Sermões

Assunto 9: Romanos

[Capítulo 13] Viva Para a Justiça de Deus

Romanos 13:1 afirma: “Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas”.
Nós devemos viver dentro dos limites das normas sociais. Deus nos mandou temer e respeitar aqueles que têm autoridade em nossas vidas carnal e espiritual. Deus dá autoridade para os governos oficiais por uma razão e nós não devemos ignorá-los. Devemos nos lembrar do dizer de Paulo: “A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros”. (Romanos 13:8).
É por isso que temos publicado livros gratuitos e distribuído este belo evangelho para as pessoas por todo o mundo.
O Senhor disse: “O cumprimento da lei é o amor”. As pessoas estão obcecadas com a ilusão de que estão guardando fielmente a Lei em suas vidas religiosas.
Deus nos deu o evangelho da água e do Espírito que revela Sua Justiça para nos salvar do pecado. Precisamos crer na Justiça de Deus, mostrada no evangelho da água e do Espírito.
Pregar este belo evangelho que nosso Senhor Jesus nos deu é realmente conceder vidas a outros, pois salva as pessoas de todos os seus pecados. Não devemos ter qualquer dívida, a não ser a dívida de amor recebida pelo amor de Jesus Cristo.
 


É Tempo de despertarmos


O versículo 11 diz: “E digo isto a vós outros que conheceis o tempo: já é hora de vos despertardes do sono; porque a nossa salvação está, agora, mais perto do que quando no princípio cremos”. Reinaremos com Cristo por mil anos quando nossos corpos enfermos forem transformados - isto é, quando nossos corpos também forem redimidos.
Podemos ver a semelhança entre nossa geração e a geração de Noé. Uma nova onda de homossexualidade surgiu nas Universidades. Quão perverso é este mundo quando um homem esfaqueia e mata outro homem apenas por usar o telefone público por muito tempo? Muitas dessas ações cruéis e más estão ocorrendo nesta geração.
Devemos perceber que agora é hora de despertar. O tempo para a segunda vinda de nosso Senhor Jesus está muito próximo. Devemos estar atentos e ser capazes de discernir como é esta era e perceber que a segunda vinda do Senhor Jesus está muito próxima. Mas, ao mesmo tempo, lembre-se de que existem muitas pessoas que não estão realmente cientes desta era.
“Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do Homem”. (Mateus 24:37). Mesmo na época de Noé, as pessoas construíam casas, se casavam, cometiam todos os tipos de pecados e realizavam seus negócios diários até que o julgamento de Deus repentinamente foi derramado sobre eles um dia. Ninguém além de Noé, esperava a forte chuva e o dilúvio que varreu tudo, exceto os poucos que encontraram refúgio em sua Arca. Aqueles que morreram encontraram o julgamento devastador de Deus enquanto comiam e bebiam livremente, sem qualquer expectativa.
Este mundo está exposto não apenas aos perigos da guerra, mas também aos tremendos desastres naturais que estão acontecendo em todo o mundo com as mudanças climáticas. Existe um sério perigo escondido até mesmo no que comemos, e não podemos mais desfrutar nem mesmo das nossas próprias refeições sem nos preocupar com elas. É por isso que devemos viver sabiamente nesta era e lembrar que a salvação de nossos corpos está muito mais próxima do que quando começamos a crer.
 


Você se revestiu com a salvação de Cristo?


Você pode pensar que a destruição deste mundo não tem nada a ver com o Reino da fé e que tem tudo a ver com política secular e economia. Mas os desastres globais são sinais de alerta para a destruição do mundo. Este mundo em breve enfrentará dificuldades econômicas e ambientais extremas. A Bíblia nos diz que à medida que a segunda vinda do Senhor Jesus se aproxima, devemos viver - “A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros” - ajudando, protegendo, liderando e cooperando uns com os outros em amor. E devemos perceber que nossas esperanças estão mais próximas do que quando começamos a crer.
Estamos vivendo em uma época em que precisamos viver com esperança, aguardando a volta de Jesus Cristo.
Onde está nossa esperança? Nossa esperança está na espera do retorno de Cristo que nos ressuscitará e nos recompensará para reinar com Ele no Reino Milenar, precedido pelos sete anos da Grande Tribulação. À medida que o tempo se aproxima, devemos viver com esperança, tendo a Justiça de Cristo. Devemos permanecer cada vez mais firmes no evangelho da água e do Espírito e servi-lo de todo o coração. Devemos expandir nosso Ministério para compartilhar o evangelho com todas as almas do mundo inteiro.
 

