Sermões

Assunto 10: O Apocalipse (Comentários sobre o Apocalipse)

[Capítulo 2-4] Sê Fiel até a Morte (Apocalipse 2:8-11)

Sê Fiel até a Morte
( Apocalipse 2:8-11 )
 
Durante o período da Igreja primitiva, muitos Cristãos estavam vagando pela Terra, procurando um lugar seguro onde pudessem escapar da perseguição das autoridades romanas. O Império Romano continuava com a sua política de perseguição, mesmo após a morte do Imperador Nero, e os Cristãos continuaram confrontando a autoridade dos Imperadores seguintes. Os santos primitivos aceitavam e reconheciam a autoridade mundana dos Imperadores romanos, mas se recusavam a reconhecê-la quando tinham que renunciar a sua fé. Porque eles permaneciam firmes contra esta exigência das autoridades romanas, os anais da Igreja primitiva estavam cheios de perseguições e martírios.
Nós devemos nos perguntar se a Palavra de Apocalipse tem alguma relevância para os crentes de hoje. Afinal de contas, foi escrito há quase dois mil anos, não agora, e para as sete Igrejas da Ásia, não para nós. Como isso pode ser relevante para nós?
É relevante porque é a Palavra de Deus que nos revela os segredos do que virá no futuro. Nós devemos saber que estamos vivendo agora a era do cavalo preto, a terceira era das “eras dos quatro cavalos” descrita em Apocalipse 6. Tendo passado as eras dos cavalos branco e vermelho, nós estamos vivendo agora a era do cavalo preto, quase no seu fim. O mundo inteiro em breve irá enfrentar grande fome, física e espiritual. Realmente, é seguro dizer que esta era de fome já chegou. Quando a era presente do cavalo preto, a era da fome, passar, a era do cavalo amarelo chegará.
Os sete selos a que se refere Apocalipse 6 significa que Deus planejou em Cristo um total de sete eras quando Ele criou o Universo. A primeira era, do cavalo branco, é a era do evangelho; a segunda era, do cavalo vermelho, é a era de Satanás quando o Diabo trouxe grande confusão ao mundo, guerras e continua enfrentando a Igreja de Deus. Estas eras são seguidas pela era do cavalo preto, a era na qual a fome física e espiritual assolará o mundo. Esta era do cavalo preto já começou.
Quando esta era terminar, a era do cavalo amarelo começará, na qual o Anticristo surgirá, bem como as pragas das sete trombetas descritas em Apocalipse 8 começarão. Quando a última das sete trombetas soar, os santos serão arrebatados, e isso será seguido pelas pragas das sete taças. Haverá então a ceia das bodas do Cordeiro no ar para os santos arrebatados, e quando todas as pragas das sete taças terminarem, o Senhor Jesus retornará à Terra conosco e iniciará Seu Reino Milenar. O Reino Milenar será seguido pelo Novo Céu e Nova Terra que descerão sobre os santos que viveram no Reino Milenar em sua primeira ressurreição. 
Portanto, as passagens do Livro de Apocalipse como, “Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida” e “O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte” são diretamente relevantes para nós. A Palavra de Apocalipse, em outras palavras, é criticamente relevante para os Cristãos que estão vivendo no mundo de hoje. Se o Apocalipse não fosse relevante para nós, toda a Palavra de Deus não teria significado.
O plano das sete eras revelado no Livro de Apocalipse é implementado e completado em Cristo nosso Senhor. Quando a era do cavalo amarelo chegar, o Anticristo fará sua aparição. Nós temos que descobrir na Palavra de Deus que plano nosso Senhor Jesus tem para nós neste tempo. É muito importante que todos nós entendamos na Palavra de Apocalipse como Deus preparou o Seu plano para nós e como irá completá-lo – que pragas descerão sobre o mundo, o que irá acontecer aos crentes, que desastres atingirão os não crentes, etc. Você deve aceitar e crer na importância e relevância desta Palavra de profecia para sua vida.
Você também deve ter um entendimento sólido do que o livro de Apocalipse fala, como a Grande Tribulação de sete anos e a segunda vinda de Cristo. Muitos dos Cristãos de hoje acreditam na doutrina do arrebatamento pré-tribulação, que apareceu pela primeira vez na Inglaterra na década de 1830 e posteriormente se tornou amplamente popular por um estudioso chamado C. I. Scofield, professor do Moody Bible Institute.
