Sermões

Assunto 10: O Apocalipse (Comentários sobre o Apocalipse)

[Capítulo 3-5] Carta à Igreja de Laodicéia (Apocalipse 3:14-22)

Carta à Igreja de Laodicéia
( Apocalipse 3:14-22 )
“Ao anjo da igreja em Laodiceia escreve: Estas coisas diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca; pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma, e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu.
Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas.
Eu repreendo e disciplino a quantos amo. Sê, pois, zeloso e arrepende-te. Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo. Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono.
Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”.
 

Exegese

Versículo 14: “Ao anjo da igreja em Laodiceia escreve: Estas coisas diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus:”. 
Nosso Senhor Jesus veio a esta Terra e obedeceu a Deus Pai até o ponto de Sua morte para cumprir a vontade de Deus. Em outras palavras, Ele obedecia a qualquer comando com um “amém” se fosse a vontade do Pai. Nosso Senhor Jesus é o servo fiel do Reino de Deus Pai e a verdadeira testemunha que testificou de Si mesmo como o Filho de Deus e o Salvador. Nosso Senhor Jesus é o Deus da criação do princípio.

Versículo 15: “Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente!”.
Deus repreendeu o servo da Igreja de Laodiceia por sua fé morna. Este servo merecia a ira de Deus. Se a fé de alguém é morna diante de Deus, ele deve tornar sua fé clara, tornando-a fria ou quente. A fé que Deus exige de nós é uma fé claramente definida que é fria ou quente. Essa fé clara também é um requisito absoluto para crer no evangelho da água e do Espírito.
Quando se trata de crer em Deus, existem dois tipos de crentes. Por um lado, temos aqueles que creem que o evangelho da água e do Espírito é o verdadeiro evangelho, e que não há outro evangelho além deste evangelho. Por outro lado, temos aqueles que creem que existem outros evangelhos além do evangelho da água e do Espírito. A fé desses últimos é apenas morna.
Eles pensam ser suficiente crer em Jesus, e que não há necessidade de discernir entre o verdadeiro evangelho e os falsos evangelhos. Alguns deles até pensam que Jesus não é o único Salvador, mas que a salvação também pode ser encontrada em outras religiões deste mundo. Assim como a fé deles, a fé do servo da Igreja de Laodiceia também era morna, sem nenhuma separação clara entre o verdadeiro e os falsos evangelhos – não há outro evangelho além do evangelho da água e do Espírito. Foi por isso que este servo trouxe preocupações a Deus e acumulou Sua ira.

Versículo 16: “Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca”.
Nosso Senhor Deus pede uma fé clara de Seus servos. Nós devemos compreender que Deus não aprecia a fé que não é fria nem quente. Quando cremos no Senhor Jesus, portanto, devemos claramente guiar nosso coração pela medida da Palavra de Deus e permanecer firmes na Sua vontade, crendo nela. Aqueles que nasceram de novo também devem permanecer claramente no lado do evangelho bíblico, da água e do Espírito, e enfrentar aqueles que espalham outros evangelhos que não este verdadeiro evangelho. Deus nos fala que, se os justos não permanecerem neste lado claro da fé, irá vomitá-los. Onde, então, está a sua fé?

Versículo 17: “Pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma, e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu”.
Aqueles cuja fé no Senhor Jesus é morna acreditam que sua fé é boa, e assim permanecem alheios à pobreza de sua fé. Porque o servo da Igreja de Laodiceia também estava satisfeito com sua fé morna, ele também não percebeu o quão miserável ele realmente era. Para ter uma fé clara e definitiva, portanto, ele precisava enfrentar provações e perseguições pela verdade, e passar pela batalha da fé contra os mentirosos. Só então ele poderia descobrir o quão infiel, pobre e nu ele realmente fora. Todos nós devemos ter uma fé clara diante do Senhor Jesus.

Versículo 18: “Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas”.
Deus disse ao anjo da Igreja de Laodiceia para refinar sua fé. O servo da Igreja de Laodiceia deveria reconstruir o fundamento de sua fé no evangelho da água e do Espírito e ser vestido com as vestiduras de toda a justiça. Ele também deveria ver a si mesmo, retornar e redefinir sua fé claramente. Ele deveria manter sua fé na perseverança, e aprender e cumprir sua esperança pelo refinamento de sua fé.
Você também passará por uma grande opressão e perseguição pelo evangelho da água e do Espírito, o evangelho da verdade dado por Deus. Só então você poderá compreender quão preciosa é a verdade deste evangelho da água e do Espírito. Você já quebrou a sua própria justiça do homem para guardar a Justiça de Deus conquistada pelo evangelho da água e do Espírito? Aqueles que quebraram a justiça do homem sabem quão preciosa e abençoada é a Justiça de Deus. Você deve saber que sem sua fé que confia no Senhor Jesus, sua vida de fé simplesmente se tornaria miserável. Portanto, você deve aprender com a fé que o Senhor Jesus deu aos Seus servos anteriores antes de nós e cobrir a vergonha de sua infidelidade.
Não devemos esquecer o fato de que é preciso sacrifício para aprender a verdadeira fé. Porque a verdadeira fé é aprendida seguindo passo a passo a caminhada de fé dos precursores espirituais, devemos pagar o preço do sacrifício. Também devemos estar prontos para perder as coisas do mundo pela construção do Reino do Senhor Jesus e pelo avanço da nossa fé, e jogar fora tudo pelo Senhor Jesus.

Versículo 19: “Eu repreendo e disciplino a quantos amo. Sê, pois, zeloso e arrepende-te”.
O Senhor Jesus repreende e castiga aqueles que conhecem e creem em Seu amor, se sua fé for sem obras. Aqueles que são amados pelo Senhor Jesus, portanto, devem trabalhar duro para Ele e segui-Lo com verdadeira fé.

Versículo 20: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo”.
Aqueles que se tornaram servos de Deus compartilham suas vidas com Ele tanto na alegria quanto na tristeza. Aqueles que trabalham para o Senhor Jesus vivem crendo sempre na Palavra de Deus e, por meio de sua fé, nosso Senhor Jesus sempre cumpre todas as Suas obras.

Versículo 21: “Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono”.
A verdadeira fé é ganha ou perdida, dependendo se a pessoa está pronta para abraçar o martírio ou não. Aqueles que lutam contra Satanás crendo na Palavra de Deus obterão vitória e serão glorificados com o Senhor Jesus. Os santos e servos de Deus estão sempre envolvidos em uma batalha espiritual contra Satanás. Nesta batalha, eles sempre poderão vencer crendo na Palavra de Deus. Aqueles que assim vencerem em sua luta contra Satanás serão glorificados com o Senhor Jesus.

Versículo 22: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”.
Os santos devem sempre ouvir a voz de Deus e seguir a liderança do Espírito Santo. Quando o fazem, sua fé se torna aquela que anda com o Espírito Santo, e a vitória espiritual sempre será deles.