उपदेश

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 6-1] Comam o Pão da Vida (João 6:1-13)

Comam o Pão da Vida
(João 6:1-13)
“Depois destas coisas Jesus atravessou o mar da Galiléia, que é o de Tiberíades, e grande multidão o seguia, porque tinham visto os sinais miraculosos que ele operava na cura dos enfermos. Então Jesus subiu a um monte, e assentou-se ali com os seus discípulos. A páscoa, festa dos judeus, estava próxima. Jesus, erguendo os olhos e vendo uma grande multidão que se aproximava, disse a Filipe: Onde compraremos pão para toda esta gente comer? Ele perguntava isto somente para o experimentar, pois já sabia o que ia fazer. Respondeu-lhe Filipe: Duzentos denários de pão não bastariam para que cada um deles recebesse um pedaço. Outro dos seus discípulos, André, irmão de Simão Pedro, disse: Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada pequenos e dois peixinhos, mas o que é isto para tantos? Disse Jesus: Mandai o povo assentar-se. Havia muita relva naquele lugar, e assentaram-se os homens, em número de quase cinco mil. Então Jesus tomou os pães, deu graças, e repartiu-os com os que estavam assentados. E fez o mesmo com os peixes. Quando estavam saciados, ele disse aos discípulos: Recolhei os pedaços que sobraram, para que nada se perca. Recolheram-nos, e encheram doze cestos de pedaços dos cinco pães de cevada, que sobraram aos que haviam comido.”
 
 
Eu vejo que há muitos pastores aqui hoje. E eu estou feliz em vê-los. Eu só posso ler a Bíblia quando uso meus óculos, sem eles eu não consigo fazer isso. Os dias da minha juventude já passaram e eu estou envelhecendo bem rápido. Mesmo assim, eu estou feliz de poder pregar para vocês neste culto de sexta à noite. Eu também estou feliz porque o Reverendo Kim pôde vir. Ele só vai voltar para os Estados Unidos amanhã para continuar seu trabalho missionário, que é cuidar de diversos assuntos relacionados ao nosso ministério de literatura. De todo modo, eu estou feliz porque ele pôde vir. O mundo é deprimente, mas nós nos alegramos quando nos reunimos. E eu fico mais feliz ainda pela comunhão que nós estamos tendo esta noite. E eu também quero dar boas vindas às pessoas que estão aqui pela primeira vez.
Hoje nós vamos ler João 6. João 6:1-13 diz que o Senhor alimentou no mínimo 5000 pessoas ao realizar um milagre com cinco pães e dois peixes. Além disso, o Senhor também fala do pão da vida em João 6. Eu acho que se você entender apenas o capítulo 6 de João totalmente, isso já é suficiente para que você receba a remissão de pecados, a vida eterna e vá para o Céu. E o que nosso Senhor está falando aqui é de fato do pão da vida.
 
 
Nosso Senhor Atravessou o Mar de Tiberíades e uma Grande Multidão O Seguiu
 
Aonde quer que o Senhor fosse, uma grande multidão O seguia. Isso porque eles mesmos testemunharam Jesus curando os enfermos e fazendo milagres. Quando Jesus viu que muitos judeus O seguiam, Ele sentou numa montanha e perguntou aos Seus discípulos: “Onde compraremos pão para toda esta gente comer?”
Isso foi um teste para os discípulos. Assim que Ele fez esta pergunta, um dos Seus discípulos, Felipe, disse: “Duzentos denários de pão não bastariam para que cada um deles recebesse um pedaço.” Já que um denário era equivalente ao salário de um dia de trabalho, eles precisariam do salário de um ano para alimentar a todos. Mas um discípulo chamado André teve uma idéia diferente. “Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada pequenos e dois peixinhos, mas o que é isto para tantos?”
Este André é o mesmo que é mencionado em João 2 e não aparece mais na Bíblia. Ele era irmão de Pedro e o levou até Jesus depois que O encontrou. Enfim, quando Jesus provou os discípulos, Felipe disse que 200 denários seriam suficientes para comprar alimento para todos, mas André sabia que se ele trouxesse poucos alimentos a Jesus, Ele poderia abençoá-los e alimentar a todos.
Isso aconteceu há muito tempo, mas quando eu estava no seminário, eu questionava muito esta passagem bíblica. Houve uma época em que eu questionava meus professores sobre este milagre. “Professor, como este milagre pôde acontecer?” Isso porque eu ficava imaginando como Jesus pôde abençoar aquele alimento e alimentar mais de 5000 pessoas. Eu também me lembro que um professor me chamou à sua sala depois da aula um dia e me repreendeu. Mas até hoje eu fico pensando como aquele milagre aconteceu, porque a Bíblia não nos dá detalhes sobre isso.
De todo modo, o Senhor abençoou a pouca comida que André trouxe e partiu o pão. Está escrito que depois que todos comeram ainda sobraram doze cestos cheios. E nosso Senhor realizou este mesmo milagre em nós que somos membros da Igreja de Deus. Deus deixou gravado este milagre como uma lição para Seus obreiros. Está escrito que depois que Ele fez o milagre e alimentou mais de 5000 pessoas com cinco pães e dois peixes, ainda sobraram doze cestos. Em outras palavras, Deus realiza milagres para abençoar Sua Igreja.
O Senhor fez muitos milagres enquanto estava nessa terra. Aquele milagre parecia impossível para Felipe, e já que ele olhou para aquela situação somente com a razão, aquilo era impossível mesmo. Mas já que André creu que todos poderiam ser alimentados se Jesus abençoasse os alimentos, ele trouxe a cesta do rapaz, deu a Jesus e disse: “Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada pequenos e dois peixinhos?”
Irmãos, interpretando essa mensagem espiritualmente, os dois peixes representam a Igreja de Deus, e os cinco pães, a graça da salvação que Deus nos deu. Deus nos salvou dos pecados do mundo e nos abençoou com a graça do evangelho da água e do Espírito. Ele nos diz que as obras da graça e da salvação são reveladas a este mundo pela Sua Igreja. Deus, que nos dá graça em todas as coisas, realiza a obra da salvação por meio dos justos de Sua Igreja junto às pessoas deste mundo que desejam segui-Lo. Deus está nos mostrando que foi assim que Ele nos salvou. Ele está dando essas bênçãos particularmente a Sua Igreja, aos Seus servos e aos Seus santos.
O Senhor disse: “Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, ser-lhes-á concedida por meu Pai, que está nos céus. Pois onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou eu no meio deles” (Mateus 18:19-20). Isso quer dizer que Deus faz Suas obras quando as pessoas crêem no evangelho da água e do Espírito, recebem a remissão de pecados, oram e fazem tudo juntas. Deus sempre concede a abundante graça da salvação aos servos e santos da Sua Igreja. Nós não podemos viver sem a graça do nosso Senhor. Mas no que diz respeito de onde vem a graça de Deus, a resposta é que ela vem dos Seus servos e da Sua Igreja. Ele concede as bênçãos da salvação e Sua graça por meio de Seus servos na Sua Igreja.
Por essa razão, os membros da igreja de Deus não devem viver pelas suas próprias forças; eles devem viver desejando as bênçãos de Deus. Existem alguns servos de Deus que procuram fazer Sua obra por si mesmos e pelas suas próprias forças. Mas a Igreja de Deus é o lugar onde encontramos Sua intervenção, Sua graça e orientação. Nós devemos sempre buscar a graça e a orientação de Deus e viver sendo gratos por elas. Nós temos que fazer a obra de Deus pela fé e com alegria ser guiados por Ele. Deus nos concede as bênçãos da graça e da salvação para que não tenhamos mais necessidade alguma. E essas bênçãos são encontradas na Igreja de Deus. Este milagre nos mostra que Deus está guiando Sua Igreja de todas as formas e a abençoado.
 
