The New Life Mission

Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 6-4] (João 6:16-40) Trabalhai pela Comida que Permanece para a Vida Eterna

(João 6:16-40)
“Chegada a tarde, os seus discípulos desceram para o mar. Entraram num barco e começaram a atravessar o mar, rumo a Cafarnaum. Já estava escuro, e Jesus ainda não viera encontrá-los. O mar encapelava-se, por causa de um forte vento que soprava. Tendo remado cerca de vinte e cinco ou trinta estádios, viram a Jesus aproximar-se do barco, andando por sobre o mar, e ficaram aterrorizados. Porém ele lhes disse: Sou eu; não temais. Então eles de bom grado o receberam, e imediatamente o barco chegou à praia para onde iam. No dia seguinte a multidão que ficara do outro lado do mar percebeu que aí havia um único barco e que Jesus não embarcara nele com os discípulos, mas que estes haviam partido sós. Então outros barcos chegaram de Tiberíades, perto do lugar em que comeram o pão, tendo o Senhor dado graças. Percebendo a multidão que Jesus não estava ali, nem os seus discípulos, tomaram os barcos e foram para Cafarnaum, à procura de Jesus. Encontrando-o no outro lado do mar, perguntaram-lhe: Rabi, quando chegaste aqui? Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais miraculosos que vistes, mas porque comestes do pão, e vos fartastes. Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará, porque Deus, o Pai, o marcou com o seu selo. Perguntaram eles: Que faremos para executar as obras de Deus? Respondeu Jesus: A obra de Deus é esta: crede naquele que ele enviou. Então lhe perguntaram: Que sinal miraculoso, pois, fazes tu, para que vejamos e creiamos em ti? Que farás? Nossos pais comeram o maná no deserto, como está escrito: Deu-lhes a comer pão do céu. Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: Não foi Moisés quem vos deu o pão do céu, mas é meu Pai quem dá o verdadeiro pão do céu. Pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo. Disseram-lhe: Senhor, dá-nos sempre desse pão. Então Jesus lhes declarou: Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede. Mas como vos disse, vós me vistes e contudo não credes. Todo aquele que o Pai me dá virá a mim, e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. Pois eu desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. E esta é a vontade daquele que me enviou, que eu não perca nenhum de todos os que ele me deu, mas o ressuscite no último dia. Pois a vontade do meu Pai é que todo aquele que vê o Filho e nele crê tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.”
 
 
Através do texto bíblico deste capítulo em João 6:16-40, eu quero falar sobre o pão da Vida. No capítulo anterior, nós vimos que o Senhor alimentou mais de 5000 pessoas somente abençoando dois pães e dois peixes, e ainda sobrou doze cestos. Conforme Jesus curava muitas pessoas, multidões O seguiam onde quer que Ele fosse. Melhor dizendo, Jesus passou a ter um fã clube.
Com seu fã clube em alta, Jesus era a grande celebridade daquela época. Ele tinha inúmeros fãs, homens e mulheres, de crianças a idosos. Multidões O seguiam porque conseguiam ter comida para se alimentar e porque eles também queriam ser curados das suas enfermidades. Deste modo, por causa da Sua compaixão por eles, o Senhor lhes deu comida e curou suas enfermidades. Por isso que muitas pessoas seguiam a Jesus.
Um dia, Seus discípulos foram de barco para Cafarnaum na Sua frente. Jesus estava orando num monte e planejava ir ao seu encontro mais tarde. Quando os discípulos ainda estavam navegando, uma tempestade caiu sobre eles a ponto de assustá-los, mas quando Jesus andou sobre as águas e os protegeu da tempestade, eles puderam chegar no seu destino em segurança.
Enquanto isso, todos estavam procurando por Jesus mas não podiam encontrá-Lo, porque eles não sabiam que Ele tinha ido para Cafarnaum. Então, eles começaram a procurá-Lo e a perguntar por Ele. Quando eles O encontraram disseram a Ele que estavam procurando por Ele: “Rabi, onde Tu estavas? Quando foi que chegaste aqui?” Jesus então lhes falou sobre as coisas espirituais.
Em João 6:26-27 está escrito: “Em verdade, em verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais miraculosos que vistes, mas porque comestes do pão, e vos fartastes. Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará, porque Deus, o Pai, o marcou com o seu selo”.
