The New Life Mission

Sermões

Assunto 27: Cartas de Deus para nós na era do coronavírus

[27-7] (Ezequiel 47: 1-12) A Vida Abençoada que Permanece em Deus

(Ezequiel 47: 1-12)
“Depois disto, o homem me fez voltar à entrada do templo, e eis que saíam águas de debaixo do limiar do templo, para o oriente; porque a face da casa dava para o oriente, e as águas vinham de baixo, do lado direito da casa, do lado sul do altar. Ele me levou pela porta do norte e me fez dar uma volta por fora, até à porta exterior, que olha para o oriente; e eis que corriam as águas ao lado direito. Saiu aquele homem para o oriente, tendo na mão um cordel de medir; mediu mil côvados e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos tornozelos. Mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos joelhos; mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos lombos. Mediu ainda outros mil, e era já um rio que eu não podia atravessar, porque as águas tinham crescido, águas que se deviam passar a nado, rio pelo qual não se podia passar. E me disse: Viste isto, filho do homem? Então, me levou e me tornou a trazer à margem do rio. Tendo eu voltado, eis que à margem do rio havia grande abundância de árvores, de um e de outro lado. Então, me disse: Estas águas saem para a região oriental, e descem à campina, e entram no mar Morto, cujas águas ficarão saudáveis. Toda criatura vivente que vive em enxames viverá por onde quer que passe este rio, e haverá muitíssimo peixe, e, aonde chegarem estas águas, tornarão saudáveis as do mar, e tudo viverá por onde quer que passe este rio. Junto a ele se acharão pescadores; desde En-Gedi até En-Eglaim haverá lugar para se estenderem redes; o seu peixe, segundo as suas espécies, será como o peixe do mar Grande, em multidão excessiva. Mas os seus charcos e os seus pântanos não serão feitos saudáveis; serão deixados para o sal. Junto ao rio, às ribanceiras, de um e de outro lado, nascerá toda sorte de árvore que dá fruto para se comer; não fenecerá a sua folha, nem faltará o seu fruto; nos seus meses, produzirá novos frutos, porque as suas águas saem do santuário; o seu fruto servirá de alimento, e a sua folha, de remédio". 
 

A Visão do Profeta Ezequiel

 Na leitura das Escrituras de hoje, Deus mostrou Suas bênçãos ao Profeta Ezequiel por meio de uma visão. Espero que todos pela fé possam obter as bênçãos de Deus por meio desta passagem. Na visão, o Profeta Ezequiel viu água fluindo do Templo e todos os tipos de árvores frutíferas e formas de vida prosperando por causa dessa água. Essa visão fala de todas as bênçãos que aguardavam o povo de Israel - a saber, como eles voltariam do cativeiro da guerra e ofereceriam sacrifícios de ação de Graças a Deus. Em outras palavras, a leitura da Bíblia de hoje fala sobre a restauração do povo de Israel e também mostra a grandeza da Graça que Deus concederá ao povo espiritual de Israel. De forma mais ampla, também descreve as bênçãos que Deus está oferecendo a toda a humanidade.
 O versículo 1 diz: “Depois disto, o homem me fez voltar à entrada do templo, e eis que saíam águas de debaixo do limiar do templo, para o oriente; porque a face da casa dava para o oriente, e as águas vinham de baixo, do lado direito da casa, do lado sul do altar”. Aqui está escrito que a água fluía de debaixo do limiar do Templo para o oriente e depois para o sul. No versículo 2, vemos que Ezequiel foi levado ao portão norte e viu a água fluindo do lado direito. Um homem mediu o terreno com uma linha, e a medida chegou a mil côvados, cerca de 500 metros. Depois de medir mil côvados, o homem fez o profeta Ezequiel atravessar as águas. Quando Ezequiel cruzou as águas, a água subiu até seus tornozelos. Depois que outros mil côvados foram medidos e Ezequiel foi levado através desta água, a água subiu até seus joelhos, e a terceira vez que mil côvados foram medidos e Ezequiel andou pela água, ela chegou à sua cintura. O homem mediu novamente mil côvados, e a essa altura a água havia se transformado em um rio que não podia ser cruzado.
 O homem então disse ao Profeta Ezequiel: "Viste isto, filho do homem?". Quando Ezequiel olhou, ele viu inúmeras árvores em ambas as margens do rio. O homem disse a ele que a água fluiria para o mar; o mar seria curado; cada forma de vida viveria onde quer que o rio fosse; haveria peixes abundantes; pescadores ficariam nas margens; árvores frutíferas floresceriam; e seus frutos seriam para alimento e suas folhas para remédios, pois a água fluía do santuário. Este é um resumo aproximado da leitura das Escrituras de hoje. A mensagem central aqui é que conforme a água fluía do santuário, ela subia tão abundantemente que se tornou um rio que não podia ser cruzado. Espiritualmente falando, Deus está prometendo aqui restaurar o povo de Israel, e para você e eu que vivemos nos tempos do Novo Testamento, Deus está dizendo que Ele nos concederá essa bendita Graça. Isso é o que Deus está nos dizendo hoje.
