The New Life Mission

Sermões

Assunto 13: O Evangelho Segundo MATEUS

[Capítulo 27] (Mateus 27:45-54) O Véu do Templo se Rasgou em Duas Partes, de Alto a Baixo

( Mateus 27:45-54 )
“Desde a hora sexta até à hora nona houve trevas sobre toda a terra. Por volta da hora nona exclamou Jesus em alta voz: Eli, Eli, lamá sabactâni, que quer dizer: Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Alguns dos que ali estavam, ouvindo isto, diziam: Ele chama por Elias. E logo um deles, correndo, tomou uma esponja, embebeu-a em vinagre e, pondo-a numa cana, dava-lhe de beber. Os outros, porém, diziam: Deixa, vejamos se Elias vem livrá-lo. E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito. Nesse instante o véu do templo se rasgou em duas partes, de alto a baixo. Tremeu a terra, e fenderam-se as rochas. Abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos, que dormiam, ressurgiram. E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição de Jesus, entraram na cidade santa e apareceram a muitos. O centurião e os que com ele guardavam a Jesus, vendo o terremoto e as coisas que haviam sucedido, tiveram grande temor, e disseram: Verdadeiramente este era Filho de Deus.’”
 
 
Na passagem bíblica de hoje está escrito que “o véu do templo se rasgou em duas partes, de alto a baixo” quando Jesus Cristo morreu. O templo de Deus era um pequeno espaço onde ficava a Arca da Aliança. Esse era o lugar aonde Deus vinha e derramava Sua graça. No tempo do Antigo Testamento, uma vez ao ano o Sumo Sacerdote entrava no templo com o sangue do animal sacrificado, e o aspergia sete vezes sobre a Arca na banda do oriente e Israel recebia a remissão dos pecados que cometeu durante o ano todo.
● O templo era o lugar aonde Deus vinha e derramava Sua graça.
● Ninguém podia entrar na Casa de Deus sem o sangue e a imposição de mãos.
● Então, quando foi que o véu do templo se rasgou? O véu do templo se rasgou quando Jesus derramou Seu sangue e morreu na cruz depois de vir a esta terra como homem e ter recebido Seu batismo no rio Jordão.
Jesus veio a esta terra, levou os pecados dos pecadores ao receber o batismo de João Batista no rio Jordão, tomou todos eles sobre Si e foi à cruz, e acabou com o julgamento deles ao derramar Seu sangue. Assim o véu do templo se rasgou na hora que Jesus morreu. No templo de Deus o véu estava entre o santuário e o Santo dos Santos, e o fato de ele ter se rasgado significa que o que separava Deus das pessoas acabou. Já que Jesus veio a esta terra e recebeu os pecados do mundo através de Seu batismo, e morreu em nosso lugar segundo o que a bíblia diz que “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23), o pecado que separava o homem de Deus acabou, e por isso Deus rasgou o véu. Visto que Jesus deu a remissão de pecados através do evangelho da água e do Espírito, a porta para entrar nos Céus é aberta a qualquer um pela fé.
Quando Jesus morreu na cruz, houve trevas por três horas no lugar onde Ele estava. Jesus tomou todos os pecados do mundo sobre Si ao ser batizado no rio Jordão. E, enquanto morria após ser pregado na cruz para expiar esses pecados, Ele disse: “Eli, Eli, lamá sabactâni?” que quer dizer “Deus meu, Deus meu, por que Me desamparaste?” Depois disso Ele clamou com grande voz e rendeu Seu espírito.
 
 
Jesus Foi Abandonado pelo Pai?
 
Não. Quando Jesus disse: “Deus meu, Deus meu, por que Me desamparaste?” foi porque foi tão angustiante quando Ele recebeu o julgamento pelo pecado da humanidade na cruz após levar todos eles através do batismo de João, que Ele sentiu como se Deus O tivesse abandonado; e não porque Deus o tivesse mesmo abandonado. É claro que Jesus sofreu pelo Pai ter desviado Seu olhar por algum tempo. E por quê? Porque Jesus tomou todos os pecados do homem sobre Si ao receber Seu batismo das mãos de João Batista. Jesus salvou a humanidade morrendo na cruz para pagar o salário pelos pecados do mundo porque Ele tomou sobre Si todos esses pecados. Por isso é que Ele sofreu por algum tempo.
● Jesus não foi abandonado.
● O sofrimento que Jesus passou foi por nós que cremos.
● E o último lamento do Senhor foi uma exclamação pelo julgamento do pecado.
● Mas Jesus tomou todos os nossos pecados sobre Ele e recebeu o castigo em nosso lugar na cruz.
● Porque Ele passou por sofrimento, nós que teríamos que ter sido esquecidos por Deus, recebemos a salvação.
Quando nosso Senhor deixou essa terra, quando Ele clamou na cruz: “Eli, Eli, lamá sabactâni?” e morreu, o véu do templo foi rasgado de alto a baixo na mesma hora. O Senhor abriu as portas do Céu para nós, para que pudéssemos entrar por Sua água e sangue. Eu sou grato ao nosso Senhor por isso. Porque as portas do Céu estavam bem fechadas até o Senhor morrer, mas Ele veio a esta terra, recebeu Seu batismo no rio Jordão para levar o pecado de todos os pecadores, morreu na cruz e nos resgatou das garras do pecado. As portas do Céu estavam fortemente fechadas até Jesus completar a salvação da humanidade e acabar com todos os nossos pecados. As pessoas no tempo do Antigo Testamento também recebiam a remissão de pecados por crer no Messias que viria. Mas Deus realmente abriu as portas do Céu quando o Senhor recebeu Seu batismo no rio Jordão, derramou Seu sangue na cruz e morreu.
Eu sou grato a Deus porque o véu do templo se rasgou de alto a baixo quando Ele morreu. Isso significa que nosso Senhor tomou todos os pecados do mundo no batismo que recebeu no rio Jordão, sendo julgado por Deus Pai ao derramar Seu sangue na cruz, purificando toda a humanidade do pecado. O fato de o véu do templo ter se rasgado de alto a baixo é a prova de que o Senhor completou nossa salvação, para que todos os que crêem na água e no Espírito possam agora entrar nos Céus. O Senhor permitiu que todos que crêem entrem nos Céus pela salvação que já foi completada através do justo ato de Jesus, ou seja, por Ele ter tomado sobre Si todos os pecados quando veio a esta terra pagando o salário desses pecados ao derramar Seu sangue na cruz. Então o véu do templo se rasgou de alto a baixo quando Jesus morreu na cruz e completou a salvação da humanidade pela última vez. O Céu é o lugar onde somente os que crêem no evangelho da água, do sangue e do Espírito que foi completado por Jesus, podem entrar e ter um eterno relacionamento com Deus.
Eu não consigo ser grato o bastante por isso. Ninguém pode entrar nos Céus por sua própria força, mérito ou poder. Mas o Senhor abriu as portas do Céu para que os que crêem no evangelho da água e do Espírito possam entrar. Por isso é que eu não consigo agradecer o bastante a Deus. Já que o Senhor que recebeu Seu batismo no rio Jordão abriu as portas do Céu ao ser pendurado na cruz, nós podemos entrar no Reino de Deus por crer na perfeita salvação que Jesus completou ao sermos purificados dos nossos pecados de uma vez por todas. Eu sou muito grato pela salvação do Senhor que me permite entrar nos Céus. Eu sou muito grato pelo evangelho da água e do Espírito que permite que todos recebam a remissão dos pecados. Eu sou muito grato pelo Senhor ter aberto as portas do Céu e permitir que todos que crêem entrem nele.
 
