Sermões

Assunto 15: A Epístola do Apóstolo Paulo aos GÁLATAS

[Capítulo 5-1] (Gálatas 5:1-16) Fique Firme com Cristo Confiando no Evangelho da Água e do Espírito

(Gálatas 5:1-16)
“Cristo nos libertou para que sejamos de fato livres. Estai, pois, firmes e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da escravidão. Escutai! Eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará. De novo testifico a todo homem que se deixa circuncidar, que está obrigado a guardar toda a lei. Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído. Mas nós, pela fé, aguardamos mediante o Espírito a justiça pela qual esperamos. Pois em Cristo Jesus nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum. O que importa é a fé que opera pelo amor. Corríeis bem. Quem vos impediu de obedecer à verdade? Esta persuasão não vem daquele que vos chamou. Um pouco de fermento leveda toda a massa. Confio de vós, no Senhor, que não haveis de pensar de nenhum outro modo. Mas aquele que vos inquieta, seja ele quem for, sofrerá a condenação. Eu, porém, irmãos, se ainda prego a circuncisão, por que é que sou perseguido? Logo o escândalo da cruz está desfeito. Quanto aos que vos andam inquietando, oxalá se mutilassem. Vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis, porém, a liberdade para dar ocasião à carne; mas servi-vos uns aos outros pelo amor. Toda a lei se cumpre numa só palavra, a saber: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros. Digo, porém: Andai no Espírito, e não satisfareis à concupiscência da carne.”
 
 
Você Morreu e Ressuscitou com Jesus Cristo?
 
O apóstolo Paulo diz em Gálatas 2:20: “Estou crucificado com Cristo, e já não vivo, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim”. Se nós cremos nessa Palavra, que fomos crucificados com Cristo e agora Ele vive em nós, então nós já morremos com Ele e nosso Senhor já está vivendo em nós. Cristo levou sobre Si todos os pecados que cometemos nessa terra, os pecados do passado, do presente e do futuro, através do batismo que recebeu de João Batista, morreu na Cruz e ressuscitou dos mortos. Agora nosso Senhor nos capacitou a fazer aquilo que Lhe agrada porque Ele vive em nós. Nosso Senhor já está vivendo em nosso coração como o Espírito Santo, e é Ele quem guia todos nós.
Vamos voltar para a passagem bíblica de Gálatas 5:6: “Pois em Cristo Jesus nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum. O que importa é a fé que opera pelo amor”.
Nosso Senhor está trabalhando em nosso coração através do Espírito Santo. E nosso Senhor está nos dizendo que Ele de fato apagou todos os nossos pecados. Nós cremos no Espírito Santo que habita em nosso coração. Através do Seu batismo, nosso Senhor levou sobre Si todos os pecados que cometemos nessa terra mesmo antes ou depois de nós termos recebido a remissão dos nossos pecados; Ele morreu na Cruz em nosso lugar e ressuscitou dos mortos; dessa forma Ele apagou todos os nossos pecados. Quando temos fé nesse evangelho da água e do Espírito o Senhor nos fortalece para que nós nunca mais venhamos a cair por causa desses pecados que nós cometemos na nossa incapacidade e fraqueza.
 
 
O Que é Que Nós Precisamos Agora?
 
Quando a Bíblia diz aqui: “Pois em Cristo Jesus nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum. O que importa é a fé que opera pelo amor” (Gálatas 5:6), isso quer dizer que tudo que precisamos é apenas crer no nosso Senhor que apagou todos os nossos pecados por causa do Seu amor por nós. Somos incapazes e maus por natureza. Enquanto vivermos nessa terra, não há como evitar que nossas fraquezas não sejam reveladas. É fácil sermos dominados por nossas incapacidades e fraquezas. Em outras palavras, tem vezes que nossa própria fé é abalada e pensamos: “Já que eu sou assim como é que eu posso pregar para os outros e até mesmo salvar alguém do pecado?” Quando olhamos para nós mesmos, somos propensos a nos sentir desencorajados e às vezes queremos desistir da nossa vida de fé.
