Sermões

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 12-2] (Gênesis 12:1-9) A Fé do Altar de Ofertas Queimadas

(Gênesis 12:1-9)
“Ora, o SENHOR disse a Abrão:
Sai-te da tua terra,
Da tua parentela
E da casa de teu pai,
para a terra que eu te mostrarei.
E far-te-ei uma grande nação,
E abençoar-te-ei
E engrandecerei o teu nome;
E tu serás uma bênção.
E abençoarei os que te abençoarem,
E amaldiçoarei os que te amaldiçoarem;
E em ti serão benditas todas as famílias da terra.
Assim partiu Abrão como o SENHOR lhe tinha dito, e foi Ló com ele; e era Abrão da idade de setenta e cinco anos quando saiu de Harã. E tomou Abrão a Sarai, sua mulher, e a Ló, filho de seu irmão, e todos os bens que haviam adquirido, e as almas que lhe acresceram em Harã; e saíram para irem à terra de Canaã; e chegaram à terra de Canaã. E passou Abrão por aquela terra até ao lugar de Siquém, até ao carvalho de Moré; e estavam então os cananeus na terra. E apareceu-o SENHOR a Abrão, e disse: Å tua descendência darei esta terra. E edificou ali um altar ao SENHOR, que lhe aparecera. E moveu-se dali para a montanha do lado oriental de Betel, e armou a sua tenda, tendo Betel ao ocidente, e Ai ao oriente; e edificou ali um altar ao SENHOR, e invocou o nome do SENHOR. Depois caminhou Abrão dali, seguindo ainda para o lado do sul”
 
 
O Antigo Testamento avança desde o período de Adão até o período de Noé, ao período de Sem, e o período de Abraão vem depois do período de Sem. O capítulo doze do livro de Gênesis fala do período de Abraão. Deus escolheu os líderes de seu povo e a sua vontade foi conhecida através deles. E quando um líder estava prestes a morrer, ele escolhia outro líder que os guiava e continuava o seu trabalho.
Depois que o pai de Abraão, Terá, morreu, Deus disse a Abraão:
“Sai-te da tua terra,
Da tua parentela
E da casa de teu pai” (Gênesis 12:1), e Abraão seguiu a Palavra de Deus e foi para a terra de Canaã. Abraão tinha setenta e cinco anos quando deixou sua família e seu país.
 
 
Abraão Construiu um Altar de Oferta Queimada ao Deus Jeová
 
Está escrito: “E tomou Abrão a Sarai, sua mulher, e a Ló, filho de seu irmão, e todos os bens que haviam adquirido, e as almas que lhe acresceram em Harã; e saíram para irem à terra de Canaã; e chegaram à terra de Canaã.” É assim que está escrito. Também está escrito: “E passou Abrão por aquela terra até ao lugar de Siquém, até ao carvalho de Moré; e estavam então os cananeus na terra. E apareceu-o SENHOR a Abrão, e disse: Å tua descendência darei esta terra’.”
Quando Abraão e sua família entraram na terra de Canaã, Deus apareceu a ele e por isso Abraão construiu um altar de oferta queimada e a ofereceu ao Senhor, que apareceu para ele e foi adorado. Por que ele construiu um altar ali? E que tipo de altar era esse? Este foi o mesmo tipo de altar de oferta queimada que Adão e Eva, ancestrais de Abraão, construíram e ofereceram a Deus. E este tipo de altar também foi o mesmo que Abel usou para abater ovelhas e bodes e oferecer a Deus; e também foi o mesmo tipo de altar que Noé construiu depois de sair da arca após o grande dilúvio. Abraão construiu este altar como sinal de uma fé que ele herdou, algo que marcou o período em que viveu.
O texto nos mostra que Abraão construiu o altar para Deus. Os seus antecessores também construíram este tipo de altar cada um em seu tempo. Por que você acha que isto aconteceu? Era costume dar graças e adorar ao Deus que os salvou pois todos estavam condenados à morte e ao juízo. Eles ofereciam essa adoração a Deus, devolvendo-lhe a glória, louvando o nome de Deus e relembrando que ele era o seu Salvador. Isto parecia um sacrifício, mas hoje fazemos o mesmo quando adoramos a Deus no culto.
Quando Deus apareceu a ele, Abraão construiu um altar de oferta queimada e ofertou a ele. Nós também precisamos de uma oferta de sacrifício para ofertar a Deus. Ao fazer isso, Abraão estava confessando sua fé a Deus por ser o Deus de seus antecessores e dele mesmo, enquanto passava seus pecados para a oferta de sacrifício, depois degolava o animal do sacrifício, o cortava em pedaços e queimava no altar.
 