 
 
Água Fluindo do Templo

 Água fluiu de debaixo do Templo em todas as quatro direções - leste, oeste, sul e norte. Isso significa que Deus abençoaria o povo de Israel e também daria muitas bênçãos a nós, os crentes no evangelho da água e do Espírito. Qual seria a principal razão de Deus nos restaurar como crentes no evangelho da água e do Espírito? Deus restaurou o povo de Israel para cumprir Sua vontade. Embora Deus tenha permitido que o povo de Israel sofresse sob o cativeiro de seu inimigo quando cometeram idolatria, em última análise, a batalha de Deus foi com o anjo caído que se levantava contra Ele. Em outras palavras, porque o povo de Israel ouviu o oponente de Deus, adorou ídolos em vez de Deus e, ao fazer isso, não deu a Ele a Glória que Ele merecia, Deus ficou com ciúme e deixou o povo de Israel comer o pão da adversidade. No entanto, Deus os repreendeu precisamente porque os amava muito. Não importa quais erros eles cometeram, no final, o propósito de Deus era restaurá-los tanto no corpo quanto no espírito com Suas bênçãos, libertando-os completamente de sua escravidão e fazendo-os retornar ao Reino de Israel. Esta foi a vontade de Deus para o povo de Israel, e também é a vontade de Deus para você e para mim. Aqui, Deus também está falando a você e a mim que vivemos nos tempos do Novo Testamento sobre a verdadeira fé e o crescimento espiritual.
 A leitura bíblica de hoje nos diz que a água fluindo do Templo atingiu os tornozelos, joelhos e depois a cintura. Aqui, Deus está falando conosco não apenas sobre a Graça da salvação que Ele concedeu a nós, os justos, mas também sobre as bênçãos que Ele nos deu em todos os aspectos de nossas vidas. Quando recebemos a remissão de pecados pela primeira vez ouvindo o evangelho da água e do Espírito, nós podemos sentir a alegria da salvação e a Graça de Deus descendo sobre nossos corações, mas é apenas até os tornozelos, e nós podemos realmente sentir além disso. Basta que percebamos que fomos salvos. No entanto, à medida que continuamos com nossa vida de fé obedecendo e seguindo a vontade do Senhor Jesus, podemos realmente apreciar o quão grandes são as bênçãos de Deus. Quando você está com água até a cintura, é difícil andar. E quando a água atinge a profundidade suficiente para que sua cabeça fique submersa, você tem que nadar a partir de então. É assim que Deus concede Sua Graça e bênçãos sobre nós.
 A Graça dada por Deus é encontrada na verdade do evangelho da água e do Espírito que Jesus Cristo cumpriu quando Ele veio a esta Terra. Na época da criação dos Céus e da Terra, a humanidade ouviu o anjo caído, o inimigo de Deus, e junto com ele pecou contra Deus ao desafiar Sua autoridade. Como resultado, os seres humanos tiveram que ser punidos por esse pecado. Porque Adão e Eva, os ancestrais da humanidade, uniram seus corações ao inimigo de Deus e fizeram algo que Deus abominou, toda a raça humana teve que sofrer as consequências desse pecado. O preço desse pecado foi comer o pão da adversidade e beber a água da aflição, mas havia um propósito por trás disso: era instigar a humanidade com o desejo de retornar para Deus. E quando os seres humanos voltarem a Deus assim, Ele concederá a eles abundantes bênçãos espirituais do Céu.
 Quando você e eu entendemos e cremos no evangelho da água e do Espírito, ficamos muito felizes por termos sido salvos de nossos pecados. Mas, essa alegria cresce ainda mais. Em pouco tempo, passaremos a receber não apenas bênçãos espirituais, mas uma vez que vivamos de acordo com a vontade de Deus, podemos receber bênçãos para nosso corpo também. Para vivermos de acordo com a vontade de Deus, devemos estar ao Seu lado em vez de ouvir o anjo caído que se opõe a Ele, e devemos viver pela fé para a Glória de Deus. Só então é possível vivermos em obediência à vontade de Deus. Ouvir a Palavra de Deus e glorificá-Lo em nossas vidas significa viver de acordo com Seu propósito. Deus então nos abençoará por conhecer e crer em Sua providência. Deus nos dará bênçãos tão grandes e abundantes que será como nadar em um rio. Ele nos abençoará para que possamos viver completamente imersos em Sua Graça.