Entretanto, o apóstolo Paulo que tinha a mesma natureza humana que todos nós disse: “Estou crucificado com Cristo, e já não vivo, mas Cristo vive em mim” (Gálatas 2:20). De fato, é pela fé no evangelho da água e do Espírito que agora vivemos. Aqueles de vocês que crêem no batismo de Jesus e na Sua Cruz não são mais o que vocês eram no passado. Isso porque nós de fato cremos que nossos pecados foram passados a Jesus quando Ele foi batizado e que Ele morreu na Cruz em nosso lugar; e é por isso que já morremos com o Senhor na Cruz e Cristo agora vive em nós. Nós agora somos novas criaturas em Cristo Jesus.
Se cremos realmente que nosso Senhor apagou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito, então podemos crer que Jesus está mesmo vivo em nosso coração. Essa é a fé que nos faz nascer novo. Se tivermos essa fé, assim como o apóstolo Paulo poderemos então nos tornar obreiros do evangelho de Deus.
Deus disse: “Pois em Cristo Jesus nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum. O que importa é a fé que opera pelo amor” (Gálatas 5:6). Se nosso Senhor de fato levou sobre Si todos os seus e os meus pecados ao ser batizado e morreu na Cruz, isso significa então que você passou todos os seus pecados a Jesus e morreu com Ele; e se Cristo realmente ressuscitou dentre os mortos, isso significa que você também ressuscitou pela fé em Jesus, e nosso Senhor ressuscitado agora habita no seu e no meu coração. Então, ao colocarmos nossa fé no amor sacrificial de Jesus Cristo, nós fomos libertos de todos os pecados deste mundo.
Você e eu realmente continuamos a cometer pecados neste mundo. E mesmo que nós tenhamos recebido a remissão dos nossos pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, isso não significa que não temos nossas fraquezas. Todos nós ainda somos incapazes e fracos. Se olharmos para nós mesmos e para os outros, veremos que somos todos incapazes. Sabemos muito bem que nossas falhas não são poucas, mas muitas. E quando não esperamos ver nenhuma mudança no futuro, somos então freqüentemente dominados pelas nossas fraquezas. Nós nos sentimos amarrados e pensamos: “Mesmo não tendo nenhuma dúvida de que eu recebi a remissão dos meus pecados, eu ainda me sinto tão sujo. Eu fico tão decepcionado com o que eu sou mesmo tendo recebido a remissão dos meus pecados”. Quando esses pensamentos carnais vêm à mente, nós ficamos confusos, preocupados e questionamos a nós mesmos. Gênesis 1:2 diz: “A terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas”. Como nessa passagem, nosso coração fica todo confuso e vazio quando estamos presos pelas nossas fraquezas e incapacidades.
O Senhor está vivo em nosso coração. O fato de Jesus ter vindo a essa terra, levado sobre Si todos os pecados do mundo de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista e ter morrido na Cruz significa que Ele está vivo e apagou todos os nossos pecados de uma vez por todas. Então nós somos salvos por crermos nessa Verdade da salvação, que nosso Senhor que vive apagou todos os nossos pecados. Por isso nós não estamos mais presos às nossas fraquezas, e agora que fomos libertos de todos os nossos pecados e transgressões, vivemos pela fé no Senhor.
Nosso Senhor está vivo em nosso coração. E se isso é verdade, então inevitavelmente chegamos a conclusão de que o Senhor realmente apagou todos os pecados da nossa vida toda. Por esse motivo, o amor do nosso Senhor que nos salvou do pecado não somente nos libertou de todos os nossos pecados, mas também de todas as nossas fraquezas e incapacidades.
Nosso Senhor vive em nosso coração como o Espírito Santo. Nosso Senhor está vivo em nosso coração ou não? Sim, Ele está. Então nosso velho eu já morreu ou não? Sim, ele já morreu. E se esta é a questão, você já morreu e ressuscitou com Jesus. O Senhor vive no coração dos crentes no evangelho da água e do Espírito, já que seu velho eu morreu completamente. Como já alcançamos a salvação pela nossa fé no evangelho da água e do Espírito, fomos libertos para sempre de toda nossa culpa, de todos os nossos pecados e deficiências.
