The New Life Mission

Sermões

Assunto 14: A Primeira Epístola de JOÃO

[Capítulo 5-7] (1 João 5:20) Ele é o Verdadeiro Deus e a Vida Eterna

(1 João 5:20)
“Também sabemos que o Filho já veio, e nos deu entendimento para conhecermos aquele que é verdadeiro. E estamos naquele que é verdadeiro, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.”
 
 
Veja Essa Palavra da Verdade
 
A passagem das Escrituras aqui de 1 João 5:20 diz: “Também sabemos que o Filho já veio, e nos deu entendimento para conhecermos aquele que é verdadeiro. E estamos naquele que é verdadeiro, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.”
O que o Filho de Deus nos deu segundo essa passagem? Ele nos deu o conhecimento e o entendimento, que nos capacita a compreender a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Jesus Cristo nos fez entender Aquele que é verdadeiro, Deus Pai. Da mesma forma, Jesus nos fez compreender a remissão de pecados e a verdadeira vida eterna.
Eu quero dividir com vocês tudo que eu conheço e creio em meu coração na medida que eu prego as Escrituras, mas eu reconheço a necessidade de compartilhar com vocês algumas partes intelectuais da Palavra da Verdade primeiro. Eu gostaria de interpretar essa passagem das Escrituras, antes de começar a compartilhar com vocês o significa espiritual que há nela. Então, meu plano é compartilhar Jesus Cristo, que veio ao meu coração e que virá ao coração de vocês também, conforme eu for explicando a Palavra da Bíblia versículo por versículo.
 
 
Jesus Cristo é Deus
 
A passagem das Escrituras diz aqui: “Este é o verdadeiro Deus é a vida eterna.” Para nós, Jesus Cristo é o verdadeiro Deus. Jesus Cristo não é apenas o Filho de Deus mas também o verdadeiro Deus, que criou todo o universo assim como toda a humanidade, inclusive cada um de nós. Nós temos que saber e crer que Jesus é o verdadeiro Deus, que criou todo o universo assim como a você e a mim. Jesus Cristo é o verdadeiro Deus para nós. Ele não é apenas o Filho de Deus Pai mas também o verdadeiro Deus para nós. É importante que nós saibamos e tenhamos fé no fato de que Jesus é Deus. Ao fazermos isso, nós podemos ter uma fé racional nEle. Porque Jesus é Deus, nós temos que crer na Verdade que Ele veio a este mundo, recebeu o batismo de João Batista, e derramou Seu sangue na Cruz para nos libertar de todos os nossos pecados.
“Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.” Para crermos em Jesus como nosso Salvador, precisamos crer principalmente que Ele é Deus, e que Ele se tornou nosso Salvador. Nós precisamos saber que Jesus veio a este mundo, recebeu o batismo, e derramou o Seu sangue para nós você e eu pudéssemos entender a Verdade da salvação dos nossos pecados.
“Jesus é uma criatura como qualquer outro ser humano? Ou Ele é o Criador de todas as pessoas, plantas e animais, do sol e da lua, do universo, e de tudo que nele há?” Se nós quisermos ter uma fé correta diante de Deus, precisamos responder essas perguntas primeiro e entender corretamente que Jesus é o verdadeiro Deus. Por isso, nós temos que crer no evangelho da água e do Espírito dado por Deus. O conhecimento da fé que crê em Jesus Cristo como Deus e Salvador – que veio a este mundo, recebeu o batismo de João Batista para levar sobre Si todos os nossos pecados, morrendo crucificado na Cruz, e ressuscitando dos mortos para que pudéssemos ser libertos dos nossos pecados – é o que há de mais precioso.
A Bíblia diz: “Ele é o verdadeiro Deus.” Sendo assim, Jesus é o verdadeiro Deus. Quando nós cremos que Jesus é o verdadeiro Deus, nós passamos a entender o quanto Ele nos amou realmente. Já que Jesus Cristo era Deus para você e para mim, o Deus que nos livrou de todos os nossos pecados como nosso Salvador, como Ele nos amou?
O Apóstolo João disse em 1 João 5:6-8: “Este é aquele que veio por água e sangue, isto é, Jesus Cristo. Ele não veio só pela água, mas pela água e pelo sangue. E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. Pois três são o que dão testemunho no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito santo; e estes três são um. E três são os que dão testemunho na terra: o Espírito, a água, e o sangue; e estes três concordam.”
