água e nossas roupas ficavam secas em menos de uma hora. E novamente íamos para a piscina de roupa mesmo.
Todos os quartos já estavam preparados. Nesse tempo, nós expandimos muito o terreno. O melhor disso tudo é que agora há uma piscina no Acampamento para Treinamento de Discípulos. Meus amados santos, por favor lembrem disso e façam uso da piscina durante o Acampamento para Treinamento de Discípulos. Eu continuo elogiando a piscina pois ela é realmente muito boa e refrescante.
Lá é um lugar muito agradável por causa da abundância de água fresca. Mesmo eu tendo trabalhado por dois dias e noites com os pastores de todas as nossas congregações no país, não pudemos terminar a obra. Eu acho que teremos que nos reunir e trabalhar novamente na próxima semana, para fazer com que a sua estadia no Centro para Treinamento de Discípulos seja confortável. Se algum de vocês quiser vir comigo na próxima semana, então vamos juntos. Após trabalhar e suar muito, você pode vencer totalmente o calor se for ao vale do Centro para Treinamento de Discípulos.
 
 

Jesus Disse: “Libertem Uma Jumenta Presa e Com Ela um Jumentinho e os Tragam Para Mim”

 
Quando Jesus estava próximo de Jerusalém e veio para Betfagé, Ele disse aos Seus discípulos: “Vão ao vilarejo e libertem uma jumenta e com ela um jumentinho e os tragam para Mim”. Jesus montou num do jumentinho, segundo a palavra que foi profetizada em Zacarias 9:9, no Antigo Testamento: “Alegra-te muito, ó filha de Sião! Exulta, ó filha de Jerusalém! Vê! O teu rei virá a ti, justo e Salvador, humilde, montado em jumento, num jumentinho, filho de jumenta”. Jesus entrou em Jerusalém montado em um jumentinho porque Ele era humilde. Ele ficou ali por algum tempo. Logo depois, Ele partiu o pão na Ceia da Páscoa e lavou os pés de Seus discípulos. No dia seguinte, Ele morreu na cruz. Por isso é que gostaria de meditar nessa parte da passagem bíblia de hoje, ‘Jesus montou em um jumentinho’ e compartilhar dessa graça com vocês.
O Senhor montou em um jumentinho porque Ele era muito humilde. Como está na bíblia, Jesus era tão humilde que quando entrou em Jerusalém, Ele estava montado em um jumentinho e não em um grande cavalo ou em outro meio de transporte. Além disso, nosso Senhor faz a obra de Deus através de Seu povo que é como um jumentinho. Eu mencionei que Jesus não sentou em nenhum outro grande animal. Da mesma forma, nosso Senhor não faz a obra de Deus através de anjos. Jesus não usa seres espirituais ou grandes seres para fazer as pessoas entrarem nos Céus. O Senhor trabalha através de nós, os nascidos de novo, o povo de Deus que é imperfeito e altamente teimoso. Jesus é verdadeiramente humilde.
Sua humildade é mostrada no fato de que Ele não trabalha através de qualquer outra pessoa, mas através de nós, o povo de Deus. Verdadeiramente Ele é maravilhoso. Isso porque Ele é o Deus do universo, o Criador e o Deus da redenção. Como pode o Grandioso Deus libertar seres humanos como nós do pecado, e realizar a incrível obra de salvar outras pessoas através de nós, os redimidos? Mesmo sendo imperfeitos, Ele trabalha através dos que receberam a remissão de pecados porque Ele é realmente humilde.
Cremos que Deus trabalha através de nós, que recebemos a remissão de pecados. E apesar de não termos poder, e sermos teimosos como um jumentinho, Deus trabalha através de nós, Seus filhos. Ele trabalha em nós para que vivamos, não por nós mesmos, mas pelas almas dos outros e pela obra espiritual. Eu tenho compreendido como é maravilhoso Deus trabalhar através de você e de mim. Então o que devemos fazer por Ele pelo resto de nossas vidas? Nós devemos ser como jumentinhos, que carregam o Senhor pela eternidade. Jumentos servem para transportar algo. Então, eles devem carregar algo, pode ser pessoas, cargas, ou até mesmo Jesus. Que jumento você gostaria de ser então?
