Проповеди

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 2-4] Deus Abençoou e Santificou o Sábado (Gênesis 2:1-3)

(Gênesis 2:1-3)
“Assim os céus, a terra e todo o seu exército foram acabados. Havendo Deus acabado no sétimo dia a obra que fizera, descansou nesse dia de toda a obra que tinha feito. E abençoou Deus o sétimo dia, e o santificou, porque nele descansou de toda a obra de criação que fizera”.
 
 
Deus trabalhou em Sua criação até o sexto dia, depois a completou e no sétimo dia descansou. Ele descansou porque fez tudo que queria. Depois então, Ele abençoou o sétimo dia e o santificou. Nós descansamos em paz à noite depois de um dia de trabalho. Do mesmo modo, Deus descansou depois de criar o universo e o homem, pois todo o Seu plano foi cumprido.
Deus criou todas as coisas em seis dias e descansou no sétimo. Baseados na interpretação evolucionista do estrato geológico, muitos negam que Deus criou os céus e a terra em seis dias, mas estes seis dias aconteceram segundo o tempo de Deus, algo muito diferente do tempo do homem que se baseia na rotação da terra. Nós temos sempre que interpretar a bíblia do ponto de vista de Deus.
Deus de fato completou tudo e no sétimo dia descansou? Sim. Nosso Deus completou todo o Seu plano em Jesus Cristo. Deus também cumpriu nossa salvação em Jesus Cristo. Quando a bíblia nos diz aqui que Deus descansou, isso quer dizer que Ele cumpriu Seu plano. Portanto, o conceito bíblico de guardar o sábado significa desfrutar do descanso em nosso coração, algo que tem mais peso quando cremos que o Senhor apagou todos os nossos pecados e nos deu a salvação.
Para que desfrutemos da paz em nosso coração, primeiro não deve haver pecado nele. E para conseguirmos isso, temos que crer que Jesus apagou todos os nossos pecados através do evangelho da água e do Espírito. Em outras palavras, nosso coração precisa descansar crendo que todos os seus pecados foram passados para Jesus Cristo quando Ele foi batizado e que Ele foi condenado por eles ao morrer na cruz. O descanso está ligado ao fato de nosso coração ser santificado, receber as bênçãos de Deus e encontrar a paz.
A bíblia revela o domínio espiritual de Deus em tudo que acontece no mundo visível. Por essa razão, a passagem bíblica deste capítulo não pode ser entendida se a analisarmos por um ponto de vista carnal. Melhor dizendo, se nós interpretarmos a bíblica de modo carnal, isso certamente acabará conosco. A bíblia diz: “A letra mata, mas o Espírito vivifica” (2 Coríntios 3:6). Este versículo quer dizer que quem interpreta a bíblia literalmente, ao pé da letra, acabará morrendo espiritualmente. Por exemplo, no capítulo um de Gênesis, Deus fez o homem e a mulher e os mandou governar sobre todo o universo, mas ao lermos Efésios 5:22-32, nós podemos ver que Deus prometeu salvar muitas pessoas por meio de Jesus Cristo e de Sua Igreja. Portanto, nós não iríamos nos desviar se interpretássemos esta passagem de Efésios somente em termos carnais?
Para o povo judeu, o sábado começa com o pôr-do-sol de sexta feira e vai até o pôr-do-sol do sábado. Mas se alguém for guardar o sábado literalmente, ele não poderá fazer nada ao longo dessas horas. Mas o próprio Jesus curou as enfermidades das pessoas no sábado. Foi por isso que os judeus O acusaram naquela época dizendo: “Como você que diz ser Filho de Deus viola o sábado?” No que Jesus respondeu: “O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado”. E Ele também disse: “O Filho do homem até do sábado é senhor” (Marcos 2:28). Melhor dizendo, quando comparamos o Antigo com o Novo Testamento, podemos ver que não somos abençoados guardando certas datas. E só porque alguém não faz nada no dia do Senhor, isso não significa que ele está guardando o sábado fielmente.