Jesus sabia que as pessoas que O seguiam e procuraram sempre por Ele só queriam encontrar comida para alimentar seu corpo, e foi por isso que Ele lhes disse: “Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna”. Nosso Senhor veio a essa terra como o Filho de Deus num corpo carnal e disse às pessoas que Ele mesmo lhes daria a comida que jamais pereceria. Então, o Senhor lhes disse para não trabalhar pela comida que perece, mas por aquela que permanece para a vida eterna, e também disse que Ele mesmo lhes daria essa comida imperecível. E ao se referir a Si mesmo, Ele disse que Deus Pai O marcou com um selo, como o Filho de Deus. Em outras palavras, Jesus lhes disse que Deus Pai resolveu dar a todos o pão da vida eterna, mas somente através do Senhor.
 
 
Os Cristãos de Hoje que Só Buscam as Bênçãos Materiais
 
As pessoas daquela época ficaram confusas por causa das palavras de Jesus, já que elas estavam mais interessadas no pão material. Elas achavam que o Senhor ficaria com pena delas e mais uma vez daria pão e peixe para que se alimentassem, mas o Senhor as mandou trabalhar pela comida que permanece para a vida eterna. Por essa razão, elas ficaram muito decepcionadas. E, além disso, Jesus disse que Ele mesmo daria o pão que permanece para a vida eterna, fazendo com que todos não resistissem e pedissem a Ele para falar com mais detalhes sobre aquilo tudo. Eles perguntaram a Jesus então: “Senhor, Tu nos disseste para trabalhar pela comida que permanece para a vida eterna, mas o que nós devemos fazer então para possamos fazer a obra de Deus?” Sendo que Jesus respondeu: “A obra de Deus é esta, que vocês creiam Naquele que Deus enviou”.
O Senhor disse que a obra de Deus é o mesmo que crer Naquele que foi enviado por Deus. Melhor dizendo, já que Jesus foi enviado a essa terra por Deus Pai, e foi Ele quem apagou nossos pecados e nos deu a vida eterna, Ele disse que a obra de Deus é o mesmo que crer Nele. Todavia, aqueles que ouviram o que Jesus disse ficaram confusos com Suas palavras, pois Jesus lhes disse para trabalhar pela comida que permanece para a vida eterna, e foi por isso também que eles perguntaram a Ele o que deveriam fazer. Jesus disse que crer Nele, que Deus O havia enviado, era o mesmo que fazer a Sua obra.
O que nosso Senhor quis na verdade era que as pessoas recebessem do pão da vida crendo Nele. E o Senhor disse isso abertamente: “Se vocês crerem em Mim, vocês terão a vida eterna. Eu vim para lhes dar o pão da vida eterna”. Toda aquela multidão então perguntou a Ele em uma só voz: “Que sinal miraculoso farás para que vejamos e creiamos em Ti? O que Tu estás fazendo nessa terra? O que Tu farás para que vejamos e creiamos? Que sinais miraculosos irás fazer? Como sabemos, nossos pais comeram o maná no deserto, como está escrito: ‘Deu-lhes a comer pão do céu’. Tu podes fazer essas coisas? Tu dizes que a obra de Deus é crer em Ti que foste enviado do Céu por Deus, mas Tu podes na verdade fazer esses sinais miraculosos?”
O Senhor então disse a eles: “Em verdade, em verdade vos digo: Não foi Moisés quem vos deu o pão do céu, mas é meu Pai quem dá o verdadeiro pão do céu. Pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo” (João 6:32-33). Em outras palavras, Jesus estava dizendo: “Não foi Moisés que deu a vocês o pão do céu. Moisés apenas lhes deu o pão carnal. Deus enviou o maná quando Moisés orou, mas era o pão carnal. Só Meu Pai pode dar a vocês o verdadeiro pão do céu, e o pão de Deus é Aquele que desceu do céu e dá vida ao mundo”. Isso quer dizer que o próprio Jesus é o pão vivo que desceu do céu, que Deus Pai enviou para nos dar vida. Jesus disse que Ele era o pão da vida eterna.
As pessoas pediram a Jesus então: “Nos dê sempre desse pão”. Ao passo que o Senhor declarou: “Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede” (João 6:35). Não há outro pão da vida além do Senhor. Eu agora então quero falar com vocês sobre o pão da vida. Jesus disse que Ele mesmo é o pão da vida. E Já que Jesus é o pão da vida, Ele nos manda comer o pão da vida pela fé. Se você comer a carne de Jesus e beber o seu sangue crendo no evangelho da água e do Espírito, você receberá a remissão dos seus pecados e a vida eterna então. Por isso que o Senhor disse: “Aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede”. Jesus disse isso se referindo a Si mesmo.
