Sermões

Assunto 15: A Epístola do Apóstolo Paulo aos GÁLATAS

[Capítulo 3-2] (Gálatas 3:23-29) Quando é que o Vazio do Nosso Coração é Preenchido?

(Gálatas 3:23-29)
“Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, encerrados para aquela fé que se havia de manifestar. De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, a fim de que pela fé fôssemos justificados. Mas, depois que a fé veio, já não estamos debaixo de aio. Todos vós sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus, pois todos vós que fostes batizados em Cristo, vos revestistes de Cristo. Desta forma não há judeu nem grego, não há servo nem livre, não há macho nem fêmea, pois todos vós sois um em Cristo Jesus. E, se sois de Cristo, então sois descendentes de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.”
 
 
Aqueles que Amam o Mal Não Vêm para a Luz
 
A Bíblia diz: “Todo aquele que pratica o mal aborrece a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas” (João 3:20).
Muitas pessoas neste mundo estão com o coração vazio. E a fim de encontrar alegria e satisfação para o seu coração, as pessoas buscam os prazeres carnais nas artes, na música, na literatura, e daí por diante. No geral, as pessoas acham que se todas as suas necessidades básicas forem supridas, ou se elas ficarem ricas ou poderosas, seu coração se sentirá totalmente realizado. Mas ninguém pode se sentir totalmente realizado com as riquezas do mundo. Um homem pode viver numa grande mansão, mas a verdade é que ele não pode preencher nem uma pequena parte do seu coração apenas com as coisas do mundo. Você tem que entender que dinheiro, fama, poder, as relações humanas e afetivas, ou qualquer outra coisa neste mundo não podem satisfazer o coração de ninguém. Todos têm procurado então as religiões deste mundo, mas até mesmo nelas não puderam encontrar a verdadeira realização.
 
 
Por Que o Coração das Pessoas está Tão Vazio e Insatisfeito?
 
Isso está acontecendo porque as pessoas estão tentando preencher o vazio do seu coração com as coisas deste mundo. Por mais que alguém tente preencher seu coração com as coisas do mundo, ele nunca encontrará a verdadeira satisfação. Por que todo ser humano leva uma vida tão insatisfeita assim? Algumas pessoas, embora sejam ricas, são miseráveis porque nada lhes agrada. Ao contrário, embora eu não tenha nada mais do que o evangelho da água e do Espírito, eu sou muito feliz por causa desse evangelho. Por isso eu levo uma vida de gratidão, e coloco minha fé no evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor. Eu aconselho a cada um de vocês a levar uma vida abençoada.
Por que o coração das pessoas está tão insatisfeito e vazio? Seu coração é vazio porque a Palavra de Deus não está nele, mesmo que elas tenham tudo neste mundo. Esse vazio é a prova de que em sua alma não há fé alguma no evangelho da água e do Espírito de Deus. Deus disse ao relatar a Criação: “A terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas” (Gênesis 1:2). A Bíblia diz aqui que o coração das pessoas está vazio porque elas não conseguiram resolver o problema do pecado.
Meus amados irmãos, vocês se sentiriam realizados se fossem respeitados eruditos neste mundo? Seu coração ficaria satisfeito se vocês fossem muito ricos? As pessoas fazem de tudo para tentar preencher esse vazio, bebem, cantam, dançam. Mas a tristeza é tudo que permanece no seu coração depois. O nosso coração jamais pode se sentir realizado com essas coisas. Você e eu não podemos encontrar a verdadeira realização por causa do problema dos nossos pecados. O coração das pessoas não pode aproveitar a verdadeira satisfação porque a verdade é que ainda há pecado em seu coração. A não ser que resolvamos o problema do pecado, nosso coração está fadado a continuar vazio o tempo todo e sem nenhuma satisfação. É por isso que eu te digo que se você quiser ter seu coração realizado, você deve receber a remissão dos seus pecados através do evangelho da água e do Espírito.
Antes que mais tristeza e o vazio tomem conta da alma das pessoas, há uma verdade que elas têm que conhecer. A verdade é que a verdadeira satisfação só poderá ser encontrada quando elas crerem no evangelho da água e do Espírito e receberem a remissão dos seus pecados. Você também tem que resolver o problema dos seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. Só então você poderá encontrar a verdadeira satisfação. Todos os seres humanos devem receber a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor. Só então eles poderão encontrar a verdadeira satisfação através do Senhor, mesmo que sejam tão incapazes.
Hoje em dia existem viciados em drogas? Por que as pessoas usam drogas e são alcoólatras? É por que elas não sabem que as drogas e o álcool fazem mal a elas? Não. Mas porque elas não podem encontrar a verdadeira satisfação na sua vida usando drogas e álcool. Isso é uma conseqüência trágica por elas não terem recebido Jesus em seu coração. As pessoas estão sofrendo tanto assim porque não conhecem o evangelho da água e do Espírito e nem crêem nele.
 
