Sermões

Assunto 27: Cartas de Deus para nós na era do coronavírus

[27-6] Jesus Cristo nos Revestiu de Glória (Marcos 2:1-12)

(Marcos 2:1-12)
“Dias depois, entrou Jesus de novo em Cafarnaum, e logo correu que ele estava em casa.
Muitos afluíram para ali, tantos que nem mesmo junto à porta eles achavam lugar; e anunciava-lhes a palavra. Alguns foram ter com ele, conduzindo um paralítico, levado por quatro homens. E, não podendo aproximar-se dele, por causa da multidão, descobriram o eirado no ponto correspondente ao em que ele estava e, fazendo uma abertura, baixaram o leito em que jazia o doente. Vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico: Filho, os teus pecados estão perdoados. Mas alguns dos escribas estavam assentados ali e arrazoavam em seu coração: Por que fala ele deste modo? Isto é blasfêmia! Quem pode perdoar pecados, senão um, que é Deus? E Jesus, percebendo logo por seu espírito que eles assim arrazoavam, disse-lhes: Por que arrazoais sobre estas coisas em vosso coração?
Qual é mais fácil? Dizer ao paralítico: Estão perdoados os teus pecados, ou dizer: Levanta-te, toma o teu leito e anda? Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados - disse ao paralítico: Eu te mando: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa. Então, ele se levantou e, no mesmo instante, tomando o leito, retirou-se à vista de todos, a ponto de se admirarem todos e darem glória a Deus, dizendo: Jamais vimos coisa assim!”.
 


A Palavra poderosa que não pode ser proferida por ninguém além de Deus


Acabamos de ler Marcos, capítulo 2, como a leitura de hoje das Escrituras, e aqui vemos que as pessoas ficaram maravilhadas com o que Jesus fez ao paralítico. Jesus estava hospedado em uma casa em Cafarnaum, e quando a notícia se espalhou de que Ele estava lá, uma grande multidão se reuniu e a casa estava lotada de pessoas. E ali, algo mais estava acontecendo também. Acontecimentos estranhos e incompreensíveis estavam se desenrolando no telhado da casa onde Jesus estava: quatro homens estavam trabalhando duro para remover o telhado da casa, para que pudessem descer o paralítico em sua cama para dentro da casa. Para as pessoas que assistiam a esta cena, rasgar o telhado da casa de outra pessoa e baixar o paralítico para Jesus não fazia sentido, mas eles também devem ter achado isso bastante intrigante. À medida que a curiosidade da multidão aumentava, a atenção de todos estava toda voltada para Jesus.
O paralítico foi levado a Jesus em sua cama através do telhado, e, como diz o versículo 5: " Vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico: Filho, os teus pecados estão perdoados”. (Marcos 2:5). Quando o paralítico foi baixado do telhado, Jesus viu a fé dos quatro homens que o trouxeram e disse: "Quão grande é a fé de vocês". Jesus elogiou os quatro homens que baixaram o paralítico do telhado por sua fé. E para o paralítico, Ele falou a Palavra poderosa da remissão de pecados, dizendo: "Filho, os teus pecados estão perdoados". Ouvindo o que Jesus estava dizendo, muitas pessoas ali reunidas começaram a pensar que Ele era muito arrogante. O foco da multidão era saber se Jesus seria capaz de curar o paralítico, mas Jesus disse inesperadamente: "Filho, os teus pecados estão perdoados". Então, por causa disso, pensamentos malignos foram agitados no fundo de seus corações, e eles queriam discutir com Ele.
Ficaram totalmente chocados ao ouvir Jesus dizer ao paralítico: "Os teus pecados estão perdoados". Eles pensaram consigo mesmos. "O quê? Você acabou de dizer: ‘Os teus pecados estão perdoados?’. Só Deus pode perdoar os pecados de alguém, então como pode Ele, que é um mero homem, atrever-se a perdoar os pecados de outra pessoa?". Assim, seus corações foram agitados a se levantar contra Jesus. Isso porque eles não acreditavam que Jesus era Deus, então, no momento em que O ouviram dizer isso, um desejo maligno despertou em seus corações para se voltarem contra Ele.
Embora o povo judeu nos tempos antigos acreditasse em Deus Yahweh, havia várias seitas diferentes. Uma seita acreditando na Palavra de Deus literalmente como foi escrita, enquanto outra seita, embora acreditando em Deus, aceitava e rejeitava Sua Palavra, dependendo se conseguia compreender com base na razão. Aqueles pertencentes a esta última seita estavam ali na casa, e quando ouviram o que Jesus disse ao paralítico, pensaram consigo mesmos: "Uau, Ele está dizendo um absurdo total!". Isso porque eles entendiam e acreditavam durante esse tempo todo que havia apenas um Deus Yahweh, mas agora foram confrontados na cena com uma perspectiva de reconhecer outro Deus.
Assim, hoje também, há muitas pessoas que concordam parcialmente que Jesus é Deus ou não concordam em absoluto. Mesmo os teólogos de hoje acreditam na Palavra de Deus apenas no que podem entender de acordo com suas mentes, ou então a rejeitam. Em todo o mundo, teólogos e até pastores que professam crer em Jesus como seu Salvador estão divididos sobre essa questão da divindade de Jesus. Isso porque as pessoas de hoje em dia não entendem que Jesus é o mesmo Deus que Seu Pai.
Fundamentalmente, Jesus Cristo é o próprio Deus Criador, que veio a esta Terra em um corpo carnal para salvar todos os pecadores de seus pecados. Ele é o mesmo Deus Todo-Poderoso que Seu Pai, e Ele é o Deus que veio a esta Terra de acordo com a vontade de Seu Pai e lavou todos os pecados dos pecadores de forma apropriada. Devemos entender isso muito corretamente.
Cercado pela multidão, Jesus enfrentava os ataques espirituais de Seus oponentes que não conseguiam acreditar que Ele era o próprio Deus que tinha vindo a esta Terra em busca deles. Vendo que eles estavam raciocinando assim em seus corações, Jesus disse-lhes no versículo 8: "Por que arrazoais sobre estas coisas em vosso coração?". Espantados com o que se desenrolava diante de seus olhos, os escribas estavam tentando argumentar sobre isso em suas mentes, imaginando: "Isso é mesmo possível?". Eles pensaram: "O que Ele está dizendo não faz absolutamente nenhum sentido! Como pode um homem dizer que perdoa pecados? Não é só Deus que pode perdoar os pecados de alguém?”.
Eles estavam contra Jesus em seus corações, pensando que Jesus era arrogante. Em suas mentes e corações, eles estavam ferozmente se opondo a Jesus. Eles estavam tentando encontrar sua própria resposta para a pergunta que eles próprios estavam levantando em suas mentes e corações. Quando se trata da questão da fé, algumas pessoas tentam argumentar sobre isso e se recusam a acreditar se não fizer sentido para eles, dizendo: "Uau, isso realmente não faz sentido!". Mas, também há outros que acreditam, dizendo: "Uau, isso faz total sentido!". Assim, a maioria das pessoas costumam se envolver em uma conversa consigo mesmas em seus pensamentos e corações. De qualquer forma, sabendo o que se passava no coração dos escribas, Jesus disse-lhes: "Por que arrazoais sobre estas coisas em vosso coração? Qual é mais fácil? Dizer ao paralítico: Estão perdoados os teus pecados, ou dizer: Levanta-te, toma o teu leito e anda?
Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados - disse ao paralítico: Eu te mando: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.
Então, ele se levantou e, no mesmo instante, tomando o leito, retirou-se à vista de todos, a ponto de se admirarem todos e darem glória a Deus, dizendo: Jamais vimos coisa assim!". (Marcos 2:8-12).
 


