Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 6-11] (João 6:41-51) Jesus Cristo, Aquele que Se Tornou para Nós o Pão da Vida

(João 6:41-51)
“Murmuravam dele os judeus, porque dissera: Eu sou o pão que desceu do céu. Diziam: Não é este Jesus, o filho de José, cujo pai e mãe nós conhecemos? Então como diz ele: Desci do céu? Respondeu Jesus: Não murmureis entre vós. Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o trouxer, e eu o ressuscitarei no último dia. Está escrito nos profetas: Serão todos ensinados por Deus. Todo aquele que ouve o Pai, e aprende dele, vem a mim. Ninguém viu ao Pai, a não ser aquele que é de Deus; só este viu ao Pai. Em verdade, em verdade vos digo: Quem crê, tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Vossos pais comeram o maná no deserto, e morreram. Mas aqui está o pão que desce do céu, do qual se o homem comer não morre. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer deste pão, viverá para sempre. Este pão é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo”.
 
 
O Senhor diz no evangelho de João capítulo 6: “Eu sou o pão da vida”. As pessoas se sentiram satisfeitas quando Jesus deu a elas o pão carnal. No dia seguinte, elas foram procurar Jesus novamente, mas Ele disse a elas para trabalhar não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna. As pessoas perguntaram então: “Que faremos para executar as obras de Deus?” (João 6:28). Jesus respondeu: “A obra de Deus é esta: crede naquele que ele enviou” (João 6:29).
De novo elas perguntaram: “Então quer dizer que você é Aquele que foi enviado por Deus e que veio do Céu? Já que é assim, você tem alguma prova de que veio do Céu? Como está escrito, Moisés alimentou o povo de Israel com o maná que desceu do Céu, mas você pode fazer um milagre como esse?”
O Senhor respondeu: “Seus pais não puderam viver para sempre comendo aquele pão. Mas por eu ser o pão que desceu do Céu, se vocês comerem este pão vocês nunca morrerão”. Ele disse então: “Todo aquele que come este pão terá a vida eterna, e Eu o ressuscitarei no último dia”. O Senhor disse que viria a essa terra para que Ele mesmo se tornasse o pão da vida a fim de que todos recebessem a vida eterna.
Na passagem bíblica desse capítulo, o Senhor disse que os judeus murmuravam entre si sobre Ele, só porque Ele disse que era o pão que desceu do Céu (João 6:41). Jesus disse que Ele era o pão que desceu do Céu. Por isso que os judeus ficaram reclamando e murmurando entre si. Eles disseram: “Pelo que nós sabemos, você não é o filho de José? Já que conhecemos os seus pais, como é que você pode dizer que veio do Céu? Isso que você está dizendo não faz sentido algum”.
O Senhor era é o pão que desceu do Céu, assim como Ele disse referindo-se a Si mesmo: “Eu sou o pão que desceu do Céu”. Quando as pessoas comem esse pão pela fé, elas podem receber a remissão de pecados e a vida eterna para nunca mais morrerem. O Senhor disse que Ele veio a essa terra para nos dar a salvação dos nossos pecados, para nos libertar da morte, para nos dar uma nova vida, a vida eterna por meio do Seu próprio corpo. Foi por isso que Jesus disse que Ele é o pão que desceu do Céu.
O Senhor se referiu a Si mesmo como o pão que desceu do Céu, e isso significa que Ele salvou o homem do pecado ao vir a essa terra num corpo carnal quando nós, pecadores, íamos morrer tragados pelo pecado. Para salvar o homem do pecado, o Senhor o levou ao ser batizado por João Batista, crucificado, derramando Seu sangue na Cruz e ressuscitando dos mortos ao terceiro dia. Ao ser condenado pelos nossos pecados assim, o Senhor apagou todos eles e nos permitiu receber a verdadeira salvação crendo Nele como Salvador. O Senhor se referiu a Si mesmo como o pão da vida porque espiritualmente Ele é o pão da vida que concede ao nosso espírito a vida eterna. Isso quer dizer que Ele veio a essa terra e levou todos os nossos pecados em Seu corpo, assim como Ele morreu na Cruz em nosso lugar e ressuscitou dos mortos. Resumindo, isso se refere às obras que o Senhor realizou nessa terra, ou seja, a Ele ter completado o evangelho da água e do Espírito.