Essa Verdade é incontestável. Tudo que nós temos a fazer agora é crer no Senhor e agradecê-Lo por ter apagado todos os nossos pecados de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito e nos livrado de todos os pecados deste mundo. Se cremos que nosso Senhor está vivo em nosso coração, isso então significa que nós fomos salvos de todas as nossas deficiências. É assim que podemos começar a fazer a obra de Deus confiando no nosso Senhor.
 
 
Nós Somos de Deus
 
O apóstolo Paulo disse: “Digo, porém: Andai no Espírito, e não satisfareis à concupiscência da carne” (Gálatas 5:16).
Porque o Senhor habita em nosso coração agora, é natural que desejamos viver buscando o Espírito Santo. É o Espírito Santo que desperta esse desejo em nosso coração. E é o Senhor que faz brotar a vontade do Espírito Santo em nós exatamente porque Ele vive em nosso coração. Em outras palavras, aqueles que receberam a remissão dos seus pecados sentem um desejo em seu coração de fazer a obra de Deus, de pregar o evangelho, e de servir ao Senhor. O Espírito do Senhor entrou no coração daqueles que receberam a remissão dos seus pecados através do evangelho da água e do Espírito, e esse mesmo Espírito os inspirou a servir ao evangelho do Senhor, a amar outras almas, a pregar o evangelho para elas e a manter a pregação de várias formas. É em tempo como estes que você e eu temos que caminhar fazendo a vontade do Espírito Santo. O Senhor disse que assim é que não cederemos ao desejo da nossa carne.
Meus amados irmãos, nós temos que crer que nosso velho eu já morreu com Cristo na Cruz. Temos que crer que nosso Senhor apagou todos os meus e os seus pecados, todos os pecados com que nascemos e cometemos nossa vida inteira por causa da nossa culpa e incapacidade, e que Ele agora habita em nosso coração como o Espírito Santo. Se vocês têm essa fé, vocês já morreram crucificados, e agora que vocês nasceram de novo, é Cristo que vive em vocês. Por isso que vocês têm a mesma fé que o apóstolo Paulo professou em Gálatas 2:20: “Estou crucificado com Cristo, e já não vivo, mas Cristo vive em mim”. E agora tudo que vocês têm a fazer é viver pela fé, confiando que o amor de Deus os salvou, assim como a Bíblia diz que o que importa é a fé que opera pelo amor (Gálatas 5:6).
 
 
Que Tipo de Fé e a Fé Correta?
 
Qual é a mensagem principal dessa passagem bíblica em Gálatas cinco que vimos aqui?
O apóstolo Paulo pregou o evangelho na região da Galácia, mas depois disso, os santos de lá cederam às suas fraquezas. Quando os santos da Galácia olharam para eles mesmos, eles puderam ver o quanto eram incapazes, e então se desesperaram, pensando: “Já que eu creio tanto em Jesus como meu Salvador, como é que eu posso ser tão miserável?” E então acharam que se fossem circuncidados essa seria a confirmação final de que eles faziam parte do povo de Deus. Eles pensaram: “Se eu for circuncidado eu vou ter uma fé poderosa no meu coração”. E como naquele tempo existiam algumas pessoas que estavam desviando-os para que eles fossem circuncidados, praticamente todos os santos das igrejas da Galácia por livre e espontânea vontade acabaram sendo circuncidados. Foi por isso que eles procuravam mais ser circuncidados do que crer em Jesus Cristo.
E foi isso que deixou irado o apóstolo Paulo. Ele disse aos santos da Galácia: “Mesmo não tendo outra escolha senão ser sentenciado pela Lei por causa de todos os seus pecados, Cristo não levou sobre Si seus pecados ao ser batizado, não morreu na Cruz em seu lugar, e não ressuscitou dos mortos? Cristo não salvou vocês dessa forma e vocês não foram salvos crendo em Jesus Cristo? Por que vocês se prendem então aos velhos ritos do Antigo Testamento?”
O apóstolo Paulo ficou tão irritado e decepcionado que disse: “eu bem quisera agora estar presente convosco, e mudar o tom da minha voz, porque estou perplexo a vosso respeito” (Gálatas 4:20). Quando Paulo diz aqui que queria mudar o tom da sua voz, ele quer dizer isso: “Eu os respeitava como filhos de Deus, mas agora que vocês se tornaram filhos do diabo, eu não posso mais confiar em vocês. Eu estou perplexo com vocês.”