Jesus Cristo é completamente Deus. O verdadeiro Deus Jesus veio pela água e pelo sangue. Para libertar você e eu dos nossos pecados, o Senhor veio a essa terra pela água e pelo sangue e nos livrou de todas condenação pelos nossos pecados. O senhor veio “não só pela água, mas pela água e pelo sangue. E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade” (1 João 5:6).
Embora Jesus seja realmente Deus, Ele veio a este mundo, recebeu o batismo, morreu na Cruz, e sofreu em nosso lugar para nos livrar de todos os nossos pecados porque Ele amou a você e a mim. Você e eu temos que crer que Jesus Cristo é Deus. Além disso, você e eu também temos que crer no evangelho da água e do Espírito, que Ele nos deu.
Como é que vamos preencher o vazio do nosso coração agora? Seria fácil e maravilhoso se pudéssemos satisfazer o desejo do nosso coração com as coisas deste mundo. Entretanto, como é que poderíamos satisfazer nosso coração com as coisas deste mundo? Nosso coração estará cheio do amor de Deus e se sentirá satisfeito quando nós soubermos que Jesus Cristo veio a este mundo e recebeu o batismo e morreu na Cruz porque Ele nos amou. Nossa fé no evangelho da água e do Espírito, portanto, é uma necessidade.
A passagem das Escrituras em 1 João 4:10 diz: “Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou, e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.” Essa passagem quer dizer que Jesus, o verdadeiro Deus, veio a este mundo e recebeu o batismo e derramou Seu sangue para que nós pudéssemos ser libertos dos nossos pecados. Por meio dessas obras de justiça de Jesus, nós pudemos receber a remissão de todos os nossos pecados e nos tornar filhos de Deus. Por isso, nós agora somos capazes de vencer os pecados deste mundo.
O Apóstolo João disse: “Quem é que vence o mundo senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus? Este é aquele que veio por água e sangue, isto é, Jesus Cristo. Ele não veio só pela água, mas pela água e pelo sangue” (1 João 5:5-6).
Nós podemos nos tornar aqueles que nasceram de novo somente quando crermos que Jesus Cristo é Deus. Jesus, o verdadeiro Deus, nos amou. Por isso, Ele recebeu o batismo para que pudéssemos ser libertos de todos os nossos pecados. Ele também derramou Seu precioso sangue para que nós pudéssemos ficar livres do juízo por causa de todos os nossos pecados. E Ele se tornou nosso verdadeiro Salvador ao ressuscitar dos mortos. Nós podemos vencer o mundo crendo neste evangelho da água e do Espírito.
Nós nos tornamos um povo realmente muito feliz porque o amor de Deus habita em nós abundantemente. O fato do amor de Deus estar em nosso coração merece nossa gratidão. Nós temos que ter em nosso coração a compreensão de que Deus nos amou ao enviar Jesus a este mundo por você e por mim, fazendo com que Ele recebesse o batismo e derramasse Seu sangue como sacrifício.
O Apóstolo Paulo disse: “Agora permanecem estes três: a fé, a esperança e o amor, mas o maior destes é o amor” (1 Coríntios 13:13). O ‘amor’ mencionado aqui é o ‘amor da verdade’ (2 Tessalonicenses 2:10). Isto é, o amor de Deus revelado através da Verdade do evangelho da água e do Espírito. O mais apropriado seria nós crermos que Deus veio a este mundo e recebeu o batismo e suportou a crucificação por causa do Seu amor por nós.
Jesus, o verdadeiro Deus, amou você e a mim. Esse amor habita em nossos corações por causa da nossa fé. Se nós não tivermos esse amor em nosso coração, nós não somos nada. Porque o verdadeiro Deus Jesus nos amou, Ele nos livrou de todos os nossos pecados. Nós temos que guardar o amor de Deus em nós enquanto vivemos. Somente então nós teremos o poder para vencer o mundo. Mesmo que nós dedicássemos nossos corpos à boa obra entregando-os para serem queimados, isso não valeria nada se não tivéssemos fé nesse tipo de amor.