 
A Razão Pela Qual Todos Vivem Tristes
 
Por que todo mundo é triste? Porque as pessoas amam mais as trevas do que a luz da Verdade que Deus nos deu. O apóstolo João disse: “Todo aquele que pratica o mal aborrece a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas” (João 3:20). Meus amados irmãos, Deus disse que os seres humanos são da descendência do maligno (Isaías 1:4). Portanto, as pessoas têm que reconhecer diante de Deus que são más e crer no evangelho da água e do Espírito. Mas ao invés disso, muitas pessoas não aceitam a verdadeira luz da salvação em seu coração, com medo dos seus pecados serem revelados diante de Deus quando elas vierem para o evangelho da água e do Espírito. Resumindo, elas estão tentando esconder os seus pecados. Como existem pessoas neste mundo que são incapazes de encontrar a luz da salvação em sua vida!
A lista dos pecados de todo mundo está em Marcos 7:21-22. Ele nos diz que há 12 pecados no coração do homem, como está escrito: “Pois do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, e a loucura.” Sabendo que todos cometem esses 12 pecados o tempo todo, a vontade de Deus é que as pessoas venham a Ele pecaminosas como elas são e sejam purificadas de todos os seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. No entanto, contra a vontade de Deus, muitas pessoas ainda estão tentando obedecer a Lei hipocritamente diante de Deus, tentando apenas esconder os seus pecados.
O coração humano é pecaminoso assim. Mas existe algo que podemos esconder de Deus? Se nós tentarmos poderemos esconder nossos pecados de Deus? Sócrates, o famoso filósofo, disse: “Conhece a ti mesmo.” Quando o homem conhece a si mesmo, ele sabe que é um poço de pecados, e que ele está condenado a pecar sua vida intera. Por que, então, aqueles que têm uma fé legalista se exaltam diante de Deus e são hipócritas que fingem ser santos, já que não podem receber a remissão de pecados?
Para que vocês tenham fé no evangelho da água e do Espírito, eu peço a todos vocês agora que reconheçam que são pecadores, e admitam que estão condenados por causa dos seus pecados, e venham para o evangelho da água e do Espírito. E ao invés de terem medo de Deus, venham para o evangelho da água e do Espírito, venham para a luz. Nosso Senhor sabe tudo sobre nós e está nos esperando.
Todos tentam evitar o evangelho da água e do Espírito para que sua maldade não seja revelada, mas isso é certo? Isso acontece porque eles não querem crer em Jesus Cristo como seu verdadeiro Salvador. Algumas pessoas não conseguem crer porque são totalmente ignorantes em relação a Jesus Cristo e à própria existência da luz, enquanto outros evitam a luz porque têm medo que ela revele os seus pecados.
No mundo cristão, há muitos que se encaixam no último caso. Por exemplo, quando alguém pergunta a um pastor: “Você nasceu de novo? Você tem pecados?” Ele responde dizendo que ainda há pecado em seu coração, mas que mesmo assim acha que sua fé está certa. Pessoas assim nem tentam conhecer o evangelho da água e do Espírito. Todos os pastores legalistas de hoje ministram dessa forma. Eles dizem para sua igreja: “Meus amados irmãos, tenham uma vida santa! Vocês devem se santificar todos os dias. Os diáconos não devem mentir. E o mesmo vale para os diáconos mais antigos e para os presbíteros. Se vocês querem ser batizados, vocês têm que parar de fumar e de beber. Todos vocês têm que guardar o domingo, que é o dia do Senhor. E vocês não devem magoar as pessoas. Vocês devem ser um exemplo para todos.” Mas da sua boca não ouvimos nenhuma palavra sobre o evangelho da água e do Espírito que pode livrar a todos do pecado.
Esses líderes cristãos são aqueles que iludem suas igrejas com mentiras. Quando os crentes vêm à igreja, eles dizem: “Tenham uma vida santa,” e seu culto a Deus é hipócrita. Eles se esforçam o máximo só para esconder sua maldade, e para que as iniqüidades da sua igreja não venham ser expostas. Eles iludem seu coração, sua consciência, seus pensamentos, e sua alma. Embora haja pecado no seio da congregação, eles dizem: “Vocês irão para o Céu mesmo que tenham pecados, porque vocês crêem em Jesus.” Para que sua igreja se sinta segura, essas pessoas enganam os cristãos dizendo: “Você é pecador, mas mesmo assim Deus te considera um justo. É por isso que Jesus disse aos fariseus: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Sois semelhantes aos sepulcros caiados”. Um sepulcro caiado parecia muito limpo por fora. Mas dentro dele havia um cadáver apodrecendo. Sendo assim, podemos dizer que aqueles que dizem que crêem em Jesus mais ainda têm pecado em seu coração são como os sepulcros caiados.
 
