The New Life Mission

Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 10-8] (João 10:11-18) O Senhor Também é o Nosso Bom Pastor

(João 10:11-18)
“Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Mas o mercenário, que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa. Ora, o mercenário foge, porque é mercenário e não tem cuidado das ovelhas. Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido. Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai e dou a minha vida pelas ovelhas. Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor. Por isso, o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar e poder para tornar a tomá-la. Esse mandamento recebi de meu Pai”.
 
 
O Bom Pastor Dá a Sua Vida pelas Ovelhas
 
O Senhor deixa bem claro aqui que ele é o bom Pastor, e que o bom Pastor dá a vida pelas ovelhas. Seria maravilhoso se só houvesse bons pastores como o Senhor, mas infelizmente há muitos mercenários, como mostra o texto bíblico acima, entre os pastores deste mundo que só trabalham por dinheiro. Assim como há o bem e o mal neste mundo, há também mercenários e bons pastores.
Nosso Senhor se refere a si mesmo como o bom Pastor que dá a vida pelas ovelhas. Mas que base o Senhor tinha para dizer isso? Nós podemos entender isso muito bem através da obra de Jesus, que foi batizado por João Batista, morreu crucificado para salvar o homem do pecado, e salvou suas ovelhas de uma vez por todas ao ressuscitar dos mortos. O Senhor nos salvou dos nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito e nos deu a verdadeira salvação como um dom, assim como a todo aquele que crê neste verdadeiro evangelho.
O texto bíblico deste capítulo nos diz que o mercenário deixa as ovelhas e foge quando vê vir um lobo. Mas nosso Senhor não age assim, pois ele é o bom Pastor que alimenta e protege suas ovelhas. Jesus veio a este mundo para resgatar as ovelhas que certamente morreriam por causa de seus pecados, e ele as salvou sendo batizado por João Batista, entregando sua vida ao ser pregado naquela terrível cruz, e ressuscitando dos mortos. Sem dúvida alguma, nosso Senhor é o bom Pastor para aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito. E até as ovelhas que estavam perdidas e sem direção puderam receber a verdadeira salvação tendo um encontro com Deus através do evangelho da água e do Espírito. O Senhor nos salvou de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito, nós que estávamos condenados à morte por causa do pecado original e dos nossos pecados pessoais.
Antes de Jesus Cristo vir a este mundo, a humanidade caminhava a passos largos para a destruição por causa dos seus pecados. Você e eu éramos pessoas assim, que não tinham como evitar o pecado e pecaríamos a vida toda, pois todos nós nascemos como filhos do pecado. Nós éramos pessoas que não podiam evitar a morte física e espiritual por causa dos pecados que cometíamos.
Mas mesmo assim, nosso Senhor deu sua vida para nos salvar. Jesus levou todos os pecados deste mundo quando foi batizado por João Batista no rio Jordão, derramou seu sangue morrendo em agonia na cruz e ressuscitou dos mortos. Ao fazer tudo isso, ele salvou todos que creem neste evangelho da água e do Espírito de uma vez por todas. Foi assim que finalmente nos tornamos as verdadeiras ovelhas de Cristo Jesus, porque ele foi batizado e derramou seu sangue.
Agora, você e eu podemos receber a remissão dos nossos pecados de uma vez por todas, ter uma nova vida e tomar posse da vida eterna crendo na verdade da salvação que o Senhor nos deu, ou seja, no evangelho da água e do Espírito. Se o Senhor não tivesse vindo pelo evangelho da água e do Espírito, nós ainda não estaríamos condenados à morte por causa dos nossos pecados? Se o Senhor não tivesse vindo a este mundo, você e eu ainda estaríamos condenados ao inferno e à destruição. A verdade imutável é essa: nós fomos salvos porque Jesus foi batizado por João Batista e morreu na cruz.
Qual era a nossa condição antes de sermos salvos? Nós não éramos pessoas más que estavam condenadas a morrer e ir para o inferno por causa dos nossos pecados? É por isso que cremos no evangelho da água e do Espírito e somos gratos a Deus, o adoramos e damos graças a ele, porque o Senhor é o nosso bom Pastor. Em momento algum devemos nos esquecer da verdade da salvação na qual nosso Senhor, que é o bom Pastor, entregou sua vida na cruz para salvar suas ovelhas. Eu não tenho como agradecer a Deus por isso. Nosso Senhor é mesmo o bom Pastor para todos nós que cremos. Louvado seja o Senhor!
 