 
 
O Corpo de Jesus para Nós é o Pão da Vida
 
O que podemos entender agora é que Jesus para nós é o pão da vida. O Senhor é o verdadeiro pão da vida. Jesus é o verdadeiro pão da vida que, ao nos fazer comer Sua carne, nos permitiu receber a vida eterna. O fato de Ele descrever a Si mesmo como este pão significa que Ele veio a essa terra num corpo carnal, aceitou todos os pecados da humanidade ao ser batizado por João Batista e purificou todos eles. Então, o que nosso Senhor está dizendo é que Ele purificou nossos pecados ao ser batizado, e que Ele se tornou nosso Salvador por ter sido condenado também pelos nossos pecados.
O Senhor disse que Ele é o pão da vida. Jesus é o pão da vida para todos nós. Todos que comeram o maná morreram, e todo aquele que beber o elixir da vida deste mundo também morrerá. Contudo, o Senhor livrou do pecado e da morte todo aquele que crê que Ele veio a essa terra num corpo carnal, foi batizado por João Batista para levar sobre Si os nossos pecados e os purificou a todos na Cruz. Jesus é o Senhor que nos deu a verdadeira vida ao ser crucificado e derramando Seu sangue na Cruz, sendo condenado em nosso lugar por causa dos nossos pecados e ressuscitando dos mortos. Portanto, os crentes do evangelho da água e do Espírito hoje em dia têm uma vida nova e eterna, e receberam também a água da vida eterna para nunca mais terem sede. O Senhor nos falou sobre o evangelho da água e do Espírito.
No capítulo seis de João, o Senhor realizou um milagre e alimentou mais de 5000 pessoas com cinco pães e dois peixes. Ele alimentou todas essas pessoas com dois pães apenas e dois peixinhos, além de edificar seu corpo físico. Este milagre foi um prenúncio de como todos neste mundo seriam salvos do pecado crendo no evangelho da água e do Espírito que a Igreja de Deus também crê agora. Todos que crêem no evangelho da água e do Espírito agora recebem a verdadeira vida eterna. O evangelho da água e do Espírito pertence a Jesus Cristo que é o verdadeiro pão da vida. Nosso Senhor nos salvou de uma vez por todas ao vir a essa terra, sendo batizado por João Batista, morrendo na Cruz e ressuscitando dos mortos.
As pessoas agora podem receber a vida eterna crendo em Jesus que é o verdadeiro pão da vida. Muitos Cristãos hoje em dia estão convencidos de que se tornaram filhos de Deus só porque viram falsos sinais e maravilhas e foram curados das suas enfermidades carnais. Mas essa fé é realmente falsa. Eles acham que a prosperidade e o sucesso que têm é por causa da sua fé em Jesus, e por causa disso, eles estão convencidos de que o Senhor fez deles Seus filhos e deu a eles a vida eterna. Eles estão totalmente enganados em sua maneira de crer.
O senhor disse em João 6:37: “Todo aquele que o Pai me dá virá a mim, e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora” (João 6:37). Quem são aqueles que Deus envia a Jesus Cristo realmente? Aqueles que buscam o que é eterno e espiritual ao invés das coisas carnais e perecíveis. E mesmo nosso Senhor vindo a essa terra como o pão da vida, muitos ainda continuam sem ter a verdadeira vida eterna porque não conhecem Jesus nem crêem Nele de modo correto. Há tantas pessoas que crêem em Jesus em vão dessa maneira.
No entanto, Deus Pai enviou o Senhor àqueles que são realmente pobres de espírito e que buscam as coisas espirituais ao invés das carnais. Deus não envia ao Senhor aqueles que estão obcecados com a riqueza material e a fama deste mundo. Deus envia aqueles que de fato lamentam por causa dos seus pecados, que sabem que estão condenados ao inferno por causa deles, e que desejam ser remidos de todos eles por Deus. Jesus disse: “Todo aquele que o Pai me dá virá a mim”. Quem é que o Pai envia a Jesus? Não são aqueles que buscam somente as coisas terrenas. Nem são aqueles que seguem a Jesus apenas para tirar proveito Dele e conseguir coisas materiais. Mas são aqueles que querem jogar por terra a muralha do pecado que os separa de Deus, que querem ser purificados dos seus pecados, receber a remissão de pecados de Deus e estar na Sua presença. São essas pessoas que Deus envia ao Senhor.