 
Pode Ser que o Coração Daqueles que Crêem em Jesus Também Esteja Vazio
 
Por que as pessoas deste mundo sentem um vazio no coração? Apesar de até mesmo os cristãos crerem em Jesus, eles sentem seu coração vazio, e é por isso que eles vão para os retiros espirituais, e mudam de uma igreja para outra. Muitas pessoas crêem em Jesus como seu Salvador hoje em dia, mas muitas delas vivem sem ter nascido de novo, porque não conhecem o evangelho da água e do Espírito, que o único evangelho da Verdade. Para satisfazer seus desejos pessoais, elas arrumam suas malas e vão para os retiros espirituais para buscar o Senhor. Mas quando as coisas não acontecem como elas querem, elas se perguntam: “Será que isso aconteceu porque eu não dei ofertas o suficiente? Talvez seja porque eu não guardei o domingo.” E então elas fazem mais orações de arrependimento ainda.
Por que as pessoas atualmente buscam o Senhor de uma forma tão estúpida? Por que elas vivem tão confusas, sem conseguir encontrar a Verdade que pode salvá-las? Elas estão morrendo enganadas pelos falsos profetas e pelos ladrões de almas. Por isso, o que elas têm a fazer é rejeitar as palavras mentirosas dos falsos profetas e crer no evangelho da água e do Espírito. No entanto, o mais triste é que elas não sabem como fazer isso e continuam presas às suas igrejas.
Em João 10:10 Jesus disse: “O ladrão só vem para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância.” Como é que você pode ter uma nova vida? Você já encontrou a luz da salvação crendo no evangelho da água e do Espírito? Ao reconhecermos a Verdade do evangelho da água e do Espírito, e quando crermos nela de coração, nós recebemos a luz da salvação através da fé.
Todo mundo tem sua própria opinião e sua maneira de pensar. Todavia, para que alguém seja salvo de todos os seus pecados, ele primeiro precisa abandonar sua própria opinião e se apegar à Palavra de Deus. No que, então, as pessoas devem crer de todo coração? Em nada mais do que na Verdade do evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor. Elas precisam crer que nosso Senhor Jesus Cristo aceitou todos os pecados do homem sobre Seu próprio corpo ao ser batizado por João, recebeu todos esses pecados sobre Sua cabeça, e suportou toda a condenação para purificá-los. A Verdade do evangelho da água e do Espírito é que o Senhor foi batizado por João, derramou Seu sangue, e ressuscitou dos mortos. Meus amados irmãos, se vocês querem satisfazer seu coração, vocês têm que crer de coração no evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu. É por esse motivo que a Bíblia diz que “com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação” (Romanos 10:10).
Aparelhos domésticos como televisores, vídeos cassete, e ares condicionados sempre vêm com um manual. E nós só começamos a usar esses produtos depois de lermos o manual. Não há ninguém que duvide ou não acredite no que diz esses manuais. E para que o aparelho funcione perfeitamente sem nenhum problema, nós temos que usá-lo de acordo com o que diz o manual. Se por acaso usarmos o aparelho fora do que diz o manual, nós acabaremos tendo problemas sérios tipo choques elétricos ou mau funcionamento do produto. Da mesma forma, a salvação que Deus nos deu só pode ser recebida pela fé no “evangelho da água e do Espírito” como está escrito na Bíblia.
Entre Deus e o homem, existe uma lei que é justa e que se chama Lei de Deus, e é através dela que as pessoas são guiadas a Jesus Cristo. Se não fosse pela Lei de Deus, nunca teríamos nos tornado pecadores, e já que o evangelho da água e do Espírito não teria nenhuma utilidade, nós nunca seríamos salvos. Nós temos que entender que nossa verdadeira vida de fé só começa depois que a justiça de Deus entra em nosso coração. Para ser mais claro ainda, é a partir do momento que nós reconhecemos nossos pecados através da Lei de Deus que começamos a entender o verdadeiro evangelho. Em outras palavras, só quando lemos o primeiro capítulo de um manual que se chama Lei e confiamos nele, agindo exatamente como ele diz, é que podemos alcançar seguramente, e pela fé, nosso destino final chamado Reino de Deus.
Deste modo, reconhecemos que somos pecadores através da Lei dada por Deus, e somente nos tornamos justos quando cremos no evangelho da água e do Espírito que nos liberta de todos os nossos pecados. Assim sendo, primeiro nós temos que entender bem os princípios da Lei e a razão pela qual Deus a concedeu a nós, e então devemos aceitar Jesus Cristo em nosso coração crendo no evangelho da água e do Espírito para que sejamos perfeitamente purificados de todos os nossos pecados.
Enquanto estão vivendo neste mundo, as pessoas fazem coisas boas e más, porém de uma maneira geral, os seus erros ficam gravados em sua mente por muito mais tempo do que as coisas boas. E de tempos em tempos nós nos lembramos desses pecados e nosso coração se entristece. Todos os seres humanos são incapazes, e mesmo que ninguém conheça os seus pecados, eles se preocupam com eles, mas ao invés de tentar resolvê-los por si mesmos, o que eles devem fazer é levá-los ao Senhor.
As pessoas estão tentando resolver o problema dos seus pecados confiando na sua fé religiosa e orando ao seu próprio Deus. Mas como é que deuses feitos por homens podem livrá-los das suas preocupações? Eles têm que saber que só serão completamente libertos dos seus pecados quando seu coração tiver certeza da salvação por eles crerem no evangelho da água e do Espírito.
 
