The New Life Mission

Sermões

Assunto 10: O Apocalipse (Comentários sobre o Apocalipse)

[Capítulo 10-1] ( Apocalipse 10:1-11 ) Você Sabe Quando Acontecerá o Arrebatamento?

( Apocalipse 10:1-11 )
“Vi outro anjo forte descendo do céu, envolto em nuvem, com o arco-íris por cima de sua cabeça; o rosto era como o sol, e as pernas, como colunas de fogo; e tinha na mão um livrinho aberto. Pôs o pé direito sobre o mar e o esquerdo, sobre a terra, e bradou em grande voz, como ruge um leão, e, quando bradou, desferiram os sete trovões as suas próprias vozes. Logo que falaram os sete trovões, eu ia escrever, mas ouvi uma voz do céu, dizendo: Guarda em segredo as coisas que os sete trovões falaram e não as escrevas. Então, o anjo que vi em pé sobre o mar e sobre a terra levantou a mão direita para o céu
e jurou por aquele que vive pelos séculos dos séculos, o mesmo que criou o céu, a terra, o mar e tudo quanto neles existe: Já não haverá demora, mas, nos dias da voz do sétimo anjo, quando ele estiver para tocar a trombeta, cumprir-se-á, então, o mistério de Deus, segundo ele anunciou aos seus servos, os profetas. A voz que ouvi, vinda do céu, estava de novo falando comigo e dizendo: Vai e toma o livro que se acha aberto na mão do anjo em pé sobre o mar e sobre a terra. Fui, pois, ao anjo, dizendo-lhe que me desse o livrinho. Ele, então, me falou: Toma-o e devora-o; certamente, ele será amargo ao teu estômago, mas, na tua boca, doce como mel. Tomei o livrinho da mão do anjo e o devorei, e, na minha boca, era doce como mel; quando, porém, o comi, o meu estômago ficou amargo.
Então, me disseram: É necessário que ainda profetizes a respeito de muitos povos, nações, línguas e reis”.
 

Exegese

O destaque deste capítulo é encontrado no versículo 7: “Mas, nos dias da voz do sétimo anjo, quando ele estiver para tocar a trombeta, cumprir-se-á, então, o mistério de Deus, segundo ele anunciou aos seus servos, os profetas”. O arrebatamento, em outras palavras, acontecerá neste tempo.    
 
Versículo 1: “Vi outro anjo forte descendo do céu, envolto em nuvem, com o arco-íris por cima de sua cabeça; o rosto era como o sol, e as pernas, como colunas de fogo”.
O anjo forte que aparece no capítulo 10 é o executor de Deus que dá testemunho de Suas obras futuras. A aparição deste anjo é para mostrar quão grandes são a majestade e o poder de Deus. É também para mostrar que Deus destruirá os mares deste mundo e ressuscitará e arrebatará os santos para o Céu.

Versículos 2-3: “E tinha na mão um livrinho aberto. Pôs o pé direito sobre o mar e o esquerdo, sobre a terra,
e bradou em grande voz, como ruge um leão, e, quando bradou, desferiram os sete trovões as suas próprias vozes”.
Deus faz todas as coisas de acordo com Seus planos. Ele destruirá a Terra e o mar quando chegar o último dia. Nosso Senhor Jesus, em outras palavras, destruirá o primeiro mar e a primeira Terra.
Esta passagem mostra a vontade invencível de Deus de cumprir todas as coisas como Ele planejou e a conclusão de Suas obras. Na Bíblia, o número sete carrega o significado de conclusão. Deus usou este número quando Ele completou todas as Suas obras e descansou. Da mesma forma, esta passagem nos diz que Deus, no fim dos tempos, livrará muitos de sua destruição, mas, por outro lado, com certeza, destruirá este mundo.

Versículo 4: “Logo que falaram os sete trovões, eu ia escrever, mas ouvi uma voz do céu, dizendo: Guarda em segredo as coisas que os sete trovões falaram e não as escrevas”.
Deus ordenou que João não registrasse o que os sete trovões proferiram, para esconder o arrebatamento dos santos dos não salvos. Às vezes, Deus esconde Suas obras dos incrédulos, porque eles, como inimigos de Deus, odeiam e perseguem Seus santos.
No tempo de Noé também, quando Deus destruiu o mundo com água, Ele revelou o dilúvio vindouro somente a Noé. Assim como agora, Deus prega o evangelho da água e do Espírito para todo o mundo, e dá o Reino dos Céus para aqueles que creem nele. Além daqueles que têm a verdadeira fé, Ele não revelou a mais ninguém quando o arrebatamento vai chegar. Para os justos, Deus criou um novo mundo em Seu Reino e deseja viver nele com eles.