Deus envia ao Seu Filho aqueles que desejam ter as bênçãos do alto. Estes de fato desejam que seu problema com o pecado seja resolvido e receber também as bênçãos dadas por Deus através do Senhor; eles são gratos pelo fato do Senhor ter purificado todos os seus pecados ao ser batizado por João Batista quando Ele veio a essa terra; e eles dão a máxima importância a isso. Eles não têm seu coração nas coisas do mundo por já terem recebido a remissão de pecados. Por outro lado, eles são sempre gratos ao Senhor e se alegram por Ele ter purificado seus pecados com a Verdade do evangelho da água e do Espírito, por Ele tê-los feito filhos de Deus e Seus servos, e por Ele tê-los permitido entrar no Reino de Deus e lá viver.
Jamais devemos deixar de seguir a Jesus para sermos ricos, termos um carro luxuoso, sermos famosos ou por qualquer que seja o motivo. Nós não devemos crer e seguir Jesus como uma mera religião. Isso está totalmente errado.
Meus amados irmãos, o fim do mundo está próximo. E mesmo crendo vocês ou não, a destruição virá com certeza. Se vocês viverem um pouco mais, vocês verão isso com os seus próprios olhos, assistindo pela televisão e fazendo parte disso de uma forma bem realista. Existem coisas nessa vida que não valem realmente nada. A sua fama, sua riqueza, seus filhos, e até vocês mesmos não são tão importantes assim. A coisa mais importante que vocês têm que fazer é ter os pecados do seu coração purificados por Deus. Deus Pai disse que purificaria nossos pecados através do Seu Filho. E devido a essa promessa, o Senhor disse que seria para nós o pão da vida. Jesus Cristo, o verdadeiro pão da vida que desceu do céu, levou os seus e os meus pecados ao ser batizado, recebeu a condenação por causa do pecado ao ser crucificado e ressuscitou dos mortos. Foi assim que Ele nos deu a verdadeira vida eterna.
Meus amados irmãos, mesmo que pareça absurdo dizer que tudo neste mundo não vale nada, se vocês compararem isso com as bênçãos que fez com que vocês recebessem no coração a remissão dos seus pecados, que os tornou justos, e que fez de vocês filhos de Deus que podem entrar e viver para sempre no Seu Reino, tudo que há no mundo de fato não vale nada mesmo.
O que é toda a existência humana diante de Deus? Todo ser humano foi feito do pó nasceu de Deus e retornará a Ele. Tem uma canção na Coréia que diz assim: “♬A vida é uma viagem. De onde viemos, para onde vamos♪ Seguindo viagem em meio as nuvens do céu, não deixemos que nada venha a nos atrapalhar.♬” Assim como diz essa canção, a vida é como uma viagem. E como um viajante anda por terras estranhas e depois volta para casa no fim de sua jornada, todos nós estamos aqui neste mundo por pouco tempo, e no final acabaremos voltando para Deus. A vida de todo mundo, assim como a sua e a minha, é assim diante de Deus.
Contudo, essa terra está cheia de pessoas que se apegam às coisas do mundo e buscam a comida que perece, achando que viverão para sempre aqui. Já que o Senhor disse: “Eu lhes darei o pão da vida”, e que Ele descreveu a Si mesmo como o pão da vida para este mundo, essas pessoas olham para essa texto bíblico pensando simplesmente: “Quem me dera comer desse pão”.
Nós temos que entender que esse pão nada mais é do que a carne e o sangue de Jesus. A carne e o sangue de Jesus é o pão da vida, o pão da vida eterna, o pão vivo e também o pão da remissão de pecados. Foi para nos ensinar essa lição que Jesus alimentou inúmeras pessoas ao fazer o milagre com cinco pães e dois peixes. Foi para nos ensinar isso que Ele interferiu nos eventos históricos e fez estes sinais. Por fim, Jesus acabou dizendo que Ele era o pão da vida e que Ele o daria a nós. E foi isso que Ele fez para cumprir a vontade do Pai. Os versículos 38 e 39 dizem: “Pois eu desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. E esta é a vontade daquele que me enviou, que eu não perca nenhum de todos os que ele me deu, mas o ressuscite no último dia” (João 6:38-39). Jesus é o pão da vida.
