Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 6-5] (João 6:16-40) Trabalhe pelo Pão que Permanece para a Vida Eterna

(João 6:16-40)
“Chegada a tarde, os seus discípulos desceram para o mar. Entraram num barco e começaram a atravessar o mar, rumo a Cafarnaum. Já estava escuro, e Jesus ainda não viera encontrá-los. O mar encapelava-se, por causa de um forte vento que soprava. Tendo remado cerca de vinte e cinco ou trinta estádios, viram a Jesus aproximar-se do barco, andando por sobre o mar, e ficaram aterrorizados. Porém ele lhes disse: Sou eu; não temais. Então eles de bom grado o receberam, e imediatamente o barco chegou à praia para onde iam. No dia seguinte a multidão que ficara do outro lado do mar percebeu que aí havia um único barco e que Jesus não embarcara nele com os discípulos, mas que estes haviam partido sós. Então outros barcos chegaram de Tiberíades, perto do lugar em que comeram o pão, tendo o Senhor dado graças. Percebendo a multidão que Jesus não estava ali, nem os seus discípulos, tomaram os barcos e foram para Cafarnaum, à procura de Jesus. Encontrando-o no outro lado do mar, perguntaram-lhe: Rabi, quando chegaste aqui? Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais miraculosos que vistes, mas porque comestes do pão, e vos fartastes. Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará, porque Deus, o Pai, o marcou com o seu selo. Perguntaram eles: Que faremos para executar as obras de Deus? Respondeu Jesus: A obra de Deus é esta: crede naquele que ele enviou. Então lhe perguntaram: Que farás? Nossos pais comeram o maná no deserto, como está escrito: Deu-lhes a comer pão do céu. Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: Não foi Moisés quem vos deu o pão do céu, mas é meu Pai quem dá o verdadeiro pão do céu. Pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo. Disseram-lhe: Senhor, dá-nos sempre desse pão. Então Jesus lhes declarou: Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede. Mas como vos disse, vós me vistes e contudo não credes. Todo aquele que o Pai me dá virá a mim, e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. Pois eu desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. E esta é a vontade daquele que me enviou, que eu não perca nenhum de todos os que ele me deu, mas o ressuscite no último dia. Pois a vontade do meu Pai é que todo aquele que vê o Filho e nele crê tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia”.
 
 
Hoje eu gostaria de falar a vocês sobre o pão da vida que é citado em João 6:16-40. Está escrito na passagem anterior a esta que nosso Senhor alimentou mais de 5000 pessoas dando graças por cinco pães e dois peixes, e que ainda sobraram doze cestos depois. E já que Ele tinha curado muitos enfermos, uma multidão O Seguia por toda parte. Homens e mulheres, jovens e adultos, inúmeras pessoas seguiam Jesus para serem curadas das suas enfermidades e para terem alimento. Na linguagem de hoje, Jesus tinha um fã clube.
 
  
Trabalhai pela Comida que Permanece para a Vida Eterna
 
Depois de fazer o milagre que alimentou mais de 5000 pessoas, Jesus cruzou o mar e foi para uma cidade chamada Cafarnaum. E como as pessoas queriam fazer de Jesus o seu rei, Ele subiu sozinho num monte para orar, enquanto os discípulos foram sozinhos de barco para Cafarnaum. Após terem remado cerca de três ou quatro milhas, uma tempestade violenta se levantou. Mas os discípulos puderem chegar com segurança ao seu destino, pois Jesus andou sobre as águas e entrou no barco com eles.
No outro dia, como as pessoas viram que havia somente um barco para cruzarem o mar, elas se apressaram para pegar aquele barco para procurar Jesus, pensando: “Jesus deve ter ido a algum lugar de barco”. Quando chegaram do outro lado, elas disseram a Ele: “Rabi, onde estavas? Quando chegaste aqui?” Então Jesus lhes disse: “Em verdade, em verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais miraculosos que vistes, mas porque comestes do pão, e vos fartastes. Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará, porque Deus, o Pai, o marcou com o seu selo” (João 6:26-27).