"Filho, os teus pecados estão perdoados"


Jesus disse ao paralítico: "Filho, os teus pecados estão perdoados". Jesus não só disse isso, mas também disse ao homem que estava paralítico há anos: "Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa". Esta passagem é uma boa demonstração do poder de Jesus Cristo para todos nós que cremos em Deus hoje. Jesus Cristo é o Filho de Deus que veio a esta Terra. A passagem revela claramente que Jesus Cristo veio a esta Terra como o Mensageiro da Justiça para lidar com os pecados da humanidade e suas maldições. Jesus Cristo veio a esta Terra como o Mensageiro da Justiça para expulsar o poder de Satanás e salvar a nós, seres humanos, que havíamos sido vítimas do Diabo; e agora estamos no ponto em que devemos receber as bênçãos da salvação crendo nesta obra de Jesus Cristo. Embora Jesus seja o Filho de Deus, devemos agora saber e crer que Ele é fundamentalmente o próprio Deus para nós. A Palavra de poder que Jesus falou ao paralítico e está falando com todos nós agora: "Teus pecados estão perdoados " - mostra a Palavra do evangelho da água e do Espírito com o qual Jesus Cristo abençoou todos os seres humanos.
A Palavra abençoada que Deus nos deu neste mundo é a Palavra do evangelho da água e do Espírito. Não importa quem você é e quais pecados você cometeu, você deve crer que Jesus Cristo, o próprio Deus, o salvou levando seus pecados por meio do Seu batismo e sendo crucificado. Você deve crer na Palavra do Deus Todo-Poderoso que diz: "Filho, os teus pecados estão perdoados". As bênçãos dadas por Deus com a remissão de pecados então entrarão em seu coração. Deus Pai deu essas bênçãos a nós, crentes na Palavra do evangelho da água e do Espírito, por meio de Seu Filho. Aqueles de nós que agora creem no evangelho da água e do Espírito creem que o que o Filho de Deus fez quando veio a esta Terra para salvar a humanidade de todos os pecados e maldições de uma vez por todas é obra de Deus.
Se um paralítico se aproximasse de nós e nos pedisse para curá-lo, isso seria quase impossível. Porém, se as pessoas contaminadas pelos seus pecados neste mundo vierem até nós, nós podemos salvar e libertá-los da prisão dos pecados pregando a Palavra do evangelho da água e do Espírito, já que cremos na poderosa Palavra da Salvação de Deus. Pregando para eles a poderosa Palavra do evangelho da água e do Espírito, podemos compartilhar com eles a fé que traz as bênçãos de Deus. Claramente, nós, os justos, podemos libertar todos os pecadores que sofrem neste mundo por meio da Palavra do evangelho da água e do Espírito que o Senhor Jesus nos deu, e somos os mensageiros com autoridade para pregar a eles a Palavra abençoada da remissão dos pecados.
 