Versículos 5-6: “Então, o anjo que vi em pé sobre o mar e sobre a terra levantou a mão direita para o céu
e jurou por aquele que vive pelos séculos dos séculos, o mesmo que criou o céu, a terra, o mar e tudo quanto neles existe: Já não haverá demora”.
Todas essas coisas podem ser juradas pelo nome de Deus, pois a última promessa em tudo é feita não pelo próprio nome, mas pelo nome de alguém maior. Como tal, Deus é o último fiador tanto para os santos dos últimos tempos quanto para todos aqueles que já se tornaram Seus santos.
Aqui, o anjo forte jura pelo Todo-Poderoso que o arrebatamento virá com certeza. Esta promessa nos diz que Deus criará o Novo Céu e Nova Terra e viverá com Seus santos neste novo mundo. Isso mostra que Deus não atrasará Sua criação do novo mundo, mas em breve o completará para Seus santos.

Versículo 7: “Mas, nos dias da voz do sétimo anjo, quando ele estiver para tocar a trombeta, cumprir-se-á, então, o mistério de Deus, segundo ele anunciou aos seus servos, os profetas”.
Este versículo nos diz que quando a última e sétima trombeta soar nas tribulações finais, todos os santos serão arrebatados. O que as pessoas nesta Terra mais se perguntam é quando virá o arrebatamento dos santos.
Apocalipse 10:7 nos fala: “Mas, nos dias da voz do sétimo anjo, quando ele estiver para tocar a trombeta, cumprir-se-á, então, o mistério de Deus, segundo ele anunciou aos seus servos, os profetas”. O que a frase “O mistério de Deus, segundo ele anunciou aos seus servos, os profetas”, significa aqui? Significa que assim como o evangelho da água e do Espírito é o verdadeiro evangelho, e como todo aquele que nele crê recebe a expiação e o Espírito Santo em seu coração, o arrebatamento dos santos certamente virá quando a sétima trombeta soar.
Terminada a praga da sexta das sete trombetas, os santos serão martirizados, pois, o Anticristo, tendo feito sua aparição no mundo e estabelecido seu domínio sobre ele, exige que todos recebam a marca da Besta. Pouco depois, quando o sétimo anjo soar sua trombeta, tanto os mártires quanto os santos sobreviventes que defenderam sua fé serão ressuscitados e arrebatados simultaneamente. Então as pragas dos sete cálices, a última praga da humanidade, começarão. A essa altura, os santos não estarão mais na Terra, mas no Céu com o Senhor Jesus após o arrebatamento. Os santos devem saber que seu arrebatamento acontecerá quando o sétimo anjo tocar a última trombeta.
O Apóstolo Paulo também nos diz em 1 Tessalonicenses 4 que o Senhor Jesus descerá do Céu com a trombeta de um arcanjo. Muitos cristãos pensam que o Senhor Jesus descerá a esta Terra quando o arrebatamento acontecer, mas este não é o caso. Quando o arrebatamento acontecer, nosso Senhor Jesus não descerá a esta Terra, mas ao ar. Ele completa o arrebatamento, em outras palavras, elevando os santos e recebendo-os no ar.
Como tal, esses cristãos que erroneamente pensam que o Senhor Jesus descerá a esta Terra quando o arrebatamento dos verdadeiros santos vier, devem descartar seu entendimento errado, e devem conhecer a verdade e crer nela corretamente, lembrando que o arrebatamento dos santos virá quando o sétimo anjo tocar sua trombeta.
“O mistério de Deus, segundo ele anunciou aos seus servos, os profetas”. Você deve perceber que o mistério de Deus aqui se refere ao arrebatamento dos santos que virá com o soar da praga da sétima trombeta. Agora, em suma, Deus destrói o primeiro mundo e funda o segundo mundo. Isso é para Deus habitar e viver com aqueles que, enquanto estão nesta Terra, nasceram de novo crendo no evangelho da água e do Espírito, e também para cumprir fielmente todas as promessas que o Todo-Poderoso fez ao Seu povo. Esta é a vontade de Deus, o Criador de todo o Universo, que Ele estabeleceu em Si mesmo para os santos.
Quando o anjo tocar a sétima trombeta, as pragas das sete trombetas terminarão, e as pragas finais dos sete cálices serão introduzidas. A Palavra nos diz: “Mas, nos dias da voz do sétimo anjo, quando ele estiver para tocar a trombeta, cumprir-se-á, então, o mistério de Deus, segundo ele anunciou aos seus servos, os profetas”. O mistério de Deus aqui é que os santos serão arrebatados com o toque da trombeta do sétimo anjo.
Os santos estão vivendo agora nesta Terra, mas para que possam viver em um mundo novo e melhor, eles devem ser martirizados, ressuscitados e arrebatados. Só então eles serão convidados para a Ceia das Bodas do Cordeiro com o Senhor Jesus e reinarão com Ele por mil anos. Após este milênio, o Anticristo, Satanás e todos os seus seguidores receberão o julgamento eterno de Deus. A partir de então, os santos serão abençoados para viver com o Senhor Jesus em Seu Céu de bênçãos eternas. Este é o mistério de Deus. Só podemos agradecer a Deus por revelar este mistério para aqueles de nós que têm a verdadeira fé. Deus nos diz que Ele cumprirá todas essas promessas quando o sétimo anjo tocar sua trombeta.