Quando a bíblia diz: “Havendo Deus acabado no sétimo dia a obra que fizera, descansou nesse dia de toda a obra que tinha feito. abençoou Deus o sétimo dia, e o santificou”, isso quer dizer que agora temos paz no coração porque Deus nos deu a bênção da salvação. Isso nos mostra que Deus nos deu o verdadeiro sábado ao nos conceder a remissão de pecados. A verdadeira intenção de Deus ao instituir o sábado foi para que crêssemos na Verdade de que o Senhor apagou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito e trouxe o verdadeiro descanso aos crentes. Todavia, o problema é que os legalistas insistem em guardar os dias e as horas do sábado até hoje, fazendo de tudo para não comprar ou vender nada a fim de guardá-lo. Foi por isso que o Senhor os repreendeu com firmeza dizendo: “Condutores cegos! que coais um mosquito e engolis um camelo” (Mateus 23:24).
Quando o presbiterianismo foi introduzido na Coréia, ele trouxe uma forte influência dos missionários presbiterianos dos Estados Unidos. Eles fundaram um seminário em Pyongyang (a maior cidade ao norte da Coréia naquela época) e formaram muitos pastores. Estes arriscaram sua vida para guardar o dia do Senhor conforme a lei. Mas quando a Coréia foi dominada e ficou sob o domínio japonês, para acabar com o Cristianismo na Coréia, estes forçaram os cristãos coreanos a trabalhar no dia do Senhor e a freqüentar os templos xintoístas. Por causa disso, muitos cristãos coreanos naqueles dias terríveis foram martirizados por se recusarem a fazer isso. Quando a Coréia foi liberta em 1945, as igrejas entraram numa controvérsia porque muitos pastores freqüentaram os templos xintoístas durante o domínio colonial japonês. Alguns procuraram reconstruir suas igrejas baseados na fé dos mártires que defenderam sua fé e se recusaram a freqüentar os templos xintoístas. Essas pessoas eram chamadas de “Jaepunga”, ou seja, “a congregação dos reconstrutores”.
Depois de ser liberta do domínio colonial japonês, a Coréia foi divida em dois estados por influência de um grande poder político, o que resultou na criação de dois países que se opõem frontalmente: a Coréia do Norte e a Coréia do Sul. Quando a guerra da Coréia estourou em 1950, aconteceu a mesma coisa. No início da guerra, quando as tropas da Coréia do Norte invadiram a Coréia do Sul, eles reuniram os cristãos no dia do Senhor e os forçaram a limpar seu bairro. Dizem que um jovem cristão chamado Chudal Bae se recusou a obedecer esta ordem, insistindo que não podia trabalhar no domingo, e por isso foi morto a tiros. Mais tarde, os cristãos coreanos honraram a fé de Bae por ele ter sido martirizado aos 25 anos para guardar o domingo, e sua igreja fez uma homenagem póstuma concedendo a ele o diaconato.
Se alguém fosse guardar os dias e as horas exatas do sábado, ele poderia mesmo fazer isso com perfeição? Alguém consegue de fato não fazer nada ou não pecar no sábado e guardar seu coração e seu corpo neste dia santo? Não, isso é impossível. Foi assim que Deus nos disse para guardar o sábado? Não, o verdadeiro significado do sábado é Deus nos chamando para que creiamos que Ele remiu todos os nossos pecados. Deus planejou tudo em Jesus Cristo antes de criar os céus e a terra. E já que Ele planejou remir todos os nossos pecados, e realmente cumpriu Seu plano em Jesus Cristo, os pecados de todos já não existem mais diante de Seus olhos. Saber disso e crer nisso, receber a remissão de pecados e guardar essa fé em nosso coração – este foi o verdadeiro propósito de Deus ao nos mandar guardar o sábado.
Contudo, os cristãos que não nasceram de novo entendem isso de modo errado e procuram guardar o sábado ao pé da letra. Alguns deles insistem que o sábado tem que ser guardado literalmente e dizem: “Nós temos que ir para o monte ou para algum lugar isolado. Nós só poderemos guardar o sábado por completo se trabalharmos para nós mesmos. Como poderemos guardar o sábado se trabalharmos para outra pessoa? Deus nos disse para não roubar também, mas como podemos guardar este mandamento? Se nós vivermos separados desta sociedade maligna, nós conseguiremos não roubar e também guardaremos o sábado”. Então, um certo grupo formado pelos adventistas do sétimo dia foram para as montanhas, criaram uma comunidade ali e passaram a viver da subsistência. Todavia, quando nós ouvimos o testemunho de pessoas que deixaram esta igreja, eles dizem que isso não passa de palavras e que nenhum deles guarda o sábado realmente. Embora os legalistas não possam guardar a lei, o simples fato de eles tentarem é suficiente para que eles se sintam superiores e orgulhosos. Se alguém entender a bíblia de modo errado assim, isso lhe trará conseqüências terríveis. A ignorância espiritual certamente o levará à morte.