 

As pessoas nascem com um desejo rebelde de se posicionar contra Deus


A poderosa bênção que Jesus concedeu ao paralítico no capítulo 2 de Marcos é a bendita Palavra da Salvação que Deus derramou sobre você e sobre mim hoje. Porque Adão, nosso ancestral, caiu no engano de Satanás e se transformou em adversário de Deus junto com o Diabo, todos os seres humanos se tornaram pecadores. Como resultado, começando com Adão, todos nós, seus descendentes, nascemos com um coração pecaminoso e sofremos maldições. Nossos pais carnais nos deram à luz e somos todos descendentes de Adão. Todos os seres humanos que vivem neste mundo já foram afligidos pela doença do pecado no dia em que nasceram. Todos, portanto, cometem todos os tipos de pecados enquanto vivem neste mundo. Mesmo que as pessoas não queiram pecar, elas são incapazes de não pecar. Isso porque no dia em que nascemos como seres humanos, todos nascemos como escravos do pecado.
Portanto, toda a humanidade está mais próxima de Satanás, ou oponente de Deus. Não é exagero dizer que as pessoas nascidas nesta Terra estão compartilhando comunhão com o inimigo de Deus, Satanás, em seus corações. Isso porque as pessoas nasceram neste mundo com um coração pecaminoso, e esse coração pecaminoso deseja se opor à vontade de Deus. Ninguém menos que você e eu somos pessoas diante de Deus, somos humanos que cometem todos os tipos de pecados em nossas vidas como escravos de Satanás. Todos os seres humanos - ou seja, todos os descendentes de Adão - vivem com o coração unido ao inimigo de Deus. Como tal, os seres humanos estão interagindo intimamente com Satanás não apenas em seus corações, mas também em seus pensamentos e até mesmo em suas ações. Todos os seres humanos estão, portanto, vivendo em comunhão com Satanás, cometendo incontáveis pecados desde o dia em que nasceram até o dia de sua morte, e no final serão lançados no inferno para pagar o salário por seus pecados. Então, exorto que em seu coração creia na verdade do evangelho da água e do Espírito, que é o amor de Jesus Cristo e Sua obra de salvação. A poderosa e bendita Palavra de Deus descerá sobre você como bênçãos.
Desde que os seres humanos deixaram seus corações ao lado do anjo caído, eles se distanciaram de Deus - pois seus pais, cônjuges, filhos ou entes queridos não são Deus. Isso define a condição humana. Mesmo sem intenção de nada, os corações, ações e pensamentos dos seres humanos são todos influenciados pelo inimigo de Deus, Satanás. É exatamente porque todos os seres humanos vivem sob a influência do inimigo de Deus que vivem uma vida cheia de arrependimentos. Desde o nascimento de toda a raça humana neste mundo, se vive neste estado, as vidas das pessoas são governadas por Satanás e vivem em seu medo. Não nos esqueçamos de que todos nascemos planejados para ter comunhão com o inimigo de Deus com nossos corações e pensamentos. A única maneira de escapar desse destino é a "fé". Esta fé é tudo sobre retornar para Deus o Salvador e crer na obra de Justiça de Jesus Cristo como nossa salvação. Não há outro caminho. Sem essa fé, todas as vidas terminarão sem nada além de arrependimento sobre como deveriam ter crido e se convertido. Muitas pessoas tentam viver uma vida reta, dizendo a si mesmo, sempre que pecam: "Eu não deveria pecar. Eu não deveria viver assim. Eu deveria viver corretamente”. No entanto, como eles já estavam designados a nascer sob o domínio do inimigo de Deus, eles não conseguem viver suas vidas como desejariam.
As vítimas de AVC geralmente sofrem de paralisia porque o cérebro não está funcionando corretamente. Seus braços, pernas ou rostos ficam paralisados e eles não podem controlar seus corpos à vontade. Por exemplo, alguns pacientes com AVC perdem a coordenação motora e não conseguem comer por conta própria porque não conseguem controlar o movimento da mão para levar a colher à boca. Este é apenas um exemplo dos muitos desafios enfrentados por esses pacientes. Aqueles que estão espiritualmente paralisados enfrentam problemas semelhantes, pois mesmo que pensem por sua própria vontade que devem se comportar corretamente, eles na verdade acabam se comportando de maneira muito diferente de seus pensamentos.
Mencionei há pouco tempo que no dia em que nascemos neste mundo, nascemos com o desejo de se posicionar contra Deus. Isso explica por que você faz o que faz. Mesmo que queiramos viver uma vida irrepreensível debaixo do Céu, na realidade, todos vivem uma vida sem sentido e muito distante do que Deus deseja para nós.
Costuma-se dizer que os ingleses são cavalheiros. Mas quem realmente é um cavalheiro aos olhos de Deus? Um verdadeiro cavalheiro é alguém que mantém suas boas maneiras mesmo quando ninguém o observa. Todo homem quer ser um cavalheiro na frente de outras pessoas, mas nenhum homem consegue realmente viver uma vida assim. A Bíblia diz que todos os seres humanos nasceram como um bando de malfeitores desde o dia em que vieram a este mundo e, portanto, eles não conseguem parar de cometer todos os tipos de transgressões em suas vidas. A partir da Palavra de Deus devemos descobrir isso e retornar para Deus.
Quando cremos na obra de salvação que Jesus Cristo fez por nós e voltamos para Deus, nossa salvação está ao nosso alcance.
Todos os seres humanos nascem neste mundo com os seguintes pecados: Eles nascem com o pecado de desonrar seus pais. Eles nascem com um desejo profundo de odiar seus irmãos e irmãs e enganar os outros. É por isso que eles acabam cometendo pecados. Quando essas pessoas se juntam a alguma religião mundana, elas se esforçam para parecer que estão levando uma vida muito correta perante os outros. Eles são muito educados e amigáveis. No entanto, quando eles estão sozinhos, podemos ver seus pecados sendo derramados, que é o seu verdadeiro eu.
 