Versículo 8: “A voz que ouvi, vinda do céu, estava de novo falando comigo e dizendo: Vai e toma o livro que se acha aberto na mão do anjo em pé sobre o mar e sobre a terra”.
Deus nos diz que os santos e servos de Deus devem continuar a pregar o evangelho da água e do Espírito até o último dia chegar. Este evangelho é sobre a verdade da remissão de pecados, martírio, ressurreição, arrebatamento e a Ceia das Bodas do Cordeiro. Para que os santos e servos de Deus preguem o evangelho até o fim, eles devem primeiro se alimentar da Palavra de Deus com sua fé antes do advento da Grande Tribulação. Deus exige de nós dois tipos de fé. A primeira é a fé para nascer de novo, e a segunda é a fé para abraçar o martírio para defender nossa verdadeira fé.

Versículo 9: “Fui, pois, ao anjo, dizendo-lhe que me desse o livrinho. Ele, então, me falou: Toma-o e devora-o; certamente, ele será amargo ao teu estômago, mas, na tua boca, doce como mel”.
Os santos e os servos de Deus devem primeiro se alimentar da Palavra de Deus e depois espalhá-la para muitos outros. Este versículo nos ensina que embora os corações daqueles que creem na Palavra de Deus sejam adoçados, pregar esta Palavra de fé às almas perdidas não é uma tarefa tão fácil, mas, sim, acompanhada de sacrifícios. Isto é o que Deus está nos mostrando aqui.

Versículo 10: “Tomei o livrinho da mão do anjo e o devorei, e, na minha boca, era doce como mel; quando, porém, o comi, o meu estômago ficou amargo”.
Quando João comeu a Palavra de Deus com fé, seu coração se encheu de alegria. Mas, ao pregar a verdade testemunhada pela Palavra de Deus para aqueles que não creem, na verdade, João enfrentou muitas dificuldades.

Versículo 11: “Então, me disseram: É necessário que ainda profetizes a respeito de muitos povos, nações, línguas e reis”.
Os santos devem profetizar novamente para todos que as bênçãos de Deus vêm através do evangelho da água e do Espírito. Eles devem profetizar novamente que o propósito de nosso Senhor Jesus para este mundo no fim dos tempos é que todos recebam as bênçãos de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito. O que Deus ordenou que João profetizasse é pregar a Palavra da verdade - que um novo mundo está chegando, trazido por Deus, e que quem quiser entrar nele deve ser justificado crendo no evangelho da água e do Espírito. Para esta obra, os santos e servos de Deus devem pregar a Palavra de Deus desde o princípio, de novo, para que todos neste mundo tenham a fé que lhes permitirá entrar e viver no Reino de nosso Senhor Jesus.