Deste modo, o apóstolo Paulo continuou a exortá-los: “Aquele que for circuncidado é obrigado a guardar todas as exigências da Lei. Todo aquele que quiser voltar para a Lei e ser justificado por ela tem que guardá-la por completo, 100 por cento. Vocês podem tentar se quiser. Em Cristo “nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum. O que importa é a fé que opera pelo amor”. Deus já nos salvou por meio da água e do sangue em Seu amor bondoso por nós, e é crendo em Jesus com nosso coração que somos salvos. Essa fé é tudo que vocês precisam; que diferença faz se vocês têm seus corpos circuncidados ou não? Por que vocês ficam realizando esses rituais segundo a Lei?”
Foi por isso que o apóstolo Paulo exortou dessa forma os que entre os santos da Galácia estavam presos à fraqueza da sua carne: “Já que fomos crucificados com Cristo, nós não morremos com Ele? Vocês crêem mesmo em Jesus? Se vocês crêem realmente em Jesus, então creiam também que quando Jesus levou sobre Si seus pecados e morreu em seu lugar, vocês também morreram com Ele. Você e eu morremos. Nós de fato morremos com Cristo ou não? Nós morremos com Cristo. E agora Cristo vive em mim. Se o Senhor ressuscitou dos mortos e entrou no nosso coração como o Espírito Santo para habitar em nós, então não precisamos mais estar presos à Lei. Vocês não precisam mais se preocupar se suas obras são incompletas. Vocês já morreram. Em Cristo todas as suas transgressões e pecados mortais foram condenados Nele porque todos os seus pecados já foram remidos. Vocês foram salvos. Então não se rendam às suas fraquezas. Não há nada mais benéfico para nós do que a fé que opera através do amor. Vocês realmente crêem no Senhor? Vocês realmente crêem que o Senhor é o meu e o seu Salvador?”
Se o apóstolo Paulo nos perguntasse isso agora, qual seria a nossa resposta? Nós diríamos: “Sim, eu creio”.
“Você crê que o Senhor levou todos os seus pecados?”
“Sim, eu creio que o Senhor levou sobre Si todos os meus pecados.”
“Você crê que todos os seus pecados foram passados a Jesus quando Ele foi batizado?”
“Sim, eu creio”.
“Você crê que Jesus levou sobre Si todos os pecados de todo mundo em seu lugar, morreu na Cruz e ressuscitou dentre os mortos?”
“Sim, eu creio”.
Nós não temos nada além dessa fé. A fé que é realmente correta para Deus é a fé no evangelho da água e do Espírito, somente essa fé nos salva, somente essa fé nos liberta de todos os nossos pecados, fraquezas e deficiências. É através dessa fé que somos aprovados por Deus. Nenhuma outra além dessa é a verdadeira fé. Foi isso que o apóstolo Paulo declarou.
E você e eu hoje em dia? Você e eu vivemos neste mundo, mas nem sempre buscamos o desejo da nossa carne. Às vezes buscamos o desejo da nossa carne, e outras vezes buscamos o Espírito Santo. Mas o que você faz quando busca o desejo da sua carne e descobre suas fraquezas? Você permite que isso te aprisione? Você pode até ficar preso a isso e se condenar dizendo: “Faz tanto tempo que eu recebi a remissão dos meus pecados, mas ainda assim eu sou tão miserável. Eu sou um perdedor. Como eu sou burro! Como é que eu posso seguir o Senhor até o fim num corpo tão fraco?”
Meus amados irmãos, enquanto vivemos neste mundo nós ficamos divididos entre dois tipos diferentes de obra. Na nossa vida diária, nós ficamos divididos entre as obras do Espírito e as obras da carne. Nós fazemos isso constantemente. Aqueles que ainda não nasceram de novo não têm como evitar de ser sempre envolvidos pelas suas paixões carnais, e aqueles que são justos estão sempre divididos entre as obras da carne e do Espírito. Melhor dizendo, até mesmo os justos inevitavelmente farão as obras da carne se não fizerem as obras do Espírito. Se não andarmos no Espírito, nós os justos não temos como evitar de pecar. Mas mesmo assim, você e eu temos que fazer orações de arrependimento todos os dias para tentar purificar nossos pecados pessoais? Você está tentando purificar seus pecados com suas orações de arrependimento, assim como há muito tempo atrás os santos da Galácia procuravam ser circuncidados para ter a confirmação final de que faziam parte do povo de Deus? Isso seria a mesma coisa que voltar para a Lei.