 

Vamos ouvir a Palavra Poderosa do Salvador


Quando o paralítico se aproximou de Jesus graças à ajuda de seus quatro amigos, Jesus lhe disse: "Filho, os teus pecados estão perdoados". Isso é o que Jesus Cristo, nosso Deus, está dizendo a todos nós hoje, você e eu. O Senhor Jesus veio a esta Terra para levar nossos pecados - ou seja, os pecados do mundo - por meio do batismo que Ele recebeu de João Batista, levando a condenação dos pecados ao ser crucificado e, assim, apagando nossos pecados de uma vez por todas. Porque Jesus aceitou os pecados da humanidade de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista, Ele foi crucificado enquanto carregava os pecados deste mundo, derramou Seu sangue até a morte, ressuscitou dos mortos e agora está sentado do lado direito de Deus, o Pai. E agora, Jesus quer se tornar o Senhor da salvação para todos aqueles que creem em Seu batismo justo e em Seu sangue na Cruz. Então, agora mesmo, Jesus é o Deus da salvação, oferecendo Sua Graça da salvação para aqueles que creem no verdadeiro evangelho da água e do Espírito.
As pessoas são pecadoras porque nasceram fundamentadas no pecado. Para a humanidade, Jesus Cristo é o Deus que realizou a obra da salvação para libertá-los de todos os seus pecados. Jesus Cristo para nós é acima de tudo o Deus Criador. Jesus Cristo é o Criador do Universo e o Salvador que salvou todos os pecadores, de uma vez por todas, dos pecados do mundo. Jesus Cristo é o Sumo Sacerdote do Reino dos Céus, e Ele é o verdadeiro Deus e o verdadeiro Salvador para todos nós que vivemos neste mundo e que cremos no evangelho da água e do Espírito.
Jesus Cristo é o próprio Deus para todas as criaturas e o Rei de todas. E este Deus é o verdadeiro Pastor de todas as suas criaturas. Jesus Cristo também é o Governante que governa todas as coisas. Ele é o Salvador que libertou você e eu de uma vez por todas dos pecados deste mundo. Neste mundo existe apenas um Salvador, Jesus Cristo, que o salvou de seus pecados. É porque Jesus Cristo concedeu Sua misericórdia salvadora a todos os seres humanos que podem ser libertos de todos os pecados deste mundo. Foi Jesus Cristo quem nos salvou dos pecados do mundo, e ninguém menos que Jesus Cristo poderia ter feito isso. Jesus Cristo concedeu essa gloriosa salvação por causa de nossa fé. Jesus Cristo pessoalmente completou a salvação da humanidade com a verdade do evangelho da água e do Espírito.
Alguém nesta Terra pode levar os seus próprios pecados? Não, ninguém consegue fazer isso. Quem pode limpar os pecados de alguém por si mesmo? Quem pode apagar os próprios pecados? Aqueles que seguem as religiões deste mundo tentam purificar seus pecados por si mesmos, mas nós não podemos purificar nem mesmo alguns de nossos pecados, a menos que creiamos na obra de salvação que Jesus Cristo fez por nós. Somente crendo na verdade da salvação que Jesus Cristo cumpriu quando veio a esta Terra podemos ser purificados de uma vez. Como o ser humano sozinho não conseguiu entender a verdade que apaga seus pecados - isto é, a verdade do evangelho da água e do Espírito - eles só podem ser salvos se encontrarem aqueles que já foram salvos de seus pecados e que receberam a Justiça de Jesus Cristo. A salvação só é alcançada quando você ouve sobre a verdadeira fé daqueles que já receberam e creram no evangelho da água e do Espírito.
Quando lemos 2 Reis, capítulo 5, vemos o general Naamã, comandante do exército sírio que tinha lepra, visitando Eliseu, o servo de Deus em Israel, para ser curado de sua doença. Para encontrar Eliseu, Naamã foi primeiro ao Rei de Israel e pediu-lhe que o curasse de sua lepra. O rei de Israel ficou perplexo com isso. Antes de ir ao servo de Deus Eliseu, o general Naamã deve ter procurado inúmeros médicos na Síria para tentar se curar de sua lepra. Mas não houve melhora em seu estado. O que precisamos entender aqui é que a doença do pecado que assola os seres humanos se deve ao fato de eles terem unido seus corações ao inimigo de Deus. Doença e morte são os resultados correspondentes àqueles que se colocam contra Deus junto com Seu inimigo.
 