Jesus sabia que eles viriam até Ele em busca do pão carnal, e foi por isso que Ele disse a eles: “Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará”. O filho do Homem veio a essa terra num corpo carnal e disse que Ele mesmo daria o pão da vida às pessoas. Foi por isso que Ele disse: “Trabalhai não pela comida que perece. Ao invés de fazerem isso, vocês devem trabalhar pela comida que faz com que vocês tenham a vida eterna, e Eu mesmo darei esta comida a vocês”. E Jesus também disse se referindo a Si mesmo: “Deus, o Pai, o marcou com o seu selo”. Isso significa que Deus resolveu dar o pão da vida a todos através de nenhum outro a não ser Jesus.
As pessoas que foram atrás de Jesus ficaram confusas com o que Ele disse porque elas só estavam interessadas nos seus problemas carnais. Elas pensaram que o Senhor as abençoaria e as alimentaria novamente com pão e peixe deliciosos, mas ao contrário, Jesus os repreendeu dizendo: “Vocês só estão atrás da comida que perece! Trabalhem pelo pão da vida eterna”. Ele então disse àquelas pessoas que Ele mesmo lhes daria este pão. Aqueles que O seguiam pediram a Ele então que falasse mais sobre isso. Eles disseram a Jesus: “O que Tu nos disseste foi para trabalharmos pelo pão que permanece para a vida eterna, mas como podemos fazer a obra de Deus?” Jesus respondeu a eles então: “A obra de Deus é esta: crede naquele que ele enviou”.
Amados irmãos, vocês têm que entender que crer Naquele que Deus enviou é o mesmo que fazer a obra de Deus. A obra de Deus é crer Naquele que Ele enviou porque o próprio Jesus é Aquele que Ele enviou, Aquele que apagou todos os pecados do mundo e Aquele que nos deu a vida eterna. Crer em Jesus é fazer a obra de Deus, e esse é o caminho para a vida eterna. Por outro lado, se vocês fizerem boas obras por si mesmo, orando muito ou servindo aos outros de qualquer jeito, isso não quer dizer necessariamente que vocês estão fazendo a obra de Deus. No entanto, as pessoas na época do Senhor não sabiam disso, e quando Ele disse que elas deviam trabalhar pela comida que permanece para a vida eterna, elas perguntaram a Ele: “A obra de Deus é esta: crede naquele que ele enviou”. Melhor dizendo, o que nosso Senhor queria realmente é que elas recebessem o pão da vida eterna crendo Nele. Jesus disse abertamente então: “Se vocês crerem em Mim, vocês receberão a vida eterna. Eu vim para dar-lhes o pão da vida eterna”.
A multidão perguntou novamente então: “Que sinal Tu farás para que vejamos e creiamos em Ti? Que obra Tu farás? Baseados em que devemos crer em Ti?” Que sinal miraculoso Tu farás? Nossos pais comeram o maná no deserto, como está escrito: Deu-lhes a comer pão do Céu. Tu podes fazer um milagre assim?” Em outras palavras, quando Jesus disse a eles: “A obra de Deus é esta: crede naquele que ele enviou”, eles perguntaram: “Tu podes fazer um milagre como aquele então?” No que o Senhor respondeu: “Em verdade, em verdade vos digo: Não foi Moisés quem vos deu o pão do céu, mas é Meu Pai quem dá o verdadeiro pão do céu. Pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo”. Melhor dizendo, foi isso que Jesus quis dizer: “Não foi Moisés que enviou o pão do Céu, e sim Deus. Moisés orou e Deus enviou o maná, mas este era o pão carnal. Todavia, só Meu Pai pode dar a vocês o verdadeiro pão do Céu, e o pão de Deus é Aquele que desceu do Céu e dá vida ao mundo”. Essa passagem significa então que Jesus mesmo é o pão do Céu, o verdadeiro pão eterno que Deus enviou para dar vida ao homem.
As pessoas ainda disseram a Jesus: “Nos dê sempre este pão então”, ao passo que Jesus disse: “Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede”.