 Desde que eu recebi a remissão dos meus pecados realizando o amor e plano do Senhor Jesus e crendo na Palavra do evangelho da água e do Espírito, eu recebo inúmeras bênçãos enquanto vivo para a proclamação deste evangelho, que é a vontade de Deus. Para pregar o evangelho da água e do Espírito, eu tive que lutar contra os falsos profetas que são inimigos de Deus, e também passei por muitas outras lutas e sofrimentos. Porém, toda vez que eu lutava, podia ver Deus me ajudando. A Bíblia diz que a água fluiu do Templo de Deus, formou um rio, alcançou o mar e trouxe todas as criaturas vivas do mar para prosperar. A Bíblia também diz que, à medida que esse rio corria pela terra, as árvores davam muitos frutos como alimento e folhas como remédio. Assim, também podemos ver nosso Deus nos dando inúmeras bênçãos tanto no corpo quanto no espírito. Quando entendemos que Deus é nosso Deus, decidimos nunca ficar contra Ele, não importa o que aconteça, se nos determinamos a viver para Ele de acordo com Seu propósito, podemos ver por nossa própria experiência como Deus aumenta nossa fé e ao mesmo tempo nos preenche com muitas bênçãos materiais também. Graças às bênçãos de Deus, podemos viver pela fé até hoje. Deus disse que nos abençoaria para nadar no rio da Graça, e a maior bênção que Deus deu a nós, os crentes no evangelho da água e do Espírito, é o fato de que podemos viver para a Sua Glória.
 
 
O que significa para nós Viver para a Glória de Deus?

 Embora tenhamos feito muitas coisas erradas contra Deus, ao invés de nos condenar por todos esses pecados, Deus nos fez comer o pão da adversidade e beber a água da aflição, para que voltássemos para Ele. Esta é a vontade de Deus, e aceitar Sua vontade pela fé é o que significa viver para a Glória de Deus. Em última análise, trata-se de crer em Deus quando Ele nos diz: “Eu te amo. Apaguei seus pecados com a água e o sangue. Eu sou o Seu Deus. Eu dei a vocês Meu Espírito e fiz vocês Meus filhos. Eu dei a vocês a bendita Palavra do evangelho da vida eterna. Eu também dei a vocês cada palavra para que vocês possam crer em Mim”. Esta é a maior bênção que Deus reservou para nós, pecadores. Isso significa que Deus já deu a Palavra de bênçãos para você e para mim.
 Nós, os crentes no evangelho da água e do Espírito, temos a Palavra da salvação e da remissão de pecados, e também temos em nossos corações o Espírito Santo que nos capacita a crer na Palavra de Deus. Estas são as maiores bênçãos para você e para mim. É uma tremenda bênção para mim que conheço a Palavra de Deus, entendo a Palavra de Deus e estou pregando a verdadeira Palavra de Deus. Além disso, não sou apenas eu, mas você também foi salvo dos pecados do mundo, e todos nós agora sabemos o que agrada a Deus. Que bênção maravilhosa é esta! Mesmo depois de sermos salvos de nossos pecados, ainda poderíamos ter ficado contra Deus em união com o anjo caído, mas ao invés disso, estamos sempre permanecendo na Igreja e, como resultado, podemos ouvir e crer na Palavra de Deus. Palavras não podem expressar o quanto sou grato por isso. Quanto mais conhecemos o amor de Deus por nós, mais nos afastamos de Seu inimigo. Deus nos abençoou para agora percebermos esses mistérios com Sua Palavra. Deus deu essa compreensão a você e a mim que vivemos em Sua Igreja.
 
 
Os Justos estão sempre Lutando contra os adversários de Deus

 Você percebe que o anjo caído está se levantando contra Deus e lutando contra Ele mesmo agora? Mesmo neste exato momento, o anjo caído ainda está contra Deus, e ele também está entrando no coração das pessoas e agitando-as para que fiquem contra Deus. Isso significa que Deus está deixando Seu inimigo sozinho porque Ele é impotente? Não, claro que não! Deus o está deixando sozinho até o dia do julgamento e, enquanto isso, Ele está salvando almas perdidas. Até este dia, quando o anjo caído enfrenta o julgamento de Deus e é lançado no inferno, Satanás continuará a entrar no coração das pessoas para fazê-las resistir e desafiar a Deus. Antes de receber a Graça da salvação de Deus e realizar Sua vontade, ouvimos o anjo caído em nossas vidas, mas não ouvimos mais nenhuma de suas palavras.