Todas as maldições começam com a união com o inimigo de Deus


Quando o primeiro homem viveu com Deus no Jardim do Éden, Deus o ordenou com Sua Palavra, dizendo: "Não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal que está no meio do jardim. Se você comer o fruto dela, certamente morrerá". Mas Adão, o primeiro homem, foi tentado pela serpente e acabou se tornando em inimigo de Deus, comendo o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal desobedecendo à ordem de Deus. Como resultado, ele foi expulso do jardim do Éden criado por Deus. Portanto, os seres humanos só podem ser libertos de seus pecados se voltarem para Deus, seu Criador. Sem voltar para este Deus, o Criador da humanidade, ninguém pode ser libertado de seus pecados. Quando as pessoas tentam ser limpas de seus pecados por confiar em uma religião mundana, podem dizer que seus pecados foram removidos momentaneamente.
No entanto, para serem completamente livres de todos os seus pecados de uma vez, eles devem retornar ao evangelho da água e do Espírito que constitui a Justiça de Jesus Cristo e pela fé serem limpos de seus pecados. Caso contrário, tentar lavar seus pecados sem a Justiça de Jesus Cristo é em vão, não importa o quanto eles tentem. A quem, então, as pessoas devem ir para serem limpas de seus pecados? Claro, eles devem ir ao Salvador da humanidade, Jesus Cristo, e crer em Sua Justiça. Não importa quem seja, todos devem ser limpos de seus pecados crendo na Justiça de Jesus Cristo. Quando o paralítico foi levado a Jesus, seus pecados foram tirados pela poderosa Palavra de Jesus que perdoou seus pecados. Da mesma forma, todos nós hoje também devemos ser limpos de nossos pecados crendo na Palavra da remissão de pecados dada por Jesus Cristo.
Depois de dizer ao paralítico: "Filho, os teus pecados estão perdoados", Jesus disse a ele: “Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa". Assim como Jesus falou Sua Palavra sobre a remissão de pecados ao paralítico na passagem bíblica de hoje, Ele está concedendo a Graça da remissão de pecados a você, a mim e a todos os que creem na Sua Palavra da remissão de pecados. Foi Deus quem fez com que nós, humanos, nascêssemos nesta Terra. Mesmo que nosso ancestral tenha pecado por causa de suas fraquezas, no final das contas, Deus criou você e eu para que Ele pudesse nos salvar de todos os pecados deste mundo, nos tornar Seu próprio povo e nos abençoar para entrarmos no Reino dos Céus. Tendo assim nos salvado de todos os nossos pecados, o propósito de Jesus para nós é pregarmos a Justiça da salvação de Deus e entrar em Seu Reino no final. Em outras palavras, o propósito de Deus para nós é nos tornar Seus próprios filhos e nos abençoar para viver em Seu Reino como seus legítimos proprietários.
O paralítico pegou seu leito e voltou para sua casa, mas para nós, agora que recebemos a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, nosso dever é pregar a Justiça de Deus até que o Seu Reino seja finalmente imposto. O que é isso senão uma bênção gloriosa que Deus reservou para nós? Esta gloriosa bênção foi planejada e cumprida por Jesus Cristo, Deus Seu Pai e o Espírito Santo. Esta obra maravilhosa e abençoada de Glória não é algo que qualquer ser humano possa realizar. O plano glorioso de Deus para você e para mim é encontrado na salvação do evangelho da água e do Espírito que Jesus Cristo realizou quando veio a esta Terra. O propósito de Deus é nos abençoar para desfrutarmos de toda a vida gloriosa que Ele preparou para nós. Foi para libertar a humanidade de Satanás e dar a vida eterna que Cristo, o próprio Deus, veio a esta Terra.
 
 