Os adventistas dizem que o sábado vai do pôr-do-sol de sexta-feira ao pôr-do-sol do sábado e acusam todos os cristãos que não guardam o dia do Senhor de praticar a iniqüidade. Jesus foi crucificado na sexta-feira às três horas da tarde. E já que o sábado iria começar em poucas horas, Seus discípulos que guardavam o sábado disseram que Seu corpo deveria ser tirado da cruz e posto rapidamente no sepulcro. Ao amanhecer o dia depois do sábado, Jesus venceu a morte e ressuscitou dos mortos (Mateus 28:1). É por isso que nós chamamos este dia de dia do Senhor em memória à Sua ressurreição e o guardamos como o dia de descanso. Nós nos lembramos do dia do Senhor e o guardamos porque este foi o dia em que o Senhor apagou todos os nossos pecados e triunfou sobre eles; também porque foi neste dia que a igreja nasceu (Atos 2:1). Quando você encontrar um adventista, você deve explicar isso a ele.
Quando lemos o Antigo Testamento, há muitas passagens que dizem que Deus nos abençoará se guardarmos o sábado, mas quando lemos o Novo Testamento, vemos que o próprio Jesus trabalhou no sábado. O Senhor também disse: “O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado” (Marcos 2:27). Receber a remissão de pecados é o mesmo que desfrutar do verdadeiro descanso, e o significado espiritual do sábado é receber a remissão de pecados de Deus, se tornar filhos Dele, receber Suas bênçãos e glorificá-Lo pela fé.
É por isso que os ensinamentos de todas as denominações que procuram guardar o sábado literalmente estão errados. Entre essas denominações que dão ênfase ao estatuto do sábado estão os adventistas, os presbiterianos, a Igreja da Santidade e os batistas; e a primeira dentre todas elas é a Igreja Adventista do Sétimo Dia. Até hoje seus seguidores procuraram guardar o sábado ao pé da letra. Por isso, a maioria deles trabalha para si, já que fica difícil eles trabalharem para alguém, pois assim eles teriam que trabalhar no sábado. Eu pertenci à ala “koshin” da Igreja Presbiteriana da Coréia por algum tempo, mas esta denominação também dá muito importância à guarda do dia do Senhor de uma forma legalista. Seus seguidores não compram nada no dia do Senhor e nem costuram suas roupas, tudo para guardar o dia do Senhor como seu dia santo. Eles procuram não ter o menor trabalho que seja por pensarem que Deus lhes disse para não trabalharem no dia do Senhor.
Amados irmãos, vocês têm que entender o significado espiritual do sábado. Todos que crêem em Deus devem guardar o ‘sábado espiritual’. Houve um dia certo em que o verdadeiro descanso veio ao seu e ao meu coração? Sim, este dia de fato existiu. Por mais que nós não lembremos que dia ou mês isso aconteceu, ainda assim houve um dia em que nós recebemos a remissão dos nossos pecados. Que passagem da bíblia nos fala que nossos pecados foram completamente apagados? Todos os nossos pecados foram passados para Jesus quando Ele foi batizado, certo? Eu passei por muitas lutas e sofrimentos para descobrir esta incrível verdade. Ninguém me ensinou essa Verdade da água e do Espírito quando eu fazia seminário, por mais que eu perguntasse sobre isso aos meus professores. E eu tinha pecado em meu coração naquela época.
Um dia, quando eu estava num culto de avivamento, eu pedi a um irmão que me explicasse o evangelho que ele cria, e expliquei para ele como eu o entendia. Ele começou a explicar o sistema sacrificial em Levítico, e então, quando chegou em Mateus capítulo três, ele me pediu para ler a passagem que descreve o batismo de Jesus. Eu li a passagem então, e naquele momento todos os meus questionamentos foram respondidos na mesma hora. Eu pude ver diante dos meus olhos como o Antigo e o Novo Testamento estavam ligados. Então eu disse a ele: “Já chega. Você pode parar agora”.