Conforme eu disse no começo, por eu precisar falar para vocês em detalhes o que a Primeira Epístola de João está dizendo é que eu estou explicando para vocês versículo por versículo. Se por um lado eu faço isso com um propósito especifico, por outro lado eu fico preocupado disso se tornar muito intelectual. Mas apesar dessa preocupação, eu não posso deixar de explicar para vocês a passagem das Escrituras aqui palavra por palavra.
Para termos a fé correta no evangelho da água e do Espírito, precisamos utilizar tudo em nossa mente, no nosso coração, e nas nossas emoções. E adquirir o conhecimento do evangelho da água e do Espírito é o primeiro passo de todos. Por essa razão, você pode achar que eu estou dando um estudo bíblico mais do que eu estou pregando. Mesmo assim, eu não tenho outra maneira de fazer isso.
Uma coisa é certa: é muito importante para nós conhecer muito da Bíblia, mas nada é mais importante do que nos lembrarmos e crermos em nosso coração que Jesus, sendo Deus, veio a este mundo pela água e pelo sangue e derramou o Seu amor sobre nós para que pudéssemos ser libertos de todos os nossos pecados. Eu estou dizendo isso a vocês na convicção de que vocês não aceitarão o amor de Deus intelectualmente, mas na sua mente e no seu coração ao mesmo tempo.
O Apóstolo João disse: “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus, e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido” (1 João 5:1). Na verdade, Jesus Cristo é o nosso Deus, o Filho de Deus, e nosso Salvador, que veio pela água e pelo sangue para nos libertar de todos os nossos pecados. Se nós cremos nessa Verdade, nós somos nascidos de novo.
Você e eu nascemos de Deus? Ou nós nascemos apenas dos nossos pais biológicos? De quem e do que nós nascemos? Se você nasceu de Deus, você com certeza crê que Jesus é Deus, o Filho de Deus, e o Salvador, que recebeu o batismo e derramou o Seu sangue na Cruz para nos libertar. Somente aqueles que crêem assim são nascidos de Deus. Eles também são os filhos de Deus, obreiros de Deus, e os herdeiros do Céu.
Está escrito: “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus, e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido. Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, se amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos. Este é o amor de Deus, que guardemos os seus mandamentos. E os seus mandamentos não são penosos” (1 João 5:1-3).
Aqueles que amam e crêem em Deus Pai também amam a Jesus Cristo, o Filho de Deus Pai. Aqueles que amam Seu Filho também amam Seu Pai. Aquele que ama Seu Filho pode também dizer que ama Seu Pai.
Você crê que Jesus é o Filho de Deus, que Ele é Deus para nós, e que Ele nos livrou de todos os nossos pecados pela água e pelo sangue porque Ele amou você e eu? Você crê que Jesus é Deus? Você crê nEle como seu Salvador? As pessoas que respondem “sim” a essas perguntas são nascidas de Deus.
Nós temos que amar Jesus Cristo sabendo que Ele é Deus, e ao fazer isso nós podemos guardar os Seus mandamentos. O mandamento de Deus para nós é que amemos uns aos outros. A Bíblia diz que devemos amar uns aos outros, se nós amamos a Deus. Se nós sabemos que Jesus é Deus e recebemos a bênção da remissão de pecados e de termos nos tornado filhos de Deus através do Seu amor, nós temos mesmo que amar uns aos outros.
Nós não somos forçados a amar uns aos outros. Amar uns aos outros no amor de Deus não é algo pesado. Se você e eu sabemos e cremos que nós fomos livres de todos os nossos pecados ao reconhecermos Jesus como Deus e o Seu amor, nós não temos como não amar uns aos outros com o Seu amor que existe em nosso coração. Nós, os justos, não podemos viver odiando uns aos outros. O amor de Deus não é passivo, mas ativo.
Se nós sabemos e cremos que Jesus Cristo é Deus, nós então recebemos a vida eterna por causa do amor de Deus, apesar dos nossos pecados. Porque o amor de Deus habita em nosso coração, nós não temos que fazer força para amarmos as outras almas. Porque o amor de Deus habita em nosso coração, é quase impossível não amarmos. Guardar os mandamentos de Deus amando uns aos outros não é uma tarefa difícil. Se nós recebemos a remissão total de todos os nossos pecados crendo no amor de Deus e guardando esse amor em nosso coração, é fácil amarmos os justos assim como as outras almas. De certa forma, amar uns aos outros no amor de Deus pode ser mais fácil do que fazer nossas refeições.