 
Qual é o Método Para Entrar nos Céus?
 
● As pessoas vão para o Céu pela fé no sangue e no batismo de Jesus.
● Somente a fé na obra que Jesus fez, capacita as pessoas a irem para os Céus.
● Deus permite que vão para os Céus somente as pessoas que crêem em Jesus através do evangelho da água e do Espírito.
● Não podemos entrar nos Céus pelas nossas contribuições, devoção ou falsos méritos. Somente as pessoas que crêem no batismo que Jesus recebeu, no sangue que Ele derramou, no fato dEle ser Deus, o Filho de Deus e o Salvador que os salvou do pecado, é que podem entrar nos Céus.
● A única maneira de poder entrar nos Céus é ter fé em Jesus e na salvação que Ele completou.
● Só é possível entrar nos Céus pela fé no evangelho da água e do Espírito.
Nada mais é necessário para alguém poder entrar no Reino dos Céus. Não há necessidade de nada além da perfeita fé no evangelho da água e do Espírito que nos permite receber a remissão dos pecados. Não é preciso fazer sacrifícios, boas obras, dar muita oferta, nem nada mais para entrar no Céu. Pelo contrário, as obras e a bondade humana são pedra de tropeço. Devemos abandonar essas coisas que nos impedem de entrar no Céu. A única coisa que precisamos é ter fé no batismo que Jesus recebeu no rio Jordão e em Seu sangue que limpou os nossos pecados, ou em outras palavras, o evangelho da água e do Espírito.
A graça e o amor da salvação do Senhor são verdadeiramente maravilhosos. Já que o Senhor amou a humanidade, Ele abriu as portas dos Céus ao receber Seu batismo no rio Jordão, ao derramar Seu sangue e ao morrer na cruz para qualquer que crer no evangelho da água e do Espírito possa entrar nos Céus. Por isso não podemos evitar de louvar a Deus: “O Senhor abriu as portas do Céu para mim! Ele remiu todos os meus pecados ao receber Seu batismo daquela maneira e derramou Seu sangue na cruz por Seu amor por mim!” Agora, quem crer no evangelho da água e do Espírito, o evangelho do batismo e do sangue de Jesus que Ele mesmo completou, pode entrar nos Céus pela fé.
Não é algo muito difícil um pecador crer em Jesus como seu Salvador. Qualquer um recebe a salvação quando crê que Jesus, que é Deus, veio a esta terra ao ser concebido pelo Espírito Santo e tirou completamente os nossos pecados através do batismo que Ele recebeu de João Batista no rio Jordão, e no sangue que Ele derramou na cruz. Só uma coisa é necessária para ter a verdadeira fé. A condição básica é conhecer e crer na verdade do evangelho da água e do Espírito, a Palavra de Deus. A verdade essencial é a verdade da água e do sangue, e é somente conhecendo e crendo nessa verdade que as pessoas recebem a salvação dos seus pecados. “Então conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.”
Deus abriu as portas dos Céus de alto a baixo porque nosso Senhor veio a esta terra, recebeu Seu batismo, derramou Seu sangue e morreu na cruz, e no terceiro dia após Sua morte Ele voltou à vida. Deus abriu as portas dos Céus através de Seu sacrifício expiatório pela remissão dos nossos pecados. O Senhor sabe tudo sobre nós: Ele sabe quando nós nascemos e também todos os pecados que cometeremos. Já que Ele é o Senhor que nos conhece tão bem, Ele levou todos os nossos pecados através do evangelho da água e do Espírito, ou seja, do batismo que Ele recebeu e de Seu sangue.
 
 
Qual é o Significado do Nome de Jesus?
 
