Sermões

Assunto 13: O Evangelho Segundo MATEUS

[Capítulo 24-5] (Mateus 24:9-14) Nos Últimos Dias Deixe de Lado Seu Egoísmo e Mantenha a Sua Fé

(Mateus 24:9-14)
“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo, muitos se escandalizarão, trair-se-ão mutuamente e se odiarão uns aos outros. Surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de quase todos esfriará. Mas aquele que perseverar até o fim será salvo. E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações. Então virá o fim.”
 
 
Eu fui a Injae na segunda-feira. Nós da equipe de trabalho tivemos uma reunião para discutirmos sobre o futuro local do retiro e voltamos na terça. Nós levamos quatro horas e meia para chegarmos aqui porque era o último dia do feriado e pegamos um grande engarrafamento. Feriados prolongados são de fato muito longos. Nós levamos quatro horas e meia para percorrermos uma distância que faríamos em uma hora e meia. Vocês gostaram do feriado? Vocês comeram coisas deliciosas?
Hoje, nós começamos a ler a Bíblia em Mateus 24:9. O assunto aqui são os sete anos da Grande Tribulação. “Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo, muitos se escandalizarão, trair-se-ão mutuamente e se odiarão uns aos outros. Surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de quase todos esfriará.”
Essa passagem nos fala sobre a vinda do cavalo branco, quando Satanás operará com poder através do anticristo, depois da era do cavalo negro. Nessa época, aqueles que não nasceram de novo através do evangelho da água e do Espírito entregarão os nascidos de novo ao martírio. Além disso, os nascidos de novo não serão odiados apenas por uma ou duas pessoas, mas por todas as raças por causa da sua fé no nome de Jesus. Nos sete anos da Grande Tribulação, o mundo será dividido em dois grupos de pessoas: aquelas que nasceram de novo e aquelas que não nasceram de novo, e todas as raças odiarão os nascidos de novo. Todos neste mundo odiarão os nascidos de novo. E os nossos familiares, amigos e parentes nos levarão ao martírio durante a tribulação.
A passagem bíblica acima diz que “por se multiplicar a iniqüidade, o amor de quase todos esfriará.” Isso nos mostra que quando a tribulação vier, o egoísmo do coração do homem chegará ao extremo. Há doze pecados que nascem no coração do homem: os maus pensamentos, os adultérios, os furtos, as prostituições, os homicídios, a avareza, as maldades, o engano, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba e a loucura (Marcos 7:21-22). Se analisarmos cada um destes pecados, veremos que todos eles vêm do egoísmo. Estes pecados vêm do egoísmo e da ganância. Uma pessoa só mata a outra por interesse, só comete adultério para satisfazer a si mesmo e sem se importar com os outros. O ciúme também nasce do egoísmo, quando uma pessoa não gosta de outra seu coração começa a odiá-la; quando alguém é soberbo acaba achando que é melhor do que os outros, e a loucura ocorre quando as coisas não saem como alguém deseja. Todo pecado vem do egoísmo.
A natureza do homem mudou depois que Adão e Eva pecaram. Por isso, todo homem nasce egoísta e sua maldade será muito pior nos dias da tribulação. Quando a maldade do coração do homem vier à tona, ela será ainda maior e o amor de muitos esfriará. O amor de muitos esfriará porque as pessoas deixarão suas atitudes corretas e sua fé e buscarão seus próprios interesses.
Quando o amor no nosso coração se esfria? Quando nós achamos que alguém é egoísta, nosso coração se esfria em relação àquela pessoa. Está tudo bem se alguém é imperfeito, pois os erros e fraquezas podem ser entendidas, aceitadas e toleradas. Mas quando alguém é egoísta, nosso coração o despreza. Nós nem olhamos mais para ele. Deste modo, a situação então não fica mais difícil entre nós?
No dias da Grande Tribulação, o egoísmo chegará ao seu nível mais alto. Schindler, que salvou vários judeus durante a Segunda Guerra Mundial, disse a um oficial alemão que “o ser humano finge que é bom num ambiente propício, mas quando sua vida se torna difícil, a maldade do seu coração vem à tona.” E é isso mesmo. Nos dias da Grande Tribulação, o egoísmo do coração de todos virá à tona e alcançará seu nível mais alto.