Nosso Senhor Jesus está agora dizendo para vivermos pela Fé na Glória de Deus


Neste mundo, o Senhor Jesus nos deu um mandamento para nossas vidas, e é cumprir com obediência o objetivo de pregar o glorioso evangelho de Deus em todo o mundo. Tendo nos salvado dos pecados deste mundo de uma vez por todas, pela fé Jesus Cristo nos justificou para a Glória de Deus. E a providência do Senhor Jesus, quando chegar a hora, é nos levar a viver felizes em Seu Reino para sempre. O propósito de Deus é nos levar, os crentes no evangelho da água e do Espírito, para o Seu Reino, e permitir que desfrutemos da Glória e vivamos com Ele por toda a eternidade. Quando essa hora chegar, seremos servidos pelos anjos de Deus. Este, meus amados irmãos, é o amor e o propósito de Deus para você e para mim. Acredito que o propósito de Deus para mim, e também para você, é uma bênção gloriosa para nós. Deus fez todas essas coisas apenas por nós.
Eu cresci como uma criança curiosa, pensando em muitas coisas na vida. Um dia me perguntei: "Por que nasci? Qual é o propósito da vida?". Quando comecei o ensino fundamental, tinha um senhor idoso na vizinhança que gostava muito de mim. Ele costumava ser mimado por mim, mas um dia ele faleceu. Eu vi a procissão fúnebre, com pessoas carregando seu caixão e lamentando sua morte. Eu estava muito perto dele e, perguntando-me para onde ia, acompanhei a procissão até um cemitério. Uma sepultura foi cavada e o caixão baixado nela. No dia seguinte, voltei para ver seu túmulo. O enterro foi feito seguindo as práticas tradicionais da Coréia, no chão com um monte de terra coberto com grama. Subi no túmulo e pensei comigo mesmo: "Ele costumava ser idolatrado por mim, mas agora está enterrado aqui. Alguns dias atrás, ele brincou comigo. Por que ele foi enterrado aqui?”. Como eu era muito jovem para entender a morte, a partir dessa experiência comecei a associá-la ao enterro. Pensei comigo mesmo: "O que isso significa? O que vai acontecer comigo quando eu terminar a escola e envelhecer? Para onde irei? Não vou acabar na cova também? Acho que também vou acabar em um túmulo. Então é só questão de tempo. Todo mundo morre, e a única diferença é o tempo”. Em última análise, o fim de todo pecador é o mesmo: é a morte. Com a morte e o enterro do meu vizinho que costumava me adorar, percebi que também enfrentaria a morte no final.
Quando eu era criança, tinha um desejo enorme pela minha vida neste mundo. Eu queria viver uma vida irrepreensível para que, quando olhasse para o Céu, não tivesse absolutamente nada para me envergonhar debaixo do Céu. No entanto, à medida que fui crescendo e entrei na adolescência, me encontrava mudando aos poucos. À medida que meu verdadeiro eu era cada vez mais revelado para mim, percebi que estava uma bagunça. Quando eu era criança, por um tempo pensava que as meninas nem iam ao banheiro. Não sei por que pensava assim. Eu sabia que todos eram mais ou menos iguais, mas ainda tinha mal-entendidos. Parecia que as meninas eram todas bem comportadas e não faziam nada de ruim, mas que eu era um malandro e um monte de coisas ruins. Então pensava comigo mesmo: "Eu sou o único garoto mau". Conforme o tempo passava e eu ficava mais velho, me encontrava cometendo ainda mais pecados.
É natural que todos não possam ver seu verdadeiro eu. Para perceber nosso pecado, devemos entrar na Palavra de Deus escrita e só então poderemos ver quem realmente somos. Deus está dizendo a todos os seres humanos e pecadores: "Como o paralítico, embora desejem fazer o bem, vocês são pecadores incapazes de praticar o bem. É por isso que eu concedo a todos vocês a salvação e a remissão dos seus pecados”. Jesus Cristo, o próprio Deus que veio a esta Terra como homem, disse ao paralítico: "Filho, os teus pecados estão perdoados". Então, para trazer a remissão de pecados a muitas pessoas, nós agora devemos pregar o evangelho da água e do Espírito para elas. Mesmo agora, Jesus Cristo está fazendo todos os preparativos para levar os crentes no evangelho da água e do Espírito ao Reino de Deus. Tendo preparado Seu Reino, Deus agora quer viver com os crentes no evangelho da água e do Espírito. Mas como ainda existem muitas pessoas neste planeta que não receberam a remissão de pecados, Deus quer que preguemos este evangelho a todos aqueles que ainda não creram Nele antes de irmos para o Reino dos Céus. Deus já preparou uma morada para você e para mim que cremos na Palavra do evangelho da água e do Espírito.
Deus é realmente um Deus glorioso para nós. Jesus Cristo concedeu bênçãos incríveis de salvação a todos nós. Havíamos pensado que, uma vez nascidos nesta Terra, todos viveriam uma vida sem sentido e tudo terminaria quando o corpo morresse. Embora soubéssemos o que era certo, não podíamos praticar porque tínhamos muitas deficiências. Não poderíamos evitar de cometer incontáveis pecados pelo resto de nossas vidas. Os pecados que já havíamos cometido eram mais do que suficientes para merecer o inferno, e os pecados que cometeríamos no futuro também eram mais do que suficientes para sermos lançados no inferno.
Portanto, era impossível recebermos a remissão de pecados crendo em qualquer religião deste mundo, e percebemos que poderíamos ter nossos pecados apagados apenas crendo no justo amor de Deus. Do contrário, seria impossível recebermos a remissão de pecados em nosso coração. No entanto, nosso Deus veio a esta Terra em um corpo de homem, recebeu todos os pecados deste mundo de uma só vez ao ser batizado por João Batista e morreu na Cruz carregando esses pecados, ressuscitou dos mortos e nos salvou, aqueles que creram. Agora mesmo, o Senhor Jesus está nos dizendo por meio do evangelho da água e do Espírito: "Filho, os teus pecados estão perdoados", e Ele nos deu a convicção da verdadeira salvação. O objetivo do Senhor Jesus é levar os crentes no evangelho da água e do Espírito para o Seu Reino, e isso é para a Glória de Deus.
Assim, Jesus Cristo é o Deus que fez uma surpreendente obra de salvação por você e por mim. Não há ninguém neste mundo que abençoou você e eu tanto quanto Jesus Cristo, que veio à humanidade pelo verdadeiro evangelho da água e do Espírito. Quem nos libertou de todos os pecados do mundo e nos fez filhos de Deus? Aquele que salvou a você e a mim dessa maneira, nos abençoou e nos concedeu tanta Graça, não é outro senão Jesus Cristo. Fundamentalmente, todos nós nascemos com um destino miserável de sermos lançados no inferno por nossos pecados. No entanto, muito antes de Deus nos tornar Suas criaturas, muito antes de pecarmos e muito antes de nossas vidas serem tristes e atormentadas por nossos pecados, Deus já sabia tudo que enfrentaríamos. Então, porque Deus nos amou tanto, Ele veio nos procurar através do evangelho da água e do Espírito, nos encontrou e nos disse: "Filho, os teus pecados estão perdoados. Eu apaguei seus pecados de uma vez por todas com a Palavra do evangelho da água e do Espírito”. E Ele abençoa a nós, aqueles que creem Nele, dizendo: "Eu os levarei para minha casa. Enquanto vocês continuam vivendo nesta Terra, se viverem pela fé em Mim e na minha Palavra, eu cumprirei todas as suas esperanças e seu sonhos".
Enquanto vivemos neste mundo, devemos apenas pensar na Justiça de Deus. Somente Deus nos salvou dos pecados do mundo. Que tipo de Deus é o nosso Deus? Devemos lembrar que Ele é o Deus que nos deu bênçãos maravilhosas. Devemos crer em Seu amor justo. E perceber que nosso Deus é o Deus que nos deu bênçãos maravilhosas do Céu. Jesus disse: "e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará". (João 8:32). Amados irmãos, Deus resolveu todos os problemas de nossas vidas, incluindo o problema de nossos pecados. Este Deus disse a você e a mim: "Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa". Se você e eu crermos na justa Palavra de Jesus Cristo, todos os sonhos do nosso coração se tornarão realidade. Para que isso aconteça, devemos crer que Jesus Cristo é o próprio Deus para toda a humanidade. Você não concorda com isso? Claro que você concorda!
 