O nome “Jesus” significa “Salvador”. Jesus Cristo o Salvador que nasceu nessa terra através do corpo de uma virgem para salvar a humanidade do pecado. O Senhor veio a esta terra para se tornar o Salvador que salvaria toda a humanidade do pecado herdado de Adão e Eva e de todos os pecados cometidos nesse mundo. Nosso Senhor veio a esta terra e quando Ele fez 30 anos, Ele recebeu a transferência de todos os pecados do mundo ao receber Seu batismo no rio Jordão, foi julgado em nosso lugar na cruz e salvou completamente a humanidade assim. O Senhor salvou toda a humanidade do pecado através da água, do sangue e do Espírito (1 João 5:5-8). E todos os que crêem nisso não serão julgados pelo seu pecado.
Em qualquer ignorância que os pecadores estavam, em qualquer fraqueza que estavam, qualquer pecado que cometeram, a água e o sangue de Jesus mostra o poder da salvação. Jesus pagou o preço do pecado e morreu por toda a humanidade através de Seu batismo no rio Jordão e do sangue que derramou na cruz para que todo o pecador pudesse entrar no Reino dos Céus do Senhor pela fé. Ele libertou você e a mim do pecado e do julgamento. Então, todo o homem pode entrar nos Céus pela fé na salvação de Jesus, sendo grato pelo Senhor ter aberto as portas do Céu. Essa é a verdade fundamental do cristianismo e isso é imutável.
O Senhor é o Deus que se tornou o Salvador de todos os pecadores do mundo. Eu sou grato a Jesus por nos permitir receber a salvação dos pecados pela fé. Desde que Jesus nos deu a salvação de graça, não importa que pecados tenhamos cometido, não importa que tipo de pecador nós somos, pois podemos entrar no Céu somente pela fé no evangelho da água e do Espírito. O Senhor amou a nós que éramos tão pecadores, e porque Ele considera os pecadores como pessoas miseráveis, Ele nos salvou através do evangelho da água, do sangue e do Espírito para que pudéssemos viver para sempre em Seu Reino. Jesus salvou a nós pecadores através somente do amor de Deus. Por isso é que temos corações gratos ao Senhor. Não conseguimos ser gratos o bastante a Deus porque nossa capacidade de expressão é falha, mas já que a fé na verdade da salvação do evangelho da água, do sangue e do Espírito é clara em nossos corações, nós somos muito agradecidos. Desde que o Senhor fez todos os que crêem nEle absolutamente capazes de entrar nos Céus, verdadeiramente temos corações gratos a Ele. Nós temos corações gratos ao Senhor que rasgou o véu do templo em duas partes de alto a baixo.
 
 
Jesus Pagou o Preço Por Todos os Nossos Pecados?
 
● Sim. Jesus veio a esta terra em um corpo carnal.
● Para acabar com todos os pecados do homem, quando completou 30 anos, Jesus recebeu Seu batismo de João Batista no rio Jordão e tomou sobre Si todos os pecados da humanidade para cumprir o amor de Deus. Então Ele purificou os pecados de todos os que crêem na água ou, em outras palavras, em Seu batismo.
● E Ele derramou Seu sangue na cruz e salvou do pecado todos os que crêem no evangelho da água e do Espírito ou, em outras palavras, o evangelho da água e do sangue.
● Jesus é o verdadeiro Deus (1 João 5:20). “Também sabemos que o Filho já veio, e nos deu entendimento para conhecermos aquele que é verdadeiro. E estamos naquele que é verdadeiro, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.” Então Ele pode nos dar uma vida eterna com Deus.
 
 
Como Ele Pagou o Preço Pelos Nossos Pecados?
 
O acontecido do véu do templo ter se rasgado, em outras palavras, a abertura da porta do templo dos Céus aconteceu há aproximadamente 2000 anos atrás. Há 2000 anos atrás nós ainda nem tínhamos nascido. Cerca de 2000 anos atrás, nossos antepassados de cinqüenta gerações passadas ainda nem tinham nascido, mas o Senhor nos conhecia. Ele sabia que nasceríamos no futuro; Ele também sabia que todos vocês cometeriam vários pecados devido ao seu caráter. E Ele os salvou antes disso. O Senhor amou a mim e não a mim somente, mas a todos igualmente. Jesus nos salvou completamente do pecado para que cada pecador que crê no evangelho de Jesus da água, do sangue e do Espírito, possa entrar nos Céus. Esse é o poder do evangelho que foi completado através do batismo de Jesus e de Seu sangue na cruz. Não é de se esperar que o véu do templo tenha sido rasgado em duas partes de alto a baixo? Como seria possível o véu do templo se rasgar se Jesus não tivesse recebido Seu batismo de João Batista antes de morrer na cruz?
Vamos pensar na estrutura do tabernáculo por um instante. A primeira coisa visível é a entrada do átrio do tabernáculo, que tinha um tecido azul, púrpura e carmesin, de linho fino retorcido. Se entrássemos por essa porta do átrio, nós veríamos o altar de ofertas queimadas e a pia de bronze. O tabernáculo ficava depois da pia. Ele era o lugar onde Deus habitava e era dividido em dois ambientes; o santuário e o Santo dos Santos. Era preciso passar pelo santuário para entrar no Santo dos Santos.
O tecido na entrada do templo também era azul, púrpura, carmesin e de linho fino retorcido. Se passássemos pela entrada do templo nós veríamos um véu azul, púrpura, carmesin e de linho fino retorcido também (Êxodo 26:31), onde havia o desenho de dois querubins. O véu era feito de linho como os tapetes na Palestina. Para se ter uma idéia de como o véu do templo era forte, estudiosos da bíblia dizem que ele não rasgaria mesmo se fosse amarrado nas quatro pontas e puxado por quatro cavalos bem fortes. Mas é claro que esse véu podia ser cortado com uma faca, mas imagine ele se rasgando naturalmente em duas partes de cima para baixo.
 
 
Por que o Véu do Templo se Rasgou?
 