Jesus faz a obra de Deus através de você e de mim que recebemos a remissão de pecados. Assim, que tipo de obra deveríamos realmente desejar fazer? Temos que nos gloriar em carregar Jesus nas costas. E devemos desejar fazer a obra de Jesus, que é, servir ao Senhor. Através dessa passagem, devemos refletir sobre o que, e quem nós carregaremos nas nossas costas.
Somos tremendamente abençoados em sermos usados pelo Senhor. Eu sou muito grato a Deus que de forma maravilhosa nos usa e nos livra de sermos usados para fazer as coisas do mundo. Dou graças a Deus por nos dar a oportunidade de usar o que resta da nossa vida ao Seu serviço. Sou grato a Ele por nos fazer saber se devemos viver pela carne ou pelo espírito, e por nos dar todas as oportunidades de vivermos para Ele.
E ainda, por que nós estamos servindo? Nós os redimidos, devemos carregar Jesus ou as cargas do mundo em nossas costas, porque somos como jumentos. Então vamos refletir sobre isso. Nós somos os nascidos de novo, e Jesus definitivamente trabalha através de nós. Vamos pensar em que tipo de obra Deus quer fazer através da nossa vida. Eu sou muito grato a Deus por nos usar. Eu tenho pensado em como seria bom se carregássemos o Senhor em nossas costas e vivêssemos como Ele quer, para depois então nos encontrarmos com Ele. Nós os nascidos de novo, seríamos verdadeiramente abençoados se vivêssemos para o Senhor que redimiu as nossas almas, e não para as obras carnais do mundo. Nós iríamos diante dEle após vivermos uma vida de fé, oferecendo nossos corpos a Ele. Eu penso nisso freqüentemente.
O jumentinho foi bem recebido porque ele carregava o Senhor. Quando o jumentinho carregando Jesus entrou em Jerusalém, a multidão clamou, dizendo: “Hosana! Hosana ao filho de Davi! Bendito é O que vem em nome do Senhor!” A multidão clamou “Hosana” pensando: “Ele é realmente O abençoado que vem em nome do Senhor e Hosana nas alturas”.
Até que idade um jumento geralmente vive? Dizem que por aproximadamente 20 anos. Há uma velha história muito interessante na Alemanha. Segundo essa história, a vida de uma pessoa durava normalmente 30 anos. Deus estabeleceu que seria de 30 anos, o mesmo tempo de vida dos outros animais de quando Ele criou todas as coisas no universo. Contudo, o jumento veio até Deus e disse: “Deus, minhas costas vão se curvar de trabalhar se eu viver tanto assim. Por favor diminua isso”. Então Ele encurtou a vida do jumento para 18 anos, 12 anos a menos que a idade inicial. Então o cachorro veio até Ele e pediu também: “Por favor diminua meu tempo de vida também pois eu não posso correr por tanto tempo assim”. Aí Ele reduziu para 12 anos, diminuindo 18 anos.
Agora, o macaco correu para Ele e disse: “Eu vivo fazendo as pessoas rirem e coisas incríveis também. Por favor encurte a minha vida porque eu não posso fazer essas coisas se ficar velho”. Então, Ele encurtou para 10 anos. Mas então o homem veio até Deus furioso e disse: “Meu tempo de vida de 30 anos é muito curto!” Então Deus somou todo o tempo de vida que sobrou do jumento, do cachorro e do macaco e no total deu 50 anos, e os deu ao homem. Por causa disso, o tempo de vida do homem se tornou 80 anos. Todavia, devido a isso, o homem vive carregando pesadas cargas como os jumentos, corre ofegante como os cachorros, e age de maneira ridícula na frente das pessoas que jogam algo para comer como se eles fossem macacos.
No entanto, um jumento carrega tanto uma pessoa, quanto uma carga durante todos os dias dos seus 20 anos de vida. Às vezes um jumento puxa até uma carroça. Quando eu era criança, eu vi um jumento montado por alguém puxando uma grande carga de madeira de um lado, e uma carroça com uma carga pesada do outro. Os jumentos não têm nem um dia de descanso. Eles levam carga até suas costas se dobrarem e puxam uma carroça até o fim de seus 20 anos de vida.