Eu creio que a maioria dos cristãos que confessam crer em Jesus hoje em dia são muito tolos. Assim como as pessoas descritas no texto bíblico desse capítulo, até hoje eles buscam o pão carnal ao invés do pão da vida eterna. Jesus disse àqueles que estavam junto a Ele que eles deveriam buscar o pão que desceu do céu. Mas apesar disso, eles estavam querendo apenas o pão terreno. Tendo provado o pão carnal através do milagre com os cinco pães e dois peixes, eles quiseram mais desse pão.
Amados irmãos, se cremos em Jesus, ou seja, se queremos realmente crer em Jesus, nós temos que crer e reconhecer que Jesus é o nosso Salvador a fim de nos tornarmos filhos de Deus e entrarmos no Seu Reino para desfrutarmos da vida eterna. Se alguém quer crer em Jesus como seu Salvador, a primeira coisa que ele tem que fazer é ser purificado de todos os pecados do seu coração. Vocês também têm que crer em Jesus a fim de se tornarem filhos de Deus e entrarem no Seu Reino para lá viver para sempre. Agora, por outro lado, se vocês crêem em Jesus só para comer o pão carnal, vocês crêem Nele como uma mera religião então, e sua fé é totalmente enganosa.
O Senhor disse: “Todo aquele que o Pai me dá virá a mim, e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora” (João 6:37). Quem são aqueles que Deus Pai enviou a Jesus? Aqueles que buscam as coisas do Céu. Nós estamos tendo um culto de avivamento agora. E aqueles que participam do culto buscando as coisas do Céu nunca saem decepcionados. Ao contrário, os que buscam as coisas terrenas nem participam. Eles acham que se crerem em Jesus terão um carro luxuoso, ficarão ricos, serão curados de suas enfermidades, poderão comprar uma nova casa, encontrarão um bom marido ou uma boa esposa, ou subirão bem rápido na empresa. É com esse fim que eles buscam Jesus. Todos eles estão levando uma vida de fé errada. Essas pessoas não conseguiriam vir à Igreja de Deus hoje nem mesmo se elas quisessem. Mesmo se elas quisessem vir à Igreja de Deus, o Pai não as enviaria. Aqueles que buscam as coisas terrenas não podem encontrar o Senhor.
Estes são aqueles que têm pecado mesmo crendo em Jesus. Esses cristãos sabem que serão condenados por Deus por causa dos seus pecados. Todo mundo sabe se existe ou não pecado em seu coração. As pessoas sabem que Deus as condenará por causa dos seus pecados. Nós mesmos temos que decidir se de fato queremos crer em Jesus que veio pelo evangelho da água e do Espírito ou se vamos buscá-Lo por algum motivo carnal. Você sabe ou não quando está buscando as coisas da carne? É claro que sabe. Você sabe muito bem quando está buscando as coisas carnais ou espirituais. Todos nós sabemos disso. E se você olhar um pouco mais, você poderá conhecer a si mesmo.
Todos nós temos um corpo e uma alma, e quando alguém cai na armadilha da sua própria carne, ele pode discernir isso muito bem por si mesmo. Entretanto, nós cremos em Jesus para receber a remissão de pecados em nosso coração, para que nos tornemos filhos de Deus e sem pecado, e para que entremos e vivemos no Seu Reino. Você não deve crer em Jesus só para conseguir algum tipo de bênção material, como quando você cria no budismo, nos espíritos do kardecismo, na umbanda ou no candomblé. Se é por isso que você crê em Jesus, então é melhor que você creia em outra coisa além do Cristianismo.
Jesus é o Salvador que nos salvou dos pecados do mundo. A Bíblia diz: “Ele salvará o seu povo dos pecados deles” (Mateus 1:21). Isso quer dizer que Jesus é o Salvador que nos salvou dos pecados do mundo, não alguém que nos dará saúde, riquezas ou nos fará prosperar materialmente. A Bíblia diz: “E, como aos homens está ordenado morrer uma só vez, vindo depois disso o juízo” (Hebreus 9:27).
Meus amados irmãos, o Senhor nos conhece a todos muito bem. Ele sabe que nossa vida neste mundo é tão rápida quanto a vida de uma mosca, e que logo voltaremos para Ele. Por isso que todos precisam buscar e receber o pão da vida eterna que nunca perece, e precisam também comer este pão e purificar os pecados do seu coração. Mas como é que você pode purificar os seus pecados? Para encontrar a resposta desta pergunta, você só tem que saber como se reconciliar com Deus, sem que nada como sucesso ou dinheiro esteja ligado ao seu relacionamento com Ele.