 
 
Jesus é o Pão do Céu
 
Assim como as pessoas se alimentam comendo pão, os que crêem realmente nos ministérios que Jesus desempenhou recebem a vida eterna. Foi por isso que Jesus disse: “Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede” (João 6:35). Mas as pessoas tiveram um entendimento carnal destas palavras ao invés de entendê-las por um ângulo espiritual. O Senhor disse: “Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o trouxer, e eu o ressuscitarei no último dia” (João 6:43-44). Amados irmãos, está escrito que ninguém pode vir até Jesus se o Pai não o trouxer.
Então, quem são aqueles que o Pai leva a Jesus? Aqueles que querem ter seu coração purificado e receber a salvação do Espírito que nunca perecerá, ao contrário das coisas carnais que irão perecer. Deus leva essas pessoas até Seu Filho Jesus, e faz com que elas O conheçam e creiam que Ele se tornou o nosso Salvador levando os nossos pecados ao ser batizado por João Batista, morrendo crucificado e ressuscitando dos mortos, isto é, fazendo com que eles creiam que Ele se tornou o pão da vida de toda a humanidade. Para nós, crer nessa Verdade de coração é o mesmo que comer o pão da vida e receber a salvação da vida eterna.
Deus Pai conhece muito bem o coração das pessoas. Está escrito: “O homem olha para o que está diante dos olhos, mas o Senhor olha para o coração” (1 Samuel 16:7). É por isso que Deus Pai leva até seu Filho Jesus aqueles que querem receber a vida eterna através da remissão de pecados, e os faz comer o pão da vida pela fé. E assim, Ele permite que eles recebam a salvação. Mas isso também significa que, ao contrário, Deus não leva a Jesus aqueles buscam apenas as coisas que perecem.
Portanto, quando cremos em Jesus, nós temos que buscar de coração realmente as coisas do Espírito. Quando fizermos isso e alcançarmos nossos objetivos, nós poderemos receber a remissão de pecados e a vida eterna. Já que cremos em Jesus, nós não devemos buscar as coisas que nos dão prazer nessa terra, como ficar ricos, curados das nossas enfermidades ou ter poder. A verdade é que essas pessoas buscam a Deus a fim de satisfazer sua ganância, e que elas crêem Nele segundo seus desejos. É por isso que essas pessoas não conseguem receber a salvação. Na verdade, se nós cremos em Jesus como Salvador, nós temos que crer Nele com o desejo de receber a remissão de pecados em nosso coração. Quando nós cremos em Jesus temos que ter alguns propósitos como: receber a remissão de pecados, nos tornar filhos de Deus e viver eternamente no Reino dos Céus preparado por Ele. Só quando nos achegarmos a Deus com esses propósitos é que Ele nos ajudará e guiará. E quando nós ouvirmos a Palavra de Deus é que Ele fará com que nós a entendamos, creiamos nela e a sigamos. Caso contrário, está escrito que nós não podermos chegar diante do Pai.
Amados irmãos, nós agora estamos no meio de um culto de avivamento. E o tema do nosso evento é: “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados” (Atos 3:19). Nós fizemos cartazes e os espalhamos por todos os lugares. Fizemos panfletos para distribuir e daí por diante. Todavia, não foram muitas as pessoas que vieram a esse culto de avivamento. E por que elas não vieram? Porque elas só estão interessadas em coisas fúteis.
Jesus realizou um milagre com cinco pães e dois peixes no monte. Tendo em Suas mãos cinco pães e dois peixinhos, Jesus os abençoou dizendo: “Que a bênção de Deus aconteça”, e está escrito que mesmo depois de cinco mil pessoas terem comido, ainda sobraram doze cestos. Mas a questão é que essas pessoas, depois de terem comigo este pão e se saciado, passaram a buscar o pão carnal ao invés de reconhecerem ao Senhor, que queria dar-lhes a remissão de pecados e a vida eterna, fazendo com que eles cressem na Palavra que Ele havia falado. Sendo assim, depois que Jesus começou a falar da Verdade espiritual, todos O deixaram, dizendo: “Essas palavras são complicadas”.
 
 
Somente Quando Cremos no Evangelho da Água e do Espírito é que Podemos Comer a Carne e Beber o Sangue de Jesus
 
Hoje em dia é a mesma coisa. Ao invés de buscarem as coisas da carne, as pessoas deveriam pôr sua cabeça no lugar e buscar a remissão de pecados, se tornar filhos de Deus, receber Dele a vida eterna e a bênção que é viver por toda a eternidade. Mas elas não vêm para a igreja porque seus objetivos são todos carnais. É por isso que os cristãos de hoje crêem em Jesus em vão.