Então, como deve ter sido glorioso para o jumento carregar Jesus em suas costas pelo menos uma vez! Quando o jumento carregando Jesus em suas costas, entrou na cidade de Jerusalém, a cidade da paz, a multidão veio e glorificou a Jesus. Normalmente, era para o jumento ser açoitado por seu dono por ter carregado Jesus em suas costas. Mas ao invés disso, a multidão estendeu suas vestes diante do jumento. Eu posso dizer que o jumento desfrutou da maior glória de toda sua vida. Mesmo havendo muitos jumentos no mundo, eu creio que o jumento escolhido e usado por Jesus foi o mais abençoado de todos.
Quantos jumentos já nasceram nesse mundo desde os 4000 anos passados do início do Antigo Testamento? Mas houve somente esse jumento dentre todos os demais, que carregou Jesus em suas costas. Então, veja a obra gloriosa que esse jumento fez em carregar Jesus em suas costas! Eu sou muito grato por nós sermos usados para carregar Jesus. Ele nos usa pois é humilde. Se Ele fosse igual a nós, Ele usaria pessoas como nós?
Nós somos como jumentos no temperamento. Os jumentos por seu temperamento são teimosos. As pessoas ricas nunca montam em um jumento porque são teimosas e temperamentais. Então, quando elas precisam ir a algum lugar, elas vão a cavalo e não em um jumento. Elas pensam que vão se humilhar se montarem num jumento porque que ele dá uma idéia de pobreza. Ele é desconfortável e difícil de controlar. As pessoas querem montar em um grande cavalo branco ou preto, porque acham que serão tidas por pobres se forem vistas num jumento.
Se um rei ou um membro da realeza vestindo uma camisa branca e uma jaqueta preta de veludo montar um cavalo excelente, ele parecerá grande e elegante. Mas imagine uma pessoa bem vestida montada em um jumento. Não seria uma boa imagem. Como foi glorioso para esse jumento ser usado por Jesus, o Rei dos reis! É realmente uma bênção ser usado por Deus. Eu sou muito grato por Ele usar a nós, os humildes. Eu creio que não há experiência maior que essa.
Sou muito grato pois eu posso colocar meu coração em Sua obra, me doar e ser usado por Ele. Eu sinto o mesmo quando olho para todos vocês. Quando olho para você, também sou grato a Deus que usa não somente a mim, mas também todos vocês. Eu não consigo dizer em palavras o quanto sou grato. Eu me sinto tão grato que posso servir o Senhor, os santos, e levar o evangelho a todas as almas perdidas também. O quanto nós somos gratos de ter essa função de ser como jumentos usados pelo Senhor? Como é maravilhoso Deus usar pessoas como nós. Eu sou muito grato. Sou muito grato por fazer a obra do Senhor.
Nós fazemos tanto as coisas da carne quanto as coisas do espírito, porque somos apenas seres humanos (Romanos 8:5). Nós fazemos a obra da carne muito bem. Nós a fazemos automaticamente, mesmo que ninguém nos obrigue a fazê-la. Todavia, não existem bons frutos da obra da carne. Por outro lado, há grandes frutos quando nos dedicamos às coisas do espírito. O mais importante é cuidarmos das coisas do espírito. devemos concentrar nossos esforços nas coisas do espírito. Elas podem ser realizadas somente quando nós as fazemos pela fé, com a graça de Deus, e seguindo a direção do Senhor. Eu não desejo outra coisa a não ser fazer as coisas do espírito com todo meu coração, e me doar para a obra do Senhor até o dia em que Ele voltar. Então sou grato a Deus e oro para que Ele continue me usando.
Hoje os meteorologistas dizem: “A quantidade de dióxido de carbono na atmosfera aumenta, devido ao uso excessivo de combustível fóssil, e por causa do efeito estufa, o gelo do Pólo Norte e Sul está derretendo, e o nível do mar está aumentando”. A temperatura atmosférica está aumentando seriamente pelo mundo todo. Isso não está acontecendo somente com um país isoladamente, mas é um dilema global. A mudança incomum na temperatura causa grandes desastres naturais por todo o mundo. Em Louisiana, nos Estados Unidos, foi proclamado um desastre no estado, por causa de um furacão que devastou toda aquela área, trazendo chuva forte. Também na Índia e na França, muitos idosos perderam suas vidas devido ao calor excessivo. Em muitas partes do mundo, sinais dos últimos dias estão sendo revelados, por isso eu creio que o Senhor virá em breve.