 
O Vazio do Nosso Coração Só Vai Desaparecer Quando Tivermos Fé na Justiça de Deus
 
A passagem das Escrituras que vimos aqui diz: “depois que a fé veio, já não estamos debaixo de aio.” Em outras palavras, já que nascemos de novo crendo no evangelho da água e do Espírito, nós não estamos mais debaixo da Lei, o aio mencionado aqui. Sendo assim, quando é que a verdadeira fé faz com que recebamos a remissão de pecados então? É quando cremos no evangelho da água e do Espírito que a recebemos em nosso coração. As preocupações e os medos do nosso coração desaparecem imediatamente quando nós encontramos Jesus que veio a essa terra através da água e do sangue. Melhor dizendo, quando nascemos de novo crendo no evangelho da água e do Espírito, todo vazio do nosso coração desaparece.
Para todo ser humano, encontrar paz de espírito só é possível quando a verdadeira fé nasce em seu coração. Jesus nos disse: “Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade” (João 4:24). Sendo assim, desde quando nós podemos adorar a Deus em espírito e em verdade? Desde quando soubemos que todos os nossos pecados foram passados a Jesus Cristo através do Seu batismo e cremos nisso é que podemos adorar a Deus em espírito e em verdade, e em paz.
Por que Deus ordenou: “Não terás outros deuses diante de mim”? Você consegue amar a Deus mais do que todas as coisas? Só conseguimos amar a Deus acima de todas as coisas quando recebemos a remissão dos nossos pecados crendo no evangelho da água e do Espírito que Jesus nos deu. Entretanto, se não reconhecermos a salvação da Verdade e não passarmos os pecados do nosso coração a Jesus pela fé, jamais então nós poderemos amar a Deus acima de todas as coisas. É por isso que na nossa natureza humana somos incapazes de não ter outros deuses diante de Deus a não ser que nasçamos de novo da água e do espírito.
Mas apesar disso, já que a fé nos foi dada, podemos amar a Deus de coração e pela fé, e dar graças ao Senhor e louvá-Lo, embora não sejamos 100% perfeitos em nossos atos. Portanto, depois que recebemos a fé, não estamos mais debaixo da Lei, mas nos tornamos herdeiros de toda a herança de Deus. A verdadeira vida cristã de fé começa só depois de recebermos a remissão dos nossos pecados.
“Ao ser batizado, o Senhor de fato levou os meus pecados e os apagou a todos. Agora eu não tenho mais pecados. Já que o Senhor levou todos os meus pecados ao ser batizado, eu me tornei justo porque eu creio nisso. Já que o Senhor recebeu toda a condenação por causa dos meus pecados em meu lugar, eu não serei mais condenado. Eu sou tão incapaz, mas mesmo assim Ele me salvou de todos os meus pecados.” Depois que cada um de nós recebeu essa fé, passamos a entender que não precisamos mais estar debaixo da maldição da Lei, da Sua ira e da Sua condenação. Agora sabemos que estamos incluídos na salvação dada por Deus. Desde então começamos a viver pela fé. Sendo assim, temos que entender que só podemos levar uma vida de fé depois que cremos no evangelho da água e do Espírito.
Quando você passou a crer que Jesus Cristo é o seu Salvador? Quando foi que todas as suas preocupações sumiram do seu coração? Tudo isso aconteceu quando vocês passaram todos os seus pecados a Jesus Cristo crendo no Seu batismo. Através do batismo que recebeu de João, Jesus Cristo levou todos os nossos pecados de uma vez por todas, nos livrando da morte ao morrer na Cruz, e ao ressuscitar dos mortos, Ele se tornou o verdadeiro Salvador de todo aquele que crê no evangelho da água e do Espírito. Por isso, podemos ver aqui que Deus quer que tenhamos fé para entendermos e crermos: “Ah, o Senhor aceitou todos os meus pecados através do Seu batismo, morreu na Cruz, ressuscitou dos mortos, e assim se tornou meu verdadeiro Salvador.”
Quando cremos verdadeiramente em Jesus que veio pela água e pelo espírito e, portanto, quando temos a fé que nos torna justos, é que finalmente somos salvos. Depois de termos essa fé, é através dela que passamos a levar uma vida de fé. Sendo assim, mesmo que você tenha crido em Jesus por 10 ou 20 anos, você pode ter certeza que é a partir do exato momento em que você crê no evangelho da água e do Espírito que sua fé como nascido de novo começa. Até mesmo quem tem levado uma vida de fé por décadas pode nascer de novo agora. Por isso, nem todos os cristãos podem de fato dizer que nasceram de novo só porque crêem em Jesus como seu Salvador.
 