Eu quero compartilhar com vocês agora a Palavra que fala sobre o pão da vida. O Senhor disse referindo-se a Si mesmo: “Eu sou o pão da vida”. E já que o próprio Senhor é o pão da vida, quando alguém come Sua carne pela fé, ele recebe então a vida eterna. Já que Jesus disse: “Aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede”, nós podemos entender aqui que Ele mesmo é o nosso pão da vida. Nosso Senhor mesmo é o verdadeiro pão que veio a este mundo. Ele é o verdadeiro pão que leva as pessoas a receber a vida eterna quando elas o comem. O Senhor falou de si mesmo usando uma analogia com o pão para explicar que Ele veio a essa terra para dar a vida eterna a todo ser humano. Para isso, Ele veio no corpo de um homem, foi batizado por João Batista para aceitar os pecados do homem sobre Seu próprio corpo, purificou todos os nossos pecados através do Seu batismo e levou todos os pecados do mundo à Cruz para ser condenado por todos eles.
 
 
Jesus é o Pão da Vida
 
Todos que comeram o maná morreram, assim como todos neste mundo que beberam o elixir da vida morreram também. Entretanto, aqueles que realmente crêem no Senhor de coração receberão a vida eterna. Deus Pai concedeu a vida eterna a todo aquele que crê que o Senhor veio a essa terra num corpo carnal, foi crucificado para levar nossos pecados sobre Si e deste modo purificar todos eles, foi crucificado e derramou Seu sangue até a morte para ser condenado por eles e ressuscitou dos mortos. Melhor dizendo, nosso Senhor diz aqui que os que crêem Nele de coração, Nele que deu a verdadeira vida a você e a mim, irão receber uma vida nova e eterna, beberão da água da vida eterna e nunca mais terão sede.
O Senhor alimentou mais de 5000 pessoas ao realizar um milagre com cinco pães e dois peixes. Mas apenas o Seu corpo foi saciado, e por pouco tempo. O que eles precisavam mesmo era receber a vida eterna crendo de todo o coração em Jesus Cristo, que revelou ser o verdadeiro pão da vida. Eles estavam totalmente errados em seguir ao Senhor com outras intenções, só para conseguirem a comida que perece – isto é, para verem sinais e maravilhas, para serem curados das suas enfermidades e prosperarem materialmente. O Senhor disse: “Todo aquele que o Pai me dá virá a mim, e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora” (João 6:37). Quem são aqueles que o Pai dá ao Senhor? Não são aqueles que buscam as coisas da carne, mas os que querem que sua alma seja salva do pecado e se tornar filhos de Deus – ou seja, os que desejam a vida eterna.
Mesmo nosso Senhor tendo vindo a este mundo como o pão da vida, muitas pessoas ainda não têm a vida eterna, pois elas não o conhecem nem crêem nele da maneira correta. Em outras palavras, há muitos que não podem receber a vida eterna porque apesar de crerem em Jesus com todo fervor, crêem Nele de modo errado. Eles crêem em Jesus e O seguem apenas para ficarem ricos, dirigirem um bom carro ou terem fama. Mas não devemos seguir o Senhor com esse objetivo. É algo totalmente errado crer em Jesus e segui-Lo somente como uma religião.
As pessoas que Deus envia ao Senhor são aquelas que são realmente pobres de espírito e que buscam as coisas espirituais. Não são aquelas que se apegam à riqueza deste mundo, à fama ou ao poder, mas aquelas que sabem que estão condenadas ao inferno por causa dos seus pecados e que desejam mesmo ser remidas de todos eles. São essas pessoas que Deus Pai envia ao Senhor para que elas recebam a remissão dos seus pecados por meio do evangelho da água e do Espírito.
Meus amados irmãos, logo a destruição virá a este mundo. Independente se as pessoas crêem ou não, a promessa de Deus com certeza irá se cumprir. Vocês verão este mundo vir abaixo se viverem só mais um pouquinho. Na verdade, este mundo irá desaparecer totalmente. Somente o Reino de Deus permanecerá para sempre. É por isso que eu sou muito grato por ter crido na Verdade do evangelho da água e do Espírito e pelo Senhor ter apagado todos os meus pecados.