O Senhor disse que nada mais importa a não ser a fé que opera pelo amor. É através da nossa fé, crendo que o Senhor levou todos os nossos pecados, morreu na Cruz e ressuscitou dos mortos que nós alcançamos a salvação. Mas ao invés disso você está tentando se tornar um justo fazendo suas orações de arrependimento?
Meus amados irmãos, quando certas fraquezas da sua carne são reveladas, vocês têm que admitir que vocês são assim mesmo por natureza. E ao invés de dizer: “eu não sou assim realmente”, vocês têm que admitir que sua natureza humana é fraca. Já que essa é a natureza fundamental da nossa carne, nós não temos como evitar de buscar satisfazer os desejos da carne se não andarmos no Espírito. É assim que nós somos. Portanto, vocês não devem ficar decepcionados se por acaso cometerem algum pecado. Mas se vocês não reconhecerem sua verdadeira natureza, vocês vão continuar se culpando, pensando: “eu não sou assim realmente; eu não posso cometer esse erro de novo”.
Todavia, se entenderem que seu verdadeiro eu é assim mesmo, vocês então poderão encontrar a solução. Quando suas fraquezas são expostas, a primeira coisa que vocês têm a fazer é reconhecer quem vocês realmente são. E então vocês têm que ter certeza de que foram salvos e se tornaram novas criaturas livres de todas as suas fraquezas atuais pela fé, crendo que vocês morreram com Cristo, que Ele apagou todos os seus pecados, e que agora o Senhor vive em vocês.
Agora que fomos livres de todas as nossas fraquezas pela fé, como devemos viver então? Nós precisamos viver segundo a vontade do Espírito Santo agora. Como foi dito anteriormente, a vontade do Espírito Santo é a vontade santa que Deus gera em nosso coração. Quanto mais fazemos a obra de Deus, mais queremos fazer essa obra santa. Aqueles que servem ao Senhor desejam servi-Lo mais e mais. E embora eles passem por algumas dificuldades a princípio, eles querem servir ao Senhor ainda mais quando descobrem o quanto é valioso servi-Lo. É um tanto difícil e embaraçoso dar testemunho do evangelho a primeira vez, porém quando nos acostumamos com isso, nós sentimos vontade de testemunhar mais e mais.
Nenhuma outra além desta é a vontade do Espírito Santo. Tudo que temos a fazer é apenas viver segundo a vontade do Espírito Santo. Nós não temos mais que ficar presos aos nossos pecados e fraquezas. Nós fomos salvos pela fé. A passagem bíblica aqui nos fala que o que importa é “a fé que opera pelo amor”. E já que fomos salvos pela fé, qual é a única coisa que nos resta? Tudo que nos resta a fazer é viver segundo a vontade do Espírito Santo.
A circuncisão era um ritual da Lei. Mas vocês realmente se tornam povo de Deus e justos se seu prepúcio for cortado? Vocês podem cortar qualquer parte do corpo que quiserem, dos dedos das mãos aos dedos dos pés, mas isso não os tornará justos. E mesmo que vocês lancem seus corpos no fogo, sua alma não será justificada.
Como é que podemos nos tornar justos então? Crer no evangelho da água e do Espírito, o evangelho de Jesus Cristo que opera pelo amor, é o que nos torna justos.
Por isso que o apóstolo Paulo disse: “Estou crucificado com Cristo, e já não vivo, mas Cristo vive em mim” (Gálatas 2:20). E ele continuou dizendo que temos que viver segundo a vontade do Espírito Santo.