A verdade é que nos tornamos filhos de Deus e aqueles que receberam a vida eterna porque recebemos a remissão de pecados crendo em Jesus que veio pela água e pelo Espírito. E é verdade também que nós ressuscitaremos no último dia. Nós podemos receber essas bênçãos porque na verdade Deus Pai, tendo visto o interior do nosso coração, nos guiou até Jesus e nos levou a reconhecê-Lo e a crer que Ele é o pão da vida. Nós recebemos a remissão de pecados crendo que nosso Senhor nos salvou levando nossos pecados de uma vez por todas através do Seu batismo, morrendo na Cruz em nosso lugar e ressuscitando dos mortos. Da mesma forma, Deus nos recebeu como filhos e nos deu a vida eterna, e crendo nisso é que podemos receber a vida eterna, nos tornar participantes da ressurreição de Jesus e receber essas bênçãos.
Semana passada eu visitei o lugar de descanso do falecido diácono Myungchan Kim, que havia morrido alguns anos atrás. Felizmente havia chovido um dia antes e a grama estava fresca. As palavras gravadas em sua lápide diziam: “Um homem justo, Diácono Myungchan Kim, descansa aqui esperando a segunda vinda do Senhor”, e tocaram meu coração mais uma vez. Mas uma coisa interessante é que não podemos ver muitas lápides ao redor com os mesmo dizeres. Isso porque eles não poderiam usar nem as palavras: “Um homem ou uma mulher justos”, ou “Um homem justo e isso e aquilo”. Mas por quê? Porque eles não puderam receber a remissão de pecados em seu coração, mesmo que em toda sua vida de fé eles tenham sido diáconos, presbíteros, pastores ou missionários.
A nossa esperança, dos nascidos de novo, ou seja, dos justos, é muito clara. O fato é que Deus preparou muito mais bênçãos para aqueles que se achegam a Ele buscando as coisas do Espírito, aqueles que crêem nas coisas que Deus nos deu, e aqueles que crêem que Suas bênçãos são divinas e eternas, ao invés de buscarem as coisas que perecem. Qualquer que seja o caso, o foco do nosso coração deve estar em nós buscarmos as coisas do Espírito para recebermos de Deus a salvação. Porém, não adiantaria nada crermos em Jesus se nós não estivéssemos interessados nas coisas espirituais ou na purificação do nosso coração, mas ao invés disso, nós estivéssemos interessados nas coisas da carne, como ficarmos curados de uma enfermidade física ou enriquecermos. Isso porque Deus Pai não permite que aqueles que buscam as coisas carnais conheçam os segredos do Céu, e não os leva para lá.
Para que ouvimos a Palavra de Deus e cremos em Jesus? Você e eu cremos em Jesus para receber a purificação total dos pecados do nosso coração, para nos tornarmos filhos de Deus, para recebermos a vida eterna e ressuscitarmos como Jesus. Em suma, nós cremos em Jesus para que possamos viver para sempre em Seu Reino sendo reis junto com Ele, o Rei dos reis. Nós não cremos em Jesus para vivermos bem nessa terra nem para termos bênçãos carnais. Por outro lado, cremos em Jesus para que nosso espírito seja abençoado. Por crermos em Jesus com esse propósito foi que o Senhor disse: “E esta é a vontade daquele que me enviou, que eu não perca nenhum de todos os que ele me deu, mas o ressuscite no último dia” (João 6:40).
Está escrito no Evangelho de João capítulo, versículo 45: “Está escrito nos profetas: Serão todos ensinados por Deus. Todo aquele que ouve o Pai, e aprende dele, vem a mim”. Quem foi que o Pai enviou a este mundo? O Seu único Filho, Jesus. Então, aqueles que são ensinados por Jesus aprendem de quem realmente? A verdade é que eles aprendem de Deus Pai.