Para apagar todos os nossos pecados, o Senhor os levou sobre Si ao ser batizado e pagou seu salário derramando o Seu sangue na Cruz, nos tornando sem pecado assim. Pelo fato de Deus nos ter feito Seus obreiros e nos ter permitido entrar no Seu Reino, nós que recebemos a remissão de pecados somos muito felizes e gratos a Ele. O Senhor nos deu realmente o pão que nunca perece. Ele não nos deu o pão que desaparecerá, mas o pão que existirá por toda a eternidade, e é por isso que eu não tenho como deixar de dar graças a Deus pela verdadeira salvação através da qual Ele nos livrou do pecado.
 
 
Tudo Neste Mundo Não Vale Nada Realmente
 
Está escrito: “Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Pois tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo” (1 João 2:15-16). Entre todas essas coisas deste mundo: fama, riqueza, poder, prazeres, conhecimento, o que é mais valioso do que a vida eterna? A vida eterna é muito mais valiosa do que tudo isso. Ela é o dom de Deus que alguém só pode receber se seu coração for purificado de todos os seus pecados. Assim como o Pai prometeu que purificaria os nossos pecados através do Seu Filho, e assim como o Filho disse que se tornaria o pão da vida, Jesus Cristo, o verdadeiro pão que desceu do Céu, levou sobre Si todos os seus e os meus pecados ao ser batizado, foi condenado por eles ao ser crucificado e nos deu a verdadeira vida ao ressuscitar dos mortos.
Quando eu digo que tudo neste mundo não vale nada, há muitas pessoas que podem pensar que isso é loucura. Mesmo assim, este mundo não é nada realmente se comparado com as grandes bênçãos celestiais que nos permite ser purificados dos nossos pecados e nos tornar filhos de Deus sem pecado.
O que é a vida? Todos nascem do pó e voltarão para ele – é isso que é a vida. A vida não passa de uma pequena viagem. Em outras palavras, mesmo que alguém tenha sucesso na vida, ela não vale nada. Assim como um viajante volta para casa no final de sua viagem, não haverá vida para sempre aqui também. Nós vivemos nessa terra algum tempo como viajantes, e depois temos que voltar para nossa eterna morada. Nosso verdadeiro lar fica em outro lugar. O destino da nossa vida está em outro lugar.
Sendo assim, aqueles que acham que viverão para sempre nessa terra e se apegam às coisas que há aqui na verdade estão buscando a comida que irá perecer. Quando Jesus disser a essas pessoas: “Eu lhes darei o pão da vida”, elas dirão: “Do que Ele está falando? Pão é apenas pão; mas o que é esse pão da vida?”
Amados irmãos, vocês têm que entender que esse pão da vida não é nenhum outro senão Jesus. Jesus é o verdadeiro pão da vida eterna, o pão da remissão de pecados e da salvação. Foi por isso que Jesus disse: “Eu sou o pão da vida. Eu lhes darei este pão da vida. Eu vim do Céu não pela minha vontade, mas pela vontade Daquele que me enviou”. Foi para nos ensinar isso que Jesus realizou o milagre com cinco pães e dois peixes e alimentou inúmeras pessoas com eles.
Jesus é o pão da vida. Deste modo, aqueles que confessam crer em Jesus mas não sabem exatamente como Ele se tornou o pão da vida, são completamente tolos pois buscam estar na presença de Jesus não pelo pão da vida que veio do Céu, mas pelo pão terreno. Em outras palavras, muitos cristãos estão à procura do pão que perece como o que alimentou a multidão de João 6 no milagre realizado com cinco pães e dois peixes.
Amados irmãos, nós temos que reconhecer e crer em Jesus como nosso Salvador para recebermos a remissão de pecados, para nos tornarmos filhos de Deus e entrarmos no Seu Reino a fim de desfrutarmos para sempre a vida eterna. Aqueles que querem aceitar Jesus como seu Salvador têm que, no mínimo, confessar os pecados do seu coração, crer em Jesus e ser lavado de todos os seus pecados. Eles têm que crer em Jesus para se tornarem filhos de Deus e entrarem no Seu Reino para lá viver para sempre. Por outro lado, é algo muito tolo e enganoso crer em Jesus tendo uma vida religiosa.
