The New Life Mission

Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 6-6] (João 6:26-39) Trabalhem pela Comida que Não Perece

(João 6:26-39)
“Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais miraculosos que vistes, mas porque comestes do pão, e vos fartastes. Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará, porque Deus, o Pai, o marcou com o seu selo. Perguntaram eles: Que faremos para executar as obras de Deus? Respondeu Jesus: A obra de Deus é esta: crede naquele que ele enviou. Então lhe perguntaram: Que sinal miraculoso, pois, fazes tu, para que vejamos e creiamos em ti? Que farás? Nossos pais comeram o maná no deserto, como está escrito: Deu-lhes a comer pão do céu. Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: Não foi Moisés quem vos deu o pão do céu, mas é meu Pai quem dá o verdadeiro pão do céu. Pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo. Disseram-lhe: Senhor, dá-nos sempre desse pão. Então Jesus lhes declarou: Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede. Mas como vos disse, vós me vistes e contudo não credes. Todo aquele que o Pai me dá virá a mim, e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. Pois eu desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. E esta é a vontade daquele que me enviou, que eu não perca nenhum de todos os que ele me deu, mas o ressuscite no último dia.”
 
 
O Senhor diz na passagem bíblica acima: “Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna.” Deus nos diz aqui o que nós devemos e não devemos fazer na nossa vida espiritual. Ele nos diz que temos que trabalhar pela comida que permanece para a vida eterna, não pela comida que perece.
Podemos ver nessa passagem bíblica como Jesus alimenta muitas pessoas realizando um milagre com cinco pães e dois peixes. Alguns que comeram o pão carnal foram atrás de Jesus atravessando o mar de Tiberíades. Lendo as Escrituras, nós podemos ver que havia vários tipos de pessoas que seguiam a Jesus naquela época. Havia alguns que O seguiam apenas para comer pão e outros que O seguiam para ser curados das suas enfermidades; mas outros O seguiam para receber a remissão de pecados.
 
 
O Senhor Nos Disse que Devemos Trabalhar pela Comida que Não Perece
 
Jesus disse: “Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna” (João 6:27). Como você deve saber, há um filme chamado “Por quem os sinos dobram”, que é baseado num romance do mesmo nome. Este filme mostra a agonia das pessoas diante de perguntas tais como: “Por quem estamos lutando nessa guerra? Por quem nós estamos matando e morrendo? Por que temos que fazer essa guerra? Pela humanidade ou pelos nossos governantes?” Como o título sugere, nós seres humanos nos preocupamos em saber por que vivemos neste mundo, o que devemos fazer aqui e qual é o propósito da vida.
Não tem sentido algum fazermos parte da Igreja de Deus e não pensarmos no que estamos fazendo aqui e qual o propósito da vida. Nós que somos justos e cremos no evangelho da água e do Espírito devemos pensar no que realmente devemos fazer para Deus. Já que vivemos neste mundo, nós temos que decidir para o que vamos viver de fato. O Senhor nos disse que temos que trabalhar pela comida que não perece, não pela que perece. Nós temos que entender qual é a verdadeira comida e fazer a obra de Deus baseados nessa lição que Ele nos ensinou.
Há dois tipos de obras perante Deus: a obra que perece e a obra que não perece. E se as separarmos mais ainda, podemos dividi-las entre a obra do mundo e a obra de Deus. E se nós as separarmos um pouco mais, podemos dividi-las entre a obra que alguém faz por si mesmo e a obra sem interesse que nós fazemos para salvar as almas da destruição. Todo aquele que vive neste mundo de uma forma ou de outra sempre faz um desses tipos de obra e se dedica a uma elas em sua vida.
Então, que tipo de obras os justos que crêem na justiça de Deus fazem perante Ele? Que obra é de fato verdadeira? Não importa o que façamos, primeiro temos que decidir fazer o que é certo em nossa vida. Nós temos que analisar muito bem se queremos passar a vida todo fazendo a obra de Deus ou então buscando riqueza e fama neste mundo; ou ainda se queremos estudar para sermos pessoas importantes para a paz mundial ou fazer a obra para salvar as almas que estão condenadas por causa dos seus pecados.
Aqueles que não receberam a remissão de pecados porque não crêem no evangelho da água e do Espírito vivem fazendo a obra carnal neste mundo. Eu também já fiz a obra carnal neste mundo. Antes de conhecer o evangelho da água e do Espírito, eu ficava agoniado sem saber qual o propósito de vivermos neste mundo. Mas depois que nasci de novo, a fé no evangelho da água e do Espírito me ajudou a encontrar a resposta para essa pergunta.