 Até o dia do julgamento, “Até que eu ponha os teus inimigos por estrado dos teus pés”. (Hebreus 1:13), Deus concederá a Sua Graça a quem Ele aprouver dar a Sua Graça. Embora essa batalha também seja travada entre o Diabo e nós, na verdade é uma batalha entre Deus e o anjo caído, Seu inimigo. Em vez de usar a força, Deus está graciosamente oferecendo Sua misericordiosa salvação às almas. Ele está travando uma batalha espiritual contra Seu inimigo neste mundo. Já que Deus está travando essa batalha com o inimigo, se estabelecermos nossas mentes para crer na Palavra de Deus, viver pela fé, seguir Sua vontade e glorificá-Lo em nossas vidas, Deus vai desemaranhar todos os nós torcidos de nossas vidas e nos conceder bênçãos indescritíveis.
 
 
Deus é o Deus dos Justos

 Deus é o nosso Salvador, mas outrora éramos contra Ele. Deus é nosso Pastor, e Ele está sempre do lado dos crentes no evangelho da água e do Espírito. Ele está do lado daqueles que receberam a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito e seguindo a Sua vontade. Em outras palavras, Deus está do nosso lado, e é por isso que estamos desfrutando da maravilhosa Graça da salvação e de tais bênçãos maravilhosas tanto no corpo quanto no espírito. Como é possível uma vida tão abençoada, a não ser pela Graça de Deus? Mesmo agora, Satanás está vomitando suas mentiras e falando bobagens, dizendo: "Não é suficiente apenas acreditar em Jesus. Você tem que ser capaz de falar em línguas para abrir a porta do domínio espiritual”. O anjo caído, entrando no coração das pessoas e dos falsos profetas, sussurra-lhes e mostra-lhes falsas visões, tentando abrir uma barreira entre nós e Deus. Algumas pessoas são enganadas por isso e, como resultado, acabam espalhando essas palavras de engano para outras pessoas.
 Porém, para nós, os crentes na Palavra do evangelho da água e do Espírito, Deus se tornou nosso Deus e nós nos tornamos Seu povo abençoado. Mesmo que tenhamos sido constantemente pisoteados por Satanás, uma vez que entendemos a verdadeira Palavra do evangelho da água e do Espírito que constitui a Justiça de Jesus Cristo, não caímos nas palavras enganosas que Satanás sussurra para nós: “Vá atrás de seus desejos e seja fiel a si mesmo”. Embora tenhamos muitas deficiências, podemos rejeitá-lo decididamente e dizer: “Deus nos salvou e eliminou todas as maldições dos nossos pecados. Então, por que serviríamos a você, anjo caído, em vez de servir a Deus?". Quando vivemos para Deus, Deus proverá nossas necessidades a tempo. Deus nos ajudará na hora de necessidade.
 A leitura bíblica de hoje diz que a água fluindo sob a soleira do Templo atingiu os tornozelos, joelhos, cintura e até o ponto em que era preciso nadar. Isso significa que Deus nos vestiu com a Graça insondável da salvação e com as bênçãos espirituais do Céu. Deus deu essas 
bênçãos a todos nós que cremos na Palavra do evangelho da água e do Espírito. Depois de sermos salvos de todos os pecados deste mundo, às vezes nós por engano colocamos nossas mentes na carne ao invés da Glória de Deus, e nos perguntamos: “Como posso viver assim?”. No entanto, os pensamentos carnais levam à morte. Quando abrigamos pensamentos carnais, nos preocupamos com nosso futuro, imaginando o que acontecerá conosco. Tomados pela dúvida e incerteza, pensamos conosco: "Mesmo que tenhamos sido salvos pela fé, não deveríamos viver o resto de nossas vidas pela força da nossa carne?". Isso não é verdade para você? Todos nós já passamos por essa fase.
 Apesar disso, no entanto, porque nosso Deus nos disse para servir ao evangelho da água e do Espírito em nossas vidas, nós estamos vivendo de acordo com a Palavra de Deus em obediência. A vitória é nossa se estabelecermos nossas mentes para viver espiritualmente para Deus em vez de apenas para nós mesmos; tenha a determinação de dizer: “Se eu perecer, perecerei”; espalhe a Justiça do Senhor Jesus com essa determinação; e realmente viva para Deus. Também estamos redimindo o tempo para colocar em ação a Palavra falada por Deus. Para cumprir o propósito glorioso de Deus, agora estamos pregando o evangelho por meio de nosso ministério de literatura para o bem de todos no mundo inteiro. E para pregar o evangelho assim, temos que apoiar o ministério do evangelho. Quando começamos a trabalhar para apoiar o ministério do evangelho, enfrentamos muitas dificuldades na carne. Porém, quanto mais o tempo passava, mais bênçãos Deus nos deu. Sua Graça alcançou os tornozelos, os joelhos e a cintura e, por fim, nos imergiu inteiramente, de modo que agora estamos nadando no rio da Graça. É assim que finalmente vivemos uma vida totalmente dedicada a glorificar a Deus. Esta é a bendita Palavra da promessa que Deus deu ao povo de Israel, e a você e a mim também, que hoje somos o povo espiritual de Israel. E também é nossa alegria ver todos os que realmente seguem ao Senhor Jesus receberem tais bênçãos.