 
A Lei é a Caminho que Nos Leva à Justiça de Deus
 
Quando encontramos o evangelho da água e do Espírito através de Jesus Cristo é nós que passamos a entender o que é a justiça de Deus. Foi por isso o apóstolo Paulo disse: “Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.” Antes de sermos salvos e de nascermos de novo, estávamos cativos à Lei. O apóstolo Pedro diz em 1 Pedro 3:19 que Jesus Cristo pregou aos espíritos em prisão. Os “espíritos em prisão” aqui são os pecadores que foram aprisionados por causa da Lei. Foi por isso que o apóstolo Paulo disse: “Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.”
O que significa o aio citado nessa passagem? A palavra grega para aio é paidagogos, era freqüentemente usada como escravo-tutor, que levava e buscava a criança na escola. Como essa era uma prática adotada pela aristocracia grega, ela também foi adotada pelas famílias ricas da aristocracia romana nos dias de Paulo, onde os pais designavam um escravo antigo e de confiança para cuidar dos seus filhos e levá-los para escola todos os dias, garantindo sua educação assim. Da mesma forma, a Lei fazia o papel de um tutor guiando as pessoas direto para Jesus Cristo.
A essência da Lei são os Dez Mandamentos. “Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura. Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão. Lembra-te do dia do sábado. Honra a teu pai e a tua mãe. Não matarás. Não adulterarás. Não furtarás. Não dirás falso testemunho contra o teu próximo. Não cobiçarás a casa do teu próximo.” Por causa desses dez mandamentos de Deus, todos se tornaram totalmente pecadores e condenados pelo pecado. Até esse momento, o que tornava a todos pecadores era a lei da consciência. Quando um homem comete algum pecado, isso fica gravado na tábua do seu coração (Jeremias 17:1), e por isso ele se sente culpado. Para aqueles que não conhecem a Lei, o papel da consciência humana se tornou o agente da Lei.
Quando alguém não conhece a Lei de Deus, a consciência do seu coração se torna a Lei de Deus que aponta seu pecado. Porém, a condenação da Lei é muito mais severa: ela aponta: “Você é pecador. Você pecou. Você cometeu muitos pecados hoje. Você mais do que ninguém merece ir para o inferno. Você é incapaz de guardar meus estatutos. Por isso você tem que buscar a Jesus e ser remido de todos os seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. Se você não fizer isso, você está condenado a ir direto para o inferno.”
Assim sendo, quando conhecemos a justiça de Deus que veio através do evangelho da água e do Espírito e cremos nela, pela fé temos a prova de que somos salvos, e nosso coração tem a certeza de que “Jesus levou todos os nossos pecados ao ser batizado. Ele se tornou nosso Salvador.” É assim que nós chegamos diante de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito. O que nos leva ao Senhor mesmo contra nossa própria vontade? O que nos força a buscar o Salvador? O que faz o papel de tutor não é nenhuma outra senão a “Lei” dada por Deus.
A Lei de Deus aponta o pecado de todos. Mesmo que ninguém tenha nos visto realmente cometendo algum pecado, a Lei permanece no nosso coração como o estatuto de Deus, e aponta o pecado em nossa vida dizendo: “Você pecou. Você não deve fazer isso.” Em outras palavras, a Lei de Deus nos ensina que nossos pensamentos, nosso coração, e nossos atos são errados. É através da Lei dada por Deus que as pessoas passam a reconhecer os seus pecados. Por isso nós buscamos ao Senhor e resolvemos o problema dos nossos pecados através do evangelho da água e do Espírito. O que o apóstolo Paulo está dizendo aqui é que podemos chegar a Jesus Cristo através da Lei, e que podemos ser salvos e nascer de novo crendo no evangelho da água e do Espírito dado por Jesus Cristo. Melhor dizendo, a Lei de Deus é o guia que leva toda a humanidade a Jesus Cristo, o verdadeiro Deus.
A Lei de Deus ensina que todos são incapazes de guardar a Lei, que são os estatutos de Deus. Ninguém neste mundo pode guardar toda a Lei. Mas o que aconteceria se alguém dissesse para as pessoas que elas deveriam viver guardando a Lei? Elas acabariam se tornando hipócritas, completamente destituídas do dom da salvação de Jesus Cristo. Os adventistas declaram que a salvação só é dada àquele que crê em Jesus e guarda o Sábado. Eles dizem que somente irão para o Céu se divulgarem sua fé a semana toda, 3 vezes por semana e 3 horas por dia. Esses são os verdadeiros crentes legalistas. Dizer que alguém precisa fazer algo por si mesmo para ser salvo é uma idéia que no fim acaba afirmando que “fé + obras = salvação;” isso é legalismo e os que crêem nisso estão nas mãos de Satanás.
A Lei só pode conduzir as pessoas a Jesus Cristo, e ela não pode salvar ninguém do pecado de uma forma perfeita. Foi por isso que Jesus veio a essa terra no corpo de um homem, foi batizado por João, morreu na Cruz, ressuscitou dos mortos, foi assunto aos Céus, e assim se tornou o Salvador de todo aquele que crê. A não ser que creiamos no evangelho da água e do Espírito, não poderemos ser salvos. Você e eu temos que crer na obra da salvação de Jesus, na água e no sangue. Só então poderemos ser salvos de todos os nossos pecados.
 