Quando a Bíblia diz que temos que caminhar segundo a vontade do Espírito Santo, você pode até pensar que há algo especial nisso, mas a questão realmente não é essa. Quando o desejo do seu coração é servir ao evangelho, esse é o próprio desejo do Espírito Santo. Essa é a vontade do Espírito Santo. A vontade do Espírito Santo não é autoritária; mesmo quando nosso desejo de viver para Deus é pequeno, tudo que nós temos a fazer é viver segundo esse desejo porque este é o próprio desejo do Espírito Santo. Quando os cristãos levam uma vida espiritual segundo o desejo do Espírito Santo, sua vida sempre recebe de Deus nota 10. Eles passam na prova com uma mão nas costas. E mesmo que constantemente fiquemos divididos entre as obras da carne e as obras do Espírito, nossa vida cristã sempre tirará boas notas conforme vivermos segundo a vontade do Espírito Santo confiando na nossa salvação. É isso que o apóstolo Paulo está nos dizendo aqui.
É por isso que você tem que se desfazer dessas coisas erradas que você pensa. “Já que eu estou tão sem esperança assim, como é que eu posso viver para os outros, para a igreja e para o evangelho? Eu não consigo nem lidar comigo mesmo.” Você por acaso se preocupa assim? Você também é assim? Mas mesmo que você seja assim, você tem que entender e crer no fato de que nosso Senhor apagou todos os pecados do mundo, inclusive os seus, e por isso você ainda pode ter uma vida de fé bem sucedida. O Senhor já sabia que você iria cometer pecados assim, e foi por isso que Ele apagou todos os seus pecados, inclusive os pecados que você cometeria depois de nascer de novo.
Se o Senhor só tivesse levado o pecado original ou seus pecados pessoais, Ele não seria então o Cordeiro de Deus nem teria dito quando morreu: “Está consumado!” Mas João Batista deixou um testemunho bem específico de Jesus na Bíblia ao dizer: “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo!” (João 1:29). Já que nós cremos na Palavra de Deus como ela é, todos os nossos pecados foram passados a Jesus através do Seu batismo, e assim pudemos morrer crucificados e ressuscitar dos mortos junto com Ele. Nós somos os justos nascidos de novo através do evangelho da água e do Espírito.
Meus amados irmãos, vocês têm pecado ou vocês são justos? Vocês não têm pecado. E agora vocês crêem que vocês passaram seus pecados a Jesus Cristo, morreram com Cristo e ressuscitaram com Cristo. O que existe em seu coração agora então? Já que vocês não têm pecado, só existe a fé trabalhando em meio ao amor. Meus amados irmãos, é pela fé que nós nos tornamos justos, e é pela fé que nos tornamos filhos de Deus. E pelo fato de não termos pecado é que agora desejamos fazer a obra de Deus pela fé.
É por isso que de agora em diante vocês têm que entender e crer que não há pecado em seu coração e também ser libertos da escravidão da sua carne. Nos dias que virão, mesmo sendo incapazes, ainda assim vocês devem buscar fazer a vontade do Espírito pela fé. Embora os nascidos de novo não consigam fazer a vontade do Espírito Santo o tempo todo, no fundo do seu coração, por natureza eles ainda querem fazer a vontade do Espírito Santo. Quando um cachorro sai para passear com seu dono, ele pode fuçar as latas de lixo e procurar alguma coisa para comer, mas ele volta logo e continua seguindo seu dono. Da mesma forma, mesmo que freqüentemente nós busquemos os desejos da carne e hesitemos entre a carne e o Espírito, nós ainda assim somos o povo salvo que segue o Senhor até o fim.
Embora sejamos incapazes, nós agora somos justos e por isso temos que viver segundo a vontade do Espírito Santo. Quando começarmos a trabalhar com as pequenas coisas que o Senhor colocar em nossas mãos, Ele então fará com que nosso coração queira fazer ainda mais a Sua obra. Se você ainda não sabe o que fazer, continue sendo fiel àquilo que a Igreja de Deus confiou a você. Quando nós servimos ao Senhor e ao verdadeiro evangelho de todas as formas possíveis, nós nos tornamos cristãos verdadeiramente retos diante de Deus.
Meus amados irmãos, Deus nos deu a liberdade, não a escravidão. Deus te livrou das amarras que te prendiam para que você pudesse segui-lo segundo a vontade do seu coração, e O seguisse em alegria, servindo-O com alegria. O Senhor nos salvou com o evangelho da água e do Espírito para que nunca mais estivéssemos presos ao pecado nem ao juízo.