Esta teoria postula que o arrebatamento dos santos ocorrerá antes do início do período de sete anos da Grande Tribulação. Nesta visão, os gentios seriam arrebatados primeiro, e então Deus começaria Sua obra de salvação para o povo de Israel. Além disso, o arrebatamento dos santos precederia tanto o surgimento do Anticristo quanto as pragas das sete taças.
Em geral, grande parte dos Cristãos crê no Amilenialismo ou na teoria do arrebatamento pré-tribulação. Estas são meras hipóteses que foram construídas a partir da falta de conhecimento e entendimento errado da Bíblia. Em vez de responder a muitas perguntas que os crentes têm sobre o Livro de Apocalipse, tais hipóteses causam mais danos do que bem, trazendo ainda mais perguntas e dúvidas sobre o Livro de Apocalipse.
Se a teoria do arrebatamento pré-tribulação estivesse correta, qual seria a relevância do Livro de Apocalipse para os crentes gentios? A Grande Tribulação e a série de eventos que estão profetizados em Apocalipse não teriam relevância para nós, pois seríamos arrebatados antes de tudo. É por isso que muitas pessoas frequentemente tomam o Livro de Apocalipse como uma espécie de curiosidade em vez de fé.
Devemos saber que a Palavra do Apocalipse é muito relevante para nós que estamos vivendo no mundo de hoje. Deixe-me perguntar o seguinte: você crê na Palavra de Deus ou crê nas palavras dos estudiosos? Existem muitas teorias sobre o fim dos tempos, do Amilenialismo ao arrebatamento pós-milenialismo, arrebatamento pós-tribulação, arrebatamento pré-tribulação, arrebatamento na tribulação, etc. Estas teorias propostas pelos estudiosos são apenas isso – não passam de meras hipóteses, postulações e especulações.
Em qual dessas teorias você acredita? Muitas pessoas dizem crer na teoria do arrebatamento pré-tribulação porque foram ensinadas assim por seus pastores. Mas deixe-me falar para você clara e definitivamente: você e eu passaremos pelas pragas das sete trombetas e viveremos no meio da Grande Tribulação. Porque nós estamos destinados a atravessar a Grande Tribulação, a nossa fé deve ser verdadeira e forte o suficiente para vencer as provações e tribulações que nos esperam.
O que poderia acontecer se você, crendo na teoria do arrebatamento pré-tribulação, pensasse consigo mesmo: “Eu serei arrebatado antes da Grande Tribulação; eu não preciso mais me preocupar com isso” e não preparasse a sua fé para o fim dos tempos? Quando o período de sete anos da Grande Tribulação chegar, como diz a Palavra de Deus, aqueles que não prepararam a sua fé para a Tribulação serão levados a uma grande confusão, sofrimento e talvez até mesmo à morte – ou seja, a sua fé em Jesus poderá ser abalada. Muitos deles não estarão aptos a vencer a Tribulação e terminarão perdendo a batalha da fé.
Antes de aparecer a teoria do arrebatamento pré-tribulação, muitos Cristãos realmente acreditavam que atravessariam o período dos sete anos da Grande Tribulação e que seriam arrebatados somente após o seu fim, quando Cristo realizasse a Sua segunda vinda. Pensando que eles teriam que passar por cada ano do período de sete anos, eles preparavam a sua fé com ansiedade, mas também com grande medo. Atravessar as sete pragas devia ser uma perspectiva terrível para eles e seria para todo o mundo. Mas tal crença era apenas uma teoria acadêmica, um produto da falta de conhecimento da Palavra de Deus.
Então existem os conservadores que creem no Amilenialismo. Estas pessoas vêem o Reino Milenar como um símbolo. Eles vêem como uma representação simbólica da paz que os crentes em Cristo ganham através da sua salvação. Se tais teorias acadêmicas fossem verdadeiras, nós não precisaríamos tomar cuidado com o que acontece no mundo, pois nós seríamos erguidos no ar por Deus antes que a Tribulação começasse.
Mas, se as teorias não são verdadeiras, o que vai acontecer então? Encarando a Grande Tribulação sem preparar nossa fé, seremos imobilizados de tanto medo. Não estaríamos aptos a defender nossa fé, sucumbiríamos ante os períodos de provações e tribulações, e terminaríamos sendo levados pelo mesmo caminho que o resto do mundo. Mas Deus nos disse que aqueles cujos nomes estiverem escritos no Livro da Vida – ou seja, aqueles que nasceram de novo da água e do Espírito – nunca se renderão.