O Apóstolo João está nos dizendo que Jesus é Deus e o Filho de Deus, que nos livrou de todos os nossos pecados através do Seu amor da água e do sangue. O Apóstolo João está nos dizendo também que nós que recebemos a remissão de pecados crendo no amor de Deus devemos amar uns aos outros naturalmente.
Nos tempos da Igreja Primitiva, aqueles que nasciam de Deus criam no evangelho da água e do Espírito (1 João 5:3-7). Em outras palavras, eles criam que Jesus era Deus, que os livrou de todos os seus pecados pela água e pelo sangue.
Portanto, para cada pessoa que nasce de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito, entender o coração uns dos outros e cuidar e amar uns aos outros não são coisas difíceis de fazer. Já que os justos podem amar uns aos outros naturalmente, esse amor é consistente. O Apóstolo João disse que amar é o mesmo que guardar os mandamentos.
Deus falou do Seu amor a nós ordenando que “amássemos uns aos outros.” Jesus foi de fato o Senhor do amor. Nós temos que conhecer primeiro o amor de Deus. Embora sempre haja alguma inveja entre os justos, nós temos que saber que geralmente amamos uns aos outros porque Jesus Cristo nosso Deus, que é em Sua essência o Senhor do amor, habita em nosso coração como o Espírito Santo. Nós não amamos apenas nossos irmãos em Cristo, mas também as almas que não estão em Cristo, que ainda não receberam a remissão de pecados.
Nós podemos ver que cada planta, animal, ou pessoa cresce saudável quando recebem amor. Não seria embaraçoso se você tivesse relação com uma pessoa e descobrisse que ela não gosta de você, mas te odeia? Você não detestaria estar com essa pessoa? Nós podemos ter uma verdadeira comunhão em nosso coração quando sabemos que amamos uns aos outros. No entanto, se eu sentir que essa pessoa me odeia, eu não poderei ficar no mesmo lugar que ela por mais que eu tente.
Como eu ficaria preocupado se eu soubesse que alguém me odeia! Mas na verdade, a pessoa que odeia a outra sofre uma grande perda. Se uma pessoa continuar a odiar a outra, com certeza sua alma será arruinada. Não importa quem seja essa pessoa, se a sua alma está cheia de ódio e nenhum amor, ela vai murchar muito rápido assim como uma flor.
Por outro lado, quando nós praticamos o amor de Deus com os outros, nossa alma é revigorada. Eu tenho certeza que todos nós temos sentido que nossa alma está se tornando mais saudável, mais alegre, e com mais energia conforme dividimos nosso amor com nossos irmãos, com os servos de Deus, e até mesmo com as outras almas que não estão em Cristo. Nossa verdadeira vitória está no amor de Deus.
A Bíblia diz: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16). Nossa verdadeira vitória, nossa verdadeira salvação, e as obras verdadeiras de uma nova vida estão sendo realizadas pelo amor de Deus. Jesus Cristo, sendo nosso Deus, veio pela água e pelo sangue para nos livrar de todos os nossos pecados porque Ele nos amou. Você e eu temos que crer no amor que nosso Senhor nos deu. Ao fazermos isso, nós somos capazes de amar as outras almas. De fato, os crentes no evangelho da água e do Espírito já se tornaram aqueles que foram revestidos do amor de Deus.
Deus primeiro amou a humanidade. Deus amou toda a humanidade através do evangelho da água e do Espírito. Mas existem aqueles que não aceitam o Seu amor nem O amam. Eles tratam o evangelho da água e do Espírito, que declara que Deus enviou Seu único Filho Jesus Cristo para nos dar a salvação, como se não valesse nada e o jogam fora.
O que acontece àqueles que não crêem no amor de Deus? Pode alguém entre nós que não ama a Deus receber as bênçãos de Deus e viver bem? Absolutamente não. Eles vão passar por sofrimentos maiores que o juízo e a condenação de Deus. Pelo fato deles não amarem a Deus, mas ao contrário amarem o diabo, tendo Deus os amado tanto, eles de fato estão matando a si mesmos deixando que seu coração viva com ódio. Aqueles que não amam a Deus devem primeiro crer no evangelho da água e do Espírito.