Assim como alguns irmãos na época da Igreja Primitiva foram circuncidados para ocultar suas falhas, os cristãos hoje em dia estão tentando ocultar seus pecados fazendo orações de arrependimento quando cometem pecado. Essa fé está correta? Não, claro que não. A maioria dos cristãos, no entanto, não entende que os pecados do mundo foram passados a Jesus através do seu Batismo, e isso só significa que eles de fato não crêem em Jesus. Eles não sabem que seu velho eu já morreu com Jesus Cristo e eles já se tornaram um com Ele através do Seu batismo e da Sua crucificação. Por isso que eles recorrem às orações de arrependimento. Se eles de fato cressem em Jesus eles não tentariam purificar seus pecados com suas orações de arrependimento.
Os cristãos de hoje que tentam receber a remissão dos seus pecados fazendo orações de arrependimento sempre que pecam são aqueles que foram retirados da presença de Cristo e afastados Dele, sendo colocados sob maldição e condenação. Não são eles os que realmente crêem em Cristo. Se alguém crê em Jesus Cristo realmente, mesmo que ele seja incapaz, ainda assim ele agradecerá a Deus pelas suas fraquezas confiando no Senhor. Você e eu temos que ser gratos a Deus sempre que nos depararmos com nossas fraquezas porque o Senhor apagou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito.
Meus amados irmãos, você e eu temos que levar uma vida de fé sendo gratos a Jesus Cristo pela fé. Você não deve deixar que você mesmo se torne um ser aprisionado que irá perecer. Alguns santos confessam que sentem o desejo de andar pelo mundo, comprar boas roupas, e ver coisas interessantes, e que há muitas coisas que eles gostariam de fazer. Quando todos esses desejos crescem dentro de você como uma febre, você tem que admitir que você é assim mesmo por natureza. Se você precisa comprar algumas roupas novas, compre as roupas então para satisfazer seu desejo. Mas depois continue seguindo ao Senhor novamente. Isso de alguma forma é pecado? Não, claro que não. Meu único conselho é que você não ceda aos desejos da carne e seja desencorajado ao pensar que isso é o que você é realmente. Essa é uma pequena parte daquilo que você é. Seu verdadeiro eu quer fazer a vontade de Deus. Você pode até ser fraco, mas mesmo assim você ainda é um justo. Eu peço a todos vocês que tenham um entendimento bem claro da sua identidade e vivam pela fé como filhos de Deus.
Mesmo sendo fraco, você ainda é um filho de Deus que foi salvo através do evangelho da água e do Espírito. O meu desejo é que todos vocês sigam ao Senhor e O adorem, crendo sem duvidar que vocês são realmente justos para Deus, santos, aqueles que receberam a vida eterna e são obreiros da justiça de Deus. Vocês têm que ver a si mesmos assim.
Aqueles que não entendem a si mesmos é que consideram o livro de Gálatas difícil de entender. Eles não podem entender bem seus ensinamentos espirituais. Por isso é que eles dizem: “O que Paulo está dizendo? Eu não consigo entender o que ele está falando. Tudo que ele precisa fazer é apenas dizer as pessoas que elas têm que levar uma vida justa, mas ele fica falando de coisas tão complicadas”. Até os teólogos não sabem porque o apóstolo Paulo estava tão irado com os da circuncisão das igrejas da Galácia. Eles apenas dão uma definição rápida e resumida sobre os da circuncisão.
Para um nascido de novo, entretanto, Gálatas, Hebreus, e Levítico estão sem dúvida alguma gravados em seu coração como a simples e nítida Palavra da Verdade. Quando os crentes do evangelho da água e do Espírito lêem a Palavra de Deus, eles podem entendê-la facilmente, e por isso eles a conhecem e a aceitam como sendo a Verdade, tendo-a como o alimento da sua fé.
Porque Deus nosso Pai nos amou, Ele enviou Seu Filho a essa terra, fez com que Seu Filho fosse batizado para aceitar cada pecado e O fez morrer na Cruz em nosso Lugar. Então quando você e eu dissemos que cremos em Jesus Cristo, isso significa que nós cremos que todos os nossos pecados foram passados a Jesus quando Ele foi batizado; que quando Jesus morreu, nós também morremos; e que quando Ele ressuscitou dos mortos, nós também ressuscitamos. E já que Deus Pai abriu mão do Seu próprio Filho por causa do seu amor por nós e O condenou por todos os nossos pecados, é quando cremos em Jesus Cristo que somos salvos. Pelo fato da nossa alma ter sido salva pela fé, daqui a diante nossos atos imperfeitos não podem mais nos atrapalhar, e tudo que precisamos é que nosso coração faça a vontade de Deus pela fé.