 
As Palavras que o Senhor Disse aos Ladrões Espirituais
 
Nosso Senhor diz no evangelho de João capítulo 10 verso 10: “O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância”. Você precisa entender muito bem o que essas palavras querem dizer. O Senhor disse: “O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir”. A Palavra fala especificamente aqui dos pastores que enganam as pessoas e são ladrões e mercenários espirituais. O mercenário é literalmente alguém que só trabalha para obter lucro. Jesus ilustra isso muito bem aqui dizendo que os ladrões e mercenários espirituais são aqueles que tentam matar e destruir os crentes enganando-os em sua igreja. O mercenário é aquele que chega até as pessoas para disseminar uma fé errada a fim de roubar seus bens materiais e sua alma. Os mercenários primeiro tiram tudo das pessoas e depois as destrói.
Você e eu sabemos bem disso e podemos ver a verdadeira natureza dos ‘mercenários’ pelos seus frutos espirituais. Às vezes eu assisto a esses pastores famosos que pregam na TV e fico indignado quando vejo suas igrejas cheias de luxo. Aí eu fico pensando se essas igrejas luxuosas não foram construídas para competir umas com as outras. Eu fico decepcionado ao ouvir o que eles dizem; suas pregações são todas mundanas e estão longe da verdade do evangelho da água e do Espírito. A base da sua pregação se limita apenas a dizer aos seus ouvintes que qualquer um pode ficar rico se crer em Jesus como seu Salvador, ou que se alguém deseja ser um bom cristão, ele só tem que ser um bom cidadão e entregar sua vida a Jesus. Pior ainda, o verdadeiro propósito dessas pregações é sustentar a ganância destes pastores, e para isso, eles colocam medo nos crentes dizendo que eles não serão abençoados por Deus se não viverem assim.
O Senhor critica duramente os mercenários em suas pregações e nos diz que seu propósito é roubar tudo dos crentes. Você já percebeu como os mercenários são gentis com os membros de suas igrejas? Eles sempre falam com eles com toda educação, dizendo: “Olá, como vai?” Eles agem de uma maneira hipócrita e tratam seus membros como se fossem dóceis ovelhas e cordeiros. Eles dizem: “Vocês têm que levar uma vida de retidão perante o Senhor”, e escolhem muito bem suas palavras para não parecer contrárias ao seu modo de agir. Estes são os verdadeiros mercenários espirituais.
Eles também pregam assim: “Vocês são mesmo povo de Deus? Se são, vocês têm que levar uma vida de retidão. Já que somos povo de Deus, temos que viver de uma maneira que o nome do Senhor não seja envergonhado por nós. Para isso, temos que deixar o pecado e fazer orações de arrependimento a Deus, pois assim seremos santificados. Se vocês fizerem isso, vocês serão santificados. Só assim as pessoas verão Jesus em vocês e crerão nele também. Como é que devemos viver então? Temos que deixar toda maldade que há em nós e nos tornar bons cristãos”. É isso que eles ensinam aos seus membros, ilustrando suas mensagens com todo tipo de palavra do mundo. É por isso que eu os considero pessoas que guiam as ovelhas de Deus pelo caminho errado, pois ainda não receberam a salvação dada por Deus através do evangelho da água e do Espírito.
Os pastores que creem corretamente no evangelho da água e do Espírito dado por Deus pregam uma palavra que alimenta suas ovelhas, pois creem na justiça de Deus e seguem o Senhor. Eles fazem a obra de Deus pregando o evangelho da água e do Espírito em muitos lugares. Estes pastores pregam para as pessoas a obra da salvação que nosso Senhor realizou, ou seja, o evangelho da água e do Espírito. Deste modo, eles concedem o dom de uma nova vida a todos que aceitam este evangelho. Os verdadeiros obreiros de Deus são todos que fazem a vontade do Senhor e pregam para muitas almas as bênçãos de Deus através do evangelho da água e do Espírito.