Eu finalmente entendi a Verdade que eu desejava tanto conhecer. Enquanto lia Mateus 3:13-17, eu entendi a Verdade do evangelho da água e do Espírito e recebi a remissão de pecados em meu coração. Naquele momento, uma grande paz e descanso vieram ao meu coração. Desde então eu tenho crido totalmente neste evangelho da água e do Espírito e o pregado. Sempre que eu prego o evangelho para os outros, eu os levo a entender os pecados do seu coração mostrando-os para eles de modo bem claro, e explico para eles o significado do batismo de Jesus.
Somente quando alguém tem um encontro com o Senhor através do evangelho da água e do Espírito é que ele recebe a verdadeira paz, e isso vale para todos. Embora aqueles que dizem que não têm pecado só porque crêem no sangue da cruz confessarem que seguem ao Senhor, eles não têm descanso nem dão fruto algum. Eles não encontram descanso no Senhor nem nos ensinamentos de sua denominação. Eles dizem que receberam a remissão de pecados somente pelo sangue da cruz, mas como seus pecados poderiam ser remidos se Jesus não os aceitasse ao ser batizado? Hoje não existe mais pecado porque Jesus aceitou todos os pecados em Seu batismo; como pode não haver mais pecado crendo apenas no sangue da cruz? Se o batismo de Jesus for deixado de fora, a bíblia não pode ser entendida, nem o Antigo nem o Novo Testamento.
Sem o batismo de Jesus não podemos entender a bíblia nem receber a verdadeira remissão de pecados. Uma irmã me disse uma vez que seu marido dizia que não tinha pecado, apesar de ele não conhecer o batismo de Jesus. Então, por achar muito estranha essa afirmação do seu marido, ela perguntou a ele:
“Querido, você não tem pecado mesmo?”
“Sim, eu não tenho pecado”.
“Mas como isso é possível?”
“Por que eu teria pecado, já que Jesus levou todos eles na cruz?”
A irmã perguntou então: “E se você pecar amanhã? Ainda assim você não teria pecado? Então seu marido finalmente disse: “Bom, nesse caso querida, eu vou ter pecado”. Ela então falou ao seu marido sobre o evangelho da Verdade cumprido pelo batismo de Jesus e Seu sangue na cruz. Ele então a ouviu com atenção e recebeu a verdadeira remissão de pecados. Se não crermos que Jesus levou nossos pecados em Seu batismo, nenhum de nós poderá dizer que não tem pecado, pois todos nós pecamos todos os dias. Guardar o sábado que Deus nos deu significa de fato guardar a Verdade da remissão de pecados que Ele nos deu também. O fato de Deus ter descansado no sétimo dia significa que Ele nos deu a perfeita salvação. Não é fazendo orações de arrependimento fanaticamente que recebemos a remissão de pecados. Afinal de contas, nós fazemos orações de arrependimento? Nós jejuamos e oramos? Algum de nós foi preso por ir contra o culto xintoísta? Não, nós não fazemos isso, só cremos na Palavra de Deus, e por isso recebemos a remissão de pecados. Por Deus ter apagado todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito, nós agora não temos mais pecado pela fé. Só porque nós encontramos o perfeito evangelho e cremos nele, o evangelho pelo qual Deus apagou todos os nossos pecados, nós não temos mais pecado algum. Mas se, por outro lado, crermos no meio-evangelho que não nos dá a certeza de que Deus de fato acabou com todos os nossos pecados, nossa fé certamente irá mudar então, por mais que creiamos em Deus com todo fervor.
Gênesis capítulo um explica todo o plano de Deus para nós, enquanto que o capítulo dois explica o que Ele fez para salvar a humanidade. Daí por diante, Deus nos dá detalhes específicos do que é Sua Igreja, como Satanás fez o homem cair, como Deus planejou acabar com todos os nossos pecados e como devemos crer Nele. Por isso, se não entendermos o capítulo um de Gênesis não poderemos entender o resto do livro. Por outro lado, se tivermos um entendimento correto do capítulo um, poderemos entender todo o plano de Deus então e, conseqüentemente, entenderemos também os capítulos dois e três.