 
Nossos Pecados Foram Purificados Depois que Fomos Batizados com Cristo pela Fé
 
Gálatas 3:27 declara: “Pois todos vós que fostes batizados em Cristo, vos revestistes de Cristo.” O apóstolo Paulo está dizendo aqui que todo aquele que quer se tornar filho de Deus e herdar o Reino dos Céus tem que ser batizado em Cristo. O fato de nos revestirmos de Cristo quando somos batizados Nele significa que nos tornamos crentes na justiça de Deus que veio através de Cristo.
Nós nos revestimos de Cristo quando cremos de coração na justiça de Deus, que Jesus levou todos os nossos pecados e transgressões deste mundo através do batismo que Ele recebeu de João Batista. O apóstolo Paulo continuou dizendo: “E, se sois de Cristo, então sois descendentes de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.” É isso mesmo. Nós somos realmente aqueles que se tornaram justos pela fé, e que irão receber todas as bênçãos de Deus.
Se fôssemos resumir a essência da Lei, diríamos que Deus nos deu a Lei para que tivéssemos conhecimento dos nossos pecados, como afirma Romanos 3:20. No entanto, há muitas pessoas que estão tentando se colocar na presença de Deus guardando a Lei e fazendo boas obras por si próprias, ao invés de terem conhecimento dos seus pecados através da Lei e os admitirem.
Um certo irmão da nossa igreja deu testemunho de que antes dele nascer de novo, ele dava um tempo na sua vida de fé, e durante esse tempo ele tentava a si mesmo dizendo: “Eu vou crer em Jesus do novo quando eu estiver convencido de que eu não sou mais incapaz diante da Lei, e que eu posso ficar firme fazendo boas obras.” Entretanto, o que ele realmente percebeu então foi que ele era totalmente incapaz de guardar a Lei, não importa o que fizesse. Ele deu testemunho de que depois de ter encontrado alguns irmãos da minha igreja nascidos de novo, eles lhe disseram: “a Lei é para que você tenha conhecimento dos seus pecados,” e ele então pensou: “Ah sim. Então a Lei existe só para que eu tenha conhecimento dos meus pecados; e eu estava tentando guardá-la esse tempo todo. Eu tentei ficar firme diante da Lei por causa da minha soberba. Eu estava errado.” Assim ele entendeu a Verdade de que Jesus recebeu todos os seus pecados ao ser batizado, ao morrer na Cruz, ao ressuscitar dos mortos no terceiro dia, se tornando assim seu verdadeiro Salvador, e ele então recebeu a remissão de todos os seus pecados.
Até hoje, há muitos cristãos que estão tentando guardar 100% da Lei. E mesmo que tropecem e caiam por causa da Lei, eles continuam tentando sempre guardá-la. Mas tudo que eles conseguem é levar uma vida de fé onde acabam tropeçando por causa da Lei, como um hamster girando na sua rodinha.
Entretanto, como diz a passagem das Escrituras que vimos aqui: “Mas, depois que a fé veio, já não estamos debaixo de aio.” Se seu coração tem a fé que faz com que você nasça de novo, você então está livre da Lei. Se você crê que Jesus apagou todos os seus pecados com a água e o Espírito, se você crê que seus pecados foram realmente passados a Jesus e Ele foi condenado por você, e se você crê que Ele ressuscitou dos mortos e é o Deus da sua salvação, então mesmo que em sua vida você seja incapaz, você pode ser liberto de todos os seus pecados e fazer boas obras como um perfeito filho de Deus.
 
 
Nós Temos que Crer no Amor de Deus que Veio Através do Evangelho da Água e do Espírito
 