O que nós temos que fazer para que possamos nos achegar a Deus, ser aprovados por Ele e alcançar a plenitude na Sua presença? Temos que receber a remissão de pecados. Por mais que tentássemos, nós conseguiríamos receber a remissão dos nossos pecados? Não, isso seria impossível. O que nós temos que fazer então? O Senhor disse que nos daria o pão da vida. Em outras palavras, Jesus Cristo que veio como Filho de Deus nos deu a remissão de pecados, a vida eterna e a bênção de nos tornarmos filhos de Deus. Portanto, você tem que comer pela fé o verdadeiro pão que vem do céu.
 
 
Jesus Cristo é o Pão que Desceu do Céu para a Remissão dos Nossos Pecados
 
O que Jesus Cristo fez por você e por mim quando veio a essa terra? A fim de nos alimentar com o pão do céu, Jesus levou sobre Si os nossos pecados quando foi batizado por João Batista. Jesus recebeu o batismo em Seu próprio corpo para se tornar o verdadeiro pão da vida para nós. E ao receber esse batismo ministrado por João Batista, Jesus aceitou sobre Si os nossos pecados, os levou com Ele quando foi crucificado e derramou Seu sangue na Cruz. Mas três dias depois de ter sido crucificado, Ele ressuscitou dentre os mortos.
O Senhor está dizendo: “Eu vim do Céu por vocês, levei sobre Mim mesmo os seus pecados quando fui batizado, fui crucificado até a morte, derramei Meu sangue sendo condenado por causa dos seus pecados, e ressuscitei dos mortos para lhes dar a vida eterna”. Nós temos que crer neste Jesus Cristo que levou todos os pecados do homem ao ser batizado por João Batista; que foi condenado por esses pecados derramando Seu sangue na Cruz; e que nos deu remissão de pecados e a vida eterna ao ressuscitar dos mortos. Por nada neste mundo nós devemos deixar de crer no evangelho da água e do Espírito e em Jesus Cristo. Só então nós poderemos receber realmente a remissão de pecados e a vida eterna.
Nada mais do que isso, significa comer pela fé o pão da vida que desceu do Céu. Esse foi o milagre que Jesus realmente realizou nessa terra. Um milagre não é nada mais do que isso. As pessoas perguntaram a Jesus: “Moisés fez cair pão do Céu e nossos pais o comeram. Que sinal então Tu farás para que nós creiamos em Ti?”
Qual é a prova que nos leva a crer que o Senhor é o nosso verdadeiro Salvador? O que é verdadeiramente um milagre? O próprio fato do Senhor ter nos salvado vindo a essa terra num corpo carnal, ter sido batizado aos 30 anos, ter morrido na Cruz e ressuscitado dos mortos – um milagre não é nada mais do que isso. Mas mesmo a Verdade estando tão visível assim, muita gente ainda não crê Nela.
Eu quero crer que você não acha que o Senhor foi apenas crucificado quando veio a essa terra. Jesus levou sobre Si os seus e os meus pecados de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista. Nós temos que crer nesse fato. Só então nós poderemos ser justos porque nossos pecados serão apagados. Mas se as pessoas crerem somente no sangue de Jesus, mesmo depois Dele ter lhes mostrado isso, elas realmente crêem Nele de forma correta? Elas estão tentando ser purificadas dos seus pecados fazendo orações de arrependimento, e todos os dias só pedem coisas carnais ao Senhor, dizendo: “Dá-me mais e mais”.
Nós temos que comer o pão que desceu do Céu pela fé. Você estará muito errado se tentar ser salvo dos seus pecados oferecendo alguma coisa a Deus. O pão terreno fica murcho e estraga em um ou dois dias. Leva poucos dias para o pão dessa terra começar a cheirar mal. Por outro lado, o pão que veio do Céu é eterno porque Ele é o próprio Jesus. Estão pão nunca estraga ou fica murcho. Jesus é o pão da vida eterna. Ele é o Deus vivo e eterno. Ele é o Deus Salvador que apagou nossos pecados para sempre. Foi Ele quem nos deu a verdadeira vida. Nós temos que comer o pão que veio do Céu crendo Nele de todo o nosso coração. Temos que comer o pão da vida de todo nosso coração crendo no evangelho da água e do Espírito, ao invés de crermos numa falsa fé inventada por nós mesmos. Isso significa que não temos que fazer o nosso próprio pão da vida.
 
 
O que Você e Eu Realmente Precisamos Agora?
