Sermões

Assunto 10: O Apocalipse (Comentários sobre o Apocalipse)

[Capítulo 3-6] A Verdadeira Fé para a Vida de Discipulado (Apocalipse 3:14-22)

A Verdadeira Fé para a Vida de Discipulado
( Apocalipse 3:14-22 )

A fé da Igreja de Laodiceia era a que merecia ser vomitada pelo Senhor Jesus. Portanto, Ele aconselhou que comprasse dele ouro refinado pelo fogo, para que pudessem se tornar ricos em fé. Esta fé morna também pode aparecer nos justos desta época. Por receberem a fé gratuitamente, eles não compreendem o quão preciosa é. Deus, portanto, falou a Sua Palavra de repreensão e conselho para os justos, para dar a eles fé como ouro refinado pelo fogo. Nós também podemos descobrir nesta passagem que o Senhor Jesus queria que todas as sete Igrejas na Ásia tivessem a mesma fé. Ele ordenou que todos os que têm ouvidos ouçam o que o Espírito Santo diz às Igrejas. 
Do capítulo 3:17, vemos que a Igreja de Laodiceia estava afundada em seu próprio engano, pensando que sua abundância material era a mesma coisa que as bênçãos espirituais de Deus e que estava valendo algo para a sua fé. Para esta congregação iludida, Deus ressaltou sua pobreza e miséria espiritual.
A Igreja de Laodiceia parecia ser rica em fé, mas de fato ela não a tinha, era uma Igreja pobre. Sua fé era morna, estava cheia de arrogância espiritual e amava o mundo mais do que a Jesus.
Apocalipse 3:14-22 fala da vida de um discípulo. Os verdadeiros discípulos de Jesus são aqueles que obedecem e seguem a Palavra de Cristo. Todos aqueles que são nascidos de novo, pela fé em Jesus Cristo, estão qualificados para se tornarem Seus discípulos. O Senhor Jesus quer que todos nós vivamos uma vida de discípulo. Devemos saber que esta vida de discípulo realmente nos foi dada.
Na passagem lida, o Senhor Jesus disse que vomitaria os santos que não vivessem uma vida de discípulo. Assim como está escrito nos versículos 15-16: “Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente!
Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca”. Se os salvos não são nem quentes, nem frios diante o Senhor Jesus, isso só pode indicar pobreza espiritual. Além disso, essas pessoas não sabem ainda sobre como é a vida de um discípulo. Nós fomos redimidos de nossos pecados, pela fé no evangelho da água e do Espírito. Esta é a nossa salvação.
O que, então, nos foi dado após nossa salvação quando nascemos de novo? Recebemos uma vida que tenta ser como o Senhor Jesus, segue e obedece aos Seus mandamentos e busca a Sua Palavra. Esta é a vida de um discípulo. Exigindo esse discipulado de Seus santos, Deus repreendeu a Igreja de Laodiceia dizendo que ela não era “nem fria, nem quente”.
A fé que não é quente nem fria é morna. Que tipo de fé é esta fé morna que oferece tanto conforto à humanidade, por não ser nem quente, nem fria? É a fé daqueles que não vivem uma vida de discípulo. Aqueles cuja fé é morna são aqueles que, apesar de serem salvos, não seguem a vontade de Jesus. Pode parecer que seguem a Jesus, mas, de fato, não o fazem – a fé daqueles que estão em cima do muro, em outras palavras, é chamada de fé morna.
O mundo descreve tal fé como sendo sábia. Essa fé pode ser sábia em termos mundanos, mas é o tipo de fé que faz o Senhor Jesus vomitar. O que é morno faz o Senhor Jesus vomitar. Você deve ter uma boa ideia de como é essa fé que não é nem fria, nem quente. Aqueles cuja fé é morna não se unem nem se separam das obras das Igrejas de Deus; eles fazem e eles não fazem tudo ao mesmo tempo. Sua vida de fé é tal que, se a marca de divisa é, digamos, 60, então eles se ajustam exatamente aos 60, nem mais, nem menos.
Aqueles, cuja vida de fé é assim, são espiritualmente pobres. Os versículos 17-18 dizem: “Pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma, e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu. Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas”.
Aqueles cuja fé é morna tomam as suas prosperidades terrenas como abundância espiritual. Apesar de sentirem que, na verdade, são uns coitados, miseráveis e pobres, eles não conseguem compreender isso totalmente. São pessoas que não se conhecem. Eles pensam consigo mesmos: “Eu estou bem. Eu sou sincero, esperto e aprovado pelos outros, e para mim, está bom viver assim, portanto, eu estou salvo”, e vivem suas vidas pelos seus próprios padrões. Essas pessoas são fiéis ao mundo, mas não são à Igreja de Deus. Sua fé é apenas morna. Deus, portanto, diz que irá vomitá-los.