Amados irmãos, a fé correta é algo que vem do Céu. Isso quer dizer que há um canal para o aprendizado espiritual. De quem vocês aprenderam a Verdade da salvação? Vocês não aprenderam a Palavra do evangelho da água e do Espírito com os servos de Deus nascidos de novo, com os irmãos e irmãs que se converteram antes de vocês? Vocês aprenderam com aqueles que tiveram fé antes de vocês na igreja de Deus. E já que é assim, podemos dizer que vocês aprenderam com Deus Pai. A verdade é que vocês aprenderam de Jesus por meio da Sua Palavra. Essa Palavra é exatamente o que Deus disse, e por isso que os servos de Deus têm que pregá-la para vocês depois de terem-na ouvido e aprendido do alto. Portanto, vocês têm que entender que aprender com os servos de Deus é o mesmo que ouvir e aprender de Deus Pai. Os princípios são os mesmos. Foi por isso que Jesus disse: “Está escrito nos profetas: Serão todos ensinados por Deus”.
Jesus é o nosso Salvador e também o verdadeiro Profeta. Por isso que Ele nos ensina todas as coisas. O versículo: “Está escrito nos profetas: Serão todos ensinados por Deus”, quer dizer que todos os versículos da Bíblia, que são citados pelo Senhor, são a Palavra do Profeta assim como a Palavra da Verdade. Jesus é realmente o Primeiro e o Último (Apocalipse 1:17); e Ele é Aquele que tem o total domínio do começo e do fim da história da humanidade. E é Ele quem nos ensina qual é exatamente a verdadeira razão da vida. Ele é o Criador que nos fez, o Salvador que nos salvou do pecado e o Senhor que nos deu a vida eterna. Ele também é a ressurreição porque Ele é o caminho, a verdade e a vida. Ele, que nos salvou da morte, nos deu uma nova vida, nos deu a eternidade e nos fez receber as bênçãos eternas, e é tudo para nós. É isso que Ele está dizendo.
No Evangelho de João capítulo 6 versículo 46 está escrito: “Ninguém viu ao Pai, a não ser aquele que é de Deus; só este viu ao Pai”. Quem viu o Pai? Só Jesus O viu. É por isso que nosso Senhor diz o seguinte no Evangelho de João capítulo 6 versículos 47 e 48: “Em verdade, em verdade vos digo: Quem crê, tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida”. Isso quer dizer que quando uma pessoa come o corpo de Jesus, que é o pão da vida, ela recebe a vida eterna em seu coração pela fé.
O Senhor disse: “Vossos pais comeram o maná no deserto, e morreram. Mas aqui está o pão que desce do céu, do qual se o homem comer não morre” (João 6:49-50). Isso significa que Jesus é o pão que desceu do Céu. Significa que se alguém não comer esse pão ele morrerá. Jesus é o pão da vida que deu a você e a mim a verdadeira vida. Jesus é o pão que nos concede a remissão de pecados e a vida eterna. Amados irmãos, vocês crêem nisso de todo o seu coração? Vocês realmente crêem de coração que Jesus nos salvou levando nossos pecados ao ser batizado, morrendo em nosso lugar na Cruz, derramando Seu sangue e ressuscitando dos mortos? Você e eu que cremos assim recebemos a vida eterna.
 
 
A Vida Eterna Significa que Viveremos Para Sempre
 
O Senhor prometeu que no último dia ressuscitará os que têm a vida eterna. Quando o povo de Israel estava no deserto, Moisés orou a Deus e Ele enviou o maná. Eles então comeram o maná e continuaram vivendo. Mas no final todos acabaram morrendo. Alguns morreram de velhice, alguns por causa de enfermidades e outros nas guerras. De uma forma ou de outra, todos morreram. Mas é o pão que desceu do Céu? Aqueles que o comerem crendo em seu coração nunca morrerão. As pessoas que crêem de coração nas obras de justiça que Jesus realizou não morrerão. Aqueles que crêem que Jesus os salvou dos seus pecados, que Ele lhes deu a vida eterna e que no final Ele os ressuscitará viverão por toda eternidade. Os apóstolos da Igreja Primitiva puderam sofrer o martírio com coragem porque criam na vida eterna. Eu espero que você entenda que há uma vida que é eterna dentro de mim e de você.
O Senhor disse: “Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer deste pão, viverá para sempre. Este pão é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo” (João 6:51). Nós poderíamos ter sido purificados de todos os pecados do nosso coração fazendo boas obras e nos santificando? Nunca. Nós só podemos receber a remissão de pecados e a vida eterna nos tornando filhos de Deus, crendo e aceitando de todo nosso coração que Jesus, Aquele que foi enviado por Deus Pai, veio a essa terra e purificou nossos pecados pelo evangelho da água e do Espírito. A verdade é que ninguém pode receber a remissão de pecados nem a vida eterna se não buscar Aquele que Deus enviou, Seu Filho Jesus. Por isso que é preciso crer Naquele que Deus Pai enviou, em Jesus, que é o pão que desceu do Céu.