Deus nos diz em Sua Palavra de Apocalipse que aqueles que nascerem de novo vencerão as provações e tentações da Grande Tribulação pela fé e que será no meio da Tribulação que Ele irá nos erguer no ar. A teoria do arrebatamento pré-tribulação, portanto, se afasta dessa verdade bíblica, significando ser uma ideia criada pelo homem. É, portanto, uma mentira.
Muitas pessoas pelo mundo aceitaram esta teoria do arrebatamento pré-tribulação. Aqueles que creem nos ensinamentos de Scofield sobre o arrebatamento pré-tribulação creem no seguinte:
1. O período de sete anos da Grande Tribulação começará após a chegada do Anticristo no fim dos tempos.
2. O Anticristo governará o mundo durante o período de sete anos da Grande Tribulação; a primeira metade dos sete anos ele governará como um bom governante, e a outra metade como um tirano mau.
3. O Templo em Jerusalém será reconstruído e as ofertas sacrificiais voltarão a ser feitas.
4. O Anticristo fará uma aliança de sete anos com Israel.
5. Após os primeiros três anos e meio de Tribulação, o Anticristo quebrará a aliança com Israel.
6. Os três anos e meio seguintes será um tempo de grande tribulação e perseguição aos Israelitas. Durante este período o evangelho do Reino Milenar será pregado, em vez do evangelho da Graça.
7. Entre os Israelitas, 144.000 sobreviverão à Tribulação.
8. A Tribulação terminará com a batalha do Armagedom.
Tendo definido a Grande Tribulação nos termos acima, Scofield não fez menção sobre o que acontecerá com os gentios durante a Tribulação. Scofield, em outras palavras, afirmou que todos os gentios que creem em Jesus Cristo serão arrebatados antes do início da Tribulação e que apenas após o arrebatamento Deus começará a agir entre o povo de Israel. Sua obra será completada com a libertação dos 144.000 Israelitas e, com isso, Ele terá realizado a Sua obra da salvação. O Reino Milenar então começaria.
A fonte de influência de Scofield e suas alegações sobre o arrebatamento pré-tribulação foi John Nelson Darby, o fundador do grupo conhecido como Irmãos de Plymouth, que começou a expor suas teorias após encontrar um líder Pentecostal. Este líder era, na verdade, uma garota de 15 anos, chamada Margaret MacDonald da Escócia, que afirmava que em 1830 havia tido uma visão de Deus na qual ela via os Cristãos sendo arrebatados um pouco antes da Grande Tribulação. Após visitar esta garota, Darby começou a ensinar a teoria do arrebatamento pré-tribulação.
Os ensinamentos de Darby foram então passados para Scofield, um teólogo americano. Ele, que passou toda a sua vida trabalhando em sua Bíblia de Referência, estava à época pensando sobre a questão, se o arrebatamento aconteceria antes ou depois da Tribulação. Quando Scofield ouviu a teoria de Darby sobre o arrebatamento pré-tribulação, ele mergulhou completamente nela e sendo convencido por seus argumentos, ele abraçou a nova teoria, incluindo-a em sua Bíblia de Referência. Foi assim que Scofield começou a crer na teoria do arrebatamento pré-tribulação, como muitos dos Cristãos de hoje também o seguiram.
Antes da teoria do arrebatamento pré-tribulação ser exposta por Darby e Scofield, a maioria dos Cristãos acreditava no arrebatamento pós-tribulação. Mas Scofield, que era um professor do Instituto Bíblico Moody nos Estados Unidos, tinha uma grande influência em assuntos doutrinários, particularmente com o impacto da sua Bíblia de Referência Scofield. Foi por Scofield e sua influência que a teoria do arrebatamento pré-tribulação se tornou tão divulgada nas comunidades Cristãs de todo o mundo.
Infelizmente, como resultado, muitos dos Cristãos de hoje estão profundamente adormecidos em sua fé. Eles estão dormindo porque pensam erroneamente que a ascensão do Anticristo não teria nada a ver com eles. Eles não veem necessidade de preparar sua fé para a era da Grande Tribulação, pois acreditam que serão arrebatados antes que comece. Mas nosso Senhor Jesus nos disse para estarmos sempre acordados, pois, ninguém sabe quando o Noivo viria. Ainda assim, infelizmente, aqueles que desconsideram a Palavra de Deus e, em vez disso, confiam nos ensinamentos do arrebatamento pré-tribulação, permanecem profundamente adormecidos.