 
Se você foi salvo de seus pecados, Viva com seu Coração unido a Deus

Fomos libertos de nossos pecados crendo com nossos corações no evangelho da água e do Espírito pregado pela Igreja de Deus. Embora estejamos espalhados por todo o mundo, se apoiarmos o ministério do evangelho e pregarmos o evangelho fielmente em nossas vidas, todos receberemos as bênçãos de Deus. O evangelho da água e do Espírito é a vestimenta da salvação que Jesus Cristo fez para nós. Independentemente de quem, se as pessoas crerem neste evangelho de coração, elas serão salvas de seus pecados e receberão as bênçãos de Deus para se tornarem Seus próprios filhos e obreiros. Deus não discrimina, como se Ele amasse certas pessoas e odiasse outras. Se reconhecermos Deus, garantirmos que nossos corações estejam ao seu lado e nos unirmos pela fé à Sua Igreja, Deus certamente cumprirá todas as esperanças e sonhos de nossos corações, passo a passo. Jesus Cristo, nosso Deus, desembaçará e resolverá todos os problemas que enfrentamos em nossas vidas, um por um, e nos abençoará a cada passo do caminho. Nosso Deus abençoa aqueles que trabalham com Ele.
Agora que cremos na Justiça de Deus, devemos fazer o que agrada a Deus. Você pode estar se questionando: "Foi fácil crer no evangelho da água e do Espírito, mas agora você está dizendo que eu preciso viver uma vida de fé?". Na verdade, é isso que estou dizendo. É justamente porque a vida nesta Terra é tão cansativa que devemos viver pela fé. Deus disse: "O justo viverá por fé". (Romanos 1:17). Os justos devem viver somente pela fé. O que você quer? Você está contente em aceitar o evangelho da água e do Espírito pela fé e obter a sua salvação, ou você também quer viver o resto da sua vida pela fé na Palavra de Deus agora que você foi libertado dos seus pecados? Seja para receber as bênçãos de Deus ou para realizar Seu trabalho enquanto vivemos nesta Terra, isso só é possível crendo na Palavra de Deus.
Tudo não acabou só porque fomos salvos dos pecados deste mundo pela fé e entraremos no Céu pela fé. Aqueles que foram justificados também devem servir à obra de Deus neste mundo antes de entrar no Reino dos Céus. Os justos têm o dever e o chamado de pregar o evangelho. Se os justos não se submetem a esta vontade de Deus, então não pode haver bênçãos terrenas para eles. Em vez disso, sua desobediência será seguida pelas maldições de Deus. Os justos devem obedecer de bom grado à vontade de Deus. Só então eles podem ser ungidos com bênçãos por sua fé e obediência. Você deveria buscar a felicidade mundana por conta própria agora que você foi salvo de seus pecados? Não, claro que não! Nossa felicidade também se encontra na esfera da fé e é alcançada quando cremos em Deus e em Sua Palavra. Todas as bênçãos que Deus está concedendo aos justos são recebidos somente quando eles permanecem pela fé e obedecem ao Seu evangelho e à Sua vontade.
Olhe para mim. Além da hora do sermão, estou lá fora com você trabalhando duro para pregar o evangelho e apoiar este ministério. Eu realizo a vontade de Deus pela fé em minha vida diária, preparando o vaso de Suas bênçãos pela fé. Eu preparo meu vaso de bênção, pedindo a Deus: "Senhor, dê-me bênçãos abundantes para encher este vaso". Sempre que preparo o abençoado vaso da fé, gosto de preparar um grande. Não gosto de preparar um pequeno vaso. Já que estou trabalhando de qualquer maneira, posso muito bem crescer para que Deus nos dê bênçãos abundantes. Eu tenho um grande vaso de fé pronto em meu coração para que possamos ajudar mesmo aqueles que não têm nada a ver conosco. Quando eu preparo um grande vaso de fé, Deus faz questão de enchê-lo com bênçãos sem fim. Em seguida, eu compartilho essas bênçãos dadas por Deus com muitas pessoas, junto com a Palavra de Deus. Isso é o que significa ter fé em Deus e obedecer à Sua vontade. As bênçãos de Deus virão sem falta.
No entanto, antes de chegarmos a este ponto, deveremos suportar muitas perseguições e sofrimentos, e devemos vencê-los pela fé em Deus. É preciso muita dor e sofrimento antes que as bênçãos de Deus cheguem até nós. Se quisermos viver pela fé em Deus e em Sua Palavra, devemos preparar um vaso limpo de fé. Isso é porque o próprio Deus trabalha em você e em mim. Deus é um Deus maravilhoso. Se estivermos contentes em apenas ser salvos de nossos pecados, e vivermos por nossos próprios meios e caminhos em vez da fé, estaremos desprezando as bênçãos de Deus. Deus está exigindo que todos os que foram salvos dos pecados deste mundo vivam pela fé. Ele está exigindo de nós uma vida de fé porque deseja abençoar nossas vidas e nos ajudar a dar ainda mais frutos de fé.