 
 
Jesus disse: “Todo Aquele que o Pai Me Dá Virá a Mim”
 
Quem são aqueles que o Pai envia a Jesus? São aqueles que buscam as coisas do Céu. Deus jamais envia a Ele alguém que busca as coisas da terra.
Nós estamos tendo um culto de avivamento agora. E ainda que tenhamos aberto a porta para que venham a este encontro aqueles que estão buscando as coisas do Céu, poucos realmente aparecem. Isso mostra que todo mundo tem deixado de lado as coisas do Céu para buscar somente as coisas da terra. Melhor dizendo, as pessoas estão buscando Jesus para ficarem ricas, serem curadas das suas enfermidades, comprarem uma casa ou terem um bom casamento. Essas pessoas de maneira alguma podem vir para a nossa Igreja. E o Pai também não as envia a Jesus, que nos deu a vida eterna que é o evangelho da Verdade. Deus as envia para as igrejas onde os pecadores se reúnem.
Todo mundo sabe se há ou não pecado em seu coração e se estão condenados ao inferno ou não. Você se conhece e sabe se crê em Jesus com o objetivo espiritual de receber a remissão de pecados ou com o objetivo carnal de prosperar neste mundo. Se você olhar para dentro do seu coração você vai ver se está buscando as coisas espirituais ou carnais. Apesar disso, muitas pessoas ainda continuam se enganando e brincando com Deus. Deus está afiando Seu machado para ceifar essas pessoas. Ele está dizendo: “Eu estou esperando por todos vocês que buscam somente o pão carnal e a fornalha já está pronta. Mas não se preocupem com o fogo; Eu o manterei acesso porque sou muito paciente”.
Aqueles que não nasceram de novo buscam as coisas da carne e sempre têm uma boa desculpa para tudo. Todavia, está bem claro que a motivação que deve existir para que alguém se torne um cristão deve ser espiritual. Jesus veio a este mundo como o Salvador que nos livrou dos nossos pecados (Mateus 1:21). Isso quer dizer que Jesus foi Aquele que nos salvou de todos os nossos pecados, não alguém que nos faz prósperos, ricos ou saudáveis. Nós cremos em Jesus para recebermos a remissão de pecados, para sermos justos, para nos tornarmos filhos de Deus e para entrarmos e vivermos no Seu Reino. Você não deve crer em Jesus só para receber bênçãos materiais, considerando o Cristianismo somente como mais uma religião deste mundo. Se é por isso que você crê em Jesus seria melhor então você crer em outro coisa, não em Jesus.
A Bíblia diz que ao homem está ordenado morrer uma só vez, vindo depois disso o juízo (Hebreus 9:27). Amados irmãos, nosso Senhor conhece a todos nós muito bem. No geral, o ser humano vive no máximo 80 anos e então tem que ir à presença de Deus. Em breve, todos vocês chegarão ao fim da sua viagem nessa terra e voltarão para a morada celestial. Eu tenho certeza que todos vocês querem de fato encontrar e receber a comida que nunca perece enquanto estão vivendo nessa terra, para que assim possam entrar no Reino de Deus. Para fazerem isso – isto é, para serem purificados dos pecados do seu coração – o que vocês têm que procurar mesmo é a Verdade. Se vocês pecaram, vocês têm que buscar a Deus com toda a sinceridade para que assim vocês encontrem a resposta correta para a pergunta: “Como meus pecados podem ser purificados?” Melhor dizendo, vocês têm que buscar a Deus com o coração puro sem permitir que nada interfira no seu relacionamento com Deus. O pecador tem que rejeitar todos os seus desejos carnais, como o desejo pela fama ou pelo dinheiro, ao invés de só pensar em como ele pode quebrar a barreira do pecado que há entre ele e Deus.