● Aqui está a resposta: foi porque Jesus recebeu a transferência dos pecados do mundo através de Seu batismo e purificou todos os pecados do homem com Seu sangue.
● E também foi porque Jesus morreu na cruz. Porque Ele abriu o caminho do Céu aos que crêem ao purificar os pecados do mundo através de Seu batismo e ao receber o julgamento na cruz. Essa foi a justiça de Deus. Então o véu do templo se rasgou quando Jesus derramou Seu sangue e morreu na cruz, tendo antes recebido o Seu batismo. O Senhor rasgou o véu do templo dizendo: “Agora creia somente, e se você crer, você poderá entrar nos Céus.”
Por que o véu do templo se rasgou quando nosso Senhor morreu na cruz? Dentro do lugar Santo dos Santos estava a Arca da Aliança, e esse era o lugar onde Deus estava. A tampa que cobria a Arca da Aliança era feita com um talento de ouro. Nas duas extremidades da tampa, havia dois querubins com as asas abertas um de frente para o outro. Essa tampa da Arca da Aliança é chamada de propiciatório, e esse era o lugar aonde Deus vinha e derramava Sua graça. Em outras palavras, Deus vinha e se encontrava com o povo de Israel, dava a remissão dos pecados e a vida eterna e derramava Sua graça nesse lugar.
Jesus foi batizado por João Batista no rio Jordão para receber a transferência dos pecados de todos nós. Se o Sumo Sacerdote fosse entrar no lugar Santo dos Santos de Deus, ele tinha que levar o sangue do sacrifício que tirava os pecados recebidos por imposição de mãos. Por que ele tinha que levar o sangue para dentro? É porque o sangue é vida. Todo pecador tinha que morrer por causa do seu pecado, mas Jesus tomou sobre Si todos os pecados da humanidade ao receber Seu batismo no rio Jordão e levou todos eles para a cruz, onde salvou a todos de seus pecados ao dar Sua vida (sangue) no lugar deles. O Senhor pagou o preço pelos nossos pecados com Sua vida e nos salvou. Por isso que o sacerdote só podia entrar no lugar Santo dos Santos trazendo o sangue consigo. Em outras palavras, os pecadores só podem entrar na presença de Deus tendo fé na água e no sangue. Quando as pessoas vão diante de Deus pela fé na água do batismo de Jesus e no sangue que Ele derramou, ninguém recebe o julgamento.
Mas a questão é por que o véu do templo se rasgou quando Jesus morreu? Quando Jesus morreu, o véu do templo foi completamente rasgado em dois. Jesus resgatou todos os pecadores do pecado ao derramar Seu sangue nessa terra até a última gota. Então o caminho para Deus foi aberto. Foi necessário Deus ter mostrado isso ao rasgar o véu do templo. Agora nós entramos nos Céus pela fé no evangelho da água e do Espírito. Porque nós fomos resgatados do pecado pela fé no Senhor que salvou todos os pecadores do pecado quando derramou Sua água e sangue ao ser transpassado por um dos soldados (João 19:34).
Agora nenhum pecador precisa ir a Jesus pessoalmente para impor as mãos sobre Sua cabeça, ou ser pregado na cruz e derramar seu sangue para expiar seus pecados. Qualquer um que crer no batismo de Jesus, no qual Ele tirou todos os pecados do mundo e em Seu sangue (Espírito) que Ele derramou na cruz, pode entrar no reino dos Céus. O evangelho da água e do Espírito é o caminho para o Reino dos Céus. Então quando a salvação foi completamente cumprida, o próprio Deus rasgou o véu do templo. O caminho para o Reino dos Céus é o evangelho da água e do Espírito. Todo homem pode entrar no Céu se somente crer na água e no sangue da salvação, confessando: “Oh! Jesus recebeu Seu batismo em meu lugar. Oh! Jesus pagou o preço do pecado por mim ao derramar Seu sangue e morrer. Ele morreu em meu lugar na cruz e recebeu Seu batismo no rio Jordão para tomar sobre Si todos os meus pecados.” Somente pela fé nessa verdade é que nós podemos entrar nos Céus.
Irmãos e irmãs, vocês têm que ter o evangelho da água e do sangue para entrar no Reino dos Céus. Apesar de nós mesmos não termos morrido, Jesus derramou Seu sangue na cruz e morreu em nosso lugar. Jesus veio a esta terra como homem por mim, recebeu Seu batismo no rio Jordão para me salvar, derramou Seu sangue e morreu por mim na cruz, ressuscitou por mim, e voltará novamente por mim. Tudo isso que Ele fez foi por nós. Tudo o que Deus fez foi por você. Eu espero que você creia que Jesus nos salvou completamente do pecado ao receber Seu batismo e ao ter derramado Seu sangue por você e por mim.
 
 
O Sangue de Jesus Fez Alguma Diferença para a Nossa Vida?
 