Está escrito em 1 João 5:5-12: “Quem é o que vence o mundo senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus? Este é aquele que veio por água e sangue, isto é, Jesus Cristo. Ele não veio só pela água, mas pela água e pelo sangue. E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. Pois três são os que dão testemunho no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um. E três são os que dão testemunho na terra: o Espírito, a água e o sangue; e estes três concordam. Se recebemos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior, porque o testemunho de Deus é este, que de seu Filho testificou. Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem o testemunho. Quem não crê em Deus, mentiroso o faz, porque não crê no testemunho que Deus dá acerca do seu Filho. E o testemunho é este: Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.”
Também está escrito em João 19:34-35: “Contudo, um dos soldados trespassou-lhe o lado com uma lança, e imediatamente saiu sangue e água. Aquele que o viu testificou, e o seu testemunho é verdadeiro. Ele sabe que é verdade o que diz, para que também vós o creiais.” Assim como essa passagem nos diz, o Espírito, a água, e o sangue são os verdadeiros testemunhos de Deus. Portanto, se somos de fato filhos de Deus, nós inegavelmente então temos esses três testemunhos em nosso coração.
Primeiro, o Espírito Santo testifica: “Jesus Cristo é o Filho de Deus, o Rei dos reis, e na Sua essência, o Deus Criador”.
A água significa o batismo que Jesus recebeu de João Batista. O batismo que Jesus recebeu de João nos diz que Jesus Cristo, ao ser batizado, recebeu todos os pecados do passado, do presente, e do futuro deste mundo, como está escrito em 1 Pedro 3:21, “que também agora, por uma verdadeira figura - o batismo - vos salva, o qual não é o despojamento da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo.”
E o sangue de Jesus derramado na Cruz testifica que, ao ser condenado pelos nossos pecados e derramando Seu sangue na Cruz até a morte, Jesus acabou com toda a maldição que exigia um salário por todos os nossos pecados. Só aqueles que têm os três testemunhos em seu coração podem ser libertos de todos os seus pecados e se tornar realmente justos. Se alguém não incluir a água nesses testemunhos e só crer no sangue e no Espírito, seus pecados então continuarão no seu coração, e assim ele acabará fazendo de Deus um mentiroso, porque Ele mesmo disse que apagou todos os nossos pecados.
Portanto, aqueles que não têm esses três testemunhos: do Espírito, da água, e do sangue, não têm o filho de Deus em seu coração; assim sendo, eles não têm vida. Em outras palavras, eles não são filhos de Deus, mas filhos do diabo, e estão condenados a ser lançados no fogo do inferno. Também está escrito: “E o testemunho é este: Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho” (1 João 5:11).
Como é que você pode saber então se você é ou não de Jesus Cristo? Em Romanos 8:1-2 que afirma: “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito,
porque a lei do espírito de vida, em Cristo Jesus, livrou-me da lei do pecado e da morte.” Não há nenhuma condenação para aqueles que estão em Jesus Cristo, porque eles têm os três testemunhos: do Espírito, da água, e do sangue. Por ser de fato o imaculado Filho de Deus, Jesus Cristo aceitou todos os pecados do mundo ao ser batizado, derramou Seu sangue e morreu na Cruz para pagar o salário por todos os pecados, e aqueles que crêem nisso jamais têm pecado.
Também está escrito em Romanos 8:33, “Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica,” e Isaías 50:8-9 diz: “Perto está o que me justifica. Quem contenderá comigo? Compareçamos juntos! Quem é meu adversário? Chegue-se para mim! É o Senhor Deus quem me ajuda. Quem há que me condene? Todos eles como vestidos se envelhecerão; a traça os comerá.”
Além disso, Salmos 37:32-33 declara: “O ímpio espreita o justo, e procura matá-lo; mas o Senhor não o deixará em suas mãos, nem o condenará quando for julgado,” nos dando a certeza de que aqueles que têm os três testemunhos: do Espírito, da água, e do sangue – isto é, a própria fé que é aprovada e garantida por Deus – nunca serão condenados por causa dos seus pecados. E se referindo àqueles que estão em Jesus Cristo, 1 João 4:13 diz: “Nisto conhecemos que estamos nele, e ele em nós: por ele nos ter dado do seu Espírito.”
Para você receber o Espírito Santo, primeiro você tem que receber a remissão dos seus pecados. Em atos 2:38 Deus prometeu que nos daria o dom do Espírito Santo se nós recebêssemos a remissão dos nossos pecados, e também está escrito em Efésios 1:13-14: “É também nele que vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação. Tendo nele crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa, o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da propriedade de Deus, em louvor da sua glória.”
Isso significa que aqueles que receberam a remissão dos seus pecados e a salvação pelo evangelho da água (o batismo) e pelo sangue (a Cruz), Deus os selou como Seus próprios filhos dando a eles o Espírito Santo como garantia. Isso é o mesmo que marcar uma vaca ou um cavalo com um ferro quente, deixando neles uma marca indelével que indica a quem eles pertencem. Para separar Seus próprios filhos, que receberam a remissão dos seus pecados e se tornaram justos crendo no evangelho da água e do Espírito, dos filhos do diabo, Deus também concedeu o dom do Espírito Santo ao seu coração.
Além disso, está escrito em João 6:53-58: “Jesus lhes disse: Em verdade, em verdade vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos. Quem come a minha carne, e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Pois a minha carne é verdadeiramente comida, e o meu sangue é verdadeiramente bebida. Quem come a minha carne, e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim também quem de mim se alimenta, viverá por mim. Este é o pão que desceu do céu. Vossos pais comeram o maná e morreram, mas quem comer este pão viverá para sempre.”
Deus está nos dizendo aqui para comermos a carne do Filho do homem e bebermos o Seu sangue. Mas isso significa realmente que temos que comer a carne de Jesus e beber o Seu sangue literalmente, como os judeus pensavam naquela época? Claro que não! Isso não passa de uma interpretação infundada defendida pelos pecadores que, não tendo nascido de novo, ainda continuavam cegos para a Palavra. Os católicos ainda defendem a chamada “doutrina da transubstanciação,” e dizem que o pão e o vinho usados na eucaristia se transformam no corpo, no sangue, na alma e na divindade de Jesus Cristo, mas a sua aparência continua sendo de pão e vinho.
O que significa então comer a carne do Filho do homem? Isso se refere à fé na Verdade que Jesus levou os pecados do mundo ao ser batizado por João. É crer na justiça de Deus através de Jesus Cristo que veio pela água (1 João 5:6). Melhor dizendo, crer na justiça de Deus, que Jesus Cristo, o próprio Deus em Sua essência, veio no corpo de um homem, e que ao ser batizado por João Batista, Ele aceitou levar todos os pecados do mundo sobre Seu próprio corpo – nada mais do que isso significa comer a carne do Filho do homem.
E beber o sangue do Filho de Deus é o mesmo que crer que Jesus acabou com a maldição dos nossos pecados e pagou a dívida por todos eles ao derramar Seu sangue e ao morrer na Cruz, suportando todos os nossos pecados sobre Si mesmo.
Sobre isso, 1 Coríntios 11:23-29 declara: “Pois eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão, e, tendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo que é entregue por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é a Nova Aliança no meu sangue; fazei isto todas as vezes que beberdes, em memória de mim. Pois todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice, anunciais a morte do Senhor, até que ele venha.
 Portanto, qualquer que comer o pão ou beber o cálice do Senhor, indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor. Examine-se o homem a si mesmo antes de comer deste pão e beber deste cálice. Pois o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor.”
Aqui, onde o Senhor diz que o homem deve examinar a si mesmo antes de comer do pão e beber do vinho, Ele quer dizer que primeiro devemos admitir em nosso coração que somos sementes do maligno, que continuarão a cometer todo tipo de pecados até o dia da nossa morte e no fim seremos condenados ao inferno. Depois de reconhecermos isso, devemos crer então que com Seu batismo Jesus Cristo eliminou todos os pecados do nosso passado, presente, e futuro, e todos os pecados do mundo inteiro também, e que ao derramar Seu sangue na Cruz como salário por todos esses pecados, ele acabou com todas as nossas maldições. Nada mais do que isso significa comer o pão do Senhor e beber do Seu cálice.
Todavia, a maioria dos cristãos só está comendo o pão hoje sem crer no batismo que Jesus recebeu de João. Para eles, a Santa Ceia é simplesmente um ritual religioso. Sendo assim, já que essas pessoas não crêem que Jesus Cristo recebeu todos os seus pecados, elas continuam pecando em seu coração, e já que elas estão comendo o pão e bebendo do cálice ainda sendo pecadoras, elas são culpadas do corpo e do sangue do Senhor. Por isso, só depois de crermos no batismo de Jesus Cristo e no Seu sangue da Cruz é que podemos comer do pão e beber do vinho.
Gálatas 1:4 diz que Cristo “deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai,” e é por isso mesmo que o batismo é o verdadeiro amor e a vontade de Deus Pai para nós.
Em 1 Tessalonicenses, a Bíblia também diz: “Esta é a vontade de Deus para a vossa santificação,” e em João 6:40, Jesus dá testemunho da Palavra da promessa, dizendo: “Pois a vontade do meu Pai é que todo aquele que vê o Filho e nele crê tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.” Por isso, você só poderá ser santificado e receber a vida eterna quando crer em seu coração no perfeito evangelho da água e do Espírito.
Deste modo, aquele que constrói sua casa sobre a rocha diz respeito ao “justo” que nunca mais será condenado por seus pecados, porque ele foi salvo e remido de todos eles por crer de todo o seu coração no evangelho do batismo de Jesus Cristo e na Cruz. E ele também nunca mais será enganado quando for tentado, porque tem o Espírito Santo.
Mas aquele que constrói sua casa sobre a areia diz respeito a alguém que não crê no batismo de Jesus Cristo, ou o conhece superficialmente ao invés de crer com seu coração, e por isso seu coração ainda está cheio de pecados. Já que essas pessoas não receberam a remissão dos seus pecados, quando o dia do juízo vier, elas serão acusadas junto com Satanás e lançadas no inferno com ele. Esses não são outros senão os verdadeiros heréticos.
 