Que bênção seria se pudéssemos servir ao Senhor até aquele dia, sem fazer coisas indesejáveis. Nós os nascidos de novo, morreremos em vão se não fizermos as obras do espírito, e se não trabalharmos com a igreja. Mas ao invés disso, cometemos pecado ao fazermos as obras da carne. Eu dou graças a Deus por nos dar Sua Igreja, nos dar a oportunidade de servi-Lo, confiar a nós a Sua obra, fazer-nos pregar o evangelho às almas perdidas, e nos dar o desejo de servir o Seu povo que recebeu a remissão de pecados. Eu realmente dou graças por nos permitir, como jumentos, fazer Sua obra.
O que faríamos se não servíssemos ao Senhor? Provavelmente, praticaríamos somente atos desagradáveis, ações malignas, e obras sem sentido e infrutíferas. Estávamos fazendo essas coisas, mas Deus nos redimiu e confiou a nós a Sua obra. Como é maravilhosa a obra que Ele nos deu para fazer. Se não fizermos as obras espirituais, não conseguiremos ser frutíferos. Ao invés disso, viveremos uma vida completamente sem sentido. Assim, temos que dar graças a Deus por nos confiar a Sua obra para que possamos viver uma vida útil; por fazer Sua obra através de nós; que por Sua graça nós fazemos a obra espiritual ao longo de nossa vida.
Como humanos, estamos prontos a nos tornar muito benevolentes espiritualmente porque o verão está chegando, e o clima está ficando quente. Nesses dias, o tempo quente me sufoca, me irrita e me deixa acordado até às 2 horas da manhã. Durante esse tempo, eu não consigo ler a bíblia nem orar, porque esse tempo me faz sentir desconfortável. Mas quando eu medito nisso, sou grato ao Senhor por eu poder viver para Ele pelo resto da minha vida. Eu sou muito grato por poder fazer a obra de Deus. Se eu não estivesse fazendo isso, eu sei que poderia estar envolvido com coisas más. Eu sou grato por ter muito trabalho para fazer pelo bem das pessoas. Às vezes o tempo quente me irrita e me deixa mal. Mas, com a certeza de que Deus me chamou, como um jumento, para fazer Sua preciosa e nobre obra, eu me sinto revigorado para trabalhar e seguir o Senhor apesar de todas as condições desfavoráveis. Eu creio que vocês se sentem como eu.
  
 

Nós Somos Diferentes Para Deus?

 
Na verdade, nós não somos nada diante de Deus. Deus nos usa pois Ele é humilde, e não porque nós somos diferentes. Então, não a nada o que reclamar de Deus enquanto nós estamos servindo-O. Uma pessoa que conhece a si mesma e se torna um obreiro do Senhor, nunca deve achar que Ele lhe deve alguma coisa. Não podemos dizer a Ele: “Deus, faça isso e me dê aquilo porque eu fiz a Sua obra”. Não podemos nunca ter esse tipo de mentalidade. Nós devemos ser verdadeiramente gratos a Deus só pelo fato dEle nos usar em Sua obra. Somente pela graça de Deus é que servimos o Senhor e fazemos Sua obra. É daí que a felicidade nasce em nós. Eu reconheço que Jesus nos usa em Sua obra pois Ele é humilde. Nisso é o que todos nós cremos.
O que mais você pode fazer além de servir ao Senhor? O que você pode fazer durante toda a sua vida? Você não pode fazer nada de útil. Se a Igreja de Deus não fosse dada a nós, o que faríamos? Nós seríamos como o jumento que carrega uma carga de madeira, um monte de esterco, puxa uma carroça, e servindo ao seu senhor, vai cansar de trabalhar até a morte para então, se vender a sua carne. Eu sou verdadeiramente grato por Ele ter nos libertado. Pelo contrário, poderíamos ter sido como o jumento. Não poderíamos servir ao Senhor se não houvesse a igreja, e não poderíamos fazer o que é certo se não servíssemos a Ele. Por isso eu sou tão grato por Deus nos usar e nos montar, a nós, que não podemos fazer nada certo sem Ele.