 
Já que Cinco Pães e Dois Peixes Não Davam para Alimentar Nem uma Pessoa, Como o Senhor Pôde Alimentar 5000 Pessoas com Eles Então?
 
Por fora, o tempo da Igreja de Deus não é muito grande. Às vezes ele parece as tendas de Quedar que são mencionadas em Cantares 1:5. Você sabe o que eram as tendas de Quedar? Na Coréia, há partes externas da casa cujo revestimento é de palha. Eu acho que as tendas de Quedar eram assim. Elas não eram grande coisa. A Igreja de Deus parece assim para as pessoas do mundo.
Nosso Senhor é Aquele que realiza a obra abençoada que Sua Igreja faz e alimenta mais de cinco mil. E como Ele fez o milagre de alimentar mais de cinco mil pessoas no passado, Ele está abençoando Sua obra agora para que a Palavra da Verdade possa salvar a alma daqueles que estão morrendo e também não conhecem a bênção da salvação no evangelho da água e do Espírito. E eu não tenho dúvida de que Ele fará isso no futuro também.
Toda vez que eu leio a Bíblia, eu posso sentir a obra que Deus está fazendo na Sua Igreja. E nós podemos receber Suas bênçãos não apenas pelas boas obras, mas pela fé na justiça de Deus. Nós sabemos que somos imperfeitos, mas que podemos ser vestidos da graça da salvação através da Sua Igreja. Nós também sabemos que Deus traz salvação às almas perdidas por meio de Sua Igreja e da intercessão dos que oram por elas. Nós que fazemos parte da Igreja de Deus fomos vestidos com Sua graça pela fé.
É claro que Deus já nos deu muitas bênçãos. Mas muitos não estão buscando as bênçãos de Deus somente porque tem muita coisa errada em sua vida? Se fôssemos espiritualmente perfeitos, nós não precisaríamos ser vestidos da graça de Deus; mas nós não somos espiritualmente perfeitos, pelo contrário, somos imperfeitos, e é por isso que temos que nos vestir da graça de Deus em Sua Igreja para salvarmos as almas perdidas. Todos nós temos que receber as bênçãos e a graça da salvação de Deus em Sua Igreja. Nós temos que conhecer o Senhor que nos dá bênçãos temporais, a bênção da fé espiritual e plenitude de graça ao nosso coração. Na passagem bíblica deste capítulo, todos que seguiam Jesus, inclusive os doentes, testemunharam o milagre que Ele realizou com cinco pães e dois peixes para os alimentar. Embora cinco pães e dois peixes não dessem para alimentar nem uma criança, Deus os abençoou para que eles se multiplicassem e todos pudessem comer até se fartar.
 
 