Mas agora é tempo de despertar. Agora é a hora de você jogar fora a sua crença errada no arrebatamento pré-tribulação e crer na Palavra da verdade. Nem a teoria da pré-tribulação nem a teoria da pós-tribulação têm fundamento bíblico; você deve retornar à Palavra de Deus. A Palavra de Apocalipse 6:8 nos diz: “E olhei, e eis um cavalo amarelo e o seu cavaleiro, sendo este chamado Morte; e o Inferno o estava seguindo, e foi-lhes dada autoridade sobre a quarta parte da terra para matar à espada, pela fome, com a mortandade e por meio das feras da terra”.
É dito aqui que o nome daquele que está assentado no cavalo amarelo, o Anticristo, é Morte, e que o Inferno o estava seguindo. Isso significa que o Anticristo é o assassino que leva as suas vítimas para o inferno. Também é dito aqui que será dada a ele autoridade sobre a quarta parte da terra, para matar à espada, pela fome e por meio das feras da Terra. O Anticristo, em outras palavras, cometerá as mesmas atrocidades dos Imperadores romanos – contudo desta vez ainda pior – para matar, abusar e perseguir os Cristãos e destruir a sua fé.
Você deve saber que a era do cavalo amarelo é a era do Anticristo. O Senhor Jesus nos diz: “Sabeis, na verdade, discernir o aspecto do céu e não podeis discernir os sinais dos tempos?”. (Mateus 16:3). Quando nós não podemos discernir os sinais dos tempos, não podemos saber que tipo de fé devemos ter e, portanto, não podemos nem plantar as sementes nem colher os frutos – não podemos, em outras palavras, trabalhar para Deus. Hoje, a era do cavalo vermelho passou e nós estamos na era do cavalo preto. O mundo em breve será atingido por grandes calamidades econômicas e irá enfrentar a era da fome severa. Quando todas estas coisas acontecerem, muitos se arrependerão em agonia. Não seja um desses; em vez disso, seja um daqueles cuja fé pode discernir os sinais dos tempos.
A era de hoje é a era do cavalo preto. Quando esta era do cavalo preto passar, a era do cavalo amarelo chegará. O Anticristo, que surgirá nesse período, irá matar e perseguir indiscriminadamente os santos, marcando esta era como a era do martírio.
Apocalipse 13:6-8 diz: “e abriu a boca em blasfêmias contra Deus, para lhe difamar o nome e difamar o tabernáculo, a saber, os que habitam no céu. Foi-lhe dado, também, que pelejasse contra os santos e os vencesse. Deu-se-lhe ainda autoridade sobre cada tribo, povo, língua e nação; e adorá-la-ão todos os que habitam sobre a terra, aqueles cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.” O texto se refere ao Anticristo. A passagem nos fala que um dos governantes do mundo receberá poder de Satanás para blasfemar contra Deus e perseguir os santos. Este é o filho do Diabo, com o poder do dragão. Com seu poder ele lutará e “vencerá” os santos. Mas aqui vencer significa apenas que irá martirizar os santos. Isso se refere apenas à morte física; o Anticristo nunca poderá tirar a fé dos santos.
O que Scofield alegava era que os santos não enfrentariam a Grande Tribulação, mas sem os sete anos de Tribulação, não pode haver o Reino Milenar para os santos. Os santos sairão da Grande Tribulação como mártires. Esta profecia da Bíblia foi planejada por Jesus Cristo desde o princípio do mundo. Toda a história do mundo terminará com as obras que Jesus fará.
Você deve estar apto a discernir as sete eras que Deus preparou. A primeira era é a do cavalo branco, na qual a Palavra de Deus começou a ser pregada. A segunda era, a do cavalo vermelho, é a era do diabo. A terceira era do cavalo preto é a era da fome espiritual e física. A quarta era, do cavalo amarelo, é a era do surgimento do Anticristo. Esta é a era das sete trombetas, a era do martírio. É a falha ao identificar a era do cavalo amarelo que faz as pessoas tão confusas.
Sem conhecer esta era, nós não podemos viver apropriadamente nossas vidas de Cristãos nascidos de novo. Se nós permanecermos distraídos para o que nos aguarda, como poderemos estar prontos para o futuro? Mesmo as pessoas que lidam com negócios precisam saber de antemão as mudanças de tendências dos tempos para terem sucesso. Como poderíamos, como crentes em Cristo, estar prontos para o Seu retorno quando nós não temos ideia do que nos aguarda?