 
 
Portanto, Nós Sempre Comemos o Pão e Bebemos o Vinho na Santa Ceia
 
O Senhor nos disse para lembrarmos do pão e do vinho. Ele disse: “Pois a minha carne é verdadeiramente comida, e o meu sangue é verdadeiramente bebida” (João 6:55). O Senhor disse: “Eu sou o pão da vida”, pois Ele levou nossos pecados ao vir a essa terra num corpo carnal. Ele purificou os nossos pecados levando-os em Seu corpo e sendo condenado em nosso lugar. O Senhor é o pão da vida. Nós apenas somos salvos e recebemos a vida eterna quando O reconhecemos e cremos Nele. É assim que nós podemos realmente nascer de novo e ter uma vida que vale a pena.
Jesus disse no Evangelho de João capítulo 6 versículo 51: “Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer deste pão, viverá para sempre. Este pão é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo”. O Senhor se refere a Si mesmo como o pão da vida, mas o que é este pão? É a Sua carne. Isso significa que a carne de Jesus é o pão da vida. A fé que existe na carne de Jesus é perfeita. Jesus nos salvou de uma maneira perfeita de todos os nossos pecados recebendo-os em Sua carne através do Seu batismo, levando-os até a Cruz, sendo pregado nela e derramando Seu sangue, e sendo condenado por eles em nosso lugar. O fato de Jesus ser o pão da vida nos mostra que é verdade que Ele levou todos os nossos pecados ao ser batizado em Seu corpo. Ter fé nas obras que Jesus fez para a salvação é o mesmo que comer Sua carne e beber Seu sangue. O caminho para a salvação é exatamente este. Este é o verdadeiro caminho que nos leva à vida eterna.
Existe alguém mais abençoado neste mundo do que aquele que recebeu de Deus a remissão de pecados e a vida eterna? Já que vivemos neste mundo, nós podemos morrer num incêndio, num acidente de carro ou em algum outro acidente. Mas apesar de não sabermos quando vamos morrer, é uma grande bênção termos recebido a vida eterna.
Às vezes nós ficamos cansados demais e irritados quando trabalhamos muito, seja na obra de Deus ou no nosso trabalho secular. Mas eu digo para aqueles que crêem em Jesus: se seu coração está triste e cansado, vocês têm que pensar novamente na obra que o Senhor fez por vocês. Nós não tínhamos outra escolha antes a não ser irmos para o inferno. Mas o Senhor nos salvou de modo perfeito ao se tornar nossa propiciação. Se nós cremos realmente no amor de Deus em nosso coração, nós só podemos ser muito gratos a Ele. Nós recebemos a remissão de pecados e nos tornamos filhos de Deus. Ele nos deu a vida eterna, e quando morrermos, Ele nos ressuscitará no último dia. Aí então teremos o verdadeiro descanso.
Jesus é o pão da vida do Céu. Jesus veio a essa terra para dar a você e a mim o pão vivo, que é Sua carne. O Senhor nos disse para comermos este pão e que viveremos eternamente se o comermos. O fato é que comemos o pão da vida e recebemos a vida eterna porque cremos Nele de coração.
Nós temos que conhecer a carne e o sangue de Jesus para comermos este pão da vida. Nós também temos que reconhecer nossa natureza pecaminosa e, além disso, temos que entender que se fôssemos julgados pela lei de Deus, todos nós iríamos para o inferno. “Eu nasci nessa terra e não existe nada que eu possa fazer em relação a isso, mas eu tenho que receber pelo menos a remissão de pecados. Eu quero receber a remissão dos meus pecados, me tornar filho e Deus e ir para o Céu”. Nós temos que ter esse desejo ardente em nossa alma. Quando nós temos fé com um coração sincero que ‘Jesus apagou nosso pecados com o evangelho da água e do Espírito’, nós podemos receber a vida eterna, ser gratos e também compartilhar este pão pela fé.
Nós não buscamos as coisas da carne em nossa vida de fé. Por mais que certa obra esteja indo bem ou não, nós viveremos bem nossa vida de fé somente quando crermos no ministério da salvação do Senhor e tivermos fé em Deus. Podemos receber a salvação, a vida eterna e todas as bênçãos crendo de coração no que Ele fez por nós.