Nós Estamos Recebendo as Bênçãos de Deus e Sua Graça

 
Quando somos espiritualmente imaturos, nós às vezes nos iludimos achando que somos as pessoas mais fortes e espertas deste mundo. Mas apesar de pensarmos assim, quando nós crescemos na fé, vemos que sempre seremos imperfeitos. É por isso devemos nos sujeitar àqueles que se converteram antes de nós e ser gratos por fazermos parte da Igreja de Deus. Melhor dizendo, temos que ser humildes.
Eu tenho certeza que Deus dará as bênçãos da salvação àqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito. E eu tenho tanta fé nisso que estou pregando este sermão para vocês. Mas eu não estou falando aqui sobre coisas passageiras. Pelo contrário, eu estou falando da grande convicção que tenho, pois o Senhor realmente tem nos abençoado esse tempo todo. E já que Ele nos revelou o segredo de Deus, nós cremos que Ele nos abençoará mesmo se fizermos Sua obra com fé. Nós cremos que Ele nos abençoará a ponto de vermos isso claramente. Há muitas provas de que recebemos realmente as bênçãos de Deus através da Sua Igreja.
Nós iremos para os Estados Unidos para distribuir nossos livros do evangelho da água e do Espírito. Nós publicamos um livro chamado “Você Verdadeiramente Nasceu de Novo da Água e do Espírito” e pretendemos distribuí-lo on line e nas livrarias do mundo todo. Eu creio que através deste livro todos neste mundo conhecerão o evangelho da água e do Espírito e crerão nele, e receberão a remissão de pecados e a vida eterna como nós. E eu tenho certeza que sua alma será saciada com o alimento espiritual e eles também se dedicarão para que outras almas sejam salvas. Nós que somos obreiros de Deus cremos que o Senhor opera quando pregamos a justiça de Deus. E os santos também têm que crer nas obras da justiça de Deus. Nós temos que crer que Deus abençoa a obra que Sua Igreja faz por meio da Sua justiça. É algo maravilhoso Deus manifestar Sua justiça através da Sua Igreja. Mas a primeira coisa que você tem que fazer é encher o templo com sua adoração, ouvir a Palavra e fazer com que sua alma cresça na fé. Eu creio que quando você salvar outras almas, participar da obra que a Igreja de Deus está fazendo e viver em oração e pela fé, Deus dará a bênção da salvação a outras almas através do seu esforço. Ele fará com que a obra do evangelho cresça e derramará bênçãos pelas quais as almas poderão receber a salvação.
Nós queremos pregar o evangelho da água e do Espírito, que é a Verdade da salvação, a todos neste mundo agora. E embora a Igreja de Deus em Seul e nas outras cidades pareçam pequenas aos olhos humanos, elas são grandes igrejas aos olhos de Deus. E os servos de Deus que fazem Sua obra lá também são maravilhosos. Eles estão sempre ocupados fazendo a obra de Deus, e Ele sempre abençoa a obra que Sua Igreja faz. Nós não queremos pregar o evangelho da água e do Espírito só para as pessoas que vivem ao nosso redor. Nós queremos pregá-lo em toda a Coréia, nos Estados Unidos, no Japão, na China, em todas as nações da Ásia, da África, da América do Norte e do Sul, e em todos os países da Europa.
Nós vamos publicar uma série de livros do evangelho da água e do Espírito e muitas pessoas lerão o primeiro livro e receberão a salvação. Apesar disso, tem muita gente que acha que seria suficiente publicarmos apenas um livro, pois estamos gastando dinheiro à toa. Mas elas pensam assim porque ainda não provaram totalmente a Palavra de Deus. A Palavra de Deus não fala de um assunto somente. Já que o desejo de Deus é que o evangelho da água e do Espírito seja proclamado no mundo inteiro, Ele quer que ensinemos várias lições. Portanto, todos neste mundo precisam crer no evangelho da água e do Espírito que nós estamos pregando, receber a salvação, a vida eterna e a bênção de se tornarem filhos de Deus. Nós já estamos vestidos com a graça da salvação do pecado.
Nós começamos essa obra para pregarmos o evangelho da água e do Espírito a todos neste mundo, inclusive aos países de língua inglesa. Nós erramos muito e tivemos muitas lutas até hoje, mas continuamos firmes pela fé. Nós queremos mesmo pregar o evangelho de Deus. O evangelho da água e do Espírito já entrou praticamente em todas as nações deste mundo. E ele entrará em mais nações no futuro. Eu fico pensando quando o evangelho da água e do Espírito alcançará todas as nações do mundo. A Bíblia diz que este evangelho tem que ser pregado até os confins da terra antes da volta do Senhor. Sendo assim, se quisermos que o Senhor volte logo, nós temos que pregar o evangelho da água e do Espírito o mais rápido possível. Mas como ele entrará em centenas de países e quem o pregará?
Nossos diáconos têm recebido bem nossos pastores na China e no Japão, porque eles foram para lá para trabalharem mais efetivamente com eles. Mas em muitos países as pessoas nem sabem que estamos indo sempre lá. Elas nem sabem por que estamos indo lá. Mas Deus fez com que Seus obreiros nos encontrassem nesses países também. E nós fazemos a obra de pregar o evangelho da água e do Espírito com todo zelo, pois queremos muito pregar este evangelho. Mas quando nós temos pressa no coração e as coisas não saem como queremos, nos sentimos frustrados e incapazes. Mesmo assim, nós temos fé na justiça de Deus e na Sua obra; e, por causa da nossa fé, Ele faz muitas obras realmente.
Não existe nenhum livro neste mundo com um sermão do evangelho da água e do Espírito. Se houvesse alguns livros contendo o evangelho da água e do Espírito, a proclamação do verdadeiro evangelho seria mais fácil, mas infelizmente não há.
Uma professora de inglês da universidade de Kangwon chamada Elaine Dawe revisou três vezes meu primeiro livro intitulado “Você Verdadeiramente Nasceu de Novo da Água e do Espírito”, e depois disso disse que cria em tudo que dizia o evangelho da água e do Espírito. Ela disse que havia pertencido a uma igreja muito tempo atrás, mas que não levava uma vida de fé quando a pedimos para fazer esse trabalho. Já foi algo fantástico ela ter revisado e corrigido este primeiro livro para nós, mas depois de lê-lo e corrigi-lo por três vezes, ela recebeu a remissão de pecados. Quando eu a conheci e nós jantamos e conversamos, ela entendeu rapidamente quando eu lhe falei de coisas espirituais. Ele entendeu tudo que eu disse como alguém que me conhecesse há mais de três anos. Eu fiquei surpresa por ela ter entendido rapidamente todos os assuntos espirituais que eu conversei com ela. Ela disse: “Se este livro for enviado a outras nações, muitas pessoas crerão no verdadeiro evangelho como eu.” Ela é uma canadense com quase quarenta anos, mas disse que nunca tinha visto um livro como este. Mas isso não quer dizer que somos especiais; já que o evangelho da água e do Espírito é a Verdade bíblica e lógica, ele levou ao coração dela a fé da salvação. Aquela mulher foi salva de todos os seus pecados enquanto revisava este livro, pois ele lhe deu respostas claras para suas perguntas não respondidas. Ela foi salva dos pecados do mundo pela fé e disse: “Isso é maravilhoso!” Ela estava mesmo muito feliz. Como isso é fabuloso!
Nós também somos gratos a Deus. Aquela irmã foi salva do pecado porque isso já estava predestinado em Jesus Cristo. Se alguém realmente aceitar o evangelho da água e do Espírito, ele receberá a salvação de todos os seus pecados pela fé. Como pode uma pessoa não crer nessa Verdade da salvação quando conhece o evangelho da água e do Espírito? Se eu fosse do ocidente, eu receberia a salvação de todos os meus pecados se alguém me explicasse o evangelho da água e do Espírito uma vez só. O evangelho da água e do Espírito é bíblico, preciso e verdadeiro. Ele não é uma superstição. Nós não pregamos a salvação como fazem os mentirosos; eles dizem que é possível ser salvo dando muitas ofertas e receber muitas bênçãos dando o dízimo.
Se todos lerem este livro, eles não saberão que Jesus veio a essa terra e nos salvou por meio do evangelho da água e do Espírito? Para acabar com todos os pecados das pessoas, nosso Senhor nasceu nessa terra, tirou todos os pecados ao receber o batismo de João, foi condenado por todos os pecados ao ser pregado na cruz e ressuscitou dos mortos. Ele então fez nascer de novo aqueles que crêem nessa Verdade como nova criaturas e os tornou justos e filhos de Deus. Por essa razão, eu creio que Deus fará Sua vontade nessa obra missionária, a abençoará e cumprirá tudo sem falhar. Ele com certeza fará com que nós venhamos a cumprir tudo sem falhar.
Mas será que ainda existe alguém entre nós que procura encontrar soluções humanas usando seu próprio pensamento? Nós temos que fazer essa obra pela fé na justiça de Deus. Nós estamos indo por todo o mundo porque queremos pregar o evangelho da água e do Espírito. Nós cremos que as obras da salvação serão feitas no Japão do mesmo jeito, e é por isso que vamos para lá. Todo aquele que crê no evangelho da água e do Espírito com toda certeza recebe a salvação do pecado. E eles também se tornam filhos de Deus.
Já que temos fé no evangelho da água e do Espírito, nós vamos sair e pregá-lo. Já que temos essa fé, nós vamos fazer livros, orar e ofertar tudo que temos. Nós não vamos sair pelo mundo para falar com as pessoas sobre nós mesmos, como fazem os enganadores. Isso já acontece na Europa como nos Estados Unidos, na França e em Roma. Todos que conhecerem a justiça de Deus e crerem nela poderão receber a remissão de pecados e ser vestidos da glória de Deus. Eles com toda certeza saberão que Jesus Cristo os salvou ao ser batizado, ao morrer na cruz e ressuscitar dos mortos. “É isso mesmo. Eu sabia que Jesus faria isso. Eu não conhecia essa Verdade antes porque ninguém havia me ensinado, por isso, eu pequei até hoje. Mas agora meus pecados foram apagados através do evangelho da água e do Espírito de uma vez por todas.” Aí eles ficarão muito felizes.
 