Mas nós temos que entender que os mercenários não agem assim. Eles são pessoas que se aproximam dos outros e pregam para eles com o único propósito de roubá-los. Eles não usam armas, mas não deixam de ser ladrões. Eu posso te dar muitos exemplos de como eles roubam suas igrejas, física e espiritualmente. Por exemplo, todos que vêm para suas igrejas são recebidos como pessoas santificadas; os que vão sempre à igreja são ordenados diáconos; se eles ganham muito dinheiro e dão grandes ofertas então, logo são ordenados presbíteros. Deve ser por isso que há tantos diáconos e presbíteros nessas igrejas. Mas a verdade é que tudo isso não passa de um método para enganar e roubar essas pessoas. E é por isso também que não há ninguém entre eles que possa pregar o evangelho da água e do Espírito.
Nós vemos muitos pastores deste mundo confessando a Jesus como seu Salvador, mas o Senhor nos adverte que há muitos mercenários entres eles que pastoreiam sem conhecer o evangelho da água e do Espírito. Jesus fala abertamente sobre isso no texto bíblico deste capítulo.
Olhe ao seu redor. Você e eu cremos no evangelho da água e do Espírito e somos as ovelhas que receberam de Deus a verdadeira remissão de pecados, mas estes mercenários não são abusados e só se aproximam das ovelhas de Deus para roubá-las? As ovelhas de Deus são aqueles que se tornaram seu povo recebendo a salvação de todos os seus pecados por crerem no evangelho da água e do Espírito dado por ele. Eles seguem a Jesus porque conhecem a sua voz. E a razão pela qual essas verdadeiras ovelhas seguem o Senhor é que elas sabem distinguir a voz do Pastor da voz do mercenário.
Nós que cremos na justiça de Deus temos que saber como distinguir as palavras do mercenário da Palavra de Deus. Está escrito no livro de Gênesis 1:6: “E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas”. Isso significa que Deus separou as águas do firmamento das águas barrentas da terra. Em outras palavras, ele separou sua Palavra das palavras dos homens. Por isso, nós temos que discernir todas as coisas baseados na Palavra de Deus. Temos que separar os vários pastores do Cristianismo hoje em dia que são os verdadeiros servos de Deus dos que são mercenários. Temos que entender que nem todos que dizem que nasceram de novo crendo em Jesus são verdadeiros cristãos; não é só porque alguém foi indicado para ser diácono ou presbítero em sua igreja que ele é um verdadeiro cristão; e nem só porque alguém se tornou pastor de uma igreja isso significa que ele é um líder de Deus. Mas para discernirmos quem são os ladrões espirituais e os bons pastores, temos que conhecer o evangelho da água e do Espírito e crer nele. Temos que analisar tudo e ver quem está seguindo o Senhor Jesus Cristo pela fé, se ele de fato é ovelha de Deus e crê no evangelho da água e do Espírito.
Nosso Senhor disse que conhece suas ovelhas e que elas também o conhecem muito bem, que elas seguem o bom Pastor porque conhecem a voz do seu Pastor. Mas dentre as muitas ovelhas perdidas deste mundo, há aquelas que tiveram um encontro com o Senhor através do evangelho da água e do Espírito, enquanto outras ainda não tiveram este encontro com ele. Tragicamente, essas ovelhas que ainda não receberam a remissão de pecados por não conhecerem o evangelho da água e do Espírito ainda não são ovelhas de Deus, ovelhas do seu rebanho. Mas todos podem ter um encontro com o Senhor se crerem no evangelho da água e do Espírito, que diz que Jesus Cristo nos salvou de todos os pecados do mundo ao ser batizado por João Batista, ao derramar seu sangue na cruz e ressuscitar. Por essa razão, temos que entender o que é o evangelho da água e do Espírito e crer neste verdadeiro evangelho.
Dentre todos os líderes cristãos, há aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito e os que se recusam a crer nele e são, obviamente, mercenários malignos. Estes mercenários só querem usar suas ovelhas e tirar seus bens materiais para enriquecer com eles. Mas os bons pastores aceitam em seu coração o evangelho da água e do Espírito dado por Deus e praticam a sua justiça. Estes pastores são os verdadeiros líderes da igreja de Deus.