 Algumas pessoas pensam em sua carne que se seguirem ao Senhor Jesus, serão arruinadas e acabarão na pobreza. Mas esses pensamentos vêm de quando não nascemos de novo. Agora que nascemos de novo, nunca falharemos se vivermos para Deus e dedicarmos nossas vidas para pregar o evangelho. Existem estágios para receber as bênçãos de Deus pela fé. No primeiro estágio, suportamos adversidades e sofremos muitas perdas para a Glória de Deus. No segundo estágio, conforme nossa fé na Palavra de Deus cresce mais e mais, passamos a receber Suas bênçãos. Aqueles que vivem para a Glória de Deus suportam muitas dificuldades para remover a impureza de seus corações e carne, e é depois disso que eles vêm a receber as grandes bênçãos de Deus e viver com os justos. Mesmo que aqueles que servem ao evangelho estejam fadados a passar por provações e dificuldades, ao olharem para trás e verem como viveram até hoje, perceberão que receberam bênçãos tão tremendas de Deus que parece um sonho.
 Deus estabeleceu Sua Igreja para proteger aqueles que foram salvos dos pecados do mundo. E Deus levantou Seus servos por causa dos santos. A partir daí, Deus deu muitos obreiros Seus aos membros da Igreja. Uma vez que Sua Igreja é estabelecida, Deus nos faz realizar Sua obra e apoiar o ministério do evangelho. Ele nos faz servir ao evangelho da água e do Espírito com nosso trabalho, e nós percebemos que Deus nos abençoa abundantemente quando fazemos essa obra juntos e vivemos em Sua Igreja. Mesmo que tenhamos sido libertados das garras do inimigo, sem a Igreja de Deus, é impossível para nós recebermos tais bênçãos. Embora tenhamos sido libertos do mundo, nunca podemos viver uma vida tão abençoada sem encontrar a Igreja de Deus e encontrar Seus servos, obreiros e povo. Tentando impedi-lo de viver essa vida, o Diabo continua a tentar enganá-lo e a incitá-lo a se posicionar contra Deus, dizendo-lhe: “Vá para o mundo e viva por si mesmo. Você é burro? Você é estúpido? Você vai se sair bem sozinho”.
 Isso é o que o anjo caído está dizendo, mas, em contraste, Deus disse: “Abençoarei o meu povo. Trarei o povo de Israel de volta de sua escravidão e os abençoarei em corpo e espírito para que possam prosperar”. Deus disse que Ele levantará Seus servos para nós. Ele disse que vai criar trabalhadores para nós, nos proteger, nos alimentar, nos vestir e nos abençoar tanto no corpo quanto no espírito para realizarmos Sua obra. Portanto, se permanecermos no domínio de Deus e vivermos pela fé em Sua Palavra, viveremos imersos em Suas bênçãos, como se estivéssemos nadando em um rio profundo.
 Quando você olha para mim, pode parecer que sou viciado na obra de Deus. Até me parece que estou viciado. Quando eu concluo uma tarefa, há muitas outras tarefas esperando por mim. Posso ver na minha cabeça que realizar a obra de Deus assim será para o meu próprio bem, e meu coração também tem essa fé. Assim como a Bíblia diz: “Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem”. (Hebreus 11:1). Posso ver pela fé. Deus derrama Suas bênçãos sobre aqueles que têm o vaso da fé pronto. Mas, se o seu vaso for muito pequeno, você não poderá receber tantas bênçãos, já que o vaso ficará cheio em pouco tempo. Sempre que realizamos uma tarefa, eu agradeço a Deus e comprometo minha vida com o evangelho da água e do Espírito, me ofereço para este esforço e desejo servir a obra de Deus junto com nossos irmãos e irmãs. E então eu preparo um vaso maior, dizendo a mim mesmo: "Devo agora preparar um vaso ainda maior de fé". Devo preparar o vaso da fé primeiro assim, pedindo a Deus ainda por mais bênçãos. Meu Deus então sempre enche o vaso que preparei. Usando essas bênçãos dadas por Deus como capital inicial, faço ainda mais preparativos e continuo pedindo a Deus que os abençoe.
 O que significa viver em meio à Graça de Deus é algo que é apreciado apenas por aqueles que realmente vivem assim. Significa que Deus está respondendo às nossas orações, abençoando-nos, garantindo que sejamos prósperos no corpo e no espírito e permitindo que realizemos obras valiosas. Isso é o que realmente é viver uma vida espiritual de fé, e isso significa viver com as bênçãos maravilhosas de Deus. Em última análise, devemos viver uma vida abençoada.