Nós devemos ter um claro entendimento da Grande Tribulação para estarmos prontos para ela. Os santos viverão os primeiros três anos e meio da Tribulação e durante este tempo é que eles serão martirizados. Eles não passarão pelos sete anos de tribulação, mas apenas pela metade e, então, com o seu martírio eles serão ressuscitados e arrebatados. Quando os santos forem arrebatados, isso não significa que Cristo terá descido na Terra, mas que o Senhor Jesus nos levará até o ar para a ceia das bodas do Cordeiro.
Esta Terra, enquanto isso, será tomada pelas pragas dos sete cálices. Os que retornarem à Terra com Cristo após as pragas serão apenas aqueles cujos pecados foram perdoados e que estão tão alvos quanto a neve, crendo no evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor Jesus. É por isso que nós devemos preparar a nossa fé para entender esta era e sua relevância crítica para nós.
Nosso Senhor Jesus disse para o anjo na Igreja de Esmirna: “Conheço a tua tribulação, a tua pobreza (mas tu és rico) e a blasfêmia dos que a si mesmos se declaram judeus e não são, sendo, antes, sinagoga de Satanás. Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte”. Desta passagem, nós podemos ver que a Igreja de Esmirna estava sendo muito perseguida pelos Judeus. Mas o Senhor Jesus disse que estes Judeus não eram realmente Judeus, mas sinagoga de Satanás. Ele disse isso não somente para a Igreja de Esmirna, mas para todas as sete Igrejas da Ásia.
Havia uma grande comunidade Judaica em Esmirna, que, apesar do fato de que os Judeus adoravam o mesmo Deus que os crentes em Jesus, perseguiam os santos da Igreja de Esmirna, assim como faziam os romanos. Para os santos que enfrentavam a perseguição, Deus disse: “Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida,” e, “O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte.” Deus disse aos santos que eles deveriam vencer. Da mesma forma, nós, também, devemos combater o Anticristo até o fim e vencê-lo em nossa batalha de fé. Nosso Senhor Jesus nos dará então a coroa da vida – Ele irá, em outras palavras, nos abençoar, nos dando e permitindo que vivamos no Reino Milenar e no Novo Céu e Nova Terra.
Você tem coragem para ser martirizado? Agora é o tempo para você preparar a sua fé para o martírio. Fazendo isso, você deve ter a fé da redenção que nos capacita inteiramente diante do Senhor Jesus – a fé que pode abraçar o martírio sem hesitação.
Nós devemos preparar esta fé agora. Nosso Senhor Jesus falou a todos que ninguém poderia entrar ou mesmo ver o Reino de Deus sem crer no evangelho da água e do Espírito. Ele nos disse que a fé no evangelho é a fé do martírio no fim dos tempos.
Se existe pecado no coração das pessoas, como elas poderiam ser martirizadas? Longe de serem martirizadas, seriam os tipos de pessoas que levariam outras a receberem a marca da Besta! Nada além do evangelho da água e do Espírito pode limpar os nossos pecados. Nem mesmo as suas orações de arrependimento que você rotineiramente e ritualisticamente oferece para limpar os seus pecados, pode. Tentar limpar os seus pecados por orações de arrependimento é apenas perda de tempo e esforço.
Aqueles que tentam fazer isso creem mais no que os teólogos dizem do que a Palavra de Deus realmente diz a eles. O fato dos teólogos, em quem muitos Cristãos confiam, crerem no Amilenialismo não mostra como são ignorantes estes estudiosos das Escrituras? Segundo estes amilenialistas, não haverá Reino Milenar nem martírio dos santos na Grande Tribulação. Para aqueles que creem na teoria do arrebatamento pré-tribulação ou no Amilenialismo, o Livro de Apocalipse não tem nenhum significado!
A Palavra de Apocalipse é a Palavra de Deus. É a Palavra de Deus escrita pelo Apóstolo João, o discípulo mais amado de Cristo. Ninguém pode negar isso.
Eu não estou criticando as teorias e doutrinas estabelecidas sem razão, mas eu faço isso para preparar sua fé, para que você seja capaz de ser fiel ao Senhor Jesus até a morte. É para treiná-lo na Palavra da Escritura para que esteja pronto para enfrentar a perseguição da Grande Tribulação com a determinação de abraçar o martírio.