Há muitos que se tornaram mercenários espirituais. Eles são aqueles que se formaram nos seminários teológicos, recebem um salário da sua igreja, mas que não conhecem nem creem no evangelho da água e do Espírito. Eles são falsos pastores cujo sistema de valores só está baseado nas coisas materiais. Eles não estão preocupados com que as ovelhas de Deus sejam salvar ou sua alma receba a verdadeira remissão de pecados, mas só com que os crentes encham seus bolsos. Se essas pessoas não são os ladrões e mercenários citados pelo Senhor, quem mais seriam eles então?
Os verdadeiros servos de Deus se preocupam muito se alguém recebeu a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, e também em como edificar a fé destes irmãos que creem. É por isso que os servos de Deus que creem no evangelho da água e do Espírito pregam a Palavra para que eles possam crescer espiritualmente. Então, quando um servo de Deus prega a Palavra para aqueles que já são ovelhas do Senhor, o Espírito Santo que habita em seu coração os leva a dizer “amém” e os enche de fé. Estes verdadeiros santos de Deus são obedientes à sua Palavra e não se desviam dela. E por essa razão, eles e Jesus Cristo se tornam um só de acordo com a vontade do Pai. O Deus Triuno é chamado Deus da Trindade porque nos salvou dos pecados do mundo com um só propósito.
Nós temos que reconhecer esses mercenários e manter distância deles, discernindo a Palavra das suas mentiras com as “lentes espirituais” chamadas evangelho da água e do Espírito. O Senhor disse: “Mas o mercenário, que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa” (Jo 10:12). Como as ovelhas vivem? Por fazerem parte da família de Deus, elas ajudam umas as outras e se protegem mutuamente também, ainda mais quando alguma delas está em perigo. Elas cuidam uma das outras porque querem que todas cresçam como uma só família. Por já terem se tornado justas crendo na Palavra do evangelho da água e do Espírito e recebido a remissão de pecados, elas cuidam umas das outras para que sua fé seja cada vez mais edificada e para receber as bênçãos de Deus. É por isso que nós cuidamos uns dos outros, pois somos uma família que recebeu a gloriosa salvação através do evangelho da água e do Espírito.
O desejo do coração dos pastores que de fato receberam a remissão de pecados é que os santos prosperem material e espiritualmente. E o desejo do Senhor é que todos realmente creiam no evangelho da água e do Espírito, a fim de que possam receber suas bênçãos em sua igreja e se tornar pessoas de Deus. O Senhor disse: “Eu vim para tenha vida, e a tenham com abundância” (Jo 10:10). Ele quer que recebamos grandes bênçãos materiais e espirituais. O coração de Deus e do bom Pastor é justamente assim.
Aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito são povo de Deus. Nós somos as ovelhas que já tiverem um encontro com Jesus Cristo e, por isso, o Senhor é o nosso bom Pastor. Então, precisamos discernir os verdadeiros pastores dos mercenários, além de vivermos como pregadores que guiam as ovelhas perdidas em direção ao aprisco e as ajuda a ter uma vida abundante. O Senhor nos disse que é assim que devemos viver. Está escrito: “Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido. Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai e dou a minha vida pelas ovelhas” (Jo 10:14-15). Nosso Senhor deu a vida pelas suas ovelhas. Jesus foi batizado por João Batista e morreu crucificado para nos salvar dos pecados do mundo e nos dar uma nova vida.
Quando fazemos a obra de Deus, às vezes nos sentimos tão cansados e estressados que parece que vamos morrer. No entanto, quanto mais nos dedicamos é que pensamos assim: “O Senhor é o meu bom Pastor e até deu sua vida por mim depois de ser batizado, mas eu estou reclamando de ter trabalhado a noite inteira, mesmo tendo me alimentado muito bem durante todo o trabalho. Eu tenho que obedecer ao Senhor mesmo que isso custe minha vida. Por que eu tenho que evitar a todo custo sofrer tanto por ele?” Quando isso acontece é que percebemos o quanto estamos em falta com o Senhor e como ele de fato é um bom Pastor para nós.
 