 

Jesus é o Filho de Deus e o Salvador?

 
Jesus e Seus discípulos saíram de lá e atravessaram o Mar da Galiléia. Passada aquela noite, pela manhã as pessoas viram que Jesus tinha ido embora. Então elas pensaram que estavam sozinhas porque não O viram mais. Na verdade, elas estavam seguindo Jesus porque Ele havia feito um milagre com cinco pães e dois peixes e queriam torná-Lo seu rei. Elas queriam torná-Lo seu rei porque Ele havia saciado-as quando elas não tinham nada para comer dizendo apenas uma frase: ‘Abençoe este alimento’. Mas Jesus havia subido num monte para orar e depois desceu para encontrar Seus discípulos.
Naquela ocasião, enquanto os discípulos cruzavam o mar, uma grande tempestade veio sobre eles e quase virou seu barco. Com medo então, eles clamaram ao Senhor Jesus e Ele veio andado sobre o mar até o barco. Então, inacreditavelmente, o mar se acalmou quando Jesus disse: “Cala-te, aquieta-te” (Marcos 4:39).
Quem é Jesus para nós? Ele é o nosso Deus. Ele não é apenas um homem como nós. Ele se tornou Homem por um pequeno período de 33 anos, mas Ele não era apenas Homem, mas Deus também. Ele é o nosso Criador e o nosso Salvador. E isso também significa que Ele protege Sua Igreja. Significa que quando a Igreja de Deus passa por alguma dificuldade nessa terra, Ele a protege a e ajuda.
Quando Jesus atravessou o Mar de Tiberíades e foi para Cafarnaum, o povo fez a mesma coisa para encontrá-Lo junto com os que O acompanhavam. Mas o que você acha que era sua intenção realmente? “Nós vamos comer muito bem hoje também.” Eles estavam animados por causa disso e disseram a Jesus quando O encontraram: “Olá, Jesus, quando Tu chegaste aqui? Que bom vê-Lo de novo.” Mas Jesus lhes disse: “Em verdade, em verdade vos digo que me buscais não pelos sinais miraculosos que vistes, mas porque comestes do pão, e vos fartastes. Vós me buscais somente pelo que conseguistes comer, não porque vistes os milagres que realizei.” Ele provavelmente deve ter pensado: “É bom vocês me chamarem de Senhor e Me buscarem, mas o que vocês querem mesmo é ter o que comer.”
Jesus queria que eles soubessem quem Ele era realmente e O Seguissem. Então, Ele continuou a falar: “Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eternal.” Ele lhes disse para trabalhar pela comida que não perece. “O Filho do homem lhes dá essa comida. Ele foi selado por Deus Pai.”
As pessoas então perguntaram: “O que faremos para que possamos fazer a obra de Deus?” No que o Senhor respondeu: “A obra de Deus é esta: crede naquele que ele enviou.” Jesus queria que todos soubessem quem Ele era realmente e cressem Nele. O que Ele queria é que eles cressem que Ele era Deus e o Remidor que os salvou de todos os seus pecados pela água e pelo sangue. Ele queria que eles cressem que Ele de fato tinha dado a eles a vida eterna e a bênção de fazê-los nascer de novo, tornando-os filhos de Deus assim. Mas o povo naquela época não reconheceu isso nem creu em Jesus.
 