Nós agora nos dedicamos a missões mundiais e a missão de ajudar os deficientes físicos. Nós formamos um grupo para trabalhar nos campi das universidades ajudando os deficientes físicos e pregando o evangelho da água e do Espírito nos cultos de adoração a Deus que nós fazemos lá. Eu tenho visto nossos obreiros ajudando os deficientes físicos e ensinando a língua dos sinais para os deficientes auditivos. Esse trabalho é a obra de Deus. O evangelho da água e do Espírito continuará sendo pregado por estes jovens deficientes até que eles creiam nele e recebam a purificação dos seus pecados. Haverá crianças que com seus lábios confessarão: “Jesus tirou todos os pecados do mundo de uma vez só na cruz depois que foi batizado por João Batista. Por isso, não há nenhum pecado em mim.” Eu acho que essa é a verdadeira obra de Deus e a comida que não perece.
Nós também estamos produzindo livros sobre o evangelho da água e do Espírito. E para que um livro somente seja publicado, nós precisamos muito do esforço dos servos de Deus. Os livros do evangelho que imprimimos também são distribuídos em feiras do livro em nosso país. E eles também são enviados para as pessoas que nos pedem mais livros. Eu me sinto muito feliz por fazer essa obra e quero pregar o evangelho da água e do Espírito em todo o mundo. Essa verdade do evangelho da água e do Espírito que é encontrada em nossos livros mudará a vida das pessoas, embora não possamos pregar para elas pessoalmente. E nós queremos enviar nossos livros para elas justamente porque o evangelho será pregado para elas através deles. Mas eu acho que tudo isso só é possível porque é a obra de Deus. Produzir livros para pregar o evangelho da água e do Espírito é o mesmo que trabalhar pela comida que não perece, como o Senhor nos disse.
Você pode não saber, mas muitos dos nossos livros têm sido enviados para outros países. O evangelho da água e do Espírito está sendo mais pregado pelos leitores de nossos livros. Unir nossos esforços para publicar nossos livros, anunciar o evangelho da água e do Espírito em outros países pessoalmente e estabelecer a Igreja de Deus aqui – tudo isso é a obra de Deus e, ao mesmo tempo, a obra de compartilhar a comida que não perece. Nós cremos que a obra de ajudar as pessoas a receber a salvação do pecado e a vida eterna através dos nossos livros é a obra de Deus propriamente dita.
A obra de Deus é feita de várias maneiras. Fazer cultos de avivamento e edificar a Igreja de Deus, ofertar os nossos bens materiais em gratidão ao que recebemos pelo nosso trabalho árduo, fazer orações de intercessão e dedicar todo o nosso esforço – tudo isso é a obra de Deus, obras feitas pela comida que não perece. Nós que nos tornamos justos por crermos no evangelho da água e do Espírito temos que fazer todas estas obras para Deus sem parar.
O que é então a comida que perece, que o Senhor está falando? Toda obra que não é para salvar as almas do pecado e não é feita para pregar o evangelho da água e do Espírito às almas que estão morrendo por causa de seus pecados é obra da carne que irá perecer. Toda obra feita na carne será feita em vão e perecerá. Essa é a questão. Nós temos que entender que a obra que nós estamos fazendo diante de Deus, que é pregar o evangelho, é uma obra preciosa que agrada a Ele, apesar de sermos imperfeitos.
Mas é claro que às vezes nos cansamos e nos sentimos exaustos. Nós passamos por um momento difícil algum tempo atrás para imprimir a capa do nosso primeiro livro em inglês. O pastor responsável por essa obra teve alguns problemas porque o que ele queria fazer não foi aceito várias vezes. Aí ele achou que seu trabalho não estava sendo respeitado. Mas nós jamais desrespeitamos alguém. Independente para quem seja, sempre confiamos uma tarefa a alguém com todo respeito e a fazemos junto com ele. Eu peço a opinião dos pastores e as ouço com muito respeito quando fazemos a obra, pois isso é algo muito importante. E eu creio que Deus cumpre toda justiça apesar de haver estes percalços em Sua obra.