● O sangue de Jesus foi o preço para salvar os pecadores da morte.
● Ele deu aos que crêem uma nova vida.
● Ele pôs um fim ao julgamento do pecado.
● Ele é a prova que Ele deu Sua vida duas vezes.
● Ele foi o preço que resgatou todos os pecadores do pecado.
O Senhor nos deu a água de Seu batismo. Ele também nos deu Seu sangue. Jesus nos deu o evangelho da água e do Espírito.
Se você assistir as últimas cenas do filme Ben-Hur, havia trovões no céu e a chuva começou a cair quando Jesus foi pregado na cruz e morreu. O sangue de Jesus se esvaiu pelo chão e começou a escorrer pelo monte abaixo. A mãe de Ben-Hur tinha lepra, mas no momento que Jesus morreu na cruz, a lepra do seu corpo foi toda limpa. Todos os pecadores receberam a salvação pela fé porque Jesus veio a esta terra, recebeu Seu batismo de João Batista no rio Jordão, tomou sobre Si todos os pecados, derramou Seu sangue e morreu na cruz. Essa é a verdade. Isso é salvação. Irmãos e irmãs, todos os pecados de vocês, os meus, e os da humanidade foram purificados assim, e todos os pecadores podem receber a salvação e se tornarem justos. O escritor que escreveu Ben-Hur testemunhou através de uma cura milagrosa que Jesus acabou com todos os nossos pecados ao morrer na cruz.
Dizem que esse escritor realmente cria que Jesus não existiu de verdade, e ele pesquisou o material referente à bíblia para provar sua fé. Mas enquanto ele coletava material para provar isso, quanto mais material ele investigava mais ele confirmava que Jesus foi uma pessoa real, e ele se ajoelhou diante do Senhor e passou a crer que Ele o salvou. Então esse escritor veio a escrever a obra prima Ben-Hur e confessou a sua fé através desse livro. Na última parte do livro, ele expressou artisticamente que o sangue de Jesus acabou com o julgamento de todos os seus pecados.
Contudo, Jesus não nos salvou apenas com Seu sangue na cruz; para completar nossa salvação, Ele tomou todos os nossos pecados ao receber Seu batismo no rio Jordão três anos antes de Ele morrer na cruz. Jesus recebeu Seu batismo mesmo antes de termos nascido. A cerimônia de Seu batismo foi somente um método para levar todos os seus e os meus pecados, e Seu sangue foi vida. O batismo de Jesus foi a água que lavou os nossos pecados e Seu sangue foi o Espírito. Por que o sangue de Jesus representa o Espírito no “evangelho da água e do Espírito?” Porque Jesus é Deus. Assim, o batismo que Ele recebeu e o sangue que Ele derramou constituem o evangelho da água e do Espírito.
 
 
Todos os Pecados da Humanidade Foram Purificados Pelo Batismo que Jesus Recebeu?
 
● Sim. Porque Jesus recebeu o batismo de João Batista para cumprir toda a justiça.
● Se você tirasse o batismo que Jesus recebeu em Sua vida pública, Sua vida teria sido em vão.
● Jesus recebeu o batismo para tomar sobre Si mesmo os pecados do mundo.
● Jesus recebeu o batismo de João Batista, o representante da humanidade, e também a transferência do pecado.
● Jesus recebeu o batismo e salvou os pecados que estavam fora da vontade de Deus.
● Jesus recebeu a transferência dos pecados, purificou-os, morreu no lugar dos pecadores e salvou do pecado os que crêem nEle.
Jesus podia receber a transferência de todos os pecados da humanidade ao receber o batismo. “Deixa por agora, pois assim nos convém cumprir toda a justiça” (Mateus 3:15). Jesus recebeu o batismo no rio Jordão para tomar sobre Si mesmo todos os pecados de nós pecadores, e morreu na cruz por você e por mim para pagar o salário pelos nossos pecados.
Irmãos e irmãs, nós não vimos essa cena com nossos próprios olhos. Nós não sabemos o que aconteceu há 2000 anos atrás. Mas Deus mostrou a toda a humanidade não somente o que aconteceu no passado, mas também o que acontecerá ao mundo no futuro, como foi registrado na bíblia por Seus servos. Então todos devem saber e crer no que está escrito na bíblia que “Jesus recebeu Seu batismo no rio Jordão para acabar com todos os nossos pecados ao tomá-los sobre Seu corpo”. Todos nós temos que nos tornar em pessoas que crêem de todo o coração na salvação da água e do sangue de Jesus. O Senhor disse que Ele salva aqueles que crêem na Palavra de Deus mesmo que eles não consigam ver isso com seus próprios olhos. Deus rasgou o véu do templo quando Jesus morreu para que todos que crêm que Ele os salvou dessa maneira possam entrar nos Céus.
O Senhor derrubou a muralha do pecado que separava Deus e o homem. Ele derrubou a muralha do pecado para que aquele que crê de coração na Palavra possa entrar no Reino de Deus sem nenhum impedimento. Eu sou grato ao nosso Senhor que nos permite entrar nos Ceús se somente crermos na Palavra. Você também é grato, não é? Sim. Nosso Senhor salvou a você e a mim através da água do batismo que recebeu e do Espírito de Seu sangue.
 
 
Jesus Salvou a Nós Pecadores Mesmo Sem Sabermos Disso?
 