Só há uma maneira de você ser aprovado por Deus como uma pessoa justa: você tem que ser purificado dos seus pecados para que isso lhe seja imputado para justiça. Como é que você pode ser purificado dos seus pecados então? Você pode ter seus pecados remidos tendo uma vida justa e fazendo de tudo para ficar afastado do pecado? Não, isso não é possível. O que você tem deve fazer então? Assim como o Senhor nos diz no texto bíblico deste capítulo, a remissão de pecados é algo concedido pelo próprio Senhor. Pelo fato de ser Jesus Cristo, o Filho de Deus, que nos concede a verdadeira remissão de pecados, nos dá a vida eterna e nos abençoa para que nos tornemos filhos de Deus, nós temos que crer em Jesus, o verdadeiro pão dado por Deus e que desceu do Céu.
Você crê que Jesus é o pão da vida que desceu do Céu? Você entende agora e crê no que Jesus fez por você e por mim ao vir a esta terra? Foi para se tornar o verdadeiro pão da vida para nós que Jesus foi batizado em Seu corpo por João Batista. Jesus recebeu nossos pecados ao ser batizado, levou os pecados do mundo ao ser crucificado e derramou Seu sangue até morrer. Foi para dar a vida eterna a toda a humanidade que o Senhor ressuscitou dos mortos. E tudo isso foi planejado no Céu antes mesmo da criação. Nós devemos fazer parte do plano de Deus crendo em Jesus Cristo. Nós temos que crer de todas as formas na Verdade da salvação. Os que crêem assim é que recebem a remissão de pecados, a vida eterna e comem o verdadeiro pão que desceu do Céu. Nenhum outro além deste é o milagre que Deus nos mostrou quando veio a essa terra.
O povo perguntou para Jesus: “Como está escrito: Moisés enviou o maná do Céu e nossos pais o comeram. Que sinal Tu farás para que creiamos em Ti?” O maior milagre deste mundo é o poder do Senhor que apagou o nosso pecado carmesim de uma vez por todas. O Senhor nasceu nessa terra num corpo carnal, foi batizado aos 30 anos, foi crucificado, ressuscitou dos mortos e nos salvou assim – nada além disso é o maior de todos os milagres e sinais.
Já que a Verdade da salvação é mostrada tão claramente, como pode você não crer nela? Nosso Senhor foi só crucificado quando veio a este mundo? Ele também não foi batizado para levar os seus e os meus pecados? Na verdade, nossos pecados desapareceram porque Jesus foi batizado. E mesmo o próprio Jesus tendo mostrado isso, as pessoas ainda não sabem disso e não crêem nisso também. Elas fazem toda questão de dizer que crêem em Jesus apesar de crerem somente no sangue da Cruz. Tentar apagar seus pecados com orações de arrependimento é o mesmo que pedir a Jesus que continue apagando seus pecados, apesar Dele já ter apagado todos eles.
Você e eu jamais devemos fazer isso, ao contrário, temos que comer o pão que desceu do Céu pela fé. Somente quando nós comermos este pão do Céu pela fé é que não seremos mais crentes imperfeitos que só vivem pedindo. Já que o pão do Céu já veio até nós, nós temos somente que comê-Lo pela fé. Mas apesar disso, muitas pessoas estão tentando alcançar a salvação fazendo seu próprio pão e oferecendo-o a Deus. O pão terreno estraga em um ou dois dias, fica bolorento e enche a casa com cheiro ruim. Ao contrário, o verdadeiro pão que desceu do Céu é o legítimo pão da vida eterna que nunca estraga ou fica mofo.
Jesus, que nos deu o pão da vida eterna, vive para sempre. E Ele apagou todos os nossos infindáveis pecados e nos deu a verdadeira vida. Nós temos que comer o pão que veio do Céu crendo nele de coração. Nós temos mesmo que crer de coração e comer o pão que o Senhor nos deu. Mas se, ao invés disso, comermos o pão que nós mesmos fizemos, ele nunca se tornará o pão da vida.