A obra de pregar o evangelho da água e do Espírito, que é a comida que não perece, a todas as pessoas, requer realmente muito sacrifício e esforço físico. E nós não poderíamos fazer essa obra valiosa e que não perece se não fosse pela fé que crê na justiça de Deus. Você tem que entender que até nós, homens de fé, não podemos levar uma vida de fé se não trabalharmos pela comida que não perece. Nós temos que fazer a obra que é compartilhar a comida que não perece até o último dia. Você entende isso? Mesmo que você passe por lutas e só possa fazer pouco para servir ao Senhor; mesmo que faça um esforço para vir ao um encontro como este; mesmo que você não possa dar de ofertas coisas matérias por não possuí-las; mesmo que você não possa fazer algo especial porque não tem nenhum dom ou talento, a obra de Deus de todo modo será realizada se você adorar conosco, se seu coração estiver conosco e você orar a Deus junto com a Igreja pela Sua obra; na verdade, é isso que é fazer a obra ajudando um ao outro. Crer no evangelho da água e do Espírito que Deus nos deu e unir nossas forças para pregar este evangelho é o mesmo que fazer a obra de Deus; esta é a obra de compartilhar a comida que não perece.
Eu posso contar uma história de uma irmã que freqüenta nossa igreja? Dizem que não existe uma igreja em que ela não tenha ido para curar sua filha que estava possessa por demônios. Quando alguém está endemoninhado, seu coração é destruído e seu caráter deformado. É necessário muito tempo e o poder do evangelho da água e do Espírito para que alguém assim se recupere por completo, porque seu caráter, que tinha que ser respeitado, é desfigurado e humilhado quando os demônios o atacam. Essa irmã procurou muitos médicos e não é exagero dizer que ela só vivia para curar sua filha. Desde então, ela que não havia sido salva do pecado porque não cria no evangelho da água e do Espírito, se preocupava mais com a cura da sua filha do que com sua própria salvação. E este era o sentimento de todos os seus parentes também. Mas agora ela entendeu que é muito mais importante ser salva dos seus pecados do que sua filha ser curada. Ela disse que se sacrificou muito por sua filha mais de 10 anos e que agora queria que sua vida tivesse mais sentido servindo a este precioso evangelho.
A obra de distribuir nossos livros, que é a comida que não perece, mudou a vida daquela mulher. Olhem que mudança linda aconteceu no seu coração. Mas que mudança valiosa e linda é essa? Qual a importância da obra que ela está fazendo? Eu creio que sua filha que está endemoninhada será liberta pela fé dessa irmã que recebeu a remissão de pecados por crer no evangelho da água e do Espírito.
O demônio visita e acusa constantemente quem está com o coração ferido e confuso por causa de seus pecados, mas eles não têm como resolver este problema com o pecado. O caráter da pessoa, que é mais valioso do que o mundo todo, é destruído e morre por causa do pecado. Mas o demônio não pode atacar quem recebeu a remissão de pecados por crer no evangelho da água e do Espírito. A obra de pregar o evangelho da água e do Espírito que nós estamos fazendo também é a obra de salvar as almas que estão morrendo por causa dos demônios. A obra de salvar as almas é a obra de pregar o evangelho da água e do Espírito pela fé.
É assim que deve ser nosso coração e nossa fé. Nós temos que cuidar de todas as almas e levá-las a conhecer o evangelho da água e do Espírito, a fim de que todos recebam a salvação do pecado. Nós temos que nos dedicar a esta grande obra de fazer com que todos neste mundo sejam salvos do pecado. Isso muda seu caráter e faz com que eles adorem a Deus, faz com que eles se sintam realizados como obreiros de Deus. Esta é, na verdade, a obra de Deus que não perece. Eu creio que nós que nascemos de novo crendo no evangelho da água e do Espírito temos que continuar fazendo a obra de Deus no futuro também. É claro que vai ser difícil viver neste mundo, trabalhando duro e sofrendo para cuidarmos da edificação, das necessidades e dos problemas dos outros, mas esta não é nossa meta principal, não é verdade? A obra que devemos fazer com determinação no coração é pregar o evangelho da água e do Espírito, que é a comida que não perece.
 
 
Nós Temos que Viver pela Comida que Não Perece
 
Nós temos que entender a importância de se fazer a obra de pregar o evangelho da água e do Espírito. A Bíblia diz:
“Ainda que a figueira não floresça,
nem haja fruto na vide,
ainda que o produto da oliveira falhe,
e os campos não produzam mantimento,
ainda que as ovelhas sejam exterminadas,
e nos currais não haja gado,
Todavia eu me alegrarei no Senhor,
Exultarei no Deus da minha salvação” (Habacuque 3:17-18).