Amados irmãos, vocês crêem que Jesus deu Sua carne a este mundo para que todos tenham vida? Vocês também crêem na Verdade que Ele nos salvou vindo a essa terra num corpo carnal, sendo batizado por João Batista, morrendo crucificado e ressuscitando dos mortos? Nós temos que ser gratos a Deus. Nós temos que crer de coração no que Ele fez por nós. Aqueles que crêem receberam a remissão de pecados e a vida eterna. Eu sou realmente grato por isso.
As pessoas que crêem na “transubstanciação” acreditam que quando aquele que celebra o ritual abençoa o pão na Santa Ceia, ele realmente se torna o corpo de Cristo. Por isso que eles pensam que estão comendo o pão da vida, o corpo de Jesus, quando comem o pão. Eles mistificam a Santa Ceia deste modo e acham que o ato de comer o pão em si é o mesmo que receber uma grande graça. Mas isso está nitidamente errado.
Jesus disse que Sua carne era para dar vida o mundo. Ele nos salvou dos pecados e nos deu a vida eterna ao nascer nessa terra num corpo carnal, levando os nossos pecados sobre a Sua carne ao receber o batismo, morrendo na Cruz em nosso lugar e ressuscitando dos mortos. Ter fé nessa Verdade de coração é justamente comer o pão de Jesus. A vida eterna e a remissão de pecados podem ser recebidas comendo o pão dado por Jesus.
Jesus, que disse que é o pão da vida do Céu, se refere aqui ao batismo que Ele recebeu em Seu corpo. O Senhor veio a essa terra e Se entregou por nós para recebermos a remissão de pecados e a vida eterna ao comermos Sua carne pela fé. O fato é que Jesus entregou a Si mesmo ao ser batizado, ao derramar o Seu sangue e ressuscitar dos mortos. Nós recebemos a salvação e a vida eterna crendo de coração na remissão de pecados e na nova vida que Deus nos deu.
Você se tornou filho de Deus pela fé? Se você recebeu a remissão de pecados agora, você não pode mais ficar preso às coisas da carne e ser dominado por elas. Que razão há para os justos viverem oprimidos e presos às obras carnais? Nós, os justos, temos que pensar em tudo de maneira espiritual. Se nós temos alimento e com que nos vestir, devemos ficar satisfeitos com isso (1 Timóteo 6:8); nós temos que fazer o que pudermos nessa terra tendo uma vida espiritual. Se tivermos o que comer e um lugar seguro para morar, por mais que esse lugar seja feito de madeira, isso é mais do que suficiente para nós. Nós precisamos ter uma vida abastada então? Não, claro que não. Tudo isso acaba depois de um tempo. Essas coisas vão acabar quando você e eu morrermos, e algumas outras irão acabar até mesmo antes de morrermos.
Nós temos que ter um coração espiritual pensando sempre na salvação que Deus nos deu e tendo fé Nele. E por mais que nosso coração esteja nas coisas espirituais, sempre nos faltará alguma coisa. Eu espero que você guarde seu coração espiritual e tenha fé no Senhor, sem se preocupar com as coisas carnais e sem se decepcionar quando as coisas não saírem do seu jeito. A verdadeira fé se manifesta quando enfrentamos certas lutas. A verdadeira fé nunca muda.
Nós cremos que Jesus veio a essa terra por nós, recebeu o batismo, morreu na Cruz em nosso lugar e ressuscitou dentre os mortos. Foi por isso que recebemos a remissão de pecados, a vida eterna e nos tornamos filhos de Deus. E é por isso também que nós estamos fazendo a obra de Deus.
Amados irmãos, eu estou muito feliz. Você e eu podemos ser muito felizes porque o Senhor nos deu a vida eterna. E nós não estamos felizes por nenhuma outra razão a não ser esta. O que mais neste mundo poderia nos fazer felizes? Nós estamos felizes pelo simples fato de termos um lugar de adoração, onde podemos nos proteger da chuva lá dentro, fazendo cultos de adoração e compartilhando o evangelho uns com os outros.
É claro que às vezes ficamos irritados quando as coisas não saem do jeito que queremos. Mas é maravilhoso pensar na obra que Deus fez por nós e sobre a vida no eterno Reino dos Céus, onde viveremos junto com o Senhor para sempre. A vida é como um aluno de colégio interno, ficamos por algum tempo nessa terra e depois vamos embora. Portanto, devemos desejar ir para o lugar onde viveremos por toda a eternidade.