Deus é amor assim como a vida. O amor de Deus é a vida eterna. O amor de Deus é o evangelho da água e do Espírito. Todo amor autêntico vem de Deus: “Amados, não creias em todo espírito, mas provai se os espíritos vêm de Deus, porque já muitos falsos profetas têm surgido no mundo” (1 João 4:7). Aquele que crê no amor de Deus é o crente no evangelho da água e do Espírito. Aquele tipo de pessoa que já experimentou abundantemente o amor transbordante de Deus. Por causa disso, essa pessoa ama a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Se nós conhecemos a Deus e conhecemos o amor de Deus, nós passamos a amar a Deus. Você se torna uma pessoa mais preparada para estar diante de Deus sabendo e crendo que Deus o amou imensamente com a grande Verdade.
Nós temos que examinar a nós mesmos para ver se de fato amamos a Deus. Nitidamente, aquele que conhece o amor de Deus não tem como deixar de amar a Deus. Por Deus ser o Deus de amor, aqueles que conhecem o amor de Deus são capazes de amá-lo crendo nEle. Aqueles que não amam a Deus nem àqueles que crêem em Deus não podem amar, porque eles não têm dentro deles o amor de Deus. Aqueles, que rejeitam o fato de Jesus ser Deus e também o Deus que tanto os amou, são aqueles que não crêem em Deus e se colocam contra Ele. Sua vida atual provavelmente está cheia de misérias e desolações infernais. Mas o seu futuro ainda reserva um verdadeiro inferno muito pior. Nós que cremos que Deus nos amou através do evangelho da água e do Espírito também somos gratos a Deus. Amados irmãos, vocês também crêem que Deus amou vocês? É claro que vocês crêem. Até agora, Deus ama vocês e toda a Sua criação. Jesus ama até mesmo aqueles que ainda não aceitaram o evangelho da água e do Espírito, e por isso, Ele nos envia a pregar o evangelho a eles. Deste modo, o amor de Deus não conhece limites, e ama ainda mais o não-crente com o evangelho da água e do Espírito.
Todavia, o problema é a presença dos que são ignorantes em relação ao amor de Deus. Às vezes, essas pessoas estão misturadas entre os santos da Igreja de Deus. Elas fingem que nasceram de novo, mas na verdade são inimigos de Deus. Aqueles que não crêem na Palavra do evangelho da água e do Espírito são aqueles que viraram as costas para Deus. Eles não experimentaram do amor de Deus por causa da sua ignorância em relação ao verdadeiro evangelho. Por isso, sempre que eles enfrentam problemas para seguir o Senhor, eles dizem: “Eu não gosto disso. Eu não gosto de Você! Porque Você está me dizendo que me ama, já que Você não fez nada por mim! Existe mais coisas que Você tirou de mim do que Você me deu!” De vez em quando, algumas pessoas ingratas voltam as costas para Deus assim.
Porém, amados irmãos, pensem com cuidado. Tudo ao seu redor pertence a Deus. Deus nos deu todas as bênçãos e, por isso, Ele também tem autoridade para tomar algumas delas de nós. Como dizem as Escrituras: “Porque dele e por ele e para ele são todas as coisas” (Romanos 11:36), e nós também viemos dEle e voltaremos para Ele. Para começar, praticamente nada neste mundo já foi nosso. Até as pessoas que amamos já foram de fato algum dia nossas? Elas eram de Deus. Você e eu não devemos virar as costas para o amor de Deus. Deus te ama. Deus Pai nos mostrou a essência do Seu amor através do batismo de Jesus, do Seu sangue derramado na Cruz, e da Sua ressurreição dentre os mortos.
João 3:16 diz: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” Por Deus Pai ter nos amado tanto, Ele deu Seu único Filho para ser batizado, derramar Seu sangue na Cruz, e ressuscitar dentre os mortos.
Você conhece esse amor e crê realmente nele? É claro que você crê. Dizer que cremos no amor de Jesus Cristo é o mesmo que dizer que cremos no Seu amor revelado no evangelho da água e do Espírito. Nós cremos que Jesus Cristo nos amou tanto que recebeu o batismo de João Batista, morreu na Cruz, e ressuscitou dentre os mortos para se tornar o Rei dos reis.