Meus amados irmãos, vocês são os justos que receberam a remissão de pecados. Mas apesar disso, vocês ainda acham que têm que fazer orações de arrependimento toda vez que suas fraquezas forem expostas? “Senhor, me perdoe, por favor. Eu pequei. Por favor, purifique meus pecados.” A maioria dos cristãos hoje age assim, e é por isso que eles erram tanto fazendo orações de arrependimento com seus próprios lábios. Todavia, eles nunca poderão ser remidos dos seus pecados dessa forma, por mais que orem fervorosamente a Deus para que Ele purifique seus pecados.
Jesus nos deu a salvação há mais de 2000 anos atrás, e somente crendo nessa Verdade é que alguém pode receber a remissão dos seus pecados. Já que essa salvação que Jesus Cristo trouxe a vocês através do evangelho da água e do Espírito está em seu coração agora, vocês estão livres até dos pecados que vocês cometerem atualmente. E vocês já foram salvos de todos os seus pecados futuros também. A Verdade é essa. Vocês crêem nisso?
Quando os pastores do mundo pregam suas mensagens nas suas igrejas, eles sempre fazem confusão. Eles não têm outra escolha a não ser enrolar porque não têm nada em seu coração para pregar. E para explorar o dinheiro da igreja, eles não têm como não mexer com a emoção da igreja e levá-la ao delírio. Quando esses pastores dizem: “Fogo, fogo, fogo!”, a igreja diz: “Amém. Aleluia, aleluia!” E levados pela própria emoção, as pessoas simplesmente esvaziam seus bolsos. Isso acontece porque sua mente, tomada pela emoção, fica totalmente desorientada e lhes dá pouco tempo para pensar direito. Completamente extasiados, eles dão todo seu dinheiro, e quando isso não é o suficiente, eles entregam todas as suas jóias. Os religiosos são obedientes a esses falsos profetas não porque eles têm um desejo genuíno de servir a Deus, mas porque momentaneamente ficam fora de si.
Você e eu podemos ser fracos, mas mesmo assim somos justos. Nós fomos crucificados com Cristo e ressuscitamos com Ele. Embora sejamos fracos, somos filhos de Deus. Nós somos um povo justo. Nós somos os obreiros da justiça. Nós que realmente nascemos de novo queremos fazer a vontade do Espírito Santo, tendo o desejo em nosso coração de servir ao Senhor de todas as formas possíveis. Tudo que pessoas como nós têm a fazer é viver segundo a vontade do Espírito Santo. E essa vontade do Espírito Santo nasce em nosso coração quando fazemos a obra do Senhor. Quando você pára de viver segundo os desejos da carne, você é despertado para fazer a vontade do Espírito Santo, vem para a Igreja de Deus onde a vontade do Espírito Santo cresce em você, ouve a Palavra, e coloca seu coração na obra de Deus mesmo sendo fraco ainda.
Quando você sentir em seu coração o desejo de fazer a obra de Deus, não ignore esse desejo, mas passe a realizá-lo mesmo que ele seja pequeno, e junte-se aos servos de Deus e a Sua Igreja. Se você fizer isso este pequeno desejo crescerá como uma bola de neve que desce montanha abaixo. Deste modo, você passará a ter um desejo ardente de viver para Deus e de fazer Sua obra ainda mais e, conseqüentemente, sem você esperar, você se tornará um grande obreiro de Deus. Por mais que sejamos fracos, Deus colocou o Espírito Santo em nosso coração. Ele se tornou nosso Salvador que habita em nós como o Deus vivo, e fez brotar o desejo do Espírito Santo em nós para que também possamos fazer Sua obra abençoada. Eu agradeço ao Senhor por ter feito brotar esse desejo em nós. E eu desejo e oro para que todos vocês vivam segundo a vontade do Espírito Santo que nasceu em seu coração. Aleluia!