Você e eu precisamos mesmo refletir sobre isso. O que nós faríamos se não servíssemos ao Senhor? A quem nós serviríamos? Nós serviríamos ao homem ou não? Você por acaso pensa: “Por que eu serviria ao homem? Eu não sou bobo. Isso não seria muito inteligente”? Então, o seu pensamento está totalmente errado. Se nós não servirmos ao Senhor, não temos outra alternativa a não ser servir ao homem. Se um homem está no poder e nos manda servirmos a ele, nos açoitando com uma vara, nada podemos fazer além de servi-lo. Ninguém pode evitar de servir ao mais forte. No final das contas, acabaremos servindo ao homem.
Por que Jesus entrou em Jerusalém montado em um jumentinho? O motivo para Ele fazer isso foi para nos ensinar que aqueles que foram usados por Deus foram grandemente abençoados. Só porque fazemos a Sua obra, Deus não se tornou nosso devedor, nem por acaso teríamos algo para receber como credores. Jesus entrou em Jerusalém montado num jumentinho para nos fazer entender isso.
Quando não havia líder em Israel, os israelitas pensaram que poderiam viver como quisessem. Contudo, uma nação após a outra invadiu Israel, e os israelitas se tornaram escravos dessas nações. Eles não podiam viver como quisessem. Ao invés disso, eles serviam a nação que os dominava, fazendo um trabalho opressor dia após dia. O que faremos se não servirmos ao Senhor? Nós serviremos ao homem. Se alguém nos perguntar: “Vocês vão servir ao homem ou não?” Nós poderemos afirmar com toda certeza que não serviremos ao homem. Todavia, não temos outra escolha a não ser servir ao homem. Todo tipo de sociedade é formada por indivíduos que se destacam por somente comerem e viverem se servirem ao homem. Assim, nós servirmos ao homem devido às circunstâncias inevitáveis. Contudo, se servimos ao homem, manteremos nossa vida e seremos oprimidos e explorados.
Então, nós devemos pensar primeiro e decidir como viver. É sábio avaliar o que vem pela frente. Quando o exército do seu país luta com o outro, nós devemos nos adiantar antes de ir para a guerra. Quando nós temos 10.000 soldados contra 30.000 soldados do outro país, é melhor procurar fazer um acordo, se sentirmos que iremos perder após entrarmos na batalha. Se não temos nenhuma perspectiva de vencer a luta, é melhor nós fazermos um acordo, antes de perdermos nossa vida ou nos tornarmos escravos e vivermos na miséria.
Nós devemos considerar que tipo de vida valerá a pena viver. Em nossa vida inteira, devemos considerar se vamos servir ao Senhor carregando Jesus em nossas costas, como o jumentinho da passagem bíblica de hoje, ou carregar um homem em nossas costas, como geralmente faz um jumento. Mesmo sendo povo de Deus, no final das contas, somos seres humanos. Uma pessoa deve fazer o seu próprio trabalho. Nós devemos analisar se servimos ao Senhor ou ao homem, e então decidirmos honestamente sobre isso. A partir do momento que você decidir servir ao Senhor, você deve fazê-lo com vontade, desejo, gratidão e com a intenção correta. Isto é certo. A vida é miserável se não considerarmos essas coisas.
Eu freqüentemente tentava analisar a minha vida nos anos da minha mocidade. Eu sempre pensava nessas coisas: ‘Por que o homem nasce? De onde o homem vem quando nasce? O que ele faz depois de nascer? O que vai acontecer comigo?’ Quando eu fiquei mais velho, eu pensava em como eu poderia ganhar dinheiro e quanto eu ganharia. Quando estava com 20 anos de idade, eu pensava no quanto eu poderia guardar se trabalhasse como vendedor. Contudo, eu compreendi que não poderia poupar tanto quanto eu gostaria, mesmo se me tornasse um assalariado. Quando eu pensei em comprar uma pequena casa, percebi que não poderia fazê-lo, mesmo que eu economizasse minha vida toda. Eu avaliava tudo até então, mas tudo parecia sem esperança no final das contas.