 
Nós precisamos da fé que nos leva a ter os pecados do nosso coração purificados, a nos tornar filhos de Deus e justos, a receber a vida eterna e a termos um futuro maravilhoso no mundo vindouro? Nós precisamos deste tipo de fé para estar preparados para o mundo que virá. Existe um provérbio na Coréia que diz: “É melhor viver neste mundo do que no outro, mesmo que estejamos rolando na lama”. Todavia, somente os não-crentes no mundo vindouro é que concordariam com esse ditado. Independente de como nós vivemos neste mundo, nossa vida atual é efêmera. Podemos ter tido um bom almoço hoje, mas isso também é passageiro. A comida carnal é do tipo que, por mais que a comamos, um dia ele se vai totalmente.
O que nós temos que entender é que as coisas terrenas são passageiras. Nós temos que comer pela fé o pão que desceu do céu. Não devemos procurar comer o pão da vida comprando-o com nossos méritos pessoais. Nem devemos tentar comprá-lo com dinheiro. O pão que desceu do Céu é aquele que purifica os pecados e jamais perece. Se alguém comer esse pão apenas, ele receberá a vida eterna. Mas apesar disso, muitos cristãos hoje tentam receber a remissão de pecados fazendo orações de arrependimento. Muitas são as pessoas que não conhecem o evangelho da água e do Espírito.
Jesus disse em uma de Suas parábolas que quando um comerciante buscava boas pérolas e encontrou uma de grande valor, ele vendeu tudo que tinha e a comprou. Amados irmãos, nós temos que nos apegar à Verdade do evangelho mesmo que tenhamos que sacrificar alguma coisa em nossa vida. Temos que crer na maravilhosa Verdade da salvação, que Jesus Cristo, que é o verdadeiro pão da vida que desceu do Céu, nos salvou do pecado ao vir a essa terra, ao ser batizado por João Batista, morrendo na Cruz e ressuscitando dos mortos. Não vale mesmo a pena nos apegarmos a essa fé e defendê-la? Claro que sim.
O pão da vida é o pão mais precioso que existe, e aqueles de nós que o comem podem sempre sorrir e ser gratos a Deus. Nós que cremos no evangelho da água e do Espírito podemos levar uma vida espiritual o tempo todo. Nós podemos sempre sorrir. E mesmo quando sofremos, nós encontramos conforto, mesmo quando não temos nada neste mundo, ainda assim nos sentimos totalmente realizados. Nós podemos de fato ser felizes física e espiritualmente. E nós temos essa verdadeira alegria e satisfação por causa de Jesus Cristo.
Entre aqueles hoje que encontraram o Senhor, há muitos que não põem toda sua fé Nele. Se queremos receber de Deus a remissão de pecados, ser purificados dos nossos pecados e ter a fé para entrar no Céu, crendo no evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu, então precisamos vender tudo que temos e apostar tudo em Jesus Cristo. Mas para fazermos isso, precisamos jogar fora este ensinamento errado que temos acumulado até hoje. Nós temos que entender que “o que nós aprendemos até agora não é nada. Esse tipo de conhecimento nada mais é do que lixo”.
Existe uma grande diferença entre o evangelho da água e do Espírito e o que você aprendeu até agora. Mas o que você aprendeu pode ser comparado com o evangelho da água e do Espírito? Todo conhecimento enganoso além do evangelho da água e do Espírito não pode ser comparado ao conhecimento da Verdade. O que há para ser comparado? Esse conhecimento será corrompido com o passar do tempo e vai desaparecer para sempre.
Nosso Senhor veio a essa terra para ser o pão da vida para nós. Ao ser batizado por João Batista, Ele suportou os nossos pecados e os purificou a todos de uma só vez. Os pecados do nosso coração foram purificados porque Jesus levou todos eles de uma vez por todas ao ser batizado, e é assim que aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito são purificados dos seus pecados.
E você? Os pecados do seu coração já foram purificados? Amados irmãos, nós temos que crer em Jesus não segundo as nossas próprias opiniões, mas temos que crer Nele por meio do evangelho da água e do Espírito. Só então nossa fé estará certa aos olhos de Deus. Só então Deus Pai nos dirá: “Vocês estão capacitados para crer no Meu Filho”. É a pessoas assim que Deus envia a chuva do evangelho da água e do Espírito e dá Suas bênçãos. São aqueles que têm fome de justiça, que são pobres de Espírito e que sofrem por causa do pecado que Deus dá o evangelho da água e do Espírito. A todos os outros, Deus lhes diz que eles não estão capacitados para crer no Seu Filho. Jesus não fez isso por nenhuma outra razão a não ser para nos dar a vida eterna. O Senhor disse: “E esta é a vontade daquele que me enviou, que eu não perca nenhum de todos os que ele me deu, mas o ressuscite no último dia” (João 6:39).