Está escrito que o amor das pessoas se esfriará nos últimos dias. “Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo, muitos se escandalizarão, trair-se-ão mutuamente e se odiarão uns aos outros. Surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de quase todos esfriará.” É isso que vai acontecer quando o mundo for acabar. Durante os sete anos da Grande Tribulação, o anticristo surgirá e reinará com violência por sete anos.
Deus planejou que a história do homem fosse revelada em quatro estágios (Apocalipse 6:1-8). O primeiro deles é a era da pregação do evangelho, o segundo é a era das guerras que serão causadas por conflitos de idéias, o terceiro é a era da fome e das catástrofes, e o quarto é a era dos sete anos da Grande Tribulação. Nós agora estamos vivendo na era das catástrofes, e depois disso virá a era do cavalo amarelo, onde o Satanás e o anticristo reinarão no mundo.
A passagem de João 3:16-21 diz: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não crê no nome do unigênito Filho de Deus. A condenação é esta: A luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz porque as obras deles eram más. Todo aquele que pratica o mal aborrece a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem vive de acordo com a verdade vem para a luz, a fim de que se veja claramente que as suas obras são feitas em Deus.”
Deus veio a este mundo como o amor e a luz. Jesus Cristo veio a terra para apontar o pecado das pessoas, para fazê-las voltar do seu mau caminho e para elas receberem a salvação dada por Deus, mas já que elas eram más, elas odiaram a luz e não vieram para ela. Odiar a luz significa que as pessoas sabem que ela está correta, porém amam mais as trevas, não crêem em Jesus Cristo e não vêm para ela. Isso porque elas sabem que seu egoísmo será revelado pela luz. As pessoas concebem a maldade no seu coração e nos seus pensamentos à luz da ética e da moral, para que isso pareça bom aos olhos do homem. Por isso, elas sabem que a justiça de Deus está correta, mas buscam se afastar da luz porque têm medo de sua maldade ser exposta por ela. Tudo que as pessoas têm de fazer é se achegar à luz e reconhecer: “Eu sou assim”, além de crer na justiça de Deus, mas elas a confrontam e a odeiam porque sua maldade pode ser revelada. Essas pessoas têm que reconhecer seu egoísmo e sua imundícia diante de Deus e aceitar a Sua salvação.
Nosso Pai celestial com certeza enviou Seu único Filho Jesus Cristo a essa terra. Jesus levou sobre si todos os pecados do homem neste mundo ao ser batizado por João Batista, morreu na cruz, ressuscitou e nos deu a salvação. E as pessoas só serão salvas se crerem nessa verdade óbvia do evangelho da água e do Espírito. Deus enviou Seu Filho a essa terra não para julgar as pessoas pelos seus pecados, mas para dar a vida eterna àqueles que crêem. Ele fez isso para livrar as pessoas dos seus pecados egoístas e do juízo. Mas há aqueles que crêem nessa verdade e outros que não crêem. Aqueles que não crêem nessa verdade já estão condenados. E eles já estão condenados em seu coração porque não reconhecem seu egoísmo e sua malícia diante de Deus clamar pela Sua misericórdia. Então, quando chegar a hora, eles receberão a sentença final e na mesma hora irão para o inferno. Mas os crentes receberão a salvação.
O que é pecado? A Bíblia diz que “a condenação é esta: A luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz porque as obras deles eram más” (João 3:19). O homem não é salvo, mas condenado pelos pecados, porque ama mais a si mesmo do que a verdade. Nos últimos dias, veremos que o egoísmo será coletivo, até mesmo nos grupos religiosos. Por exemplo, quando puderem, as pessoas só vão querer ir para as grandes igrejas. Elas acham que há muitos benefícios em ser membro de uma grande igreja. E estes lugares possuem muitas coisas para saciar seu egoísmo. Essas pessoas desfrutam da sua fé e se sentem aliviadas sendo reconhecidas pelos outros. Mas, na verdade, elas são fracas na fé, apesar de serem membros de uma instituição reconhecida pela sociedade. Por isso, muitos procuram as grandes igrejas para serem reconhecidos e nem percebem que no final vão para o inferno por causa da sua falsa fé. É por isso que eles são extremamente egoístas. E foi este egoísmo que criou as grandes igrejas e as denominações. É por causa deste egoísmo que muitos cristãos afirmam crer em Jesus e buscam as grandes denominações reconhecidas pelo mundo.