Nós já fomos salvos do pecado pelo evangelho da água e do Espírito e recebemos a benção eterna de Deus. Nós temos que nos alegrar com que obra então? Com a obra de salvar as almas do pecado, uma a uma. Nós devemos nos alegrar com a obra que não perece, porque o Senhor disse: “Isso é o certo a fazer.”
Nós queremos fazer missões juntos aos deficientes físicos e de fato estamos fazendo isso. Uma de nossas igrejas faz um trabalho com os deficientes de um modo muito profissional. E os nossos irmãos fazem essa obra de Deus de forma admirável, apesar de serem deficientes também. Seu coração busca a Deus de uma maneira perfeita pela fé e eles amam muito a Igreja de Deus. Mas antes, eles não tinham como ouvir o evangelho da água e do Espírito dos voluntários das igrejas mundanas. Eles eram visitados por muita gente que fazia trabalho voluntário, mas que só podiam dar a eles a comida que perece, além de levar sapatos, ajudá-los a se limpar ou lavar sua roupa suja. É claro que sua atitude não estava errada, mas elas só estavam dando a eles a comida que perece. Elas só estavam indo lá e fazendo coisas que perecem. É por isso que queremos pregar o evangelho da água e do Espírito para os deficientes.
Nós agora temos que dar a eles a verdadeira comida que não perece, que pode curar sua enfermidade espiritual. Para isso, nós temos que visitá-los e pregar para eles o evangelho da água e do Espírito. Quando Jesus veio a este mundo, Ele foi de encontro aos enfermos, aos pobres, aos rejeitados e oprimidos, e libertou todos eles do seu sofrimento. Mas o Senhor também purificou seus pecados e supriu suas necessidades físicas. Eu vejo a Igreja de Deus hoje como a instituição que deve fazer essa obra. É por isso que oramos por missões e queremos de fato pregar o evangelho da água e do Espírito aos deficientes físicos que são espiritualmente rejeitados. Jesus iria até essas pessoas e pregaria o evangelho da água e do Espírito para elas se ministrasse hoje em dia. E Ele usaria Seu poder para curar seu corpo e sua alma.
Na verdade, nós que vivemos hoje em dia temos que fazer a boa obra que é pregar o evangelho da água e do Espírito. Nós temos que estar na presença de Deus e ter um objetivo correto. Nós temos que viver fazendo a obra de pregar o evangelho da água e do Espírito para o resto da vida. Nós iremos sofrer, mas também desfrutaremos da verdadeira alegria enquanto fizermos essa obra tão importante. Nosso Senhor disse que aqueles que quiserem viver sua vida morrerão, mas aqueles que morrerem viverão. O Senhor com certeza nos glorificará se nós fizermos a obra de pregar o evangelho da água e do Espírito, que é a comida que não perece, enquanto estivermos neste mundo. E o meu desejo é que vocês creiam nisso.
 
 
“Trabalhai, Não pela Comida que Perece, Mas pela Comida que Permanece para a Vida Eterna” (João 6:27)
 
Para nós, o que é a verdadeira comida? O que de fato é correto neste mundo? O correto é o evangelho da água e do Espírito. O Senhor veio a este mundo num corpo carnal e levou sobre si todos os nossos pecados de uma só vez em Seu corpo quando foi batizado por João Batista, pregado na cruz em nosso lugar para ser condenado pelos nossos pecados, e se tornou o verdadeiro Salvador dos que crêem no evangelho da água e do Espírito ao ressuscitar dos mortos. Jesus é nossa Verdade, e o evangelho da água e do Espírito que nos salvou é nossa verdadeira comida. Está escrito que nosso Senhor, que veio como Filho do homem, nos deu o alimento que realmente não perece quando entregou a si mesmo através do evangelho da água e do Espírito.
O alimento que comemos não passa de alimento carnal. É como o diesel e a gasolina para os carros. A Palavra de Deus é o alimento para o homem, ou seja, para os que são espirituais. Melhor dizendo, a Palavra do evangelho da água e do Espírito é o alimento para a alma. Jesus, que recebeu o batismo em Seu corpo e derramou Seu sangue na cruz, se tornou o verdadeiro alimento da salvação para aqueles que estavam em agonia com sua própria justiça e passando fome espiritual neste mundo.