Então, após ter nascido de novo, eu pensei em servir ao Senhor. “O quanto eu posso servir ao Senhor em um ano? Para quantas pessoas eu irei pregar o evangelho em um ano?” Após considerar todas essas coisas, eu cheguei a esta conclusão: “Eu vou viver para o Senhor”. Eu me ficaria feliz se na minha vida eu comprasse um pequeno apartamento por um baixo preço. Eu decidi que guardar dinheiro no mundo era inútil, e cheguei a conclusão que seria bom se eu pudesse dar uma casa aos meus filhos, se eu abrisse um pequeno negócio ou trabalhasse como vendedor. Seria uma novidade eu começar um grande empreendimento.
Eu pensei bem e percebi que seria melhor servir ao Senhor do que ajuntar uma grande soma em dinheiro. Desse jeito, como minha vida seria inútil? Suponha que eu acumulei bens valendo um milhão de dólares durante toda a minha vida. Podemos dizer que um homem é bem sucedido se ele puder guardar um milhão de dólares para o seu filho até o final da sua vida. Um homem normal não pode guardar tanto dinheiro assim. Se ele paga seus empréstimos até o fim da sua vida, os seus bens serão bem menores. Assim, em média, trata-se de um caso bem sucedido se ele conseguir guardar um milhão de dólares para os seus filhos.
Se isso acontecer, você pode trocar sua vida por um milhão de dólares? Eu não posso trocar minha vida por nenhum dinheiro, e estou determinado a servir somente ao Senhor. Decidi que “Eu servirei ao Senhor ao invés de viver inutilmente”. Eu pensei nisso várias vezes antes de encontrar o Senhor. Então, eu cheguei a conclusão que servir ao Senhor era definitivamente o negócio mais valioso. Então, eu estou servindo ao Senhor. Eu também o encorajo a servir ao Senhor como eu O tenho servido. Eu creio que servir ao Senhor é a verdadeira bênção e graça de Deus.
Eu desejo servir somente ao Senhor até o final da minha vida. Tudo o que eu desejo é que todos nós sejamos usados pelo Senhor incessantemente. E também creio que esse tipo de vida é a mais abençoada. Além disso, eu quero viver para o Senhor até o dia que eu morrer. E eu desejo que você seja assim também. Mesmo com todo seu empenho para guardar dinheiro, nesse mundo não há nada que você possa deixar para os seus filhos. Nada restará.
Todavia, se servirmos ao Senhor, haverá vantagens. Certamente há vantagens. O negócio do evangelho definitivamente não é um negócio desvantajoso. Quem sabe se algumas pessoas virão e receberão a remissão de pecados durante o Acampamento para Treinamento de Discípulos? Quem sabe se eles ficarão fascinados pela bela paisagem em volta do Centro de Treinamento de Discípulos, e ouvirão alegremente a Palavra e receberão a remissão de pecados? E quem sabe se eles não trarão outras pessoas ao próximo Acampamento para Treinamento de Discípulos?
Nós temos que considerar a obra do Senhor como um negócio valioso. E temos que investir tudo de nós nesse negócio. Havia um negociante de pérolas, vagando de um lado para o outro, até encontrar a pérola mais valiosa do mundo. Contudo, ela era muito cara. Então esse negociante foi e vendeu tudo o que tinha e comprou essa pérola valiosa (Mateus 13:46).
Queridos irmãos, nós encontramos o evangelho. Nós encontramos o Senhor. A criatura encontrou o Criador e foi liberta. Após sermos libertos do pecado, nós encontramos o mais valioso trabalho. Nós ficamos cansados se fizermos a obra da carne, mas nos sentimos satisfeitos e em paz se fizermos as coisas do espírito, e ainda nos oferecermos para fazê-la. Agora, não devemos guardar isso para nós mesmos, mas devemos levar a verdade para as outras pessoas também. Eu desejo que você não viva uma vida sem sentido, mas viva uma vida valiosa. Esse negócio do evangelho, o negócio com grandes vantagens, o negócio de servir ao Senhor, é a mais valiosa obra que alguém pode fazer. Eu desejo que você seja o jumento que entra em Jerusalém carregando o Senhor nas costas.