Eu também fui um pecador que não conhecia a Jesus muito bem. Eu não conhecia bem a Jesus porque eu nasci numa família budista. Minha família cria no budismo e no Taegukdo, uma mistura de várias religiões, e eles passaram a crer em várias outras estranhas religiões. Como alguém vindo de uma família assim poderia conhecer sobre Jesus? Mesmo nessa condição, um dia eu encontrei algo chamado bíblia, e a li. Na verdade foi um dos evangelhos do Novo Testamento. Eu o li, e nele dizia como Jesus me amou e me salvou. Esse foi início da minha vida religiosa. Mas naquela época eu não sabia a razão de Ele ter sido batizado por João Batista.
Mas quando eu vim saber a razão de Jesus ter sido batizado, isso teve um grande impacto na minha vida. “Jesus recebeu o batismo, derramou Seu sangue e morreu por causa dos meus pecados? A verdade era que eu realmente não me importava com Jesus, eu nunca cri nEle, eu nunca dei nenhuma oferta, pelo contrário, eu tinha perseguido as pessoas que criam em Jesus. Por que Jesus iria se importar em vir por mim, receber o batismo por mim, morrer por mim e ressuscitar por mim? Jesus recebeu o batismo e morreu em meu lugar?” De qualquer forma, a verdade é que independente da minha vontade ou imperfeições, Jesus me amou e recebeu o batismo no rio Jordão em meu lugar, morreu na cruz em meu lugar e me permitiu entrar nos Céus. Eu cri nessa verdade. Agora eu posso abertamente confessar minha fé nEle. Agora eu me tornei um dos justos. Jesus resolveu o problema do pecado que bloqueava o caminho para os Céus através de Seu batismo e sangue, a fim de permitir que todos possam entrar lá.
Queridos irmãos, essa é a maior coisa que Deus fez por nós pecadores; ela é maior do que fazer o universo. Como poderia ser algo pequeno Jesus ter feito a obra de nascer nessa terra, receber Seu batismo no rio Jordão, e morrer na cruz para salvar os pecadores? A obra de rasgar o véu ou, em outras palavras, a obra de salvar os pecadores para que eles pudessem entrar nos Céus é a obra mais magnífica do que a criação do universo e de tudo o que há nele. O nascimento de Jesus, Seu batismo, Sua morte na cruz, Sua ressurreição, Sua ascensão, A segunda vinda, e tornar os que crêem no verdadeiro evangelho em filhos de Deus–tudo isso é o amor do Senhor demonstrado através da misericórdia e da salvação. Nosso Senhor salvou a você e a mim de todos os pecados. Jesus libertou você e eu de todos os pecados do mundo. Ele abençoou a você e a mim. Irmãos, isso não é verdade?
Você e eu não tínhamos outra saída além de ir para o inferno, nenhuma saída além de sermos destruídos, nenhuma saída a não ser viver em sofrimento, e nenhuma saída a não ser viver na tristeza, no ressentimento, e amaldiçoados pelo pecado. Jesus se tornou o Senhor da salvação para nós ao nos resgatar de todo o pecado, para que pudéssemos entrar nos Céus através da nossa fé. Jesus nos garantiu a remissão dos pecados através de Sua água e Seu sangue. Ele pessoalmente se tornou o Senhor da salvação ao levar todos os seus e os meus pecados e ao morrer em nosso lugar. Assim o Senhor nos permitiu entrar nos Céus através da fé que há em nosso coração no evangelho da água e do Espírito. Ele fez a obra da salvação para nós entrarmos nos Céus sem embaraço algum. Como uma luz que brilha numa vida triste de sofrimento ou uma pessoa sedenta que encontra um riacho, nós estamos muito felizes pelo evangelho da água e do Espírito ter nos encontrado. Amados irmãos, vocês crêem nisso?
 
 
Uma Pessoa Pode Receber a Remissão de Pecados dada por Jesus Somente Pela Água, o Sangue e o Espírito?
 
● Sim. Receber a remissão de pecados só é possível através da fé no batismo e no sangue de Jesus, que é Deus.
● Se um pecador pretende crer em Jesus e receber a salvação, ele tem que crer no batismo de Jesus e em Seu sangue na cruz nessa ordem, sem exceção.
Por Jesus ter sido pregado na cruz, Ele acabaria morrendo de qualquer modo por causa da grande perda de sangue. Mas por que Deus permitiria que um dos soldados romanos pegasse uma grande lança e furasse um dos lados de Jesus? A questão é: “Por que eles feriram Jesus se Ele já estava morto?” Assim que ele feriu Jesus daquele jeito com uma lança, água e sangue saíram da ferida.
Isso foi para provar finalmente que “a salvação de Jesus está em Seu batismo e em Seu sangue na cruz”. Amados irmãos, por acaso há entre vocês alguém que crê somente que Jesus morreu na cruz, e ainda ignora o Seu batismo? Se há, essa fé é falha. O batismo de Jesus foi para tomar sobre Si todos os pecados, e Sua morte na cruz foi pelo julgamento do pecado. Então, se alguém quer crer em Jesus da maneira correta, ele deve crer em Seu batismo junto com Seu sangue na cruz.
 
 
Se Alguém Pretende Apagar Seu Débito, o que Ele Deve Fazer?
 