Quem é este? Ele é nosso Senhor. O Senhor disse: “Eu fui batizado por João Batista por vocês. Deste modo, eu tirei todos os pecados do mundo de uma vez e fui condenado na cruz por todos eles para salvá-los do pecado. Portanto, Eu os salvei do pecado e do juízo e Me tornei Seu Pastor. Eu declaro que vocês não têm mais pecado a partir de agora. E vocês jamais pecarão novamente. Creiam nisso então.”
A Bíblia diz: “Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, porém, alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo” (1 João 2:1). Também está escrito: “Nós o amamos porque ele nos amou primeiro” (1 João 4:19). E eu reafirmo que o Senhor nos deu a verdadeira comida para a nossa alma ao receber o batismo no Seu corpo e derramar Seu sangue na cruz. Nós temos que crer que a verdadeira comida para nossa alma perante Deus é Jesus Cristo.
Para nós, nosso Senhor é a comida que jamais perece. Ele nos deu a vida eterna. Quando estamos de cama ou trabalhando, quando estamos em agonia por termos cometido algum erro ou pecado, quando caímos na tentação do mundo e de Satanás e tropeçamos, Jesus é o Senhor que sempre cura nossa alma com o evangelho da água e do Espírito. Ele nos fez perfeitos quando éramos imperfeitos, se tornou o pão espiritual para nós quando estávamos famintos, foi julgado em nosso lugar para que não fôssemos condenados, nos vestiu de honra quando estávamos humilhados e pessoalmente supriu todas as nossas necessidades.
Sendo assim, nós jamais morreremos de fome física ou espiritual se recebermos a remissão de pecados e servirmos à justiça de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito. Já que nossa justiça é quebrantada a todo tempo e nossas falhas reveladas, o Senhor nos diz: “Eu recebi todos os seus pecados de uma vez através da Minha justiça ao ser batizado por João e sendo condenado na cruz para apagar todos eles. Eu levei sobre Mim todos os seus pecados. Vocês estão com fome? Vocês ainda confiam na sua própria justiça ou ela não existe mais em vocês? Eu Me tornei seu Salvador. Comam a Minha carne. Eu sou o seu Salvador. Eu sou o pão da vida para vocês. Eu dei Meu corpo para vocês. Eu dei Minha vida por vocês. Eu sou o pão da vida para vocês.”
Somos nós que agora recebemos estas bênçãos. Nós nunca temos fome e sempre estamos felizes por causa do Senhor. Não há problema que não possa ser resolvido quando o colocamos nas mãos do Senhor e somos gratos a Ele. O Senhor é o nosso verdadeiro Pastor, nosso verdadeiro pão da vida, Aquele que nos deu a vida eterna. Você também crê nisso? Você crê nisso realmente?
Eu pergunto novamente a vocês que dizem que crêem na justiça de Deus: quem é a verdadeira comida para as pessoas deste mundo? Jesus Cristo. Jesus Cristo que salvou você e eu de todos os nossos pecados sempre resolve nossos problemas. Ele é o Criador do universo. A Bíblia diz: “No começo criou Deus os céus e a terra” (Gênesis 1:1) e “então disse Deus: haja luz, e houve luz.” O Deus citado nesses versículos é Jesus Cristo, que veio a este mundo e salvou você e eu do pecado e do juízo. O Deus Todo-Poderoso nos deu o Céu também. A Bíblia diz: “E se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estou estejais vós também.” Jesus, que controla o universo e tudo que nele há, resolveu o problema do pecado em nosso coração do Seu jeito. Ele veio a nós quando estamos em meio a um grande caos, no vazio e num abismo de trevas. Ele se tornou nossa Luz quando não sabíamos que caminho tomar em nossa vida, quando não sabíamos a razão da nossa existência, quando não conhecíamos a Verdade e quando tínhamos que ser destruídos por causa das nossas falhas. Jesus se tornou a verdadeira vida para nós.
O Senhor é tudo para nós; Ele é tudo para você e para mim. Nós precisamos mais do Senhor do que resolver nossos problemas. Jesus é tudo que precisamos no que diz respeito às coisas materiais de nossa vida. O Senhor é tudo para nós. Nós não devemos viver conforme a nossa vontade porque nascemos de novo. É errado pensar assim: “É assim que eu vou viver, e isso não tem nada ver com o Senhor.” Você também precisa do Senhor no seu trabalho. Você precisa do Senhor na sua mente. Você precisa do Senhor aonde quer que vá para ser feliz em tudo que se refere à sua vida. Você precisa do Senhor em tudo.