Meus amados irmãos, é uma bênção maravilhosa crermos que o Senhor é o nosso Salvador, e que Jesus Cristo veio pelo evangelho da água e do Espírito. Pelo que mais nós poderíamos trocar Jesus? Vocês acham que existe algo mais valioso que Jesus? Já que temos ao nosso lado Jesus que se tornou o pão da vida, há alguém em quem podemos confiar mais neste mundo? Ao se tornar o pão da vida para nós, Jesus nos deu a remissão de pecados e a vida eterna. Ele está dizendo agora que todos que comerem a Sua carne e beberem o Seu sangue terão o seu futuro garantido. Ele está dizendo: “Eu já preparei tudo para vocês no Céu”. Nós temos que entender realmente que Jesus Cristo Se tornou o nosso pão da vida, e temos que crer Nele de todo o coração. Nós temos que comer pela fé a carne de Jesus, que é o verdadeiro pão da vida.
Há muitas pessoas vivas hoje em dia. Mas quantas delas realmente crêem que Jesus é o nosso Salvador e o verdadeiro pão da vida? Não muitas. Só na Coréia, várias pessoas dizem que crêem em Jesus, mas poucas delas realmente vieram para Jesus e receberam Dele a vida eterna.
No que diz respeito a crer em Jesus, o mais importante é a remissão de pecados. É a partir daí que nossa fé tem início e só então podemos receber todas as bênçãos espirituais vindas do Céu. Entretanto, os líderes cristãos de hoje deixaram de lado o ponto mais importante, que é a vida eterna, e ao invés disso nos ensinam lições carnais, dizendo: “Jesus multiplicou os pães e os peixes. Ele é o Senhor que nos faz prosperar. Se buscarmos o Senhor, nós teremos tudo. Se nós formos fiéis ao Senhor, o banquete da prosperidade nunca acabará. Amém. Aleluia!”
O Senhor é o nosso verdadeiro pão da salvação. Este fato deve ser o ponto central da nossa fé. A fim de apagar os seus e os meus pecados, Jesus os levou sobre Si quando foi batizado, derramou Seu sangue na Cruz, ressuscitou dos mortos, e deste modo se tornou nosso Salvador. O Senhor fez tudo isso para que recebêssemos a salvação, se tão somente conhecermos essa Verdade e crermos nela. Essa é a mensagem central trazida a nós pelo Senhor na passagem bíblica deste capítulo.
Em João capítulo seis, Jesus nos manda comer a Sua carne e beber o Seu sangue. Eu expus mais este assunto em detalhes no meu outro livro chamado “Comei da Minha Carne e Bebei do Meu sangue”. Assim como o Senhor disse: “Que eu não perca nenhum de todos os que ele me deu, mas o ressuscite no último dia”, todo aquele que buscar o Senhor para receber a remissão de pecados realmente a alcançará. Mas todo aquele que não buscar o Senhor por algum outro motivo será rejeitado.
Meus amados irmãos, embora a fé espiritual e a fé carnal possam parecer iguais na sua aparência exterior, há uma grande diferença entre elas. E mesmo que por fora pareça que todos os cristãos crêem em Jesus, o propósito carnal da sua fé é muito diferente daquele da fé espiritual. É por isso que existe uma diferença enorme entre estes dois tipos de fé.
Acima de tudo, temos que saber e crer que Jesus Cristo é o verdadeiro pão que desceu do Céu. E também temos que crer e entender que, pelo fato do Senhor ter nos dado a vida eterna, nosso corpo e nossa alma ressuscitarão para viver com Ele para sempre. Neste dias em que a Grande Tribulação está às portas, aqueles que crêem nisso servem ao evangelho pela fé e vivem tendo esperança todos os dias. Eu rendo toda minha gratidão a Deus porque eu creio que vou mesmo ressuscitar no último dia e viverei para sempre.
Todo aquele que crê no evangelho da água e do Espírito recebe a verdadeira vida eterna e a remissão de pecados. Eu dou graças ao Senhor que nos deu o pão espiritual a fim de que vivêssemos eternamente. Amém.