Na verdade, não é difícil conhecer e crer em Jesus. Quando olhamos para Deus, o Criador de todas as coisas no universo, nós passamos a conhecer a divindade de Jesus. A Bíblia diz que no princípio Deus criou os céus e a terra. Porque Deus nos amou tanto, Ele se tornou nosso eterno Salvador ao vir a este mundo no corpo de um homem, recebendo o batismo, morrendo em nosso lugar derramando Seu sangue na Cruz, e ressuscitando dos mortos. Enquanto Deus viver, nossa salvação não será anulada. Este é o amor de Deus.
É correto dizer que Deus apagou todos os nossos pecados pela água e pelo sangue? O que eu estou perguntando é se você crê de todo o seu coração no evangelho da água e do Espírito. Aqueles que crêem nele são os nascidos de novo, e aqueles que não crêem são os que não nasceram de novo. Os não-crentes viverão como servos de Satanás, o diabo, neste mundo, se colocando contra Deus. Assim como fez Satanás, o diabo, aqueles que não receberam a remissão de pecados através do evangelho da água e do Espírito se colocam contra Deus, e viverão afastados de Deus.
Aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito, que é o amor de Deus, são nascidos de novo. E somente os filhos de Deus podem ser abraçados junto ao peito do Senhor. Sendo assim, para se tornar um filho de Deus, você tem que crer primeiro no amor de Deus, que veio através da água e do Espírito para te livrar de todos os seus pecados. O Senhor veio não apenas pela água e pelo sangue, mas também pelo Espírito Santo e nos livrou de todos os nossos pecados. Nós de fato nos tornamos filhos de Deus crendo neste amor de Deus.
Deus disse que existe uma prova da salvação daqueles que crêem no Filho de Deus. Nós temos que ter em nosso coração a prova de que recebemos o amor de Deus. Nós temos que ter a prova da salvação em nosso coração crendo que Jesus Cristo, que veio pela água, pelo sangue, e pelo Espírito Santo, é o Deus de amor assim como o nosso Salvador. Aqueles que crêem que Jesus é o Filho de Deus e o Deus que, tendo apagado todos os nossos pecados pela água e pelo sangue nos tornou filhos de Deus porque Ele nos amou, têm em seu coração a prova de que receberam o amor de Deus.
Na última parte da passagem das Escrituras de 1 João 5:20, está escrito: “Este [Jesus] é o verdadeiro Deus e a vida eterna.” Crer em Deus não é difícil para nós. Deus Pai mostrou Seu amor a toda a humanidade ao enviar Seu Filho a este mundo no corpo de um homem. Mesmo que Jesus tenha vindo no corpo de um homem, Ele era o verdadeiro Deus. O Apóstolo João disse: “E o mundo foi feito por meio dele” (João 1:10). Nós temos que crer que foi Jesus quem criou todas as coisas no universo e crer que Ele em Sua essência é o verdadeiro Deus. Nós temos que saber e crer que o verdadeiro Deus Jesus apagou todos os nossos pecados e nos deu a vida eterna por causa do Seu amor.
Jesus é realmente o Deus de amor. Esse Deus veio a nós pelo seu amor e nos livrou de todos os nossos pecados. Deus fez de nós Seu próprio povo por causa do Seu amor, e nos deu a vida eterna. Deus deseja que todos nós nos tornemos Seus filhos crendo que Jesus é o Filho de Deus e o verdadeiro Deus, que Ele é o nosso Salvador, e que o amor de Deus veio até nós pela água, pelo sangue, e pelo Espírito Santo.
Meus amados irmãos, vocês devem crer no amor de Deus sem nunca duvidar. Meu desejo é que todos vocês possam se tornar totalmente povo de Deus crendo que o Senhor é Deus. Meus amados irmãos, meu desejo é que vocês possam se tornar aqueles que possuem a verdadeira salvação pela sua fé na Verdade do evangelho da água e do Espírito, que é o amor de Deus, assim como pela sua fé de que Jesus é Deus.
Meus amados irmãos, meu desejo é que vocês não caiam na adoração de ídolos, mas ponham sua fé na Verdade do evangelho da água e do Espírito.