 
Todos os Pais da Fé Construíram Este Altar de Oferta Queimada
 
Cada antecessor da fé tinha que construir este altar e oferecer uma oferta queimada a Deus. Naquele tempo eles não tinham uma lei específica para oferecer sacrifícios porque Deus ainda não tinha lhes dado o sistema sacrificial do Tabernáculo. No entanto, o sacrifício de oferta queimada já estava pronto durante o tempo de Adão e Eva. Para dar a remissão de pecados de Adão e Eva, que desobedeceram a ordem de Deus de não comerem o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, Deus os vestiu de roupas de couro tiradas de um animal, e Adão e Eva ofereceram o animal como sacrifício naquele tempo. Adão e Eva ensinaram isso para seus filhos enquanto cresciam; e Abel sabendo disso compreendeu que tinha que oferecer esta oferta queimada como sacrifício a Deus.
Ele não soube disso do nada. Pelo contrário, ele aprendeu isso com seus pais. Por outro lado, Caim que por tantas vezes ouviu sobre este sacrifício não compreendeu o significado dele e levou uma oferta do fruto da terra a Deus segundo seus próprios pensamentos, mas Deus não a recebeu.
Adão tinha uma comunhão invisível com Deus através de sua oferta queimada. Eles tiveram uma conversa privada sobre por que ele tinha que oferecer este sacrifício como oferta queimada e por que ele precisava levar diante de Deus um animal de sacrifício, e também como Deus o amava. Foi assim que a oferta queimada que começou com Adão e Eva se estendeu até seus filhos e todos os descendentes da fé. Quem ensinou a Noé sobre a oferta queimada? A primeira coisa que Noé fez depois de sair da arca foi construir um altar de oferta queimada, mas ele fez isso porque seus antecessores o ensinaram assim. Noé construiu um altar de oferta queimada assim que saiu da arca, e isto nos mostra claramente que ele tinha sido iniciado no segredo da oferta queimada por seus antecessores. Assim podemos ver que a primeira coisa que ele fez quando saiu da arca foi oferecer esta oferta queimada, mostrando que esta era a primeira coisa que ele queria fazer, e era algo que ele não poderia fazer mesmo se quisesse enquanto ainda estava na arca.
Os antecessores da fé impunham suas mãos sobre o animal do sacrifício quando o ofereciam sobre o altar ou não? Precisamos pensar nisto juntos. É obvio que as Escrituras não fazem uma menção específica se eles impunham suas mãos sobre o animal do sacrifício ou não. Ela só diz que eles construíram um altar de oferta queimada, alguém pode dizer que não há registro sobre a imposição de mãos. Mas por outro lado, ninguém pode dizer que eles também não impunham as mãos sobre o animal do sacrifício. Mas uma coisa é clara, este sistema de oferta queimada foi passado aos descendentes dos que criam em Deus. A imposição de mãos que começou com Adão e Eva passou para Abel, Sete, Enos, Noé, Sem e para Abraão.
Qual você acha que era a condição do coração daquele que construía um altar de oferta queimada e oferecia sacrifício? Ele impunha suas mãos sobre um animal sem mácula e dizia: “Você tem que morrer em meu lugar. Deus disse que me salvaria se você tirasse os meus pecados e morresse em meu lugar. Eu tenho que fazer o sacrifício de fé a fim de provar a minha verdadeira fé a Deus. Por isso você tem que morrer por mim já que não há outra maneira”, e ele construía o altar de oferta queimada, cortava o animal em pedaços e o queimava no altar.
Como ficava o seu coração enquanto via o animal que estava sendo queimado assim? Seu coração devia ficar pesado, pensando: “Animal, você está morrendo em meu lugar. Eu é que deveria morrer assim e não você, mas você está levando os meus pecados.” E como estava seu coração com relação a Deus? Ele provavelmente pensava: “Eu deveria receber o juízo de Deus e ser lançado no fogo e morrer como este animal, mas para me salvar, Deus deu esta oferta de sacrifício e me salvou.” Na hora que ele oferecia esta oferta queimada, ele cria que Deus já o tinha salvo. Ele alcançava a fé que cria que podia receber a remissão de seus pecados através da oferta de sacrifício que ele tinha herdado de seus antecessores.
Quando Abraão entrou na terra de Canaã, Deus disse: “Aos seus descendentes eu darei esta terra”, e Abraão ouve isto e constrói um altar de oferta queimada naquele lugar. Por Abraão ter construído o altar de oferta queimada significa que seu pai, seu avô e todos os seus antepassados tinham construído o mesmo altar a Deus. Abraão viu as ofertas queimadas que as gerações tinham oferecido a Deus e compreendeu que também tinha que oferecer a mesma oferta queimada quando fosse oferecer sacrifício a Deus.
Existe um costume nos cultos religiosos do Confucionismo, mas ele é diferente da oferta queimada. Este costume foi desenvolvido por achar que os descendentes de alguém honraria seus pais se ele oferecesse sacrifício aos seus ancestrais honoráveis. Assim, aquele que cresce vendo sua família fazendo cultos religiosos aos seus parentes mortos também vai querer fazer a mesma coisa que viu e participou. Como ele viu sua família fazer estas coisas, ele acabava seguindo esta mesma tradição, com o mesmo propósito inclusive.
Da mesma forma, Abraão também testemunhava destas coisas enquanto crescia, e por isso ele construiu um altar de oferta queimada quando Deus apareceu para ele. Abraão construiu um altar e ofereceu sacrifício a Deus pela fé com ações de graças dizendo: “Graças te dou Senhor. Eu creio em ti como Deus, o Deus de meus antepassados, o Deus que me salvou e o Deus que apagou todos os meus pecados e me salvou de todos os meus pecados!”
Podemos ver nas Escrituras que os descendentes de Abraão que não receberam a remissão de seus pecados não seguiram a Palavra de Deus, e adoraram a ídolos ao invés de construírem um altar de oferta queimada. Mas os descendentes da fé lembraram do nome do Senhor e construíram um altar de oferta queimada a ele. Eles fizeram isto para dar graças a Deus pela remissão de pecados recebida dele. Mesmo hoje em dia, aqueles que verdadeiramente nasceram de novo por crerem que Jesus levou todos os seus pecados sobre si através de seu batismo, morreu na cruz, ressuscitou ao terceiro dia e ascendeu aos céus, ainda dão glória e graças a Deus. Esta é a verdadeira adoração espiritual que somente os justos nascidos de novo podem oferecer a Deus.
 