“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” Embora seja óbvia a verdade de que Jesus nos salvou totalmente levando sobre si nossos pecados ao ser batizado, morrendo na cruz e ressuscitando, há muitos que não crêem nisso. E isso não acontece porque a verdade é incompleta, mas porque eles querem esconder seus pecados. É isso que chamamos de pecado do egoísmo. E este egoísmo será ainda maior nos dias da tribulação.
A história a seguir aconteceu num feriado como este. Havia um homem que amava muito uma mulher, mas a família dela não permitiu o casamento. Ele então matou sua família toda a tiros no dia de ano novo. Cada ser humano tem uma personalidade, por isso, não é algo normal você dizer que não gosta de alguém quando não gosta de si mesmo? Faz algum sentido este homem ter matado a família da mulher porque ela era contra seu casamento? Sua família por acaso eram animais? Já houve um caso de alguém se morto porque demorou muito falando ao telefone público. O egoísmo das pessoas realmente cresceu demais.
Você sabe por que as pessoas preferem os carros maiores e mais fortes? Por causa do seu grande egoísmo. Hoje em dia há muitas pick-ups com grandes pára-choques. E tem muita gente na Coréia que fica se mostrando ao dirigir estes carros de 30 mil dólares. Mas por que eles preferem esse tipo de carro? Tudo por causa do seu egoísmo. Vamos imaginar que haja uma batida com esse tipo de carro. Quem tem a maior possibilidade de morrer? É claro que é o motorista do carro pequeno que tem um pára-choque menor. É por isso que as pessoas preferem os carros de maior tecnologia, com motores poderosos, barras de metal, equipamentos avançados e grandes pára-choques, pois elas são egoístas, querem se mostrar e se sentir seguras. Isso é algo que vem do coração maligno do homem. Melhor dizendo, isso serve para satisfazer seu egoísmo e sua maldade.
Olhe bem para a sociedade. Não há nela muitos produtos do egoísmo do homem? Até quando morrem as pessoas não querem o melhor lugar para colocar o seu túmulo e uma grande lápide? Que diferença faz para um morto se sua lapide é grande ou pequena? Os vivos é que querem se mostrar, e uma lápide pequena fere o seu orgulho. Alguém pode até ficar olhando para uma lápide e dizer: “Este é meu ancestral”, mas isto faz alguma diferença para seu ancestral? O morto por acaso vai saber se alguém jogar uma pedra ali ou colocar estrume? As pessoas constroem grandes mausoléus, colocam grandes lápides e põem um telhado de madeira talhada sobre ele só para se mostrar.
Em Taiwan, quando morre o parente de alguém, eles colocam algo como geladeiras, televisões e coisas como essas no mausoléu feito de mármore. Eu fiquei abismado quando ouvi que para se construir um mausoléu no melhor lugar de Taiwan custa cerca de 11, 2 milhões de dólares. É claro que os membros da família fazem isso porque amam o falecido, mas o verdadeiro motivo é ostentar a riqueza da família. E eles fazem isso porque crêem que quanto mais eles adorarem os deuses dos seus ancestrais, mais eles os abençoarão. Nós vemos que o egoísmo humano é geralmente demonstrado dessa forma. E ele não será ainda maior nos dias da tribulação?
No fim dos tempos, aqueles que não nasceram de novo farão grandes maldades pelo espírito de Satanás. E eles sabem muito bem que serão condenados por Deus. Elas sabem que seu coração e seus pensamentos são maus, sujos e violentos a ponto de fazer com que eles sintam nojo de si mesmos. Todos eles quando pensam sobre si mesmos sabem muito bem que “irão para o inferno com toda certeza.” É por isso que eles dizem: “Eu vou fazer mais maldade antes de ir para o inferno.” As pessoas não são salvas do seu pecado não porque o Senhor não tenha dado a elas a perfeita salvação. Isso acontece porque elas mesmas odeiam a luz da verdade.