Eles vêm para a Igreja com nenhum objetivo maior do que evitar ser reprovado. Eles só se sentam durante o culto da Igreja e saem assim que o culto termina. Eles nunca participam voluntariamente das obras da Igreja e, se o fazem, garantem que seja a menor participação. Fazem, mas não fazem, não fazem, mas fazem. São pessoas espiritualmente pobres.
O Senhor Jesus deu o seguinte conselho a estas pessoas: “Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres, vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez, e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas”. Ele falou para comprarem ouro refinado pelo fogo para serem ricas.
Se você realmente quer seguir ao Senhor Jesus e quer que Ele o elogie por sua fé, você deve compreendê-la. Como você pode compreender a fé? Pagando o preço do sacrifício e crendo na Palavra. A passagem lida nos fala para comprarmos ouro refinado pelo fogo, isso significa que existem muitas provações e tribulações para nós, quando seguimos a Palavra de Deus, mas todas elas podem ser vencidas crendo e seguindo esta Palavra. Fazendo assim, nossos corações tornam-se refinados, nos dando a fé que reconhece a Palavra de Deus como a verdade e crê nela de todo coração. Esta fé é como o ouro puro.
Para obter a verdadeira fé, devemos pagar o preço do sacrifício, pois sem pagar o preço do sacrifício, não podemos aprender a fé. Em outras palavras, nunca podemos crescer na fé sem passar por dificuldades. Se realmente queremos nos tornar pessoas de fé, viver a vida do discípulo do Senhor Jesus e ser abençoados por nossa fé, então devemos pagar o preço do sacrifício. Sem sacrifício, isso nunca pode ser alcançado.
Quem tem a fé forte desde o início? Ninguém. É porque as pessoas ignoram a fé que a Igreja as ensina sobre a Palavra e as guia com ela. Devemos obedecer ao que a Igreja nos orienta e segui-la com fé. Mas fazer isso envolve dificuldades; às vezes é preciso paciência. É por isso que tornar-se um povo de fé ao receber a orientação da Palavra, comunhão e ensino é acompanhado de sacrifício. Mas, porque as pessoas não querem se sacrificar, embora queiram crescer na fé, elas não podem ter a verdadeira fé do refinamento. É por isso que o Senhor Jesus nos diz para comprarmos Dele ouro refinado pelo fogo para que sejamos ricos na fé.
Você poderá entender o que esta Palavra significa somente quando aprender com a fé dos santos anteriores e seguir suas vidas. Se você ouve a Palavra apenas em teoria e não segue realmente o que ela ordena a você, e se participa de testemunhos, orações ou reuniões, mas não as coloca em prática, você não poderá crescer na fé. Porque você tem pouca fé, você mede sua fé para não ser tão ruim pelo seu próprio padrão do mundo. Você pensa consigo mesmo: “Fui salvo, tenho dinheiro e estou indo bem em termos seculares, então devo ser melhor que os outros. Sim, com certeza sou melhor que essas pessoas”.
Se você realmente quer aprender sobre a verdadeira fé, que é como ouro, deve pagar o preço do sacrifício. É fácil obedecer e seguir? É um sacrifício obedecer. É fácil se sacrificar? É claro que não. Mas, se você quer evitar ser vomitado, deve obedecer pelo sacrifício.
Mas aqueles que, não tendo aprendido sobre a verdadeira fé, são espiritualmente pobres, nunca querem se sacrificar. Para obedecer, a pessoa deve se libertar em primeiro lugar da sua mente. Não sendo capaz de fazer isso, seu coração continua a ser miserável espiritualmente, mesmo com o passar do tempo. Não percebendo a sua falta de fé, eles só podem terminar culpando os santos que os passaram à frente. Aprenda a verdadeira fé! Quando você entrar em batalhas espirituais e lutar ao lado de Deus, sua fé será refinada quando ganhar os prêmios espirituais e perceber o que é necessário para se ter uma vida de vitória espiritual. Você só pode conhecer esta fé se você realmente experimentá-la.
Deus repreendeu o servo da Igreja de Laodiceia escrevendo: “Você não conhece nem sua nudez, nem sua pobreza. Você foi salvo, mas sua fé é morna - nem isso, nem aquilo. A única coisa que você tem é a sua salvação, que você guardou. Fora isso, você não tem mais nada”.
Os servos de Deus ou nossos precursores espirituais se tornaram nossos predecessores de fé apenas com o passar do tempo, sem viver a vida de discipulado? Claro que não! Eles passaram por todos os tipos de problemas pelo Senhor Jesus, tanto na alegria como na tristeza. Deus o guia por ter aqueles antes de você passado por todas as coisas pelas quais você também irá eventualmente passar. Você deve, portanto, acreditar no fato de que Deus ensina e guia você por meio daqueles que seguiram o caminho da fé antes de você.