 Nós, os crentes no evangelho da água e do Espírito, temos uma vida com propósito. Devemos dizer a nós mesmos: “Estarei do lado de Deus, pois fui salvo dos meus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito de coração. Não vou ouvir o anjo caído que se opõe a Deus. E não farei nada que manche a Deus, nem jamais ficarei contra Ele. Quem agrada a Deus? Deus se agrada de ver o evangelho sendo espalhado. Deus se alegra por estar com Seu povo. É uma alegria para Deus cuidar de Seu povo. Deus se agrada de ver Seu povo sendo abençoado e prosperando no corpo e no espírito”. Porque a providência de Deus é tão clara e definitiva assim, estamos nos movendo em direção a esse propósito passo a passo. A providência de Deus será então totalmente cumprida.
 A Igreja de Deus não era tão forte como agora é desde o início. Eu lutei imensamente com as dificuldades quando comecei a pregar o evangelho da água e do Espírito a fim de estabelecer a Igreja de Deus neste mundo. Eu costumava dizer que estava dormindo com os inimigos para pregar o evangelho. Eu tinha dormido com meus inimigos no mesmo quarto, comido da mesma mesa e vivido com eles. Eu conhecia todos eles. Eu sabia tudo sobre quem eles eram e o que estavam fazendo. Mesmo assim, porque havia muitos entre eles cuja libertação era meu dever, tive que suportar muitas dificuldades com paciência. Com o tempo, Deus gradualmente purificou nossa reunião com o evangelho da água e do Espírito. Tendo nos purificado com o evangelho da água e do Espírito, Deus começou a nos abençoar para que pudéssemos viver inteiramente para Ele e apoiar o ministério do evangelho com energia. Tudo o que fiz foi apenas orar a Deus e dar um passo, mas sempre que o fazia, Deus abençoava o trabalho que eu estava fazendo. Já experimentei essas bênçãos inúmeras vezes em minha vida.
 Deus nos criou. No entanto, nossos ancestrais Adão e Eva, em vez de se aliarem a Deus, cometeram um grande pecado ao se colocarem contra Ele, unindo seus corações com Seu oponente, o anjo caído. Por sermos todos descendentes de tais seres miseráveis, não poderíamos deixar de pecar ao nos opormos a Deus, mas Deus veio nos procurar, nos encontrou e nos amou. O próprio Jesus Cristo veio a esta Terra, levou todos os nossos pecados e maldições com o batismo que recebeu de João Batista e sofreu a morte que deveríamos ter sofrido por nossos pecados morrendo na Cruz. E para nos dar uma nova vida, Ele ressuscitou dos mortos e nos fez filhos de Deus. Desta forma, fomos salvos de nossos pecados e nos tornamos obreiros de Deus. Você e eu viemos viver para a Glória de Deus. Não sou apenas eu, mas também você que veio viver para a Glória de Deus. Isso me deixa tão feliz e grato a Deus quanto pelo fato de ter sido salvo, ou talvez até mais.
 Existem algumas pessoas que permanecem contra a obra de Deus o Salvador, mesmo depois de serem salvas de seus pecados. Eles pecam buscando seu próprio bem-estar e prosperidade carnais. Mas, uma vez que nascemos de novo, devemos trabalhar para Deus e realizar Sua obra.
 Não sei sobre você, mas acredito que é uma grande bênção ter tanto da obra de Deus para realizar hoje, amanhã e depois. Existem muitas outras bênçãos maiores do que esta: estou do lado de Deus; Deus está do meu lado; Ele é meu Deus e meu Salvador; Deus preparou para mim tudo de que preciso nesta Terra; Ele preparou Sua Casa para que eu vivesse e está esperando por mim; vou viver para sempre com Deus; eu me tornei o povo e obreiro de Deus; eu pertenço a Ele; e estou vivendo para Sua Glória. Que bênçãos maravilhosas são essas? Não há bênção maior do que essas. Existem inúmeras pessoas que vivem neste mundo, e 99,9 por cento delas estão contra Deus em suas vidas. Isso significa que 99,9 por cento dos seres humanos não estão realmente vivendo suas vidas e, em vez disso, vivem para se opor a Deus. Poucas pessoas estão com Deus e vivem em Seu amor e Graça.