Nós não devemos dever nada senão o amor com que amamos uns aos outros

Sei que haverá muito sofrimento com desastres naturais, como terremotos e vulcões. Muitos filmes estão sendo feitos hoje em dia com o tema da destruição global. Penso que isso ocorre porque o mundo possivelmente será como os escritores de Hollywood imaginaram, e esta é a evidência de que as pessoas inconscientemente sentem a destruição iminente do mundo.
Portanto, não devemos nos preocupar com as obras da carne, mas sim com as obras do Espírito.
Devemos crer que a vida de pregar o evangelho da água e do Espírito é a vida mais linda. Pessoas em todo o mundo estão surpresas com nosso Ministério. Incontáveis pessoas nos contaram o quanto têm sido desafiados por nosso Ministério. Eles não podem acreditar como nós, um grupo de servos de Deus da Coreia, um pequeno país, podemos divulgar a Justiça de Deus de forma tão poderosa. Sim, nós realmente somos pequenos e fracos, mas ainda pregamos o evangelho no mundo todo porque cremos no evangelho da água e do Espírito, ou seja, na Justiça de Deus.
Romanos capítulos 14:8 diz: “Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. Quer, pois, vivamos ou morramos, somos do Senhor”. Paulo também disse no verso anterior: “Nenhum de nós vive para si mesmo, nem morre para si”. Nós só vivemos devido ao nosso Senhor Jesus.
Como nascemos neste mundo por nosso Senhor Jesus e nos tornamos justos por Sua Justiça, pertencemos a Cristo, quer vivamos ou morramos. Viveremos e deixaremos este mundo como propriedade de Cristo, tendo vivido nossas vidas para a Justiça de Deus. Deus se agrada de nós e escolheu nos usar como instrumentos Seus para espalhar as boas novas por todo o mundo. Ele abriu assim a grande porta do evangelismo para nós. Ele nos permitiu pregar o evangelho por meio de livros, sem realmente ir a todas as nações.
Uma série de livros contendo o evangelho da Justiça de Deus tem sido traduzida e enviada para aqueles que falam inglês pelo mundo, para os que falam espanhol, bem como para países na Ásia, África e Europa. Eu estou certo que esta nova série de livros intitulada “Nosso Senhor Que Se Tornou a Justiça de Deus” dará grandes bênçãos espirituais para cada alma no mundo. É incrível como Deus trabalha para completar a Sua vontade por meio dos crentes na Sua Justiça.
O mundo será coberto por este belo evangelho, e uma vez o evangelho que contém a Justiça de Deus ter sido espalhado por todo o mundo, Deus cumprirá cada plano que Ele tem guardado para nós.
Esta era está às vésperas das tempestades de vento. As crises do petróleo e o pânico financeiro global podem atingir o mundo mais uma vez. Devemos ser mais fiéis no que fomos designados a fazer. Devemos pregar o evangelho da água e do Espírito até o fim deste mundo. Vamos pregar diligentemente o evangelho da água e do Espírito para que ninguém neste mundo fique de fora sem ouvir esse evangelho. Devemos cooperar e trabalhar para o mesmo propósito. Devemos trabalhar como os trezentos guerreiros de Gideão. Embora sejamos poucos, somos os bravos soldados do Céu, e Deus está conosco.
Quem recebe o perdão dos pecados e é grato a Deus pode ser qualificado para divulgar a Justiça de Deus. Seremos vitoriosos pela fé porque temos a Justiça de Deus. Aqueles que creem nesta Justiça de Deus sempre buscam as obras do Espírito e estabelecem seus objetivos nas obras espirituais.
Eu oro para que a Justiça de Deus esteja sobre vocês.