 
A Oferta Queimada Ainda Existe no Culto de Adoração que Fazemos a Deus
 
Nós oferecemos ou não o sacrifício no altar de oferta queimada quando adoramos a Deus no culto? É claro que oferecemos. Jesus Cristo veio a este mundo, levou todos os nossos pecados sobre si em seu batismo, morreu na cruz para pagar o salário desses pecados e nos salvou ao ressuscitar dos mortos. É disso que se trata a oferta queimada do Antigo Testamento. Os antecessores da fé há muito tempo atrás construíram um altar de oferta queimada, e hoje nós construímos este altar por crermos que o sacrifício de Jesus Cristo é o mesmo, espiritualmente falando. As pessoas de fé no Antigo Testamento recebiam a remissão dos seus pecados crendo que o Messias viria e os salvaria; então eles ofereciam sacrifícios construindo o altar de oferta queimada. Espiritualmente, a fé destas pessoas é a mesma que a nossa hoje. Eles ofereciam ofertas queimadas crendo que Deus enviaria no futuro o Salvador a este mundo, e que ele passaria todos os pecados da humanidade para este Salvador através do batismo e dessa forma salvaria a todos. Eles receberam a salvação crendo nas coisas que se manifestariam no futuro, e nós recebemos a salvação pela fé que crê na obra que Jesus fez.
Como foi profetizado no Antigo Testamento, Jesus veio a esta terra, recebeu todos os pecados do mundo através do batismo que recebeu de João Batista e pagou o salário por todos esses pecados morrendo na cruz; e Jesus ressuscitou dos mortos ao terceiro dia e ascendeu ao Reino dos Céus. Todo aquele que crê nisto, dá graças e louva a Deus, é alguém que oferece um sacrifício a Deus através do cordeiro sacrificial, Jesus Cristo. A Palavra no Antigo Testamento nos diz: “Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em Espírito e em verdade” (João 4:24). Crer em toda obra que Jesus fez e aceitar o evangelho da água e do Espírito é na verdade oferecer uma adoração real a Deus em Espírito e em verdade.
Eu quero que você se lembre que Abraão construiu um altar de oferta queimada a Deus. Este foi o sacrifício que Abraão ofereceu para celebrar a Deus depois de entrar na terra de Canaã. Depois que ele entrou na terra de Canaã segundo a promessa de Deus, ele chamou o nome do Senhor, o louvou e o adorou; e Deus o aprovou como o pai da fé. Precisamos nos lembrar disto e pensar novamente no significado do evangelho da água e do Espírito que Jesus cumpriu por nós.
Se sacrificar um animal cortando-o em pedaços oferecendo-o como oferta queimada era o meio de adorar a Deus no Antigo Testamento; do mesmo modo viver no evangelho da água e do Espírito é a nossa adoração espiritual que oferecemos hoje a Deus. Eu quero que vocês ofereçam esta adoração a Deus em Espírito e em verdade.