Os três primeiros capítulos de Gênesis podem ser definidos como a visão geral de toda a bíblia. No primeiro dia da criação, Deus falou da remissão de pecados; no segundo dia, do discernimento espiritual; no terceiro dia, que não poderemos dar frutos de justiça se formos carnais; no quarto dia, Deus nos falou como podemos nos tornar Seus servos; e no quinto dia, Ele nos falou como viver pela fé. No sexto dia, Deus nos diz que Ele criou o homem à Sua imagem e semelhança. O fato de Deus ter criado o homem e a mulher neste dia significa que Ele se alegou em edificar Sua Igreja e completar toda a obra da salvação em Jesus Cristo. No sétimo dia, Deus disse que Ele descansou, pois Ele havia acabado tudo segundo a Sua vontade. Já que Deus havia acabado de criar o universo e tudo que nele há, completamente tudo segundo a Sua vontade, Ele finalmente nos deu a paz. É por isso que Deus diz nos diz que Ele “nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele em amor” (Efésios 1:4).
Na verdade, se você já aprendeu isso até agora, você já aprendeu toda a bíblia. Você não pode aprender esta Verdade no seminário. A Palavra de Deus não pode ser entendida por alguém que ainda não nasceu de novo. É por isso que entre os professores de teologia, praticamente nenhum deles pode ensinar essa Verdade. Sendo assim, aqueles que nasceram de novo através do evangelho da água e do Espírito não são intimidados por ninguém, mesmo quando eles encontram os que se dizem grandes teólogos. Estes podem até ser professores de teologia, mas na verdade não sabem nada. Quando pedimos a eles para abrir a bíblia e falar alguma coisa, eles não dizem nada que presta.
Quando as pessoas não recebem a remissão de pecados pela Palavra da Verdade, elas procuram aprendê-la estudando teologia. Mas não podemos aprender a bíblia através de estudos seculares. E por mais que haja muitos livros cristãos, nenhum deles explica realmente o que é o verdadeiro evangelho. Assim sendo, por mais que os eruditos tenham se esforçado e escrito muitos livros, suas conclusões não passam de ensinamentos humanistas que nos incentivam a ter uma vida honesta, fazer orações de arrependimento e receber o Espírito Santo.
Por isso, o declínio espiritual do Cristianismo atual é algo inevitável. Na Europa, o Cristianismo cresceu por cem anos, mas num período muito curto ele caiu vertiginosamente. Dizem que na Grã Bretanha, que foi um baluarte do Cristianismo no mundo, os cristãos que vão à igreja regularmente hoje em dia compõem menos de 5 por centro da população. Algo parecido está acontecendo praticamente em quase todos os países chamados cristãos, onde toda a população cria em Jesus Cristo um século atrás.
O mesmo está acontecendo na Coréia. Por algum tempo, o número de cristãos aumentou muito, como se fosse um fogo se alastrando, mas agora está caindo a cada ano. E isso está acontecendo porque eles crêem sem conhecer a Verdade. Se os cristãos cressem no evangelho da água e do Espírito, o Cristianismo não teria enfraquecido tanto assim. Apesar disso, os cristãos em todo o mundo estão despertando, lendo nossos livros e estão maravilhados por estarem descobrindo a verdade, entendendo o evangelho da água e do Espírito e tendo sua verdadeira fé restaurada.
O livro de Gênesis nos mostra o plano da salvação de Deus. Ele não nos deu o sábado em vão. Seu desejo foi nos contar sobre a Verdade da salvação pela qual Ele nos libertou de todos os nossos pecados através do evangelho da água e do Espírito. Mas quando e onde essa Verdade da salvação pela qual Deus apagou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito foi totalmente esquecida? O Verdadeiro evangelho desapareceu quando as doutrinas e ensinamentos dos homens, criados pelos seus pensamentos e desejos carnais, começaram a ser reconhecidos, ocultando assim a Verdade da Palavra de Deus.
Deste modo, aqueles que ainda não tiveram o verdadeiro descanso em Jesus Cristo por causa dos pecados do seu coração têm que deixar seu mau caminho e crer na Palavra da Verdade o mais rápido possível. Somente quando eles crerem na Palavra de Deus e deixarem seu pensamento arrogante e seu orgulho de lado é que eles poderão ter o verdadeiro descanso no coração para o resto de sua vida.
Ao nos dar o sábado e nos abençoar realmente neste dia, Deus permitiu que todos conhecessem Sua Palavra de maneira correta, recebessem a verdadeira salvação e guardassem o sábado. Nós temos que ser pessoas que guardam o sábado com a verdadeira fé.