 
As Crenças Heréticas do Cristianismo
 
Está escrito na Bíblia: “Ao homem faccioso, depois da primeira e segunda admoestação, evita-o, sabendo que esse tal está pervertido e vive pecando, e já por si mesmo está condenado” (Tito 3:10-11). Esses que condenam a si mesmos são os verdadeiros heréticos.
A palavra heresia vem do grego e significa uma escolha. E visto que os cristãos devem confessar que crêem em Jesus Cristo como seu Senhor segundo o evangelho da água e do Espírito, eles escolheram uma forma diferente de crer em Jesus. Aqueles que fizeram a escolha de não crer no batismo de Jesus Cristo, mas somente no Seu sangue, não passam de heréticos, e os heréticos não estão em Cristo e já estão condenados. Por eles não crerem nesse verdadeiro evangelho, este é o pecado os levará direto para a morte (1 João 5:16). Em outras palavras, tendo em vista que 1 João 3:4 diz: “Todo aquele que comete pecado, transgride a lei, pois o pecado é a transgressão da lei,” aqueles que têm esse tipo de fé são os que transgridem a lei.
Além disso, Gálatas 2:17 declara: “Se nós, que procuramos ser justificados em Cristo, fomos nós mesmos também achados pecadores, é Cristo ministro do pecado? De maneira nenhuma.” E como é declarado aqui, a Bíblia nos dá testemunho de que, uma vez que cremos em Jesus Cristo de forma correta, somos considerados justos, e é impossível nos tornamos pecadores novamente.
Quando você tem fé de que realmente foi salvo por crer no perfeito evangelho do batismo de Jesus Cristo e da Cruz, é daí em diante que a verdadeira vida de fé começa para você. Essa mesma fé, pela qual nos tornamos justos sem pecado por crermos no batismo e no sangue de Jesus, é a fé correta na Verdade que agrada a Deus e é aprovada por Ele. Você e eu temos a fé correta? Ter fé no evangelho da água e do Espírito, nada mais do que isso é ter a fé correta diante de Deus.