 O simples fato de não estarmos no caminho dos oponentes contra o próprio Deus significa que recebemos bênçãos tremendas para nadar livremente no rio da Graça de Deus. Não é verdade? Para aqueles cujas vidas pertencem ao inimigo de Deus, seu fim é miserável. Suas vidas terrenas também são miseráveis. Você pode ver essa miséria apenas olhando para seus próprios pais e avós. Não há necessidade de procurar muito; você pode ver isso bem ao seu lado. Aqueles que se colocam contra Deus vivem uma vida apressada tentando cuidar de sua própria carne e suprir as necessidades da vida, mas seu fim é miserável. Porque seus corações têm pecados, até mesmo seu riso é contaminado por preocupações, e eles nunca podem rir de todo o coração. Porque eles têm tantas preocupações, mesmo quando há um motivo para comemorar, eles estão sempre cautelosos. Em contraste, aqueles que estão ao lado de Deus riem e se regozijam de todo o coração quando estão felizes. A amizade não é apenas para pessoas da mesma faixa etária. Você pode ser amigo de qualquer pessoa, independentemente da idade, jovens e idosos. Os justos podem todos compartilhar comunhão uns com os outros. Você e eu viemos para viver uma vida abençoada, e isso se tornou possível porque Deus nos abençoou por estarmos ao Seu lado.
 Nossas vidas são abençoadas porque vivemos do lado de Deus; é por isso que recebemos as bênçãos de Deus e as desfrutamos livremente em nossos corpos e espíritos, e assim podemos viver uma vida digna de serviço com orgulho e autoestima. Viver uma vida assim é uma bênção de Deus. Deus disse que daria uma vida abençoada ao povo de Israel e que também daria essas bênçãos a você e a mim, que éramos gentios. E eu acredito que esta Palavra foi cumprida para você e para mim hoje.
 Estou tão feliz todos os dias da minha vida. Minha vida é estruturada de acordo com um padrão regular. Minha rotina diária é a mesma todos os dias. Você pode me encontrar facilmente em um lugar específico em um horário específico. Nem um dia é perdido. Eu vou para o trabalho até aos domingos. A menos que eu faça meu trabalho com todo meu coração assim, ele não será feito. Se eu negligenciasse a realização da obra do evangelho como as pessoas do mundo, meu vaso seria minúsculo. Devo tornar o vaso de fé maior diante de Deus. Rogo a Deus que abençoe meu vaso e compartilho essas bênçãos com você. Estou constantemente recebendo e desfrutando das bênçãos de Deus em minha vida. Porque você também vive pela fé em Deus, todos vocês também são os destinatários das bênçãos de Deus. O fato de você pertencer a Deus e estar vivendo do lado Dele significa que você já recebeu Suas bênçãos. Seria uma tragédia se você ficasse do lado do inimigo de Deus e pertencesse a ele. O ponto culminante para aqueles que se colocam contra Deus não é nada além de tristeza e maldições. Tudo o que os espera é a repreensão. 
 Eu espero e oro para que todos vocês percebam como é uma vida abençoada estar do lado de Deus e pertencer a Ele. E eu peço que você acredite nisso com seu coração. Não sei como recebemos essas bênçãos maravilhosas. Quando eu estava vivendo no mundo, nada ia bem para mim, embora eu fizesse o meu melhor e trabalhasse incansavelmente. Tudo o que consegui foi uma doença grave. Então, não querendo ser um fardo para os outros, eu queria terminar minha vida silenciosamente, mas pensei comigo mesmo: “Antes de ir, devo resolver o problema do pecado em minha consciência”.
 Enquanto procurava por uma solução, ouvi algumas pessoas me dizerem de passagem: “Se você crer em Jesus, receberá a remissão de pecados”. Pensei comigo mesmo: “Eu deveria ir a uma Igreja e falar com alguém lá para resolver o problema do pecado”. Então, fui a uma Igreja, falei com os membros de lá e pedi que tratassem de meus pecados. Frequentei a Igreja apenas algumas vezes, mas senti algo quente e aconchegante envolvendo minha alma e me ocorreu: “Eu não deveria morrer! Eu deveria viver!”. Assim, quando a coragem brotou em meu coração, pedi a Deus que me curasse da minha doença e prometi a Ele que se Ele fizesse isso, eu creria Nele, creria em Jesus e iria à Igreja em dois meses. Depois de dois meses, chegou a hora prometida. Antes de começar a frequentar a Igreja, investiguei um pouco tentando me preparar e descobri que os frequentadores da Igreja não deveriam fumar nem beber. Então, embora fosse difícil, parei de fumar e beber. Achei que já que iria me tornar um cristão, eu poderia muito bem ir até o fim. Pratiquei o cristianismo assim por muito tempo. No entanto, embora cresse em Deus, não pude deixar de ficar contra Ele. Embora eu dissesse ser um crente, visto que não tinha recebido a remissão de pecados, no final das contas, eu estava fazendo pouco mais do que viver para mim mesmo e buscar minha própria prosperidade mundana.