● Alguém apaga seu débito dando uma considerável quantia em dinheiro ao seu credor.
● Da mesma forma, Jesus também recebeu o batismo em Seu corpo e pagou um alto preço com Sua vida para apagar todos os nossos pecados.
Você deve pagar uma considerável soma em dinheiro se quer pagar o seu débito. Você pode dizer: “Vamos considerar meu débito totalmente pago” sem dar nenhum dinheiro? Na verdade, você tem que dar uma quantia de dinheiro equivalente ao débito ao seu credor para apagar a sua dívida. Não há como pagar a dívida somente dizendo: “Eu paguei-a totalmente. Apague o que está registrado em minha conta.”
Da mesma forma, houve uma hora em que meus pecados foram transferidos para Jesus assim que eu recebi a remissão dos pecados. Então, como nós podemos transferir nossos pecados para Jesus que veio a este mundo há 2000 anos atrás? Essa transferência só se torna mesmo possível quando se crê no batismo do Senhor Jesus. Não somos nós pessoalmente que transferimos os nossos pecados. O mediador conhecido como João Batista transferiu os pecados para Jesus no lugar de todos nós. Assim, os nossos pecados podem ser todos transferidos através da fé na água e no Espírito (o batismo e o sangue de Jesus), e nós recebemos a salvação desses pecados pela nossa fé no evangelho da água e do Espírito. Jesus nos salvou ao receber o Seu batismo, tomando todos os nossos pecados sobre Si, morrendo na cruz, e ressuscitando no terceiro dia. Nós não temos mais pecados quando cremos nessa verdade. Por isso temos corações gratos ao nosso Senhor. Eu dou graças ao Senhor que nos deu a salvação e uma nova vida.
Quando Jesus morreu na cruz, muitos túmulos foram abertos em Israel. Os túmulos que foram abertos pertenciam aos que morreram antes da vinda de Jesus e que criam que o Messias viria e acabaria com todos os pecados do homem, em outras palavras, aqueles que criam na promessa da salvação. E eles voltaram à vida. E eles se levantaram e entraram na cidade de Jerusalém. Foi algo surpreendente. Mas isso aconteceu de verdade. Um grupo de pessoas dentre os que viveram antes de Jesus criam que Ele viria e os salvaria de seus pecados, e esses foram os que verdadeiramente voltaram à vida. É claro que essas pessoas morreram novamente depois.
Esse acontecimento nos mostra que Jesus não somente nos salvou do pecado, mas Ele também nos deu uma nova vida. Eu tenho um coração grato ao Senhor que me deu uma nova vida. Ele nos deu uma nova vida e nos fez nascer de novo para que nunca morrêssemos, mas pudéssemos viver com Deus para sempre. Eu sou muito grato por isso e porque Ele me permitiu entrar e viver na cidade santa nos Céus.
Receber a remissão de pecados é a garantia para entrar nos Céus. Irmãos, os que receberam a remissão de pecados vão para o Céu. O Céu é para você que crê na água e no sangue de Jesus. O Céu fica em algum lugar no universo. O Reino dos Céus é para aqueles que crêem em Jesus e já receberam a remissão de pecados. Receber a remissão de pecados e ir para o Céu não é só para esse ou aquele. Todos são iguais. Qualquer um que receber a remissão de pecados vai para o Céu. Se você e eu cremos no evangelho da água e do Espírito e recebemos a remissão dos nossos pecados, nos tornamos filhos de Deus e também recebemos o Céu como um presente. É como aqueles que voltaram à vida e entraram na cidade santa de Jerusalém quando Jesus morreu. Pessoalmente, não temos nenhum mérito ou algo que valha a pena ser honrado, mas nosso Senhor dá o Céu aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito que Ele mesmo, o Salvador, deu. A obra que o Senhor fez após vir a essa terra foi toda real. Ela não é algo que os cristãos inventaram.
Antes de Jesus morrer na cruz, Ele já tinha recebido o Seu batismo para tomar sobre Si os pecados do mundo. Jesus não tinha nenhum pecado, mas espiritualmente falando, Ele morreu segundo a lei que dizia que o salário do pecado é a morte, pois Ele levou todos os pecados do mundo sobre Seu corpo. Para cumprir a lei de Deus e salvar a humanidade do pecado, Jesus Cristo tinha que receber Seu batismo e morrer na cruz tomando sobre Si os pecados do mundo. E Ele salvou os pecadores do pecado, do julgamento, da maldição e da morte ao ressuscitar dos mortos. Os que penduraram Jesus na cruz e O mataram não foram os judeus; eles eram soldados de uma nação gentia. Jesus foi pregado na cruz, pois submeteu a Si mesmo aos soldados de uma nação gentia. Após Jesus ser pregado na cruz e morrer, eles O colocaram no sepulcro e fecharam sua entrada com uma grande rocha que uma ou duas pessoas não poderiam empurrar. E duas ou três fileiras de soldados ficaram à frente e guardaram o sepulcro.
Mas no terceiro dia após Jesus morrer, um anjo desceu dos Céus e rolou a pedra, então Jesus estava ressuscitado dentro do sepulcro. Ele cuidadosamente dobrou a peça de linho no qual foi envolvido, veio para fora do sepulcro e foi até a região da Galiléia. Como tinha prometido antes de morrer, Ele foi até um monte na Galiléia onde decidiu se encontrar com Seus discípulos.
Quando o corpo de Jesus estava na tumba, os anjos estavam guardando-O. Um soldado romano e um centurião viram isso com seus próprios olhos. Isso significa que não foram só os que criam em Jesus, mas os soldados romanos que eram gentios e não criam em Jesus viram todos esses acontecimentos que aconteceram quando Ele morreu na cruz; o véu do templo foi rasgado, a tumba de Jesus foi aberta e Ele ressuscitou após ter morrido. Os soldados romanos estavam guardando cuidadosamente a tumba de Jesus até virem todas essas coisas. E eles testificaram: “Verdadeiramente esse era o Filho de Deus!” Deus fez os soldados gentios confessarem com seus lábios: “Jesus era o Filho do Deus vivo”. A verdade legítima precisa ser provada por outras pessoas, aceitada até pelos pecadores e pregada por aqueles que receberam a remissão de seus pecados.
Os pecadores mudam quando ouvem o testemunho daqueles que receberam a remissão de seus pecados. Se alguém recebe a remissão de pecados de Jesus, ele acaba mudando mesmo que não queira ou não tente se tornar uma boa pessoa. Se alguém crê em Jesus, nasce de novo e ouve a Palavra, essa pessoa muda. O seu coração muda substancialmente. A fé vai crescendo aos poucos em seu coração e ele passa a louvar a Deus. Quando o justo louva hinos, ele não está só cantando; as letras dos hinos se tornam em seus pensamentos e ficam gravados em seu coração. Tudo se faz novo no corpo e na alma daquele que nasceu de novo. Já que o interior de alguém que nasceu de novo se torna novo, ele passa por uma transformação profunda em sua vida. Por isso, no tempo da Igreja Primitiva os não crentes viam a mudança na vida dos justos, e diziam deles: “Uau! Aquela pessoa realmente recebeu a salvação. Ele é um cristão. Ele faz parte do povo de Deus”. Na verdade, a designação da palavra “cristão” foi usada primeiro pelos não crentes (Atos 11:26). Também foi testemunhado pelos gentios que Jesus salva os pecadores de seus pecados. Nossa salvação não é comprovada somente pelo nosso próprio testemunho. É uma salvação que é comprovada pelo próprio Deus.
 
 
O Que é a Salvação dos Pecadores que é Conhecida Até Pelo Diabo?
 