Para fazer isso, você deve preparar sua fé no evangelho da água e do Espírito agora. Aqueles que não creem no evangelho da água e do Espírito, por outro lado, irão se render diante de Satanás e se tornarão inimigos de Deus, porque aqueles cujos nomes não estão escritos no Livro da Vida adorarão a Satanás. Isso é o que a Palavra de Deus nos diz.
Deus permitirá que os santos sejam martirizados no meio da Grande Tribulação. Quando os primeiros três anos e meio, do período de sete anos da Grande Tribulação, se passarem, aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito serão martirizados. Logo após o seu martírio virá a sua ressurreição e arrebatamento. Este é o resumo geral do Livro de Apocalipse e é por isso que estou relembrando estes pontos chaves.
Você deve se lembrar que quando a era do Anticristo chegar, existirão muitos que, logo após serem martirizados pela fé no evangelho da água e do Espírito, serão ressuscitados e simultaneamente arrebatados. Quando a era do cavalo amarelo chegar, as flores da fé florescerão com seu martírio. A verdadeira fé, quando o tempo certo chegar, colherá os frutos e florescerá com belas flores.
Existem certas plantas no deserto que crescem, florescem e dão fruto em apenas uma semana. É porque elas estão adaptadas às condições do deserto, onde chove muito raramente e a água é escassa. Elas precisam crescer, florescer e dar frutos rapidamente porque o suprimento escasso de água pode durar muito pouco.
A fé daqueles que vierem a crer no evangelho da água e do Espírito durante o período de sete anos da Grande Tribulação é como essas plantas. Para eles, crer, seguir e ser martirizado por este evangelho conosco, acontecerá em um curto tempo. A loucura do Anticristo alcançará o seu pico no meio da Grande Tribulação, três anos e meio após o seu início.
Será quando o martírio dos santos ocorrerá. Mesmo aqueles que, já tendo ouvido sobre o evangelho da água e do Espírito, ainda não o tiverem aceitado em seus corações ainda poderão ter a verdadeira fé e se juntar a nós no martírio, se crerem no evangelho durante o tempo da Tribulação, apesar do pouco tempo. É por isso que nós estamos divulgando o evangelho, para despertar os Cristãos por todo o mundo de seu sono espiritual. Nós pregaremos o evangelho da água e do Espírito até o fim do mundo, até o nosso próprio martírio. Se não houvesse martírio, de que serviria este evangelho que nós estamos pregando agora? Aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito podem ser martirizados no fim dos tempos. Nós devemos preparar a nossa fé agora.
Se não prepararmos nossa fé para abraçar o martírio em defesa do evangelho da água e do Espírito agora, enquanto estamos em paz diante de Deus, só nos arrependeremos mais tarde. Quando o fim dos tempos chegar, estaremos ocupados conosco, dizendo: “Senhor Jesus, estou muito ocupado agora. Espere um pouco mais por mim; estou me arrependendo agora”. Se esse é o tipo de fé que devemos manter até o fim, o Senhor Jesus nos dirá: “Por que você não pula no lago de fogo você mesmo? Você está mais que qualificado para isso!”. Aqueles que têm pecado agora devem entender que eles acabarão assim no final. É por isso que Deus disse: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”.
Quando os santos forem martirizados, o meio ambiente do mundo terá sido completamente destruído. Florestas terão sido queimadas; os mares, rios e córregos terão se tornado em sangue; e o sol, a lua e as estrelas terão perdido o seu brilho, deixando o mundo todo em trevas. Seus habitantes, governados por espíritos maus, terão ficado loucos, seu comportamento será totalmente violento, e seu único objetivo será perseguir e matar todos os filhos de Deus que puderem encontrar. É por isso que você deve entender e crer na Palavra de Apocalipse.
As Igrejas de hoje estão obcecadas apenas em construir templos cada vez maiores e mais altos. Eles gastam milhões de dólares para construir suas Igrejas, e ainda assim em seus corações é encontrado apenas o pecado, não há fé que possa abraçar o martírio por Jesus. Essas pessoas deveriam primeiro ter seus corações limpos de seus pecados.
O mundo em breve entrará na era da Tribulação, a era do cavalo amarelo. Espero e oro para que você tenha o tipo de fé que possa abraçar o martírio e permanecer fiel a Cristo até a morte. Temos que crer na Palavra de Apocalipse após examiná-la seriamente com um espírito bereano.