Deus deu Seu único Filho ao mundo porque Ele o amou muito, e foi por isso que Ele enviou Jesus, não para nos julgar, mas para nos salvar dos nossos pecados. Nós temos que entender que Ele enviou Seu Filho para nos salvar. E temos que crer na verdade de que Jesus foi batizado para levar até a cruz todos esses pecados, morreu sobre ela, ressuscitou dentre os mortos, e assim nos salvou de todos os nossos pecados. Muitas pessoas têm grandes perdas por não crerem nessa verdade. O que eles preferem é desfrutar deste mundo e dizem: “Eu não posso crer nessa verdade mesmo que eu vá para o inferno depois.” Deste modo, eles não aceitam a verdade. Nós temos que entender que muitas coisas assim acontecerão nos últimos dias.
Nós atualmente estamos vivendo na terceira era, a do cavalo negro, e é por isso que há muitas pessoas morrendo de fome. E daqui a pouco tempo um terço do mundo será destruído pelas guerras. Nos últimos dias, o que acontecerá a este mundo quando o egoísmo do coração do homem chegar ao limite? Ele será um lugar terrível de conflitos onde será difícil até respirar. Aí então, o anticristo surgirá, começará a operar e surgirá o tempo que o Senhor nos disse que será a Grande Tribulação. Nos dias da Grande Tribulação, muitos cristãos nascidos de novo morrerão. Isso significa que todos que não se submeterem ao anticristo e quiserem a Deus, serão mortos. Esse tempo logo chegará, e nós sabemos que ele está muito perto.
Toda nossa série de livros do 1 ao 10 foram publicados em inglês. Nestes livros, eu falo de todos os assuntos que os cristãos no mundo todo consideram importantes. Através destes livros, todos aprenderam que o Cristianismo no mundo inteiro possui uma fé errada. Eles terão um grande impacto na vida de quem tem uma fé errada, mas busca a verdade. Estes livros irão mudar totalmente a fé das pessoas e elas de fato nascerão de novo quando crerem no evangelho da água e do Espírito.
Nós não devemos ser egoístas nestes últimos dias. Todos são egoístas por natureza, mas aqueles que têm a verdadeira fé pelo menos se importam um pouco com os outros. Aqueles que realmente nasceram de novo se importam com as pessoas, que elas recebam a salvação. No entanto, os justos também são egoístas, pois eles são seres humanos. Mas os justos têm que viver para o bem dos outros, porque estes são os verdadeiros cristãos.
Vocês devem ter encontrado seus familiares neste feriado. Mas quando vocês encontram seus familiares, eles perguntam a vocês: “Você vive do quê? Você ganha muito dinheiro? Você tem dinheiro na sua conta bancária? O que você vai fazer no futuro?” Quando uma família se reúne aqueles que são bem sucedidos se alegram, mas aqueles que ganham apenas para seu sustento mal podem levantar a cabeça com vergonha. Como um cachorrinho que coloca o rabo entre as pernas quando encontra um cachorro maior, assim é o pobre diante do rico. E o mesmo acontece com vocês. A comparação com os outros, o desejo de estar sempre uma posição acima e não servir aos mais fortes – tudo isso vem do coração egoísta do homem.
Nós justos sabemos que a iniqüidade aumentará e que o amor de muitos se esfriará nos sete anos da Grande Tribulação. É por isso que temos que rejeitar nossa mente egoísta. Quando alguém rejeita seu egoísmo, surge o amor puro. Os justos que receberam a remissão de pecados têm pelo menos que conter seu egoísmo e ter a fé que os leva a se sacrificar pelas almas perdidas. Nós justos temos que ter essa fé, nos sacrificar para que o evangelho da água e do Espírito seja pregado, mantendo o temor a Deus, amando os nossos irmãos e vivendo para aqueles que ainda não receberam a remissão de pecados.