O evangelho da água e do Espírito é a salvação que até o diabo conhece. “Cara, eu não gosto dela, mas não posso evitar de conhecê-la. Sim. É verdade que não há pecado. É verdade que todos os pecados até da última pessoa da história humana se foram. Isso machuca mas é verdade. Eu não posso negar. Mas eu nego isso para que todos aqueles que nasceram de novo não consigam levar uma vida fé. É porque não importa o quanto eles digam que receberam a salvação, se não viverem pela fé, eles ficam igual ao que eram antes.” O diabo interfere com a vida fiel dos que nasceram de novo. Por quê? Porque ele não gosta quando alguém recebe a salvação; se os que nasceram de novo recebem bênçãos espirituais e vivem uma boa vida, em outras palavras, quando eles fielmente levam uma vida de fé, eles não seguem ao diabo. Então o diabo fala para os nascidos de novo: “Você recebeu a salvação pela fé porque Jesus te salvou, mas não viva pela fé.” Por quê? Se os que crêem no evangelho da água e do Espírito e que nasceram de novo viverem pela fé, outras pessoas também receberão a salvação, e é disso que ele tem medo porque seus servos começariam a desaparecer.
Jesus e o diabo lutaram e o diabo foi nocauteado. O diabo sussurra no ouvido das pessoas: “Mate Jesus; mate-O”. Assim ele coloca o desejo nas pessoas e as faz querer matar Jesus. Porém, quando Jesus estava pregado na cruz e morreu, Ele disse: “Está consumado!”, o diabo ficou surpreso. Jesus tomou sobre Si todos os nossos pecados ao receber Seu batismo no rio Jordão e completou a salvação ao morrer na cruz. O diabo pensou que tudo acabaria se Jesus morresse na cruz, mas Jesus tomou os pecados do mundo através de Seu batismo e completou a remissão de pecados ao oferecer Seu corpo antes de morrer na cruz.
Agora que Jesus já passou pela morte, o diabo não pode mais cobrar o preço do pecado dos pecadores. Amados irmãos, o salário do pecado é a morte, mas Jesus morreu no lugar dos pecadores. Jesus tomou todos os pecados sobre Si no rio Jordão e morreu em nosso lugar. “Está consumado!” “Está consumado!” “Tudo está consumado.” Através da morte de Jesus, o diabo não pode mais dizer para nós: “Você tem pecado, não tem?” O diabo sofreu uma séria derrota diante de Jesus com o Seu nascimento, batismo, sangue, morte na cruz e ressurreição. O diabo sempre tenta nos afastar de Deus e nos enganar. Mas se o diabo consegue ou não nos enganar, diante de Jesus, o Filho de Deus e o Criador, diante de Sua sabedoria e salvação, o seu poder é pequeno. O diabo sofreu uma derrota esmagadora.
Irmãos, vocês têm pecado? Não. Nós não podemos dizer pela nossa consciência que não temos pecado. Mas pela fé no batismo e sangue de Jesus podemos dizer que não temos pecado. Nós podemos dizer isso através da nossa consciência da fé. Vocês crêem que Jesus recebeu o batismo em seu lugar no rio Jordão? Vocês também crêem em Sua morte na cruz? Nós podemos dizer que não temos pecado por ter esse tipo de fé, e nós não temos mesmo pecado. Portanto, temos corações gratos diante de Deus. Eu recebi a remissão dos meus pecados quando eu tive fé do tamanho de uma semente de mostarda em meu coração. Então eu dei mais graças ainda ao Senhor por minha fé que cresceu um pouco mais do que isso. Há muito mais coisas ainda, mas eu tenho um coração grato dentro de mim.
“Eu sou grato ao Senhor. Eu sou grato ao Senhor que me deu esse coração que crê nEle. Eu sou grato porque o Senhor fez de mim uma pessoa que não lamenta pelo pecado.” Queridos irmãos, o nosso Senhor nos deu corações gratos. Ele nos deu bênçãos. Então eu espero que não somente vocês, mas todos no mundo creiam no evangelho da água e do Espírito. Vocês não têm pecado se crêem que Jesus tomou sobre Si os pecados do mundo inteiro e os aniquilou ao receber Seu batismo de João Batista e também morreu na cruz. Nós cremos na verdade! Porque não há outro modo de receber a salvação dos nossos pecados se não crermos no batismo e no sangue de Jesus.
“Em nenhum outro há salvação, pois também debaixo do céu nenhum outro nome há dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos” (Atos 4:12). Eu espero que todos vocês creiam em Jesus como seu Salvador. Os que crêem alcançam corações gratos. Eu creio que sempre terei um coração grato, hoje e no futuro também. Eu sempre terei um coração grato porque nosso Senhor nos deu a salvação e nos fez crer nela. Eu darei graças eternamente ao Senhor que nos deu a salvação, a vida eterna e Suas bênçãos. Amados irmãos, mesmo a fé do tamanho de uma semente de mostarda funciona. Nós recebemos a salvação somente por crer no que Jesus fez.
Assim como uma irmã testemunhou um tempo atrás, Deus nos deu a salvação de graça porque sabia que jamais conseguiríamos salvar a nós mesmos. Eu sou incapaz. Se eu pudesse conseguir a salvação por meus próprios esforços, Deus nunca teria feito essas coisas, mas já que o meu pecado não desaparece com meus próprios esforços, Deus completou a minha salvação e deu-a de graça a mim porque Ele me ama. É o bastante para nós receber esse presente pela fé.
Nós temos um ditado coreano que diz: “Se você gosta de coisas que são de graça, você vai ficar pobre.” Se isso é verdade, todos os que vão para o Reino de Deus têm pobreza no coração. E pobreza no coração nunca é uma coisa ruim. Por quê? Porque as pessoas adoram a graça de Deus assim como os dons que Ele dá de graça. Essas pessoas alegram o coração de Deus e são verdadeiramente as mais bonitas.

O Senhor veio a esta terra, recebeu Seu batismo, derramou Seu sangue na cruz e abriu totalmente as portas do Céu. Eu desejo sinceramente que todos vocês se tornem filhos de Deus que nasceram de novo e que vão para o Céu por crer em seus corações nessa verdade.