Nós fazemos ilustrações para os nossos livros. A irmã Kim está aprendendo a desenhar ilustrações também, e eu sei que isso não é tão fácil. Alunos costumam ficar muito cansados. E agora, alguns irmãos e irmãs da Igreja de Seul estão levando o evangelho em forma de desenhos. Vocês viram o modelo que eu mandei para o departamento de publicação? É muito bom que possamos levar o evangelho em forma de desenhos, porque é divertido e apresenta muito bem o significado do evangelho. Independentemente do tipo de trabalho, a obra de servir ao evangelho é valiosa. A obra que estamos planejando não é um meio para ganhar dinheiro, mas para levar o evangelho.
Após esse Acampamento para Treinamento de Discípulos, dois de nossos obreiros irão para os Estados Unidos para abrir um caminho para o nosso ministério de literatura. E eu também tentarei tirar o visto. Eu quero encontrar lá os residentes coreanos e os americanos também, e falar-lhes sobre o evangelho. Levar o genuíno evangelho aos Estados Unidos também é servir o evangelho. Eu quero fazer esse precioso e valioso trabalho com vocês até o fim. Isso não é uma questão de fazer mais e de apresentar obras mais dignas. Todos são iguais a serviço do evangelho na Igreja de Deus. Eu sei que esse é o mais abençoado e gratificante trabalho de todos. Meu desejo é que você viva meditando no que você deve concentrar seus esforços, e a quem você deseja servir nesse mundo. Eu oro para que você não viva uma vida sem sentido.
Eu sou muito grato por nosso Senhor ter montado em nós, que somos jumentinhos. Eu sou muito grato por Deus tê-los trazido do mundo e os ter feito realizar a Sua obra para o seu próprio bem. O Senhor nos guia no caminho certo sentado em nossas costas, dizendo: “Chuck, chuck! Vá por esse caminho. E agora vá por esse outro. Vá rápido. Devagar. É bom Me carregar, mas você deve carregar Minha obra também”. É realmente uma bênção fazer a obra de Deus.
Quando você ouve uma pregação, você não deve ouvir somente para aprender a Palavra, mas você deve aplicar as lições em sua própria vida. Enquanto ouve essa pregação, você deve aplicar essas lições e considerá-las para a sua vida. Você tem que ouvir minha pregação e pensar: “Como eu tenho vivido até agora? Como eu vou viver de agora em diante? O que restará no final da minha vida? Vale a pena servir a obra do Senhor?” No final da pregação, você tem que decidir pensando a fundo: “Eu era assim antes, e de agora em diante eu viverei diferentemente com um novo ideal. Eu tenho sempre que avaliar a minha vida”.
Nosso Senhor chamou a você e a mim, e montou em nós dentre tantos outros jumentinhos. Eu sei que o jumentinho que carregou o Senhor foi o jumentinho mais valioso do mundo. Eu sei que o jumentinho foi usado para a obra mais preciosa e que ele terminou sua tarefa. Vários jumentinhos nasceram na terra até agora; mas nós devemos saber que o jumentinho mencionado na passagem bíblica de hoje, foi o único escolhido para a tarefa de carregar o Senhor. Muitas pessoas já nasceram no mundo, mas nós sabemos que não há pessoas mais abençoadas do que eu e você, que servimos ao Senhor.
Não devemos servir ao Senhor só porque nos entretemos pela palavra de alguém e nem pela nossa livre e espontânea vontade. Nós devemos discernir que vida é a mais valiosa e decidir por vontade própria servir ao Senhor com fé até o fim. Essa é a vida mais abençoada. Eu sei que servir ao Senhor é a vida mais valiosa, tanto se você o faz com orações, com suas finanças ou com seu tempo.
Pelo que você vive agora? Pelo que e para quem você viveu? O que resta da sua vida? O que restará se você viver mais? Você deve deixar para trás coisas abençoadas. Eu oro para que você faça a obra do Senhor e mostre o precioso resultado de viver para Ele, quando Ele o chamar. Eu desejo para todos nós, os justos, que não vivamos uma vida sem sentido. Vamos viver uma vida abençoada.