O Senhor sempre nos ajuda a fazer Sua obra quando nós precisamos Dele. Ele não faz nada quando você diz que não precisa Dele, mas fico muito decepcionado. E, com certeza, é isso que Ele te diz: “Vá em frente então e faça tudo sozinho. Eu não vou te ajudar mesmo que você seja destruído por Me ignorar e Me deixar de fora da sua vida. Eu ignoro aqueles que Me ignoram e respeito aqueles que me respeitam.” Portanto, você tem que convidar o Senhor para fazer parte da sua vida e buscar Sua ajuda também. Nós temos que pedir ao Senhor: “Deus, me ajude nisso”, sempre que precisarmos. O Senhor é tudo para nós. Ele é o nosso verdadeiro alimento.
Nós temos que ouvir a Palavra da Verdade com o coração e crer nela, não ouvi-la com nossos ouvidos carnais. Isso quer dizer que temos que crer de coração no evangelho da água e do Espírito no momento em que o ouvirmos. Seria inútil ouvir por um ouvido e sair pelo outro. Fé e crer e seguir de coração. Eu quero que vocês saibam que a verdadeira comida e a verdadeira obra e crer de coração no evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu e fazer Sua obra.
Nós temos feito muito a obra de Deus até agora. Nós somos como mercadores oferecendo o evangelho. E temos que continuar essa obra no futuro também. O que eu estou dizendo é que temos que fazer a obra de pregar o evangelho da água e do Espírito até morrermos. Nós temos que crer realmente que a obra de pregar o evangelho no mundo inteiro é algo correto e nos unir para fazermos isso. Nós temos que crer que o Senhor é o pão da vida e segui-Lo. Nós temos que comer o pão da vida que o Senhor nos deu sempre que tivermos fome, a fim de que sejamos saciados e ricamente abençoados pela justiça de Deus neste mundo. Eu quero que você seja feliz com tudo que o Senhor lhe der e não precise de nada mais. O que eu quero é que você busque apenas o Senhor e seja feliz na Igreja de Deus fazendo a coisa certa. Eu aconselho você a não buscar o pão deste mundo nem as riquezas e a felicidade dele também. Eu não quero que você desperdice a vida que o Senhor te deu. Eu quero que todos vocês tenham realmente uma vida correta no Senhor.
Na verdade, nós que cremos no evangelho da água e do Espírito temos muitas coisas para fazer neste mundo. Temos que plantar a Igreja de Deus em Jeonju e Kwuangju. Para isso, enviaremos uns servos para pregar o evangelho da água e do Espírito em tempo integral para as almas daquela região. Nós serviremos a cada alma ali e nos dedicaremos à obra do Senhor. Nós faremos com que os corações decepcionados se abram ao dar a eles o alimento espiritual que Deus enviou e fazendo-os receber a bênção da remissão de pecados. Nós daremos a eles a comida que não perece e os ajudaremos a seguir pelo caminho da fé.
Quando visitamos certa região, geralmente encontramos pessoas que nem dão um sorriso e sentimos um clima pesado no ar. E elas são muito fechadas porque sua vida é muito dura. E quando nós falamos do evangelho da água e do Espírito para elas, elas começam a rir. No entanto, eu creio que vai haver uma transformação nesses lugares quando expusermos nossos livros ali algum dia e fizermos cultos para pregar o evangelho da água e do Espírito.
Existem muitas igrejas neste mundo que não conhecem o evangelho da água e do Espírito. Quando subimos num prédio bem alto de uma cidade, nós podemos ver 5 ou 6 igrejas ao redor. Mas meu coração se entristece e fica decepcionado por haver poucas igrejas que pregam o evangelho da água e do Espírito, embora haja muitas delas que convidam as pessoas e tem uma cruz bem grande lá no alto.
Não, nós que nascemos de novo ajudaremos as pessoas a resolver seus problemas com o pecado por meio do Senhor e daremos a elas o verdadeiro alimento através do evangelho da água e do Espírito. Eu já vi alguns casos em que lugares onde o evangelho da água e do Espírito foi pregado receberam muitas bênçãos e se tornaram mais desenvolvidos. E isso é verdade. Todo aquele que prega o evangelho da água e do Espírito e o serve terá paz em sua família, e com certeza também haverá paz no lugar onde ele mora e no mundo. Esta é a maravilhosa obra de Deus.
Vamos pregar juntos o evangelho da água e do Espírito a todos neste mundo para que eles desfrutem da bênção de Deus e vivam buscando a Verdade. Vamos fazer a obra de Deus.