 
O Mesmo Acontece com essa Geração
 
O povo dizia que cria em Jesus, mas seus pensamentos eram todos carnais. E os cristãos de hoje também acreditam que se eles crerem em Jesus, eles terão comida e dinheiro, terão um bom emprego e ficarão ricos. É por isso que eles procuram uma igreja grande. Isso quer dizer que eles não querem crer na justiça de Deus e não têm uma vida religiosa para receber em seu coração a remissão de todos os seus pecados.
Por isso, Jesus não se agradou dessas pessoas e lhes disse que elas deveriam buscar as coisas espirituais. Ele não disse a elas: “Não Me sigam pela comida que perece, mas peçam-Me a comida que não perece. Se vocês fizerem isso, Eu a darei a vocês?” O que é a comida que não perece? O que é isso? Qual é o sinal que nos leva a crer em Jesus? As pessoas disseram a Ele: “Ajude-nos a crer em tudo que Tu dizes.”
O que Jesus veio nos dar? Ele veio para nos dar Sua carne e Seu sangue. Ele diz aqui em João 6: “Todo aquele que come minha carne e bebe meu sangue tem a vida eterna.” Ele veio para nos dar Sua carne e Seu sangue, que são a verdadeira comida e a verdadeira bebida. O Senhor não nos disse que Ele era o pão da vida? Portanto, temos que comer a carne de Jesus e beber Seu sangue pela fé. Nós temos que crer na carne e no sangue de Jesus de um modo espiritual e de coração. Jesus é o nosso Salvador; Ele é o nosso Deus.
O que Jesus fez para nos salvar dos nossos pecados? Ele foi batizado por João Batista no rio Jordão e tirou todos os seus e os meus pecados de uma só vez. Ele tirou todos os nossos pecados de uma vez só através do Seu batismo. Ele fez isso para cumprir toda a justiça de Deus. Jesus foi batizado por João Batista, o representante da humanidade, que passou para Ele todos os pecados deste mundo. Isso teve início com o sistema sacrificial do Antigo Testamento, na qual as pessoas impunham as mãos sobre a oferta do sacrifício e transferiam seus pecados para ele. Do mesmo modo, Jesus recebeu todos os pecados do mundo ao ser batizado, carregou-os até a cruz e ali derramou Seu sangue. Então, o batismo de Jesus é o verdadeiro alimento para nós, e Seu sangue derramado na cruz, ou seja, o sangue da vida, e nossa verdadeira bebida. O sangue de Jesus na cruz é a condenação de todos os nossos pecados, e foi o batismo de Jesus que transferiu todos os seus e os meus pecados para o Seu corpo. Jesus disse: “Todo aquele que come a Minha carne e bebe o Meu sangue tem a vida eterna.”
Jesus foi batizado por João Batista para acabar com todos os pecados do homem. E esse batismo cuidou até dos pecados daqueles que nasceriam nessa terra futuramente. Nós temos que comer o alimento da alma crendo nessa Verdade, ou seja, no evangelho da água e do Espírito. Isso nada mais é do que comer o pão da vida. Jesus é o pão da vida e a verdadeira bebida. Nós temos que comer o pão da vida pela fé, e você tem que crer que Jesus é o pão da sua salvação.
 
 
Os Cristãos Atuais Só Crêem no Precioso Sangue de Jesus na Cruz para Sua Salvação
 