Deixei minha cidade natal sozinho. E eu tenho dedicado minha vida para pregar o evangelho da água e do Espírito. Meu Deus preparou um lugar para mim nesta Terra, Ele me guiou e me fez viver minha vida em obediência à Sua vontade. Sei muito bem que meu Deus, que me salvou dos meus pecados, está sempre comigo. Meu objetivo não é garantir que sozinho eu viva uma boa vida de fé neste mundo. Longe disso, acredito que minha família espiritual também deve prosperar. Eu também acredito que é certo para mim viver na Igreja de Deus pela fé, para nossos santos viverem pela fé também, e para todos nós, assim, vivermos uma vida que seja digna da Glória de Deus. Meu Deus me deu as bênçãos da fé e quer dar também essas bênçãos a toda a nossa família espiritual no mundo através de mim. Por isso, confio-vos várias tarefas, para que preparais grandes vasos de fé que sejam agradáveis a Deus. Eu acredito que se você realizar as tarefas que lhe foram confiadas pela fé, aumentar sua fé e orar a Deus por Suas bênçãos, Deus as cumprirá para você. Tendo confiado Sua obra a todos nós, Deus tem o prazer de nos abençoar em todos os aspectos de nossas vidas e a todos ao nosso redor.
Deus está trabalhando continuamente em nossas vidas no presente. Só porque fomos salvos, isso significa que tudo acabou? Não, inúmeras pessoas em todo o mundo receberão bênçãos abundantes por nosso intermédio, assim como Abraão. Eu quero pregar sobre a vida de fé para nossos colegas de trabalho ao redor do mundo. Abraão seguiu a Deus confiando Nele e em Sua Palavra. Isso significa que Abraão negou seus próprios pensamentos. Ele ia a qualquer lugar que Deus lhe dissesse para ir e parava onde Deus lhe dissesse para parar. Por meio da fé de Abraão, Deus abençoou toda a raça humana e todas as nações. E porque Abraão tinha fé em Deus, Deus garantiu que a vida de Abraão seria uma bênção para seus muitos seguidores.
Nunca é uma perda para nós viver de acordo com a vontade de Deus. Algumas pessoas pensam egoisticamente: “Por que tenho que fazer essas coisas? Não estou perdendo aqui?”. Mas, se você crê em Deus e seu coração é habitado pelo Espírito Santo, você pode facilmente deixar de lado esses pensamentos carnais. E você pode viver uma vida que agrade a Deus para o benefício de sua fé Nele ao invés de sua carne. Para apoiar o ministério do evangelho, alguns de nós estamos trabalhando muito acima do telhado. O risco de uma queda acidental está sempre lá, e podemos pensar que não é justo assumir esse risco. Por isso, temos que ter muito cuidado e colocar os cintos de segurança sempre que estivermos trabalhando em locais elevados. No entanto, se acreditamos que o trabalho que estamos fazendo é obra de Deus, então devemos pedir a Deus por Sua ajuda pela fé e realizar as tarefas que nos foram confiadas. É então que Deus cuida de tudo o que fazemos e nos abençoa. E Deus se agrada quando compartilhamos com outros as bênçãos que recebemos. Deus se alegra em nos ver vivendo uma vida assim. Todos nós agora vivemos nesta Terra, mas mais cedo ou mais tarde, deixaremos esta Terra para entrar e viver no Reino de Deus.
Jesus disse ao paralítico: "Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa". Era incrível o suficiente que o paralítico pudesse se levantar, então como ele poderia pegar sua cama e carregá-la para sua casa? Teria ficado músculo suficiente no corpo do paralítico? Não, já que ele tinha ficado deitado por tanto tempo, seu corpo não teria quase nenhum músculo sobrando. Apesar disso, o paralítico foi capaz de levantar sua cama e ir para sua casa, tudo graças ao poder da Palavra dada por Deus. Assim, Deus está concedendo Seu amor a você por meio de Sua Palavra. Exorto você a perceber que mesmo agora, Deus está fazendo coisas incríveis por nós com a Sua Palavra, e a viver pela fé em Deus. Pela nossa fé na Palavra de Deus, estamos realizando a obra que Deus nos ordenou e recebendo as bênçãos da fé em nossas vidas. E você então? Você recebeu as bênçãos de Deus pela fé? Eu também recebi as bênçãos de Deus pela fé. Eu fui abençoado para sempre. Nosso Deus abençoou os justos por toda a eternidade. Eu dou todas as minhas graças a Deus. Aleluia!