Mas também passamos por muitas dificuldades enquanto nós vivemos nessa terra. Nosso coração se cansa várias e várias vezes quando passamos por certas situações e acaba deixando se levar por este mundo visível. Nós nos tornamos relaxados, soberbos e perdemos o rumo. É algo bem possível perdermos a fé e seguirmos em frente segundo os desejos da carne. Mas esta não é uma vida de fé correta nem a forma correta de vivermos pela fé. Quando você passar por essa luta espiritual, pense no que o Senhor fez por você. Então, mesmo que não haja frutos na figueira e trigo na dispensa, ainda assim nós poderemos ser gratos a Deus por Sua obra que nos salvou do fogo eterno.
O Centro Aéreo Espacial Goddard da NASA previu que este seria o ano mais quente da história. Haverá desastres na terra como grandes terremotos, inundações terríveis, tornados e maremotos. Já que é assim, cada nação não deveria se antecipar e se preparar para estes desastres naturais? Nós devemos não apenas nos preparar fisicamente, mas também o nosso coração. É por isso que as pessoas que ainda não receberam a remissão de pecados têm que comer o pão que desceu do Céu. Aqueles que ainda têm pecado em seu coração, antes de mais nada têm que crer no evangelho da água e do Espírito e também receber a remissão dos seus pecados.
As pessoas que não receberam a remissão de pecados são miseráveis. Isso porque, se ainda há pecado no coração de uma pessoa, ela não tem nada a ver com Deus, e somente depois de receber a remissão de pecados é que ela pode, a partir daquele momento, receber todas as Suas bênçãos. Amados irmãos, a questão é que recebemos a remissão de pecados, a vida eterna e nos tornamos filhos de Deus quando cremos de coração na obra que Deus fez por nós. Nós temos que ser gratos por termos nos tornado obreiros de Deus e estarmos fazendo a obra que vale a pena. E também temos que viver sendo sempre gratos a Deus por isso.
Já que nós comemos o pão que desceu do Céu, recebemos a vida eterna e a remissão de pecados, para que devemos viver neste mundo agora então? Da agora em diante, devemos viver para servir ao evangelho da justiça. Sabe, o fato de vivermos servindo a Deus e nos tornarmos aqueles que não tem pecado, isto é, os justos, não é uma bênção tão pequena assim? Isso é uma grande bênção. Onde há uma bênção maior do que essa?
Nós, os justos, temos que pregar o evangelho para muitas outras pessoas, e se não pudermos fazer isso, nosso coração vai ficar doente na mesma hora. Se não estamos fazendo a obra de Deus, mesmo depois de termos recebido a remissão de pecados por termos crido de todo o coração no pão que desceu do Céu, nós então devemos estar fazendo as obras deste mundo. Você acha que nós não temos dificuldades quando fazemos a obra do mundo? Você sabe quantas pessoas miseráveis existem neste mundo? Devemos ficar satisfeitos por termos alimento e com que nos vestir (1 Timóteo 6:8). Comer três vezes ao dia e servir ao Senhor é mais do que o bastante. Mas servir ao Senhor é algo miserável? Não, é algo muito abençoado.
Jesus é mesmo o pão do Céu. Deus nos deu o pão da vida. Meus amados irmãos, vocês crêem nisso de coração? Vocês comeram esse pão de coração? Vocês têm que comer este pão tendo fé no coração.
A única maneira de servirmos ao evangelho de Deus é pregando um sermão? Não, manter a pregação do evangelho com coisas materiais também é servir ao evangelho. Se pregar um sermão três ou quatro vezes por semana é tudo que um pastor faz, ele então não é um verdadeiro servo do Senhor. Nós somos gratos todos os dias por termos comido o pão da vida que o Senhor nos deu, e por estarmos fazendo a preciosa obra que o Senhor nos confiou. Meus amados irmãos, vocês estão cansados? Se estão, lembrem-se do corpo e do sangue de Jesus que nos dá esperança.
Jesus nos disse: “Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33). Nós temos que entender realmente no que devemos crer, como devemos viver pela fé e o que devemos fazer para Deus. Primeiro, nós temos que receber a salvação tendo fé na carne e no sangue de Jesus, e depois então, devemos viver para pregar essa Verdade.
Eu dou graças a Deus.