A maioria dos cristãos confessa que crê no sangue de Jesus para sua salvação. Mas eles não conseguem explicar por que Jesus, que não tinha pecado, teve que ser pregado na cruz. Se você quiser ser totalmente salvo pela Verdade, você tem que confessar que Jesus foi batizado por João Batista para tirar os pecados do mundo, morreu na cruz e ressuscitou para salvar você e a mim pela água e pelo sangue. A água na Bíblia se refere ao batismo pelo qual Jesus tirou todos os pecados deste mundo.
Jesus recebeu em Seu corpo todos os pecados do mundo ao ser batizado por João. E ao derramar Seu sangue na cruz, Ele foi condenado por todos estes pecados e salvou você e a mim, que cremos Nele, de todos os pecados do mundo. Por isso, Jesus se tornou o pão da salvação para você e para mim que cremos Nele como nosso Salvador. Crer em Jesus como seu Salvador é o mesmo que receber a verdadeira salvação pela fé no evangelho da água e do Espírito. E crer no batismo que Ele recebeu e no sangue da cruz para nossa salvação é o mesmo que comer Sua carne e beber Seu sangue pela fé. Em outras palavras, é o mesmo que comer o pão da vida e beber Seu sangue pela fé.
Nosso Senhor disse: “Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede.” O nome ‘Jesus’ significa ‘Redentor’. O nome ‘Jesus Cristo’ significa ‘Deus veio como Rei, Sumo Sacerdote e Profeta para nos salvar do pecado’. Nós temos que saber muito bem o que significa o nome de Jesus Cristo. Já que Deus veio a essa terra num corpo carnal, foi batizado por João Batista e morreu derramando Seu sangue para nos salvar do pecado, Ele realizou de forma notável a função de Sumo Sacerdote celestial. Portanto, para nós que cremos Nele, o Senhor é Rei, Profeta e o Sumo Sacerdote que nos ensina o evangelho da água e do Espírito.
Mas para se tornar o pão da vida para você e para mim, o Senhor, ao ser batizado por João Batista, tirou os seus e os meus pecados e os pecados de todas as crianças que nascerão futuramente. Jesus tirou os pecados do mundo através do Seu batismo, inclusive os pecados de todos que nascerão até o fim deste mundo; e, é claro, até os pecados de quem morreu muito tempo atrás também. Jesus levou os pecados do mundo sobre o Seu corpo. Portanto, todos que crêem no evangelho da água e do Espírito nunca mais terão sede.
Nós somos imperfeitos de várias formas fisicamente. E é por isso que sempre pecamos. O que nós temos que fazer para sermos salvos do pecado então? Basta somente pedirmos diante da cruz que Jesus foi pendurado: “Senhor, por favor, perdoe os meus pecados?” Não, isso não funciona. Temos que conhecer a Verdade e crer nela: nós somos imperfeitos, mas nosso Senhor foi batizado por João Batista e tirou todos os pecados deste mundo. Nós temos que nos lembrar disso, porque não teremos mais sede por toda a eternidade se crermos em Jesus, que veio pelo evangelho da água e do Espírito.
Meus amados irmãos, Jesus veio para acabar com todos os pecados de uma vez. Ele nos salvou de uma vez só de todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito, nos deu a vida eterna, nos tornou justos e filhos de Deus. Não existe nenhum outro nome debaixo dos Céus pelo qual podemos ser salvos. Não existe outro nome pelo qual o homem pode receber a salvação senão o de Jesus Cristo. Se alguém crer em Jesus que veio por meio do evangelho da água e do Espírito como seu Senhor e Salvador, ele será salvo do pecado e receberá a remissão de todos os seus pecados. Nós só podemos receber a salvação do pecado crendo no evangelho da água e do Espírito.
 
 

Por Mais que Alguém Tente Levar uma Vida Justa, Seus Pecados Jamais Desaparecem

 
Por mais que alguém tente viver sem pecar, o pecado de não crer na justiça de Deus sempre estará em seu coração. As pessoas serão condenadas e irão para o inferno por causa dos seus pecados. Aqueles que não crêem que Jesus nos salvou de todos os nossos pecados pela água, pelo sangue e pelo Espírito estão cometendo um pecado que os levará para o inferno. Deus sabia que se deixasse isso desse jeito os pecadores iriam para o inferno, e foi por isso que Ele veio pelo evangelho da água e do Espírito. Ele foi batizado por João, morreu na cruz, ressuscitou dos mortos e salvou a nós que cremos Nele.
As pessoas perguntam: “O que devemos fazer para que possamos fazer a obra de Deus?” Nós temos que respondê-las pela fé. Melhor dizendo, nós temos que entender que Jesus é o Salvador que veio pelo evangelho da água e do Espírito. Crer na justiça de Deus é o mesmo que fazer Sua obra. Então, por mais que você oferte à sua igreja, ponha seu nome do envelope de ofertas e dê centenas de cheques, isso não significa que você está fazendo a obra de Deus. Ao fazer isso, você pode até deixar seu pastor feliz, mas Jesus não ficará feliz com isso. “Não trabalhem pela comida que perece, mas pela comida que não perece. Creiam em Mim. Eu sou o Deus que os salvou de todos os seus pecados com o evangelho da água e do Espírito. Eu não vim a essa terra, foi batizado, morri na cruz e ressuscitei para salvá-los do pecado?” Nosso Senhor nos diz isso e não liga para as ofertas que são feitas para se obter a salvação.
A salvação do pecado não é algo que pode ser recebida pelos próprios méritos de alguém. Nós só podemos receber a justiça de Deus crendo de coração na justiça de Jesus e nos tornando justos pela fé. A salvação é obtida crendo na justiça de Deus e confessando essa fé com os próprios lábios dizendo: “Senhor, eu creio de fato no evangelho da água e do Espírito.” Então, pela primeira vez, essa fé estará firme no seu coração como concreto. É assim que a salvação do pecado é recebida.
Já que cremos em Jesus como nosso Salvador, temos que crer que Sua carne, isto é, o batismo que Ele recebeu, se refere aos pecados do mundo que Ele tirou. Nós temos que beber o sangue da cruz pela fé. Eu não estou dizendo que você tem que comer a carne de Jesus literalmente; o que eu estou dizendo é que temos que nos alimentar da justiça de Deus pela fé. E essa fé significa que temos que crer que Jesus tirou todos os nossos pecados quando veio a essa terra, foi batizado, pregado na cruz em nosso lugar quando Ele morreu por nós para tirar todos os nossos pecados, e foi condenado por eles. Crer dessa maneira é o mesmo que crer de coração na justiça de Deus. Alguém só pode ser salvo de todos os seus pecados crendo de coração na justiça de Deus. Todas as bênçãos celestiais são recebidas pela fé na Verdade. É isso que se chama “justificação pela fé.” É pela fé no coração que alguém recebe a salvação de Deus, a vida eterna, todas as bênçãos celestiais, se torna justo e filho de Deus.
Vamos ler João 6:52-59. “Então os judeus começaram a discutir entre si: Como nos pode dar este homem a sua carne a comer? Jesus lhes disse: Em verdade, em verdade vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos. Quem come a minha carne, e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Pois a minha carne é verdadeiramente comida, e o meu sangue é verdadeiramente bebida. Quem come a minha carne, e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim também quem de mim se alimenta, viverá por mim. Este é o pão que desceu do céu. Vossos pais comeram o maná e morreram, mas quem comer este pão viverá para sempre. Ele disse estas coisas na sinagoga, ensinando em Cafarnaum.”
Amados irmãos, nós temos que comer a carne de Jesus e beber Seu sangue pela fé. Nós só podemos receber a salvação quando aceitamos no coração o batismo de Jesus e a cruz pela fé. Nós temos que crer nisso de coração. Mesmo que alguém não conheça nada da Bíblia, ele tem que crer que Jesus é o Redentor, que Ele é Deus, veio a essa terra num corpo carnal para nos salvar dos pecados do mundo, recebeu o batismo de João Batista, pelo qual Ele tirou os pecados do mundo, e foi condenado em nosso lugar na cruz pelos nossos pecados. E Ele nos salvou totalmente ao ressuscitar dos mortos. Não podemos nos esquecer disso, mas crer de todo o nosso coração.
 