O inimigo mais perigoso para nossa fé é o egoísmo. O egoísmo mata nossa fé em Deus, tira o nosso desejo de segui-Lo e nos leva a ter uma vida centrada em nós mesmos para que nos tornemos inimigos de Deus. Portanto, o egoísmo é algo totalmente nocivo à nossa vida de fé. Se nós conhecêssemos bem os resultados desastrosos que o egoísmo causa na nossa mente e no nosso coração, nós iríamos desistir dele e pregar o evangelho até o Senhor voltar.
A passagem bíblica deste capítulo diz: “E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações. Então virá o fim.” Quando este evangelho for pregado em todo o mundo, o Senhor voltará. Nosso propósito é pregar este evangelho a um terço do mundo este ano. E quando nós vemos a disposição que o Senhor nos deu, sabemos que “está perto o tempo da Sua volta.” As pessoas não poderão continuar vivas, mesmo que queiram. Embora elas queiram um mundo melhor, isso só acontecerá enquanto estivermos pregando o evangelho. Mas assim que a vontade de Deus for cumprida por completo, o mundo ficará de pernas para o ar. Ele virará um completo caos. Já que o Senhor disse que o evangelho será pregado no mundo inteiro, eu creio no que está escrito.
Você pode até perguntar: “Como é que o evangelho será pregado no mundo inteiro?”, mas você verá Deus fazer coisas tão maravilhosas que o homem não vai entender. Deus opera de uma forma incomum para que o evangelho seja pregado em todo o mundo. Por exemplo, temos visto que em alguns casos, alguns israelitas estão pedindo mais livros em russo do que em hebraico. Eles devem ser russos que vivem em Israel ou os judeus que viveram muito tempo na Rússia, mas depois voltaram para sua terra natal. Eu ouvi dizer que um deles recebeu a remissão de pecados depois de ler nossos livros e hoje está pregando o evangelho para todos ao seu redor. Jesus disse que o mundo acabaria quando o evangelho fosse pregado no mundo inteiro. É por isso que o evangelho está sendo pregado continuamente. Nós cremos que, pelo Senhor estar trabalhando, o evangelho será pregado até mesmo em países que proíbem o Cristianismo.
Eu creio que “nos últimos dias o egoísmo se espalhará por todo o mundo e isso trará sobre ele grandes problemas.” É por isso que nós justos temos que viver pela fé, rejeitando nosso egoísmo até a volta do Senhor. Nem é preciso dizer que a fé dos justos nascidos de novo depende de eles crerem ou não na Palavra de Deus, e também do quanto eles estão dispostos a rejeitar seus pensamentos egoístas e se sacrificar pelos outros. Nestes últimos dias, Satanás está fomentando o egoísmo até mesmo nos justos para dificultar sua vida de fé. No entanto, por mais que Satanás queira atrapalhar nossa vida de fé, nós justos, como filhos de Deus, temos que conhecer seus planos, nos apegar ao amor de Deus e ter uma vida de fé sem egoísmo.
Hoje, todos os ensinamentos básicos do evangelho foram colocados em dez livros. E eu sou muito grato a Deus por este grande passo que demos rumo à pregação do evangelho. Mas nós só conseguimos fazer a obra de Deus porque trabalhamos juntos. Quando eu olho para tudo isso meu coração se alegra e eu me sinto grato. E já que temos todas essas pessoas que estão servindo ao evangelho, ele está sendo pregado no mundo todo. Os nascidos de novo, que estão servindo a este evangelho, vencem o egoísmo, mas aqueles que deixaram a Igreja depois que receberam a remissão de pecados só buscam satisfazer seu egoísmo. Eles podem até ter recebido a mesma remissão de pecados, mas não podem se sentir abençoados com a alegria de pregar o evangelho, porque só buscam satisfazer seu egoísmo, considerando-o um valioso tesouro. Amados irmãos, como é que todos neste mundo poderão receber a remissão de pecados se nós não deixarmos de lado nosso egoísmo e servirmos ao evangelho? Como é que outras pessoas receberão a remissão de pecados se vocês viverem só para si mesmos?