 
Nós Cremos que o Senhor é Realmente o Bom Pastor
 
Ao explicar a razão de seu Pai o amar tanto, o Senhor disse: “Por isso, o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la” (Jo 10:17). Embora o Senhor tenha dado sua vida, ele a tomou de volta para nos dar uma nova vida. Deus Pai amou seu Filho Jesus, que é o nosso Salvador. Muitas ovelhas perdidas receberam uma nova vida em Jesus por ele ter sido batizado e entregado sua vida na cruz. Deus amou Jesus Cristo porque ele é seu Filho unigênito, assim como foi grato a ele por ter completado sua obra.
Até mesmo na sociedade humana, não há um pai que não ame seu filho único. Mas um filho é mais amado quando faz coisas boas e corretas. Suponha que um filho salvou a vida de outra pessoa; seu pai não ficaria orgulhoso de ter um filho tão bom assim?
Pense nisso! Já que o Senhor que nos salvou de todos os nossos pecados é o próprio Deus que criou o universo, quem é que tem poder para ameaçá-lo ou matá-lo? Não há ninguém que possa se levantar contra ele.
É por isso que todos precisam saber que o Senhor veio a este mundo e foi batizado por livre e espontânea vontade; foi ele quem aceitou ser condenado na corte de Pilatos e ter suas mãos e pés pregados na cruz para nos tornar suas ovelhas e nos dar uma nova vida. O Senhor de modo algum se rendeu aos homens maus porque não tinha poder. Todos que se levantam como deuses neste mundo são servos de Satanás. Nosso Senhor é o verdadeiro rei dos Reis e o Deus dos deuses, o único Deus Todo-Poderoso, o bom Pastor, o Deus da nossa salvação.
Irmãos, nós não cremos em uma das muitas religiões deste mundo. Nós cremos no Senhor que entregou voluntariamente sua vida para nos salvar da destruição. O Senhor diz assim no evangelho de João capítulo 10 versículo 18: “Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar e poder para tornar a tomá-la. Esse mandamento recebi de meu Pai”. Isso significa que foi Deus Pai quem requereu isso do Senhor; e o Senhor obedeceu à vontade de seu Pai. Nosso Senhor de fato é o nosso bom Pastor. Ele é o bom Pastor que deu sua vida para apagar todos os nossos pecados e fazer com que recebêssemos uma nova vida. Ele é o nosso verdadeiro Deus e o nosso Salvador.
O Deus em que cremos é diferente dos ídolos deste mundo. A maneira mais segura de cumprirmos a Palavra de Deus e recebermos uma nova vida é crendo no Deus que nos deu o evangelho da água e do Espírito. É crendo no evangelho da água e do Espírito que podemos ter um encontro com Deus e seguir a ele, que é o nosso bom Pastor. Você e eu nos tornamos filhos de Deus e ovelhas do Senhor crendo na sua justiça.
As verdadeiras ovelhas de Deus hoje em dia são aqueles que receberam a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. A característica destes verdadeiros crentes é que eles entendem a voz do bom Pastor e o seguem. Mas uma coisa que temos que entender é que seu aspecto ‘físico’ pode parece do mal, embora ‘espiritualmente’ tenham se tornado as dóceis ovelhas do Senhor. Isso acontece porque a natureza do pecado ainda está em seu coração. Apesar disso, eles jamais devem buscar os desejos malignos do seu coração. Nós temos que crer na Palavra de Deus através do evangelho da água e do Espírito e seguir a sua voz tendo pensamentos espirituais, não carnais, crendo que o Senhor nos salvou de todos os pecados do mundo e que foi ele quem nos deu uma nova vida. Sendo assim, como verdadeiras ovelhas de Deus, temos que ouvir atentamente a voz do Pastor e segui-lo.
Embora não tenhamos que dar nossa vida como fez nosso Senhor, que é o bom Pastor que foi batizado por João Batista e derramou seu sangue na cruz por suas ovelhas, pelo menos temos que pregar o evangelho da água e do Espírito às pessoas que estão ao nosso redor e ainda presas aos seus pecados. Foi por isso que o Senhor disse que essas pessoas têm que vir para o seu aprisco e pertencer a ele. Nós agora somos as ovelhas que fazem a boa obra para que todos creiam e sejam salvos dos seus pecados.
Essa noite eu quero pregar sobre o Senhor, que é o bom Pastor. E o meu maior desejo é que todos vocês creiam em Jesus Cristo, que é o bom Pastor, através do evangelho da água e do Espírito. Pela graça de Deus, nós cremos no evangelho da água e do Espírito e temos vivido até hoje porque Jesus Cristo é o nosso bom Pastor, que nos salvou e nos guiou aos braços seguros de Deus. Vocês entendem isso? O bom Pastor nos salvou e sempre nos guiará por um caminho de justiça. Que todos nós venhamos dar graças a Deus e ao nosso Senhor que é o nosso bom Pastor!
Já que vocês se tornaram ovelhas de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito, meu maior desejo é que vocês creiam firmemente em Deus e sigam a voz dos pastores que ele escolheu. Se vocês ouvirem e seguirem a voz do Pastor, vocês terão uma vida muito mais abundante, e nós vivemos neste mundo compartilhando essa vida abundante e todas as suas bênçãos. O Senhor deu essa bênção maravilhosa a suas ovelhas através do evangelho da água e do Espírito.

Obrigado, Senhor!