 
Vamos Ler 1 Pedro 3:21, que Explica o que é o Batismo de Jesus
 
Está escrito: “Que também agora, por uma verdadeira figura - o batismo - vos salva, o qual não é o despojamento da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo.”
Nós temos que comer a carne de Jesus e beber Seu sangue crendo na justiça de Deus. Eu tenho dito isso sempre a vocês. Nós temos que crer de coração no batismo e no sangue de Jesus. Vocês crêem nisso? O batismo que Jesus recebeu de João é Sua própria carne. “Que também agora, por uma verdadeira figura - o batismo - vos salva.” Melhor dizendo, Jesus recebeu todos os pecados que nós cometemos: os pecados que cometemos em nossos atos, os que cometemos por querer e sem querer. O que está escrito após “também agora, por uma verdadeira figura?” Está escrito “batismo.” Jesus veio a essa terra para levar sobre si todos os pecados do homem de uma vez só ao ser batizado por João Batista. Portanto, nós não poderíamos ser salvos do pecado se Jesus fosse apenas pregado na cruz.
A carne de Jesus se tornou o pão da vida para nós. Por isso, este é a “figura que nos salva”, o batismo de Jesus. Mas o que é o sangue da cruz então? É a condenação pelos nossos pecados. Por isso, Ele disse: “Meu sangue é verdadeiramente bebida.” O que acontece quando cremos na cruz de Jesus? Nós entendemos que Ele morreu por nós e temos paz no coração. O que acontece quando cremos no batismo de Jesus? Entendemos que Seu batismo tirou nossos pecados e purificou todos eles. Portanto, isso é realmente alimento para nossa alma.
O Senhor tirou todos os pecados que nós cometemos neste mundo e os purificou a todos. Ele purificou todos os pecados da nossa alma. E já que o batismo que Jesus recebeu de João Batista tirou todos os nossos pecados da maneira mais correta e justa, ele é o pão da vida para nós. Sendo assim, se pregarmos o batismo e o sangue da Cruz, nós seremos plenos.
 
 
“Senhor, Nós Somos Imperfeitos, Mas Jesus Já Tirou Todos os Nossos Pecados, Não Foi?”
 