O que os pecadores de fato precisam? O que eles precisam não é ter seu coração purificado, se tornar sem pecado e filhos de Deus, e se preparar para o mundo vindouro? Todo mundo precisa ter o tipo de fé que os prepara para o mundo vindouro. Não importa quantas pessoas vivem neste mundo hoje em dia. Afinal de contas, a vida nessa terra é efêmera. Por mais que as pessoas vivam bem ou não nessa terra, sua vida é curta. Tudo nessa terra é passageiro.
A humanidade tem que comer o pão que desceu do Céu. E este pão tem que ser comido de coração, não pelas boas obras de alguém ou com atos de sacrifício. E ninguém deve tentar comprá-lo com dinheiro também. Este pão que desce do Céu é o pão que jamais perece, purifica cada pecado e faz com que todos que o comem vivam para sempre pela fé. Por que então alguém tentaria comprar este pão com dinheiro ou consegui-lo por meio de boas obras? Mesmo assim, os que não conhecem a Verdade do evangelho da água e do Espírito e não reconhecem o seu valor ainda tentam fazer isso.
Mateus capítulo 13 diz que o Reino dos Céus é igual a um comerciante que busca boas pérolas. E que quando ele encontra uma pérola de grande valor ele vai e vende tudo que tem para comprá-la (Mateus 13:45-46). Meus amados irmãos, mesmo se vocês tiveram que desistir de tudo em sua vida, vocês têm que crer e seguir a Jesus, o verdadeiro pão da vida que desceu do Céu. Vocês não acham que vale a pena crer nesta Palavra, nesta maravilhosa Verdade da salvação que o Senhor nos salvou de todos os nossos pecados ao vir a essa terra, ao ser batizado, ao morrer na Cruz e ressuscitar? Não vale a pena realmente viver assim, crendo, defendendo e anunciando isso?
O evangelho da água e do Espírito é o pão que desceu do Céu. Ele é o pão mais precioso que existe, o pão que nunca perece nem acaba. Portanto, por causa deste pão, nós podemos rir de alegria o tempo todo, ser gratos a Deus e levar sempre uma vida espiritual. Meus amados irmãos, nós podemos ter paz mesmo em meio ao sofrimento e ter alegria mesmo na pobreza, tudo isso porque comemos o pão eterno do Céu e temos a vida eterna. O evangelho da água e do Espírito nos traz a verdadeira alegria e satisfação.
Sendo assim, aqueles que encontraram a Verdade da vida eterna venderam tudo que tinham e a compraram. Não existe ninguém que deixou de sacrificar tudo que tinha ao encontrar Jesus. Se você quer crer no evangelho da água e do Espírito e receber a remissão dos seus pecados, você tem que se desfazer de tudo que sabia antes. Você tem que entender que tudo que não está no evangelho da água e do Espírito realmente não vale nada, é como lixo. Você de alguma maneira pode comparar a Verdade do evangelho com algo que você sabia até agora? As coisas do mundo não passam de lixo quando comparadas com o evangelho da água e do Espírito. Que coisas do mundo você poderia comparar com as coisas de Deus? Tudo no mundo vai acabar algum dia, pois tudo vai perecer e desaparecer.
O Senhor veio a essa terra para nos dar o pão da vida que nunca perece e jamais acaba. Ele é o pão da vida que desceu do Céu. Ao se tornar o verdadeiro pão da vida, o Senhor realmente apagou todos os seus e os meus pecados. Ao ser batizado, Ele levou os pecados do mundo e limpou todos os nossos pecados. Pelo fato do Senhor ter levado os pecados do mundo pelo Seu batismo, todos que crêem nisso foram purificados de todos os seus pecados. Mas e você? Todos os pecados do seu coração foram purificados? Eu sei que seu coração agora foi purificado de todos os seus pecados por você crê no evangelho da água e do Espírito.
Amados irmãos, vocês acham que todo mundo pode crer em Jesus Cristo, o pão da vida? Não, nós só podemos crer no Senhor se tivermos um encontro com Ele primeiro. Quem são as pessoas que têm um encontro com o Senhor então? Ele tem um encontro com aqueles cujo coração se enquadra na visão de Deus. E as pessoas que Deus encontra e lhes dá Sua permissão, dizendo: “Vocês merecem crer no Meu Filho. Vocês estão aptas para crer no Meu Filho”, não são outras a não ser aquelas que são pobres de espírito, que tem fome de justiça e sofrem por causa dos seus pecados. Mas as outras Deus julga dizendo apenas: “Vocês não estão aptas para crer no Meu Filho”.