Nós vemos que nossos pastores e nossos irmãos às vezes sujam suas mãos fazendo um trabalho fora da igreja, ficam lá fora quando está frio, e depois trabalham aqui dentro até eles ficarem totalmente exaustos. O mundo ainda tem esperança e as pessoas ainda podem ser salvas porque cada um de vocês deixou de lado seu egoísmo, e serviu a este evangelho em todo o tempo por amor ao Senhor, pelas almas perdidas, para fazer a vontade de Deus e pela Sua justiça. Vocês foram salvos assim também. Quem de vocês teria recebido a remissão de pecados se alguém que foi salvo antes de vocês não tivesse rejeitado seu egoísmo e servido ao evangelho? Uma flor não nasce por si mesma, pois para que ela venha a brotar, é preciso haver terra, água para regá-la e um vaso de flores. Quando ela brota então, sua raiz lhe provê o alimento e o vaso a protege para que ela cresça. Se uma flor brotar por si mesma e sem estes cuidados, isso parece algo estranho e impossível. Tudo tem que trabalhar junto para que a flor venha a nascer, para que ela fique bonita e Deus seja glorificado. Sendo assim, se vocês não servirem de vaso, como a flor do evangelho irá crescer? Eu sei muito bem que o evangelho só está sendo pregado no mundo todo porque todos vocês têm sido fiéis e assumido seu lugar servindo a ele. Eu sou grato pelo evangelho estar sendo bastante pregado e espero colher muitos frutos na obra que estamos fazendo.
Este ano o evangelho será pregado ainda mais. Eu creio que o Senhor fará isso, trabalho e oro por este propósito. Nós temos que servir ao Senhor com toda alegria e cheios de vigor até que Ele volte. Ele logo voltará. E eu espero que Ele volte logo mesmo. E vocês? Vocês estão felizes porque o Senhor voltará logo quando o evangelho for pregado no mundo inteiro, e todos crerem Nele com um coração humilde? Eu desejo que chegue logo o dia em que as pessoas que crerão tenham fé Nele, pois os não-crentes não crerão Nele de forma alguma.
Aquele que guarda seu egoísmo e finge ser bom, rejeitará o evangelho. Por outro lado, aqueles que buscarem o Senhor e dizerem: “Embora eu seja imperfeito, eu sei que o Senhor vai me salvar”, receberão a salvação. Há dois grupos de pessoas no mundo: os que são a favor e os que são contra o evangelho da água e do Espírito. Aqueles que são egoístas não crêem no evangelho da água e do Espírito, porém aqueles que buscam a misericórdia do Senhor com sinceridade receberão a salvação por crerem neste evangelho.
Deus quer que o evangelho seja pregado de modo firme e imparcial. Eu creio que Deus destruirá este mundo no tempo devido, quando o evangelho for pregado no mundo todo, quer as pessoas creiam nele ou não. Deus dará a todos a chance de crer no evangelho e dirá: “Se você não crê, já está no inferno. Se você crê, seus pecados já foram remidos e você está salvo.” É assim que Ele julgará o mundo.
Quando o evangelho for pregado em todo o mundo, Deus fará com que ele passe pelos sete anos da Grande Tribulação e deixará que Satanás reine totalmente até o fim. Eu creio que Jesus Cristo, o Rei dos reis, virá a terra, destruirá o diabo e os que estiverem sujeitos a ele, punirá os pecadores e estabelecerá o Reino Milenial com os justos. O Senhor viverá com os justos por mil anos, e depois destes mil anos, Ele lançará no inferno, no fogo que nunca se apaga, aqueles que estiverem cheios de egoísmo, que rejeitaram a justiça e o amor de Deus. E depois do Reino Milenial, aqueles que creram na justiça de Deus e foram salvos pelo Seu amor, viverão para sempre como reis no Reino dos Céus. Este é o plano de Deus. Se perdermos alguma coisa nessa terra pelo evangelho, Deus em troca nos dará muito mais naquele dia.
Até no futuro, o egoísmo que há no nosso coração será muito grande. No entanto, já que nós não somos tolos, todos saberemos se valerá a pena ou não dar lugar a este egoísmo. Eu aconselho vocês a esperar pela volta do Senhor, receber a vida eterna pela fé e guardar essa fé crendo em Suas promessas.
Eu sou grato a Deus por nos dar o privilégio de entrar no eterno Reino dos Céus. Amém.