Nós cometemos muitos pecados neste mundo e sofremos muito por causa deles enquanto vivemos aqui. Mas quando nós sofremos por causa dos nossos pecados, a Palavra da Verdade que fala da salvação vem até nós. “Que também agora, por uma verdadeira figura - o batismo - vos salva” (1 Pedro 3:21). “Deixa por agora, pois assim nos convém cumprir toda a justiça” (Mateus 3:15). “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!”(João 1:29). Está escrito em João 19:30: “Está consumado!” “Ora, onde há remissão destes, não há mais oferta pelo pecado” (Hebreus 10:18). “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito” (Romanos 8:1). O que a lei não podia fazer por causa da nossa fraqueza carnal, Deus fez ao enviar Seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado, e nos salvou de todos os pecados.
Quando pensamos em algo assim, isso nos leva a fazer a seguinte confissão: “Senhor, obrigado. Nossa alma é saciada quando pensamos na Palavra que fala do Seu corpo e do Seu sangue. Obrigado, Senhor! Eu tentei não pecar, mas eu cometi muitos pecados e não pude andar segundo a Palavra de Deus. Eu reconheço meus erros. Eu não posso evitar a condenação por causa dos meus pecados, mas eu creio que Tu levaste todos eles de uma vez por todas quando foi batizado por João Batista. Obrigado. Nossa alma é saciada com Sua justiça. Nós fomos trazidos de volta à vida pela fé. Sem o evangelho da água e do Espírito nossa alma morreria faminta e seríamos destruídos por causa dos nossos pecados, mas fomos trazidos de volta à vida pela fé. Senhor, obrigado. Eu creio na Tua justiça e Te louvo. Tu cuidaste dos meus pecados e morreste por nós na cruz. É por isso que eu creio na Tua justiça. Eu agora quero viver para fazer Tua obra. Já que Tu remiste todos os meus pecados, eu posso fazer a obra da justiça apesar dos pecados que eu cometi. Tu me levas a fazer a obra da justiça, me tornou um justo por completo, um filho de Deus, e eu sou grato ao Pai por ter me dado a graça da salvação e agora poder chamá-Lo “aba Pai.” Eu sou grato a Jesus Cristo e ao Espírito Santo.”
Está escrito: “Que também agora, por uma verdadeira figura - o batismo - vos salva, o qual não é o despojamento da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo” (1 Pedro 3:21). Como podemos ter uma boa consciência? Nós temos uma boa consciência perante Deus e somos fortalecidos por Ele porque cremos em Jesus, que foi batizado por João Batista, que tirou todos os nossos pecados de uma vez só e foi condenado na cruz. Sendo assim, nós não temos pecado, temos uma boa consciência para com Deus, nos tornamos honrados pela fé e podemos chamar Deus de Pai. Nós podemos dizer a Deus: “Pai, obrigado!”
O Pai da sua alma teve que morrer pelos seus pecados para que sua consciência fosse purificada. Por isso, você pode ser grato a Deus toda vez que se lembrar do Salvador. Você se torna aquilo que sua consciência crê pela fé. E se alguém te aborrecer, você pode dizer: “O que há de errado com você? Meu salvador tirou todos os meus pecados ao ser batizado e morreu no meu lugar para me salvar da morte. Ele me tornou justo e me salvou. Como é que eu posso dizer então que tenho pecado?” E até mesmo se alguém continuar provocando você dizendo: “Mesmo assim, você ainda peca”, você pode dizer com toda certeza pela fé: “Isso não importa, pois meus pecados e o preço por eles já foram pagos por Jesus. Como eu pecaria então? É óbvio que eu cometo pecados, mas Jesus já purificou todos os meus pecados e foi condenado por causa deles.”
Do mesmo modo, podemos crer nisso com a consciência tranqüila, pois Deus nos tornou Seus filhos pela fé no batismo que Ele recebeu e no Seu sangue na cruz. Já que Jesus recebeu o batismo de João Batista, morreu na cruz para nos salvar e está assentando à direita do trono de Deus, nós cremos que Ele realizou mesmo essa boa obra e isso deixa nossa consciência tranqüila. Não há outro método para a salvação do pecado além desse. É assim que temos uma boa consciência para com Deus. Nós cremos em Jesus e no Seu sangue na cruz, chamamos Deus de “Pai” e glorificamos a Ele dizendo “aleluia.” Nós nos tornamos filhos de Deus e não temos pecado. Por isso, nós exaltamos a Sua justiça.
Como você pode dizer que não tem pecado diante de Deus se seus pecados não foram transferidos para Jesus quando Ele foi batizado por João Batista? Como você pode acabar com os pecados do seu coração? Como curamos as transgressões que cometemos todos os dias? Nós podemos curá-las com orações de arrependimento? Isso é ridículo. Já que Jesus tirou todos os nossos pecados através do batismo que recebeu de João Batista, nós não temos pecado e não há razão para sermos condenados, pois o Senhor já tirou nossos pecados e morreu em nosso lugar. Nós cremos de coração na justiça de Deus e fomos salvos do pecado.
Através da Igreja que Deus estabeleceu, Ele está salvando pessoas no mundo todo com o evangelho da água e do Espírito. E já que cremos na justiça de Deus, nós anunciamos nossa fé a todos neste mundo através da Igreja de Deus a fim de que eles possam crer no evangelho da água e do Espírito, receber a remissão dos seus pecados e a graça da salvação que fará com que eles nasçam de novo. Nós temos que plantar a semente da salvação no coração das pessoas com o evangelho da água e do Espírito. Temos que ajudar todo mundo a crer no evangelho da água e do Espírito para que eles possam ser salvos do pecado. É assim que Deus nos capacita a fazer Sua obra e nos abençoa.
Em João 3, Jesus diz a Nicodemos: “Em verdade, em verdade te digo que quem não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” Quem crê em Deus sempre reconhece o evangelho da água e do Espírito. E quem crê na justiça de Deus tem que crer que Jesus é Deus, que Ele nos salvou de todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista, e condenado na cruz por causa do pecado. Nós temos que receber a vida eterna crendo Nele, nos tornando filhos de Deus e recebendo a graça e as bênçãos que o Pai nos dá pela fé. Nosso Senhor é o Deus Redentor. Nosso Senhor veio a essa terra e nos salvou de uma vez por todas.
Todavia, existem muitos pastores que não conhecem este evangelho e não podem pregá-lo. Eles dizem isso a sua igreja: “Irmãos, você pecaram muito na última semana, não foi? Eu espero que vocês se arrependam. Eu espero vocês se humilhem e se arrependam, que vocês orem e jejuem.” Contudo, se seus pecados fossem apagados assim, com lágrimas e lamentações, ou seja, se eles pudessem receber a remissão de pecados e ir para o Céu fazendo suas orações de arrependimento, Jesus não precisaria ter vindo a essa terra, sido batizado por João Batista, morrido na cruz e ressuscitado.
Meus amados irmãos, eu espero sinceramente que vocês tenham fé na Palavra que tem sido testemunhada pela Igreja de Deus. Há muitas igrejas no mundo, mas quase todas elas não pregam o evangelho da água e do Espírito. Qual é a igreja de Deus? Quem são os enganadores espirituais?
As pessoas têm que se envergonhar de ir a igrejas que não pregam o evangelho da água e do Espírito. Você pode ouvir o evangelho da água e do Espírito se for a uma grande igreja toda construída de mármore? Você tem que considerar uma igreja assim como um lugar de exploração. Seus pecados são remidos quando você oferta seu dinheiro a igrejas como essas? Você tem que entender que isso é uma vergonha. Não se orgulhe da igreja que você faz parte. Você não precisa ter dinheiro para fazer parte da Igreja de Deus, que prega o evangelho da água e do Espírito.
Para nós, o que importa é ter o que comer, dinheiro para pagar o aluguel e para fazer a obra missionária em outros países. Qual a necessidade de nós construirmos uma igreja de mármore? Por que juntaríamos dinheiro, já que professamos nossa fé na justiça de Deus? Todo dinheiro deve ser usado para a pregação da justiça de Deus. Deve haver muitos atalaias neste mundo que anunciem o evangelho da justiça de Deus. Aleluia!