Não foi para salvar ninguém mais a não ser você e a mim que Jesus nos salvou com o evangelho da água e do Espírito. Nosso Senhor disse: “Quem come a minha carne, e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia” (João 6:54). O que fará com que ressuscitemos no último dia também é essa fé no evangelho da água e do Espírito.
Meus amados irmãos, é uma grande bênção vocês crerem no Senhor como seu Salvador. Vocês aceitaram o evangelho da água e do Espírito para crerem no Senhor como seu Salvador. Vocês acham que vale a pena trocar essa fé por qualquer outra coisa? Vocês acham que existe algo mais preciso que isso? O Senhor mesmo se tornou o nosso pão da vida e nos disse para comermos a Sua carne. Ele disse: “Se vocês comerem a Minha carne pela fé vocês receberão a remissão dos seus pecados e a vida eterna. Sua vida eterna estará garantida”. Nós temos que entender realmente que Jesus Cristo é o pão da vida. Nós temos que comer este pão da vida crendo Nele fielmente.
Há muitos cristãos hoje que confessam crer em Jesus. Mas quantos deles crêem em Jesus realmente como o pão da vida? Quantas pessoas vêm para a igreja crendo que Jesus Cristo é seu Salvador e seu verdadeiro pão? Muito poucas. O problema é que quase todos os cristãos crêem em Jesus à sua maneira, sem saber o que estão buscando realmente. O que há de mais importante para qualquer cristão é a remissão de pecados. A fé começa na remissão de pecados, e somente quando a fé começa de modo adequado assim é que podemos receber as bênçãos do Céu. Você acha que está cheio do Espírito mesmo vivendo à margem da Palavra e deixando de lado o mais importante?
A primeira tecla da sua vida de fé só é pressionada de uma maneira correta quando você conhece e crê na Verdade que o Senhor se tornou o verdadeiro pão da salvação para você e para mim. Para apagar os seus e os meus pecados, o Senhor os levou ao ser batizado, ao derramar Seu sangue na Cruz e ressuscitar dos mortos. Pelo fato do Senhor ter realizado a nossa salvação completamente, Ele nos capacitou para que a recebamos apenas crendo Nele verdadeiramente. Essa é a mensagem principal que nosso Senhor está nos transmitindo na passagem deste capítulo.
E o Senhor disse: “Todo aquele que o Pai me dá virá a mim, e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora” (João 6:37). Todos que vêm ao Senhor em busca da remissão de pecados encontrarão o evangelho da água e do Espírito, e ao crerem nesse evangelho de coração todos eles serão redimidos dos seus pecados. Nós temos que fazer isso tendo um propósito espiritual quando buscamos a presença do Senhor. Nós temos que procurar o Senhor buscando a salvação da nossa alma para o nosso próprio bem. Todo aquele que buscar o Senhor com outro propósito sairá do caminho da vida eterna por não crer no evangelho da Verdade de coração. E mesmo se exteriormente alguém parece buscar o Senhor com um propósito espiritual ou carnal, as conseqüências são muito diferentes.
Jesus Cristo, verdadeiro pão do Céu, nos salvou de todos os nossos pecados com Seu batismo e Seu sangue na Cruz. Ao fazer isso, o Senhor nos deu uma nova vida e nos capacitou para vivermos para sempre, nunca mais passando pela morte. Agora, temos que cumprir tudo que Deus nos confiou crendo que todo aquele que crê no evangelho da Verdade já recebeu a remissão dos seus pecados e que nós ressuscitaremos no último dia. Nos dias atuais onde grandes tribulações já são iminentes, nós temos que ter esperança e crer de coração nesse verdadeiro evangelho.
Vamos viver pela fé para que depois possamos encontrar nosso Senhor face a face.