 Enquanto eu lutava com meus pecados, muitas vezes orei a Deus para me ajudar a entender Sua Palavra, dizendo: “Senhor, o que esta Palavra está dizendo? Por favor, me ajude a entender o que Você está dizendo aqui”. Mesmo que a Bíblia diga que meus pecados seriam apagados como a neve, eles ainda estavam intactos em meu coração apesar de crer em Jesus. Então, eu orei a Deus constantemente para lançar Luz com Sua Palavra. Um dia, enquanto lia Mateus, tive uma epifania. Jesus disse em Mateus 3:15: “Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça”. Pensei comigo mesmo: “A frase 'toda a justiça' significa tudo o que é certo. Isso significa que o batismo de Jesus não foi um mero ritual, mas o cumprimento de toda a Justiça de Deus. Segue-se então que o propósito pelo qual Jesus foi batizado por João Batista era cumprir toda a Justiça de Deus. Como toda a Justiça de Deus foi cumprida aqui?”.
Deus então me lembrou do sistema de sacrifício do Antigo Testamento, onde as ofertas de sacrifício recebiam pecados passados para elas pela imposição de mãos. Eu agora podia entender porque João Batista disse: "Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!". (João 1:29). Jesus foi batizado por João Batista como o representante da humanidade para “assim” (hoo'-tos gar (οὕτως γὰρ em Grego)) cumprir toda a Justiça “dikaiosune (δικαιοσύνην em Grego)”. É por isso que Jesus disse: “Assim, nos convém cumprir toda a justiça”. Com essa passagem, eu agora posso entender que meus pecados e todos os pecados da humanidade foram passados para a cabeça de Jesus.
 As ondas se espalharam silenciosamente por todo o meu coração, como se uma pedra tivesse caído em um grande lago. Quando percebi o significado dessa passagem, fiquei sem palavras e não consegui pronunciar uma única palavra por meia hora. A partir de então, sempre que lia a Palavra de Deus, conseguia entender o que ela dizia. Eu entendi o que a Palavra de Deus estava me dizendo: "Oh, então é isso que a Palavra significa!". Até entender a Palavra de Deus, não fiquei inteiramente do lado Dele e, como resultado, estava lutando contra muitos conflitos espirituais. No entanto, ao me colocar em tais processos difíceis, Deus não apenas me salvou, mas também me colocou ao Seu lado no final das contas. Determinado a servir a Deus, disse a mim mesmo: “Jamais ficarei contra Deus, mesmo que morra de fome. Agora que nasci de novo, não vou ministrar como fazia antes de nascer de novo. Eu nunca vou viver uma vida assim. Não vou ministrar para encher meu próprio bolso. Mesmo que isso signifique salvar apenas uma alma, eu pregarei a essa alma o evangelho da água e do Espírito e a alimentarei”. Deus então me conduziu ao meu ministério, e foi assim que cheguei onde estou hoje.
 Mesmo agora, a maior Graça que Deus me deu é a Graça que me salvou e me fez cumprir o ministério do evangelho em minha vida. Uma bênção ainda maior do que esta é o fato de que vim trabalhar ao lado de Deus. Existe alguma bênção maior? Mesmo depois de ser salvo, se eu vivesse minha vida contra Deus, estaria arruinado. Eu seria tratado como o homem que recebeu um talento. Em vez de ser o oponente de Deus, estou do lado Dele e vivo para a Sua Glória, apesar de minhas deficiências - isso é o que significa receber Graça sobre Graça e viver com as bênçãos de Deus sobre bênçãos. Eu considero e acredito que minha vida de fé é uma bênção de Deus. Palavras não podem expressar o quanto sou grato. Quando olho para você, penso o mesmo: “Você está passando por dificuldades para servir ao Senhor Jesus, mas na verdade está levando uma vida abençoada. Você está ao lado de Deus e vivendo sua vida de acordo com o Seu propósito”. É com esses pensamentos íntimos que oro junto com você quando enfrentamos dificuldades e realizamos a obra de Deus com você. Estou muito grato por isso. Não sei quanto tempo me resta nesta Terra, mas estou determinado a viver para pregar o evangelho até o dia em que vou à presença de Deus.
 Mesmo que tenhamos 30.000 visitantes diários em nosso site e 1.000 e-books sejam baixados todos os dias, ainda temos um longo caminho a percorrer, dado o fato de que a população mundial é de cerca de 8 bilhões. O que precisamos é de tempo. Precisamos de tempo não apenas para pregar o evangelho, mas para que aqueles que ouviram o evangelho por meio de nós possam pregar o evangelho também. Estou esperando minha hora para isso. Apesar de estar envelhecendo, nunca penso na minha idade. Mesmo agora, acho que ainda tenho 28 anos. Eu vivo jovem. Quero pensar jovem e cuidar bem da minha saúde. Porque eu pertenço a Deus junto com você, eu oro a Deus para nunca me deixar ficar do lado de Seu inimigo, e eu quero viver do lado de Deus.
 Assim como Deus nos deu muitas bênçãos, acredito que Ele continuará a nos abençoar abundantemente. Eu dou toda minha gratidão a Deus por Sua Graça. Aleluia!